• anduzerandu Anderson Alves
    2019-02-02 22:02:39 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações: Horizon Zero Dawn

    Zerado dia 02/02/19

    O ano é 2017. Breath of the Wild ganha o prêmio de jogo do ano (mais do que merecido) mas nem todo mundo curtiu isso. Vi um bocado de gente falando que o jogo ganhou pela popularidade da série e que Horizon Zero Dawn merecia muito mais! Eu já queria muito jogar a aventura da Aloy mas esse hype todo em cima do jogo tava me matando de curiosidade. Imagine o visual das florestas, matando robôs num jogo d emundo aberto! Não tem como dar errado!

    Pois bem, peguei HZD emprestado junto a outros 3 jogos, incluindo o The Last Guardian e o novo Shadow of the Colossus, ambos que já postei aqui recentemente, e chegou a hora de finalmente jogá-lo.

    Eu postei aqui que me surpreendi muito com o mais recente God of War, pois o jogo é incrível de várias maneiras (embora não seja perfeito) mas Horizon foi exatamente o oposto: eu achei o jogo terrível. É sério. Eu vi tanta coisa mal executada ou mal pensada nesse jogo que nem sei se vou ter a capacidade de falar sobre tudo, mas enfim, se você for fanboy do jogo e não gosta que falem mal, talvez seja melhor parar de ler por aqui, e se continuar saiba que as minhas análises dificilmente puxam pro pessoal ou nostalgia. Basicamente, eu só vou dizer quais foram as minhas impressões, ok?

    Então, o jogo começa legalzinho. Seções lineares, mostrando as belezas da natureza e as texturas incríveis das roupas e modelos dos personagens. Logo são apresentadas mecânicas básicas, como o stealth e o uso do arco e flechas para caçar. A protagonista, Aloy, tem um dispositivo que permite escanear os arredores para ter noção de onde os inimigos estão e até o percurso que eles farão! É legal porque faz sentido, afinal, são robôs!

    O cenário tem plantas em destaque para serem coletadas e usadas como medicamento. Outras, junto com partes que você coleta de robôs derrotados, podem ser usadas para confeccionar munição, poções e afins. Tudo é simples e fácil.

    Esse jogo é um FUCKING ASSASSIN'S CREED! Um AC com elementos de The Last of Us, Tomb Raider e até Batman Arkham. É como se ele fosse uma grande mistura de vários jogos grandes, e isso é bom e ruim ao mesmo tempo.

    Passado o início linear do jogo e a apresentação de um bocado de personagens que acabaram sendo relevantes, o jogo te joga no seu grande mapa. Ande daqui pra lá, depois de lá pra cá etc. Nas primeiras horas, os primeiros mapas são legais, mas eles nunca realmente vão ficar diferentes. Tem partes com mato, outras no deserto, outras no gelo, mas eu nunca sei onde realmente estou a menos que eu fique olhando o mapa, pois tudo se parece com o início. É sempre a mesma coisa, com exceção das raras vezes que chove ou anoitece e a lua cheia faz a grama brilhar lindamente.

    Ainda assim, eu sempre acho que estou em um lugar e quando abro o mapa, estou no lado oposto!

    Quem já jogou qualquer coisa de mundo aberto, nem que seja GTA III sabe que o cenário deve ter elementos que te localizem visualmente! Mas deu pra ignorar esse fator graças ao marcador de missão principal que fica constantemente na tela. Siga ele e seja feliz.

    Mas é o mapa que insiste em ser chato. As missões te obrigam a ir de um lado a outro sempre super distante! Como você sempre tivesse que ir de uma extremidade a outra constantemente.

    Porque isso é ruim? Primeiro que é chato. Ir a pé demora muito e sempre há robôs te enchendo o saco e depois que eles engatarem a batalha, fugir é um saco e lutar contra 5 deles (algo normal) te deixa em uma super desvantagem. A solução é andar e caçar uma montaria, mas a habilidade de domá-los não é dada exatamente no começo e só alguns tipo de inimigos podem ser montados. Tem como ver no mapa onde tem montarias, mas muitas vezes eles estão longe e você acaba andando por 20 minutos só de raiva (fast travel só pode ser usado para localizações já visitadas e ainda custa um item específico).

    Em segundo lugar: o jogo não proporciona o que todo jogo de mundo aberto oferece que é a exploração dos arredores mandatória. Em Red Dead Redemption, por exemplo, você fica na fazenda e resolvendo coisas por lá. O jogo progride, você vai pra primeira cidade e SEMPRE fazendo reconhecimento, aprendendo o mapa e sabendo onde está (ou tendo uma noção). HZD caga pra isso e como eu disse, fica te mandando de um ponto a outro mais distante e pouco se importa com a sua imersão e se quiser conhecer o mapa e tentar decorá-lo, por ser tudo tão igual, que fique dando volta que nem besta.

    Seja andando ou cavalgando, os monstros vão continuamente encher seu saco. E embora eu AME o design desses animais cibernéticos, eu acaba evitando passar perto de seus campos de visão pela batalha nesse jogo ser tão chata. Quando um inimigo te ataca, ele ACABA com seu HP e seus golpes são quase sempre injustos, por exemplo:

    -o tigre carrega uma patada, você rola, rola, rola e ele ainda consegue te alcançar. Isso aconteceu tanto que comecei a evitá-los completamente.

    -um robô carrega um golpe em área, que fica sinalizado no chão. Eu rola pra fora da marcação e ainda assim sou acertado. Frustrante. É muito chato não ter liberdade de andar ou explorar porque você tá sempre sendo alvo de mil inimigos e sempre procurando evitar passar perto deles.

    Juntam 3 inimigos em cima de você e prepare-se para dar o melhor de si. Se der sorte você consegue fugir, sobretudo nas primeiras missões. Dependendo da área e inimigo, uma luta pode levar tempo demais!

    Pra completar, bater em robô é como bater em pedra. Não tem graça! Você bate com o taco nele e o maldito mal reage, e no máximo solta um choquezinho. Eu gosto da satisfação de ver meus golpes surtirem efeitos. Até meter uma flecha forte em um ponto fraco é super sem graça.

    Na hora de fugir, explorar e mesmo continuar no seu caminho na natureza, não dá pra entender exatamente o que fazer em diversas partes. Não estou dizendo que o jogo tem que me segurar pela mão, mas não fica muito claro com o que posso interagir. Acaba que eu saio pulando em cima de pedras e escalando com os pés pelo cenário de forma louca como num jogo 3D do Sonic. Nem Skyrim era tão zoado!

    Isso se torna um problema justamente quando você está em combate. Rochas te atrapalham a todo momento, você rola e uma pedra te para como se fosse uma parede e sempre te fazem perder o ritmo em partes de parkour e tal. De forma resumida: colocaram tanta coisa desnecessária no mapa que só atrapalha, mesmo pra visualizar o cenário!

    Em alguns chefes isso é elevado a décima potência: um monte de metal pra toda parte, você pulando tentando se livrar do monte de mini paredes enquanto o inimigo está mirando um laser em Aloy e caras atiram flechas, você tenta escalar uma pedra que obviamente é escalável mas a personagem não escala. Já aqueles destroços grandões vão te proteger dos mísseis do chefe, né? Opa, que nada!

    Falando em visualização, HZD é MUITO zoado com a quantidade de informação na tela. Em uma cidade, parece MMO, mostrando ícones de missões principais e secundárias, lojas, pessoas de interesse etc mesmo quando eles não estão no seu campo de visão. Felizmente consegui esconder muitos ícones do hud nas opções, mas isso não impediu de continuar cheio de informação desnecessária.

    Os gráficos começam a ficar sem graça quando você percebe que tudo é bem robotizado e que a Aloy, e alguns outros personagens importantes, tem um tratamento especial com expressões faciais e tal. Uma coisa que começou a me dar agonia é a expressão corporal dos personagens, que é meio que igual pra todo mundo, com aquela instância "Velozes e Furiosos". Aliás, as falas e a estória do jogo são bem hollywoodianas também, algo que eu definitivamente não esperava. Velho, que jogo genérico!

    Se você buscar imagens do jogo no Google, vai perceber que 90% não representa o visual ingame desse título, mas sim imagens publicitárias ou feitas no seu modo foto. Pura ilusão.

    Entediado com os cenários iguais, combate meh, stealth nem sempre funcional, IA ridícula ou injusta, fraqueza da Aloy e personagens e falas que ficam se repetindo a toda hora, como se o jogador fosse um imbecil e não conseguisse acompanhar o enredo (que pra dizer a verdade, é uma parte boa do jogo), eu não via a hora de terminar a jogatina, então fui no gamefaqs.com conferir quantas missões principais são e mais ou menos onde eu já estava (faço isso bastante com jogos por missão/capítulos mais longos pra localizar meu progresso e me surpreendi que estava bem perto do final). Eu não sabia se ficava feliz em acabar logo ou triste em saber que o jogo nunca engataria pra mim.

    Fui jogando e a próxima missão não tinha o nome que deveria ter, então voltei no site pra descobrir algo bizarro: imagine que o jogo tenha 22 partes em missões principais. Seguindo apenas o único indicador pra onde ele me mandava, eu fiz: 1, 2, 3 até a 12. Depois disso, pulei pra 18 e assim por diante. Bem que eu achei que o jogo tava bem difícil.

    Depois o jogo, ao invés de me mandar da 20 pra 21, me mandou pra 13, 14 e assim por diante, até chegar na 17 e depois continuar na 21 e assim por diante. Como isso não afetou diretamente o contexto das missões, eu julguei que seria como GTA, em que você pode seguir as missões que quiser, mas deve fazer todas pra continuar depois de um certo ponto. Mas, repetindo, eu só segui onde a marcação me mandava o tempo todo.

    Resumindo: Horizon Zero Dawn é um jogo "ok". É bonito, mistura elementos de diversos jogos em uma ideia mito legal: tribais contra máquinas futuristas. A ideia é boa, mas a execução não é. Essa foi a maior decepção com videogames que tive em muito tempo, ainda mais por ser exclusivo e por tudo o que poderia ser. É o pior jogo do mundo? Não, mas na época do PS3, HZD seria só mais um jogo mais ou menos.

    De bom: bonito em relação à texturas, modelos de personagens, luz solar ou da lua refletindo no mapa. Sistema de upgrades e habilidades, assim como de equipamentos (que mudam sua aparência mesmo). Robôs muito legais (adorei um boss que é um boi). Enredo intrigante que me deu vontade de jogar no nível mais fácil só pra continuar a estória (inclusive, parece que qualquer coisa entre as cinemáticas é irrelevante no progresso da narrativa). rilha sonora maneira e os sons dos inimigos são demais!

    De ruim: quase tudo. O jogo é chato e há zero satisfação em combater, destruir uma máquina ou eliminar inimigos no stealth. Inclusive, os inimigos te acham quando você faz algo no stealth, é muito zoado. Cenários irregulares e as vezes confusos e frustrantes. A Aloy é fraca tanto pra bater quanto pra tomar dano. Matar inimigos grandes leva tempo e dificilmente compensa o número de flechas que você usou ou teve que confeccionar durante a batalha. O jogo força constantemente a protagonista a ter uma personalidade forte, mas suas respostas são muitas vezes sem fundamento e eu só conseguia me perguntar: "de onde saiu esse desenvolvimento de personagem?" Cenários parados, bem chatos e parecidos. Necessidade de se locomover constantemente para longe e nunca aproveitar onde você está, assim como a necessidade de ficar achando montaria, pois se você entra numa cena, a que você já tem, desaparece. O jogo sempre mostra a sua personagem com o equipamento atual nas cenas, mas por algum motivo nas missões finais, ela só aparecia com a roupa "default". Zero imersão graças ao número de informações na tela, a distância da personagem da câmera e os cenários, que não dão uma sensação de mundão, mas de uma área comum. Pouquíssima variedade de inimigos. Muitos problemas de tradução (textos). Loadings terrivelmente longos, seja pra iniciar o jogo, voltar à vida ou fast travel.

    No geral, eu acho que finalmente entendi porque a versão completa de Horizon é praticamente dada pelas lojas por aí. É um jogo sem graça. Sem sal. E que quase me matou de tédio. Possivelmente o jogo relevante mais fraco que joguei no PS4, uma grande decepção que nem tem cara de exclusivo, que me fez não querer voltar a jogar e o deixar em hiato por dias e mesmo mais de uma semana numa outra vez. O final dá o entender que pode haver uma continuação, e eu jogarei, claro, mas esperando que mudem um pouco a fórmula e o deixem mais interessante e original e que invistam menos tempo animando a cara da Aloy e mais no fator diversão. Passável.

    Horizon Zero Dawn

    Platform: Playstation 4
    1487 Players
    784 Check-ins

    31
    • Micro picture
      marviiu · 12 months ago · 2 pontos

      Para mim foi um parto terminá-lo também. O que me motivou foi querer saber o que tinha ocorrido naquele mundo. Os encontros com robôs maiores que me desmotivavam.
      Não sei se vc chegou a comprar, mas chegou um momento que eu também estava frustrado com a viagem rápida ser tão complicada, mas os vendedores tem um item de viagem rápida infinita. Aí resolveu meu problema.

      2 replies
    • Micro picture
      kleber7777 · 12 months ago · 2 pontos

      Você tem uns pontos bem interessantes. Bacana ver um ponto de vista diferente. Eu adorei o jogo.

    • Micro picture
      sergiotecnico · 12 months ago · 2 pontos

      🤷‍♂️

      2 replies
  • 2018-10-06 14:29:05 -0300 Thumb picture
    jvhazuki checked-in to:
    Post by jvhazuki: <p>#img#[590663]</p><p>Momento de meditação. Eu amo
    Horizon Zero Dawn: Complete Edition

    Platform: Playstation 4
    103 Players
    64 Check-ins

    Momento de meditação. Eu amo montanhas e a vista que elas proporcionam, então sempre que posso estou escalando as de Horizon o mais alto possível e eis que encontrei essa antes de partir para Meridiana. 

    Só tenho conseguido jogar isso ultimamente. É um RPG bem denso entre coisas pra fazer e coletar, e mesmo que esteja tentando me focar no principal eu não resisto deixar de ir atrás das missões paralelas -- e felizmente algumas têm uns desfechos bem mais legais que simplesmente derrotar um monstro forte ou coletar algo pra alguém. 

    9
    • Micro picture
      filipessoa · over 1 year ago · 2 pontos

      Ô sonho de consumo, um dia vai! Btw a cena é linda mesmo!

    • Micro picture
      salvianosilva · over 1 year ago · 2 pontos

      Vontade de jogar de novo <3

    • Micro picture
      gus_sander · over 1 year ago · 1 ponto

      Cada vez mais a vontade de jogar esse aí aumenta, pena que questões de Hardware e falta de PS4 deixam meu sonho tão longe de ser alcançado kkk...

  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2018-06-04 13:51:05 -0300 Thumb picture
  • jonathasb_h_7 Jonathas Barbosa Hernandes
    2018-04-09 14:34:25 -0300 Thumb picture
  • diogo_paixao Diogo Louzada Paixão
    2018-03-26 17:50:27 -0300 Thumb picture

    59° & 60° Platina!

    Terminei/Platinei Game of Thrones da Telltale e ja imendei para platinar o Horizon Zero Dawn, depois que fui freado pela platina pela @jehdear decidi deixar engatilhada para ser minha 60° platina =D

    Para o 100% só falta terminar o New Game + no Ultra Difícil (pretendo fazer)

    Sobre o Game of Thrones, fiquei bolado com o fim, mas né.

    Só para relembrar, não tenho medo de afirmar que comecei minha "vida" pelo PS4 pelo melhor maneira possível até agora, Horizon Zero Dawn é um jogo incrível.

    Segue (a caralhada) de badge's adquiridas:

    Um Dia de Fúria (Mérito) - Platinar 3 jogos diferentes no mesmo dia

    Chuck Norris Approves! (Prata - Hardcore) - Platinar 20 jogos aonde seja necessário terminar o jogo na dificuldade Difícil ou superior.

    Open World (Bronze - Hardcore) - Platinar 10 jogos de mundo aberto.

    Caçador de Dragões (Bronze - Harcore) - Platinar 10 jogos que tenham dragões.

    Ainda Tenho Muito Pouco Para Jogar (Mérito) - Chegue a marca de 400 jogos.

    Casos de Familia ( Bronze - Hardocre) - Platinar 10 jogos que tenham conflitos familiares.

    @platinadores

    Horizon Zero Dawn

    Platform: Playstation 4
    1487 Players
    784 Check-ins

    19
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2018-02-19 12:20:17 -0300 Thumb picture
  • emerson_ferreira Emerson Ferreira de Andrade
    2018-01-30 18:04:27 -0200 Thumb picture
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2017-10-19 16:15:21 -0200 Thumb picture
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2017-09-18 17:20:11 -0300 Thumb picture
    49
    • Micro picture
      raiden · over 2 years ago · 3 pontos

      Magnífico!!!!! Tanto o jogo quanto a cosplay!!!!

    • Micro picture
      caramatur · over 2 years ago · 2 pontos

      Caraca, ficou show!

    • Micro picture
      sergiotecnico · over 2 years ago · 2 pontos

      Aquele cosplay que vc respeita!

  • wild_dark_shadow Nuno Gomes
    2017-07-28 10:42:51 -0300 Thumb picture

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...