• 2019-02-19 15:20:33 -0300 Thumb picture
  • anduzerandu Anderson Alves
    2019-02-18 18:12:20 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Call of Duty: Black Ops III

    Zerado dia 17/02/19

    O ano é 2010 e eu estou visitando um amigo pela enésima vez. Ele tem um Xbox 360, um videogame praticamente novo pra mim, com jogos em HD e um preço fora da minha realidade. Eu por fora de qualquer coisa que não seja relacionado ao Nintendo DS e feliz em jogar e zerar em sua casa Call of Duty: Black Ops. Que jogo bonito! E a narrativa? Uau!

    Já fechei ou joguei vários outros jogos da série, mas esse ainda permanece como o mais interessante e até onde eu conheço, o definitivo, talvez o único que valha a pena nos moldes dos genéricos FPS de hoje em dia. Me interessei pelo 2 e acho que até tenho, mas nem fui atrás ainda, até porque tô com uns jogos de PS3 emprestados que já deveria ter devolvido a muito tempo, como Far Crys, Battlefields e até outros CoD.

    O ano é 2018 e pelo lançamento de Black Ops 4, ganhamos o 3 de presente. Na falta do que fazer na casa de outro amigo (que já zerou vários jogos junto comigo), resolvemos terminar mais uma aventura. Mas que jogo ruim!

    Você acha que não tem como fazer o bilionésimo jogo de uma franquia que só se recicla, mas conseguiram fazer isso de uma forma escrota.

    Black Ops 3 (BO3) se inicia como qualquer jogo do gênero, mas já na onda futurista. com variações modernas de armas já conhecidas e até habilidades que você desbloqueia e equipa no seu personagem, como correr na parede, ficar invisível, um impulso com um socão, aguentar mais dano etc. Hummm...sem problema.

    A nossa experiência já começou com um dos muitos bugs: inimigos invisíveis. Não deu pra levar o jogo a sério e a gente foi zoando por um bom tempo até que lá na frente o jogo deu algum problema, reiniciamos e tudo estava normalizado. A segunda decepção ficou por conta dos inimigos: robôs. Já disse isso no meu texto de Horizon: Zero Dawn mas não acho graça em atacar esse tipo de inimigo. Parece que golpes não surtem efeitos e não é muito satisfatório, mas tá bom. Fechamos depois o jogo e nos esquecemos dele. Lembrei um dia desses e baixei novamente na casa dele e felizmente o save ainda estava lá. Continuamos então até o final, meses depois.

    O jogo segue da forma genérica de sempre: enredo clichezíssimo, andar seguindo um marcador, matar inimigos em uma área, se esconder pra esperar a vida regenerar, jogar uma granada. Poxa, porque eu estava jogando aquilo? Ao menos foi em dupla pra conversar.

    Nem o visual do jogo é bom. É um título que saiu pra geração passada também, então não dá pra esperar muito, né? Por aí, mas o jogo parece feio mesmo para aqueles consoles, talvez por conta do splitscreen ou da TV do meu amigo.

    O jogo continua sendo bizarro quando até as cutscenes são em splitscreen! Pois é, imagens basicamente duplicadas mesmo em cinemáticas. "Basicamente" porque há uma diferença crucial: seu personagem. Então é como se fossem duas realidades alternativas passando ao mesmo tempo!

    Não teria problema se ele não falasse! Meu amigo estava jogando com uma personagem mulher e eu com um careca e na hora da dublagem, só saia a voz dela! Resultado: parecia que o cara tinha voz de mulher. Esse jogo é uma piada!

    BO3 falha ainda em informar os eventos ao seu redor. Quantas vezes tomamos dano e não sabíamos de onde? Quantas vezes morri sem saber como? A impressão que dava é que duas balas eram suficientes para você cair, mas felizmente você fica no chão atirando até o seu amigo te levantar, como em Gears of War ou Army of Two.

    E pra dizer que o jogo não só tem defeito, eles tem um sistema de equipar, aprimorar e customizar armas e habilidades que é bem legal. Entre as missões você pode andar pela base a acessar painéis para editar o seu arsenal, o que inclui quais armas carregar, quais partes equipar e melhorar ou piorar seus atributos e até mesmo suas cores.

    Armas mais fortes e a possibilidade de usar ou melhorar habilidades são desbloqueadas conforme você joga e ganha níveis. Depois de entender uns menus desses, acabei criando algumas delas e usando um rifle sniper pelo jogo quase todo. Fiz ele atirar rápido e com muitas balas antes de recarregar, recarregamento rápido, distância de alcance grande etc. Até dei um nome tosco pra ele!

    Pra quem quiser uma experiência maior, BO3 conta com o clássico modo zumbi da série. Nesse caso, um pouco confuso e até bem difícil.

    Testamos apenas um mapa (nem sei se há outros) e ele funciona num esquema de se defender, matar zumbis e explorar novos horizontes. Cada kill gera uma quantidade de pontos, que meio que funcionam como dinheiro. Você pode usá-lo para construir barricadas que não parecem ajudar muito já que o fluxo de zumbis é constantemente grande, adquirir habilidades ou armas em pontos designados ou mesmo abrir portas, expandindo assim o mapa (e o deixando mais confuso) para encontrar novos tipos de inimigos, conseguir mais habilidades e novas armas.

    Esse modo é bem estranho e punitivo, além de escuro e feio (mais uma vez possivelmente pelo splitscreen ou TV do meu bro). Depois de uma 3 tentativas razoavelmente longas e certamente frustradas, percebemos que jogar Left 4 Dead é muito mais legal.

    Resumindo: Call of Duty: Black Ops III é um saco. Muito genérico e desinteressante e CHEIO de bugs no PS4. Os piores gigabytes que você pode baixar no seu console, mesmo de graça (não testei o multiplayer online).

    De bom: possibilidade de multiplayer local pra zerar a campanha. Customização bacana de personagem e seu arsenal e habilidades.

    De ruim: sem graça. Enredo boqueta e até frustrante comuns mantas sendo repetidos constantemente perto do final. Bugs que vão desde inimigos invisíveis até um slowmotion de uma partes que se manteve pelo jogo até a gente o reiniciar. Difícil de entender pelo que estamos sendo atingido, sobretudo quando você está se protegendo de um robozão e se sair vai morrer e acaba morrendo mesmo assim do nada. Música que parece ser "stock". Visual confuso e monocromático.

    No geral, possivelmente o pior jogo que tive o desprazer de jogar nos últimos ANOS. Ainda me resta esperança no 2 e 4, mas esse 3, mesmo de graça, com certeza é uma bomba!

    Call of Duty: Black Ops III

    Plataforma: Playstation 4
    188 Jogadores
    43 Check-ins

    10
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2019-02-17 13:03:21 -0300 Thumb picture

    CHECK IN'sane (SHARE)

    Seguindo com CRASH BANDICOOT 2.

    CRASH fica hipnotizado com esses coletáveis...

    Muito bacana a adição de veículos ao gameplay.

    Marsupiais também sentem calor...

    Não basta ter uma pedra rolando atrás de você, mas umas cercas elétricas e também...

    ...plataformas que concedem um "BOOST" (impulso). Aparentemente ajuda, mas pode atrapalhar também!

    Prepare se para repetir um pouco essas fases...

    Um amiguinho culto na área...

    Só que não! RIPERR ROO é um dos personagens mais insanos dessa trilogia também insana.

    "Professor pulverizado".  Bem legal o desenho no chão...

    CRASH BANDICOOT é um game plataforma do PLAYSTATION 1 do ano jurássico de 1996. Recentemente recebeu um REMAKE recentemente (2017) e continua tão divertido quanto antes.

    Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

    Plataforma: Playstation 4
    456 Jogadores
    87 Check-ins

    31
    • Micro picture
      fabiorsodre · 3 dias atrás · 2 pontos

      1996 pra mim já é avançado pra quem veio da geração do Atari kkkk

      4 respostas
    • Micro picture
      natnitro · 3 dias atrás · 2 pontos

      Esse parquinho do Indiana Jones ai é pra ferrar mesmo, mas só não é pior do que aquelas tartaruguinhas de barriga pra cima lá de high roads que são coisa do capiroto mesmo... o_O

      1 resposta
    • Micro picture
      0blivion · 2 dias atrás · 2 pontos

      Esse jogo fica ainda melhor após liberar pra correr com o r2 se não me engano, e mto bom passar tudo correndo

      1 resposta
  • 2019-02-13 11:07:12 -0200 Thumb picture
  • 2019-02-13 10:26:52 -0200 Thumb picture
  • 2019-02-11 13:03:01 -0200 Thumb picture
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2019-02-08 14:55:25 -0200 Thumb picture

    CHECK OUT INSANO (SHARE)

    Bora correr pro CHECK OUT do INSANE TRILOGY

    Olha o FDP ae! A limitação de espaço para combatê - lo é um grande problema.

    NEO CORTEX N. CAPACITATED (nome do troféu)

    Agora é só correr pro abraço!

    Eu sou foda!

    "Hoje tem..."

    Vale lembrar que nenhum BANDICOOT foi ferido na produção do game. Fiz 100 por cento mas sem disposição de pegar todos os RELICS...

    Já engatei no 2... sacando essa adição de movimento do marsupial (andar agachado).

    Já vi que o "maledito" voltou.

    Até a próxima! Prevejo muito stress pela frente.

    CRASH BANDICOOT é um game plataforma do PLAYSTATION 1 do ano jurássico de 1996. Recentemente recebeu um REMAKE recentemente (2017) e continua tão divertido quanto antes:

    Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

    Plataforma: Playstation 4
    456 Jogadores
    87 Check-ins

    37
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2019-01-31 10:29:02 -0200 Thumb picture

    CHECK IN'sane (SHARE)

    Seguindo em direçao a um CHECK OUT...

    Até que ele não foi difícil...

    Corre pois ainda não acabou...

    Os inimigos não estão dando descanso...

    Mas logo logo acabo com esse cara ae duma vez...

    Finalmente a última gema (pedra) que me faltava...

    Com isso ganhei o troféu "THE ULTIMATE GEM PATH". Bora ver o acesso dessa pedra...

    Problema aqui é a maldita câmera, nesse maldito local estreito, com esse maldito inimigo!

    Carai...tá bem alto "isso ae". Na próxima ja engato CHECK OUT com CHECK IN do CRASH 2...

    CRASH BANDICOOT é um game plataforma do PLAYSTATION 1 do ano jurássico de 1996. Recentemente recebeu um REMAKE recentemente (2017) e continua tão divertido quanto antes:

    Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

    Plataforma: Playstation 4
    456 Jogadores
    87 Check-ins

    45
    • Micro picture
      danilodlaker · 20 dias atrás · 2 pontos

      To pensando seriamente em comprar esse jogo, todo mundo fala tão bem dele, que já está dando vontade de jogar kk

      1 resposta
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2019-01-23 20:00:54 -0200 Thumb picture

    CHECK INsane (SHARE)

    Continuando a aventura desse querido mascote...

    Esses inimigos dessa fase são um porre...

    "THE PRECIOUS"...

    Bora descobrir se tem pão...

    A máscara será sua lanterna. Sem ela...

    ...certamente será bem difícil chegar até o fim sem morrer!

    Quase desisti desse caminho secreto (fatalmente tu morrerá pelo menos uma vez)!

    Estamos perto do final...

    Wow! É bug?

    Sorte a sua que o check in acabou...no próximo acabo contigo!

    CRASH BANDICOOT é um game plataforma do PLAYSTATION 1 do ano jurássico de 1996. Recentemente recebeu um REMAKE recentemente (2017) e continua tão divertido quanto antes:

    Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

    Plataforma: Playstation 4
    456 Jogadores
    87 Check-ins

    37
    • Micro picture
      gan0nd0rf · 28 dias atrás · 2 pontos

      Por que tu não posta como checkin mesmo, no lugar de postagem normal com o título de check-in? Pra que (share)?
      Não é crítica, só curiosidade mesmo.

      27 respostas
  • 2019-01-17 11:04:08 -0200 Thumb picture

Carregar mais postagens

Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...