• chimianopao Chimia No Pão
    2021-02-03 12:14:00 -0200 Thumb picture

    Resumo 2020 Playstation

    Bora de listinha. Acho que só contabiliza do ps4

    E não zerei nem assassins, nem outer worlds kkkkkkk

    Esse ano foi fraco de troféus, mas a única platina DEU TRABALHO (Drakengard 3)

    12
  • srnicko012 SrNick012
    2021-02-02 18:23:02 -0200 Thumb picture

    Retrospectiva 2020 do Playstation

    Uau e por essa nem eu esperava, juro que nem vi o tempo passar mas realmente a quantidade de coisas que fiz nesse jogo kkkk, e ainda nem comprei tudo disponível no PitStop! algum dia eu volto pra ele xD

    São jogos com essa quantidade de Horas que valem a pena comprar no Full Price... enfim outros dados não muito relevantes, só joguei 27 Jogos kkkk

    mas foram 27 jogos com MUUUITAS horas de gameplay xD

    e foram um total de 1022 Troféus conquistados em 2020

    também com a facada cobrada por esse serviço... é o mínimo que se espera xD mas de uns tempos pra cá até que estão vindo alguns bons titulos na Plus

    vamos ver como vai ser o desempenho esse ano :)

    Crash Team Racing Nitro-Fueled

    Platform: Playstation 4
    96 Players
    35 Check-ins

    24
    • Micro picture
      hanzy · 3 months ago · 2 pontos

      Borderlands eu tentei jogar varias vezes, mas parece que sem ser co op o jogo fica bem mais chatinho

      1 reply
    • Micro picture
      andre_hirosaki · 3 months ago · 2 pontos

      desde o lançamento do ctr, eu joguei ele religiosamente quase tds os dias até a platina tbm, deve dar um tempo parecido com esse kkkkk

      2 replies
    • Micro picture
      salvianosilva · 3 months ago · 2 pontos

      Boaa, o meu segundo lugar foi um PVZ tambem kkk, o GW 2

      1 reply
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2021-01-01 00:36:32 -0200 Thumb picture

    Ultimas considerações do ano de 2020

    Primeiramente, feliz ano novo para todos, que esse ano seja melhor, por que puta que pariu, que ano terrível foi esse? Essa pandemia vinda da China, conseguiu não só fazer vitimas, como mudar a rotina de todos. Isso todos sabem, mas eu realmente sinto muito se alguém aqui perdeu alguém, ou teve problemas (seja financeiros, saúde ou pessoais) por conta disso.

    Toda essa situação me fez pensar em muita coisa. Primeiro que muitos de nós temos uma rotina diária, e pensamos que amanhã vai ser outro dia comum, que nada vai mudar, mas o dia seguinte é simplesmente algo imprevisível. Quem diria que esse ano as rotinas iriam mudar, que você teria estudar/trabalhar em casa, ter que usar mascara e não conseguir ir onde quer? Essa situação foi interessante, me mostrou que de uma hora para outra tudo pode mudar, e como é mais fácil do que parece fazer o mundo todo virar de cabeça para baixo. As pessoas são essencialmente controladas pelo medo, e por conta disso, vimos algumas situações bizarras, promovidas por governantes em nome da sua própria saúde, restringido o seu direito de ir e vir. Fico com medo de no futuro algo parecido aconteça, por esse ou outros motivos, em escala ainda pior.

    Quanto aos jogos, esse ano joguei muita coisa, e comprei muitos jogos, alguns lançamentos, sinto que poderia ter terminado bem mais. Mas nos últimos anos é complicado algo me prender de verdade por muito tempo. E fora isso, meu PC já esta velho e não está rodando de forma satisfatória os grandes lançamentos. Ia trocar minha placa de vídeo esse ano, mas a pandemia foi um bom motivo para o preço do hardware subir absurdamente, ai não teve como. E claro, as lojas abusaram demais...

    Foi um ano complicado para a indústria de jogos, eu realmente não gosto de ficar comentando notícias de jogos, e muito menos ficar no hype por jogo e babar ovo de empresa. O caso do Cyberpunk mostrou bem, que nenhuma produtora é de confiança, elas querem agradar os investidores e não você jogador, dando um produto de qualidade. Teve muita coisa que me desanimou, mas a maioria de produtoras de quem eu já esperava isso. Mas uma coisa que me acendeu um alerta, foi toda a atenção ao The Last of Us Part II, que até ganhou o GOTY (segundo ano que um exclusivo da Sony ganha, suspeito), um jogo que é carregado de ideologias progressistas. E pode ter certeza, que isso vai ser tornar comum nos jogos grandes que virão, ainda mais com a mídia premiando o jogo e os gados da Sony babando e aceitando tudo. Nem seus preciosos jogos ficaram isentos de ideologias políticas. Antes eu falava bastante desse jogo, mas como isso gerou choro na rede, nem perdi mais meu tempo. Os jogadores atualmente merecem serem feitos de p*tinhas das produtoras mesmo.

    E falando nisso, o ano nesse rede foi bem merda. Tivemos muitas quedas, a rede continua as traças, apenas com o publico fiel que ainda se mantém a sustentando. Essa rede tem potencial, pena que está largada e sem novidades. Espero que a tal nova rede que apareceu, realmente ganhe força, já que perdi a esperança nessa. Mas não apenas a rede, algumas pessoas aqui também me decepcionaram bastante, alguns que eu conheço a tempos e até conversava, deixaram de me seguir e interagir, e claro nem tiveram a coragem de falar comigo por que. Na real, eu não ligo muito, se eu buscasse popularidade eu estaria fora daqui a tempos, iria para o Facebook ou Twitter. Vou compartilhar as minhas ideias aqui até quando der, se você não gosta não é obrigada a me seguir. Pior que tem progressistinhas aqui na rede que falam muita abobrinha e tem bem aceitação, vai entender.

    Mas como dizem: "É melhor ser odiado pelo que você é, do que amando por aquilo que você não é!", e eu procuro sempre ser sincero e aberto com minhas ideias para vocês. Eu realmente acredito que vale a pena lutar pelo que é justo, do que se calar com medo do que vão pensar de você. Tem muita gente ruim nesse mundo, tentando todo dia te prejudicar, por objetivos mesquinhos. E fechar os olhos para os problemas e fingir que nada acontece, não vai fazer eles sumirem. Pois se você deixar e aceitar tudo, um dia isso vai bater a sua porta, cedo ou tarde, vão tirar tudo de você.

    Enfim, espero que ano que vem seja um ano melhor para todos. Eu terminei a faculdade de Analise e Desenvolvimento de Sistemas esse ano, vamos ver como vai ser ano que vem em relação ao mercado de trabalho. No mais, ainda tenho esperança de um futuro melhor, mesmo que parte de mim duvide disso.

    POSTAGENS DE FIM DE ANO

    Dia 1 - Jogos que finalizei em 2020

    Dia 2 - Lista da vergonha 2020

    Dia 3 - Melhores jogos que joguei em 2020

    Dia 4 - Ultimas considerações do ano

    9
    • Micro picture
      darleysantos676 · 4 months ago · 2 pontos

      Feliz e próspero Ano-Novo! Que você consiga tudo, ou peo menos a maior parte, do que deseja!

      Quanto a ideologias progressistas, sim, isso vai ser cada vez mais comum, e alguns líderes conservadores têm dado munição de sobra para as lideranças progressistas... Mas nunca, nunca ceda ao desespero, as coisas sempre têm um final feliz! Sim, da mesma forma que nos contos de fadas (é só não inverter as coisas).

      1 reply
    • Micro picture
      msvalle · 4 months ago · 2 pontos

      Feliz Ano Novo!

      1 reply
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2020-12-31 02:46:06 -0200 Thumb picture

    Piores jogos que joguei em 2020 - Lista de Fim de Ano #4

    Mais uma lista, essa não planejada com os piores jogos que eu joguei esse ano, a maioria deles nem é realmente ruim, mas ficaram bem abaixo das expectativas que eu tinha. Vou ser breve nessa lista, e serão apenas cinco jogos. A ordem da lista é do mais pior, para o menos. Vamos a eles:

    1 - Contract

    Um jogo com uma proposta interessante, de você enfrentar monstros em mas morras com sua espada, em um jogo sidescroller, com diferencial que você assina um contrato antes de entrar no nível, quanto mais termos do contrato você aceitar, maior a recompensa, mas maior o desafio. Parece bem legal né? Porém esses tais desafios são zoar seus controles ao máximo, dificultando de uma forma porca a gameplay, que já é ruim sem tu aceitar clausula alguma. O "bom", é que o jogo só custa dois reais.

    2 - Fight Angel Special Edition

    Um jogo de luta, comprei mais nunca falei dele aqui. O foco dele são as lutadores, e como você pode customizar e criar sua própria lutadora. O sistema de criação e customização é legal, porém a jogabilidade é horrenda. Os itens para personalizar são escassos, mesmo tendo DLC com mais deles, até os Tekken e Soul Caliburs são bem mais variados. A pior parte é que o jogo deu vários crashs aqui durante a customização, onde perdi meu progresso...

    Outra coisa a se salientar, é que inicialmente o visual das garotas parecia mais puxado para o Dead or Alive, mas depois eles colocaram esses olhos bizarros de anime, na versão mais recente. Mas felizmente da para mudar voltar a essa versão mais real no menu. Eu disse que o jogo nem tem enredo? Ah sim, as garotas perdem a roupa durante a luta, e aqui elas podem ficar totalmente nuas.

    3 - SNK HEROINES Tag Team Frenzy

    Mais um jogo de luta com fan service, mas dessa vez da SNK, e além do fan service ser fraco, e ter esse mesmo visual horrendo e datado do KOF XIV, a jogabilidade é uma merda. Isso mesmo, um jogo feita pela SNK com jogabilidade ruim. Os caras tentaram facilitar tanto o gameplay, pro pessoal poder jogar com uma mão só, que cagaram com tudo. Tem um botão para cada coisa, e os movimentos clássicos das personagens são feitos apertando um botão e direcional.

    E como esse jogo não vendeu nada na Steam, isso foi desculpinha para a SNK aceitar o suborno da Epic Games, e deixar até hoje o novo Samurai Shodown apenas por lá... Aposto que deve ter vendido muito...

    4 - Action Taimanin

    Meu guilty pleasure da lista, afinal eu jogo e joguei muito esse jogo, admiro que só pelas garotas bonitas e peitudas. A jogabilidade é bem simplificada, e o visual datado. Mas o pior é que esse jogo é um port bem mal feito da versão mobile, com todas aquelas mecânicas horrendas de qualquer jogo gacha. Mas ainda dava para conseguir tudo sem pagar, mas com o tempo os caras ficaram mais mercenários, e deram nerf nas gemas e tickets, aumentaram o preço da loja e até alugaram slots de skills. Tudo com preços nada amigáveis para os brasileiros, convertendo tudo direto do dólar. Na moral, vergonhoso. Isso por que eu nem citei que isso é uma franquia hentai, que lançou o jogo sem qualquer conteúdo adulto.

    5 - Wallachia: Reign of Dracula

    Esse foi o primeiro jogo na Steam que eu pedi reembolso, mas na real ele não é ruim, só não era o que eu esperava. Eu pensei que era algo mais na pegada da Castlevania, quando era mais na pegada Contra. E com uma dificuldade quase que injusta, típica do MIG mesmo, e seus jogos. Parece um jogo de arcade, e segue esse modelo, se tu perder todas as vidas volta do começo do jogo, qual o sentido disso em 2020? Vacilo do cara. Ainda pretendo dar uma chance no futuro, mas só em uma boa promoção.

    --

    Essa lista foi mais um extra, logo mais, antes da virada, eu faço minha ultima postagem do ano se tudo der certo. Algo mais reflexivo, sobre o ano que passou!

    Wallachia: Reign of Dracula

    Platform: PC
    9 Players
    3 Check-ins

    6
    • Micro picture
      santz · 4 months ago · 1 ponto

      Quase tudo na lista é jogo feito nas coxas (bunda, peito também)

  • luchta Ewerton Ribeiro
    2020-12-30 12:12:24 -0200 Thumb picture

    Melhores jogos que joguei em 2020 - Lista de Fim de Ano #3

    Finalmente a minha lista de melhores jogos do ano, são apenas cinco deles, e muitos vão ser os mesmos da lista de jogos terminados, mas como a lista é menor, eu falarei deles com mais detalhes aqui. A lista vai do melhor para o menos melhor, então sem enrolação:

    1 - Genshin Impact

    Genshin Impact é um jogo que apareceu do nada, e fez um enorme sucesso, tanto pelo seu visual, proposta, e por ser de graça e mobile, claro... Eu mesmo não esperava muito do jogo, decidi baixar ele um dia antes do servidor abrir, já que jogos gacha e F2P tem sempre uma pegadinha para sugar a sua grana. Mas me surpreendi, o jogo é muito bom!

    Sim, ele é muito inspirado em The Legend of Zelda: Breath of the Wild, com vários elementos desse jogo em suas mecânicas, mas tem seu charme e mecânicas próprias. Junto é claro com uma seleção de personagens carismáticos, que desempenham diferentes funções em seu grupo de até quatro deles. Um enredo interessante, e a exploração de mundo é divertida e recompensadora. O multiplayer é meio fraco, entretanto a comunidade se ajuda, e até que não é tão toxica.

    O jogo pode não ter sido lançado com todas as regiões ainda, mas tem sempre eventos e atualizações que o mantém interessante. E o principal, o gacha não é nem um pouco predatório, da para fazer o conteúdo do jogo com tempo e paciência. O ponto ruim é o sistema de resina ainda limita o farm. Me apaixonei por ele, e por suas mecânicas, principalmente as reações elementais, e o mundo do jogo, com adições novas, ele tem potencial para ser um dos melhores jogos já feitos no futuro.

    2 - Shantae and the Seven Sirens

    O ultimo jogo da franquia Shantae, esse eu já estava com altas expectativas desde o ano passado, e de fato ele não me decepcionou. O jogo voltou as suas raízes, voltando a ser metroidvania, e resgatando vários elementos que marcaram (e me fizeram amar a franquia) do primeiro título do GBC. Uma ou outra coisa eu senti falta, como mais transformações e um foco maior nas danças. Mas ainda assim, a exploração é divertida, o enredo engraçado, e as novas meio gênios são todas muito legais. O fan service voltou, assim como uma arte linda dos personagens que superou todos os jogos anteriores (o artista muda a cada jogo).

    As danças aqui servem para usar as habilidades de Shantae pega das outras meio gênio, ela consegue se transformar sem isso. Talvez esse seja o maior ponto polêmico do jogo, já que você não pode andar por ai transformado como nos outros jogos, a transformação é feita ao realizar uma ação (como pulo duplo) e fica ativa somente enquanto a executa. Fora as transformações clássicas que sumiram. Em todo caso, os sistema de cartas é uma adição legal (apesar delas limitarem todo o potencial das transformações), mas me vi usando poucas delas. Entretanto as batalhas e explorações são bem divertidas, assim como o humor da franquia, seus personagens e fan service que sempre me cativam. Ele superou o primeiro jogo do GBC, que sempre foi meu favorito.

    3 - Streets of Rage 4

    O retorno triunfal de uma das melhores franquias de briga de rua dos anos 90, com visuais lindos em sprites desenhados, com vários quadros de animação. Uma jogabilidade mais puxada para o SoR2, mas que acrescenta muita coisa, como o fato de poder se recuperar ao usar um especial se não tomar dano e bater nos inimigos. Todos os personagens, tanto novos quanto antigos são interessantes e divertidos de jogar, e ainda da para liberar versões em 16 bits de quase todos os personagens dos outros jogos para jogar, com suas jogabilidade daquele titulo.

    O enredo não é grande coisa, e como todo briga de rua ele tem uma campanha curta, mas que vai ser repetida a exaustão, eu mesmo fiz mais de 60 horas dele. E o multiplayer é a cereja do bolo que torna ele ainda mais divertido de jogar, com um online solido. O jogo recebeu uma atualizações no meio de ano que melhorou muitos aspectos de jogabilidade, melhorando personagens que antes não eram tão interessantes de jogar, facilitando certas partes chatas e dificultando outras, o que fez ele ficar ainda melhor. Entretanto ainda quero uma DLC com outros personagens jogáveis, quem sabe ano que vem.

    4 - Blasphemous

    Já estava sentindo falta de um metroidvania divertido, e Blasphemous supriu essa necessidade, com sua mistura interessante de Castlevania Dark Souls. Ele é desafiador na medida certa, mas recompensador. E tem todo aquele enredo misterioso e enigmático próprio da franquia Souls, assim como seus ambientes sombrios e mórbidos, com inimigos cadavéricos, e até algumas mecânicas. Esse jogo se destacou muito pela sua pixel art, muito bem detalhada, linda e bem animada, os cenários são lindos de se admirar.

    Blasphemous recebeu uma atualização no meio do ano, e só depois disso eu comprei ele, pois antes ele tinha alguns problemas que também foram corrigidos, mecânicas alteradas e adições a jogabilidade, assim como conteúdos novos pós game foram adicionados. Isso melhorou muito o jogo. Mas eu realmente não fiz a DLC, só terminei o jogo uma vez, ainda assim pretendo voltar para joga-lo.

    E se você é guerreiro e leu até aqui, e curte o Blasphemous, pega aqui essa dica de jogo: Ano quem vai ser lançado um jogo chamado The Last Faith, que também tem essa mesma pegada (apesar dele ter me lembrado mais Castlevania: Lords of Shadow do que Dark Souls), com uma pixel arte igualmente linda, esse jogo promete. Veja mais detalhes na sua página e já adicione na sua lista de desejos.

    5 - Mafia II: Definitive Edition

    Esse jogo foi dado gratuitamente para quem já tinha Mafia II, de graça mesmo, já que eu recebi Mafia II original free a anos atrás, então sai no lucro, já que a sua Definitive Edition vem já com todas as DLCs. O visual não melhora tanto em relação ao jogo original, mas pelo menos ele roda bem no meu PC.

    No começo eu não pretendia terminar o jogo, só abri para testar mesmo, mas o enredo é tão interessante que me cativou a jogar até o fim, claro que a jogabilidade TPS dele também não deixa nada a desejar. Fiz tudo que podia no jogo, mas abandonei na primeira DLC por conta de um BUG que atrapalhava a progressão do game... Ele tem seus defeitos, como ter o mundo aberto com poucas coisas interessantes para fazer (na real NADA), superando o Sleeping Dog nesse quesito, mas a A.I. dos NPCs é muito melhor, e a ambientação de época, é fenomenal. Um dia ainda jogo os outros jogos da franquia, mas vai ser só quando eu trocar de PC...

    --

    E por enquanto é só. Eu estava pensando em fazer uma lista com os piores jogos que eu joguei esse ano, eu faria isso amanhã e pouco antes da virada posto as minhas reflexões para o ano que vem, então vamos ver!

    POSTAGENS DE FIM DE ANO

    Dia 1 - Jogos que finalizei em 2020

    Dia 2 - Lista da vergonha 2020

    Dia 3 - Melhores jogos que joguei em 2020

    Dia 4 - Ultimas considerações do ano

    Genshin Impact

    Platform: PC
    35 Players
    84 Check-ins

    17
    • Micro picture
      anduzerandu · 4 months ago · 2 pontos

      Uma correção: o primeiro jogo da Shantae foi no GBC! O GBA nunca recebeu jogos da franquia :p

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 4 months ago · 1 ponto

      Blasphemous eu tenho bastante curiosidade de jogar. Adicionei ele aqui na minha lista.

  • msvalle Marcos
    2020-12-29 10:40:06 -0200 Thumb picture
    msvalle checked-in to:
    Post by msvalle: <p><strong><em>Concluído!</em></strong></p><p>No ap
    A Plague Tale: Innocence

    Platform: Playstation 4
    20 Players
    6 Check-ins

    Concluído!

    No apagar das luzes de 2020, uma ótima maneira de fechar o ano. Esse jogo é muito bom, uma mistura de The Last of Us com Brothers: A Tale of Two Sons.

    A ambientação na França durante a Guerra dos 100 anos e ainda durante a peste gerou cenários belíssimos - e alguns assustadores.

    A história dos irmãos Amicia e Hugo de Rune vai se desenrolando em volta em mistérios com alguns momentos bem dramáticos, e alguns personagens que eles encontram pelo caminho são bem marcantes.

    Como são um adolescente e uma criança contra soldados, obviamente que o foco maior é na furtividade, mas ao longo da jornada Amicia vai aprendendo maneiras de se defender e até mesmo atacar. Coletar materiais por onde passa se torna essencial para garantir a sobrevivência.

    Os ratos em cena são impressionantes, pois são centenas percorrendo o cenário e reagindo à suas ações.

    A cereja do bolo é que pude jogar com a dublagem original em francês e de quebra praticar um pouco hehe

    Se tenho uma crítica é ao fato de alguns mistérios ficarem sem resolução, deixando uma impressão de mal-acabado ou concluído as pressas, mas nada que tire o brilho da jornada.

    Recomendo esse jogo para quem curte jogos orientados à (uma boa) história com furtividade.

    PS: Artigos interessantes que encontrei sobre o jogo:
    A Plague Tale: Innocence will have up to 5,000 man-eating rats simultaneously on screen... but you’re the real monster here
    A Plague Tale: Innocence is here to make you realise how much we’ve become used to death in video games

    45
    • Micro picture
      reasel · 4 months ago · 2 pontos

      esse jogo também tem elogios da minha parte, foi uma surpresa pra mim quando eu joguei(melhor que TLOU2)

      1 reply
    • Micro picture
      _gustavo · 4 months ago · 1 ponto

      Parabéns cara ^^ Não sei se eh um game que eu me empenhar ia mas só ouvi elogios de quem jogou kkk

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 4 months ago · 1 ponto

      Ae, fechou bem o ano. Jogo interessantissimo!

      1 reply
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2020-12-29 04:51:12 -0200 Thumb picture

    Lista da vergonha 2020 - Lista de Fim de Ano #2

    A minha lista anual dos jogos que comprei durante o ano e não joguei, na real muitos dessa lista eu joguei pouco, mas não me cativaram a continuar ou parei para jogar algo mais interessante.  E esse ano a lista é maior, teve até alguns que deixei de fora, colocando só os principais. Essa lista está em ordem alfabética e não inclui jogos que comprei de Novembro em diante, pois ainda é muito recente e nem aqueles que comprei mas meu PC velho de guerra não rodou...

    1 - Alien: Isolation + Season Pass

    Comprei o jogo por um bom preço, esperei as DLCs entrarem em promoção para começar a jogar, e no fim nem abri o jogo. A falta de espaço em disco e outras prioridades contribuirão. Mas ele é um bom jogo. 

    2 - GOD EATER 2 Rage Burst

    Na real esse eu nem baixei, apenas o primeiro God Eater que vem junto com esse jogo, e na moral, acho que esse tipo de jogo não é muito minha praia. E mesmo sendo um remaster esse jogo é bem datado, já que veio do PSP.

    3 - Hollow Knight

    Esse ai é considerado uma obra prima dos metroidvanias, mas por algum motivo ele não me cativou... Eu terminei o Blasphemous, mas deixei esse de lado. Entretanto eu pretendo voltar a jogar ele, assim espero...

    4 - Little Witch Academia: Chamber of Time

    Esse eu nem instalei ainda, na real devo ter comprado por medo dele sair da loja de novo e eu não poder mais comprar (ele saiu da Steam esse ano, mas voltou). Quando comprei pensei que era um RPG, mas é briga de rua...

    5 - METAL GEAR SOLID V: The Definitive Experience

    Comprei o The Phantom Pain, já que já tinha o Gound Zeroes, que aliás terminei a campanha, mas estou me esforçando para fazer todas as missões antes de passar para o PP. O problema é que sou ruim nesse gênero...

    6 - Ori and the Blind Forest: Definitive Edition

    Outra obra de arte dos metroidvanias, eu curti o visual, história e atmosfera do jogo, mas acabei não avançando muito. Ainda não sei o motivo...

    7 - Rogue Legacy 2

    Esse foi o que mais joguei da lista, comprei no acesso antecipado, mas depois de dois dias não joguei mais, e nem acompanhei as novas atualizações. O primeiro jogo dessa franquia é muito bom, essa sequencia promete.

    8 - SOMA

    Um jogo de terror da nossa querida Frictional Games, que fez Amnesia e Penumbra. A Epic Games deu ele de graça, mas estava em boa promoção na Steam então peguei. Vou me esforçar para jogar, mesmo sabendo o final...

    9 - Tales of Vesperia: Definitive Edition

    Eu comprei ele e o Tales of Berseria, até joguei um pouco, mas não avancei muito, o motivo? Um RPG chamado Genshin Impact começou a tomar boa parte do meu tempo...

    10 - Yakuza 0

    Ainda estou tentando entender o que faz a franquia Yakuza tão especial, eu não vi nada demais. Talvez eu estivesse esperando um GTA japonês, ou algo assim... sei lá...

    Esse foi o ano que mais comprei jogos, e consequentemente o ano em que mais deixei jogos de lado, apesar de como disse ontem ter terminado bastante em relação aos anos anteriores. Na moral, não vou prometer nada esse ano, os jogos da lista da vergonha do ano passado, ainda permanecem intocados por mim, ahahahah... A da um tempo, esse ano foi tenso, e eu me formei, tive um monte de contratempos... Quem sabe ano que vem!

    Dia 1 - Jogos que finalizei em 2020

    Dia 2 - Lista da vergonha 2020

    Dia 3 - Melhores jogos que joguei em 2020

    Dia 4 - Ultimas considerações do ano

    Alien: Isolation

    Platform: PC
    425 Players
    152 Check-ins

    14
    • Micro picture
      santz · 4 months ago · 1 ponto

      Eu também já tentei o primeiro God Eater do PSP, mas não é o estilo de jogo que me agrada muito. Talvez eu dê uma nova chance pra ele no futuro.

    • Micro picture
      jezzon · 4 months ago · 1 ponto

      Tô com 25h do early access de Rogue Legacy 2 já, e estou gostando muito. Prometeram um novo update para o fim de janeiro

    • Micro picture
      tassio · 4 months ago · 1 ponto

      Yakuza:
      Expectativa: GTA Japonês / Beat'n'up moderno
      Realidade: Mini games com uma qualidade tão boa mas TÃO BOA, que poderiam facilmente serem jogos independentes.

      Ce vai esperando uma coisa, quebra a cara num primeiro momento, mas depois acaba achando a realidade MELHOR que a expectativa criada kkkkk

      4 replies
  • xonas_kun Jonathan
    2020-12-28 17:52:05 -0200 Thumb picture

    OS ZERADOS (em raking) DE 2020

    (Ninguém se importa mas... EU VOLTEI!)

    Amigos e amigas, chegamos a última semana do ano... Aquela semana que parece um vórtice temporal pq não sabemos mais se a segunda é segunda (em tempo, que dia é hoje?) e que esperamos, ansiosamente, a virada do ano para comemorarmos mais um circuito da terra ao redor do sol! AEO!

    E também é aquele momento em que falamos o que jogamos e o que esperamos jogar no próximo ano. Pelo menos da minha parte, eu espero trocar de console e, depois de anos, acompanhar uma geração. Mas, por hora, vou falar dos jogos que finalizei já aproveitando para fazer AQUELE top 10!

    1.Final Fantasy XV (XONE)

    O jogo tem problemas? Sim, tem muitos problemas. Mas o tanto que Noctis e compania me cativaram e o tanto que o final do jogo mexeu comigo faz dele a experiência mais marcante do ano para mim. No final do jogo era a televisão ao som de 

    (MÚSICA LINDA DEMAIS SHIMOMURA RAINHA) e eu e minha esposa chorando - alías, enquanto escrevo essas linhas estou ouvindo Somnus e com os olhos cheios de água.

    2.Nier Automata (XONE)

    O jogo com mais finais que já joguei. A experiência de virar num caminho e ver um final do jogo do nada é bem interessante... E a história, nas suas idas e volta, é muito lega. As 'questões filósoficas' que o jogo coloca podem fazer os mais atentos pensar e tem um música (Outra vez, a música) que arrebenta a gente no final: 

    Além disso, uma mensagem muito importante nesses dias de pandemia pode ser vista ao final da experiência: você não está sozinho.

    3.Kigndom Hearts III (XONE)

    Bem... Se você olhar o restante da minha lista vai ver que KH é uma franqueia bem presente no meu 2020. Desde que fiquei sabendo que KH III sairia no Game Pass, decidi marotonar a série. E a experiência de acompanhar a bagunçada proposta do Nomura, com todo o encanto que as franquias da Disney (e Pixar, veja só!) me levaram a apreciar muito Sora, Donald e Goofy no encerramento (?) dessa história que marca muita gente desde o Play 2... E, de novo, Yoko Shimomura!

    4.Final Fantasy VI (SNES)

    5.Yakuza 0 (XONE)

    6.Children of Morta (XONE)

    7.Creature on the Well (XONE)

    8.Moonligher (XONE)

    9.Fire Emblem: The Blazing Sword (GBA)

    10.Old Man Journey (XONE)

    [A partir daqui não é seriado por preferência, tá aleatório]

    11.Yoku’s Island Express (XONE)

    12.Super Lucky Tale (XONE)

    13.Tomb Rider (XONE)

    14.Ori and the Blind Forest (XONE)

    15.Shadow of Tomb Rider (XONE)

    16.Kingdom Hearts 358/2 (DS)

    17.Kingdom Hearts 2 (PS2)

    18.Ori and the Wish of Whisp (XONE)

    19.Kingdom Hearts Re:Code (DS)

    20.Shantae: ½ Hero Genie (XONE)

    21.Guacamelee Super Champion Turbo Edition (XONE)

    22.Kingdom Hearts: Dream Drop Distance (3DS)

    23.Gear of Wars (XONE)

    24.Bloodstained (XONE)

    25.Street of Rage 4 (XONE)

    26.Star Wars: Fallen Order (XONE)

    27.Mario&Luigi: Superstar Saga (3DS)

    28.Pikuniku (XONE)

    29.Blazing Chrome (XONE)

    30.The Messenger (XONE)

    31.A Plague Tale: Innocence (XONE)

    32.Gato Roboto (XONE)

    33.Indivisible (XONE)

    34.Devil May Cry V (XONE)

    35.The Legend of Zelda: Skyward Sword (Wii)

    36.Max: The Curse of Brotherhood (XONE)

    37.Wandersong (XONE)

    38.Guacamelee 2 (XONE)

    39.Re:Core (XONE)

    40.Katana Zero (XONE)

    41.God of War 2 (PS2)

    42.Final Fantasy VII (XONE) 

    Esse foi o ano que joguei três FF (todos muito bons), que mais joguei XONE e que mais joguei video game nos geral!

    Que venho 2021! No caso, devo começar o ano com Dragon Quest XI - com muitas horas nele ainda e gostando muito de tudo que estou jogando. Um JRPG que não pode passar (E tá no Game Pass).

    Feliz ano novo meus bacanos! 

    Dragon Quest XI S: Echoes of an Elusive Age

    Platform: Xbox One
    7 Players
    24 Check-ins

    14
    • Micro picture
      herics · 4 months ago · 2 pontos

      Ótima quantidade e qualidade de finalizados, Parabéns ^.^

      1 reply
    • Micro picture
      lanzitto · 4 months ago · 2 pontos

      Muito boa lista, desses zerei alguns e outros como Nier estão no meu radar. 2021 promete, parabéns!

      1 reply
    • Micro picture
      augus · 4 months ago · 2 pontos

      Sobre FFXV, é justamente esse meu sentimento. O jogo tem muitos defeitos, mas ao olhar a obra completa é um bom jogo. Acho que muito se deve realmente ao final, que final. Ótima lista, tem muito jogão, destaque para Yakuza 0 que é de explodir cabeças.

      1 reply
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2020-12-28 05:54:30 -0200 Thumb picture

    Jogos que finalizei em 2020 - Lista de Fim de Ano #1

    Hoje eu oficialmente inicio as minhas tradicionais postagens de fim de ano, começando pelas minhas listas de jogos, iniciando com os jogos que terminei esse ano. Ano passado nem teve, não terminei nenhum jogo, mas esse ano com quarentena e tals, deu para terminar alguns. Essa é uma lista complicada, já que alguns jogos como Genshin Impact não tem um final, então vou focar nos jogos que realmente finalizei.

    Obs.: Eles estão por ordem de finalização (mais antigo para o mais novo)!

    1 - Quatro jogos da Libra Hearth [01/2020 - 03/2020]

    São eles Succubus HunterThe Tower of SuccubusSuccubus: The SIX Spells e o Castle in the Clouds, sendo esse ultimo o melhor na minha opinião. São jogos adultos e muito bons, com uma pixel art lida. Esse ano ainda tive a grata surpresa dos jogos da Libra Hearth terem finalmente sido lançados na Steam. Eu comprei mesmo tendo terminado a maioria pirata.

    2 - Neverending Nightmares [15/04/2020]

    Um jogo de terror 2D, com um estilo bem diferente, parecendo um desenho a lápis. Ele é curto, mesmo tendo quatro finais, mas é muito bom. Comprei a um tempo, mas só terminei agora, antes tarde do que nunca.

    3 - Streets of Rage 4 [01/05/2020]

    Esse deve é sem dúvida o melhor briga de rua que eu já joguei na vida, sprites lindos e jogabilidade muito bem feita. Me diverti muito, terminando a campanha inúmeras vezes, sozinho ou com aleatórios na internet. Espero que venha algum tipo de DLC para ele ano que vem.

    4 - Shantae and the Seven Sirens [03/06/2020]

    Esse jogo superou as minhas expectativas, e se tornou o meu favorito na franquia Shantae. Ele é muito bom, apesar de eu ainda sentir falta de algumas mecânicas antigas. Terminei ele apenas uma vez, pena que para ele também não tiveram atualizações de conteúdo ou DLCs.

    5- Mafia II: Definitive Edition [07/06/2020]

    Um presentinho do pessoal da 2K, que deram esse jogo para quem já tinha a versão anterior, apesar de poucas melhorias visuais ele ainda é um jogo visualmente muito lindo, e com um enredo incrível. As DLCs deixam a desejar, mas eu me arrependo de não ter dado uma chance para ele antes.

    6 - Blasphemous [21/08/2020]

    Uma das pixel artes mais lindas e detalhadas que eu já vi em um jogo, ele é uma mistura de Dark Souls com metroidvanias, que jogo delicioso, ele é desafiador e recompensador na medida certa.

    7 - Inexistence Rebirth [27/08/2020]

    Apesar de ser uma versão melhorada de um jogo de quatro anos atrás, esse jogo é bem fraco. Ele é curto, mas não é de todo ruim. Um metroidvania de um menino que busca salvar a irmã. Não fiz o final verdadeiro do jogo, pois nem achei como fazer, tem muito pouca coisa sobre ele na internet...

    8 - The Ninja Warriors Once Again [Nintendo Switch] [ 05/09/2020]

    O primeiro e único jogo de emulador que eu terminei esse ano, e quem diria, justamente do Nintendo Switch, já que o Yuzu sofre para rodar na minha maquina velha. Mas o jogo é leve, e ele é muito bom, sofri uns BUGs durante a jogatina, mas nada que atrapalhasse muito a experiência.

    Zup! X [30/11/2020]

    Um jogo de quebra cabeças, que na real o povo só compra para usar as conquistas e enfeitar o perfil. Mas ele é sim bem desafiador, e vai testar seu intelecto para levar a bolinha no local certo, eu consegui terminar e pegar as mais de duas mil conquistas sem olhar na internet.

    Menções honrosas:

    As menções vão para três jogos. Genshin Impact que foi a grata surpresa do ano, apesar de eu ter terminado a campanha toda ele não tem um final ainda, o conteúdo da história é lançado gradativamente. Action Taimanin que joguei bastante, pelas lindas garotas. E por fim, Arena of Valor, que pelo terceiro ano seguido, eu ando jogando com frequência.

    --

    E fim (por hora), ainda vou fazer uma lista dos melhores jogos do ano, em que eu vou citar alguns dos jogos dessa lista com mais detalhes, até a próxima postagem.

    POSTAGENS DE FIM DE ANO

    Dia 1 - Jogos que finalizei em 2020

    Dia 2 - Lista da vergonha 2020

    Dia 3 - Melhores jogos que joguei em 2020

    Dia 4 - Ultimas considerações do ano

    15
    • Micro picture
      santz · 4 months ago · 1 ponto

      Inexistence eu também já zerei, mas acho que foi o antigo. É um jogo bem qualquer coisa.

  • diogo_paixao Diogo Louzada Paixão
    2020-12-27 12:35:13 -0200 Thumb picture

    Lista de Jogos Jogados Por Mim em 2020

    Bom, vejo um monte de gente fazendo isso, esse ano até para ficar fácil fazer outras listas e ver o que joguei, também fiz a minha, bom, segue a lista de tudo que joguei esse ano =)

    PC:
    League of Legends

    PS4:

    Death Stranding (Terminei e Platinei)

    Resident Evil 7 - Gold Edition (Termineie Platinei)

    Crash The Bandicoot 1 & 2 (N'sane Trilogy) (Terminei e Platinei)

    Shadows of Mordor - Game of The Year Edition (Terminei e Platinei)

    What Remains of Edith Finch (Terminei e fiz 100%)

    Strider (Terminei e Platinei)

    Call of Duty - Warzone (Joguei um pouco na zueira com amiguinhos)

    Spyro Reignited Trilogy (Terminei e fiz 100%)

    The Binding of Isaac (Joguei um pouco na zueira)

    Final Fantasy VII - Remake (Terminei e Platinei)

    Gris (Terminei e Platinei)

    Rayman Legends (Terminei e Platinei)

    Here They Lie (Terminado)

    The Last of Us (Rejoguei o Online e recomecei a história)

    The Last of Us - Part II (Terminado)

    Batman: The Enemy Within(Terminei e Platinei)

    Need for Speed Payback (Comecei e está largado)

    Cuphead (Terminei e Platinei)

    Fall Guys (Platinei e estou Jogando)

    Dark Souls 2 Scholar of The First Sin (Terminado)

    Midnight Deluxe (Terminei e Platinei)

    Borderlands 3 ("Jogando" com meu amigo)

    The Order 1886 (Comecei e larguei)

    Street Fighter 5 (Jogando as vezes)

    Mortal Kombat 11 (Pretendo levar a sério)

    Ultimate Marvel vs. Capcom 3 (Pretendo levar a sério)

    Untitied Goose Game (Terminei e Platinei)

    Type Rider (Terminei e fiz 100%)

    Horizon Chase Turbo (Terminei e Jogando)

    Mad Max (Comecei e Larguei)

    Diablo III - Eternal Collection (Terminei e Platinei)

    Metal Slug Anthology (Terminei e Platinei)

    Pac Man Championship DX 2 (Jogando)

    Crash 4: It's About Time (Jogando)

    PS3:

    Okami HD (Terminei e Platinei)

    Sonic 4 - Episode 2 (Rejoguei e fiz 100%)

    Pac Man DX Plus (Rejoguei e fiz 100%)

    Wolfenstein 3D (Terminei e fiz 100%)

    Senhora dos Anéis: Guerra do norte (Rejoguei e Platinei)

    Asura's Wrath (Rejoguei e Platinei)

    Rayman Legends (Rejoguei e Platinei)

    Splatterhouse (Terminei e Platinei)

    Altered Beast (Terminei e fiz 100%)

    The Revenge of the Shinobi (Terminei e fiz 100%)

    Mirror's Edge (Terminei)

    Tales of Xillia (Rejoguei e Platinei)

    Dark Souls 2 (Rejoguei para fazer umas coisas a mais)

    Jetpack Joyride (Rejoguei e fiz 100%)

    Remember Me (Rejoguei e Platinei)

    Prince of Persia Forgotten Sands (Rejoguei e Platinei)

    Poker At Inventory 2 (Rejoguei e fiz 100%)

    Playstation All Stars (Voltei e fiz tudo que era possível)

    Alex Kidd at Miracle World (Terminei e fiz 100%)

    Lightning Returns: Final Fantasy XIII (Rejoguei e Platinei)

    InFamous (Rejoguei e Platinei)

    Castlevania: Lords of Shadow 2 (Rejogando)

    Outland (Largado)

    Need For Speed Most Wanted (Jogando)

    Ar Nosurge (Largado por enquanto)

    PS Vita:

    Metal Gear Solid 2 HD (Largado por enquanto)

    Super Meat Boy (Voltei e terminei)

    One Piece Burning Blood (Joguei na zueira)

    Midnight Deluxe (Terminei e Platinei)

    Tales of Hearts R (Terminei e pretendo Platinar)

    Playstation All Stars (Jogando bem devagar)

    The Last of Us Part II

    Platform: Playstation 4
    853 Players
    271 Check-ins

    22
    • Micro picture
      herics · 4 months ago · 2 pontos

      Ótima e gigante lista ^.^ Parabéns

      1 reply
    • Micro picture
      msvalle · 4 months ago · 2 pontos

      Parabéns pela qualidade e quantidade de jogos!

      1 reply

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...