seufi

"Waste of time. That was a waste of time." Dias Flac

You aren't following seufi.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • reasel Reasel
    2020-07-02 17:49:35 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    [OFF]

    Acredito que ele chegou a esse tipo de conclusão depois de ter bastante solitude.

    16
    • Micro picture
      seufi · 4 days ago · 6 pontos

      Então, @reasel...

      Modernidade líquida é um conceito interessante pra compreender o mundo hoje, mas a meu ver, é falho. Ele abarca a ideia de que as pessoas têm necessidades e que precisam supri-las, mas resume estas necessidades a contato físico, quando na verdade, a maior necessidade humana é a afeição, e em nossa animalidade ela é mais manifesta pelo contato físico. Uma diferença sutil, mas fundamental. O conceito aborda, com toda justiça, a aparente falência de relacionamentos duradouros. Digo aparente, porque eles existem e vão continuar existindo. Promiscuidade, sexo fácil, conquistas baratas, traição, uso das pessoas como objeto estão a braços com a humanidade há milênios: o que Tinder e seus correlatos fazem é dar esta falsa ideia de que as pessoas estão se relacionando, quando na verdade estão trocando secreções. Conheço vários usuários de Tinder, e a maioria deles que usa esta ferramenta pra conquistas baratas permanece com o mesmo vazio existencial. Depois de um ato sexual prazeroso, no dia seguinte resta a ressaca moral de quem comeu uma cereja maravilhosa, mas sem nenhum bolo pra fazer dela a coroa, e quem tem fome de afeto sabe que uma cereja não mata a fome: antes abre o apetite.
      Os relacionamentos que vejo, hoje, dando certo, são aqueles que seguem as mesmas etapas que nossas avós e bisavós: conhecem, conversam, namoram, noivam, se casam, vão morar juntos, constituem família. Claro que há algumas exceções, pessoas que pulam uma etapa ou outra, mas no geral, elas constroem relações por etapas, uma de cada vez. E uma relação, como um bolo, não se constrói da noite para o dia. Você planeja, você coloca a mão na massa, se cerca de bons ingredientes, agrega pessoas, corrige eventuais falhas, e continua construindo o castelo, e continua agregando pessoas e corrigindo as falhas.
      O mais triste é perceber o excesso de promiscuidade que estas ferramentas proporcionam. As pessoas criticam muito, ainda, a homossexualidade, quando na verdade deveriam criticar estas atitudes baratas de promiscuidade, que objetificam e animalizam a sublimidade humana. Tenho pra mim que é muito mais feio um homem, uma mulher promíscuos, com este comportamento de usar as pessoas, do que homossexuais que mantém um relacionamento saudável. Aqui na minha cidade, de pouco mais de 10k de habitantes, há alguns meses se casaram dois homossexuais. Um evento único aqui. Depois deles, se casaram vários outros casais "normais". Boa parte dos "casais normais", se separaram, vários deles decorrentes de traição, em sua maioria com a culpa recaindo sobre o homem. Os homossexuais permanecem casados, e como vizinho que sou deles, não escuto uma discussão sequer.

      A meu ver, hoje, o mundo ainda vai continuar caminhando, por mais uns 20, 30 anos, nessa ideia falsa da facilidades, prazeres fáceis. Mas eventualmente, com o amadurecimento das pessoas, estas coisas vão sendo deixadas de lado, em detrimento de fundações mais duradouras.

      Continuo acreditando que casamentos foram, são e sempre serão as formas mais acertadas de progresso mútuo. Quem não é capaz de dividir o mesmo teto com outro(a), ou escolheu alguém que não ama de verdade, ou não viu os defeitos do parceiro(a) durante o namoro, ou o parceiro tem/criou vícios incapazes de suportar, ou se é egoísta demais para dividir seu espaço com outra pessoa, porque dividir é, em essência, abdicar de uma parte.

      E como um homem casado há quase 11 anos, posso dizer que manter um casamento é difícil. Manter a fidelidade é difícil. Manter o bom humor é difícil. Manter a harmonia na sua casa é muito difícil. Mas ainda mais difícil é criar seus filhos sozinho(a), com uma família dividida, ou enfrentar uma vida sem ter alguém que te compreenda e aprove seus projetos, sem ter com quem conversar e dividir seus pequenos sucessos e fracassos. A vida a dois é isso: só se está pronto pra ela, quem é capaz de abdicar de si mesmo e pensar no outro, com o pensamento de que ou o casal é feliz, ou ninguém é.

      1 reply
    • Micro picture
      thiones · 4 days ago · 3 pontos

      É basicamente isso aí que ele falou mesmo.

      2 replies
    • Micro picture
      onai_onai · about 4 hours ago · 2 pontos

      Hoje em dia muitas pessoas vivem apenas para satisfazer o ego e nada mais, sem se importar com mais ninguém além de si.

      1 reply
  • seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto
    2020-06-10 12:40:24 -0300 Thumb picture

    Dafuq?

    Q q tá rolando na rede? Vi que o @raiden, um dos caras que mais respeito e interajo tá saindo da rede... @lukenakama tá dando um tempo... Que que aconteceu que eu perdi?  Entendi foi nada, mas pra causar este tipo de coisa, deve ter sido coisa séria...

    WTF - Work Time Fun

    Platform: PSP
    16 Players
    1 Check-in

    25
    • Micro picture
      msvalle · 26 days ago · 4 pontos

      Espero que seja tão somente uma triste coincidência.

      3 replies
    • Micro picture
      juninhonash · 26 days ago · 3 pontos

      Também to nesse WTF?!

      1 reply
    • Micro picture
      kalini · 26 days ago · 3 pontos

      Outras pessoas também deram um tempo recentemente, por motivos pessoais. Babysoma, por exemplo.

      1 reply
  • seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto
    2020-06-03 20:23:35 -0300 Thumb picture

    Futuro

    Ain, a geração está perdida...

    Ain, essa geração não tem futuro: só jogam Minecraft...

    Idade: 8 anos

    Streets of Rage 4

    Platform: Playstation 4
    15 Players
    4 Check-ins

    20
    • Micro picture
      cowtonete666 · about 1 month ago · 3 pontos

      essa geração tá igual a minha...jogando beat em´up kkkk <3

    • Micro picture
      onai_onai · about 1 month ago · 3 pontos

      Boa! A minha tem sete e semana passada aprendeu a jogar Magic the Gathering comigo...

      4 replies
    • Micro picture
      ikke · about 1 month ago · 2 pontos

      Seu fi ? xD

      5 replies
  • seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto
    2020-05-29 18:26:10 -0300 Thumb picture
    Post by seufi: "RPGs ocidentais com walltexts e escolhas, fazendo

    "RPGs ocidentais com walltexts e escolhas, fazendo muitos pensarem que isso é a essência de um jogo de interpretação de papeis, uma inverdade ainda muito perpetuada, mesmo nos dias de hoje."

    Olha, se diálogos, textos e escolhas não são a essência de um jogo de RPG, eu sinceramente não sei o que é...

    Um RPG ainda mais radioativo

    Review by: @manoelnsn

    Fallout esteve longe de ser um sucesso mundial no seu lançamento (bem distante do rumo que os RPGs orientais esta...

    Keep Reading →
    15
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 3 pontos

      E quando eu disse que diálogos não são importantes, santo cristo? Eu disse que usar APENAS WALLTEXTS E MÚLTIPLAS ESCOLHAS não são os definidores do gênero, já que como tu mesmo disse pro igor_park ali em cima ele é um jogo de interpretação de papeis.

      A problemática é de que muitos dizem que um jogo não é um RPG se não tiver múltiplas escolhas com árvores de diálogo repletas de paredes de texto, como os dois primeiros Fallout fazem, já que um jogo eletrônico usa vários outros elementos pra fazer com que o jogador se sinta interpretando o papel do personagem (ou dos personagens) ali na tela.

      Porque, se me dizer o contrário, que um jogo sem múltiplas escolhas não é um RPG, aí vamos cair na falácia de dizer que coisas como Final Fantasy e Dragon Quest não são RPGs por serem lineares e o jogador não decidir nada ali, e apenas controlar personagens pré definidos seguindo um roteiro...

      54 replies
    • Micro picture
      santz · about 1 month ago · 3 pontos

      50 respostas do comentário do manoelnsn. Acho que se eu abrir o Alva explode.

      1 reply
    • Micro picture
      igor_park · about 1 month ago · 2 pontos

      Eu joguei Elex mesmo o jogo tinha muita coisa zoada mas tinho texto, diálogos e escolhas que deixavam o mundo vivão, a essência rpg ali era forte com texto e diálogos as e divertido ver quests resolvidas só no papo

      7 replies
  • seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto
    2020-05-14 22:38:19 -0300 Thumb picture

    Começando a acabar

    Comecei este fim de semana que passou e me esqueci de fazer check-in...

    Que jogo delícia!!!

    Referências pra desgraçar - e mais do que eu consigo me lembrar... Uma obra-prima - e até agora não entende como deixei passar...

    conhece @juninhonash? tava procurando um rpg tático aí...


    Chroma Squad

    Platform: Playstation 4
    11 Players
    2 Check-ins

    13
  • seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto
    2020-05-10 22:04:54 -0300 Thumb picture
    17
    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 2 pontos

      Eu acho que dá sim para quantificar a experiência, bem como ressaltar os pontos positivos e negativos dos jogos, mas enfim...

    • Micro picture
      seufi · about 2 months ago · 2 pontos

      @santz entendo seu ponto de vista... mas a experiência é qualitativa, e números são, por natureza, quantitativos... Números podem medir, dar uma ideia, mas em sentido absoluto, é impossível qualificar fatores subjetivos com números objetivos.

      5 replies
  • seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto
    2020-05-02 13:48:59 -0300 Thumb picture

    Eis que vagando no facebook...

    Me depara com esta postagem da página dos superfãs de 16bits da depressão...

    Enfim, como tem quem aprecie este tipo de conteúdo (@andre_andricopoulos), e como já vi postagem da galera reclamando que não tem muito desse tipo de coisa, segue o link, antes que os cachorros de nossos amigos comecem a pedir por mensagem privada...

    https://poenaroda.com.br/pop/geek/personagem-de-re...

    Ps. O nome do site é põe na roda...

    Ps2. E pelo que vi está bem realista...

    Resident Evil 3 Remake

    Platform: PC
    50 Players
    31 Check-ins

    12
    • Micro picture
      hyuga · 2 months ago · 4 pontos

      Complicado é se o zumbi quiser dar uma mordidinha kkkk

      3 replies
    • Micro picture
      santosmurilo · 2 months ago · 2 pontos

      Q delícia meu Deus

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 2 months ago · 2 pontos

      Kkkkk.... não mano... não mesmo me interesso por esses mods.
      Kkkkkk... é engraçado (e não excitante).
      Pô...tira todo o clima do game...😂😂😂
      ...
      Mas confesso que gostei muito dos personagens de "tanguinha" ...😁😁😁
      ...
      By the way....que corpo lindo do personagem nú ❤️

      3 replies
  • seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto
    2020-04-15 20:41:19 -0300 Thumb picture

    Sobre opiniões e sua importância

    Falávamos há alguns dias sobre a questão das opiniões em críticas. Se é coerente, prudente, certo, errado, imparcialidade e afins... E esses dias, vendo o Twitter, me deparo com um "Survey" da capcom sobre RE3R, querendo as opiniões das pessoas...

    Mas pra que diabos a dona de algum jogo, com notas, como as abaixo (positivas no geral, com exceções), com 2 milhões de unidades vendidas, em tão pouco tempo, quer saber a opinião pessoal e nada técnica de jogadores?

    As razões, poderiam dizer, têm relação com a recepção negativa que muitos receberam o jogo. E as críticas mais contundentes, a recepção negativa, parte, em geral, com exceção das "críticas especializadas" acima que pontuaram mal o jogo, de youtubers...

    Boa parte dos youtubers, ou como se poderia dizer hoje, a vox populi, e aqui cabem, novamente, diversas e louváveis exceções, são apenas streamers, sem muito senso crítico. Nem todos vieram dos jogos... alguns apenas o adotaram como parte de sua atividade. Muito deles se interessaram em games depois (ou em função) de começar seu canal...

    E para que se interessar por opiniões, muitas das quais sem embasamento razoável, quando se tem críticas especializadas, números e fatos?

    Bom, porque opiniões se espalham como o Corona, rapidamente, mortalmente, irreversivelmente.Fatos já se espalham bem mais devagar, sem muita dispersão... os número ficam bem atrás. Ex. A má recepção que teve No Man's Sky... até onde se sabe, o jogo se recuperou, mas a notícia da recuperação foi bem mais... tímida em relação ao alarde de que o jogo não "entregava o que prometia". 

    Some-se a isso o fato de que  algumas pessoas aliaram o útil ao menos desagradável: financiamento coletivo. Bom, nessa modalidade, você apresenta um projeto, uma ideia, e vai desenvolvendo enquanto pessoas que querem ver o projeto se realizar o bancam. E se o bancam, direta ou indiretamente determinam os rumos que as coisas tomam. Aqui, importa o que as pessoas pensam..Foram mais longe, e agora apadrinham um artista, fazem a vez de mecenas, ou seja, a gente banca as pessoas, no youtube, para que elas dêem a opinião delas... enfim... os argumentos até aqui foram pra mostrar que as opiniões valem... e as empresas que se importam em continuar vivas, sabem e buscam isso.

    As menores, entre elas, que nasceram dos kickstarters da vida, mantém esse relacionamento estreito. As maiores, eventualmente monitoram tweets, youtube e demais mídias em busca de feedback. Outras, ainda, estreitam esse relacionamento com brindes... oferecem patchs e atualizações gratuitas, garantem expansões sem custo e suporte continuado a produtos.

    Pra resumir, a cada dia, opiniões valem mais. Faça valer a sua opinião com argumentos construtivos, críticas úteis. Mesmo que isso seja a expressão de uma experiência negativa, deixa claro. 

    E foi graças à recepção, altamente volátil, conforme as notas acima, que a Capcom e outras continuam querendo opiniões. E se sabem o que é melhor pra elas, continuarão querendo. Se soubermos o que é bom pra nós, continuaremos fornecendo.

    Resident Evil 3 Remake

    Platform: PC
    50 Players
    31 Check-ins

    20
    • Micro picture
      thiones · 3 months ago · 2 pontos

      A minha opinião é que RE3R é um ótimo jogo de ação com zumbis e um péssimo RE3 😬

      Mas falando sério... Tem tempo que a capcom anda querendo saber a nossa opinião, mas depois dessa última presepada, eu não sei por qual motivo...

      7 replies
    • Micro picture
      darlanfagundes · 3 months ago · 2 pontos

      Streamer é uma disgrassa vei... a imensa maioria são uns otários que nunca souberam nada sobre videogames...e nem se importam de dar uma pesquisada ao menos antes... essa semana um ficou puto comigo pq eu esculachei o RE4 e esses remakes...mas ele que pediu minha opinião...depois ficou putinho...rsrs

      1 reply
    • Micro picture
      zefie · 2 months ago · 2 pontos

      Caramba, eu só vi esse post magnífico hoje!
      Como alguém que constantemente responde pesquisas (incluindo de jogos, como os recentes que teve do RE3R e um da Gust sobre o Atelier Ryza), além de trabalhar com jogos, o que você disse aqui não poderia ter acertado mais no alvo do que isso. Ficou sensacional mesmo.

  • seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto
    2020-04-08 14:31:49 -0300 Thumb picture

    Vocês viram isso?

    Esse tá lá no kickstarter, faltando 9 dias pra fechar a arrecadação. Já arrecadou mais de 500.000,00 dólares. Trata-se do mesmo estúdio que desenvolveu "The Messenger".

    Até aí, tudo bem. Agora a coisa mais interessante é essa:

    THE FU*K**G YASUNORI MITSUDA vai compor alguma coisa pros caras.

    To muito tentado em pegar... sai por cerca de 130 caminhões cata-véio...

    Chrono Trigger

    Platform: SNES
    13641 Players
    447 Check-ins

    34
    • Micro picture
      fonsaca · 3 months ago · 3 pontos

      Da hora!
      Só acho que está na hora de "avançarem uns anos" nos RPGs old schools e fazerem uns com cenários pré renderizados. XD

      22 replies
    • Micro picture
      jcelove · 3 months ago · 3 pontos

      Vi, não tinha dado bola pro the messenger pq plataforma dificil não é minha pegada mas mudaram o genero pra algo bem mais agradavel...promete.hehe

      5 replies
    • Micro picture
      jbmarques · 3 months ago · 2 pontos

      Não joguei the messenger, mas tenho interesse nesse jogo. Vi em algum lugar que ele é um prequel do the messenger.

      1 reply
  • seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto
    2020-04-07 21:45:55 -0300 Thumb picture
    Post by seufi: "porém diversão não é um fator meritocrático para u

    "porém diversão não é um fator meritocrático para um jogo de videogame"

    Sério?

    Um jogo do capeta

    Review by: @manoelnsn

    O ano era 1997. O RPG eletrônico já era um gênero consolidado, tanto nos consoles (com os jogos orientais) quan...

    Keep Reading →
    19
    • Micro picture
      docrow · 3 months ago · 5 pontos

      A função do fator diversão é gerar memoriabilidade e alguma futura nostalgia no jogador. Existem jogos que dificilmente alguém vai se divertir tipo battletoads de Nes, porque o objetivo do jogo é ser jogado pelo desafio que ele proporciona. O jogador termina ele por questão de honra, não pra se divertir...
      Outros jogos são insuportáveis, tipo Krondor e suas paredes de texto, e mesmo assim são lembrados como masterpieces apenas porque foi um jogo "erudito" baseado em novel...
      O critério da diversão é insuficiente pra avaliar algo, você precisa ver o conjunto da obra como um todo, aonde ele foi capaz de chegar, o que se sucedeu, se tornou memorável ou nao etc...
      No caso de rpgs, os critérios sao bem diretos:
      1- party (carisma, identidade, participação, personalidade, etc)
      2-estoria, lore, world building, inserção dessa party nesse mundo etc
      3-gameplay, coisas como combate, customização, controle eficiente e intuitivo etc
      4-musicas, trilha sonora, ambientação
      5-diversão pra gerar memoriabilidade e nostalgia

      O rpg tem que ser bom nesses aspectos.

      3 replies
    • Micro picture
      docrow · 3 months ago · 4 pontos

      Originalmente os jogos eram mais voltados pro desafio do que pra diversão...
      Pegar e jogar videogame ser um passatempo, implica apenas ocupação de tempo, não necessariamente diversão.

      1 reply
    • Micro picture
      manoelnsn · 3 months ago · 4 pontos

      Sério. Um jogo conseguir divertir alguém é o mínimo que ele precisa fazer como obra de entretenimento, é o mesmo que pedir que um carro consiga andar. Sem contar que diversão é algo muito relativo de pessoa pra pessoa e isso independe de aspectos técnicos apresentados no jogo: às vezes só de ter waifus e de ser colorido a pessoa já se divertiu mas o título em si não vale nem a bosta que os produtores fizeram quando desenvolveram o mesmo, não dá pra levar algo assim como um critério determinante em uma obra.

      E penso que, se existir um jogo tão ruim onde ninguém se divertiu nem que seja um pouco jogando o miserável ele certamente não vale nada mesmo, huahua

      3 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...