2021-01-03 12:27:51 -0200 2021-01-03 12:27:51 -0200
seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto

Check-in, Platina, Check-Out

Imagem pra chamar a atenção pro post

Há algumas semanas, já que estava sem o que jogar e revirando minha biblioteca da PSN, quando vi este jogo que peguei há meses atrás via PS Plus. Aí comecei pra "ver de qual que é", como diz uma amigo meu. E cara, a história começa bobinha, despretensiosa... e quando você vê, você quer progredir a história, mas tem tanta coisa pra fazer em Kamurocho que você fica perdido. 

Sem spoilers, o jogo conta a história de Kiryu-chan, o "Dragão de Dojima", um cara extremamente respeitado na "família", que foi criado num orfanato com mais dois amigos: Nishikyama e Yumi, o primeiro sendo seu melhor amigo e a última  a mulher de que ele gosta. 

O jogo tem muitos elementos de RPG, como equipamentos, armas e progressão de habilidades num grid (em 4 grids, pra ser mais exato), e nas batalhas ele é um "beat them up" dos mais competentes, permitindo usar especiais (chamados heat actions) que variam conforme as armas ou itens que você pega no meio da rua (que vão de cones de trânsito a motocicletas pra socar na cabeça dos inimigos). As heat actions variam também conforme o local de rua que você está: se está perto de um carro, Kiryu usa o carro pra causar dano, ou a parede, ou outras partes do mapa. Heat é uma espécie de barra de mp, que cresce à medida que você causa dano nos inimigos, e que você vai perdendo ao ser atingido. Kiryu ainda tem 4 estilos de luta:

Os ícones no canto superior direito mostram que estilos se beneficiam da habilidade adquirida

Brawler - o típico estilo de rua;

Rush - uma espécie de boxe, como socos rápidos e chutes;

Beast - Estilo lento, mas muito forte pra ataques de área e que permite pegar itens mais pesados;

Dragon - o estilo característico do personagem.

A cidade de Kamurocho é muito viva, e como eu disse você se perde de tanto que há pra fazer: Mahjong, karaokê, shogi, cassino com roleta, pôker, 21 e baccarat, torneio de lutas em rings, isso pra citar alguns dos minigames. Aliás, um interessante é o Mesuking, uma espécie de Jo-ken-po de cartas com lutadoras seminuas, e também o circuit racing, que é baseado em customizar seu carrinho  de acordo com o circuito pra que ele vença a corrida. E a quantidade de sidequest é enorme.

A platina tem coisas bem difíceis desafiadoras. Terminar todas as sidequests, terminar as completions lists, espécie de list de coisas a completar no jogo, como comprar x armas diferentes, ou comer todas as comidas de todos os restaurantes, etc. 

Outro ponto interessante é o Majima:

Depois de um certo ponto do jogo este cara vai te perseguir, e você vai ter que enfrentá-lo em vários momentos diferentes, mesmo durante seus minigames. Então, esteja preparado. E ele também tem vários estilos, como dançarino, com faca e com taco de baseball.

Merece destaque ainda esta coisa linda aqui:

Haruka

Puta personagem forte. Parece só uma menina bonitinha que serve pra ser raptada, mas ela tem uma personalidade forte e se impõe na trama.

Em resumo: personagens cativantes, histórias belíssimas se entrecruzando, um ou outro plot twist, quests curiosas, muita porradaria e gore, vilões com motivações plausíveis e um última luta muito legal e diálogos bem interessantes com aquela pitada de humor. Recomendo muitíssimo pra quem pegou via plus. E pra quem quer platinar, como eu, vai ter algum trabalho. Tem missões, ao fim do jogo, de aumentar a fidelidade com a Haruka, mas esta usei um bug do jogo pra passar, porque conseguir 950 pontos na música mais difícil do karaokê não é pra humanos normais.

Ps.Depois desse jogo, vou ter que comprar o 0, o Kiwami 2, 3, 4, 5 e 6, pra ver como acaba a jornada de Kiryu...

Yakuza Kiwami

Platform: Playstation 4
244 Players
53 Check-ins

18
  • Micro picture
    igor_park · 2 months ago · 2 pontos

    Zerei esse em 2019 curti bastante.
    Beat Up legal com uma história competente

    1 reply
  • Micro picture
    mcalor · 2 months ago · 2 pontos

    depois q joguei esse tb tive q comprar todos os outros, se vc gostou é impossível n sentir essa vontade.

Keep reading → Collapse ←
Loading...