Você não está seguindo sergiosamsa.

Siga-o para acompanhar suas atualizações.

Seguir

  • 2019-01-15 11:19:45 -0200 Thumb picture
    <p>Ouvir o criador e diretor de Dead Space falando - Alvanista

    Ouvir o criador e diretor de Dead Space falando sobre suas inspirações e motivações durante o processo de criação do game eu só fico com aquele aperto no coração, pois meu PS3 morreu e não tem um remaster dos 3 jogos da franquia para eu jogar no meu PS4 . Só tive a oportunidade de jogar o segundo.  Está entre os jogos mais assustadores que eu já joguei e mais levei sustos. 

    EA com Dead Space e Konami com Silent Hill apenas estão na minha lista negra por todo esse descaso com essas franquias maravilhosas. 

    Dead Space 2

    Plataforma: Playstation 3
    1928 Jogadores
    75 Check-ins

    21
    • Micro picture
      tlink · 4 dias atrás · 2 pontos

      Essa limitação entre as gerações de consoles é a parte mais complicada na hora de trocar de console. Espero que a Sony aplique a retrocompatibilidade na próxima geração. No caso do Xbox One, é possível jogar os 3 Dead Space por conta da retro. Enfim, entendo a sua dor pq também tenho jogos que gostaria de revisitar, mas não tenho mais o console.

    • Micro picture
      kevinryman · 4 dias atrás · 2 pontos

      Konami só lança PES e olhe lá. Triste ver como uma grande dev se tornou tão medíocre ao longo dos anos. EA fez cagada no terceiro título e agora caga pra franquia. Ao menos a Capcom parece ter aprendido a lição com RE.

    • Micro picture
      lordsearj · 4 dias atrás · 2 pontos

      Pode crer. Zerei o I e o II. Este último, um dos poucos que comprei no lançamento. O III comecei a jogar e não gostei. Ainda estão disponíveis no Origin para quem não jogou. Recomendo

  • 2019-01-14 15:02:38 -0200 Thumb picture
    sergiosamsa fez um check-in em:
    <p><strong>35 horas de gameplay e seguindo.</strong - Alvanista
    Assassin's Creed Odyssey

    Plataforma: Playstation 4
    90 Jogadores
    62 Check-ins

    35 horas de gameplay e seguindo.

    Os problemas que eu tive nas primeiras 12 horas com o travamento do jogo acabaram, nunca mais aconteceram.

    E apesar de já estar mais acostumado com o combate, ainda continuo xingando quem teve a ideia de retirar o escudo. Tem uma opção de bloqueio chata de fazer, então o jeito é desviar dos golpes, mas dependendo do inimigo nem sempre o desvio é eficaz. 

    Da última vez prestei mais atenção em elementos técnicos, agora prestei mais atenção nos narrativos. Uma coisa que eu sinto falta em Odyssey é que, diferente de alguns AC antigos, nesse não há um arquivo com informações sobre locais e personagens históricos que encontramos pelo caminho. Na trilogia do Ezio, por exemplo, apesar de não ter curtido muito, lembro que uma das coisas mais legais era a abordagem histórica do game, com pastas no animus contendo informações sobre as construções pelas quais passávamos, falando sobre sua origem, donos, usos no passado e no presente. 

    No Odyssey não tem nada disso, você vai passando pelos lugares e, se não tem referências históricas e mitológicas próprias, fica por isso mesmo, o que, pra mim pelo menos, empobrece bastante a experiência do jogo, que tem no elemento histórico um dos seus pontos mais fortes. Se você chega na Tumba de Etéocles, simplesmente chega e explora, mas quem é o tal do Etéocles? Enquanto a trilogia do Ezio traria essa informação, Odyssey deixa você no raso mesmo e o que fica é só um jogo de exploração em lugares antigos como muitos outros, sem diferencial. 

    A minha sorte é que, no primeiro ano da minha graduação, tive que fazer 4 disciplinas de Letras Clássicas, tendo que ler na íntegra a Ilíada, a Odisseia, as tragédias do Sófocles e coisas do tipo, então eu estou pegando as referências e entendendo a razão de ser dos lugares bem de boa, mas eu não lembro de tudo então muita coisa passa, o que eu acho uma pena em se tratando desse jogo especificamente. 

    Claro que, pra quem não liga pra esse tipo de coisa pode falar "tô nem aí, se eu quiser ler coisa eu leio livro, não jogo videogame". Mas uma franquia que, pelo menos na minha experiência, tinha como ponto mais interessante essa complementação e vivência histórica, e agora com Odyssey tem material de leitura quase nulo e acaba se tornando apenas "mais um" jogo de aventura em que só o que importa é a ação, é um cadinho frustrante. E mesmo que tivesse muito material de leitura ninguém é obrigado a ler, se a intenção da pessoa é só sair explorando e batendo em todo mundo. Mas pra quem se propõe a experienciar o jogo de forma mais completa, essas leituras são incríveis, como é o caso do The Witcher 3, que tem muuuita leitura, e apesar de não ser obrigatória, quem lê compreende muito mais o jogo, percebe pistas e situações de maneira muito mais completa. 

    Mas ainda assim, mesmo com essa falta, estou adorando o jogo, é muito incrível, não dá pra sentar e jogar uma horinha, tem que ficar lá pelo menos umas quatro horas. E cada vez mais eu me torno fã dessa série que surge a partir do Origins. Desculpa aí fãs de longa data. 

    Se eu estou falando besteira e existe algum menu no jogo que tenha todos esses mini-históricos dos lugares e personagens que encontramos pelo caminho, por favor, me avisem. 

    (complemento: descobri um jeito de aparecer uma mini explicação sobre algumas localizações históricas no mapa, mas é bem simples...não era o que eu esperava mas, em alguns casos, dá pra situar o cidadão na história melhor...mesmo assim, percebi que não é em todos os lugares...algumas tumbas de personagens históricos/mitológicos, por exemplo, não aparece explicação) 

    P.S. Foi só eu, ou alguém também achou a entrada do  templo dos Isu parecida com a entrada dos caldeirões de Horizon Zero Dawn?

    Esse é o AC

     Agora  do Horizon...

    E ambos com uma base parecida: uma civilização anterior, muito mais evoluída que a atual.

    35
    • Micro picture
      papm22 · 5 dias atrás · 3 pontos

      Jogo incrível. eu já platinei, e até comprei o season pass de tanto que curti

      1 resposta
    • Micro picture
      porlock · 5 dias atrás · 2 pontos

      eu ja to com quase 120h no odyssey e ainda falta muuuuuuita coisa... ele ta bem maior q o origins... eh uma delicia de jogar, mas a historia não é tão envolvente quanto a do origins.
      quanto a parti historica dos locais, de repente eles incluem depois o discovery tour, q tem o origins.. eh uma experiencia bem interessante tambem...

      pergunta: vc se pendurou na fimose do zeus, no começo do jogo? kkkkk
      se nao, volte la e se pendure... se vc não o fizer, não jogou ac odyssey direito.

      eu:
      https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1598919148

      2 respostas
    • Micro picture
      msvalle · 5 dias atrás · 2 pontos

      Sintetizou tudo o que percebi jogando!
      Se tornou um jogo de ação genérico. Tecnicamente fabuloso, mas perdeu muito da "alma" da saga, infelizmente.

  • 2019-01-09 13:55:54 -0200 Thumb picture
    sergiosamsa fez um check-in em:
    <p>Iniciando com 12 horas de gameplay. Estava muito - Alvanista
    Assassin's Creed Odyssey

    Plataforma: Playstation 4
    90 Jogadores
    62 Check-ins

    Iniciando com 12 horas de gameplay. Estava muito ansioso para retornar ao universo de AC depois de ter achado a experiência com o Origins simplesmente incrível! Nesse Odyssey escolhi a Kassandra para jogar.

    Em certa medida, parece uma extensão do anterior. 70% do mecanismo é parecido, como a estrutura das missões, o que garante familiaridade com algumas estratégias de furtividade. 

    No entanto, reparei algumas modificações em Odyssey que fizeram com que eu ficasse me questionando qual a necessidade delas terem sido implementadas. Por exemplo, as habilidades e movimentos em combate. Sempre achei os combates da franquia AC  meio ruins e com movimentos travados. No Origins o combate se tornou, pelo menos pra mim, muito bom, ágil, fluido, intuitivo, e mesmo havendo diversos comandos desbloqueados pelos pontos de habilidade, era tudo muito orgânico e prático de se realizar no controle. No Odyssey eles fizeram algumas modificações que, apesar de ainda ser um bom combate, tem uns comandos meio atravessados e aparvalhados. 

    Está me incomodando profundamente, por exemplo, a retirada do escudo, muito útil no Origins, mas que em Odyssey, pelo menos até o ponto em que fui, ainda não tem, mas pode ser que libere mais pra frente. O que temos por enquanto é um comando para bloquear golpes inimigos, mas que não é muito prático de executar. 

    Em termos de gráficos, rodando no PS4 normal, apesar de o Odyssey estar bonito, me parece inferior ao antecessor. O Origins era bem acabado no geral, redondinho, limpo. Já o Odyssey nem tanto, tem muitos probleminhas claramente visíveis, e achei o visual um pouco "sujo" às vezes. No quesito performance no sistema, o Odyssey também fica atrás.  Ao longo das cerca de 70 horas que joguei, o Origins rodou perfeitamente, quase nenhuma tela de carregamento, e tudo carregava rápido, sem problemas nem travamentos. Com 12 horas de Odyssey já precisei fechar e reabrir o jogo pelo menos umas quatro vezes, travamento de imagem é o principal problema. Fora que os carregamentos são demorados, agora tem carregamento pra coisas que não tinham, até quando finalizo uma missão e vou falar com o NPC que solicitou a quest tá lá a tela preta e o sinalzinho de carregamento.

    Essas são as impressões iniciais. Apesar dos "problemas" ainda estou achando o jogo muito bom e com certeza ainda tenho muitas e boas horas para passar com a Kassandra nesse rolê grego.

    20
  • 2019-01-04 19:45:54 -0200 Thumb picture
    <p>Pessoal, acabo de escrever e publicar minha prim - Alvanista

    Pessoal, acabo de escrever e publicar minha primeira crítica aqui na Alvanista. É sobre o game SOMA, que terminei de jogar. Venho aqui na humildade indicar e espero que gostem. Comentários construtivos são mais que bem vindos.

    Terror, pero no mucho.

    Crítica por: @sergiosamsa

    SOMA (2015) é o primeiro jogo da sueca Frictional Games com o qual eu tenho contato. Conhecendo a fama da desenvolvedora por co...

    Continuar Lendo →
    20
    • Micro picture
      batatadark · 15 dias atrás · 2 pontos

      sou louco para jogar este jogo , pelo menos a sinopse dele e boa , e voce me falando parece tornar melhor , vou esperar outra promoção dele

    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 14 dias atrás · 2 pontos

      Legal (to zuando...é que tu pediu comentarios construtivos).
      ...
      Tá na lista.
      Ótima review👏👏

  • 2019-01-02 14:36:15 -0200 Thumb picture
    sergiosamsa fez um check-in em:
    <p><strong>Vamos começar os trabalhos de 2019 com S - Alvanista
    SOMA

    Plataforma: Playstation 4
    96 Jogadores
    10 Check-ins

    Vamos começar os trabalhos de 2019 com SOMA!

    Promessa de jogar apenas durante a noite e com headset.

    Por enquanto joguei bem pouco, mas já deu para perceber que será do tipo que assusta mais pela sugestão, pelos barulhos, do que por apresentar um terror explícito, mas vamos ver até onde ele vai. 

     Até porque não precisa de muito mais do que me trancar em um lugar sem janelas e que tudo estala pra me deixar aflito.  Ao que tudo indica, também, será um game com história elaborada e complexa, o que me deixa bastante empolgado. 

    Na imagem acima, na parte de trás do recorte de jornal que noticiava o acidente no qual o protagonista se envolveu, parece apenas palavras aleatórias, mas se você prestar atenção ali diz "Game!" com exclamação e logo abaixo "Termina com uma surpresa". Seria alguma sugestão? Aguardarei ansioso. 

    E vamos seguindo. 

    Espero que em 2019 eu tenha um bom ano, pois 2018 foi um dos melhores anos pra mim em termos de game, joguei muita coisa boa. Incentivo eu sei que tenho. Enquanto alguns precisam disfarçar para o namorado(a) que gasta bastante com game, meu namorado, que não gosta de jogos, me deu uma bronca porque eu ia comprar o AC Odyssey jogo completo ao invés de comprar a Ultimate Edition. Ele disse "Quem paga 100 paga 150, e você gosta desses negócios aí, então larga mão de ser mão de vaca e compra logo a completona e depois me conta a história do jogo." Nessa brincadeira comprei também o Resident Evil 7 Gold Edition. Sendo assim, acho que vou começar o ano em boa companhia.  Nos games e na vida. 

    21
    • Micro picture
      filipessoa · 17 dias atrás · 4 pontos

      Eu só consigo jogar survival horror dessa forma! Tudo que as vezes a vista cansa mas a imersão sempre fica melhor. Bom jogo aê!

      1 resposta
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 17 dias atrás · 3 pontos

      Ae sim...à noite e com HEADSET...
      A vibe ficará perfeita!
      Faço isso também com games de terror (salvo o headset que não uso...vai som alto da tv mesmo)

      6 respostas
Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...