You aren't following sergiosamsa.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2019-04-18 22:33:23 -0300 Thumb picture

    Desafio Problemas de Gamer

    Feriadão, resolvi tirar algumas horas pra mim, o que inclui fazer um @desafio na Alvanista. Esse eu vi publicado pela @miss_dani e quis fazer também. 

    1 - Sua prioridade, como você decide qual jogo da sua coleção vai jogar primeiro.

    Depende do meu humor, do tempo que terei disponível para a jogatina, se eu estou disposto a mergulhar no universo que o jogo propõe ou se quero apenas me distrair, e por aí vai...

    2 - Você está no meio de um jogo e não está gostando, o que você faz? para ou continua.

    Continuo sempre. É quase um TOC, não consigo largar nada do que eu comecei a fazer pela metade. Mesmo que o jogo esteja horrível eu vou até o fim, caso contrário passarei meses me sentindo culpado por não ter chegado ao fim, de verdade. E tem mais: se eu for falar mal de uma coisa, tenho que ter tido contato com ela do início ao fim para ter noção global da experiência. Largar na metade por não ter gostado e sair por aí falando mal do jogo que você nem foi até o fim pra dar a chance de perceber tudo o que realmente há de ruim e bom acho feio, acho rude. 

    3 - Você está no final do ano e sua meta pessoal está longe de ser concluída, você corre para zerar mais rápido os games ou continua o ritmo vagaroso.

     Não tenho metas de jogos que quero jogar no mês ou ano, simplesmente vou jogando, então esse é um tipo de problema que eu não tenho. 

    4 - Sua esposa, namorado (a) ou amigão quer que você jogue um game junto ele (a), mas você não gosta daquele jogo, o que você faz?

    Jogo de qualquer jeito, pois com certeza haverá um dia em que eles terão que jogar comigo algo que gosto mas eles não, e eu vou cobrar na hora dizendo "lembra daquele dia....". 

     5 - Vai sair uma continuação da sua franquia ou game favorito, porém faz um tempão que você jogou o game anterior e não lembra de muita coisa história, o que você faz? Tenta relembrar rejogando, assistindo alguns vídeos e etc ou joga sem se importar?

    Eu jogo a continuação meio que sem me importar e espero as lembranças brotarem ao longo do jogo. 

    6 - Alguém vem pedir um jogo emprestado, o que você responde?

    Não curto mídia física, o que faz com que eu só tenha praticamente jogos digitais, logo, não rola emprestar né. Devo ter uns 4 jogos em mídia física: 3 vieram com o console e um ganhei de presente. Sim, comprei todos novamente em versão digital, e os discos eu realmente não lembro onde guardei. Mas assim como faço com minha coleção de livros, acho que não emprestaria o jogo. Teria que preencher uma declaração de responsabilidade e registrar em cartório com testemunhas.  

    7 - Aquele game que você está jogando está maravilhoso e você não consegue parar de jogá-lo, o que você faz? Você deixaria de tomar aquela cervejinha no bar, assistir um filme ou série e etc para continuar jogando?

    Pra começo de conversa, qualquer convite que envolva eu sair da minha casa já tenho propensão em dizer não, com ou sem jogo maravilhoso. Para eu sair tem que ser algo muito interessante, e preciso ser avisado com pelo menos 72 horas de antecedência.

    Maria Bethânia fala melhor sobre isso por mim...

    8 - Nas próximas semanas vai ter alguns lançamentos que você quer muito jogar, porém só vai poder escolher apenas um, qual seu critério para escolher.

    A primeira coisa que levo em consideração é o gênero. Caso tenha um jogo de terror no meio, ele provavelmente será a minha prioridade. Mas vamos complicar a coisa: e se todos os lançamentos forem de terror? Daí eu vou pesquisar história, gráficos, jogabilidade, daí escolho o que me parecer melhor no geral. Nenhum jogo de terror envolvido? Vou no mais barato. 

    9 - Depois de comprar ou pegar o game na live ou na plus, quanto tempo um game já ficou parado até você inventar de jogá-lo?

    Se eu comprei, começo a jogar em menos de uma semana. Não consigo comprar um game pensando "vou comprar agora só por estar barato e jogo quando der, sabe-se lá quando"..... 90% dos jogos que tenho foram comprados sob demanda: estou com tempo? Abro a PSN, escolho um jogo, deixo uma horinha lá baixando e já começo a jogatina. Estou com muito tempo? Compro uns 3. Pouco tempo? Compro 1. Agora os que vem pela Plus, tem jogo que está lá parado e eu sei que nunca vou jogar. 

    E é isso! Não vou marcar ninguém, se alguém quiser abrir o coração, sinta-se convidado(a). 

    17
  • 2019-04-17 19:09:29 -0300 Thumb picture
    sergiosamsa checked-in to:
    Post by sergiosamsa: <p>Cadê tempo pra jogar alguma coisa? Pelo andar da
    Unravel

    Platform: Playstation 4
    295 Players
    66 Check-ins

    Cadê tempo pra jogar alguma coisa? Pelo andar da carruagem, Unravel poderá ser um dos últimos jogos que conseguirei jogar esse ano. 

    Aproveitei que ele me parece ser tranquilo, sem grandes exigências. E de fato, a trilha sonora acalma, os gráficos são bonitos, me lembram alguns desenhos que eu assistia na TV Cultura e na TVE Brasil quando criança, e passam uma atmosfera doméstica muito acolhedora. 

    A calmaria me lembrou a mesma sensação que tive ao jogar Journey. Os puzzles para as passagens de nível são simples, sendo um ou outro mais trabalhado, dando a impressão de que será difícil, mas  logo percebemos a resolução e de tão evidente você se sente um parvo. 

    Eu já havia jogado a demo há algum tempo. Essa semana aproveitei os poucos dias que ainda tenho de Plus (decidi não renovar, levando em conta aquela questão que já comentei em outro post) e comprei Unravel na promoção por R$15,00. Pelo estilo do jogo, vale. 

    Os comandos são fáceis e muito práticos. Unravel 2 também está na mesma promoção, pelo mesmo preço. Talvez eu compre também para garantir o combo. 

    Passei por 5 níveis, se não me engano, e acredito que o jogo não vá muito além disso - talvez mais uns 3 ou 4 níveis. Eu estava precisando de um game mais simples como esse, sem grandes recursos. Acabou me lembrando um pouco alguns games antigos nesse quesito, da minha época de Mega Drive. 

    21
  • 2019-04-11 12:33:53 -0300 Thumb picture

    Aquela dúvida

    Galere, surgiu uma dúvida aqui sobre renovação e período inativo na PS PLUS.

    Depois de muito estudo, dedicação e noites insones de escrita, eu consegui uma bolsa de estudos para realizar parte da minha pesquisa de doutorado na Universidade de Coimbra, em Portugal (Yaaay, comemoração, fogos, essa coisa toda). Minha Plus está pra vencer no próximo mês e não vai valer eu renovar por mais um ano, sendo que em poucos meses estarei embarcando e só volto em meados de 2020. (Sim, um ano sem meu querido filho PS4, mas por uma excelente causa) 

    Minha assinatura vence agora no final de maio, talvez eu renove por um mês ou dois só pra dar conta do tempinho que ainda terei por aqui antes de ir, e depois só vou renovar quando voltar em 2020. A minha dúvida é: ao desativar minha Plus agora, quando eu voltar e reativar minha assinatura no próximo ano, todos os jogos que eu "ganhei" na PLUS e que estão na minha biblioteca continuarão lá ou eu vou perder tudo, tudo, tudo? E os meus saves que estavam na armazenagem da Plus? Alguém sabe como ficam essas coisas?

    Agradeço quem souber...

    23
    • Micro picture
      farusantos · 12 days ago · 2 pontos

      Sim, todos os jogos que você recebeu da Plus continuam na sua conta, basta você voltar a assinar para conseguir acessar de novo.

      Já os dados na nuvem têm um prazo de validade, parece que eles ficam no servidores da Sony por até seis meses sem assinatura.

      3 replies
  • 2019-03-29 16:52:19 -0300 Thumb picture

    S.O.N Cadastrado

    Fica aí pra quem não se aguentar, comprar já e for se aventurar pelas trevas do game. Foi lançado dia 28/03/2019 e é um exclusivo para PS4. Na PSN está custando R$61,50. 

    S.O.N

    Platform: Playstation 4
    Players

    19
  • 2019-03-29 12:24:56 -0300 Thumb picture

    Medo, e não no bom sentido

    Finalmente lançaram S.O.N , um game de terror que eu estava esperando tem um tempo. No entanto, não fiquei empolgado. O trailer de lançamento é um tanto genérico. O preço, "R$61,50", me deixa com um pé atrás. Se vem muito caro simplesmente espero diminuir, mas se vem muito abaixo do que eu espero de um lançamento já fico desconfiado. Como gosto do gênero, estou bastante curioso mesmo assim. Só não sei se espero sair na Plus...ou aposto que vai sair mais barato na promoção de meio de ano. O game não está cadastrado aqui, alguém sabe se os cadastros estão funcionando? 

    editado: cadastrei e já está disponível aqui http://alvanista.com/games/ps4/s-o-n

    16
    • Micro picture
      ryou · 25 days ago · 2 pontos

      Nem esperar sair na Plus. Vai acompanhando as promoções semanais, deixe o jogo na wishlist e assim que tiver um bom desconto, aproveite. Eu por exemplo, compro jogos com no mínimo 50% off. Abaixo disso ignoro até mesmo se eu quiser muito.

      É claro que isso não se aplica a lançamentos, mas se não ta no hype pra jogar logo, faça isso.

      1 reply
    • Micro picture
      xch_choram · 25 days ago · 2 pontos

      sim os cadastros estão funcionando só não vem notificação e os jogos não aparecem na pesquisa, vc tem que ir neles pela url

      1 reply
  • 2019-03-28 13:30:30 -0300 Thumb picture

    Desafio 30 dias de games 2019

    Último dia, com 8 itens para fechar o @desafio ..... vem comigo que está bão, pelo menos pra mim tá bão por demais da conta recordar essas coisas, rsrsrs!

    Dia 23 - Chefão mais difícil

    Motaro, em Ultimate Mortal Kombat 3 - tecnicamente Motaro é um subchefe e não um chefe, mas pra mim dá no mesmo. Nessa categoria pensei em muitos chefes desafiadores, incluindo os temidos (e com razão) chefes da franquia Dark Souls, mas daí eu lembrei do quanto eu sofri nas mãos do Motaro nos idos de 1997/98. Está pra nascer boss mais apelão. E quando ele entrava em "modo combo" então, queria ver você conseguir levantar pra respirar. 

    Ele te dava um coice que você atravessava a sala e perdia metade da barra de vida. E o cara ainda se teletransportava e te deixava zureta. Pra mais ajudar era imune a magia, que era o meu porto seguro para enfrentar inimigos difíceis. Não só era imune como também refletia sua magia contra você. Boatos de que tem uma das magias da Sindel que funciona contra ele, mas nunca testei, e olha que eu jogava muito com ela. O chefão mesmo, Shao Kahn, era mole de derrotar. Depois do Ultimate, Motaro foi muito injustiçado pelos desenvolvedores de MK, até virar aquele ser bípede de bosta em MK Armageddon. 

    Dia 24 - Final decepcionante 

    AC Odyssey - eu terminei esse game tem uns dois meses e já reclamei bastante do final dele, o suficiente para uma vida. Origins dá de 10 a 0, muito melhor, e não tem qualidade técnica de Odyssey que o faça ser superior ao Origins pra mim. 


    Dia 25 - Gênero favorito

    Terror - acho que vocês já estão cansados de saber disso, né? 

    Vader se intrometendo nos vilões do terror, mas tudo bem...


    Dia 26 - Personagem favorito

    Aloy, de Horizon Zero Dawn - além de ser um dos melhores jogos que já joguei  na vida em muitos aspectos, acho que nunca me identifiquei tanto com um personagem como aconteceu com a Aloy. Para quem presta atenção nessas coisas, Horizon Zero Dawn possui uma temática religiosa (antirreligiosa até) bem interessante. Da mesma forma como evangélicos ou membros de religiões africanas sofrem preconceito, ateus também o sofrem, principalmente no Brasil atual. Como ateu que sou, assumido há uns 15 anos, foi muito interessante ver como a Aloy passa de uma espécie de agnosticismo para o ateísmo sem desrespeitar as crenças de ninguém, guiada por seus próprios preceitos de humanidade, companheirismo e senso de comunidade enquanto espécie que precisa conviver em um mesmo mundo, respeitando uns aos outros, independente de suas crenças, ou da falta delas. 

    O mais interessante é que Aloy sai da tribo mais fundamentalista de todas que povoam o mapa em busca das próprias respostas para o seu lugar no mundo. Mas da mesma forma que os fundamentalistas da tribo são os responsáveis pelo exílio dela (um chegou a tacar uma pedra na cabeça dela quando criança), Aloy contou com a ajuda e carinho de alguns religiosos que não concordavam com atitudes extremistas. A protagonista guarda profunda gratidão por essas pessoas e por isso acho que Aloy, assim como o jogo em si, ao mesmo tempo em que soam como antirreligiosos do ponto de vista prático (afinal, ser ateu faz parte disso, em grande medida), esse caráter "anti" não implica em fazer uma oposição grosseira, mas sim muito mais voltada para a convivência e o respeito, afinal as pessoas são diferentes. No fim, importa saber entender onde começa o espaço de um e termina o do outro. Tem diversos artigos na rede sobre essa característica do Horizon, todos em inglês...não lembro de ter visto algum em português. 


    Dia 27 - Primeiro jogo que jogou

    Alex Kidd in Miracle World - não lembro de muita coisa desse jogo, tenho alguns flashes de memória de eu jogando ele e só. Esse polvo é uma das coisas de que mais lembro. 


    Dia 28 - Melhor Cutscene

    Intro e Morte de cada Colosso de Shadow of the Colossus - Ainda hoje eu fico de boca aberta com as cutscenes desse jogo, principalmente a introdução dos Colossos e suas respectivas mortes. Além da admiração pela grandiosidade das cenas, também sempre fiquei um tanto triste por ver a queda de seres tão primordiais. (A intro do Phalanx está entre as melhores. Nesse vídeo começa em 6:22)


    Dia 29 - Universo de jogo que gostaria de viver

    A Hong Kong de Sleeping Dogs - me vejo com muita facilidade andando pelas ruas daquela cidade e comendo aquelas comidas.


    Dia 30 - Indique um jogo

    Fatal Frame II: Crimson Butterfly - esse game foi um que eu pensei em colocar na lista em pelo menos três momentos, então acho justo indicá-lo e usá-lo como fechamento desse meu desafio. O jogo foi um dos mais medonhos que já joguei, de verdade. Não possui muitos sustos, mas tem uma atmosfera pesada e tensa, é tudo muito tétrico. Além disso, eu nunca consegui terminar o jogo...sério, eu parei enquanto enfrentava o último boss, que era difícil. Foi bem na época em que eu estava pegando meu PS3 e daí eu jogava o Fatal Frame II no PS2 e acabei deixando-o para trás na empolgação com o console novo, mas quero muito voltar lá um dia para terminar. Encerrando aqui, também acho que ele merece muito um remake ou remaster para a nova geração que está para vir. 

    Fatal Frame II: Crimson Butterfly

    Platform: Playstation 2
    1472 Players
    59 Check-ins

    17
    • Micro picture
      roberto_monteiro · 26 days ago · 3 pontos

      Indique um jogo: Nunca mais durma

      1 reply
    • Micro picture
      johnny_bress · 26 days ago · 2 pontos

      esse pra mim vai ser muito dificil, nao lembro do boss mais dificil que enfrentei, um que acho complicado é o liquid snake, apesar de nao ser difiicil, a parte mano a mano sempre morro muito. vou me acabar pra lembrar o boss mais dificil que enfrentei

  • 2019-03-27 17:36:29 -0300 Thumb picture

    Desafio 30 dias de games 2019

    Bora mais 6 itens do @desafio? Sim, claro ou com certeza?

    Dia 17- Aposta de Hit 2019 

    The Last of Us Parte II (supondo que sai esse ano) - aqui eu estou colocando o que vai ser hit no MEU 2019 se for lançado esse ano, e não uma previsão do que eu acho que vai ser hit pra todo mundo. Dos jogos mais modernos "The Last of Us" tá no meu coração, e depois daquele final eu não paro de pensar em uma continuação, então quando essa segunda parte vier vai ser épico. Só de ouvir a Ellie cantando nesse trailer eu fiquei todo arrepiado. 


    Dia 18 - Aposta de Flop 2019

    Death Stranding (supondo que sai esse ano) - sinceramente, estou achando que estão fazendo muito barulho pra esse jogo só porque é do Kojima e aparentemente tem gráficos de cair o queixo. O problema é que tão querendo pagar de conceitual demais pro meu gosto, e quando um jogo vem assim ou ele é muito bom ou muito ruim. Como ainda estou magoado com o cancelamento de "Silent Hills" vou apostar no flop. Mas está arriscado eu jogar e gostar, tem alguns elementos que gosto...é a vida.


    Dia 19 - Jogo que curtiu, mas não terminou

    Unravel - joguei a demo tem um tempinho e gostei muito de tudo: gráficos bonitos, me passam uma sensação boa de atmosfera doméstica, trilha sonora maravilhosa, jogabilidade simples e efetiva. E pela história já vi que as chances de eu chorar no final são altas... Só não comprei porque sei que ele é rápido de terminar e não estou muito disposto a pagar o preço que a PSN tá pedindo nele não, então vou esperar porque sei que vez por outra ele entra em promoção. 


    Dia 20 - Jogo mais criativo (isso é relativo on so many levels...)

    flOw - há muitas formas de ser criativo. Criar mundos em cima de mitologias já existentes, ou criar universos "do nada", investir em uma jogabilidade diferenciada, enfim, muitas coisas, mas resolvi optar por um criativo mais conceitual. Eu não sou um dos maiores fãs de flOw. É fácil cansar de jogar ele, mas mesmo assim o visual psicodélico, o conceito básico (praticamente o mesmo do joguinho da minhoca dos antigos celulares, com algumas modificações e dificuldades), a imersão em um cenário microscópico, tudo acaba gerando uma certa curiosidade e é difícil alguém que não tenha se coçado um pouco pra jogar, nem que seja pra largar em 10 minutos. Mas ele é curto, diferentão, dá pra insistir. E acho que foi o primeiro jogo que joguei que precisei controlar o "personagem" com o sensor de movimento do dualshock...foi complicado no início, mas é fácil de acostumar.


    Dia 21 - Passou muita raiva jogando

    XCOM 2 - joguei faz tempo e até hoje eu nunca entendi as regras dessa joça....a sensação que eu tinha era que as regras só valiam pra mim, mas a IA podia fazer o que ela quisesse, andar quantos espaços quisesse, enfim, não, péssima experiência. E parecia que você tinha que fazer não sei quantas missões rápido caso contrário o mundo acabava e você perdia e tinha que começar do zero, sei  lá, não entendi lhufas. 


    Dia 22 - melhor jogabilidade

    The Evil Within 1 e 2 - desde o começo sempre achei a jogabilidade bem sólida nos dois jogos da franquia, com uma quantidade adequada de recursos, sem inventar muita moda e, ao mesmo tempo, com os comandos e movimentos necessários pra passar pelos cenários com muita fluidez.

    Unravel

    Platform: Playstation 4
    295 Players
    66 Check-ins

    15
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 27 days ago · 2 pontos

      DEATH STRANDING tá esquisito mesmo...
      ...
      THE LAST OF US US II... certamente um HIT!!!

  • 2019-03-26 18:20:03 -0300 Thumb picture

    Desafio 30 dias de games 2019

    Junta aê e vamos fazer mais 6 itens do @desafio 

    Dia 11 - Companion ou sidekick favorito

    Senu, de Assassin's Creed Origins - esse foi complicado de escolher, pois eu tenho pelo menos 3 personagens nessa categoria que mexeram comigo. De todos resolvi escolher a Senu por ela ter me proporcionado a experiência mais sutil de todas. 

    A presença dela no jogo é algo muito interessante e orgânico, pois você não a vê na maior parte do game, mas sente a presença dela o tempo todo. No deserto, quando estamos no meio do nada, sozinhos, cumprindo missões ela está lá no alto, voando sobre nossa cabeça, esperando ser chamada. A sombra dela aparece na areia alaranjada e sabemos que ela está sempre acompanhando de longe. Sua funcionalidade para reconhecimento do território inimigo  no cumprimento das missões é importantíssima nessa mecânica. Ela também faz parte de muitos momentos da história, inclusive em uma parte em que estamos extremamente necessitados de ajuda. Mesmo quando precisamos pegar alguns itens, como os que são encontrados a partir da caça de algumas aves, ela auxilia e nesse auxílio sutil sua presença vai se tornando cativante, de amiga mesmo, mais do que um humano seria capaz, às vezes. E no meio de tudo isso, da morte do filho, na constante ausência da esposa Aya, Senu é o porto seguro do Bayek, sua conexão com o passado e com a essência de sua terra nesse mundo de transição em que os egípcios estão cada vez mais subjugados pelos romanos. Infelizmente essa relação não se repete no Odyssey, com o Ícaro.

    Menções honrosas: Atreus, de God of War 4 e Ellie, de The Last of Us


    Dia 12 - Personagem crush

    Joel, de The Last of Us - se você me perguntar se eu já tive sonhos com esse daddy e eu disser que não, estarei mentindo desavergonhadamente. Essa é a única informação que vocês arrancarão de mim. 

    Esse olhar acaba comigo...misericórdia....Mais uma? Tá, vai, quem eu estou querendo enganar??? Posso colocar quantas derem pra colocar, tenho uma pasta só dele aqui...


    Dia 13 - Jogo mais assustador

    Outlast: The Whistleblower - como jogos de terror são os que eu mais gosto, essa categoria também é difícil pra mim, mas vamos ficar com a DLC de Outlast, que está entre as experiências mais bizarras que eu já tive em jogos. 


    Dia 14 - Daria um bom filme

    Sem preferências. Eu nunca tive muito essa pira de querer ver jogos adaptados para o cinema. Como eu gosto muito de jogos que dão forte atenção para a história narrada, independente se é linear ou não, acho que muitos deles já parecem filmes, e digo mais, alguns chegam a ser melhores do que alguns filmes. Da mesma forma, como gosto muito de ler, não tenho vontade de ver os livros que gosto virarem filmes. Adoro cinema, mas não tenho essas vontades de adaptação. 


    Dia 15 - Pior jogo que já jogou

    Deus Ex: Mankind Divided - como que faz pra gostar disso? Conta aí que aqui não consegui fazer...(eu ia colocar o Far Cry 4 aqui, mas como já coloquei ele na categoria "pior protagonista", coloco aqui esse só pra mudar, porque na verdade ele é o segundo pior pra mim)


    Dia 16 - Ansioso para jogar em breve

    Shadow of The Tomb Raider - tem muitos jogos que eu queria jogar na verdade, mas como Larinha está na base dos renascimentos da minha vontade de jogar videogames ( 1999 com "The Last Revelation" e 2013 com o reboot), sempre quando sair algo dela vou estar bem empolgadinho. 

    The Last of Us

    Platform: Playstation 3
    11418 Players
    1136 Check-ins

    17
  • 2019-03-25 15:42:18 -0300 Thumb picture

    Desafio 30 dias de games 2019

    Simbora fazer mais 5 itens do @desafio

    Dia 6 - Jogo para relaxar

    Journey - tudo nesse game parece que foi feito para me deixar no mais completo relaxamento, os cenários, a trilha sonora, a paleta de cores...


    Dia 7 - Mobile Favorito

    Spotlight room escape - jogo poucos mobile, mas teve uma época em que fiquei particularmente viciado em jogos estilo "room escape", e o Spotlight foi o meu favorito e o responsável por esse gosto.

    Dia 8 - Melhor multiplayer

    Nenhum - não gosto de jogos multiplayer. Poderia colocar algum de luta aqui, já que falei do Mortal Kombat anteriormente, mas no geral não tenho grandes predileções por jogo multiplayer. 

    Dia 9 - Pior protagonista

    Ajay Ghale, de Far Cry 4 - aliás, jogar o jogo inteiro pra mim foi bem enfadonho, não consegui me sentir bem com nada: jagabilidade ruim, história ruim, personagens incapazes de provocar qualquer tipo de empatia e um protagonista bem apagado, sem personalidade e tonto. 


    Dia 10 - Personagem mais irritante

    Derek C. Simmons, em Resident Evil 6 - eu não tenho paciência pra vilão que aparece 300 vezes ao longo do jogo e a gente tem que ficar gastando munição e tempo com ele até ele sair correndo,fugir, se fingir de morto e reaparecer mais ultra, mega, super, blaster maior. Quando enfrento um vilão principal quero fazer isso uma vez, e que ele morra nessa vez, por favor, manda o próximo. Estranhamente isso aconteceu também com o vilão em Resident Evil 7 (isso é algo do tipo Resident Evil things??) só que ali no 7 eu gostei bastante, funcionou, foi incrível, mas no 6 pra mim não colou e eu só achei o Simmons irritante mesmo. 

    Journey

    Platform: Playstation 4
    738 Players
    85 Check-ins

    17
  • 2019-03-24 14:13:59 -0300 Thumb picture

    Desafio 30 dias de games 2019

    Hoje farei 4 itens do @desafio

    Dia 2 - Remaster/Remake favorito

    Praticamente todos os jogos remaster/remake que eu joguei eu nunca tinha jogado no original então é meio difícil eu ter como comparar e escolher um favorito, vou simplesmente escolher um sem saber como era no original, apenas por ter gostado de jogar na versão mais nova mesmo: ICO, para PS3.


    Dia 3 - Merece um remake

    Queria todos os jogos de Silent Hill para PS4. Sim, TODOS. Melhor franquia de todos os tempos no gênero que eu mais gosto.


    Dia 4 - Último jogo que concluiu

    The Witness


    Dia 5 - Jogo para jogar junto

    Mortal Kombat (qualquer um)... jogar jogo de luta contra a máquina é meio deprimente

    ICO

    Platform: Playstation 3
    1426 Players
    106 Check-ins

    19
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 1 month ago · 3 pontos

      Não querendo ser chato mas... realmente merece um REMAKE PRIMOROSO o SILENT HILL 1...😍

      5 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...