santz

Fazendo do Alva meu registro histórico de jogos zerados. Personas: @top10 @historia_dos_games @goty

Você não está seguindo santz.

Siga-o para acompanhar suas atualizações.

Seguir

  • santz Santz
    2017-09-26 13:02:46 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 293 - Esmague os botões, dood!

     Vi uns check-ins desse jogo e logo de cara gostei dos gráficos, bem colorido e vivo, parecia ser um jogo divertido, principalmente por ser um game de plataforma de PSP. Quando comecei a jogar, me deparei com um problema que sabia que ia me dar muita dor de cabeça: O pulo duplo dele é igual do Arthur do Ghouls 'n Ghosts, ou seja, sem controle aéreo. Não é só o pulo, mas dificuldade do jogo também me lembrou muito do cavaleiro, sim, o jogo é difícil pra cacete, ao menos já começamos com 99 vidas e possui bastante check-point nas fases.

     Esse pinguim vem do universo de Disgaea, do qual ainda tenho que conhecer, mas é um jogo muito engraçado, com piadas bem encaixadas e personagens muito carismáticos. A música do jogo é fantástica, te empolga a continuar jogando, lembra os rock 'n roll de Mega Man X. O ataque de Prinny é com uma espadada enquanto você estiver no chão, mas no ar, é uma porcaria de rajada de energias. E quanto mais rápido você aperta, mais ele ataca, então isso te instiga a pressionar o botão o mais rápido que conseguir, principalmente nos chefes. Sim, os chefes são um desafio a parte. Não sou de usar save state em chefe, mas o último boss dessa parada tava impossível e não estava afim de ficar eternamente travado nesse jogo, haja dedo.

    Prinny: Can I Really Be the Hero?

    Plataforma: PSP
    224 Jogadores
    13 Check-ins

    29
    • Micro picture
      jclove · 1 ano atrás · 3 pontos

      Esse ai é cruel.
      Os prinnies são almas de pessoas ás que viram pinguins que morrem com um hit e passam a eternidade juntando dinheiro (em vão) e sendo humilhados pelos demons maiores.hehe
      São 1000 prinnies que vc tem pra terminar o jogo não?
      Se detonou o primeiro vai achar o 2 um passeio, tem modo easy e o ultimo boss é mais "fácil" (levei dias e gastei umas 400 vidas nela XD)

      5 respostas
    • Micro picture
      vinicius_vignati · 9 meses atrás · 2 pontos

      Você joga com emulador?

      2 respostas
  • santz Santz
    2017-09-20 10:30:32 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 292 - O jogo da formiga do @tiagotrigger

     Para quem ainda não sabe, aqui no Alvanista temos um desenvolvedor de jogos que fez um game completo e publicado na Steam, o @tiagotrigger. Controlamos uma formiga que possui uma habilidade bem incomum, a de girar a tela para direita ou para esquerda a fim de alterar a gravidade e a direção de todas as coisas, com isso, temos um elaborado jogo de puzzles. Podemos coletar doces espalhados pela e fase e cada uma possui uma bala em um lugar secreto, mas nada muito complicado. O jogo também possui easter eggs muito gostosos de explorar, envolvendo videogames, claro.

     O jogo é simples e fácil de aprender as regras, você não vai sentir muita dificuldade, mas alguns puzzles me travaram um pouco e uso espalhado de checkpoints tornam a jornada um pouco menos frustrante, pois certamente você morrer muitas vezes por conta de uma girada errada e cair direto no espinho. Há chefes bem fáceis e outros nem tanto, mas o último eu penei para descobrir como derrota-lo. O suporte que o tiagotrigger me deu também foi excelente, pois perguntava as coisas para ele direto aqui no Alva e isso ajudou muito. Para quem ainda não conhecia, vale muito a pena comprar o jogo, é barato e muito divertido.

    Minhas conquistas:

    *Todos os doces coletados;
    *Todas as balas coletadas.

    Ant-gravity: Tiny's Adventure

    Plataforma: PC
    9 Jogadores
    13 Check-ins

    47
  • santz Santz
    2017-09-14 17:33:23 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 291 - Power Up

     Com o meu novo controle de Arcade, queria entrar de cabeça nos jogos de navinha. Fiquei sabendo dos shoot'em up da Cave e fui procurar saber mais. Essa série DonPachi me pareceu ser muito foda, então assim que surgiu a oportunidade de jogar com meu irmão, pegamos e zeramos. E jogo de nave tradicional, extremamente colorido e com aquela embolação clássica dos jogos da época. Tiros para todos os lados, inimigos variados chegando de todos os cantos, e o principal, muito power-up pra você melhorar seu tiro, muito mesmo.

     Cada vez que um morria, saia uma caralhada de power-up, assim como de alguns inimigos mais elaborados. Rapidamente você já chega no último nível do tiro, que pode ser o tradicional ou pressionando o botão, para soltar uma mega rajada, tipo um laser gigantão, infinito, mas daí você perde velocidade. Para ajudar na embolação, especiais a vontade e visualmente incríveis, além de eficaz. Os chefes podem dar trabalho, mas geralmente morrem rápido, pois temos muitas vantagens. Enfim, para quem curte um jogo de nave frenético e embolado, recomendo demais.

    DonPachi

    Plataforma: Arcade
    19 Jogadores
    9 Check-ins

    23
  • santz Santz
    2017-09-12 11:30:55 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 290 - Jogo legalzinho, mas bugado

     Aqui no Alva, vira e mexe a gente descobre um carinha que esta jogando um game que parece ser bacana e a gente adiciona na lista, esse aqui é um desses. Se trata de runner super simples, onde temos que pegar a chave no cenário e sair pela porta. Podemos dar pulos duplos e parar de correr, para pegar o time certo de certas plataformas. Há também power-ups que te deixam invencíveis, ganha mais tempo para parar e te dá um pulo triplo.

     Fui jogando e curtindo a trilha sonora massa. Tem uma que até lembra uma das músicas do Chaves. Tentei sempre pegar todas as moedas, mas nas últimas fases, comecei a perder a paciência e queria terminar ele logo, mesmo o jogo sendo curto, pois as moedas não fazia nenhuma diferença no jogo. Depois de zerar, abriu os níveis difíceis, fui seco neles. Mas daí me deparo com um bug maldito depois da quarta fase, que ele simplesmente não avança mais, então tive que largar. É um joguinho bacaninha, simples e com trilha sonora agradável.

    Yobot Run

    Plataforma: Android
    5 Jogadores
    1 Check-in

    26
  • santz Santz
    2017-09-05 11:02:23 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 289 - Testando o novo controle de Arcade

     Como alguns de vocês sabem, adquiri recentemente um controle de Arcade duplo boladão para jogar alguns games de fliperama. Mas como eu quero jogar em pé, tenho que colocar uma parada debaixo do monitor para dar altura e ficar confortável. Devido a trabalheira, eu fico montando e desmontando o controle quando quero jogar. Claro que tirei uns contra no Street Fighter II e no KoF '94 com meus irmãos, mas queria zerar algo também. Aproveitei que meu irmão estava desempregado e estava de bobeira em casa e peguei esse clássico para jogar.

     Jogar games de plataforma num controle de Arcade não é lá muito confortável, mas eu para jogar bem até. O jogo é exatamente o mesmo das versões caseiras, gráficos coloridos e tiros para tudo quanto é lado. As animações desse jogo é show a parte, com tudo destruindo e os personagens interagindo antes de você chegar jogando granada. O game é bem curto, creio que com prática dava para zerar ele com algumas fichas no Arcade mesmo. Meu primeiro de muitos jogos zerados na nova plataforma, mas tem uns papa-ficha que estão me dando trabalho.

    Metal Slug

    Plataforma: Arcade
    849 Jogadores
    12 Check-ins

    35
  • santz Santz
    2017-08-30 17:10:18 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 288 - Joguinho de puzzle do Yoshi

     Estava um tempo sem zerar nada no Super Nintendo, então peguei esse jogo super simples para dar uma variada e zerar rapidinho. Dei mole. Achei que o jogo era facinho, devido ao seu visual fofo e colorido do universo Yoshi's Island, mas me ferrei, pois o jogo é praticamente impossível de zerar. Tive que usar Save State nas últimas fases, pois as peças estavam subindo muito rápido e estava exigindo de mim uma agilidade que não deu tempo de desenvolver.

     O brilho desse jogo, na verdade, está no multiplayer, onde você batalha contra seu oponente e vai enchendo a tela dele com blocos. No modo campanha, o jogo inicia bem devagar e a velocidade vai aumentando aos poucos, mas nas últimas fases fica bastante complicado. O esquema é procurar sempre fazer combos para pausar o tempo e analisar os próximos movimentos, mas caminhar pela arena usando um controle é bastante complicado.

    Tetris Attack

    Plataforma: SNES
    371 Jogadores
    14 Check-ins

    22
    • Micro picture
      thiones · 1 ano atrás · 3 pontos

      O modo puzzle desse jogo é um inferno! Até hoje não terminei :(

      1 resposta
    • Micro picture
      jack234 · 1 ano atrás · 2 pontos

      Esse jogo é sensacional. Tinha colegas que brigavam de blocos de 17x um contra o outro pra cima. Loco demais. Esses tempos atrás joguei. Precisa ir pegando o jeito pra poder ficar bom. Tem que treinar!

      2 respostas
  • santz Santz
    2017-08-17 11:26:24 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 287 - Segundo jogo da série Tales of

     Tales of Phantasia é um dos meus jogos favoritos ever, então nada mais justo que conhecer toda a série Tales of em ordem, como se deve. Parti então para o segundo jogo da franquia, de PS1, que esteticamente se parece muito com o jogo do Super Nintendo. Não só o visual, mas tudo aqui lembra o Phantasia, as músicas, jogabilidades, mini-games, mapa, batalhas, inimigos, até a história, tudo. Claro que sou super fã de tudo que o Phantasia possui, então eu curti praticamente tudo que o jogo me apresentou.

     O enredo do jogo gira em torno de Stahn, que descobre uma espada mágica falante enquanto limpava um avião em forma de dragão. Ele possui momentos muito engraçado e o jogo é repleto de diálogos, muito mesmo, chega a encher o saco, mas toda a história contada é bastante envolvente, principalmente nos momentos finais, que curti demais o rumo que o jogo tomou. Um ponto negativo do jogo é a questão das armas. Joguei o game inteiro com a mesma arma, pois ela ganha LV e te dá magias novas, então meio que não tinha porque eu trocar de arma, pois podia evoluir ela, assim como alguns outros personagens.

    Tales of Destiny

    Plataforma: Playstation
    503 Jogadores
    87 Check-ins

    44
    • Micro picture
      jack234 · 1 ano atrás · 4 pontos

      Legal cara! Só vi o início desse jogo, mas já gostei, pq vc vê o cuidado para com os sprites utilizados. As notas da crítica são baixas, mas não conseguiu tirar a vontade de jogá-lo. Fico na dúvida entre esse e o remake feito para o PS2. Apesar que os gráficos do PS1 me agradaram mais, o do PS2 tem mais conteúdo. A tradução dele está caminhando...

      2 respostas
    • Micro picture
      fonsaca · 1 ano atrás · 3 pontos

      Boa análise sobre o jogo, concordo em (quase) tudo o que disse. =D

      4 respostas
    • Micro picture
      manoelnsn · 1 ano atrás · 3 pontos

      Esse eu tô esperando sair a tradução da versão PS2 pra poder jogar. agora tu finalmente vai poder conferir o fucking Tales of Eternia

      5 respostas
  • santz Santz
    2017-08-04 09:21:58 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 286 - O FPS moderno mais influente ever

     E finalmente chegamos no último jogo da minha lista, ou seja, a partir daqui, todos os posts que farei sobre o jogo zerado será o mais recente. Enfim, nunca fui fã de FPS, mas rejogar o Medal of Honor me despertou um pequeno interesse no estilo. Peguei o game num bundle da última Sale que rolou (acabei pegando expansões que nunca jogarei :/) e já tinha zerado os 2 portais, ou seja, ficava procurando referência da outra série nesse Half-Life, e até que foi satisfatório. O jogo é bem grande, mas é gostoso de jogar, pois você sempre se depara com uma experiência nova e as fases são bem diferentes, dando aquela sensação de progressão.

     A forma que a história é contada foi revolucionária na época, quase sem diálogos e com acontecimentos diversos acontecendo em tempo real, mas infelizmente não tem legenda, então me perdi um pouco. Sempre gostava de ver o pau comer entre os carinhas armados e os alienígenas. O jogo não tem música, mas os efeitos sonoros são bem massa. Os gráficos são bonitos e variados e o game possui uma curve de aprendizado muito bem elaborada. O controle da mira é bom, mas a falta de headshot é meio broxante. As armas são bem masa, sendo minhas preferidas a Shotgun e Magnum, muito foda. O único ponto bem cagado do jogo é que parece que você esta andando com sapatos de sabão. Mano, o cara escorrega pra caralho e o game te exige uma habilidade de plataforma que torna tudo meio complicado. Quem não jogou, jogue.

    Half-Life

    Plataforma: PC
    4435 Jogadores
    69 Check-ins

    37
    • Micro picture
      ramzarify · 1 ano atrás · 3 pontos

      Fiz uma conta rápida depois de ver que tu vai anotando a quantidade dos teus zeramentos, e o meu foi 110 jogos. KKKKK Quase lá

      1 resposta
    • Micro picture
      jokenpo · 1 ano atrás · 3 pontos

      Joguei um pouco desse jogo tenho que voltar pra ele. Também não sou muito fã de FPS mas esse jogo é legal, da pra levar uns bons susto nele.

      1 resposta
    • Micro picture
      tiagotrigger · 1 ano atrás · 2 pontos

      Half-Life tem música sim, até vinha um CD com a OST. Gostava da música dos créditos e da Adrenaline Horror.
      https://www.youtube.com/watch?v=AaXsb5kS31s

      4 respostas
  • santz Santz
    2017-08-01 15:06:09 -0300 Thumb picture

    Nova persona e pedido de ajuda

    Fala meu povo, resolvi criar uma nova persona, inspirada no @1001games, onde tentarei fazer posts diários contando de forma cronológica a história dos games, ela se chama @historia_dos_games.

     Podem clicar ai na persona que já montei um post de apresentação explicando como ela vai funcionar e tals.

     Esse novo projeto vai me consumir um tempo cabuloso, pois todos os jogos citados nos posts serão testados e montarei uma mini-review de cada um deles, mas então venho aqui pedir ajuda de alguém para entrar na minha outra persona @top10.

    A persona não vai morrer, mas administrar duas personas aqui é meio trabalhoso, então, quem gosta das listas do top10 e gosta de escrever, sinta-se convidado a participar. Vocês podem ver que os textos não te nada de elaborado e montar a planilha com as pontuações é algo bastante simples. Quem se interessar em entrar, coloquem aqui o comentário pra gente conversar :)

    52
    • Micro picture
      jokenpo · 1 ano atrás · 3 pontos

      Se eu não tivesse muito ocupado eu te ajudaria, mas vou compartilhar o/

      1 resposta
    • Micro picture
      darlanfagundes · 1 ano atrás · 2 pontos

      Entendi direito ou vc precisa de alguém pra te ajudar com a persona @top10? Não ouse deixar a persona morrer viu...kkkk... eu cuido de 4 personas e estou com o tempo escasso e o pc ruim... senão eu te ajudaria... e vou acompanhar o novo projeto, a @1001games foi uma ótima idéia, pena que pararam...

      1 resposta
  • santz Santz
    2017-08-01 09:50:45 -0300 Thumb picture

    Desafio dos controles

    Esse aqui é um @desafio que tava rolando aí sem muita força. Nem consegui achar aqui os posts do desafio, mas pelo que me lembro, ele consiste em fotos dos seus controles e uma breve história de cada um. Não tenho muitos, mas resolvi fazer, então bora lá.

    .

    .

    Controle genérico USB

     Eu tenho 3 controles desses Dualshock genérico que eu comprei. Esse azul aí é o que fica em casa, para o segundo player, que ultimamente estão ficando bem raros. Os outros dois ficam na casa da minha noiva, quando ela fica vontade de jogar. Ela não curte muito jogar, mas zeramos o Super Mario Bros. 3 esses tempos pra trás. Já tive inúmeros controles desses, Multilaser e afins, mas o melhor é o da Leadership Gamer, esse sim é resistente e guerreiro.

    .

    .

    Outro controle genérico USB

     Sim, é outro Dualshock genérico, mas possui suas particularidades. O pressionar dos botões de ação desse controle lembram os do Xbox, botões redondo e sem dar aquele estalo pavoroso dos controles da Sony de PS2/1. Ele é bem pesadão e possui uma capa transparente para proteger a carcaça. Esse é especial pois foi o primeiro presente gamer que recebi da minha noiva <3<3.

    .

    .

    Teclado fino e Mouse Gamer

     São controles também, né? Depois que meu teclado velho, com entrada P2, começou a dar pau, comecei uma frustrada jornada por um teclado fino com preço acessível. 2 Teclados bostas não duraram 2 meses, um deles, a meleca da Multilaser, tem gente que não aprende. O mouse é massa, comprei pela internet. Tem aquelas teclas do lado que usei para recarregar as armas no Half-Life. O ruim dele é que a luz ele gera é forte pra caralho, então tive que colar uma fita adesiva ali para não ficar cego no escuro.

    .

    .

    Ípega 9025

     Meu xodó e o controle que mais uso hoje em dia. Ele é um gamepad Bluetooth para Android e foi a melhor compra gamer que fiz na vida. Ele peca um pouco na ergonomia, pela falta dos pegadores mais longos, mas no geral, ele é perfeito. Ele responde perfeitamente os comando que dou e possuí um tempo de bateria muito satisfatório, costumo recarregar ele 1 vez por semana. Se alguém curte uma jogatina marota com emuladores no celular, esse item é imprescindível.

    .

    .

    Mesa Dupla de Arcade

     E a minha mais recente compra, Um controle duplo de Arcade USB fodão. Ele chegou ontem pra mim, então o máximo que fiz até agora foi testar todos os botões numa jogatina de Street Fighter II, como não podia ser diferente. Pretendo zerar muita parada utilizando essa coisa linda de meu Deus, pois atualmente, não tenho nenhum jogo de Arcade zerado na minha biblioteca. Meu sonho é ter todos os principais controles USB existentes, então de PS2 e Arcade estão aí, os próximos são os de Atari 2600 e o volante, que ainda estão uma bela facada.

    .

    .

    E isso ai galera. Esse desafio é massa, então quem ainda não fez e tem uns controles aí de bobeira em casa, façam um post que é bem daora ler a história do pessoal. Falow meu povo. o/

    42
Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...