You aren't following ryou.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • ryou Rodrigo Santos
    2021-04-13 13:36:22 -0300 Thumb picture
    ryou checked-in to:
    Post by ryou: <p><strong>FINALIZADO!</strong> 🎮</p><p>Vai ter spo
    The Last of Us Part II

    Platform: Playstation 4
    853 Players
    271 Check-ins

    FINALIZADO! 🎮

    Vai ter spoiler mais pra baixo, do ponto de vista de alguém que não é um dos haters do jogo e nem um dos que idolatram cegamente.

    Demorei um bocado, pois antes da metade comecei a jogar apenas em live pra que a @mandy pudesse acompanhar, e como eram sempre lives entre 2 e 3 horas, e não todo dia, levou um tempo.

    SIC PARVIS MAGNA! Gostei da referência, embora não faça muito sentido o anel do Drake estar ali.

    No geral gostei bastante do jogo, mas achei que os combates da Abby são mais voltados pra ação como um bom e velho Uncharted, o que acaba sendo um problema, já que lá os recursos são abundantes e aqui nem tanto. Não são poucos os momentos em que o combate sem stealth é forçado. Em contrapartida, nas partes da Ellie consigo ir muito mais sorrateiro na maior parte das vezes.

    Quanto à profundidade dos personagens, aquela turminha da Abby soou pra mim com o mesmo impacto dos NPCs de Horizon Zero Dawn: quase todos desinteressantes, e eu simplesmente não me sentia ligado à história deles. Além disso, sinto que o jogo com o ponto de vista da Abby é só pra que não tenhamos a visão de que ela é uma vilã, o que certamente aconteceria se tivéssemos apenas a visão da Ellie. Permitir que o jogo tenha os dois pontos de vista foi muito bom pra mostrar que as pessoas não são totalmente boas ou totalmente más, e é tudo dependente de contexto.

    Quando cheguei na mesa de RPG da imagem abaixo tive que tirar essa screenshot. Ok que o jogo tem uns PS3s espalhados por aí, uns quadrinhos e até o anel do Drake, mas uma mesa de RPG? Por essa eu não esperava. E tudo está muito bem preservado pra ser uma mesa abandonada no apocalipse em 2013. Ta com cara de que foi usada por sobreviventes recentemente.

    E aqui abaixo, que bela vista pra um momento de assassinato, não? E isso porque a Abby tem que fazer tudo nessa birosca! O pivete arqueiro é míope e não atira uma flecha sequer.

    Outros personagens que acompanham a nossa marombeira também são igualmente inúteis e mais atrapalham do que ajudam, ficando na frente nos locais onde tento usar o cover. No primeiro jogo o auxílio de NPC era mais inteligente, então o que houve aqui?

    No começo eu até achava que eles eram assim só porque eu tentava muito jogar em stealth, mas notei que até em momentos de tiroteio eles ficam apenas zanzando de lá pra cá.

    Na imagem abaixo não dá pra ver direito, mas a Abby está desafiando a gravidade se mantendo em pé além da borda do penhasco. Ela não tem apenas um baita braço, tem também um equilíbrio absurdo!

    "O mundo parece ter virado de cabeça pra baixo."

    Jogo bonito, jogo formoso, jogo bem feito, mas não um jogo perfeito, assim como nenhum é. Gostei bastante da história e o conflito entre as personagens, e gostei até mesmo da Ellie ter perdido dois dedos no final. Isso só mostra que não jogamos com um boneco invencível e nos faz perceber que qualquer combate pode ser decisivo, não necessariamente causando a morte (pois a protagonista vai até o final), mas possivelmente deixando alguma sequela.

    Jogar com um personagem invencível é chato, monótono, tedioso. Saber que na sala a seguir você pode ficar aleijado dá mais profundidade não só pra personagem, mas também pro contexto geral ao qual ela está inserida.

    13
    • Micro picture
      kratos1998 · 6 days ago · 1 ponto

      Ai sim!! A parte da Abby é bem mais ação mesmo, o q deixa menos estratégico q jogar com Ellie.
      E sobre a Ellie perder os dois dedos: é foda pq ela podia ter ouvido a Dina e ter ficado na porra da casa kkkk, e o engraçado q na minha primeira run o q eu mais queria ela q ela fosse atrás da Abby, mas depois, só bate o arrependimento mesmo. Perdeu tudo o q Joel ensinou pra ela sobre violão...

      1 reply
  • ryou Rodrigo Santos
    2021-03-31 12:33:05 -0300 Thumb picture
    ryou checked-in to:
    Post by ryou: <p><strong>FINALIZADO E 100%! </strong>🎮🏆</p><p>Sem
    Abzû

    Platform: Playstation 4
    304 Players
    41 Check-ins

    FINALIZADO E 100%! 🎮🏆

    Sempre ouvi que isso aqui era o "Journey molhado", mas assim como sua contraparte desértica, esse aqui eu também demorei um bocado pra jogar.

    No fim valeu bastante a pena. Que jogo! E além das comparações com Journey, notei semelhanças também com Flow e Flower, principalmente o segundo, onde ao invés de pétalas nos seguindo pelo cenário, dessa vez temos cardumes inteiros.

    O único porém é na jogabilidade, pois em alguns momentos fica difícil ir pra direção correta, já que o boneco pode nadar pra todas as direções, diferente de qualquer jogo em terra firme.

    Somente após finalizar e voltar pra pegar os colecionáveis é que aprendi a usar o boost de nado x3, mas aí foi noobice minha.

    Tem quem gosta de gato, outros gostam de cachorro. Bitch, please! Eu tenho um tubarão!

    ABAIXO AS PIRÂMIDES!

    Ceninha bonita do urso e tal, mas olha o tamanho da ilhota! Aquecimento global é tenso...

    Seguindo na leva de jogos molhados, estou pensando em começar Subnautica, que saiu junto de Abzu naquele Play at Home. Ouço por aí relatos de "fui só dar uma olhada e fiquei 20 horas jogando".

    16
  • ryou Rodrigo Santos
    2021-03-29 17:36:14 -0300 Thumb picture
    ryou checked-in to:
    Post by ryou: <p><strong>FINALIZADO!</strong> 🎮</p><p>Apesar de s
    Grand Theft Auto V

    Platform: Playstation 4
    1610 Players
    440 Check-ins

    FINALIZADO! 🎮

    Apesar de ser o maior jogo da franquia em questão de conteúdo, diversos aspectos me fazem perceber que já passou o tempo de GTA pra mim.

    Achei muitos personagens infantis demais, principalmente o Trevor, que parece só um bebê chorão que fica bravinho quando não consegue o que quer. Pra reforçar isso mais ainda, há uma cena dele chorando aos pés de sua mãe.

    Se tudo isso foi pra tentar fazer o jogo ser engraçado, foi demais, e acabou ficando patético.

    É isso, ou então eu é que não sou mais aquele adolescentezinho que adorava GTA III e Vice City. Quem sabe um pouco de cada?

    E pra fazer o single player parecer as mil maravilhas, o online é ridículo. 90% das pessoas que encontro jogando isso segue um estereótipo que comentei num outro post: gente que só joga Fifa, GTA e Calófiduti.

    Algo contra esses jogos? Nah, que isso! A questão é o estereótipo de gente que por ficar socada somente num tipo de jogo acaba deixando de conhecer muita coisa boa que existe por aí.

    Anyway, como já tive o prazer de me livrar do modo online, os troféus restantes são todos do single player, e as únicas coisas que fazem parecer que ainda falta muito são as listas de colecionáveis e firulas a fazer pelo mapa, e isso se resolve fácil ouvindo podcast enquanto busco o que falta.

    Dessas 125 horas, pode descontar algumas em que eu simplesmente deixava o jogo pausado e ia almoçar, ver um vídeo ou fazer qualquer outra coisa sem fechar o jogo só pra não ter que aturar aquele loading infinito mais uma vez.

    11
  • ryou Rodrigo Santos
    2021-03-25 12:06:49 -0300 Thumb picture
    ryou checked-in to:
    Post by ryou: <p>Comecei!</p><p>Conheço a série só de nome há mui
    Atelier Ryza: Ever Darkness & the Secret Hideout

    Platform: Playstation 4
    8 Players
    3 Check-ins

    Comecei!

    Conheço a série só de nome há muito tempo, mas só agora resolvi jogar.

    Não estava esperando uma trama incrível, mas também não esperava que os personagens fossem uns bocós.

    Começando com a protagonista... ela é insuportável, a típica adolescente "rebelde" que odeia as tarefas de casa e só quer fazer o que lhe interessa.

    Veja bem, não estou falando que ela tem quer ser a filhinha exemplar e perfeitamente obediente. Se todos personagens fossem "perfeitos", nem sequer existiriam conflitos nos jogos, não é mesmo?

    O que me refiro aqui é que além de ser uma típica aborrecente, ela também é hipócrita! Fica puxando os amigos pra uma aventura em que a princípio só ela quer entrar, e quando eles falam sobre os interesses deles, a resposta hipócrita é essa:

    Forget it, I'm not interested in those dumb diagrams of yours right now.

    E acha que a hipocrisia acaba aqui? Que nada! Ignorando completamente sua própria atitude de repulsa aos interesses dos amigos, ela solta a próxima pérola ao mostrar seu ateliê:

    Jeez, why are you two acting so blase? I thought you'd be way more... I dunno, impressed or something!

    É mesmo, mocinha? Então por que VOCÊ não agiu assim com os diagramas do pobre Tao?

    Mas é claro que nossa querida protagonista não é a única escrota, seus amigos também são em certo nível. Em resposta à perola anterior, Lent diz:

    We're kinda busy doing our own thing, ya know. We don't have room in our brains to get excited for you.

    Tudo bem estar ocupado com os próprios assuntos, nada errado aqui... mas isso significa que você não pode ficar minimamente animado pelas conquistas da sua amiga? Que turma, hein!

    Deixando de lado a turma mais empática do mundo e indo agora pra um adulto. Não conheço muito esse sujeito, mas já não confio muito só pela cara de vilão que ele tem.

    Independente dele realmente ser evil ou não, de uma coisa eu tenho certeza: ele é biruta! Olha a chuva naquele momento e o que ele diz:

    You shouldn't stand around in the sun like this.

    Ainda não sei se o clima é scriptado ou não, o que poderia justificar a fala caso não seja, mas isso foi realmente estranho.

    Agora, indo comprar algumas coisas na vendinha da esquina, o sujeito diz:

    Say, Ryza--are you a big milk drinker?

    MAS QUE RAIO DE PERGUNTA É ESSA?

    Gente, só tem maluco nessa ilha! Qual a lógica de usar armadura no tórax e nos braços, mas usar um shortinho?

    Voltando ao grupo, sempre que rola uma cena nesse barquinho eles tem uma leve discussão. Me pergunto onde isso vai levar, se é que vai a algum lugar.

    Bem, o jogo é um Atelier, então bora construir um!

    A parte de coleta de recursos, combinação deles na alquimia e criação de novos itens a partir de receitas até então inexistentes tem sido o ponto forte do jogo, o que é ótimo, já que é sua principal característica.

    As batalhas também são bem legais, rápidas, com habilidades sendo acionadas a partir da interação dos personagens, e o aprendizado de novas skills vindo pela conclusão de quests e não simplesmente por level up ou por itens.

    E é claro que ao finalizar seu secret hideout com a ajuda dos três amigos, a Ryza é egoísta o bastante pra nomear o lugar como "Atelier Ryza". Sensacional! Tragam um prêmio pra amiga do ano!

    Ainda bem que já esperava que o jogo não teria um foco na narrativa, e com isso posso aproveitar melhor sua real proposta: a alquimia.

    Passo um tempão combinando itens, criando novos, coletando recursos e completando quests da party pra ganhar novas skills e nesse aspecto o jogo tem sido bem divertido.

    B-B-B-Barrel!

    12
    • Micro picture
      manoelnsn · 26 days ago · 0 pontos

      Pelo pouco que joguei desse jogo antes de dropá-lo para nunca mais voltar ( e manter minha experiência com Atelier apenas nos Iris e nos Mana Khemia mesmo) também achei a Ryza insuportável, até me lembrou outra praga dos infernos, a Haruhi Suzumiya.

      4 replies
  • ryou Rodrigo Santos
    2021-03-22 10:30:04 -0300 Thumb picture

    [OFF] - O difícil é explicar pra mãe

    Em 2018 fiz um post sobre a conclusão do bacharelado em ciência da computação, e uma das menções ali foi o interesse em engenharia e qualidade de software. Bem, volto agora pra falar sobre a conclusão no mês passado do MBA em engenharia de software!

    Resolvi me aprofundar num curso inteiro com o conteúdo que havia visto apenas superficialmente em uma disciplina da graduação. Agora, estudando a engenharia, pude entender o processo de criação de software como um todo, além das disciplinas de gestão, que são justamente aquelas que qualificam a pós graduação como um MBA.

    Foi também durante esse curso que migrei de carreira, deixando de ser desenvolvedor web pra me tornar desenvolvedor mobile, algo que já vinha almejando desde os últimos meses da graduação.

    Inclusive, naquele post anterior menciono que estava fazendo cursos na Alura, e devo dizer que o conhecimento em Java que aprendi lá foi fundamental pra eu conseguir não apenas migrar de carreira, como também aumentar o nível de senioridade e entrar numa das maiores empresas de tecnologia do mundo.

    Como próximos objetivos, vou buscar algo voltado pra cloud e/ou segurança da informação, e isso não tem nada a ver com Final Fantasy VII e seu protagonista bocó.

    The Sims 2 University

    Platform: PC
    813 Players
    2 Check-ins

    25
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 28 days ago · 1 ponto

      Parabéns, meu camarada...por todas as conquistas 💪

      1 reply
    • Micro picture
      natnitro · 28 days ago · 1 ponto

      Ae parabéns! \o/
      A minha segunda graduação é justamente engenharia de software e pra quem vem só da área de programação e vê como é esse processo a fundo, é um mindblow mesmo...

      1 reply
    • Micro picture
      caramatur · 28 days ago · 1 ponto

      Parabéns! ^^

      2 replies
  • ryou Rodrigo Santos
    2021-02-12 13:17:20 -0200 Thumb picture
    ryou checked-in to:
    Post by ryou: <p>100% num jogo com 294 conquistas! E&nbsp;levei "
    Age of Empires II HD

    Platform: PC
    930 Players
    80 Check-ins

    100% num jogo com 294 conquistas! E levei "apenas" quase oito anos pra fazer tudo.

    Muitas conquistas são exageradas. Nada disso é difícil, mas demora. Se colocar na ponta do lápis, dá pra terminar em pouco tempo, mas qualquer um ficaria de saco cheio antes.

    Eu adoro esse jogo, é um dos meus favoritos, mas até seu jogo favorito fica um pé no saco se ficar no mesmo modo centenas de vezes seguidas.

    As conquistas dessa edição são exageradas em tudo: quantidade, requisitos, e até mesmo o texto de descrição. Acredito que esse é o motivo de terem dado uma aliviada na edição definitiva.

    11
    • Micro picture
      caramatur · 2 months ago · 1 ponto

      Caraca, parabéns pela paciência, esse eu desisti no mesmo momento que li as conquistas kkkk

      1 reply
    • Micro picture
      wiegraf_folles_ · about 2 months ago · 1 ponto

      Teve um jogo que foi assim pra mim também, pegar o 100% de FE SS veio desde antes do fim da FFBE até 2018.

      2 replies
  • ryou Rodrigo Santos
    2021-01-19 11:54:38 -0200 Thumb picture
    ryou checked-in to:
    Post by ryou: <p><strong>PLATINADO!</strong> 🏆</p><p>Como só falt
    Dark Souls II: Scholar of the First Sin

    Platform: Playstation 4
    476 Players
    225 Check-ins

    PLATINADO! 🏆

    Como só faltava comprar as magias do NG++, a bendita pipocou!

    Até que morri pouco, acho.

    UM ÚLTIMO PRAISE THE SUN NESSE JOGUINHO MALDITO! \[T]/

    E assim ficaram os status do personagem. Clique na imagem pra ampliar.

    Tem uns números bem altos porque fiquei farmando no Giant Lord no NG, e mais um pouco no The Rotten no NG+.

    Trigésima platina! E como gosto de jogar em ordem os jogos de uma desenvolvedora, mesmo que não tenha nada a ver, o próximo da FromSoftware é o Bloodborne!

    Mas antes, uma pausa de JRPGs. Vou continuar The Last of Us Parte II.

    17
    • Micro picture
      zim · 3 months ago · 1 ponto

      Parabéns pela perseverança. Eu abandonei antes mesmo de terminar NG+.

      2 replies
  • ryou Rodrigo Santos
    2021-01-18 11:05:28 -0200 Thumb picture
    ryou checked-in to:
    Post by ryou: <p><strong>PLATINADO!</strong> 🏆</p><p>Foram três m
    Rayman Legends

    Platform: Playstation 4
    610 Players
    119 Check-ins

    PLATINADO! 🏆

    Foram três meses jogando todo dia pra cumprir os desafios.

    Em alguns casos chegava a bater a mesma pontuação que o primeiro a conseguir ouro, mas vinha prata. Aí tinha que continuar tentando pra pegar ouro. E não, não sou português.

    Num dos desafios mais complicados, tentei inúmeras vezes até empatar com um cara que pegou ouro e consegui prata de novo. Tentei de novo, de novo e de novo, até que melhorei bastante o tempo, e aí veio ouro.

    No fim a platina veio após passar os desafios com dois diamantes, a maior parte com ouro, e um bronze que é obrigatório. Costumo dizer que os cheaters impactam nesse jogo porque os troféus in-game são dados em porcentagem, não numa pontuação fixa.

    Por exemplo, se um desafio é de correr até morrer, o normal é que as pessoas corram de 1.5 a 2 km, mas os cheaters conseguem bugar a fase pra sair da tela e correr infinitamente sem risco de morrer, então voltam pra tela quando estão satisfeitos e morrem só pra computar o resultado, dando placares absurdos de 50 km ou mais. Dessa maneira, se muita gente faz o bug, a régua do diamante sobe, e a galera do 1.5 a 2 km tem que se contentar com ouro.

    Quando percebi o impacto dos cheaters, fiquei desmotivado a tentar diamante e fiquei satisfeito em pegar ouro todo dia. Antes disso tinha conseguido diamante em dois desafios, o que antecipou um pouco a platina.

    Um português me adicionou ao ver os resultados na tabela (provavelmente achou que sou português) e mais tarde o vi fazendo esses recordes absurdos. Falei com ele, e ele confessou que fez o bug duas vezes, pediu desculpas e disse que "só queria ser reconhecido".

    Só queria ser reconhecido? Meu, o ranking desses desafios reseta a cada 24 horas e não fica registrado em lugar algum. Além disso, reconhecimento por trapaça? Quantos anos essa criatura tem?

    No fim, toda essa experiência com cheaters e o fato de ser mais um jogo de precisão e timing do que um simples platformer me fez pegar desgosto por ele. Desinstalei, e a única chance de instalar de novo é pra jogar localmente com alguém, caso contrário nunca mais vou jogar essa bagaça novamente.

    10
    • Micro picture
      rafaelssn · 3 months ago · 1 ponto

      Bah, meus parabéns!
      Eu até ia tentar miletar ele esses dias atrás, mas vou me contentar a pegar só todos os Teensies mesmo, no máximo algumas conquistas a mais só, essa dos desafios desanima demais mesmo.
      Foda quando o jogo é bom, mas pros 100% frusta demais haha

      1 reply
  • ryou Rodrigo Santos
    2021-01-12 11:37:28 -0200 Thumb picture
    ryou checked-in to:
    Post by ryou: <p><strong>FINALIZADO DE NOVO!</strong> 🎮<br>Mas de
    Dark Souls II: Scholar of the First Sin

    Platform: Playstation 4
    476 Players
    225 Check-ins

    FINALIZADO DE NOVO! 🎮
    Mas dessa vez no NG+.

    Primeiro de 2021. Vi gente que já terminou diversos jogos, mas ok, só quero aproveitar os joguetes sem pressa.

    Anyway, sobre o jogo... isso aqui ainda foi no NG, quando estava morrendo várias vezes no Fume Knight, até me acostumar com os padrões e conseguir vencer.

    Depois avancei mais e cheguei no Sir Alonne, onde também perdi algumas vezes, mas menos que no Fume Knight.

    Gostei bastante dessa batalha pela ambientação e música. Me lembrou a batalha contra o Old King Allant de Demon's Souls.

    Com tudo que podia ser feito no NG concluído, bateu a vontade de louvar ao sol. É uma pena que eu estava numa região de DLC gelada bagarai e mal dava pra ver.

    E então comecei o NG+ e farmei no The Rotten pra não precisar derrotar os quatro grandes bosses.

    Acabei fazendo o final de sentar no trono de novo, porque não sabia que o de sair da sala só fica disponível ao derrotar Aldia, mas dessa vez quis derrotar apenas a Nashandra. Se soubesse teria feito no NG, pois tive as duas escolhas na hora. Whatever.

    Como nessa run não tinha nada específico pra fazer e só precisava terminar pra ir pra um novo new game, acabei bem mais rápido e fui novamente louvar ao sol. Dessa vez num lugar onde dá pra ver alguma coisa.

    E avancei pro NG++!

    Como já tinha derrotado o Giant Lord cerca de 130 vezes (ouvindo muito podcast), já tinha no inventário almas suficientes pra conseguir 3 milhões e passar pelo portão sem derrotar os grandes novamente. Assim cheguei no castelo de Drangleic em tempo recorde e parei de jogar ao lado daquele fantasma que vende as magias que me separam da platina.

    É isso mesmo: "parei de jogar ao lado daquele fantasma", pois quero platinar Rayman Legends primeiro, já que tenho 28 platinas e não quero que Rayman seja minha trigésima. Galera que usa o myPSt deve entender isso.

    Se continuar pegando ouro nos desafios de Rayman, a platina vem dia 17, e aí já emendo com Dark Souls 2. Uma pequena enrolação, mas vem 2 em 1.

    16
    • Micro picture
      srnicko012 · 3 months ago · 1 ponto

      Acho que a gente tem problema kkkk, fico escolhendo a numeração das minhas platinas só pra ficar mais bonito e fácil de localizar lá no hall do Mypst

      1 reply
    • Micro picture
      hyuga · 3 months ago · 1 ponto

      o dedo coça pra platinar logo, muita força de vontade isso

      1 reply
  • ryou Rodrigo Santos
    2021-01-05 11:25:15 -0200 Thumb picture
    ryou checked-in to:
    Post by ryou: <p>Comecei!</p><p>Ganhei da @mandy de presente de a
    The Last of Us Part II

    Platform: Playstation 4
    853 Players
    271 Check-ins

    Comecei!

    Ganhei da @mandy de presente de aniversário. ❤

    Agora posso ver o que gerou tanta treta por parte da galera que não tem louça pra lavar e boleto pra pagar.

    Mas antes, não posso esquecer de mandar um Pink Floyd.

    O jogo ta bonitão!

    Floresta que me lembra Shadow of the Colossus, só que sem a jogabilidade cagada.

    Com esse mapa me senti jogando Silent Hill de novo.

    Estou chegando em Seatle, e passando por todos os confrontos em stealth. Gosto quando o jogo dá essa possibilidade, e uso sempre que possível.

    Gastei só uma bala no capítulo inicial, e isso porque estava rastejando no chão enquanto vinha um corredor com sangue nos olhos.

    17
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...