rurounikz

Engenheiro em formação. Escrevi no Game Reporter, PlayTV e Save Game. Editor assistente da Ivalice

Você não está seguindo rurounikz.

Siga-o para acompanhar suas atualizações.

Seguir

  • 2015-07-24 13:07:06 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Thanks for playing (and reading)!

    Medium 3121653 featured image

    Escrevo profissionalmente sobre games há mais de três anos e até bem recentemente nunca tive um projeto próprio, algo para chamar de meu que refletisse minha opinião sobre vários assuntos do mercado. Instigado por esse desejo de ser o responsável por uma linha editorial, criei a Digital Jam.

    Por mais que já tenha escrito artigos, feito cobertura de eventos (duas vezes in loco da Brasil Game Show e remotamente da E3 por três vezes), publicado mais de 30 análises, entrevistado desenvolvedores, queria ter essa experiência em atuar como o editor e ter total liberdade para decidir as pautas e ajustar o tom das matérias publicadas.

    A solução que encontrei para colocar meu plano em prática foi a de criar um perfil na Alvanista, rede social destinada para gamers em que participo ativamente, onde passei a publicar minhas matérias que seguem esse viés.

    Durante seu breve período de vida de cinco meses (comecei o projeto em fevereiro de 2015), a Digital Jam teve 26 postagens. Destas, 11 são artigos que seguem a linha editorial que resolvi adotar e pode ser descrita nos dizeres abaixo, que servia como assinatura de cada post.

    O objetivo da persona Digital Jam é disseminar conteúdo sobre games de uma forma diferente através de textos pessoais, direcionados para o lado independente.

    As outras 15 atualizações fazem parte de uma série intitulada Retratos Independentes. Falarei mais sobre ela em outro post, mas basicamente essa "coluna" é inspirada na página do Facebook Humans of New York (HONY). Além disso, serve também como uma homenagem/interpretação dessa iniciativa que me ajudou a enxergar como o contato humano é importante quando nos sentimos soterrados na correria diária e a valorizar a diferença na vivência de cada um.

    Apesar de existir há menos de um semestre, a Digital Jam foi essencial na minha vida por servir como prova de que consigo tirar meus projetos do papel. Me considero"criativo", mas de que vale um criador que só pensa e falha em extrair suas ideias para algo concreto? Produzir conteúdo/criar também é conhecido para mim como transformar o turbilhão de pensamentos e sentimentos em algo, seja uma análise, jogo ou um projeto pessoal.

    A segunda lição que essa jornada me ensinou foi ajudar a descobrir minha identidade profissional. A insegurança é um traço da minha personalidade em que tenho trabalhado para melhorar e o exercício de me dedicar em um projeto autoral fez com que me sentisse mais capaz, decidido e seguro.

    O terceiro e último grande ensinamento que esse projeto me ensinou é o de praticar o desapego, abrir mão de artigos ou até de projetos. Confesso que estou com dificuldades em encontrar as melhores palavras para terminar esse texto, porque a decisão já está tomada na minha cabeça por mais que parte de mim tente não aceitar.

    Esse é o último texto da Digital Jam.

    Espero que tenham gostado das matérias que publiquei. Para aqueles que quiserem continuar a acompanhar meu trabalho, fico muito feliz em dizer que sou um dos colunistas que fazem parte da equipe da Ivalice. Posso dizer que meus artigos e eventuais análises por lá serão o sucessor espiritual da Digital Jam. Para quem tiver interesse, o primeiro dos meus textos - A geração dos remakes é necessariamente algo ruim? - já está no ar.

    Muito obrigado para todos que leram, comentaram, compartilharam, se emocionaram ou até se inspiraram com o que escrevi. Serei eternamento grato a todos que acompanharam o trabalho da Digital Jam. Vocês fizeram tudo isso valer a pena.

    Forte abraço e nos vemos por aí,

    -

    Eduardo Emmerich

    @rurounikz

    23
    • Micro picture
      sikora · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Isso aí @rurounikz, terminra algo não necessariamente significa retrocesso, e a posto que aqui trata-se de um passo adiante! :)
      Parabéns por todo o trabalho!!

      1 resposta
    • Micro picture
      thiagovnd · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Parabéns e sucesso. Acabei de adicionar o Ivalice no Feedly, espero poder ler seus novos textos em breve :)

      1 resposta
  • macedo Felipe Macedo
    2015-07-07 21:31:42 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Aperte X

    Medium 146500 3309110367

    Aí o jogo diz "aperte X" e meu cérebro trava alguns segundos pra lembrar qual é o controle que tá usando. Os nerd pira. x.x

    38
    • Micro picture
      zir0 · quase 3 anos atrás · 2 pontos

      travo no box, pq acostumei com o lugar do PS, e na nintendo quase nunca se usa o X

    • Micro picture
      roberto_monteiro · quase 3 anos atrás · 1 ponto

      E quando vc ta emulando um Nintendo ou Playstation e ta usando o controle de Xbox...

    • Micro picture
      katsuragi · quase 3 anos atrás · 1 ponto

      HAUAHAHHAAHUAHAUA
      Apesar que eu acostumo rápido. Hehe

  • taiscarvalho Tais Carvalho
    2015-07-09 20:08:56 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    <p>Só passei aqui pra deixar essas fotos do novo mo - Alvanista

    Só passei aqui pra deixar essas fotos do novo morador da minha estante.

    "You're not friends with that Red Pyramid Thing, are you?" <3

    Silent Hill 2

    Plataforma: Playstation 2
    2302 Jogadores
    49 Check-ins

    15
    • Micro picture
      mach · mais de 3 anos atrás · 1 ponto

      NHA, eu tbm comprei, lançou esses dias nas pre vendas por aqui, nao imaginei que alguem fosse pegar tao cedo, no aguardo da enfermeira <3 :~

      4 respostas
  • 2015-05-13 19:33:19 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Retratos Independentes: Alex Boiret


    "Nós somos rebeldes."


    Alex Boiret é  coordenador de localização da CD Projekt RED e trabalhou em The Witcher 3. Tive a oportunidade de entrevistá-lo durante o evento em que experimentei uma prévia do jogo.

    ---------------------------------------------------------------------

    Autor: Eduardo Emmerich (aka @rurounikz)

    O objetivo da persona Digital Jam é o de disseminar conteúdo sobre games de uma forma diferente através de textos pessoais, direcionados para o lado independente.

    The Witcher 3: Wild Hunt

    Plataforma: Playstation 4
    2206 Jogadores
    916 Check-ins

    22
  • macedo Felipe Macedo
    2015-05-08 16:56:28 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    54
    • Micro picture
      lucas_martinstursi · mais de 3 anos atrás · 3 pontos

      kkkkkk verdade maior não há

    • Micro picture
      mach · mais de 3 anos atrás · 3 pontos

      ja quis fazer um assim tbm USHAUHASUASUHAS

    • Micro picture
      imagigames · mais de 3 anos atrás · 3 pontos

      Só vi verdades!

  • macedo Felipe Macedo
    2015-05-09 19:22:46 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    <p>Gente, fiz um vídeo falando das minhas impressõe - Alvanista

    Gente, fiz um vídeo falando das minhas impressões sobre splatoon depois desse global testfire que rolou hoje. dá uma olhada aí, é rapidinho. :3

    Splatoon

    Plataforma: Wii U
    546 Jogadores
    505 Check-ins

    17
    • Micro picture
      zir0 · mais de 3 anos atrás · 3 pontos

      Deliça de jogo to quase pra pega no lançamento, ( olha que meu wii u nem chegou ainda) xD

      15 respostas
    • Micro picture
      mach · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Obrigado senhor, review em português!!!!!
      @zir0 venha ver. AGORA *-*
      ei, comprei meu wii u essa semana :~~ *esperando chegar*

      4 respostas
    • Micro picture
      ekiler · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      esse ultimo direct vendeu o jogo pra mim

      1 resposta
  • 2015-05-07 11:54:47 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Retratos Independentes: Santo (Pedro Medeiros)

    "Quando a gente começou a pegar freelas de games, não foi como se eu e a Amora decidimos a viver só disso e sim nós percebemos que com o tempo, os trabalhos de jogos passaram a nos sustentar. Começamos a ir para esse lado lentamente e um jogo passou a chamar o próximo."

    ---------------------------------------------------------------------

    Autor: Eduardo Emmerich (aka @rurounikz)

    O objetivo da persona Digital Jam é o de disseminar conteúdo sobre games de uma forma diferente através de textos pessoais, direcionados para o lado independente.

    11
    • Micro picture
      kyle · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Novamente gostaria de deixar aqui meus humildes parabéns - as matérias são curtas e de uma sensibilidade muito agradável! Que ótima persona para se acompanhar! :D

      1 resposta
  • 2015-05-07 12:25:15 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Análise: Bloodborne

    Nos primeiros minutos da série do Netflix do Demolidor (recomendo fortemente que todos assistam), Matt Murdock faz a seguinte declaração sobre seu pai, Jack Batalhador Murdock. “Ele era um lutador. Um boxeador. Perdeu mais que venceu, mas ele aguentava uma surra. Nunca foi nocauteado. Era derrubado, claro, mas sempre se levantava. Sempre perdeu de pé.

    Essa descrição de seu pai consegue, em menos de cinco minutos, passar uma mensagem para quem está assistindo sobre quem é o guardião de Hell’s Kitchen e o que o espectador pode esperar dos treze episódios desse seriado.

    Coincidentemente, assim também é Bloodborne, a nova produção da From Software e o sucessor espiritual da série Souls (Demon’s Souls, Dark Souls e Dark Souls II), que te ensina nas primeiras horas de jogo que você morrerá muitas, muitas vezes mesmo. Mas a cada vez que os dizeres “YOU DIED” aparecerem em letras garrafais na tela, você aprenderá uma lição e irá melhorar suas habilidades para se tornar um caçador mais preciso e letal.

    Cada vez que tombar lutando, perdendo assim seus Blood Echoes (itens que funcionam como a moeda corrente do jogo e servem para comprar itens e melhorar suas habilidades), basta se erguer novamente para encarar uma nova luta e enfrentar o chefe que te eliminou sem a menor cerimônia ou aquele inimigo ardiloso que te pegou de surpresa em um ataque furtivo.

    Mesmo que caia, se levante, sacuda a poeira e parta para o próximo round.

    LEIA A ANÁLISE COMPLETA NO SAVE GAME

    Bloodborne

    Plataforma: Playstation 4
    2222 Jogadores
    958 Check-ins

    7
  • 2015-05-07 12:02:36 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Oculus Rift será lançado em 2016 e pré-venda começa ainda esse ano

    Medium 3065273 featured image

    A Oculus atualizou seu Kickstarter nessa quarta (06), revelando uma estimativa da data que o Oculus Rift será vendido aos consumidores finais. O envio das unidades do aparelho de realidade virtual será realizado no primeiro trimestre de 2016 e os interessados poderão fazer a pré-venda ainda esse ano.

    Ao final da postagem, o time do Oculus declara que maiores informações sobre o detalhamento do produto, hardware, software, entradas jogos e experiências disponíveis para essa plataforma serão compartilhadas nas próximas semanas.

    O Oculus Rift foi financiado através de uma campanha no Kickstarter que terminou em setembro de 2012 e arrecadou mais de US$ 2,4 milhões, superando em 947% sua meta inicial de US$ 250 mil. A empresa publicou também duas imagens (uma no topo do post e a outra logo abaixo) do modelo final do produto.

    Após esse Kickstarter, outras iniciativas de realidade virtual surgiram como o Project Mopheus da Sony (que será lançado em uma época próxima ao Rift), o Samsung Gear Vr e até o brasileiro Beenoculus, só para citar alguns projetos dessa vertente.

    Fonte: Save Game

    6
  • rurounikz Eduardo Emmerich
    2015-05-05 22:09:52 -0300 Thumb picture
    rurounikz fez um check-in em:
    <p>#img#[115127]</p><p>Estou fazendo streaming do L - Alvanista
    Hearthstone: Heroes of Warcraft

    Plataforma: PC
    1724 Jogadores
    1087 Check-ins

    Estou fazendo streaming do Laboratório Oculto, a quinta ala da Montanha Rocha Negra aqui: 

    http://www.twitch.tv/rurounikz/

    4
Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...