2015-01-17 13:54:23 -0200 2015-01-17 13:54:23 -0200

O que eu gostaria de ver em um Resident Evil

Single 2968600 featured image

Depois de algumas conversas, de pensar muito na franquia, das coisas que sinto falta ou que gostaria de ver num Resident Evil, decidi escrever esse texto falando o que eu gostaria e possivelmente nunca verei em um jogo de Resident Evil.

 Vilão

Eu leio muitos comentários em sites como Revil, Resident Evil Database, alvanista e outros sites, que fulano quer um vilão de verdade, que a Carla e Derek não chegam aos pés do Wesker, mas vamos ser sinceros, Resident Evil realmente precisa de um vilão? No Resident Evil 6 vemos que ataques bioterroristas já são comuns no mundo, ou seja, não é mais um caso isolado. A franquia fala sobre terrorismo certo? Então pegue o exemplo de ataques terroristas no mundo real, não existe lugar nem hora marcada, o inimigo pode ser qualquer um, se você pegar um virus como o C-virus na sua forma gasosa, onde qualquer um que inalar esse vírus será contaminado, coloca esse vírus em uma bomba, e explode essa bomba em algum lugar. O foco sempre é diferente, alguns preferem atacar pessoas inocentes, outras vezes pessoas poderosas e até mesmo ONGs como a Terra Save onde o foco é ajudar vitimas de ataques biológicos. Então, qual o motivo de ter um vilão com ideias mirabolantes? Será que existe mesmo a necessidade de um vilão que quer saturar o mundo, dominar ou ser a rainha em um mundo de caos à cada jogo da franquia? Resident Evil será sempre o bem contra o mal?

Incertezas

No mundo de Resident Evil você pode ter certeza de muita coisa:

Se um helicóptero aparecer pra te ajudar, uma rocket launcher irá explodi-lo;

Os vilões sempre morrem no final, geralmente com um tiro de rocket launcher;

O lugar onde você está vai explodir;

Não importa o que aconteça, o quanto você sofra, quantas pessoas morreram no percurso, o mocinho sempre irá escapar ileso no final, de helicóptero quase sempre num lindo amanhecer, e tudo o que passou são águas passadas, vamos esquecer e viver a vida!

Existiu algum Resident Evil em que você se perguntou se o personagem principal iria escapar vivo daquela situação? Eu não, e digo o porque, depois da morte do Wesker em Resident Evil 5, os produtores ficam com pé atrás de matar um personagem principal e os fãs desaprovarem essa escolha. Existiu um rumor logo após o lançamento de Resident Evil 6 de que Chris Redfield morreria no final do game, o diretor Eiichiro Sasaki chegou a confirmar em uma entrevista ao IGN que cogitaram essa ideia, mas deixaram de lado com medo de uma desaprovação dos fãs.

Se todo Resident Evil seguir essa ideia, sempre vamos ver os personagens secundários ou coadjuvantes morrendo ao longo do jogo, e o personagem principal sempre escapando vivo. Eu não diria que é necessário matar todos os personagens principais, você pode matar um, afastar outro, aposentar, seguir outro caminho, não existe só a opção de matar, será que Chris Redfield não está cansado dessa guerra sem fim contra o bioterrorismo? Ele simplesmente podia seguir um caminho diferente, fora do campo de batalha, como o Clive O’ Brian, que da ordens e instruções táticas na BSAA.

Não seria diferente ver um personagem principal se infectando e fazendo um ultimo sacrifício para seu parceiro? Ou simplesmente sofrer um queda que o deixaria incapaz de estar numa batalha contra BOW’s? O personagem podia só entrar na Terra Save, ia continuar ajudando, mas de uma forma diferente. Isso ia acabar com a sua certeza que o personagem ia escapar são e salvo pelo menos, ia te surpreender, fora que isso abriria oportunidades para novos personagens, e até antigos personagens se desenvolverem no jogo.

Humanidade


Há muito tempo se fala da humanidade dos personagens, que agora eles são agentes e soldados, que a unica civil é a Claire, que por ela ser uma simples civil (com treinamento militar) o jogador consegue se ver na pele dela, mas só isso?

Ao meu ver, Resident Evil 6 foi o que mais mostrou drama, humanidade e sentimentos em toda a franquia, temos um Chris que de herói lendário vai pra um bêbado rancoroso com sede de vingança, que colocou em risco a própria vida e de seus soldados para matar a Ada/Carla. A amizade do Leon com o presidente Adam, Leon tendo que atirar em seu amigo; Helena chantageada pelo Simmons, tendo a sua irmã como prisioneira, e depois teve que dar um fim na vida da própria irmã. Temos um anti herói [Jake] que só se importa com o dinheiro, que não está nem ai para os outros, só quer sair vivo dali, que ao longo do jogo vai mudando graças a mocinha da historia. A mocinha [Sherry] da historia, que foi enganada pelo seu supervisor, que tem Leon e Claire como exemplos na vida, que quer fazer o seu trabalho direito, dá lição de moral no anti herói, sem contar o clima de romance entre os dois. 

Então, Resident Evil 6 é o que mais tem conflitos emocionais, uma carga emocional maior e personagens mostrando sentimentos. Funcionou com você? Te emocionou? Você chorou? Isso vai de cada um. Enfim, foi o jogo com personagens menos robóticos e sem sentimentos da franquia, ou seja, podem demonstrar humanidade de várias formas mesmo sendo agentes ou soldados, mostrando os medos, traumas, ansiedades, defeitos, entre outras coisas. Revelations 2 promete uma carga emocional maior, por conta da personagem Moira ter seus traumas e conflitos com seu pai, cenas como personagem dando tiro na cabeça também é algo que terá no jogo, e claro, a Claire Redfield.

Maturidade

Resident Evil já esta bem velhinho, já ta na hora de amadurecer né? Já passou da hora da franquia começar a abordar outros temas e dar um background pros personagens. Os personagens da franquia simplesmente vivem para lutar contra o bioterrorismo, essa é a vida deles, as únicas pessoas com parentes nessa franquia são Claire/Chris e Barry/Moira, relacionamento não existe, Leon e Ada fica nessa de gato e rato, muitos fãs [eu não] querem ver Chris e Jill como um casal, criaram um clima entre Sherry e Jake, mas vão levar isso a fundo? E por mais que isso pode criar mimimi, não existe um personagem gay/lésbica, Dee-ay não conta, um personagem principal negro/asiático/latino/europeu ou de outras etnias. Mostrar cenas realmente violentas, mostrar o terror em uma guerra, as vitimas desses ataques, o desespero, uma criança zumbi [porque não?] e não só focar no combate as BOW’s. Se você for parar pra pensar, Resident Evil praticamente não trás conteúdo, a unica coisa importante é matar os monstros.

Existe outras coisas que eu gostaria de ver na franquia, coisas maiores que survival horror ou ação, levar susto, ficar com medo, pouca munição, QTE, puzzles e outras coisas, mas por enquanto é só isso. Gostaria de agradecer ao @montanaro pelo apoio, e para encerrar, uma frase do filme "Panico 4" que descreve bem os personagens principais de Resident Evil:

"Onde quer que ela vá pessoas morrem, outras pessoas, ela nunca morre."

Resident Evil HD Remaster

Platform: Playstation 3
424 Players
166 Check-ins

51
  • Micro picture
    diogo_paixao · almost 5 years ago · 3 pontos

    Muito bom o artigo, sem muito que falar levantou pontos muito bons ^^

    Parabens!

    1 reply
  • Micro picture
    colt47 · almost 5 years ago · 2 pontos

    O problema é que resident evil nunca teve uma boa historia, e sequer foi um survival horror eu sempre joguei como um game arcade , aonde eu faço pontos e termino desafios

    8 replies
  • Micro picture
    beto_schiffer · almost 5 years ago · 2 pontos

    Alguem ta conseguindo jogar?? deu meia noite e nd

    1 reply
  • Micro picture
    eileen · almost 5 years ago · 1 ponto

    Concordo com tudo, principalmente a parte da maturidade e humanidade :)

    1 reply
  • Micro picture
    victorolavoroca · almost 5 years ago · 1 ponto

    Caramba... estava conversando sobre isso esses dias. vc falou tudo. concordo com suas palavras. Inclusive, uma das coisas que mais me agradaram no RE6 foi justamente isso, o desenvolvimento dos personagens, coisa que difere bastante em relação aos outros jogos da franquia. Espero muito que o REV2 tenha mais disso tbm. ^ ^

    1 reply
  • Micro picture
    juninhonash · almost 5 years ago · 1 ponto

    Also, excelente artigo, excelentes argumentos e exceto pelo fato de RE6 mostrar humanidade (eu na verdade só achei engraçado, tudo mesmo) eu concordo com tudo e acho que RE já passou da hora de ganhar ao menos um tom um pouco mais maduro, personagens morrerem de fato e darem seguimento de onde parou ao invés de ficar focando em velharias.

    Excelentíssimo artigo! Compartilho com muito gosto!

  • Micro picture
    fabiofirminoss · almost 5 years ago · 1 ponto

    Bem que um personagem principal poderia virar um vilão, pelo menos por um tempo, e vice-versa. Eu queria ver todos os personagens juntos para amarrarem as pontas soltas e depois é só decidir o caminho de quem um ou outro vai seguir

    3 replies
  • Micro picture
    nandines · almost 5 years ago · 1 ponto

    Acertou em cheio!

    Adorei como você não passou o artigo todo dizendo o óbvio (virou ação, não tem terror, etc etc) e focou em elementos que realmente revitalizariam o tom de Survivor Horror. Para que o próximo RE fosse um sucesso, acho que precisaríamos ter outra desenvolvedora trabalhando no game, porque parece que a Capcom realmente não entende o quanto precisa ousar pra tirar a franquia dessa situação. Uma história mais séria, mais madura, com situações imprevisíveis elevaria tudo para um novo patamar. Já adoramos os personagens de Resident Evil (e a essa altura confesso que já nem sei mais o porquê), precisamos ver eles se desenvolverem, saírem de um lugar comum e se aventurar em jogos com uma história mais inteligente ;)

    1 reply
  • Micro picture
    rshadowss · almost 5 years ago · 1 ponto

    @onai_onai por eu ser fã da franquia, eu quero que ela evolua e tenha jogos bons, não acho que seja uma preocupação desnecessária, já que eu gosto da franquia e quero que ela continue a ter lançamentos.

    2 replies
  • Micro picture
    matheus_msilva · almost 5 years ago · 1 ponto

    Baita "review"... Acredito que esses são justamente os grandes elementos que estabeleceram um certo divisor de águas entre os fãs da franquia. Eu particularmente prefiro os primeiros títulos, pois acho que a série foi se distanciando cada vez mais da sua essência... Puzzles complexos, o leva e trás de itens, a câmera "fixa", escassez de recursos, etc. A meu ver, a Capcom está apenas lançando jogos sem se preocupar muito com os fãs da velha guarda de certa forma, mas RE é um clássico e está longe de ser bobo. Acredito até que muitos jogos de terror lançados até hoje se espelham na franquia...

    1 reply
  • Micro picture
    fmoreira7 · almost 5 years ago · 1 ponto

    Tem algum email que eu possa entrar em contato com você?

  • Micro picture
    firerockbird · over 4 years ago · 1 ponto

    um monstro que seja tão fdp quanto o nemesis

  • Micro picture
    juninhonash · almost 5 years ago · -3 pontos

    Sabe o que aconteceria se Resident Evil ganhasse uma boa história, bom vilão, humanidade e uma trama realmente decente?

    Ele seria outro jogo. Infelizmente a base do RE é feito à montes de besteiras e bobagens. Se eu gosto dos jogos? Sim. Gosto pra caralho, e tenho quase todos originais. Mas a verdade é que Resident Evil foi, é e sempre será BOBO!

    Infantil! E até mesmo debilóide em alguns pontos.

    5 replies
Keep reading → Collapse ←
Loading...