2016-09-21 10:30:13 -0300 2016-09-21 10:30:13 -0300
rodrigoarkade Rodrigo Pscheidt

Check-in: The Bunker

Lembram dos jogos em FMV (full motion video) que existiam antigamente? Tipo Phantasmagoria, The 7th Guest, e tal? Pois é, em pleno 2016, The Bunker traz isso de volta: ele é um jogo totalmente filmado em live action com atores reais que acabou de ser lançado!

A história acompanha um sujeito que literalmente nasceu em um bunker, depois que alguma treta atômica dizimou o mundo como o conhecemos. Ele já está há mais de 30 anos morando lá, é o único sobrevivente (ou não) e só o que lhe mantém a sanidade é a rotina: tomar suas vitaminas, se alimentar, verificar índices de radiação, oxigênio, buscar algum sinal de contato pelo rádio, etc.

Porém, quando algo sai dessa rotina e um alarme incoum dispara, ele precisa revisitar áreas abandonadas do bunker e lidar com fantasmas do passado,  enquanto tentar colocar tudo nos eixos novamente - inclusive a sua própria mente.

Além de controlarmos o personagem adulto, rolam muitos flashbacks que revisitam a infância dele, em uma época onde o bunker tinha mais moradores. Ali você conhece vários outros personagens, e certamente alguns deles escondem segredos sombrios, que serão descortinados conforme a história progride.

As ações são básicas de um point and click. Você move o cursor pela tela e interage com gavetas, portas, interruptores e outros pontos de interesse pelos cenários. Há muitas papeladas e documentos para ler.

Ainda não aconteceu nada realmente sinistro, mas atmosfera do jogo por si só é bem perturbadora. Para você ter uma ideia, a única "companhia" dele é o cadáver decomposto da mãe, que está coberto em uma cama simplesmente porque ele não tem onde enterrá-la.

Olha a coroa morta, coitada:

O jogo utiliza planos de câmera bem sacados - muitas vezes usando a perspectiva das câmeras de segurança - para potencializar a solidão paranoica do protagonista e o aperto claustrofóbico do ambiente.

Tipo assim:

Por enquanto é isso. Joguei pouco mais de uma hora ontem (a gravação do cast com a querida da Luiza/Ellie passou das onze da noite XD), então, como eu disse, ainda não rolou nada de muito creepy. Mas até agora gostei bastante do climão do jogo.

O começo é meio lento, meio paradão, mas o jogo se torna muito imersivo quando você se deixa levar por essa vibe de abandono e tensão. Agora é torcer para o terror chegar logo... ou não, hahaha! XD

18
  • Micro picture
    marviiu · about 3 years ago · 1 ponto

    Que louco! O jogo é só PC?

    5 replies
  • Micro picture
    chimianopao · about 3 years ago · 1 ponto

    quero

  • Micro picture
    fredson · about 3 years ago · 1 ponto

    curti. Eu gostava do Phantasmagoria.

    1 reply
  • Micro picture
    msvalle · about 3 years ago · 1 ponto

    Fiz o cadastro do PS4, vão lá votar hehe

  • Micro picture
    andre_andricopoulos · about 3 years ago · 1 ponto

    Acho mais interessante do que um filme (devido a interação...apesar de pequena)... porém ainda prefiro o total controle do personagem. @marviiu ... vc está com algum problema? Para de me seguir...

Keep reading → Collapse ←
Loading...