red_xiii

O Máskara melhor herói! Haunter melhor Pokémon!

You aren't following red_xiii.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • joanan_van_dort Joanan Oliveira Batista
    2015-12-15 23:02:21 -0200 Thumb picture
    Thumb picture
    14
    • Micro picture
      paul_seasky · over 4 years ago · 3 pontos

      cara essa melodia parece mto com a melodia do dragon ball z!
      era essa a intenção? posso chorar em posição fetal?

      10 replies
    • Micro picture
      red_xiii · over 4 years ago · 2 pontos

      *-------------*

  • ssa
    2015-12-14 17:43:43 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Venha crescer com a gente ^^ E ajudar o Alvanista

    Medium 3215250 featured image

    @dantedias

    Criei uma persona no intuito de você crescer com a gente. E de sobra ajudar o Alvanista a manter os usuários.

    Como assim?

    Nos últimos meses bastante gente foi embora do Alvanista por falta de amizade, ou página parada, sem ninguém se importar em ler seus textos, ou dar uma vida.

    Com a SSA isso vai acabar.

    Como?

    A SSA (Sociedade Secreta do Alvanista)

    É um grupo de apoio para seu crescimento, ajudando você a se socializar e conhecer novos amigos, com isso você terá uma chance maior no alvanista.

    Quem sabe pode até fazer uma amizade para o resto da vida ^^

    Como a SSA funciona?

    Simples.

    Se você seguir a SSA, você aceita apenas uma condição.

    Seguir todos da SSA.

    O que eu ganho com isso.?

    Todos da SSA vão te seguir de volta ^^

    Assim gera um crescimento

    mútuo em grupo.

    Todos ganham.

    Difícil hoje em dia todo mundo sair ganhando, mas a SSA vai mudar esse pensamento mundial XD

    Quer crescer no alva?


    Fazer amizades?

    Se socializar digitalmente com vários novos usuários.

    De forma fácil.

    Prática.

    E eficiente?

    Então venha fazer parte da SSA.

    A sociedade secreta do Alvanista.

    Obs: de secreta tem nada ^^

    Por fim, isso ajudará a manter o Alvanista de pé, pois usuários firmes, unidos e fortes gera força para a rede alvanista continuar sua jornada.

    Membros fixos @joanan_van_dort @ps2fan  @carlos_gamer115 @red_xiii

    Claro, aqui terá bastante postagens.

    A equipe vai trazer sempre novidades e notícias de todo o mundo ^^


    Sobre cinema, jogos, atualidades, tecnologia, creepypasta, segredos,entrevistas, sobrenatural e etc ^^

    Finalizando: Toda semana será atualizada uma lista com os nomes dos novos seguidores, assim fica fácil você seguir e ser seguido.

    O Alvanista ainda tem muita lenha para queimar...chega de reclamar, vamos agir, dizer que a rede vai morrer, precisa melhorar, não adianta nada.

    Vamos produzir mais, fazer mais, e reclamar menos... 

    Só assim, a rede continua firme e forte. 



    The Sims

    Platform: PC
    3152 Players
    14 Check-ins

    304
    • Micro picture
      santosmurilo · over 4 years ago · 6 pontos

      Curioso... vou participar!

      4 replies
    • Micro picture
      jokenpo · over 4 years ago · 5 pontos

      Gostei da iniciativa ^^

      2 replies
    • Micro picture
      laumiramos · over 4 years ago · 4 pontos

      Legal, estou dentro, olha tem o grupo no whats que já tem uns 2 anos se não me engano, estou a 1 nele, conversamos todos os dias lá, sobre tudo, claro, mais sobre games. Caso se interessem e achem que pode ajudar a causa, posso summonar os admins (\(OO)/)

      7 replies
  • montanaro Paulo Roberto Montanaro
    2015-12-14 14:55:54 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Sobre situação atual da Alvanista

    Não estou tentando puxar para mim algo que é tão maior do que eu e a minha atuação nessa rede. Mas gostaria de convidar a todos vocês para refletirmos sobre os acontecimentos recentes e o que pensamos da Alvanista a partir do ano que vem. Para isso, quero falar um pouquinho sobre como eu vejo a rede e o que ela significa para mim. Convido, antes de mais nada, o @sikora para a reflexão, pelo óbvio motivo de ser uma das cabeças que trouxe essa rede para a luz do dia e é quem, hoje, responde por ela quando chamamos. Marco também @lola e @bruno, só pela força do hábito.

    Bem, entrei na rede há uns 2 anos. Desde que cheguei, me senti muito a vontade. É um espaço sem muitas firulas, sem muita poluição visual, com um sistema dinâmico de atualização, de postagem, de configuração pessoal, uma proposta de gamificação, e sobretudo um espaço sobre games. Muito melhor do que isso, um espaço onde as pessoas de fato CONVERSAM sobre games e assuntos periféricos. Perto de tantas outras opções de redes sociais, é a única que me contemplou nesse quesito básico: é onde realmente se poderia falar sobre um dos meus assuntos favoritos (e que permeia minha vida pessoal e profissional).

    Muito tempo se passou, devo ter pegado o ápice da rede nesse tempo, bem como estou acompanhando, de forma muito triste, uma anunciada derrocada. Não que esteja ruim, muito longe disso. Ao contrário, meu tempo livre no trabalho é bastante pautado pelo que está rolando por aqui. O pessoal da @llevel - @setzer_eduardo e @victorlemes principalmente - chegou a comentar essa semana que tenho aqui meu cantinho, meu puxadinho, minha barraquinha. Pois é bem verdade. Faço daqui meu santuário, buscando sempre fazer a minha parte.

    De uns meses pra cá, entretanto, muita coisa tem acontecido. Pessoas abandonaram a rede por motivos diversos. Desde descontentamento com uma ou outra modificação, passando por questões pessoais, ou mesmo por sentir falta daquilo que nos motivava carregar o site todo dia de manhã. E aí o efeito cascata se seguiu. Muitos dos melhores amigos que fiz aqui já partiram, outros chegaram é verdade, e grande parte das pessoas que faziam desta timeline algo único já não são tão presentes assim. Culpa da rede? Dos admins? Das próprias pessoas? Não sei. Não vou entrar nesse mérito. Mas é fato que a rede tem passado por um processo de sucateamento de seu conteúdo. A qualidade do que aqui é tratado mudou. Se para melhor ou para pior, fica a cargo de cada um julgar. Do meu ponto de vista, está devendo demais para o que já foi.

    Aí temos algumas notícias que sempre vão minando nossa força de manter, de continuar. Sei que o @sikora tem passado por um momento muito delicado, e ele foi muito corajoso e virtuoso ao compartilhar isso conosco em post recente. Desejo muito que tudo passe e que ele fique bem, independentemente do futuro da Alvanista. Uma pessoa muito correta, muito justa, e muito presente na medida do possível. 

    Houve ainda uma consulta pública sobre doações, ou mesmo um sistema de financiamento coletivo para manter a Alvanista no ar. Assim como muitos de vcs, respondi aquilo que pensava, mas desde então, pouco ou nada tivemos de retorno sobre um plano, um projeto, uma proposta para que a rede se mantenha e, como todos desejamos, dê passos adiante. Acho que aquele post, bem como outros, deram um bom suporte para que um planejamento pudesse ser feito. Talvez a falta de tempo e outros problemas tenham impedido isso, mas de qualquer forma, aquela consulta parece ter saído pela culatra.

    Afinal, além de não termos nenhum feedback sobre o assunto, ainda ficou exposto, tal como uma ferida grave, que a rede estava em crise. E aí a motivação de quem quer fazer algo para ajudar acaba indo por terra. Ultimamente, uma lentidão do site - algo do qual só me recordo dos tempos de internet discada gratuita - que se tornou frequente principalmente em horários bastante extensos (em alguns dias, era quase o horário comercial inteiro) acaba desanimando por completo. Não a toa, muito do conteúdo que era produzido aqui migrou para sites, blogs e outros canais, o que não acho ruim, mas é sintomático quando se pensa na saúde de uma rede que parecia centralizar o que produzimos e consumimos sobre jogos.

    Hoje, foi divulgado o fato de que a sincronia com as redes de troféus e conquistas está desativado. Não sei se por problemas na própria comunicação (que acredito ser realmente algo difícil por não ser oficial e não contar com o suporte das gigantes da área) ou mesmo se foi uma solução para a lentidão citada acima, como parece ser o caso pelo relato dos colegas. O que posso dizer é que é mais um elemento que subtrai da nossa experiência aqui.

    Esse meu relato se soma a tantos outros que vimos por aqui de amigos e de pessoas que são referência na rede. Assim, meu propósito não é simplesmente o desabafo da forma como vejo, dia a dia, esse rede decair, mas também a minha parte ao mostrar o que sinto e ao cobrar possibilidades do que pode ser feito para reverter esse processo que é tão melancólico quanto lamentável. As imagens deste post, todas que peguei pesquisando o nome da rede no Google, dão essa sensação de que muito se passou e de que agora... bem, o agora eu nem sei mais.

    Assim, alguns pontos que gostaria que fossem debatidos e esclarecidos:

    - Qual é o custo operacional, hoje, para a Alvanista funcionar bem?

    - De onde sai o dinheiro para isso funcionar?

    - Quais as possibilidades reais de um financiamento coletivo?

    - É possível um trabalho em sistema de cooperativa?

    - Quais são as limitações técnicas / tecnológicas enfrentadas pela equipe de desenvolvimento / administração da rede?

    - Quem, de fato, ainda é responsável pela rede? 

    - O que devemos esperar para 2016, de fato? Quais as garantias das coisas boas e das coisas ruins?

    - Há a possibilidade de um sistema mais transparente de participação ativa da comunidade n as decisões da rede (desde coisas simples como funções novas até coisas maiores como financiamento, marketing, etc.)?

    - Ainda vale a pena investir na rede?

    Bem... acho que vcs, amigos, devem ter mais questões a fazer. Sintam-se a vontade nos comentários. Ou não, já que muitos de vcs se foram e sequer lerão esse texto, que pra variar acabou ficando maior do que eu previa.

    210
    • Micro picture
      sikora · over 4 years ago · 22 pontos

      - Qual é o custo operacional, hoje, para a Alvanista funcionar bem?
      Qual o sentido de "funcionar bem"? Assumindo que seja, para que as funcionalidades atuais sejam mantidas e não necessariamente termos novidades desenvolvidas com frequência, os custos são:
      # Servidores: $450 - $500 (varia pois as vezes é necessário colocar uma instância a mais para funcionar)
      # Cloud Storage/Bandwidth: $110 - $150 varia também com a quantidade de tráfego e utilização da rede.
      # Outros custos menores com serviços de sincronização de terceiros, backup remoto, etc.: $50

      Este custo não envolve pessoal, o que aumenta consideravelmente os custos, por isto não terminamos o APP ou temos mexido na rede com a frequência que mexíamos.

      - De onde sai o dinheiro para isso funcionar?
      Durante algum tempo, era custeado pelos anunciantes. Hoje os sócios dividem a conta.

      - Quais as possibilidades reais de um financiamento coletivo?
      Pelas respostas que obtive, muito improvável pois quase todos só bancariam o projeto em troca de um roadmap de desenvolvimento. Ou seja, as pessoas estão mais no intuito de pagar para poder pedir, o que não faz sentido uma vez que produtos precisam de coesão e coerência, teríamos que dar muitos não, justificativas imensas e mesmo assim não concordariam como foi o caso das listas. Fora o custo operacional, este financiamento precisaria bancar uma equipe de pelo menos três pessoas, um ilustrador e um desenvolvedor. Acho que é fundamental ter alguém para gerenciar a comunidade.

      - É possível um trabalho em sistema de cooperativa?
      No melhor cenário pessoas poderiam ajudar com arte. Mexer em código, precisamos de pessoas confiáveis, idealmente próximas e, sinceramente, ninguém quer trabalhar de graça, ou seja, seria uma constante rotatividade e um tempo gasto com treinamento, etc... Eu, sinceramente, imagino que a Alvanista tem um sistema bem completo de funcionalidades, o que falta aqui é um trabalho ativo de gerenciamento de comunidade.

      - Quais são as limitações técnicas / tecnológicas enfrentadas pela equipe de desenvolvimento / administração da rede?
      Hoje, apenas eu tenho mexido na rede. Limitação de tempo, no caso da sincronização, limitação de falta de canal oficial de sincronização, ou seja, PSN e LIVE estão o tempo todo fazendo algo para evitar que nossas sincronizações funcionem, é um jogo de gato e rato. Hoje o maior problema mesmo e o financeiro para manter o site no ar, não fossem algumas doações que recebemos de forma privada, acho que não estaria mais online.

      - Quem, de fato, ainda é responsável pela rede?
      -- administrativamente eu
      -- financeiramente os sócios

      - O que devemos esperar para 2016, de fato? Quais as garantias das coisas boas e das coisas ruins?
      -- do jeito que está, um botão de doações, volta da sincronização e a remoção ou maior controle de algumas notificações. Tenho pensado em como reduzir os custos operacionais, mas não consigo encontrar saída sem arriscar a qualidade/velocidade da rede.
      -- não existem garantias, o custo é alto e se não viabilizarmos uma forma de cobrir parte destes custos, infelizmente, vamos encerrar as atividades. Não sei dizer quando pois eu não tenho interesse em fazer isto, mas conto com esta possibilidade.

      - Há a possibilidade de um sistema mais transparente de participação ativa da comunidade n as decisões da rede (desde coisas simples como funções novas até coisas maiores como financiamento, marketing, etc.)?
      -- Acho complicado abrir estas decisões para comunidade, cada um quer uma coisa diferente da do outro, só pela sincronização você já vê a discrepância de opiniões. Uma vez postei um texto, um dos melhores existentes, sobre como dizer não para o cliente... muita gente leu só o título da url e traduziu o texto como sendo: A Alvanista não está nem aí para nossas opiniões. Quem de fato leu o texto, vai ver que lá falava sobre o papel do gerente de produto/admin/responsável em captar as ideias das pessoas, as mais diversas possíveis e fazer algo inovador e diferenciado pois cada um, em seu mundo isolado, tem uma forma bem particular, um fluxo próprio de utilização das ferramentas. Por isto eu sou a favor de ouvir, pensar, e executar algo com base nos feedbacks, mas não necessariamente atender detalhadamente uma ou duas opiniões. A democracia era legal, em Atenas, com poucas pessoas votando... no mundo de hoje a democracia causa a democratite, uma espécie de doença onde cada um quer puxar a corda para seu lado e nada se resolve... isto é bem complicado.

      - Ainda vale a pena investir na rede?
      -- Ainda somos a maior rede do nicho no Brasil, segundo alexa da américa latina e já batemos, em algumas vezes, o raptr e playfire.
      -- Eu acredito que temos funcionalidades suficientes para manter as pessoas ativas, compartilhando suas experiências, falta um aplicativo.
      -- Se vale a pena ou não, acho que é uma opinião individual, pois a grande maioria das pessoas não olham para alvanista como um investimento e sim como um lugar para conhecer outras pessoas, ler outras opiniões e encontrar novas amizades.

      11 replies
    • Micro picture
      sikora · over 4 years ago · 11 pontos

      gostei das perguntas, algumas delas já foram respondidas de forma solta por aí, vou ver se consigo responder em breve, todas de uma só vez.

      4 replies
    • Micro picture
      lica · over 4 years ago · 8 pontos

      Primeiro acho bom salientar postagens como a sua, feitas para propor, ajudar, questionar e de fato construir algo bom para todos. Meus parabéns, meu caro.
      Segundo, acho tudo que você comentou extremamente válido e concordo com tudo.
      Terceiro, acho que estamos em período de transição para algo que não sabemos o que vai acontecer. Pode ser que a Alva continue ou não. Acho importante sabermos das alternativas e, quem puder e quiser, se dispor da melhor forma possível para ajudar.
      Eu entendo todas as críticas e ao mesmo tempo também entendo o desafio que é manter uma rede social. Seria importante todos fazermos esse exercício e de fato somar coisas interessantes. Quem não estiver interessado, não irá se manifestar e não vejo problema algum nisso também, mas acho bacana ser feito um plano de ação urgente. ;)

      10 replies
  • red_xiii Ernest Rychard
    2015-12-13 15:53:56 -0200 Thumb picture
    red_xiii checked-in to:
    Post by red_xiii: <p>Photoshop é para os fracos!<br>https://www.youtu
    Mobile Suit Gundam 00

    Platform: Nintendo DS
    15 Players
    1 Check-in

    Photoshop é para os fracos!

    19
  • dantedias Dante
    2015-12-11 00:10:52 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Dá Hadouken Alvanista!

    Medium 3212888 featured image

    Especial Hadouken, parte 1

    Significado do nome Hadouken:

    Punho ondulatório. 

    Como usar o Hadouken:

    O usuário precisa se concentrar bastante, limpar a mente, então concentra toda a sua energia "Chi" nos punhos, e em posição de ataque, libera toda a energia pelas as mãos., quanto maior a concentração, maior o Hadouken. 

    Primeira aparição:

    No jogo Street Fighter de 1987.

    Quais personagens usam:

    Ryu, Ken Masters, Sakura Kasugano, Goutetsu, Akuma e Gouken. Outros personagens utilizam uma variante do Hadouken. 

    Quem inventou o Hadouken?

    Goutetsu foi o mestre

    ,que ensinou para Akuma e Gouken. 

    Gouken ensinou a técnica para Ryu e Ken.

    Qual a diferença do Hadouken de Ryu para o de Akuma?

     Akuma utiliza Satsui no Hadou "intenção assassina, essa é a grande diferença. O Hadouken de Gouki=Akuma, emana uma áurea lilás maligna, enquanto que a de Ryu emana bondade e paz.  Por isso a cor azulada. 

    Obs: Existe a possibilidade de Ryu ser dominado pela a intenção assassina em casos extremos. Se tornando o Evil Ryu


    Mas nunca o Ryu é dominado por muito tempo, pois sempre seu lado bom toma conta de sua energia, eliminando o Satsui no Hadou.

    Hadouken do Ken:

    Ken, utiliza um Hadouken misturado com o shoryuken.

    Sendo chamado de Hadou Shoryuken. 

    Sendo um dos golpes mais perfeitos do Ken. 

    Hadouken de fogo:

    O Hadouken de fogo surgiu, apenas para diferenciar o Hadouken de Ryu. 

    Sendo que nos primeiros jogos, o Hadouken do Ken era idêntico ão do Ryu.

    O Hadouken de fogo surgiu como um bug, que agradou os criadores do jogo, saiba mais na parte 2 ^^

    O mesmo aconteceu com  o Hadouken de Akuma, que além de ser lilás, ele pode soltar vários com apenas uma mão. 

    Qual foi o Hadouken mais poderoso?

    Sem dúvida nenhuma foi o Hadouken do anime Street Fighter victory, na luta final contra o Bison. 

    Curiosidades:

    Existe uma cápsula especial no jogo Mega Man X, contendo o especial Hadouken, veja no vídeo como pegar, e deixar o Mega Man igual o Ryu ^^

    O criador de Street Fighter, Takashi Nishiyama, alega ter criado o Hadouken por inspiração da série,

    Space Battleship Yamato 2199 (Uchuu Senkan Yamato)

    Por causa do sistema de mísseis da nave, "Hadou ho"

    Continua:

    No próximo post você irá saber tudo sobre as variantes do Hadouken não apresentadas aqui.

    Street Fighter Alpha 2

    Platform: Playstation
    2194 Players
    9 Check-ins

    203
    • Micro picture
      dantedias · over 4 years ago · 6 pontos

      @ps2fan ensina teu filho a soltar o Hadouken viu ^^

      6 replies
    • Micro picture
      dantedias · over 4 years ago · 3 pontos

      @gusgeek post totalmente editado, outra cara, e erros corrigidos

      1 reply
    • Micro picture
      baitajogador · over 4 years ago · 3 pontos

      se contar aquele street pirata de boteco quase todos personagens já soltaram um hadouken hahaha fora o hadouken duplo que depois tbm foi adaptado pro oficial

      1 reply
  • red_xiii Ernest Rychard
    2015-12-12 19:41:33 -0200 Thumb picture
    10
  • red_xiii Ernest Rychard
    2015-12-12 02:49:31 -0200 Thumb picture
    red_xiii checked-in to:
    Post by red_xiii: <p>#img#[215390]</p><p>tarara ta ta, tarara ta ta,
    The Addams Family

    Platform: SNES
    587 Players
    5 Check-ins

    tarara ta ta, tarara ta ta, tarara tarara tarara ta ta!

    8
    • Micro picture
      paul_seasky · over 4 years ago · 2 pontos

      ioauhOIAhOIAHoiUHAoiHAIU
      esses players killers
      aiuhaoiuhaoiua

    • Micro picture
      gusgeek · over 4 years ago · 2 pontos

      MELHOR PERSONAGEM!!!! <3

      3 replies
  • red_xiii Ernest Rychard
    2015-12-11 01:04:33 -0200 Thumb picture
  • red_xiii Ernest Rychard
    2015-12-09 19:33:22 -0200 Thumb picture
    red_xiii checked-in to:
    Post by red_xiii: <p>Por algum motivo misterioso o Alvanista está ráp
    Age of Mythology: Extended Edition

    Platform: PC
    184 Players
    41 Check-ins

    Por algum motivo misterioso o Alvanista está rápido hj!

    10
    • Micro picture
      fonsaca · over 4 years ago · 4 pontos

      kkk, verdade
      depois do post do @raiden, a coisa começou a andar

      2 replies
    • Micro picture
      dantedias · over 4 years ago · 3 pontos

      Cara, hoje tudo tá rápido, pois eu fiz uma doação milionária para os servidores

    • Micro picture
      dantedias · over 4 years ago · 2 pontos

      Aqui na capa tá escrito assim

  • joanan_van_dort Joanan Oliveira Batista
    2015-12-09 13:19:50 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Jamais me desfarei de meu Wii

    Excelente texto do Gaga Games! Retro-Wii: compre um Wii para rodar velharias!

    http://www.gagagames.com.br/?p=30801

    Quem foi que disse que console novo só presta para jogar FPS?

    O meu Wii é uma máquina de retrogaming. A quantidade de velharias que eu jogo nele supera facilmente a quantidade de jogos novos. É, eu sei, bizarro isso de comprar videogame novo para jogar games velhos, né?

    Eu decidi transformar o Wii na minha máquina oficial de retrogaming. É claro que dá para jogar todo tipo de videogame com emuladores no PC, mas para mim videogame foi feito para a gente jogar sentado no sofá, com um controle na mão, e não colado no monitor do PC, usando o teclado. Daí a necessidade de arranjar um console que oferecesse meios para que eu desfrutasse de uns bons clássicos do passado no conforto da minha sala.

    Neste post, vou passar para vocês a minha experiência com retrogaming no Wii. Espero que seja útil para alguém, e aceito suas sugestões para a gente ampliar o post e deixá-lo mais completo, ok? O espaço dos comentários é todo de vocês!

    Virtual Console

    A opção mais prática (e a única 100% legal) para quem quer jogar títulos antigos no Wii é o Virtual Console. A loja virtual da Nintendo vende vários títulos de consoles antigos a preços que variam de cinco a 12 dólares (entre dez e 20 reais, mais ou menos).

    O procedimento de compra é simples: você conecta seu Wii à internet, acessa o Wii Shop Channel, navega entre os jogos por console ou categoria ou dá uma busca pelo nome do jogo. Quando achar o que deseja, você clica em comprar, informa os dados do seu cartão de crédito internacional, compra “Wii points” (a compra mínima é de 1000 Wii points, ou 10 dólares, sendo que o que sobrar fica no seu saldo para compras futuras) e baixa o jogo. DICA: algumas pessoas têm o cartão recusado na hora da compra. Muitas vezes elas erram na hora de digitar o CEP, que tem que estar IGUALZINHO ao que aparece na fatura do seu cartão. Ou seja, até um tracinho (ou a ausência dele) pode fazer diferença.

    A maioria desses jogos permite que você interrompa a jogatina a qualquer momento para retomar mais tarde, exatamente de onde parou. Mas não é save state: quando você retoma o jogo, o ponto de save é apagado, não dá para dar load e tentar de novo a luta contra aquele chefe maldito, por exemplo. Encare o recurso como uma alternativa a ter que deixar o console ligado para continuar mais tarde. Obviamente, os jogos que oferecem save, como os RPGs, preservam a funcionalidade e você pode salvar como faria em um cartucho comum.

    O Virtual Console está cheio de velharias deliciosas. Eu não sei quanto a vocês, mas eu adoro Mappy.

    Os jogos são bem fieis aos originais. Eu, pelo menos, nunca notei nenhuma bizarrice nos (muitos) jogos que comprei. Gráficos, música, jogabilidade, tá tudo direitinho. Minto: jogos de Nintendo 64 que usam o rumble pack não tremem o controle. Mas no geral a coisa flui muito bem. Quem busca qualidade na emulação pode entrar nessa onda tranquilo. Mas a turma que gosta de acionar mil opções de filtros para melhorar a imagem em emuladores de PC pode tirar o cavalinho da chuva: no Virtual Console a coisa é simples e direta, não há opções extra disponíveis para nada.

    Uma coisa legal do Virtual Console é que, além dos clássicos do passado, rolam também jogos que saíram apenas no Japão em seu lançamento original. O exemplo de maior destaque é o famosoCastlevania: Rondo of Blood de PC Engine, que está disponível para venda no serviço.

    Vale lembrar que nem todos os jogos podem ser jogados apenas com o Wiimote. Se você comprar um jogo de NES ou Master System até dá, mas para jogos de Super Nintendo ou Nintendo 64, por exemplo, você vai precisar de um controle de Gamecube ou de um Wii Classic Controller Pro. Eu falo sobre os dois mais abaixo, vai lendo aí…

    Coletâneas diversas e jogos de Gamecube

    O Wii por si só já tem uma boa variedade de coletâneas de títulos antigos lançadas, mas essa quantidade dobra graças a um grande trunfo do console: sua retrocompatibilidade com jogos de Gamecube (recurso que deixará de existir nos novos modelos de Wii, portanto fique ligado).

    Se você tem interesse em jogar títulos de Gamecube no seu Wii, é bom avisar que só dá para jogar os jogos dele com o controle do Gamecube. O Wiimote simplesmente não funciona quando o Wii roda um jogo de GC. Se você tiver um aí sobrando, ótimo. Se não tiver, pode gastar menos comprando um usado ou adquirindo um daqueles genéricos vagabundos (não recomendo, o que eu comprei deu problema na alavanca em menos de duas semanas). Se parar um dindin na sua mão, recomendo a aquisição do controle de Gamecube oficial que a Nintendo lançou pensando nos donos de Wii. Ele tem um fio compridão e funciona que é uma beleza, eu recomendo muito. Comprei no PlayAsia.

    O melhor de tudo é que, embora títulos do Wii ainda custem caro no eBay, é fácil achar no site de leilões norte-americano jogos usados para Gamecube a preço de banana. E é aí, meus amigos, que nós fazemos a festa. Procurando bem, você consegue uma baita coletânea de títulos antigos até por uns trinta reais (contando com o frete). O único porém é que você precisa ter cartão de crédito internacional. Obviamente dá para achar no Mercado Livre também, mas os preços e a variedade costumam ser mais interessantes no eBay. Brasileiro é fogo e mete a mão

    Seguem algumas coletâneas dignas de nota, tanto para o Wii quanto para o Gamecube, com os respectivos links para as ofertas disponíveis no eBay. Se você sentiu falta de alguma coletânea aqui, diga nos comentários que eu acrescento para a lista ficar completa:

    Data East Arcade Classics [Wii]Dragon’s Lair Trilogy [Wii]Intellivision Lives [GC]Mega Man Anniversary Collection [GC]Mega Man X Collection [GC]Metal Slug Anthology [Wii]Midway Arcade Treasures [GC]Midway Arcade Treasures 2 [GC]Midway Arcade Treasures 3 [GC]Namco Museum [GC]Namco Museum 50th Anniversary [GC]Namco Museum Megamix [Wii]Namco Museum Remix [Wii]Nintendo Puzzle Collection [GC]Samurai Shodown Anthology [Wii]SNK Arcade Classics Vol. 1 [Wii]Sonic Gems Collection [GC]Sonic Mega Collection [GC]Super Mario All Stars [Wii]The King of Fighters Collection: The Orochi Saga [Wii]The Legend of Zelda: Collector’s Edition [GC]

    Faltou alguma coisa? Conte aí nos comentários!

    Emuladores

    Felizmente o Wii conta com um monte de emuladores legais para a gente fazer a nossa festa. O único porém é que você vai ter que desbloquear seu console para instalar os emuladores, não tem outro jeito. O procedimento foge ao escopo deste post, mas olha aí um tutorial bom sobre o assunto aqui. Só tenha em mente que você pode inutilizar seu aparelho se faltar luz durante o processo, e mil outras coisas podem dar errado. Não venha dizer que eu não avisei depois.

    Com o console desbloqueado, você pode rodar vários emuladores (vejam só o tamanho da lista). Obviamente você vai ter que arranjar as roms em algum lugar, mas não me pergunte onde!

    Aí vão minhas opiniões sobre alguns emuladores:

    DOSBox Wii: emulador de DOS que aceita teclado USB. Não cheguei a testar, mas nosso amigoCosmonal diz que é lindo para jogar adventures antigos usando o Wiimote como ponteiro do mouse (“joguei Quest For Glory e King’s Quest VI com ele, funcionou perfeito”, disse ele quase em lágrimas ^_^).aqui, e felizmente ele foi muito bem adaptado para o Wii. Nos meus testes, rodei jogos de Master System, NES, Game Boy, Game Boy Advance, Game Gear e Neo Geo Pocket com perfeição. E o bichinho ainda afirma rodar Lynx, PC Engine (segundo o desenvolvedor, os jogos de CD ficam lentos), Virtual Boy (!), Wonderswan e PC-FX! Também oferece save states.O2em: uau, emulador de Odyssey 2 no Wii! E funciona que é uma beleza, tem até teclado virtual. Testei uma meia dúzia de jogos (dentre eles “Balão travesso”, que eu amava jogar quando moleque) e rodaram perfeitamente.Snes9x GX: este emulador de Super Nintendo roda Mario Kart na velocidade certa, tem filtros para melhorar a imagem (quando ativados o desempenho cai um pouco) e save states. Nos meus testes funcionou muitíssimo bem, eu adorei.Wii2600: emulador de Atari 2600. Uma beleza, os jogos rodam bem pra diabo.Wii7800: emulador de Atari 7800. Também funciona direitinho, vale a pena conferir.

    Cada emulador tem suas próprias exigências em relação aos controles que você pode usar. Mas pelo que eu vi, todos ou quase todos os emuladores dão um jeitinho para permitir a jogatina com Wiimote e nunchuk mesmo, além de oferecer outras opções mais interessantes, especialmente com o Wii Classic Controller Pro.

    Controles

    Este é um ponto que confunde muita gente, então vamos explicar com calma.

    O Wii vem com o Wiimote e o nunchuk para você jogar títulos feitos para o Wii. Com essa dobradinha você pode jogar jogos de ALGUNS consoles disponíveis no Virtual Console, mas não de todos. Para curtir tudo sem medo, você vai precisar do Wii Classic Controller Pro ou do Controle de Gamecube, já que ambos têm mais botões e, se não me engano, são aceitos por todos os jogos do Virtual Console. Se você comprar Ocarina of Time no Virtual Console e só tiver o Wiimote e o nunchuk em casa, meu velho, gastou seu dinheiro à toa. Não vai rolar nem por decreto.

    Como você precisa do controle de Gamecube para jogar os títulos de Gamecube no Wii (já falei sobre isso aí em cima, mas repito: jogo de Gamecube no Wii só funciona com o controle de Gamecube) muita gente acaba comprando só o controle do GC e deixando de lado o Wii Classic Controller Pro. Acontece que eu tenho aqui o Wii Classic Controller Pro, e recomendo fortemente.

    Wii Classic Controller Pro. Não é uma gracinha?

    Ele tem um monte de botões, duas alavancas, pad digital… e os botões estão dispostos de maneira mais convencional, o que é bom para jogos de luta (ninguém merece jogar Street Fighter II no controle do Gamecube). Se estiver com um dindin na mão, pode comprar o Classic Controller Pro que você vai curtir. Mas não esqueça que não dá para jogar jogos de Gamecube com ele! É, eu sei, a Nintendo é uma maldita e faz a gente gastar dinheiro com mil acessórios diferentes.

    ATENÇÃO: existe uma versão anterior desse controle, o Wii Classic Controller (sem “Pro” no final). Ele é diferente e eu nunca joguei nele. Minha opinião vale para a versão Pro, que você vê na foto acima.

    Uma coisa interessante que muita gente não sabe é que o Wii permite o uso de controles de vários controles de consoles antigos. Não conectando diretamente, mas através de réplicas oficiais ou lançadas por terceiros, ou ainda por meio de adaptadores milagrosos. Isso torna a experiência bem mais autêntica, não é não?

    Vamos começar pelos controles que foram adaptados para o Wii. Notem que nem todos são oficiais.

    Arcade Fight Stick (controle arcade não oficial, MadCatz)Famicom (não oficial)Neo Geo (oficial, SNK e Sega)Super Famicom (oficial, Nintendo)Wii Fighting Stick (controle arcade não oficial, Hori)

    Esses aí são os que eu conheço. Conhece mais algum? Avise aí nos comentários!

    Adaptadores de controles

    Para quem já tem os controles em casa e não quer gastar uma fortuna nos controles adaptados, uma boa pedida são os adaptadores de controles. Você conecta o adaptador ao Wii e conecta o seu controle velho ao adaptador. Uma beleza.

    Nenhum desses adaptadores é oficial, e a qualidade deles pode variar bastante, visto que costumam ser amadores ou fabricados por empresas desconhecidas:

    Nintendo Wii 4-in-1 Virtua Retro Adapter: aceita controles de NES, Mega Drive, Super Nintendo e Nintendo 64.Nintendo Wii 2-in-1 Retro Adapter: aceita controles de NES e Super Nintendo.Wii RetroPad Adapter: Aceita controles de Atari, NES, Master System, Mega Drive e Super Nintendo! Um modelo opcional oferece conector para controle de Playstation 2 em vez do conector de Super Nintendo.

    Desses adaptadores, o único que eu tive a oportunidade de testar foi o Wii RetroPad Adapter. O criador dele é brasileiro, e enviou uma unidade de presente para mim. Eu testei o adaptador com controles de Atari, Master System e Mega Drive, obtendo excelentes resultados em todos eles.

    O Wii RetroPad Adapter é meio cru, mas funciona bem pra diabo!

    Uma vantagem do Wii RetroPad Adapter é que, ao contrário dos outros adaptadores, que se conectam à entrada de controle no Wii, ele se conecta ao Wiimote, permitindo a você jogar bem longe da tela. O adaptador faz com que o controle em questão assuma as funções de botões do Wiimote Wii Classic Controller. Só tive problemas com um emulador de Atari 2600, o Wii2600, que por algum motivo insano usa o botão DOIS como botão de tiro. Como o botão de tiro do controle do Atari conectado ao adaptador assume a função do botão 1, a coisa não dá certo. Escrevi um email para o criador do emulador, e ele me disse que está trabalhando em uma nova versão que permite configurar os botões. Aí sim! Mas no emulador de Mega Drive e Master System os controles originais funcionaram lindamente. Não testei no emulador de SNES porque não tenho controle de SNES aqui em casa.

    Ah, o criador do Wii RetroPad Adapter está desenvolvendo uma nova versão do adaptador, com embalagem plástica mais bonitinha (a versão atual é uma placa solta, bem zoneada). Essa nova versão incluirá apenas o conector DB9, que aceita controles de Atari, Master System, Mega Drive e outros. Mas não temam, porque um cabo adicional trará conectores para controles de SNES, Playstation 2 e NES.

    Concluindo

    Eu acho o Wii bacanérrimo para jogar jogos velhos. E com o preço caindo, o negócio fica ainda mais interessante! Além de todos esses jogos velhos emulados, você ainda pode desfrutar de jogos de Wii e Gamecube, o que não é nada mal, não é mesmo?

    Se quiser compartilhar sua experiência retrô com o Wii aí nos comentários, mande brasa! Eu agradeço!

    http://www.gagagames.com.br/?p=30801

    -----------------------------------------------------------------------------------

    Mas é hoje que me acabo com Cadillacs and Dinosaurs emulado nele hahahaha
    Adeus, mundo.

    44
    • Micro picture
      mateusmassa · over 4 years ago · 3 pontos

      Queria um Wii =/
      (e tempo para jogar os Zeldas)

    • Micro picture
      leocarvalho · over 4 years ago · 2 pontos

      Que coincidência: estou saindo do trabalho nesse exato momento pra comprar um Classic Controller Pro. =)
      Eu já tinha lido essa matéria do Gagá (cara, como o tempo voa), e me inspirei nele pra transformar o meu Wii num "console definitivo Nintendo": tenho instalado os emuladores de NES, SNES, GBA e N64. Só me falta um controle de GC (e saber como rodar as ISOs direto do HD).

      1 reply
    • Micro picture
      sulivan · over 4 years ago · 2 pontos

      Cara, muito legal! Parabéns pelo post!

      1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...