2017-06-29 11:16:17 -0300 2017-06-29 11:16:17 -0300

[Primeiras Impressões] Nintendo Switch

Bom, amigos, três dias usando o Switch bem moderadamente, acho que é legal eu falar um pouco sobre o que estou achando do meu mais novo Nintendo...

-> O fato de ser híbrido é ótimo e acho que é o maior trunfo desse console. Vejam só, comprei segunda-feira, hoje é quinta-feira e eu só fui em casa ontem à noite, mas já pude desfrutar de todos os jogos que comprei desde segunda-feira... se fosse um console de mesa, eu já teria infartado de vontade de jogar... felizmente posso fazê-lo na excelente telinha do console.

-> Vem tudo muito bem embaladinho dentro da caixa, que é pequena para padrões de consoles de mesa. O tamanho diminuto do console contribui para isso, mas dentro da caixa tem bastante coisa: 1 Nintendo Switch, 1 Joy-Con direito, 1 Joy-Con esquerdo, 1 cabo HDMI, 1 fonte carregadora, 1 grip para Joy-Cons, 2 straps para Joy-Cons, 1 dock station (essa vem até num plástico-bolha).

-> Logo que liguei o console no hotel já fui fazendo meus cadastros, entrando na internet e rapidamente fiz download de atualização de console para poder usufruir das funções online dos jogos. O processo de download e instalação da att foi super rápida.

-> Enquanto isso, fui mexer no Pro Controller, mas vi que exigia uma carga, escrito na caixa isso, antes do primeiro uso. Coloquei pra carregar e aí fui mexer no Switch. Depois que carregou, pareei rapidamente pelo menu do Switch e funcionou de boa. O controle é muito bom e macio nos botões.

-> O sistema é ultra, mega, thunder simplificado, e os pop-ups, notificações e menus rápidos lembram bastante Android. Mas tipo, é super simples MESMO, do tipo de que se vc quiser fazer algo no console além de jogar e mexer no eShop não tem. Senti falta de features do 3DS e Wii U de monitoramento de atividade, de quantas horas cada jogo, por dia, mês e ano foram jogados e etc... talvez tenha e eu não achei. O fato de ser simplificado e enxuto deve ser o que o faz ser tão rápido. As transições de jogo para o menu Home, ou de ligar o Switch ou de voltá-lo do standby direto para o jogo que está em suspensão são extremamente rápidas. Tirar screenshot também é instantâneo, sem nenhuma demora.

-> Essa simplicidade toda me faz sentir que tem algo faltando, é como se eu estivesse com um protótipo do Switch ainda, de tão limitadas que são as funções. Eu não tenho como mandar mensagem para um amigo, não tem mais o "canal" de estatísticas, que foi tão legal no Wii U e 3DS. Eu acredito que em breve vamos ter mais features, em especial quando o serviço online pago do Switch começar. O fato é que após uma geração enorme com consoles cheios de funções e multimídia, além dessa atual de PS4, Xbox One e Wii U, é esquisito pegar e mexer em um console tão limitado nesse ponto... Mas a fluidez e rapidez de se fazer tudo compensa essa escassez de funções e recursos.

-> A eShop também é muito simplificada e a Nintendo precisa desde há muito tempo melhorar esse aspecto, mas o fato de ser bem menos poluída do que a do Wii U já é uma vitória. E o fato de poder comprar em QUALQUER eShop é ótimo pra nós brasileiros, que temos que driblar da alta do dólar. Ah, e há de se notar que ela é bem rápida na navegação também.

-> Boa duração de bateria, em minha opinião. Joguei antes de ontem sem dockar por mais de 2 horas, parando, deixando em standby, voltando, tirando jogo, pondo jogo, fazendo várias coisas, e quando parei tava com 35% ainda. Achei sossegado.

-> Usei os Joy-Cons acoplados no Switch, no grip e soltos, um em cada mão, e os achei bastante funcionais e extremamente leves (o que pesa mesmo é o próprio Switch). Não senti muita coisa de diferente nas vibrações do controle, mas talvez não tenha jogado nada que me desse essas impressões de gelo no copo, água e afins... Na Grip, seja a carregadora ou a outra, eu achei um tanto estranho, pois ficam estranhamente próximos, é um controle menor, com uma ergonomia diferente. Se vai ser um empecilho jogar com a grip, só o tempo dirá, requer que eu teste mais.

-> Usei a dock só ontem e ficou bem satisfatório. Pra jogar no Pro Controller é excelente, e o Zelda é um jogo pra ser jogado muito mais na telona do que na telinha, pela exuberância das paisagens. A tecnologia de tirar da dock e já aparecer direto na telinha do Switch sem firulas (ou vice-versa) é realmente impressionante e uma mão na roda: Desburocratizar procedimentos para o usuário é algo a ser almejado por toda empresa de tecnologia, e a Nintendo fez justamente isso nesse ponto. Tudo é muito user-friendly.

-> O Zelda joguei até chegar em Kakariko, que é a área que mais sofria no Wii U, e senti apenas uma leve queda de framerate, bem mais suave do que no Wii U, e logo depois ficou estável.

-> ARMS também funciona bem no modo portátil, mas eu acredito ser um jogo de telona grande (porém ainda não consegui jogar dockado), pois ele tem todo um quê de esporte grandioso, pelas arenas, pela música, efeitos sonoros... o jeitão é de jogo para bastante gente jogar e curtir juntos. Devo salientar que é um dos jogos mais difíceis que já joguei na vida, e que é extremamente profundo em suas mecânicas e customização de tipo de luta com os diferentes braços disponíveis.

-> Não tive tempo de jogar o Mario Kart 8 Deluxe, só coloquei no console e vi que funcionava e boa.

Devo concluir que é ótimo ter um console com exclusivos grandes de mesa da Nintendo possíveis de serem jogados em modo portátil. Acredito que isso veio de testes dos Zeldas, Star Fox e afins de N64 saindo no 3DS e que tiveram ótima aceitação.

E o futuro é sólido para o console. Não, o Switch não vai ter Battlefield, Battlefront, não vai ter um novo Bioshock e nem Red Dead Redemption 2. Mas vai ter todo o suporte first party da Nintendo e também todo o suporte das thirds em jogos de portátil, que sabemos que os da Nintendo têm aos montes e de bastante qualidade, e agora com qualidade gráfica bem melhor, para poder se adaptar ás grandes TVs.

A película de vidro e a case chegaram ontem, comprei no Mercadolivre. Mais tarde vou levar o console e a película numa loja aqui da cidade para aplicarem, pq eles manjam mais e eu tenho medo de deixar bolhas. Não tem nas fotos também o Charging Grip, que comprei depois em outra loja.

Em breve, tipo daqui uma semana, faço uma review maior do console, caso alguma opinião mude ou eu descubra coisas novas...

Abraços.

The Legend of Zelda: Breath of the Wild

Plataforma: Nintendo Switch
642 Jogadores
298 Check-ins

58
  • Micro picture
    polarxenon · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

    É um console que eu penso em pegar futuramente... Me atrai muito essa ideia de Virar Portátil tão rapidamente e tals! Sua Pequena Review ficou muito boa!

    1 resposta
  • Micro picture
    mardones · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

    Sonhando com o meu. O fato dos menus simplificados que vc mencionou é bem intrigante, mas pra mim é algo positivo. Tipo as vezes é tanta coisa que jogar fica sendo só mais uma. Não tô criticabdo, mas a Nintendo no meu ponto de vista acerta ao focar 100℅ no game play.

    2 respostas
  • Micro picture
    pokeall · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

    Desculpe pela pergunta mas onde o senhor comprou e quanto foi o console ?

    4 respostas
  • Micro picture
    filipevital · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

    To adorando o console e provavelmente terá um grande futuro!

  • Micro picture
    lukazz · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

    obrigado pelo review, vou comprar o meu esse ano ainda, muita vontade de jogar o mario odyssey, o/

    1 resposta
  • Micro picture
    kwasgamer · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

    Para vc que estava sentindo falta dos registros e estatísticas, Se vc clicar no seu perfil tem registrado um histórico com as horas jogadas de cada game, de nada ;)
    O que faz falta é o navegador, YouTube e Netflix, achei que iam anunciar na E3...

    1 resposta
  • Micro picture
    prrlara · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

    Muito legal o seu review Neto, bem completo!

    1 resposta
  • Micro picture
    wou · mais de 1 ano atrás · 0 pontos

    uma bosta

Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...