pedro_passarin

"The Wishes Are Eternal"

You aren't following pedro_passarin.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • pedro_passarin Pedro Passarin
    2020-09-25 11:32:38 -0300 Thumb picture

    Por que as empresas de games estão "forçando" as mídias digitais?

    Medium 3829068 featured image

    Ao decorrer do tempo. várias mudanças acontecem a todo momento!

    Estamos em constante fases de evolução! E algo que certamente muitos já se deram conta, é que tudo está partindo para o lado mais digital. 

    Quem nasceu nos anos 90 ou 2000, vai se lembrar das locadoras de video games, com as prateleiras bem coloridas com os mais variados temas e artes dos gêneros de jogos.

    No entanto, essa lembrança está se tornando cada vez mais distante com o avanço das vendas de jogos digitais.

    Para fato de comparação, nos anos 90 era comum vermos fita cassete tocando músicas nos carros. Posteriormente os CDs tomaram conta das pochetes dos usuários e atualmente o grande sucesso é curtir um som através do aplicativo "Spotify", devido a praticidade de uso.

    É exatamente o mesmo rumo que os games estão tomando. E embora haja uma grande parcela de jogadores que prefiram ter seus jogos guardados na prateleira da estante, infelizmente a qualidade desses materiais estão vindo cada vez mais baixas.

    Enquanto até o final dos anos 2000 os games físicos vinham com manual, uma capa mais reforçada e encarte com impressão de alta qualidade, atualmente estamos indo na contramão. Abaixo, há uma foto que tirei de dois itens de minha coleção:

    Se pegarmos um jogo de Playstation 4 e analisarmos com cuidado, a capa é bem fraca. O encarte é de qualidade média. Não acompanha manual, vindo geralmente apenas um panfleto de propaganda. E a impressão do disco é relativamente baixa. Sendo que o jogo de Mega Drive, além de vir com uma capa mais reforçada e com qualidades maiores de impressão tanto no encarte como no cartucho, também acompanha manual e um poster oficial.

    Uma das justificativas das empresas sobre os jogos atuais não virem mais com manual, é que estão colaborando com o meio ambiente. E caso algum usuário queira ler, basta entrar no site oficial e baixá-lo pelo navegador do celular ou computador. Alguns games vem com o manual digital incluso dentro do próprio menu principal. 

    Mas a questão é, se as empresas tiveram essa "economia" na redução da qualidade dos jogos físicos em geral, por que o valor do produto só aumenta com o tempo?

    Na realidade, a estratégia é fazer com que o usuário que realmente queira algo com qualidade maior, compre as versões "Special Edition" ou até mesmo a "Collector"s Edition",  para aqueles mais exigentes com conteúdo exclusivo. 

    Porém, como foi mencionado anteriormente, as empresas de games estão apostando cada vez mais em produtos digitais, justamente por causa do lucro envolvido, além de não terem que se preocupar tanto com a logística das mídias físicas no futuro. Por esse motivo, muitos jogos comprados nas lojas virtuais possuem conteúdos bônus para quem adquirí-los. Compreende isso? 

    Recentemente, a Sony revelou dois modelos de Playstation 5 e seus respectivos preços. Temos a versão com leitor para jogos físicos e a totalmente digital. A diferença de preço é de 100 dólares de um pro outro. 

    Para efeito de comparação, o Xbox One S, de geração anterior, também possui essas duas versões, sendo que a diferença de preço de um para o outro era de 50 dólares. Ou seja, por que a Sony está cobrando 100 dólares a menos para quem adquirir a versão digital do PS5? 

    A verdade é que, as vendas de jogos digitais no Playstation 4 atingiram todas as expectativas da Sony, e é nisso que ela quer focar nessa nova geração. A tendência é que muito provavelmente, o "PS6" nem tenha mais a edição com leitor. 

    É claro que, sempre existirá o público mais conservador e que prefere ter seus jogos físicos na prateleira, mas pelo rumo que as empresas estão tomando, o futuro desses games está cada vez mais incerto. 

    Devo ressaltar que jogos digitais possui várias vantagens comparados aos jogos físicos, e vice-versa, mas o ponto desse artigo não é mostrar os prós e contras, mas sim a ESTRATÉGIA que as empresas de video games estão usando para conseguir faturar cada vez mais com o atual mercado, que não pára de crescer.

    Sonic the Hedgehog 2

    Platform: Genesis
    7181 Players
    118 Check-ins

    58
    • Micro picture
      natnitro · 24 days ago · 4 pontos

      Essa digitalização dos jogos ainda traz outro benefício extra que é sabotar a venda de midia física, já que uma das vantagens ai é poder trocar com outra pessoa, pegar emprestado, etc, e ai quem compra um jogo em disco, se não gostar, pode revender depois e recuperar o valor pra comprar outro, já quem compra o digital, acaba ficando com o jogo preso eternamente naquela conta...

    • Micro picture
      thiagoreis · 24 days ago · 4 pontos

      E se um dia a Microsoft ou a Sony deixar de produzir consoles e "falir", fechar servidores. (coisa difícil de acontecer, mas é uma hipótese)! O que acontece com todo o dinheiro que vc investiu nos jogos digitais ?? ... por isso ainda prefiro as mídias físicas, apesar de já estar praticamente comprando jogos somente em digital nos últimos anos...

      2 replies
    • Micro picture
      arthurluna_95 · 24 days ago · 3 pontos

      Eu pessoalmente prefiro a versão física, pq gosto da sensação de ter o jogo em mãos.

  • pedro_passarin Pedro Passarin
    2020-09-17 12:05:02 -0300 Thumb picture

    Por que as empresas estão apostando na Nostalgia??

    Medium 3827400 featured image

    Não é de hoje que as empresas no ramo de games estão investindo pesado em marketing e produtos que reforçam as nossas lembranças.

    E isso não acontece somente nos games, mas também em quase tudo que envolvem lazer e entretenimento.

    Provavelmente, em meio a isso, muitos se questionam o motivo de tanto focarem nesse ponto, na atualidade.

    E uma resposta breve e direta para essa estratégia se chama "Nostalgia".

    Essa palavra está sendo tão utilizada atualmente, que estamos até acostumados de vê-la em vários sites e redes sociais pela internet.

    Porém, por que esse sentimento está sendo tão explorado?

    Segundo os especialistas na área de psicologia, a nostalgia é um dos sentimentos mais fortes do ser humano, pois ela resgata as mesmas sensações que tivemos há muitos anos atrás!

    Um exemplo disso é quando ouvimos uma música que fez parte de nosso passado. A música em si óbviamente não mudou, mas a melodia dela gravou algum momento bom da sua vida, dentro da mente.

    Com isso, lembrar de tempos melhores cria sensações positivas que ajudam a romper o aspecto negativo da solidão e tristeza. Mais do que isso, esse sentimento nos ajudam a aumentar a auto-estima e nos tornarmos mais vivos!

    Resumidamente, a indústria percebeu que, quando um produto mexe com os sentimentos do consumidor, automaticamente acaba sendo comprado, não se importando tanto com o valor!

    Para efeitos de comparação, nunca se viu tanto "remaster" e "remake" feitos de games, como são vistos nos dias atuais. 

    E aproveitando o assunto, a Nintendo lançou a coletânea "Super Mario 3D All Stars". Pra quem não sabe, este game bateu recordes de pré-vendas nas varejistas. Porém, muitos se questionam o motivo de uma coletânea de games antigos estar sendo comprada como água.

    A verdade é que, este game tem o público-alvo específico, que são as pessoas que já jogaram e querem reviver as emoções desses clássicos, assim como também os jogadores mais novos, que terão a oportunidade de apreciar pela primeira vez essas sensações! 

    E cá entre nós... Quem nunca jogou por várias e várias vezes um game, por ter gostado tanto dele? Pois é, agora imagina poder reviver tudo isso vários anos depois... 

    Nostalgia é isso. É o cantinho na sua mente que foi guardado com carinho, e que ao sentí-lo novamente, te faz voltar no tempo.

    E nada mais satisfatório que sentir essa coisa boa em meio de tantos problemas e dificuldades que vivemos ao decorrer do dia-a-dia.

    Super Mario 3D All-Stars

    Platform: Nintendo Switch
    19 Players
    4 Check-ins

    49
    • Micro picture
      sophos · about 1 month ago · 3 pontos

      acho q por causa da idade. os consumidores que jogaram snes tem hoje por volta de 30 a 40 anos. É uma idade de forte nostalgia. Isso não era tão importante nos anos 90 e 2000 qdo os nostalgicos eram ataristas

      2 replies
    • Micro picture
      hyuga · about 1 month ago · 3 pontos

      vou ler depois

    • Micro picture
      santz · about 1 month ago · 3 pontos

      Quem reviver os tempos áureos da infância com jogos clássicos, só ir no emulador, não precisa ficar comprando essas porcarias.

  • pedro_passarin Pedro Passarin
    2020-09-11 11:58:13 -0300 Thumb picture

    Por que Yuji Naka, Pai do Sonic, deixou a SEGA em 2006?

    Medium 3826119 featured image

    Yuji Naka sempre é lembrado como um dos mais importantes programadores da área de games, justamente pelo enorme sucesso que "Sonic The Hedgehog" proporcionou à SEGA e também pelo impacto em que a concorrência levou com as altas vendas do Mega Drive.

    Porém, poucos tem conhecimento que o Pai do Sonic, além de estar envolvido nos desenvolvimentos dos jogos, também esteve na criação dos video games da SEGA, após o Mega Drive.


    Essa estratégia fazia com que a Sonic Team conseguisse extrair tudo

    de melhor do hardware da empresa, para que assim pudessem competir à altura, com as demais concorrentes da época, como Nintendo e Sony.

    O Dreamcast, foi o video game que mais teve investimento em seus jogos. E como dito anteriormente, Yuji Naka sabia exatamente o que fazer com o hardware, tanto é que Sonic Adventure foi divulgado ao mundo de forma muito audaciosa, com direito até mesmo uma apresentação na TV japonesa com uma entrevista com o líder da Sonic Team.

    No entanto, sabemos que o Dreamcast não teve o retorno financeiro esperado e a SEGA passou a apenas desenvolver games, deixando o ramo de consoles.

    Um novo desafio a partir daí se iniciou para os desenvolvedores, pois os programadores não tinham familiaridade com os consoles da Nintendo, Sony e Microsoft, tendo que muitas vezes fazer uma parceria com outras empresas para que assim conseguissem fazer ports  de seus games bases.

    Yuji Naka permaneceu como lider da Sonic Team e nisso a sua responsabilidade aumentou ainda mais, pois começou a fiscalizar todos os projetos da equipe, tanto os jogos portáteis como os de consoles. Assim como também o anime Sonic X, o qual seria produzido e teria como meta impulsionar as vendas dos games.

    A Nintendo, que antes era rival, acabou se tornando uma grande parceira da SEGA, e sempre enxergou a franquia Sonic como sendo parte do seu público-alvo. Com isso, vários jogos do Sonic se tornariam exclusivos.

    Yuji Naka sempre foi uma personalidade forte dentro da SEGA, e muitas tomadas de decisões passavam por ele. 

    Mas com as mudanças contínuas dentro da empresa, a estratégia de mercado dos diretores da SEGA estavam indo na contramão das ideologias do Naka.

    Ou seja, lembram-se do tão criticado "Sonic 2006"? Pois é, o Pai do Sonic não teve envolvimento nenhum no projeto, tanto é que coincidentemente em 2006, o mesmo saiu da SEGA para criar sua própria empresa, a PROPE.

    Resumidamente,  Naka estava cansado de trabalhar em um cargo de gerente de nível superior e queria se envolver mais na criação dos jogos.  Assim como também estava farto da direção que a SEGA estava tomando com o Sonic.


    Takashi Iiizuka, diretor e um dos braços direitos de Naka desde 1994, também não teve nenhum envolvimento com o "2006". Tendo sua responsabilidade focada apenas para jogos spin-offs e envolvimento nas demais franquias.

    Essa época foi tão sombria para os fãs de Sonic, que foi nomeada como "Sonic Cycle". Onde os jogos da franquia estavam perdendo a essência e partindo para várias ideias totalmente "comerciais".

    E você? Sente falta do Yuji Naka na franquia? Deixa seu comentários e até o próximo post!

    Sonic the Hedgehog (1991)

    Platform: Genesis
    9192 Players
    158 Check-ins

    45
    • Micro picture
      artigos · about 1 month ago · 3 pontos

      Parabéns! Seu artigo virou destaque!

      4 replies
    • Micro picture
      andrexdl23 · about 1 month ago · 2 pontos

      Artigo sensacional, mano!!!!

      1 reply
    • Micro picture
      gusgeek · about 1 month ago · 2 pontos

      Interessante, uma dica, faça seus posts em forma de Artigo, que daí eles podem aparecer na aba Em Destaque e mais pessoas podem vê-los!! ;)

      1 reply
  • andrexdl23 Andre Luis Ribeiro
    2020-04-03 22:35:03 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    As batalhas mais épicas da história dos videogames!!!

    Minha história com o anime...

    Recentemente peguei o Storm 4, finalmente!!!! Eu finalizei Naruto (tanto o clássico quanto o shippuden) em 2017, sim, bem atrasado.. hahaha. Mas algo que me cativou demais, foi o imenso arco final da quarta grande guerra ninja!!! Pensem, todos os ninjas, sejam aliados ou não, juntando forças contra um mal maior! Não irei entrar em detalhes porque todos conhecem a história...

    O arco da guerra... ame ou odeie!

    Muitos reclamam desse arco por ser arrastado (realmente, 200 episódios), mas eu não, pra mim nada vai ter um final tão incrível quanto esse arco! Esse lance de todos lutando juntos, num contexto de guerra, me fascina de uma forma!!! Sonic Forces fez exatamente a mesma coisa, por isso é meu jogo favorito da franquia. 

    Ué, virou Dragonball Super agora?

    Outro ponto, é o fato dos personagens ficarem fodasticamente poderosos! De um anime pra ninjas, virou dragon ball, com chuva de poderes estratosféricos. Particularmente, adorei!!! Isso mostra definitivamente a evolução de poder de todos os personagens depois de ANOS de saga!

    Modo história INCRÍVEL!!!!

    Mas enfim, o que queria falar mesmo é sobre o INCRÍVEL modo história desse game!!! Ele reproduz TODAS as batalhas desse arco de uma forma majestosa!!! Elas são extremamente bem feitas, uma mais criativa que a outra. Você luta ""infinitamente"" contra os mesmos vilões, nas suas variadas formas. Cada fase da luta é basicamente um final boss ultra hyper extreme epico!

    O nível de detalhes e criatividade colocada nesse jogo é de cair o queixo. As batalhas sempre variam, eles sempre implementam uma mecânica nova, ou um gameplay novo. Só jogando pra entender. 

    Cutscenes de qualidade ALTÍSSIMA! 

    Além disso, não posso esquecer de citar a qualidade das cenas e dos dialogos. Praticamente TUDO está presente nesse modo história, ou seja, você não precisa ver o anime de tão fiel  que o jogo é!

    Enfim galera, é isso! Se puder jogar, sendo fã ou não, vai valer MUITO a pena a experiência!!!

    Ps: Peço perdão por falar gritando em alguns momentos... O game é TÃO BOM, tão bem feito, que eu fico pasmo!!!

    Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4

    Platform: Playstation 4
    395 Players
    77 Check-ins

    18
    • Micro picture
      igor_park · 7 months ago · 2 pontos

      Tu gostou do Sonic Forces?

      8 replies
    • Micro picture
      gennosuke6 · 7 months ago · 2 pontos

      Os Ultimate Ninja Storms são fodas! É uma boa pra quem quer ver o anime, mas não quer assistir os 1000000 de episódios. kkkkkkk. E é divertido pra caramba!

      1 reply
    • Micro picture
      ersatzgott · about 1 month ago · 2 pontos

      Eu não sei o jogo, mas já que citou o arco da guerra... eu acho ele uma porcaria. Não porque é arrastado igual você citou, e sim por diversos motivos, dentre eles:
      1. A escala de poderes. Isso não começou nesse arco, foi mais pro começo do Shippuden, mas só foi piorando. O clássico era bem melhor com a pegada mais ninja, especialmente no começo.
      2. Vilões ruins. O motivo do Obito provocar a guerra é muito forçado, o Madara foi só um clone do Aizen de Bleach e ainda foi substituído por uma casca vazia que o Kishimoto inventou do nada (a Kaguya).
      3. Destruiu a mensagem da obra. A obra mostrava que o Naruto não tinha nada e conseguiu avançar como ninja pelo esforço e trabalho duro. Além disso, tinha aquilo de vontade do fogo, que meio que passava a ideia de que as gerações mais novas estariam sempre indo a frente. Aí, vai lá e o Hashirama e o Madara são infinitamente mais fortes que todo mundo e o Naruto é, do nada, uma reencarnação de um cara foda. Ou seja, o Naruto tava destinado a isso e o Neji tava certo lá no exame chunin.

      Mas pra não dizer só coisa ruim, por mais lixo que a Kaguya seja, admito que a luta com ela é legal. Além disso, tem aquela do Naruto com o Sasuke que é muito legal quando eles ficam sem chakra (não gosto da parte dos "megazords")

      8 replies
  • pedro_passarin Pedro Passarin
    2020-09-10 10:07:16 -0300 Thumb picture

    Você sabia!? Sonic Heroes foi desenvolvido em apenas 20 meses!

    Medium 734779 3309110367

    Se tem um game que fez parte da vida de muitos jogadores de vídeo games é o "Sonic Heroes" ! 

    Quem teve um Playstation 2, GameCube,  Xbox clássico e PC,  certamente já teve a experiência de provar o quão grandioso foi essa aventura sônica. 

    Mas o que poucos sabem, é que o então  diretor da época, Takashi Iizuka, emagreceu 10 quilos, sofreu de insônia e teve que desenvolver o game junto de 19 colaboradores da Sonic Team em 20 meses! 

    O chefe da Sonic Team, Yuji Naka, na época tinha que administrar os outros projetos, como Sonic Advance 3, Sonic Battle, Billy Hatcher and the Giant Egg, entre outros... Portanto, a maior responsabilidade ficou por parte do Iizuka. 

    A responsabilidade era tão  grande, que por ser o primeiro game multiplataforma da franquia, não poderia ser simplesmente uma continuação do Sonic Adventure 2, e sim, um jogo que conseguisse misturar elementos dos Jogos clássicos e também dos Adventure's.

    Devido a isso, a engine utilizada no Dreamcast não poderia ser utilizada, justamente pela diferença de hardware dos consoles da Sony, Nintendo e Microsoft. Nisso, a Sega fez um acordo com a Criterion Software, para poder utilizar a engine gráfica Renderware (mesma engine utilizada em games como Burnout Takedown, Black, etc...) 

    Com isso, poderiam produzir o jogo base e fazer ports para as demais plataformas sem muitas diferenças. 

    O jogo foi totalmente projetado para que não só os fãs pudessem se familiarizar com a jogabilidade, mas também os novatos. Por isso, temos a jogabilidade em equipes, valorizando o raciocínio rápido e usar a habilidade de cada personagem para os desafios que existem nas fases. 

    Outro ponto interessante, é que Iizuka e Naka decidiram não incluir conteúdo exclusivo para cada console,  para que todos os jogadores pudessem ter a mesma experiência,  independentemente da plataforma utilizada. 

    Há várias outras grandes curiosidades sobre o desenvolvimento do Sonic Heroes... Mas essa é uma história que deixarei para o próximo post! 

    E você? Já jogou este game? Tem alguma lembrança boa sobre ele? Deixe seu comentário! 

    Até a próxima! 

    Sonic Heroes

    Platform: Gamecube
    340 Players
    3 Check-ins

    28
    • Micro picture
      fonsaca · about 1 month ago · 2 pontos

      E olha que eu gostei dele. Imagine se tivesse sido melhor acabado/feito com mais calma? Hahahhaa!

      2 replies
    • Micro picture
      romline5 · about 1 month ago · 2 pontos

      A Sega sempre foi uma empresa que cria games feito água.

    • Micro picture
      thekassian · about 1 month ago · 2 pontos

      da pra perceber q foi as pressas, mas ainda é razoavelmente bom(talvez seja nostalgia)

Keep reading → Collapse ←
Loading...