2014-05-16 10:35:10 -0300 2014-05-16 10:35:10 -0300

Desenvolvedor brasileiro premiado no BIG Festival

PASSA O CONTROLE

Aritana e a Pena da Harpia foi um dos jogos brasileiros premiados na última terça-feira (13) no BIG Festival (Brazilian’s Independent Games Festival), que está acontecendo em São Paulo até este domingo (18). O jogo foi desenvolvido pelo estúdio paulista Duaik e ganhou como melhor jogo pelo voto popular.

Para Pérsis Duaik, um dos criadores do Aritana, o prêmio valeu pelos anos de desenvolvimento do jogo. “Ganhar o prêmio de Melhor Jogo no Voto Popular foi o fruto de um esforço de três anos para fazer esse jogo”, fala Pérsis.

Aritana foi escolhido pelo público que esteve presente nos primeiros dia do festival, que pode (e ainda pode) experimentar cada um dos 22 jogos indies finalistas nas categorias da prêmiação. Ao ganhar pelo voto popular, o game brasileiro desbancou títulos internacionais de peso como Papers, Please e The Banner Saga e o estúdio Duaik ainda ganhou a quantia de R$ 5 mil.

Segundo Pérsis, o que fez o público escolher Aritana foi o fato de ele ser um jogo brasileiro feito para brasileiros. “Fazer algo genuinamente nosso significa ser aprovado no Brasil e por ninguém mais. Por isso, nosso jogo apresenta características únicas”, fala Pérsis, em referência ao elementos folclóricos que estão presentes no game não só na temática, como também na jogabiliade. “O jogo tem golpes representados por animais como onça pintada e mico leão dourado”, diz.

Aritana pode ser comprado na recém lançada loja online Splitplay. Quer experimentar o jogo antes de comprar e não está em São Paulo para jogá-lo no BIG? Sem problema, uma demo está disponível no site do jogo. O título também pode ser votado para chegar ao Steam através do Greenlight.

Like a Boss

Aritana estava exposto no BIG Festival por ser finalista na categoria “Revelação Brasil”, que foi vencida pelo game Like a Boss, do estúdio Fire Horse, um RPG de ação onde o jogador controla um chefe de fase em uma dungeon. O objetivo é lidar com hordas de “heróis” típicos de MMOs e proteger seu tesouro “Like a Boss”.

Allan Smith, um dos desenvolvedores do jogo, diz que pelo nível dos concorrentes, ganhar o prêmio no BIG foi uma surpresa. “o jogo ainda está bem cru, falta bastante conteúdo, faltam varias features, e os concorrentes eram jogos realmente MUITO bons… de verdade, nossa expectativa era 0, acho que por isso foi mais legal ainda ganhar o prêmio”.

Like a Boss nasceu durante uma Global Game Jam e ainda não está concluído. Segundo o Smith, o jogo deve ser lançado no começo de 2015 tanto para mobile (IOS, Android, Windows Phone) quanto para PC, Mac e Linux. “Se tudo der certo queremos levar o jogo também para os consoles um pouco mais adiante. O jogo está sendo desenvolvido em Unity 3D o que possibilita toda essa flexibilidade, mas queremos criar uma experiência diferente em cada plataforma, e não apenas um port que é legal em uma, mas uma porcaria em outra”, completa. Pelo menos o prêmio de R$ 7 mil recebidos por terem vencido a “Revelação Brasil” pode ajudar a Fire Horse a nesses futuros planos.

Outros jogos brasileiros

Para completar a lista de jogos brasileiros premiados no BIG Festival está “Jotunheim Project”, o jogo de estratégia com robôs desenvolvido pelos paraibanos da Prosperity Games. O título venceu a Demonight, categoria que escolheu o melhor jogo que ainda está em fase de protótipo ou inacabado. O estúdio também recebeu R$ 3 mil como prêmio.

Já na categoria de destaque na premiação, o de melhor jogo pelo Juri, o vencedor foi o jogo japonês Nom Nom Galaxy, do estúdio Q-games. O título, que mistura construção, plataformas, defesa e destruição de monstros espaciais levou R$ 30 mil em prêmio, o maior da noite.

Confira aqui todos os ganhadores da segunda edição do BIG Festival. Lembrando que os jogos ainda podem ser experimentados na exposição do evento, que acontece até este domingo, no Centro Cultural São Paulo, das 10h às 22h. A entrada é gratuita.

BIG Festival
Centro Cultural São Paulo
Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso, São Paulo
10 a 18 de maio, das 10h às 22
Entrada gratuita

12
Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...