2017-05-15 04:01:18 -0300 2017-05-15 04:01:18 -0300
papm22 Galard Malvic

O guia (definitivo) do gamer pobre.

Single 3491568 featured image

Salve salve, galera! Aqui é o Galard com mais um artigo feito de coração para auxiliar (assim espero!) a vida gamer de vocês. Há alguns anos, eu publiquei um artigo aqui, com o nome de "O guia do gamer pobre - parte 1", que por várias reviravoltas de minha vida eu nunca pude dar continuidade para ele ... até agora!

Novamente, será um artigo bem mais opinativo e pessoal contendo as minhas vivências desde que resolvi me tornar um colecionador de jogos, com algumas dicas valiosas que só indo à luta pude aprender. 

Antes de tudo, tenho duas pequenas observações:
1- descobri que há um artigo mais ou menos parecido com a minha ideia no site da revista Vice: https://www.vice.com/pt_br/article/um-guia-para-o-...
O problema é que eu achei ele muito sucinto em alguns pontos dos quais eu acho que não se poderia ser.
2- Não vou deletar o artigo antigo. Mas as sugestões que fiz nele estarão contidas neste. Então vamos lá!

Capítulo 1: eu realmente não tenho dinheiro nenhum e quero jogar! Soluções?

Pirataria??????????

No meu outro artigo eu mencionei que era contra incentivar a pirataria por ter amigos que desenvolvem jogos e me limitei a falar dela apenas em alguns pontos positivos. Só que creio que tenha um tanto sucinto neste ponto...

Novamente, não é um incentivo, mas se ela se for o seu ÚLTIMO recurso, não serei moralista em condenar alguém. Lembrando que isto é minha opinião pessoal. Afinal, somente os colecionadores mais bitolados (tipo ... eu!) que irão ter um Ps2 bloqueado com jogos originais. E sim, neste caso, remetendo à minha época de pirateiro juvenil, eu só posso concordar que a opção mais barata é um ps2 desbloqueado. Pode-se encontrar um por incríveis R$ 100,00, com vários jogos, controles, acessórios, e basta uma velha e boa tv CRT ("tv tubão") que também se acha uma por até menos que 100 reais, totalizando em média, entre R$ 200,00 - 300,00 em tudo. Lembrando que isto SÓ vale a pena para o ps2, que tem em todo o Brasil por um preço bem acessível.

Outra opção seria um notebook velho, algo que quase todo mundo têm em sua casa. Isso irá te possibilitar alguns jogos mais antigos de muita qualidade ... só que ai eu REALMENTE acho que não compensa mais piratear. É sério. Vou explicar isso mais para frente. Segurem essa informação ai. 

Mas eu ainda creio que os problemas causados pela pirataria não vão compensar os riscos a curto e a longo prazo (por exemplo, uma empresa desistir de localizar os jogos para pt br por piratearem demais o seu antecessor).

Eis alguns problemas que são comuns em aparelhos desbloqueados:

-problemas no leitor por uso de discos mal gravados;

-problemas na atualização do Firmware do console;

-problemas nas atualizações dos jogos;

-vírus no HD por jogos baixados em sites duvidosos;

-banimento do seu perfil na rede online do console;

Claro, eu estou sendo o mais pessimista possível neste sentido já que existem desbloqueios muito bons por ai. Serve no caso de querer jogar todos os jogos disponíveis na biblioteca do console ou testar algum lançamento. Mas é por sua conta e risco.

OBS: nem pense em piratear qualquer coisa sem o mínimo de conhecimento de segurança em aparelhos informáticos, ainda mais se este for teu objeto de estudo/trabalho. Melhor ficar no campo minado se for assim.

OBS2: Há uma positiva de se piratear um game, que é, no caso de não ter uma versão demo, para ver se o seu PC aguenta rodar o game minimamente bem. Inclusive, os próprios pirateiros incentivam tal prática: 


Emulação

Outro ponto essencial é a emulação. Obviamente, isto não é um recurso para os jogos mais atuais. Só que adquirir um jogo antigo, ainda mais aqui no Brasil, não é nem um pouco barato. Algumas plataformas, como o SNES, N64 (ahhh Nintendo $$$$), possuem cartuchos bem ruins de se achar, sendo que os que existem no mercado nacional são beeeem salgados. Ou seja: para se jogar alguns clássicos, somente por emulação mesmo. Creio eu, que a emulação é um excepcional meio para matar o saudosismo dos jogos da infância. Claro, desde que saiba fazer rodar o emulador e baixar as suas rooms com segurança.

Por fim, o diálogo moral aqui é um tanto mais frágil que os citados acima. Mesmo sendo pirataria, não há um prejuízo tão grande, uma vez que se tratam de produtos extremamente caros, antigos, facílimos de rodar em qualquer pc da xuxa ... mas que sempre serão considerados como pirataria. Enfim, a moralidade e os reflexos do assunto não são um ponto a se discutir por aqui. Só foi necessário expor a realidade para que consiga demonstrar uma outra também possível (e que eu realmente considero bem mais vantajosa).

O Youtube é seu maior amigo ... mas também pode ser seu inimigo.

Atualmente, e de longe, ele é uma das melhores fontes de informações, dicas, gameplays, detonados e tudo mais o que for possível para esta mídia. Então, caso queira ver se um jogo roda bem na sua plataforma, só ver nos canais do Candyland ou Digital Foundry certo? Hum ... quase.

Citei tais canais por serem as principais referências em comparações gráficas dos games atuais. Só que, às vezes podemos ser induzidos ao erro por outros vídeos que não são profissionais e só querem capitalizar likes e inscritos. Um exemplo?



Neste vídeo, o autor jura de pés juntos que conseguiu fazer o The Witcher 3: Wild Hunt, um dos jogos mais pesados da atualidade para se rodar no talo com um pc de configurações bem fracas para atualidade (VGA: GTX 560 / CPU:Q6600 / Memória: 6GB  de ram). E esse sujeito é um mentiroso. Na mesma época eu possuía a mesma vga, um i5 2400 e 8gb de Ram. Eu tentei fazer o jogo rodar de todas as formas, seja na configuração que foi apresentada no vídeo, em configurações piores e nada de rodar o jogo sem que ele travasse e saísse do nada. Quando caiu a ficha, eu tinha adquirido um jogo e jogado ele de forma muito problemática por mais de duas horas, me fazendo perder o direito de reembolso da steam. E eu jamais iria rodá-lo bem com o hardware que possuía. Ou seja: não confiem 100% no que postam no Youtube. Nunca!

Outro problema são os spoilers. Para alguns jogos, isso realmente não importa, mas caso vocês façam o mesmo que fiz com The Last of Us (que na época eu sequer imaginava que teria um ps3 e jogaria este game), a experiência de vocês será reduzida. Usem os vídeos de gameplay com sabedoria.

Mas, também há um conteúdo de ponta no Youtube Brasil. Basta caçar que irão achar. Análises, como as do Nautilus e do Zangado são sempre bem elucidativas para saber qual jogo adquirir.

Consoles antigos são mais baratos?

Em 99,99% das vezes, não. Só serão mais em conta no caso de já ter algum videogame antigo da sua infância guardado, que alguém quer se desfazer a qualquer custo. São inúmeras situações e cada uma será única. Mas ir adquirir um console antigo, com tudo original, em bom estado e funcionando, dificilmente será mais em conta. Mas vai que tem um brechó perto de sua casa vendendo um famiclone velho funcionando ...

Capítulo 2: o planejamento

Sempre que eu ia num boteco com um certo amigo ele me vinha com as suas filosofia de barzinho, e uma delas era: "Se todo mundo se organizar, todo mundo fode!". E com os videogames é quase isso. Mas não ser se vão transar por conta disso, mas que vão jogar a beça, vão!

Fazer um planejamento é  OBRIGATÓRIO para qualquer coisa. E neste caso específico o primeiro a se pensar é num orçamento. 

O orçamento

Bom, quanto você recebe? Não me diga, pois não é obrigado e nem pretendo saber. Apenas tenha em mente, como exemplo, o salário mínimo vigente atual que é de R$ 937,00. Chutando um valor mensal que possa ser poupado, uns R$ 50,00 talvez, calcule, com base na plataforma que estiver interessado, os valores médios dos aparelhos e jogos que pretende adquirir. Melhor ainda é abrir uma poupança só para isto. Mas caso não queira, vai no bom e velho cofrinho de barro mesmo.

Nem preciso dizer que não se calcula isto apenas no valor do console ou do upgrade do PC  (Aliás, esqueçam o PC. É realmente mais barato adquirir um console. Já já explico os porquês). Lembrem-se que também precisarão de um plano de internet banda larga e luz, que são gastos mensais! Fora a necessidade de uma TV ou monitor. Isto sem contar nos jogos.

A internet, neste caso, é essencial para duas coisas: informação e jogar online/atualizar os jogos. É inviável, até mesmo para os pirateiros, jogar sem ter um mínimo de acesso à internet.  Há serviços bem em conta atualmente, na faixa de 30 reais (e incrivelmente melhores que a minha, até!). Só colocar na ponta do lápis o quão está disposto a gastar com isso.

OBS: se possível, fique de olho na flutuação do dólar. Ela é o principal parâmetro para saber se os preços irão subir ou descer.

PC não?

Quase. Até pode pegar um. Mas terão dois problemas bem chatos:

-se pegar um antigo, usado, vai ter que ter alguma noção de informática para não ser enganado. E creiam, isso é MUITO FÁCIL de ocorrer. Fora que vão ter que pegar ou um kit upgrade (placa-mãe, memória ram e cpu, no mínimo) e comprar um gabinete, VGA, fonte, HD, periféricos (teclado, monitor, caixa de som, mouse); ou comprar tudo junto, o que dependendo pode sair pior ainda. Fora que mesmo usado, um pc costuma ser mais caro que um console usado com alguns jogos.

-os jogos, mesmo que sejam mais baratos que os de console, ainda terão de ser colocados no orçamento, enquanto que comprando um console usado com jogos (ou até mesmo um novo e depois se virar para catar uns jogos usados), vai um pacote completo.

Em suma: um pc para jogar costuma ser bem mais caro que um console, mesmo que seja um ps4/xbone etc.


Onde achar?

Te vira malandro! Ok, ok, se leram até aqui, merecem umas dicas:

-olx;
-mercado livre;
-grupos do facebook;
-troca jogo;
-brechós;
-promoções de lojas online;
-amigos, conhecidos;
-o alvanista;
-etc ...

Enfim, vai da sua criatividade e disponibilidade de opções. Nunca deixe de garimpar virtualmente e fisicamente. 

Capítulo 3: escolhendo uma plataforma

Um exercício de autoconhecimento e gostos pessoais ...

Poético, mas funcional... 

Tendo em mente todos os gastos com luz, internet e periféricos, precisamos saber aonde que vamos nos estabelecer e por quanto tempo iremos querer estabelecer aquela plataforma será o nosso principal meio de se jogar. E observe os prós e contras do console escolhido também.

Feito isto, observe o seu estilo de jogo:

- Gosta de algo mais casual? A Nintendo é a melhor, contudo, ela é a mais cara por não ter mais distribuição nacional. Então contente-se em não conseguir jogos baratos, mesmo sendo eles usados, bem como maiores problemas quando for reparar o seu videogame (a não ser que você mesmo saiba fazer a manutenção, o que não é comum);

- Gosta mais de multiplayer?  A Microsoft possui a Xbox Live, que é a rede online para os consoles mais estável. Contudo ela sempre será paga, o que poderá pesar no orçamento. Fora que a maior parte dos seus exclusivos têm o foco em funcionalidades online;    

- Prefere single player? Se não estivermos tratando de jogos mais casuais, onde a Nintendo é melhor nisto, a Sony possui, de longe a melhor experiência single player possível. Sendo que para jogar online no PS3, não precisa pagar nada. Recomendo bastante este vídeo do carpenedo e este artigo para mais informações sobre.

Mas não se esqueçam de que existem jogos casuais nos consoles da Sony e Microsoft; bons multiplayers na Nintendo e Sony e bons singleplayers na Microsoft e na Nintendo.

Isto, eu estou falando em relação aos exclusivos. Há também os multiplataformas, que serão tratados logo mais.

Console novo ou usado?

No meu artigo anterior, eu falei que a prioridade era um aparelho NOVO. O problema é que um videogame novo, lacrado, com garantia da loja, está cada vez mais caro. Sendo assim, procure um aparelho usado, mas que tenha algum tipo de garantia (uma loja que venda videogame usado e que forneça alguma garantia; mercado livre; paypal ou até mesmo comprar de alguma pessoa de confiança).

E claro, dê preferência ao aparelho que vier com o maior número de periféricos possíveis. Principalmente jogos e controles.

Serviços online

Basicamente, os melhores serviços online pagos, são a Xbox Live Gold e a PSN Plus. Ambas fornecem jogos gratuitos, mas a primeira, eles permanecem mesmo que não assine mais a Gold enquanto que na Plus eles só funcionam se continuar assinando.

Ambos os serviços oferecem preços especiais para seus assinantes nas suas respectivas lojas virtuais. Contudo, atualmente a Gold está levando uma leve vantagem sobre a Plus ultimamente.  Fora que a Gold é bem mais estável.

Já o serviço online da Nintendo ... acho melhor esquecer.

Qual geração e porque a 7ª?

Se eu tiver que citar a geração que tem os melhores jogos até atualmente, em 15/05/2017, esta é a 7ª. Ela durou (dura?) bem por 7 anos, tendo apenas dois anos considerados fracos (2009 e 2012, e mesmo assim, nem tanto), tivemos jogos com excelente jogabilidade até os dias de hoje, que não são tão datados graficamente e o principal, a maior parte deles são bem divertidos.

Junte tudo isto ao fator "ahh quero vender meu ps3/360 e os jogos para pegar um ps4/xbone" que está ocorrendo atualmente e teremos a biblioteca de melhor custo benefício.

Obviamente, você pode ser um tremendo saudosista e querer um ps1 com jogos originais, mas ai contente-se em ter pelo menos o quíntuplo de dificuldade em achar jogos originais e ainda por cima, baratos.

E nem pense em pegar um Wii: estamos falando de jogos baratos e bem, a Nintendo não tem nada muito barato por aqui ...

Capítulo 4: os jogos

Mídia digital vs Mídia física

Prefira a mídia física usada. Ela costuma ser mais em conta que os jogos digitais. Fora que ainda terá de baixar a mídia digital. Nada de comprar Lacrado. Quase nunca compensa. Invés disso tenha paciência. Uma hora alguém irá anunciar o jogo que pretende comprar.

Fora que há dois problemas na mídia digital:

- a subordinação às lojas online da plataforma
- e ter que pagar de acordo com os meios que as empresas disponibilizarem. Por exemplo, a psn não aceita boleto. Só cartão pré-pago da sony e cartão de crédito.

Deixe a mídia digital para os jogos indies.

Fuja dos jogos raros ...

Tanto o ps3 quanto o 360 já são plataformas bem rodadas (o 1º vai fazer 12 anos e o outro 11!). Então haverão alguns jogos extremamente caros, como é o caso do Afrika, exclusivo do ps3. Caso realmente queira muito um game raro para o seu console, procure poupar com antecedência, pesquisar muito, pois terá de abrir mão do investimento em outros jogos. Informe-se com antecedência sobre isto.

... e dos lançamentos!

Mas nem sonhando que irá jogar seu Fifa ou Pes atualizados. que custa uns 200 - 150 reais. Caso faça muita questão, saiba que serão bem caros e que não poderá adquirir outros jogos. Concentre-se sempre no orçamento.

Faça um orçamento mensal para comprar jogos, periféricos e imprevistos


Já que trabalhamos os gastos todos desta forma, creio que se economizar entre 30 - 50 reais mensais para este fim, dará para em um ano, adquirir em torno de 10 jogos bons, em média, ao seu gosto. Sempre usados ou em ...

Promoções!!!

Sites como submarino, bigboygames, shopb, americanas, costumam fazer promoções sazonais. Fique de olho sempre! A dica é ter um email cadastrado nessas lojas que eles te enviam as ofertas.

OBS: aproveite e também se liga no http://www.reclameaqui.com.br/ também para não ser enganado por lojas picaretas.


Free to play compensam?

A princípio, não. Eles costumam ser "pay to win", um sistema em que precisa gastar dinheiro para progredir. Mas deve ter algum que preste por ai. Como são gratuitos, baixe e teste para ver se gosta. Só recomendo mesmo se tiver um console sem absolutamente NENHUM jogo.

Troque, troque, troque!!!

Lembra daquela sua coleção de figurinhas que vc trocava as repetidas igual a um condenado? Então, agora nem precisa ser repetido, basta ir trocando até conseguir os jogos que bem entender.

Aonde se informar sobre os melhores jogos?

Basicamente, eu gosto de ver análises no youtube e em sites especializados. Contudo, como se tratam de jogos com um pouco de tempo de estrada (a maior parte foi lançada até 2013), eu adoro ver as médias deles no Gamerankings e no Metacritic. Já o Gotypicks  eu uso para ver as premiações de "jogo do ano" que foram dadas e quantas cada jogo recebeu. Geralmente o "The Big Winner" é um jogo praticamente obrigatório.  Também vale muito a pena olhas listas sobre os melhores jogos da plataforma escolhida e listas sobre os melhores jogos da geração. Sugestões e opiniões são sempre úteis.

De olho nos exclusivos

A cereja do bolo. Todos as três plataformas sugeridas possuem uma vasta gama de exclusivos excepcionais. Procure saber quais são de sua preferência e quais são considerados os melhores de cada plataforma.


Variedade na jogatina: como montar um pacote de jogos?


Essa é uma dica minha. Seja você for um gamer mais eclético, ou até mesmo uma pessoa que goste de jogar com os amigos, é de suma importância ter variedade na sua coleção particular para que possa usufruir de seu console por mais tempo. Então, por exemplo, monte uma biblioteca inicial bem diversa. Eu sugiro em torno de pelo menos 5 a 8 jogos inicialmente, sendo:

1x RPG

1x Jogo de mundo aberto/aventura

1x Exclusivo

1x Luta

1x Focado no multiplayer

1x FPS, de preferência com multiplayer local também

1x Corrida

Com isso, você dificilmente irá enjoar com facilidade do seu videogame.

Os "quase next gen"

- crossgen?


O que são "crossgen"? Basicamente são jogos que são lançados SIMULTANEAMENTE para mais de uma geração, como o Far Cry 4, por exemplo, que foi lançado para ps3, 360, ps4, xbone e pc.  As versões da oldgen (ps3/360) são capadas, mas mesmo assim lhe darão um gostinho de estar jogando algo mais atual. Em 2015 eu escrevi um artigo sobre isto e vocês podem conferir lá se quiserem.

http://alvanista.com/papm22/posts/3150489-jogos-cr...

- jogos à frente de seu tempo e exclusivos 

Novamente metendo o meu bedelho pessoal, vou falar rapidamente de jogos que são tão avançados para os seus sistemas originais que te dão um gostinho de estar jogando algo "next-gen". Não é um top 10.

1) GTA V: o melhor jogo da geração, tecnicamente falando. Ele têm uma performance INACREDITÁVEL. Quase sempre estável nos 30 frames (ok, 28, 29, mas tá valendo), inclusive no multiplayer, gráficos inacreditáveis, enredo envolvente, efeitos climáticos espetaculares, jogabilidade extremamente polida, mapa vivo, campanha muito longa. É o melhor custo benefício da geração.

Observem o que falo da chuva

2) The Last of Us: o melhor exclusivo do ps3, com um dos melhores gráficos, perdendo apenas para Beyond Two Souls, que não tem a narrativa tão envolvente e nem sombra da jogabilidade deste jogo. Tem a melhor narrativa da geração.

3) The Elder Scrolls V: Skyrim: Ok, a sua performance nos consoles deixa a deseja, mas o conteúdo deste game, para mim, ainda faz dele de longe o melhor jogo da geração.  Caso queiram saber os motivos, eu fiz uma análise exclusiva da versão de ps3 dele.

4) Red Dead Redemption (xbox 360): é impressionante até hoje, mas a do ps3 é tão capada ...

5) Halo 4: os melhores gráficos e performance do 360

6) Tomb Raider: um dos melhores jogos de ação da geração com uma qualidade de textura impecável


7) Crysis 2 e 3: De modo geral, Crysis 3 têm os melhores gráficos da geração, mas uma performance medíocre nos consoles, enquanto que Crysis 2 conseguiu equilibrar um pouco este quesito

8) GT6 e Forza Horizon: Os melhores jogos de corrida exclusivos por plataforma e com gráficos impecáveis  e excelente performance.

9) Max Payne 3: a Rockstar têm mania de me surpreender em termos de narrativa, gráficos e performance. 

10) Uncharted 3: apesar do 2 ser um jogo melhor, este jogo tem um dos melhores gráficos que já vi até hoje. E roda muito bem! 

Capítulo 5: o melhor custo benefício em minha opinião

Agora é para falar o que EU faria, seguindo as minhas opiniões. 

O console só poderia ser um PS3. Pq? Motivos:

-tem exclusivos excepcionais, como The Last of Us e Uncharted 2, com longas campanhas single player; 
-possui jogatina online gratuita;
-entre o ps3 e o 360, no geral é muito mais fácil arrumar jogo usado em conta de ps3. O 360 foi bem pirateado no Brasil, o que dificulta um pouco achar bons jogos a baixo custo;
-é um console relativamente barato e fácil de se achar vendendo usado com uns 5 a 10 jogos por um valor bem em conta, entre 500 - 650;
- tem muita gente vendendo, o que diminui o valor geral tanto dos jogos quanto do console;

- eu acho a biblioteca de jogos dele melhor que a do 360;

OBS: ainda recebeu jogos "quase" exclusivos, como o Persona 5.

E faria um esforço para arrumar os seguintes jogos:

-GTA V
-Skyrim 
-The Last of Us
-MK 
-Far Cry 3 
-Destiny 
-Battlefield 4 ou CoD Black Ops 2
-Diablo 3
-Uncharted 2 

-Burnout Paradise ou GT6

Opcional extra: MGSV The Phanton Pain ou Dragon Age Inquisition

Não são escolhas aleatórias:

Uncharted 2 é um jogo muito bom e muito barato, alem de ser exclusivo. o multiplayer dele já está fora do ar, mas pode-se baixar o do 3 gratuitamente para jogar. 

Far Cry 3 é um jogo de tiro, de mundo aberto, que tb é bem barato. Prefiro este ao 4.

Diablo 3 tem um multiplayer longo e duradouro, alem de poder mesclar multiplayer local com online.

MK é o melhor jogo de luta da geração.

Battlefield 4 é um dos melhores multiplayers realistas online (o black ops 2, que não é um cod caro, é no caso de preferir um jogo mais arcade).

Destiny  é jogo online com maior número de jogadores ativos. Alem de dar um gostinho de "next gen"

The Last of Us é o melhor exclusivo do ps3. E ainda tem uma dlc excelente e modo multiplayer ativo.

Skyrim: Prefira a Legendary Edition. Mas mesmo se não conseguir, o jogo padrão está bem jogável no ps3 e continua sendo o jogo mais longo e cheio de conteúdo da geração.

GTA V: O jogo mais polido da plataforma. Em todos os aspectos.

Burnout ou GT6: São os melhores jogos de corrida que se pode ter no console. Burnout é arcade e GT6 simulador (e exclusivo). E ambos são bem baratinhos.

Bônus: MGS TPP ou Dragon Age Inquisition para manter o gostinho de estar jogando algo "next gen" também. Sendo que Inquisition foi o goty de 2014 e TPP concorreu ao de 2015. São excelentes jogos, mas não tão baratos. 

Fora estes que citei, ainda existem inúmeros jogos. Basta pesquisar o que lhe agradar mais.

E ainda têm jogos sendo lançados: 


Mais multiplayers em tela dividida:


Capítulo 6: 8ª geração "baratinha"?

Mas e se quisermos pular a tal da 7ª geração e ir direto para o ps4/xbone/wiiu (que não conta?) ou o switch, é vantajoso? Melhor, seria uma opção viável? Depende.

Um ponto que deve ficar claro desde logo: vai precisar desembolsar mais grana sim do que um console de 7ª geração, mas nem tanto.

Primeiro deve - se pensar no estilo do consumidor de cada um destes aparelhos.


-prefere exclusivos voltados ao single player, uma experiência mais adulta, sem abrir mão dos multiplataformas, em detrimento de uma rede online menos estável? PS4!


-prefere exclusivos voltados ao multiplayer, uma experiência mais adulta, sem abrir mão dos multiplataformas, em detrimento de uma perfomance menos estável, (o que não é uma regra, mas pode ocorrer) e de poucos exclusivos voltados a experiência single player ? Xbox One!

-prefere exclusivos voltados ao público mais casual, com foco em multiplayer local, mas com uma péssima distribuição nacional? Nintendo Switch/ WiiU!

Feito isso, considere a possibilidade de comprar um aparelho usado com alguns jogos (de preferência que tenha tido um único dono) ou um aparelho novo, com algum bundle. Saiba também que você não terá muito jogos, por isso prefira jogos mais antigos e de grande custo benefício, como um grande rpg ou um multiplayer viciante.

Nas minhas pesquisas, o produto de melhor custo X benefício que eu achei foram alguns bundles mesmo, em especial, o do ps4 slim + Uncharted 4 (que tem um single player muito robusto e um bom multiplayer), que já encontrei por 1.200/1.300 reais. Creio que exista algum bundle semelhante para o xbox, mas eu realmente não pesquisei.

Novamente, o que EU faria, seria comprar um bundle desses e uns 5 jogos ao logo do ano, no máximo, já que jogos bons da 8ª geração estão beeem caros ainda.

Grand Theft Auto V

Platform: Playstation 3
6814 Players
723 Check-ins

33
  • Micro picture
    msvalle · over 2 years ago · 3 pontos

    Ótimo artigo, parabéns!

    3 replies
  • Micro picture
    jorgegt · over 2 years ago · 4 pontos

    Nossa!!! Quanta coisa!!! 0.0
    Podia ter feito tipo uma "série", e dividido em vários posts. Acredito que muita gente por aqui não vai ler essa quantidade de texto. E aposto que deve ter muita informação legal aí. Assim que chegar em casa vou dar uma lida.

    1 reply
  • Micro picture
    yon · over 2 years ago · 2 pontos

    Relembrando também que em 2013 um amigo me ofereceu um Athlon II x2 com uma 9800gt e mobo por 150.. Peguei um HD de 500gb que tinha comprado por 60, juntei grana pra fonte, única coisa nova que comprei, + 4gb de RAM usadas + gabinete velho.. E foi o PC que usei até 2015.. E igual tomb raider que vc cita, rodou super bem nele. Jogos até 2013 rodavam mto bem.

    1 reply
  • Micro picture
    waterstill · over 2 years ago · 2 pontos

    Pra mim PC ainda supera qualquer console pra quem não tem muito dinheiro. Jogos no Steam e Gog costumam ser muito mais baratos que em console, multiplayer gratuito, um monte de indies bacanas a preços baixíssimos, emulação... Meu computador nem é grande coisa mas roda quase tudo que eu tenho vontade de jogar, é bem raro eu deixar de jogar algo porque não rodou aqui.

    De console Nintendo pra mim é primeira opção, justamente por ser a com mais jogos que não tem no Steam, e pela qualidade dos jogos. 3DS dá pra achar muita coisa a preço bom (se for comparar com PS4 e Xbox, obviamente não é bom se comparar com Steam), além da galera que usa pirata

    2 replies
  • Micro picture
    yon · over 2 years ago · 3 pontos

    Pior que pra mim tem um charme em se virar pra jogar as coisas.. Procurar o que roda nos hardwares disponíveis, esperar promo na steam pra pegar o joguinho a 4 reais... Essas coisas.
    Além de buscar uns jogos ótimos mais antigos, tipo de snes, que teve uma biblioteca incrível e a maioria não teve possibilidade de jogar na época.
    Por experiência pessoal indico usar aquele PC de família que todo mundo deve ter em casa.. Já aproveita pra ver qual a configuração dele, procurar jogos da época ou indies mais leves, que tem aos montes..
    Dependendo, se for desktop, pode valer gastar uns 200 reais com alguma vga mais antiga e memória ram.

    E além do ps2 já citado (que já roda ps1 tb) , um Wii. Pensa, emula ou tem pelo VC praticamente tudo até a geração 16 bits, tem um bucado de coisa de n64 nativo e além dos jogos de Wii, roda GC também de forma nativa!
    Até hoje uso bastante o meu, já que ligo na tubão e ele tem saída 240p, fica bem melhor que emular no PC.

    7 replies
Keep reading → Collapse ←
Loading...