You aren't following natnitro.

Follow her to keep track of her gaming activities.

Follow

  • natnitro Renata
    2019-05-24 00:16:15 -0300 Thumb picture
    natnitro checked-in to:
    Post by natnitro: <p>Ontem estava cadastrando aqui o novo <strong>Cas
    Castlevania: Aria of Sorrow

    Platform: Gameboy Advance
    2932 Players
    163 Check-ins

    Ontem estava cadastrando aqui o novo Castlevania: Grimoire of Souls para iOSAndroid, com direito a pacote completo de artes de fundo, capas e screens, e dessa vez a dona Lola sumida liberou os cadastros dos jogos em tempo recorde, com exceção das screenshots que provavelmente foram marcadas pra alguém conferir depois pra ver se não tem nenhum nude do Alucard ou coisas impróprias do tipo, e essa vibe toda de Castlevania deu saudades de um jogo que finalizei há um tempão e nem joguei mais depois disso, que é justamente o Aria of Sorrow...

    E ai quando peguei o GBA velho de guerra, deu até um frio na barriga por uns segundos, com medo de que ele tivesse pedido aposentadoria depois de um tempão guardado... Mas quando essa tela apareceu de novo, ai foi só felicidades... \o/

    Ai comecei um save novo com o Soma Cruz e foi só cair no castelo do Drácula pra parecer que eu estava jogando o Aria pela primeira vez, já que não lembrava de quase nada mais além do básico e sai sem rumo mesmo, procurando o caminho e distribuindo porradas no que aparecia pela frente até esbarrar em algum boss pelo caminho, e ai fui juntando umas souls aqui, umas skills lá, umas armas acolá, etc...

    Dai, cheguei a uma sala com um espelho diferentão que eu não lembrava muito bem o que era, e fui interagir com ele só pra descobrir que era um teleporte que me levou lá pro início do castelo de novo, e lá fui eu explorar tudo outra vez, até chegar numa escada que não consegui subir porque não tinha uma skill de planar... E com isso tive que ir lá na frente, do outro lado do castelo, atrás dessa bendita habilidade e depois foi preciso voltar lá na escada de novo pra subir e conseguir avançar mais um pouquinho... 

    Ai nem tinha andando mais do que uns poucos metros quando cheguei numa plataforma que precisava de pulo duplo pra alcançar e lá fui eu atravessar o castelo tudo de novo, pegando umas skills a mais no meio do caminho como a de andar na água, e depois foi mais uma canseira pra voltar até a plataforma e conseguir ir pro andar de cima... E chegando no andar de cima, não andei mais do que uns passos e lá estava uma parede com uma fenda embaixo, onde mal cabia um gato, e dependia do slide pra deslizar no chão, e essa skill fica lá na casa do Cacilds e agora lá vou eu voltar tudo de novo... Eis ai um resumão básico do que é um Castlevania raiz das antigas... xD

    E mesmo com a história do Aria não sendo nenhum primor da dramaturgia, até que ela é bem legal, ainda mais para os padrões do GBA, que inclui ai uns outros Castlevania como o Harmony of Dissonance, onde a história e nada são a mesmíssima coisa, e até que o Aria diverte por umas tiradas de humor como as do Alucard, que está ainda mais rabugento do que o habitual, a ponto de ficar até engraçado, quase lembrando uns dr. House por ai...

    Apesar desse backtracking dos infernos que é marca registrada da franquia, o Aria está me surpreendendo ainda melhor do que na primeira vez que finalizei, não só porque ele é um jogo bem feito para os padrões tão limitados de um GBA, mas, especialmente por causa de umas mecânicas dele como a de conseguir as souls/skills dos inimigos pra usar nas lutas, o que deixa a exploração/backtracking do castelo bem mais light, já que a qualquer momento um inimigo da área onde estamos passando pela enésima vez poderá dropar uma skill rara dele, que vai ser útil pra caramba, quando nem esperávamos por aquele presente... 

    Dessa vez até me empolguei mais pra jogar com um guia, pra conseguir fechar o jogo nos mínimos detalhes, e lá vamos nós atravessar essa budega de castelo tudo de novo, rumo aos 100% ou quem sabe, um pouquinho mais... \o/

    24
    • Micro picture
      zefie · 6 months ago · 3 pontos

      Eu recentemente dei uma experimentada no SotN porque um cara baixou lá no trabalho. Nunca tinha jogado, to perdidão xD parece legal, mas eu preciso chegar bem cedo pra jogar com calma, aí dá preguiça...

      3 replies
    • Micro picture
      jcelove · 6 months ago · 2 pontos

      Gba é guerreiro! Hehe
      Tens aria original ai? Invejo-te novamente Nat!! XD
      Ele e Dawn sao meus favoritos depois de sotn. Gosto demais do enredo "futurista" dele com Draculao ja morto. So fico triste q o Iga nunca tenha feito o jogo da lendária batalha de 1999. Julius merecia.

      1 reply
    • Micro picture
      fernandovst · 6 months ago · 2 pontos

      O sistema de souls pode até ser roubado, mas é legal demais de qualquer jeito haueuahsueu eu adorei pegar todas no new game +, na verdade eu parei pra fazer quase tudo de tanto que eu gostei, só faltou 0,2 no mapa haueuaueuah. A OST é show demais também, a música da primeira área, da luta contra o Julius, da do Top Floor, do Floating Garden... quando eu me lembro desse jogo da até vontade de jogar de novo uaheusueuaha. E jogar assim no GBA deve ser show

      1 reply
  • natnitro Renata
    2019-05-22 04:00:01 -0300 Thumb picture

    Castlevania: Grimoire of Souls sumiu e não mandou nem lembranças...

    Eita coisa linda essas artes do jogo... <3

    Estava aqui olhando a lista das conferências da E3 que começa no próximo dia 11/06 e senti a falta da Konami, que não estava no cronograma oficial, mas foi só dar uma bisolhada na net que logo apareceram algumas notícias de que eles estarão na E3 sim, e há planos de anunciarem até mesmo um novo jogo, que especula -se que seja um CONTRA, além do PES 2020, que já era de se esperar mesmo e, nessa hora ai, veio uma lembrança repentina do que foi feito justamente do Castlevania: Grimoire of Souls, que até fez algum barulho no anúncio no ano passado e depois evaporou no ar...

    E, em todas as notícias mais recentes que apareceram, o máximo que diziam é que o jogo será lançado em algum momento de 2019, provavelmente como exclusivo de mobiles, com um co-op para até 4 jogadores, e só não falavam se será pago ou não... Mas, considerando o histórico da Konami, que até hoje não liberou nem um desconto minimamente decente na Steam pro MGSV: Phantom Pain que é de 2015, ai quem estiver animado em jogar, na dúvida, já é bom ir fazendo umas provisões de fundos na carteira pro Grimoire of Soul... o_O

    Já um ponto legal ai é que no ano passado liberaram um beta do jogo para o pessoal do Japão e bastante gente gravou e postou no youtube e isso ajudou a dar uma ideia do que esperar do jogo, que pela primeira impressão ai, bem que tenta pegar todos aqueles elementos mais marcantes dos jogos mais aclamados da franquia como o Sotn, Rondo of Blood, Dracula´s Curse, etc, mas, sinceramente, bastou ver um pouquinho do gameplay na prática que o hype caiu bastante, especialmente pela lentidão no combate, os inimigos todos iguais e pelas fases curtas e nada criativas, que foram as partes que incomodaram mais aqui...

    Eis ai um gostinho do que será o jogo, com 1h de gameplay do closed beta liberado pro Japão no ano passado:

    E o pior é que, mesmo sendo pra mobile, a Konami poderia ter feito algo muito melhor ai, se inspirando no gameplay do Super Castlevania IV, que é muito mais dinâmico e combina bem mais com um co-op pra mobile, enquanto o sistema de rpg mais focado em narrativa e exploração fica perfeito para se jogar com um bom controle, esparramado na nossa poltrona/cadeira favorita, com uma tela bem maior na frente e sem ficar se preocupando com tempo curto e bateria descarregando...

    Já que uma nova continuação do Symphony of the Night que é bom a Konami não quer lançar mesmo, tomara que o Grimoire of Souls, quando sair,  sirva pelo menos pra dar aquele gostinho de nostalgia dos bons tempos de Castlevania que não voltam mais... @_@

    ComboInfinito: Konami na E3 2019.

    Castlevania: Symphony of the Night

    Platform: Playstation
    9880 Players
    303 Check-ins

    20
    • Micro picture
      santz · 6 months ago · 2 pontos

      Putz, quase me esqueci desse jogo. Cancelaram mesmo?

      3 replies
  • natnitro Renata
    2019-05-17 00:18:49 -0300 Thumb picture

    Ubi na E3 2019: Expectativa vs Realidade...

    De 11 a 13 de junho vai acontecer a E3 2019 e, no dia 10/06, às 17h, a dona Ubi vai marcar presença lá como de costume e juntando esse evento às notícias recentes de que eles teriam 3 jogos novos AAA ainda não anunciados que poderão chegar até 2020, como o @msvalle já postou aqui, eis algumas pistas fortes dos coelhos doidos, ops, rabbids que a Ubi poderá tirar do chapéu do Mario esse ano... :-)

    E lá vai a lista da Expectativa vs Realidade:

    1º - SPLINTER CELL: realidade

    Começando pelos três jogos AAA ainda não anunciados, o palpite mais forte ai é que o primeiro deles será justamente um novo Splinter Cell, que apesar de não ter quase nenhum hype sobre ele até agora, esse jogo já deve estar em desenvolvimento há pelo menos uns 4 anos+, o que até comentei com o @zefie há um tempinho atrás, e só não apareceu ainda por causa do The Division, especialmente o 2, que foi um dos maiores recordes de venda no lançamento da história da Ubi, e, com isso, a franquia TD ganhou mais atenção e o Splinter Cell foi deixado de lado temporariamente, até por ser bastante focado no stealth também, o que é algo que nem todo mundo curte, e também porque não teria um multiplayer com tanto potencial quando o The Division 2, etc... 

    E com os The Division esfriando um pouco este ano, essa E3 é uma ótima ocasião pra tirar o Splinter Cell da gaveta e dar uma variada no cardápio também...

    2º - WATCH_DOGS 3: realidade

    Esse já está vazando mais do que peneira e parece que não há grandes novidades e nem muito hype em cima do WD3 também, porque basicamente poderá ser um requentation do WD2, só que em Londres dessa vez, inclusive pela pista deixada no 2, que era uma coordenada geográfica que apontava diretamente pra Brixton, que fica na capital inglesa. 

    Apesar dos leaks até agora, ainda não comentaram muito sobre o rumo que a história terá e quem poderá ser o novo protagonista ou mesmo se terá alguém dos anteriores como o Aiden Pearce, o Marcus, T-Bone e cia... 

    3º - AC RAGNAROK: expectativa

    Desde que soltaram por ai um cartaz dentro do The Division 2 com um possível easteregg do que seria um novo AC com temática nórdica, envolvendo vikings com um artefato que poderia ser um fruto do Éden e citações a Valhalla e afins, não pararam de pipocar leaks de um próximo AC Ragnarok... 

    Há leaks por ai que, inclusive, seriam de um suposto insider da Ubi, que usa o 4chan pra divulgar os vazamentos, e, no dia 6 de maio passado postou as seguintes infos sobre o jogo:

    --------------------------------------------------------------------------------------------

    "Assassin’s Creed (codenamed) Kingdom planned to come cross gen 2020

    -Actual name is Assassin’s Creed Ragnarok

    -Main character is ally of Ragnar Lodbrok and aids in the formation of Great Heathen Army

    - Map is split into several kingdoms encompassing all of Great Britain, Denmark, Sweden, Norway, and Finland

    - Kingdoms are split into regions that can hold settlements.

    -Settlements have some customization and in game economy systems

    - Large scale “conquest” battles return, and can be used to weaken enemy hold on regions and parts of the story

    - Player does become an assassin and use hidden blade

    - First Civ lore is a bit less than Odyssey, finding a vault and Mjolnir

    - Game is developed primarily by Montreal

    - Creative Director is Ashraf, Darby McDevvit is the Narrative Director

    - Sofia is assisting but is planning on creating a DLC set in Iceland and using Yggdrasil to move across the 9 realms

    - Co-op is returning, and can be used in most side quests and world exploration

    - RPG mechanics, eagle, and ship combat is all returning

    - Ship combat is toned down to focus more on exploration

    - Game is more focused on exploration, removing question marks on the map, and making players want to explore locations for better loot (like Breath of the Wild)

    - Larger emphasis on build and armor usage.

    - Player has ability to change outfits on the fly, which can speed up or slow down notoriety build up in different kingdoms and stop Sheriffs coming after you"

    ---------------------------------------------------------------------------------------------

    Apesar de serem rumores bastante convincentes sobre o AC Ragnarok e de darem a ideia de que, na prática, o novo jogo pode ser um Odyssey 2.0 - Vikings, o que me deixa com uma pulguinha atrás da orelha sobre esse não ser o próximo lançamento cânone começa pelo detalhe de que a Ubi sempre gostou de trazer personagens históricos para a franquia, misturando realidade e ficção, já que a ideia do animus, memórias genéticas e afins nos AC sempre foi a de fazer da história o nosso playground e, no caso ai, quem curte a mitologia nórdica já deve estar por dentro de que nem mesmo os historiadores tem certeza sobre a identidade real do Ragnar Lodbrok, que acabou virando uma espécie de rei Arthur viking, onde predominou a mitologia dos contos antigos sobre a realidade, tanto que até hoje especula -se qual dos seis líderes/reis nórdicos que viveram nos séculos VIII e IX, que poderia ser o Ragnar Lodbrok real... 

    (fanart do AC Ragnarok)

    E como o Ragnarok/Kingdom tende a ir pro sistema de rpg puro, provavelmente com um protagonista masculino ou feminino totalmente customizável, esse conjunto de incertezas históricas ai poderia combinar mais com um jogo genérico pra mobile mesmo...

    A única coisa incomodando um pouco a pulguinha atrás da orelha aqui e que dá uma pista no sentido contrário, de que seja um jogo canônico sim, é o detalhe de que a Ubi adora entrar na onda das modinhas... E como a temática vinking está na moda por causa do God of War onde o Kratos abraçou a mitologia nórdica de vez, além da série Vikings da Netflix e do hype absurdo do filme Vingadores Ultimato, onde o martelo do Thor, o lendário Mjolnir, teve seu momento épico na história, isso ai já dá um prato cheio pra Ubi se esbaldar, já que eles mergulharam de cabeça na moda anterior que começou com o Witcher 3, que passou o rodo geral em 2015 como o melhor rpg da década, e lá se vão 4 anos mas até hoje a Ubi continua amassando barro em cima dele no Odyssey e tudo indica que nos próximos ACs também... 

    4º - ASSASSIN'S CREED LEGION: realidade

    (Ryse: Son of Rome)

    Aqui é que está a minha aposta para o terceiro AAA ainda não revelado que a Ubi poderá anunciar na E3, dia 10/06 próximo, e que deverá sair até 2020, porque desde que veio o reboot da franquia com o Origins em 2017, a própria equipe já confirmou que ele seria parte de uma trilogia chamada Empire, que envolveria os grandes impérios da antiguidade que seriam Egito, Grécia e Roma Antiga... 

    Egito foi o primeiro no Origins, Grécia aparece atualmente no Odyssey e, pela lógica ai, o próximo título deverá ser no Império Romano, pra concluir essa fase inicial do reboot que poderá, inclusive, abrir caminhos para futuros títulos como o Ragnarok/Kingdom se for mesmo canônico, outro novo capítulo no Japão feudal que há passarinhos piando por ai de que já está em desenvolvimento e que bebeu pra valer nas fontes de Ni-Oh e mais recentemente na de Sekiro também, pra dar aquela pitada de souls-like pro jogo, além de outras possibilidades ai que já foram jogadas no ar lá no database do AC4 ainda... 

    Já o que pode ser confirmado em breve na E3 é sobre a história do novo AC, que o mesmo usuário do 4Chan dos leaks do Ragnarok ai já teria vazado sobre o Legion também, e, segundo ele, a história supostamente se passaria por volta do ano 121 d.C, na época do imperador Marcus Aurelius, que é o pai de Commodus, seu sucessor no trono e o mesmo vilão do filme "Gladiador", que seria o novo inimigo dos assassinos da antiguidade, como comentei aqui antes... 

    (Ryse: son of Rome)

    A expectativa ai é de que o jogo seja basicamente um clone do filme Gladiador, com um assassino/mercenário no lugar do general romano, o que é um forte indício sim de que pode ser real, até porque a Ubi gosta bastante de requentar clichês e esse do filme seria um prato cheio, juntando ai o detalhe de que o Coliseu nessa época estava novinho em folha e ficaria perfeito pra uma temática de gladiadores, etc. 

    Mas, a melhor das realidades ai seria se a Ubi pegasse a lore dela própria pra requentar, e, em vez de um assassino genérico no filme Gladiador, o protagonista fosse ninguém menos que o Brutus, que era um dos assassinos que matou Júlio César e, inclusive, já apareceu no Origins como discípulo da Aya, e que era uma das figuras principais do AC Brotherhood, na missão dos esconderijos dos lobos de Rômulo... 

    E pra ficar prático e perfeito de vez, bastaria juntarem a lore do Brutus e da primeira civilização que já aparece na franquia há tempos, incluindo a Juno, Minerva, Marte e cia, além dos templos antigos que ficam escondidos nas ruínas de Roma e que pipocam nas infos a todo momento em um simples passeio pela cidade no ACB, ai bastaria copiar e colar o mapa do Brotherhood no Legion, apagando uma coisinha ou outra que estaria fora de época, depois dar uns tapas nos gráficos e o jogo ficaria perfeito, ainda mais porque juntaria diferentes eras dentro da própria franquia e seria a conclusão épica da trilogia Empire... \o/

    5º - PIONEER: realidade

    Pra quem ainda não sabia, a Ubi também teve um projeto syfy chamado de Pioneer, que seria um jogo de exploração espacial "não violento", nas palavras do próprio desenvolvedor, que começou a ser criado em 2013, como uma alternativa mais family-friendly ao AC3, The Division, Far Cry 4 e cia. 

    E esse projeto durou bastante, já que no WD2 de 2016 tinha até mesmo um easteregg real dele em uma missão do jogo:

    E durante o desenvolvimento surgiram alguns perrengues que incluiu a saída do diretor Alex Hutchinson que também trabalhou no AC3, depois veio outro balde de água fria com o fiasco do No Man's Sky, que era de temática muito parecida, e mais uns contras ai acabaram pesando para o suposto cancelamento do projeto em janeiro de 2019...

    Porém há passarinhos piando por ai de que na verdade o jogo não foi cancelado mas sim recebeu um reboot, até pra não ficar tão parecido com o No Man's Sky, e que ele pode ser revelado em breve, com chances de ser na E3 agora em junho, mas com um projeto um pouco diferente do original...

    6º - Correndo por fora do páreo: 

    Pra encerrar o textão, ainda há outros jogos da Ubi que poderão aparecer nessa E3, não no páreo principal, mas que podem trazer umas novidades interessantes ai:

    -- Ghost Recon: Breakpoint: lançamento previsto pra 04/10/2019;

    -- Beyond Good & Evil 2: podem enfim anunciar a data de lançamento na E3;

    -- Rayman/Rabbids: 

    Esse é outro título que há rumores de que esteja em desenvolvimento há um tempinho e que pode aparecer agora na E3, mas até agora ainda não há nenhum leak sobre nome, data de lançamento, etc. O único rumor mais forte é de que o Rayman pode ser o mascote da Ubi no Super Smash Bros Ultimate, por causa dessa amizade colorida deles com a Nintendo...

    -- Just Dance 2020 /Just Sing:

    Just Dance já virou o arroz da festa da Ubi e já é esperado que seja lançado um novo jogo em breve, mas, um tempinho atrás, uns rumores correram soltos por ai de que poderiam estar pensando em mudar um pouquinho as coisas e, em vez do mesmo jogo de sempre, poderiam estar cogitando ressuscitar um projeto antigo da Ubi que era um karaokê chamado "Just Sing", que saiu em 2016 pra consoles e que praticamente ninguém ficou sabendo, e acabou morrendo logo depois e dessa fusão de just dance com karaokê, sairia um show completo...

    Apesar do hype estar em zero pra tudo nesse ano, pena que não há nada de concreto sobre o Just Sing até agora porque seria sensacional demais poder brincar de Yuna RBD, igualzinho no início do FFX - 2, e se o povo daqui de casa já sofre comigo zoando de Donna Burke no karaokê, nem queira imaginar com  esse showtime ai então... xD

    AC Ragnarok - 4chan.

    The Enemy - Ubisoft E3 2019.

    Kotaku - The Real Story Behind Pioneer

    Ubisoft:Just Sing

    Tom Clancy's Splinter Cell

    Platform: PC
    477 Players
    36 Check-ins

    20
    • Micro picture
      zefie · 6 months ago · 2 pontos

      Um novo Splinter Cell seria muito bem vindo mesmo, apesar que eu preciso voltar e terminar o Blacklist ainda xD acho que vou me focar nele assim que terminar o Fire Emblem Awakening, que é emprestado de uma colega do trabalho e já está comigo faz quase um ano ahhahahahuahu.
      E eu to sem expectativas nenhuma para essa E3, então espero que as empresas me surpreenda. :)

      2 replies
    • Micro picture
      leandro · 6 months ago · 2 pontos

      Queria um remake do AC 1. Aliás não tinha rumor desse que a Ubi já estaria trabalhando nisso?

      1 reply
    • Micro picture
      speedhunter · 6 months ago · 2 pontos

      Não sou muito fã de AC, mas adoraria ver um ambientado com ninjas na era de sengoku do japão.

      3 replies
  • natnitro Renata
    2019-05-07 21:40:09 -0300 Thumb picture
    Post by natnitro: É sempre bom ver uma crítica nova do @juninhonash p

    É sempre bom ver uma crítica nova do @juninhonash por aqui, ainda mais quando o assunto é DmC... E realmente o DmC5 raspou na perfeição, como o Juninhonash explica tão bem ai, falando de todos os pontos fortes e fracos do jogo e eu só acrescentaria mais um detalhe útil pra quem for atrás da platina, que não é das mais fáceis: vá pelo instinto puro de ação e reação pra ver o que funciona melhor em cada situação, em vez de apegar a uma estratégia de um Daigo Umehara e ficar tentando aprender padrões de comportamento, posturas, etc, porque se tem uma coisa que o DmC5 segue na pontuação de Style do jogador é porra de lógica nenhuma mesmo... huahauahuahua

    Um Jogo Que Passou Raspando na Perfeição

    Review by: @juninhonash

    Devil May Cry foi uma franquia que sofreu, de formas justas e injustas ao longo dos anos, depois de um primeiro jogo de sucesso...

    Keep Reading →
    22
    • Micro picture
      juninhonash · 6 months ago · 2 pontos

      Obrigado Nat, e é bem isso mesmo, eu to tentando a platina, e sinceramente a lógica dos style points é bem retardada, tem hora que você toma DANO e ganha mais ponto que situações onde beira o perfeito sem dano nenhum. Fiz várias vezes isso e em especial na missão 10. É onde mais acontece. Essa missão tem alguma coisa errada no decorrer dela.

      3 replies
  • natnitro Renata
    2019-04-27 22:21:23 -0300 Thumb picture

    Batman Arkham Crisis - Rumores e hype nas alturas!!!

    Depois de fechar o Arkham Knight um dia desses, fui direto pro new story+ e ai, enquanto fazia a 5ª missão do Charada pra pegar as chaves da Catwoman, ele soltou umas baboseiras aleatórias como sempre, mas uma coisa que o Charada falou me deu um estalo na hora, daqueles que nos fazem acordar do saco cheio de ficar repetindo aquelas missões de novo, que era sobre os predadores, mais exatamente sobre corujas e morcegos...

    E pra quem curte as hqs, essa referência ai é um baita easteregg de uma série do Batman de 2011, uma melhores novels do morcegão e uma das poucas coisas que se salvam da perda total na fase New 52, que é justamente a série "Corte das Corujas/Noite das Corujas"...

    Fiquei com isso na cabeça e então fui pesquisar na net se aquilo era mesmo um easteregg das corujas e se tinham mais deles no jogo que não peguei na hora, e a melhor surpresa do dia foi descobrir que não era só um simples easteregg da hq, mas do próximo jogo da saga Arkham, que poderá se chamar "Batman Arkham Crisis" e há rumores fortíssimos de que já está em produção há uns 2-3 anos e pode ser anunciado agora na E3, com lançamento previsto pro halloween, dia 31/10 próximo...

    E alguns sites por ai até especulam sobre detalhes do jogo, que teriam vazado recentemente, e são os seguintes:

    "– A trama será muito mais complexa do que nos jogos anteriores.

    – Gotham City apresenta um ciclo dia/noite e é 1,7x maior que o mapa de GTA V.

    – Batwing substituirá o Batmóvel. Pode ser usado em combate ou como meio de transporte.

    – Possui multiplayer co-op, mas não integrado na história principal. Co-op será jogável por algumas missões secundárias.

    – As missões secundárias foram drasticamente alteradas e não terão 15 minutos de duração. Cada missão terá em média 3 horas de história.

    – Não há mais troféus Riddler. Eles foram substituídos por 31 desafios complexos."

    Ai foi aquele lindo momento WTF quando que li que a história do jogo poderá ser baseada justamente na "Corte das Corujas", onde ele investiga uma antiga lenda urbana de Gotham, que vem dos primórdios de sua criação, e pode ser mais real do que ele imaginava e tudo ai combina perfeitamente com as leaks, já que a história é realmente muito mais complexa na parte de investigação e o morcegão atua tanto como Bruce Wayne durante o dia, quanto como Batman à noite, o que justificaria bem os turnos dia/noite, e com um mapa maior de Gotham e possivelmente arredores também, o Batwing será perfeito mesmo pra locomover mais rápido e também na parte da "Noite das Corujas", onde ele cai como uma luva nas partes de ação aérea como na luta contra os Garras...

    E outra coisa que bate em cheio é a parte do co-op, já que tem várias partes da história em que o Batman trabalha junto com o Asa Noturna, que inclusive é uma das peças chave pra ele conseguir resolver o caso, além do Capuz Vermelho e a Barbara Gordon ainda como Batgirl, que também entram em cena, o que ficaria perfeito no próximo jogo, ainda mais depois do Arkham Knight, onde o arco da história deles foi bem apresentado na trama...

    Agora é esperar a E3 em breve e torcer pra que seja verdade mesmo, porque só de imaginar isso tudo ai no Arkham Crisis, o hype já foi pra estratosfera... \o/

    PS: Por obséquio Rocksteady/WB, dessa vez façam uma versão decente pra pc, porque o Arkham Knight estava ferrado de doer... >-<

    Fontes:

    #IGN - Próximo jogo da Rocksteady é Batman Arkham Crisis.

    #IGN-BR Batman - Game com a Corte das Corujas pode estar em desenvolvimento.

    #Ovicio - Próximo jogo do Batman se chamará Arkham Crisis.

    Batman Arkham Knight

    Platform: PC
    548 Players
    239 Check-ins

    37
    • Micro picture
      raiden · 7 months ago · 2 pontos

      Seria ÉPICO DEMAIS se isso tudo fosse colocado em prática!!!!!!! *-*

      1 reply
    • Micro picture
      zefie · 7 months ago · 2 pontos

      A Corte das Corujas é umas das histórias dele que eu não conheço absolutamente nada além da premissa, então se for baseada nela mesmo, até eu vou me animar pra jogar xD

      3 replies
    • Micro picture
      msvalle · 7 months ago · 2 pontos

      Ótimas expectativas, @natnitro! Tomara que se confirmem! Vou até reler a Saga das Corujas hehe

      1 reply
  • natnitro Renata
    2019-04-18 23:16:20 -0300 Thumb picture

    Só um detalhezinho besta sobre a Notre Dame no AC Unity...

    Depois desse incêndio trágico na catedral de Notre Dame em Paris no dia 15/04 passado, começaram a pipocar umas (fake)news por ai sobre a possibilidade de usarem o modelo do AC Unity como referência para a reconstrução da catedral, mas tem um porém ai, já que quem começou essa onda provavelmente não soube de um detalhezinho besta que aconteceu na época da produção do jogo, que foi lançado em 2014...

    E esse detalhe é que a Ubi até tentou copiar a Notre Dame 100% fiel à original, porém, foram proibidos de fazer isso por causa do copyright, já que a catedral é protegida por direitos autorais que impediram que ela fosse copiada digitalmente idêntica à original, então o jeitinho que a Ubi arrumou pra driblar isso foi modificar a Notre Dame no jogo, fazendo uma projeção de como ela era na época da Revolução Francesa e ai juntaram com algumas características do presente como texturas e cores, além de outras criações próprias como as artes internas, vitrais, etc, que foram feitos aleatoriamente pra não violarem direitos autorais de terceiros...  

    E antes de virar mais um textão sobre AC, fica ai o resumo da ópera com uma parte do comentário que deixei num post do DarlanFagundes há um tempinho atrás:

    "E como fizeram foi uma réplica da Notre Dame, se forem usar a do jogo como referência pra reconstruir a original hoje, ai lascou..."

    #Fontes sobre o problema do Copyright da Notre Dame na época do lançamento do AC Unity:

    1: Stevivor: Copyright meant Assassin's Creed Unity couldnt replicate Paris Notre Dame

    2: Polygon: Assassin's Creed Unity Notre Dame.

    Assassin's Creed Unity

    Platform: PC
    413 Players
    131 Check-ins

    45
    • Micro picture
      filipessoa · 7 months ago · 3 pontos

      Bem, vou repetir o que disse na mesma postagem só que com outras palavras:

      THE DAME PARADOX (2020)
      Coming soon in theaters!

      2 replies
    • Micro picture
      salvianosilva · 7 months ago · 3 pontos

      Bem lembrado. Tava lendo essa noticia a um tempo atrás

      1 reply
    • Micro picture
      germalen · 7 months ago · 2 pontos

      platinei este jogo estes dias, e quando li essa noticia já tinha imaginado q era fake, mas seria foda se fosse verdade, HAHAHAHA

      1 reply
  • natnitro Renata
    2019-04-11 00:01:59 -0300 Thumb picture
    natnitro checked-in to:
    Post by natnitro: <p>#Desafio do Nakero: 08 de 12 jogos fechados em 2
    Batman Arkham Knight

    Platform: PC
    548 Players
    239 Check-ins

    #Desafio do Nakero: 08 de 12 jogos fechados em 2019! \o/

    Batman Arkham Knight finalizado!

    "I am Vengeance, I am the Night, I am Batman!"

    Depois de umas 106h de jogo, com metade ou mais desse tempo só juntando as tranqueiras do Charada, enfim consegui terminar o Batman AK com o knightfall protocol ativado no final... \o/

    E foi por pouco que todo esse trabalho de catar os 243 troféus do Charada não foi perdido pra um bug, isso com o save já nos 95% e umas quebradas, faltando só o último troféu de Bleake Island pra enfim arrancar o Charada do buraco para lutar e ai, do nada, a missão de destruir as armas nos esconderijos do Pinguim congelou nos 60% e as duas últimas não apareciam de jeito nenhum, sendo que era justamente no quinto esconderijo onde estava o último troféu e, sem esse troféu, adeus boss fight do Charada... >-<

    E ai a paciência acabou de tanto perder tempo esperando aparecer a missão no esconderijo do último troféu e achei melhor ir avançando pra chegar ao final logo e, por uma tremenda sorte, assim que entrei na penúltima missão principal, enfim o próprio jogo se desbugou e liberou as duas side missions finais dos esconderijos do Pinguim pra eu pegar o último troféu e depois fui chutar a bunda do Charada e então já emendei direto pro final, com o Knightfall Protocol ativado, que foi uma conclusão épica pra saga Arkham do Batman, que passou a história inteira lutando com seu pior inimigo que nem era o Coringa, ou o cavaleiro de Arkham, ou o Espantalho, mas sim ele próprio...

    E com a saga Arkham devidamente fechada, bem que poderiam lançar novos jogos do morcegão em breve, pegando arcos diferentes da história, e nisso seria mais do que bem vindo um crossover do multiverso DC, ainda mais que o AK já dá esse gostinho com montes de eastereggs o tempo todo, começando pelos edifícios do Lex Luthor no centro da cidade, mais uns cartazes na estação com um tour de dirigível pra Metrópolis, além de um capanga nas ruas dizendo que votaria no Luthor pra presidente dos Eua, ou outro dizendo que pra Gotham piorar de vez só faltava o maluco de capa lá de Metrópolis chegar voando por lá, etc. 

    Lobo -- Thanos, Deadpool, Joker e cia de vilões são aprendizes perto desse cara... \m/

    E como sonhar ainda não custa nada, bem que da próxima vez poderiam trazer como vilão um cara que é meu ídolo absoluto da DC, que é justo o maior casca-grossa do universo, ninguém menos que o Lobo, que poderia aparecer atrás de alguma recompensa pelo Batman e ai tocar o terror por Gotham só pra fazer o morcegão aparecer, ainda mais que de caos o Lobo entende melhor do que ninguém e, quem sabe, isso poderia render um ótimo spinoff ai de Liga da Justiça vs Esquadrão Suicida, hehe... xD

    E com o AK, lá vai mais um jogo pra tabelinha do desafio do Nakero em 2019... \o/

    #Jogo 08 de 12: Batman Arkham Knight

    Já platina tá desanimando um pouco, ainda mais que o AK é um daqueles jogos sacanas que obriga quem quer ir pelos 100% a comprar todas as dlcs cosméticas, só por causa de umas conquistas sem-vergonha do tipo " obtenha 21 estrelas nos desafios de VR usando o Batmóvel dos anos 60", "obtenha 21 estrelas com o Batmóvel do filme de 1989...", etc, etc, etc... Mas, lá vamos nós rumo aos 100% de conquistas enquanto a paciência não acaba de vez... :-)

    28
    • Micro picture
      zefie · 7 months ago · 2 pontos

      Parabéns por mais um finalizado :) aqui também a coisa tá esquentando e devo fazer um post em breve, com o finalizado da vez. Agora que to de férias, é o momento pra tirar todo o atraso do desafio e adiantar um pouco xD

      1 reply
    • Micro picture
      _gustavo · 7 months ago · 2 pontos

      Aewww, parabéns ^^. Eu acho que um jogo da Liga da Jutiça nos moldes da trilogia Arkham seria foda demais, pena que a DC não se ajuda kkkkk

      1 reply
    • Micro picture
      filipessoa · 7 months ago · 2 pontos

      Parabéns! Acho que todos nós concordamos que a DC poderia criar todo um universo nos games seguindo a lógica Arkham ;-;

  • natnitro Renata
    2019-04-04 00:11:39 -0300 Thumb picture

    Falando sobre a identidade perdida dos AC um dia desses...

    #AC Odyssey e AC Legion:

    Recentemente a Ubi lançou as sequências 2 e 3 da dlc "Legacy of the first blade" do Odyssey e o mais engraçado é que todo mundo com quem troquei umas ideias sobre a dlc bateu exatamente no mesmo ponto crucial, que é como a mudança do jogo pra RPG não foi exatamente uma boa escolha para a lore da franquia no geral...

    (AC Odyssey: Legacy of the First Blade)

    E pra dar uma ideia da discussão, o ponto que mais incomodou ai teve a ver com o conflito do que, teoricamente, o Odyssey deveria ser um sistema de rpg onde o jogador tem liberdade de escolher o que vai fazer na trama e, por outro lado, há o fato de que os AC sempre focaram nas memórias genéticas de alguém que viveu no passado, o que deveria ser algo imutável, ou seja, uma história pronta e acabada, sem qualquer margem de mudança pela pessoa do presente, que deveria ser apenas um expectador das lembranças do passado... 

    Só que ai tem um detalhezinho besta de que há histórias que ficam perfeitas pra um RPG, como no caso do Witcher, onde o Geraldão vive fatos que se passam depois do final das histórias dos livros do Andrzej Sapkowski e qualquer coisa que ele aprontar não vai fazer diferença mesmo, porque isso não afeta mais o passado...

    (Darius, ou melhor, Artabanus -- Eita raiva pela Ubi não ter colocado ele como protagonista no lugar daqueles panacas genéricos. >-<)

    O problema maior é que no Odyssey aconteceu justo um dos piores medos ai, que era o estrago que a mudança pra RPG faria na história da franquia, o que comentei há quase um ano atrás aqui, e o melhor exemplo disso é justo na dlc "Legacy of the first blade", que conta uma parte da história do Darius, que é o primeiro a usar uma lâmina oculta, e ai, com o sistema de rpg e a falta de cuidado e preocupação dos roteiristas, a incoerência rolou solta na história do protagonista genérico...

    Nos AC, a transição pra rpg com escolhas não é tão simples assim porque são memórias genéticas de alguém do passado que já morreu e concluiu sua história, que é algo que apenas poderá ser visto por outra pessoa no presente, sem interferência nenhuma, mas os roteiristas se esqueceram disso e colocaram nas mãos da Layla a opção de escolher o que Kassandra/Alexios vão fazer no passado e ai, suponhamos, se no lugar dela fosse o Desmond, e ele tivesse a opção de voltar lá na época do AC Revelations e impedisse que o Ezio e a Sofia Sartor se conhecessem, ai não existiriam nem a Flávia e o Marcello Auditore e suas respectivas linhagens e, por consequência, nem teria o Desmond no presente... 

    (Darius, Kassandra e Natakas com o filho Elpídio)

    E foi exatamente isso que fizeram no Odyssey, já que a Layla é quem decide se a Kassandra terá (OU NÃO) um romance com Natakas e, desse romance, nascerá um menino que se chama Elpídios (que também pode ser o filho do Alexios com a Neema, em outro furo do roteiro) e o outro detalhezinho besta ai é que foi o Elpídios que levou adiante a linhagem do Darius, que chegou também ao Egito, tanto que a Aya no Origins é justamente descendente direta dele, por sua linhagem grega... 

    E ai, se por uma linha de diálogo pra escolher, resolvermos tirar o Elpídios da história, a consequência disso é que não teria a linhagem dele que chegou ao Egito, também não teria a Aya, e sem ela não haveria a ordem dos hidden ones e, por consequência, não existiria nem mesmo o credo dos assassinos... >-<

    Agora se não bastasse essa incoerência sublime ai da Ubi, que por uma linha de diálogo opcional consegue matar a franquia AC inteira, em breve, outro clone do Odyssey já deve chegar por ai com os primeiros teasers, que é o AC Legion, que é o codinome do terceiro título da saga Empire, que será ambientado em Roma, e especula -se que será por volta do ano 121 d.C, na época do imperador Marcus Aurelius (não é o mesmo general Marco Aurélio que era amante da Cleopatra na época do Origins, por volta do ano 30 a.C), sendo que quem assistiu ao filme "Gladiador", deve se lembrar bem do vilão Commodus, que era justamente o filho de Marcus Aurelius que se tornou seu sucessor no trono e conseguiu a façanha de se tornar um dos piores imperadores da história romana e a consequência de seus atos se refletiu também no futuro, levando a inevitável queda do Império Romano do ocidente nos séculos seguintes... 

    (Commodus no filme Gladiador)

    E nessa parte ai já veio aquela pulguinha coçando atrás da orelha de que não deve ser mera coincidência terem escolhido justo esse imperador, porque é a chance perfeita da Ubi fazer aquele clone ultimate do filme Gladiador, ainda mais que nessa época ai do Commodus, o Coliseu estava novíssimo em folha e os massacres mais sanguinários de gladiadores na arena eram a principal atração de Roma, tal qual retrataram bem no filme... 

    Até ai seria sensacional mesmo ir brincar de gladiador no Coliseu, tal qual o Ryse: Son of Rome deu apenas um gostinho, mas, como a Ubi é a inimiga ultimate da perfeição, o palpite ai é que lá vem a mesmíssima fórmula requentada do Odyssey, incluindo a porcaria do grinding e a repetitividade à exaustão das mesmíssimas missões secundárias e, pra chutar o vespeiro de vez, o jogo poderá ser rpg puro, com personagem mercenário, genérico e customizável e com escolhas no estilo causa-consequência, o que deve dar um poder god-mode total para a Layla mudar o passado à vontade... >-<

    (Ezio no ACB com a armadura e os pergaminhos de Brutus)

    Já o que mais desapontou aqui foi pensar que novamente vão enfiar um mercenário genérico na história, em vez de pegarem toda aquela lore sensacional que estava escondida nas entrelinhas do Brotherhood, com o legado do Brutus e sua ligação com a primeira civilização, que é uma das melhores histórias sobre os "deuses antigos" na franquia até hoje, o que seria um elo perfeito do passado da franquia com o ACB e o Legion, pra fazer a felicidade geral dos fãs, tanto os novos que conheceram da fase naval pra frente, além dos veteranos que sonham com o retorno do credo à suas raízes, de acordo com o Codex do Altair...

    E essa seria a chance perfeita para a Ubi recuperar essa identidade perdida que outrora tornou os AC tão conhecidos e se perdeu tanto hoje em dia, a ponto de uma simples linha de diálogo genérica de rpg ser capaz de matar a franquia inteira desde sua origem... o_O

    PS: Dona Ubi, chega de batalha naval porque ninguém aguenta isso mais!!!! 

    Fonte sobre o AC Legion: SegmentNext

    Assassin's Creed Odyssey

    Platform: PC
    60 Players
    24 Check-ins

    39
    • Micro picture
      msvalle · 7 months ago · 2 pontos

      Ainda não terminei de jogar a expansão - e ainda vai ter mais uma sobre Atlândida, não é? - então não li tudo, mas guardei aqui para quando terminar ver suas impressões sobre mais essa bola fora da Ubi: quando acerta em uma coisa (mecânicas) falha em outra (história e "legado" da série hehe)

      1 reply
    • Micro picture
      roberto_monteiro · 7 months ago · 2 pontos

      Eu estou bem distante da franquia, retornei agora para o III, mas li e concordo com tudo! Ahahahha
      Eu entendo que a franquia como um todo precisava de uma reformulação, e que esses novos jogos com uma pegada mais RPG deu isso a ele, mas um fato é um fato e com o passado não se meche, pelo menos essa não é a ideia do jogo...
      Então fazer o personagem poder escolher algo no jogo, isso é no minimo ridiculo... Entendo nos antigos ter o esquema de sincronia, você pode acabar não vivendo a história correta do personagem, mas há um minimo, de 100%, que deve ser concluído da memória...
      Eu não sou muito fã desses RPGs que vc vai escolhendo e fazendo vários finais, mas respeito o estilo, contudo! Pra mim AC deveria pegar uma linha mais Gof of War ou até mesmo seus jogos antigos: Olha tenho uma história pra te contar.
      Quando a história do jogo é boa, e a Trilogia Alditore é boa, você não precisa dar ao jogador 7 finais para gerar o replay, mas né, minha opinião de merda hahahaha

      1 reply
    • Micro picture
      polarxenon · 7 months ago · 2 pontos

      Olha, Eu gostei do Odyssey e até relevo muita coisa dessas escolhas feitas, acontece q a Ubi tinha feito o certo e essa escolha no final do EP 2 da DLC não existia quando ela foi lançada, seu personagem ia ter um filho e ponto, mas por pressão da comunidade que problematizou esse acontecimento a Ubi criou essa " simples linha de diálogo genérica de rpg"
      Acredito que eles queriam tanto acabar com essa "polemica" que fizeram uma coisa sem pensar nas consequências mesmo, afinal essa linha de dialogo no final da DLC, se vc escolher não ter um filho o EP3 nem acontece, afinal toda a história do EP3 é sobre resgatar o BB!
      Então sei lá... Só imagino mesmo que exista o final verdadeiro que deva ser levado em consideração e o final genérico de quem jogou por jogar!
      O Proximo jogo (que venha logo por favor) deveria seguir os acontecimentos do final verdadeiro (que é Elpídeos nascendo e levando a linhagem pra frente)

      Agora só espero que não seja essa loucura genérica novamente, com um personagem q vc cria... E sim uma história legal com um (ou 2 quem sabe?) personagem que existem mesmo e tals, essa formula deu certo por ANOS de franquia, agora eles querem mudar e ferrar com tudo? Besteira deles...

      2 replies
  • natnitro Renata
    2019-04-02 05:05:42 -0300 Thumb picture
    natnitro checked-in to:
    Post by natnitro: <p>#DmC5 nos 100%&nbsp; - Missão Cumprida!!! \o/\o/
    Devil may Cry 5

    Platform: PC
    93 Players
    67 Check-ins

    #DmC5 nos 100%  - Missão Cumprida!!! \o/\o/\o/

    Depois de uma pequena atualização que saiu ontem (01/04), enfim o Blood Palace apareceu no DmC5 para a felicidade geral da galera que adora sofrer nos Boss-Rush modes pela vida... \o/

    E a expectativa era alta para que nessa dlc liberassem também o Vergil, a Lady e a Trish pelo menos para o Blood Palace, mas ainda não foi dessa vez, já que o jogo trouxe no menu apenas os três protagonistas da história que são o Dante, Nero e V, com 101 missões frenéticas em sequência, com tempo cronometrado e recursos limitados, o que deixa as coisas realmente tensas, mas, ao mesmo tempo, ficou sensacional porque tem como conferir na prática como cada personagem se sairá com um boss que ele não enfrentou na história e ai fica bem louco ver, por exemplo, o V que é o mais limitado em combate, passando sufoco e tendo que se virar com um inimigo que o Dante arrebentaria a cara dele com dois tapas, etc...

    "What you lack, is this... ♥"

    E depois de passar umas 5h e 45min só no Blood Palace com Dante, Nero e V pra completar as 3 últimas conquistas que faltavam, enfim missão cumprida com o DmC5 nos 100% e, de presente de consolação, vieram mais provocações Ex para cada protagonista que chegou até o final e as taunt ex do Nero e do V são bem meh, mas as do Dante ficaram sensacionais pelo nível da zoeira e canastrice que agora vão de um novo show de dança a um coração que ele desenha no ar, que é puro easteregg do DmC4, que pra ficar impagável de vez, só faltou aquela rosa nos dentes de novo... xD

    E com o DmC5 devidamente masterizado, lá vamos nós outra vez, já que o próximo da fila agora é no Batman Arkham Knight, que deu a louca de ir nos 100% também, apesar das trocentas tranqueiras do Charada pra juntar, mas tá valendo ainda assim, mesmo se levar até o final do ano, porque o jogo tá cada vez mais sensacional... :-)

    25
    • Micro picture
      _gustavo · 7 months ago · 2 pontos

      Parabéns ^^
      Eu deixei bkp dele salvo pra continuar mais pra frente no Dante Must Die, tenho q andar um pouco com a minha fila aqui shaushausa

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 7 months ago · 2 pontos

      Eita, parabéns! Acho que nunca terminei o Blood Palace em nenhum dos jogos da série. Sempre ma cansava/frustrava MUITO na metade. Mesma coisa pra Onimusha.hehe

      1 reply
  • natnitro Renata
    2019-03-26 21:24:08 -0300 Thumb picture
    natnitro checked-in to:
    Post by natnitro: <p>Empolguei tanto no DmC5 que praticamente passei
    Batman Arkham Knight

    Platform: PC
    548 Players
    239 Check-ins

    Empolguei tanto no DmC5 que praticamente passei o mês de março só por conta dele para concluir quase todos os desafios, incluindo a pedreira de fechar todas as missões com S geral e, enquanto dia 1º de abril não chega com a dlc do Blood Palace pra fazer as 3 últimas conquistas que faltam pra 100%, lá vamos nós de Arkham Knight pra variar o cardápio e matar saudades do morcegão... \o/

    Há um tempinho atrás fiz uma maratona da saga Arkham e era pra ter incluído o Knight na lista também, mas ele acabou ficando de fora por causa de um dos trocentos bugs do jogo, que pouco antes já tinha sido retirado da loja da Steam por umas semanas pra ser todo remendado e, ainda assim, logo depois veio mais um perrengue que era uma incompatibilidade com o driver mais recente da Nvidia, que dava crashes aleatórios e fazia fechar do nada, e ai o saco encheu de ficar brigando com jogo pra fazer ele rodar e desisti do AK de vez... >-<

    Mas, um dia desses, o mestre dos checkins-share Andre_andricopoulos estava jogando justamente o Arkham Knight e falamos bastante no post dele sobre o final do Knightfall Protocol e ai veio aquela vontade de jogar o AK de novo e, enquanto ia me divertindo nas missões do Dante no DmC5, ficando só nos combos e bloqueios do Royal Guard pra deixar a coisa mais hardcore, coloquei o Arkham Knight pra baixar e lá se foram quase 40GB com dlcs, patches e tudo mais, que era um pouco mais do que o tamanho original do download no lançamento...  

    E na hora de abrir o jogo, até veio aquele friozinho na espinha de medo de que pudesse começar o festival de bugs outra vez, mas, assim que cai no mundo aberto com o morcegão, foi aquela cara de WTF ao ver o jogo rodando lisinho a 60fps, com tudo no talo, e ai sim Gotham virou aquele espetáculo, sem nenhum bugzinho sério por horas a fio... *-*

    E se tinha uma coisa que me enchia o saco pra valer na primeira vez era justamente o batmovel, que veio com uma jogabilidade medonha no lançamento, e parece que enfim até ele recebeu um patch milagroso que melhorou demais a resposta dos comandos e ficou supimpa de sair brincando de tanque pela cidade, ainda mais quando vou alternando do dualshock pro teclado, pra jogar a parte das corridas como um NFS das antigas, e agora sim ficou divertido de sair zoando de carro pra todo lado e tocando o caos em Gotham...

    Apesar do mico de terem lançado o AK todo quebrado pra pc, ao menos as devs tiveram um mínimo de respeito pelos jogadores e tiraram o jogo da Steam para ele ser devidamente consertado e agora sim está valendo a pena mesmo jogar o AK, que finalmente virou um dos melhores jogos do morcegão já feitos até hoje... <3

    E lá vamos nós tocar o caos outra vez e também tentar lembrar onde fica cada um dos trocentos troféus do Charada e mais aquele milhão de coisas a fazer pra ativar o Knightfall Protocol tudo de novo... o_O

    24
    • Micro picture
      _gustavo · 8 months ago · 2 pontos

      Eu sofri com uns bugs do jogo mas fiz questão de fazer 100% nele kkkk, pra mim os capangas do Charada sumiram do mapa quando falta só 3 charadas pra completar e pegar ele kkkkkk, aí eu recorri a um guia mas como não sabia oq faltava acabei tendo q ir de um por um vendo, demorou um bocado mas no final valeu a pena, e eu joguei ele ainda no meu pc antigo sem conseguir rodar direito, qualquer dia vou reinstalar brincar nos desafios com os outros personagens em glorious 60fps tb kkkkkk

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 8 months ago · 2 pontos

      Kkkk...mestre dos check ins.😎
      ...
      Que bom que curtiu o Batmóvel agora ...
      ...
      Tirando o chato do CHARADA... adorei o game.
      Boa jogatina...

      2 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...