narshe_pub

Desde 2013, mantendo viva as memórias de FFVI,com imagens e curiosidade sobre esta obra prima!

You aren't following narshe_pub.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • mastershadow mastershadow
    2019-07-17 17:42:17 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Diálogos alternativos do Shadow - Part 2

    Originalmente, era pra Shadow ser um personagem fixo no World Of Balance após os eventos de Thamasa. Porém a Square decidiu dar a ele um papel mais importante e heroico no Floating continent.


    O curioso é que seu diálogo na Airship Blackjack nunca foi removido do game, podendo ser visto com editores hexadecimais.

    Agora o mais interessante, é que é possível de fato colocar Shadow no grupo e na Blackjack definitivamente, sem o uso de cheats, mas sim usando um Glitch famoso no game, que lhe da acesso a Blackjack antes do normal, podendo pular eventos e literalmente "quebrar o game".

    Quem se interessar em testar o Glitch, pode dar uma olhada no tutorial neste SITE que está em inglês.

    Quem quiser testar, eu tenho save sates do emulador Snes9x com Shadow já na Blackjack, com o glitch ativado,qualquer coisa só mandar mensagem.

    Screenshot do Shadow na Blackjack:

    Final Fantasy VI

    Platform: Playstation
    750 Players
    18 Check-ins

    38
  • mastershadow mastershadow
    2019-07-17 17:23:33 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    ​Diálogos alternativos do Shadow

    Faz tempo que não posto quase nada de interessante do Final Fantasy VI,meu game favorito, então ai vai uma coisa bem curiosa, para os amantes dessa obra prima e , principalmente, aos fãs do ninja Shadow.

    Isso é uma coisa que eu descobri sozinho, la pelo ano de 2002, jogando a versão do PS1, devido a curiosidade em saber o que aconteceria se ignorasse o Shadow em certos pontos.

    Isso é algo que eu NUNCA  vi em nenhum lugar da internet,  se alguém  já viu isso, por favor me manda até  um link só por curiosidade!

    O fato que descobri, é que  dependendo onde você decide conhecer o Shadow, seus diálogos sofrem alterações,em alguns pontos são coisas minímas, mas muito interessantes.

    Primeiro exemplo: Se você não entrar no PUB em South Fígaro no inicio do game e não conversar com Shadow ali no balcão,você só o verá mais tarde na casa do pai de Gau,portanto você o conhecerá ali,aparecendo aquela descrição do personagem e tudo mais.

    Neste ponto o seu diálogo muda um pouco, mais precisamente aquele trecho onde ele explica para Sabin ,as atividades dos soldados do Empire tentando invadir Doma.

    Segundo exemplo: Você também pode não entrar no PUB em South Figaro, e não entrar na casa do pai de Gau quando estiver com Sabin . Ai técnicamente você( o grupo)só conhecerá Shadow em Kohligen,onde ele estará no bar dessa cidade.

    Neste ponto, ao invés da frase que ele usaria ''So meet again'' Shadow se apresenta com uma frase totalmente nova no jogo, ele diz o seguinte: ''I have forsaken the world...some people call me of Shadow.''

    Após se apresentar, o diálogo segue o mesmo, onde ele pede dinheiro pra alimentar interceptor,em troca de seus serviços.

    Terceiro Exemplo: Se deixar pra conhecer o ninja na quarta vez em que encontrá-lo, onde é obrigatório o encontro, (já que General Leo apresenta ele ao grupo que vai a Crescent Island,) Shadow vai se apresentar com a mesma frase que usou em Kohligen,como se não conhecesse o grupo .''I have forsaken the world...some people call me of Shadow.'' 

    Parece  que no Script original do FFVI,tem um diálogo não usado também, "Never before met" onde Shadow diria que nunca tinha encontrado o grupo antes, a linha de texto  ainda pode ser encontrada na ROM de Snes, mas acabou sendo descartada na versão final.

    Só acho estranho a própria FF Wikia nao falar das alterações nos diálogos do Shadow.

    E de brinde ,um Wallpaper  de qualidade duvidosa que montei no jurássico período de 2002,usando uma ferramenta de extração de Cgs de games de PS1.


    Download tamanho original:

    Final Fantasy VI

    Platform: Playstation
    750 Players
    18 Check-ins

    37
    • Micro picture
      manoelnsn · 6 months ago · 3 pontos

      Sempre pego o Shadow logo no começo, mato ele e só revivo no phantom train, ahuahua

      2 replies
    • Micro picture
      rax · 6 months ago · 2 pontos

      interessante.Não sabia dessa.

      2 replies
    • Micro picture
      ryou · 6 months ago · 2 pontos

      Boa! Também não sabia desses detalhes. Em relação a ele só sabia mesmo aquele de esperar até o último instante pra pular.

      1 reply
  • 2019-07-17 16:55:53 -0300 Thumb picture
    44
  • 2019-07-17 16:50:28 -0300 Thumb picture
  • 2019-07-17 16:38:02 -0300 Thumb picture
  • fabiano_m_machado Fabiano M Machado
    2019-07-17 00:13:08 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Melhor Final Fantasy de todos os tempos

    Para mim esse Final Fantasy e o melhor de toda a franquia dos jogos que já sairam, nem sei quantas vezes eu já terminei esse jogo e só sei que para chegar no final sempre deixo todos os personagens no ultimo nivel, sempre todos no 99, coisa de doido mesmo mais e um doido apaixonado por esse jogo, historia perfeita, arte perfeita, trilha sonora perfeita, tudo perfeito nessa obra de arte que pode passar anos que para mim nunca vai envelhecer.

    Final Fantasy III (US)

    Platform: SNES
    2680 Players
    105 Check-ins

    24
    • Micro picture
      mastershadow · 6 months ago · 5 pontos

      Sem Shadow de duvidas hahaha.Esse é o melhor Rpg do mundo, mais profundo e humano, é o jogo da minha vida e nao canso de dizer isso no alva e em todo lugar.

      2 replies
    • Micro picture
      rax · 6 months ago · 4 pontos

      O jogo não é perfeito.O Game é bugado pra caramba e ainda tenho algumas coisas a reclamar.

      Mas de fato é ainda até hoje um game excelente.

      Praticamente uma unanimidade os fãs dizerem que esse é o melhor da série (e eu concordo até.)

    • Micro picture
      manoelnsn · 6 months ago · 4 pontos

      É lamentável a Square Enix, com toda experiência que ela tem no gênero, não ter conseguido superar esse game em todos os sentidos até hoje.

      Eu considero FFVI uma obra de arte imperfeita. Ele não é a prova de falhas, tem muitos bugs, o gameplay é desequilibrado, os inimigos têm pouco HP, mas o que o jogo entregou na época é espetacular, no mínimo. Já joguei vários JRPGs, mas nenhum tomou o lugar de FFVI de meu jogo preferido.

  • mastershadow mastershadow
    2019-07-04 21:34:10 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Final Fantasy Anthology

    Chegou hoje, essa maravilha que comprei  no ML...

    Finalmente agora, eu tenho o FFVI, o jogo da minha vida, original e em toda sua glória nas caixinhas luxuosas do PS1.

    O mais legal dessa coletânea, é que além do FFVI, ainda vem o FFV e  um CD de áudio com a trilha sonora de ambos os games.

    Um sonho realizado haha!


    Final Fantasy Anthology

    Platform: Playstation
    993 Players
    10 Check-ins

    60
  • mastershadow mastershadow
    2019-06-26 22:06:21 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Equipe de Final Fantasy VI relembra desenvolvimento do jogo

    No dia 2 de abril de 1994 estava sendo lançado um dos mais amados jogos da franquia Final Fantasy no Japão e para comemorar o aniversário de 25 anos do sexto game da franquia, a revista japonesa Famitsu entrevistou os principais nomes da equipe de desenvolvimento do clássico RPG da então Squaresoft (hoje Square Enix).

    Final Fantasy VI foi o último jogo em pixel art da série numerada e é tido por muitos como o melhor título da franquia. Lançado inicialmente no SNES, o game teve lançamentos posteriores com versões aprimoradas para PlayStation, Game Boy Advance, dispositivos móveis e PC.

    Da direita para a esquerda: Eiji Nakamura, Kazuko Shibuya, Hironobu Sakaguchi, Yoshinori Kitase e Minoru Akao.

    Segue abaixo a entrevista traduzida:

    Foi em 2 de abril de 1994 que o jogo foi lançado e, de acordo com meus cálculos, o desenvolvimento estava completo em janeiro ou fevereiro, correto?

    Minoru Akao (programador de som): Certo, certo, eu me lembrei. A equipe de som estava alocada numa sala separada do resto então quando Final Fantasy VI estava finalizado todo o resto dos desenvolvedores foram pra casa mas a equipe de som nunca foi notificada então ficamos todos lá. [risos]

    Eiji Nakamura (engenheiro de som): Sim, sim! Estava muito quieto, então quando fomos checar a equipe de desenvolvimento foi tipo ‘Hum… Espera aí, isso quer dizer que finalizamos..?’. [risos]

    Quanto tempo levou, mais ou menos, do início do desenvolvimento para a finalização?

    Hironobu Sakaguchi (produtor): Foi cerca de um ano.

    Kazuko Shibuya (diretora gráfica): O desenvolvimento começou logo após Final Fantasy V estar completo, então na verdade foi um pouco menos que um ano.

    Foi um ano de trabalho duro?

    Nakamura: Eu era um recém-chegado e era tudo tão frenético, não me lembro muito dos detalhes mas estávamos desesperados. Quando fazíamos efeitos de som, por exemplo, quando pensávamos ‘com que tipo de armas esse personagem irá atacar?’ precisávamos ver o jogo, então acabávamos jogando ele enquanto fazíamos debug. Então era meio que normal passarmos a noite no trabalho.

    Sakaguchi: Eu era o cara que dormia numa cadeira de mesa como se fosse uma cama. [risos]

    Yoshinori Kitase (diretor): Eu costumava levar um saco de dormir.

    Akao: Eu tinha um colchão futon!

    Todos: UM COLCHÃO FUTON!?

    Akao: Sim, eu tinha um pequeno que eu espalhava. [risos]

    Então vocês estavam tão comprometidos em criar algo de alta qualidade, mesmo se isso significasse dormir no trabalho.

    Sakaguchi: Vários de nós fomos influenciados por Dragon Quest. Dragon Quest tinha aquela vibe única sobre si, junto com um cenário espetacular do Yuji Horii-san. Estávamos muito motivados com uma mentalidade de rivalidade, pensando ‘nós temos que superá-los’ ao invés de pensar ‘vamos fazer algo de qualidade’.

    Kitase: Naqueles dias de Final Fantasy V, Sakaguchi-san, eu me lembro de você dizendo ‘nós vamos pelo menos vencê-los na quantidade de títulos numerados!’.

    Sakaguchi: Eu percebi que não poderíamos vencê-los diretamente no que dizia respeito aos jogos em si, então sim [risos]. Porém, desde o primeiríssimo Final Fantasy, eu sempre senti que não perderíamos quanto aos gráficos. É claro que nos esforçamos com os sistemas e os cenários, mas essa era uma parte na qual eu costumava ser confiante de que poderíamos vencer Dragon Quest. Ah, falando em Dragon Quest, não teve um evento que Kitase rejeitou?

    Kitase: Hã? O que era esse evento mesmo?

    Sakaguchi: Não importa quantos membros você tenha no grupo em Final Fantasy, você só pode movimentar um personagem principal no mapa, certo? Então quando você consegue membros, eles meio que se fundem num membro representativo da equipe. Então o evento que foi rejeitado envolvia uma parte onde quatro membros do grupo tentariam ‘se fundir’ num único personagem, mas aí era tipo ‘Hã!? Não podemos nos fundir!?’, e haveriam quatro deles enfileirados ao invés disso, como uma referência a Dragon Quest [risos].

    Kitase: Ah, como esperado, eu me lembro de dizer ‘tá bom, agora você está inventando demais!’ e rejeitado aquilo [risos].

    Muito bem, última pergunta. Houve alguma coisa que vocês notaram de novo desde que começaram a jogar Final Fantasy VI na abertura da transmissão?

    Sakaguchi: Vai parecer que estou me elogiando mas, para um jogo antigo, Final Fantasy VI ainda é muito divertido. A partir daqui videogames entraram no mundo do 3D e o escopo continuou crescendo, mas eu sinto que em sua própria maneira é um jogo que ainda pode ser desfrutado hoje. Isso e também que o pássaro na praia só ficou no caminho [risos].

    Kitase: Me desculpe. [risos]

    FONTE: https://www.densetsugames.com.br/final-fantasy-vi-equipe-entrevista-famitsu/

    Final Fantasy III (US)

    Platform: SNES
    2680 Players
    105 Check-ins

    48
    • Micro picture
      manoelnsn · 7 months ago · 4 pontos

      25 anos e nenhum remake decente até hoje, triste...

      11 replies
    • Micro picture
      seufi · 7 months ago · 3 pontos

      "Estávamos muito motivados com uma mentalidade de rivalidade, pensando ‘nós temos que superá-los’ ao invés de pensar ‘vamos fazer algo de qualidade’."

      Talvez este seja o ponto... A rivalidade... percebe que a Nintendo, sem a Sega começou a decair? Percebe que os consoles que avançaram sempre tinha rivalidade? Percebe que a rivalidade auxilia na ideia de superar algo pré-estabelecido?... Talvez isso que nos falte, além de roteiristas... Rivalidade!!! Afinal, quando foi que, recentemente, FF competiu com Dragon Quest? Sei lá... isso dá muito o que pensar...

      3 replies
    • Micro picture
      thejosephkorso · 7 months ago · 3 pontos

      Confesso que o bigode manja das putarias.

      1 reply
  • peron Peron Queiroz
    2019-06-03 00:17:53 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    peron checked-in to:
    Post by peron: <p>Não dá pra culpar os caras.</p><p>#img#[639543]<
    Final Fantasy III (US)

    Platform: SNES
    2680 Players
    105 Check-ins

    Não dá pra culpar os caras.

    12
    • Micro picture
      jcelove · 8 months ago · 3 pontos

      Todos ama a Celes hehe

  • mabuwah Mabuwah
    2019-06-02 20:20:15 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    31/03/2019 - Final Fantasy VI - SNES

    Medium 3725062 featured image

    Por mais que eu ache esses rankings que fazem por ai um troço tremendamente subjetivo, admito este merece cada encabeçada nos top 10 da vida, cada puxada de saco, cada texto inflamado dizendo a maravilha de RPG que é FFVI,

    É impressionante como uma pixel art bem feita pode esbanjar carisma desse jeito, coisa que não tenho encontrado com muita frequência em jogos mais modernos. Todos os personagens tem um gestual e reações bem próprias, além de papeis bem definidos – seja maior ou menor - na história.

    Tudo isso inclui, claro, o desgraçado mór, o infame, o sádico, um dos maiores fdps de ficção em qualquer mídia e o dono da risada mais maligna a sair do chip S-SMP do SNES, o supervilão Kefka (ou Cefca, a depender da tradução). Com certeza exterminar o desgraçado no final do jogo deu uma satisfação diferenciada.

    Na verdade é a segunda vez que mergulho em FFVI, sendo que na primeira vez, se não me engano há mais de 15 anos, perdi o save bem no final. Mas valeu a pena esperar todo esse tempo, pois desta vez terminei no hardware original, o que deu um gosto especial na jogatina.

    Como um bom RPG, a história anda lado a lado com o gameplay e fica a curiosidade em saber qual a próxima dungeon, o próximo inimigo, a próxima reviravolta que irá mudar o mapa, qual formação ou personagens iremos controlar e em que situação...tudo coisa fina mesmo.

    Ah, e claro que em qualquer texto sobre FFVI não pode faltar uma das cenas mais famosas dos videogames:

    Sem mais, JOGAÇO

    Final Fantasy III (US)

    Platform: SNES
    2680 Players
    105 Check-ins

    38
    • Micro picture
      raphaelcarvalho · 8 months ago · 5 pontos

      Dei uma desistida de FF no X, deixei de ser público alvo. Mas, dentro de todos que joguei, o VI é onmelhor de longe.
      Joguei em cartucho no SNES em 2001 (o danado durou comigo kkkk) e, alguns anos depois, no Psone.
      Ando sempre de olho atrás de algum cartucho num preço amigável(coisa difícil com a tsunami de oportunistas que o colecionismo gera diariamente) pra poder reviver essa obra prima da Square em um SNES novamente. <3

      3 replies
    • Micro picture
      mastershadow · 8 months ago · 6 pontos

      Isso ai é uma obra de arte sem igual, jamais farão outro FF ou mesmo RPg nesse nível.Os personagens são praticamente vivos, de tanto carisma, eu poderia passar horas e horas falando bem desse game, não é a toa que é meu favorito de todos os tempos.

      1 reply
    • Micro picture
      spider · 8 months ago · 3 pontos

      Eu ainda tenho o meu VI aqui original, que comprei no lançamento. Pra mim não tem melhor. E é o que eu falo pra galera, é só jogando pra você entender a maravilha de jogo que é e compreender porque que tem tanta gente que fala bem. Eu escuto a música desse jogo até hoje....

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...