You aren't following matsugaki.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • matsugaki Caio Matsugaki
    2021-04-16 07:10:29 -0300 Thumb picture
    matsugaki checked-in to:
    Post by matsugaki: <p>Ah, esqueci de mencionar que nesses últimos dias
    Fortnite

    Platform: Playstation 4
    252 Players
    74 Check-ins

    Ah, esqueci de mencionar que nesses últimos dias, postei mais um vídeo com as minhas cagadas no Fortnite:

    Aproveita e me segue lá na Twitch clicando AQUI

    Atualizei meu perfil no MyPSt, e devido à ultima platina adquirida há vinte e oito anos atrás no Borderlands, assim como antigamente, vieram algumas badges:

    - Tiro - Prata - Platinou 6 jogos do gênero Tiro.

    - RPG - Prata - Platinou 6 jogos do gênero RPG.

    - Aspirante: Conquiste 30 Platinas.

    Outra coisa que aconteceu recentemente: na última vez que entrei no Salve o Mundo do Fortnite, recebi 1.000 V-bucks de compensação por lhamas serem descontinuadas. Eu comprei uma vez sem querer, e custavam acho que 100 V-bucks. Melhor acidente da vida!

    Fica a dica aí pra tu @juca87 (caso tu tenha o Salve o Mundo, é claro)

    @platinadores

    8
  • matsugaki Caio Matsugaki
    2021-04-16 06:50:05 -0300 Thumb picture
    matsugaki checked-in to:
    Post by matsugaki: <p>Eai tchurma!</p><p>Faz muito tempo que não posto
    Fortnite

    Platform: Playstation 4
    252 Players
    74 Check-ins

    Eai tchurma!

    Faz muito tempo que não posto nada muito detalhado aqui na rede e alguns me perguntam se estou bem. Então, este check-in, servirá de explicação de muitos acontecimentos, minha ausência, e também atualização do que estive e estou jogando.

    Em 2017, eu e minha esposa estávamos planejando uma viagem pra fora do país, a fim de melhorar nosso Inglês, e caso possível, viver lá por algum tempo indeterminado.

    2018 vimos que nosso inglês era mais merda do que achávamos (principalmente o meu :x), e comecei a fazer um curso pra pelo menos ter chances de ter um diálogo com gringos.

    No final desse mesmo ano, voltando pra casa após a aula de Inglês, tive uma surpresa bem gostosa: portão e porta da frente arrombados (detalhe: a porta da frente havíamos trocado pra uma lindona há um mês). Quando entrei em casa, tudo revirado, sem tv, sem videogames, sem notebook, sem dinheiro do cofrinho, sem bolachas que compramos na Black Friday, sem perfume, sem nada.

    Sobrou uma caixa de bombom e uns 4 ou 5 chás.

    Morei nessa mesma rua por toda a minha vida, e sempre que alguém fazia algo, como arrotar (apenas exemplo rs), apareciam quinhetos e dezoito idosos para fofocar sobre. Nesse dia, NINGUÉM diz ter visto/escutado nada. Algo muito estranho, já que meus dois portões estavam trancados com cadeados, todas as portas da minha casa (inclusive as dos quartos, uma mania minha de fechar tudo SEMPRE 🤷🏻♂️) estavam trancadas. Levaram muitas coisas, inclusive itens pesados, como TV.

    Mas enfim, esse foi o gatilho final pra vazarmos logo do Brasolis.

    Primeiro plano era ir p/ o Canada, mas não ia rolar pq nao teríamos dinheiro pra sobreviver, estudar inglês e não trabalhar. Ser só estudante em qualquer país, não teria como, então, a moça que nos atendia na agência de Intercâmbio falou: pq não a Australia? Lá vcs podem trampar, ganhar bons dinheiros e estudarem ao mesmo tempo. Em 1 mês mudamos tudo o que havíamos planejado por anos. Começa pesquisa aqui e pesquisa ali, e cá estamos.

    A vida aqui é boa, segura, tu recebe um salário justo independente do que faz (eu to trampando limpando trens, por exemplo) e é possível comprar qualquer coisa (menos casa, pq esse eh caro até pra cidadão rs). Praticamente não tem mais Coronga por aqui. Só usa máscara quem quer mesmo. Uma beleza.

    O foda eh a rotina aqui. A minha é: acordar 08h pra escovar os dentes e arrumar o que esqueci no dia anterior (mochila, material escolar, etc.), sair 08h25~08h30 pra ir à pé pra escola. Às 09h começa a aula. 12h30 intervalo/almoço. 13h20 retorno pra aula.

    Pra quem está 100% focado no curso/trabalha somente à noite/é rico e não precisa trabalhar, consegue sair da escolinha no final da aula, que é às 15h. Porém, eu preciso já estar no meu trampo às 15h, então saio todo dia às 13h55 da escola, o que é muito triste, pois perco conteúdo diariamente, e também porque é mais de uma hora de aula que eu estou pagando e não estou "usufruindo". Mas ok, começo às 15h, tenho alguns bons breaks, o que me permite jogar e fazer todas as missões diárias no meus quatro fiéis joguinhos mobile: Pokémon Go, Afk Arena, Crush Them All, e o mais recente, Ragnarok: Labyrinth. Saio às 21h. Chego em casa por volta das 21h45, como um cereal, tomo banho, e faço minha lição de casa. Tudo nesse meio tempo, eu e minha esposa trocamos altas ideias sobre o que aconteceu conosco durante o nosso dia (ela estuda na mesma escola e trabalha pra mesma empresa). Além disso, converso também com meus amigos daqui e do BR (algumas vezes enche o saco, pq aqui eh noite, lá eh dia, e vice versa 🙄).

    Depois de tudo isso, já são quase 00h e não tenho tempo pra jogar bacaninha. No máximo do máximo, 40 minutos. Porém, acho meio bosta ligar o game pra jogar e logo em seguida desligar. :s

    Finais de semana? Eu não quero pensar em games (apesar de algumas vezes eu preferir estar em casa jogando do que em uma festinha chata kk). Esse é o tempo que eu tenho pra descansar fisicamente do trabalho, e mentalmente da escola. São também os dias que tenho pra curtir com minha esposa as milhares de praias, parques, montanhas, restaurantes e bares que têm aqui.

    Quando estava jogando algo, ou eu estava de férias da escola, ou eu estava de day-off no trampo, momentos esses que serão mega difíceis de acontecer novamente, visto que meu curso atual têm 3 meses de duração, e na sequência, já começa outro de 1 mês. E o trampo, eu recebo por hora trabalhada, então só recebo din din, caso eu for lá. Não tem essa de atestado médico ou qualquer outra "desculpa". Ou seja, 4 meses sem parar de estudar + meu trampo que paga razoavelmente bem para um estudante internacional + ser casado = sem maratona de games em curto prazo.

    Quando termino de jogar meus joguinhos diários, eu assisto lives de alguns amigos e também de algumas pessoinhas aqui da rede. Quando consigo, tento streamar também. Meu canal é: twitch.tv/matsugaki01

    Espero ter explicado com detalhes e de uma forma um tanto quanto resumida. Sei que muita gente nem vai perder o tempo lendo, mas acabou se tornando um desabafo. Quando alguém me perguntar algo referente à games durante minha estadia aqui, vou mandar o link desse texto e foda-se 😁

    Dito isso, bora pros check-in:

    15/11/2019: Platinei o Borderlands: The Pre-Sequel.

    Bem gostosinho de jogar, mas assim como alguns games, platinar se torna chato. Eu fui jogando fazendo todas as side quests possíveis e imagináveis, zerei o modo história e peguei level maximo. Depois disso, foi uma chatisse pra pegar todas as façanhas e concluir todos os mapas em 100%.

    Joguei também as DLCs, gostei das historinhas, mas já estava com ranço do jogo e me fez querer rushar tudo o que fosse possível.

    Em Outubro, um dia próximo do meu niver, um amigo meu me presenteou com Monster Hunter: World + DLC, pois ele sabia que na época do assalto, eu tinha o jogo e era um pouco viciado. Porém, não gosto de jogar mais de um joguin ao mesmo tempo, então fui deixando-o pra depois.

    Detalhe pro Ranque de Caçador que antes de roubarem meu antigo PS4 era mais de 70 (não lembro bem qual), mas meu backup salvo era no 62 T.T

    Em 24/11/2019, matei alguns monstros, peguei um troféu relacionado à DLC e nunca mais joguei. 🤷🏻♂️

    Nesse mesmo dia, eu e mais dois amigos (incluindo o que me deu o MH) começamos à jogar Path of Exile.

    Esse é outro que eh mto massa de jogar, solo ou com amiguinhos, mas quando tu olha a árvore de talentos e a qntd absurda de skills, já dá preguiça. Parece que todos os jogos que eu gosto mto, tem um sistema incrível por trás, que vc precisa estudar e entender bem pra não fazer cagada mais pra frente. Cagada essa que pode ser: ter q zerar um jogo todinho novamente pra pegar um trofeuzinho pq esqueceu de algo, distribuir pontos de habilidade em algo que teoricamente faz sentido mas na prática não, e por aí vai. Jogamos juntos praticamente um mês inteiro. Se alguém saísse, nós parávamos pra jogar outro game. Tava mto divertido isso. Última vez que joguei foi em Janeiro do ano passado, ainda no Brasil.

    Ainda nesse mês, viemos pra Austrália e eu só fui jogar uma partidinha de Fortnite quase um mês depois. A Internet no hostel que estávamos morando era PÉSSIMA. Sem condições de jogar algo online.

    Mudamos pra uma casa, e lá a internet era um pouco melhor.

    Lá, consegui jogar um pouco mais de Fortnite, peguei alguns troféus de novos mapas do Killing Floor 2, e fiz algumas missões do GTA San Andreas, que não jogava há uns 3 ou 4 anos.

    Faz uma puta diferença entender toda a história e diálogos do jogo hahah:

    De lá, fomos pra uma outra casa, com a internet pior que todas as outras. Não dava pra assistir YouTube ou Netflix. Parava qualquer vídeo pra carregar. Parecia net discada.

    Aí falei com o responsável pela propriedade e o cara simplesmente comprou um modem muito fodão, com umas 6 antenas, e plugou o cabo de rede direto no meu PS4. Depois disso daí, só alegrias. Filmes, videos, partidinhas no Fortnite.

    Minha esposa sempre curtiu mini games, e nessa época (Agosto) o game do momento era o Fall Guys. Baixei, jogamos por quase 3 horas e o aplicativo nunca mais foi aberto :D

    Nós dois ficamos sem paciência de jogar essa merd* pq o server ficava caindo toda hora. Ainda tá instalado no console pra caso um dia bata saudade.

    Vim jogando Fortnite quando tinha pouco tempo pra jogar.

    No final do ano passado, em 20/12, retornei pro Uncharted 1. Dei uma boa avançada, eu acho. Pelo menos vi bastante coisa da história e peguei alguns trofeuzinhos a mais. 👏

    E por fim, em Fevereiro ou Março rolou promoção de indies, ou alguma coisa assim, e peguei Forager. Esse sim eh um joguinho gostoso, divertido e nao precisa ficar se matando pra fazer as coisas (tirando os itens do end game que demoram anos luz pra serem forjados D:). Tem uns puzzles que eu quebrei real a cabeça, e outros que o pessoal na Twitch me ajudou. Acho que a característica mais legal nele, é a árvore de talentos que vai liberando vários itens, construções, buffs, e muito mais conforme tu vai upando.

    Fiz 100% do jogo base, porém, o game está com os troféus bugados desde Agosto do ano passado. 🤦🏻♂️

    Estava jogando também a temporada passada de Fortnite, mas na atual, ainda nem fiz login. O que é ótimo, pois não tenho vínculo com o jogo e nem sinto obrigação em resgatar todos os itens do passe da temporada.

    Desculpa o texto enorme, mas é o que rolou durante esse tempo todo 😁

    @platinadores

    25
    • Micro picture
      jcelove · 7 days ago · 2 pontos

      Caramba vei, casa arrombada é meio comum em viagens longas mas foi na volta de um curso e de dia? Sinistro demais U_U
      Mas que bom que estão de boas num pais civilizado agora, felicidades e muitos games ai.hehe

      1 reply
    • Micro picture
      salvianosilva · 7 days ago · 2 pontos

      Brabo ein

      1 reply
    • Micro picture
      danilodlaker · 7 days ago · 2 pontos

      Que plot twist maneiro!
      Que bom que está dando tudo certo!

      1 reply
  • 2021-04-15 13:49:48 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Projeto Almanaque GBC #009

    Pessoal as postagens não estão saindo com periodicidade que eu gostaria, estou com reforma em casa, e tá osso usar as coisas no meio da bagunça...

    Sorry =(

    Game #017

    All-Star Baseball 2000

    Game #018

    Alone in the Dark: The New Nightmare

    21
    • Micro picture
      lgd · 8 days ago · 4 pontos

      Este Alone in the Dark é muito bom, surpreende o trabalho dos caras, já joguei em live

      3 replies
    • Micro picture
      santz · 7 days ago · 1 ponto

      Jogo de baseball padrão. Você ainda deve pegar um monte de jogo de esporte com regras complexas.

      2 replies
  • wild_dark_shadow Nuno Gomes
    2021-04-15 00:36:12 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    wild_dark_shadow checked-in to:
    Post by wild_dark_shadow: <p><strong>Platinum #535</strong></p><p>#img#[77059
    Breeder Homegrown: Director's Cut

    Platform: Playstation 4
    2 Players
    1 Check-in

    Platinum #535

    Fez-me lembrar vários outros jogos de horror do mesmo estilo, no entanto acabou por me desiludir.

    Conta a história de um velhote que está a recordar momentos da sua infância, sendo que se descobre que existe um monstro que "assombra" as várias gerações da família.

    A história começa de forma interessante, mas depois não avança muito mais, sendo que o jogo é pequeno demais para nos dar aquela vontade ou mesmo o medo de um horror do género.

    A platina acaba por ser simples, tendo só de terminar o jogo e conquistar alguns troféus missables pelo caminho.

    continua a crescer a cada nível.

    Apreciação: 6/10

    Dificuldade: 1/10

    Tempo: 1h

    Diversão: 5/10

    @platinadores

    11
    • Micro picture
      msvalle · 8 days ago · 2 pontos

      Disparou nas platinas hein :D
      Já comprou uma PS5?

      1 reply
  • thecriticgames Matheus Pontes
    2021-04-11 18:17:37 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    OFFF-Topic Madayen, o primeiro filme de terror da Arabia Saudita

    Eu estava procurando este filme para ver, como inspiração para  minha escrita, é praticamente A Bruxa de Blair árabe, e o melhor é que o próprio diretor deixou o filme inteiro legendado em ingles no YouTube e no Vimeo.

    Nada mal para o primeiro filme de lá, ser um found footage, e pra quem quiser assistir ja aviso que o terror se inicia la nos 47 min de filme (o filme só tem 1 hora).

    Blair Witch Volume I: Rustin Parr

    Platform: PC
    63 Players
    1 Check-in

    20
    • Micro picture
      realgex · 12 days ago · 2 pontos

      E é bom ? 12 minutos de terror, tem que ser daqueles filmes de "wowww", estilo, virar a cabeça do avesso kkk !

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 9 days ago · 2 pontos

      Parece chato... só mesmo Bruxa de Blair conseguiu prender por ser algo novo...

      Todos depois dele são chatinhos...

      Gostei desse, nesse mesmo estilo:
      https://youtu.be/83PpryYHHeY

      1 reply
  • hyuga Sérgio Henrique
    2021-04-08 22:00:58 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    hyuga checked-in to:
    Post by hyuga: <p>Evento de 1° de abril no PUBG quem quiser jogar
    Playerunknown's Battlegrounds

    Platform: Playstation 4
    5 Players
    1 Check-in

    Evento de 1° de abril no PUBG quem quiser jogar então corre por que termina no dia 12.

    POBG é um Twin stick shooter (estilo enter the gungeon) e devemos atirar em pintos armados galinhas armadas, temos upgrades pro no nosso personagem além de contar com várias armas do jogo. 

    um joguinho divertido pra conhecer e passar o tempo

    22
    • Micro picture
      matsugaki · 14 days ago · 1 ponto

      Meu, tinha um game que eu jogava em 2006 +/-, mtoooo parecido com esse. Eu acho que o boneco era do exército, ou algo assim. Eu o jogava através de um cd-rom que vinha em revista com alguns programacas bem diversificados: edição de foto, calculadora avançada, etc.
      Tu manja que game pode ser @hyuga ? Ou manja alguém que conheça pra caralho de jogos um pouco mais antigos e tals.

      8 replies
  • kess Eridson Kess
    2021-03-21 20:34:15 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Novidades da 4ª temporada!

    Squads Mode: Já era possível jogar com um grupo de amigos, mas agora será possível jogar como uma equipe, onde ser desclassificado não resulta em uma perda, com cada equipe pontuando e as piores sendo eliminadas a cada rodada. Não é necessário jogar com amigos, podendo ser criado o time na hora.

    Crown Shards: O grupo que ganhar, não vai levar uma coroa cada um, mas sim um pedaço dela, uma das novas moedas do jogo, as Crown Shards. Que em grupos de 4 formam uma nova coroa.

    "Gemas": Falando em novas moedas, como a Mediatonic, produtora do jogo, foi comprada pela Epic Games, a tendência é que o game se torne free-to-play, com microtransações. com isso, uma nova moeda surge, que somente poderá ser COMPRADA.

    Challenges: Além de competir nas fases, agora haverão desafios (Ganhar uma medalha de bronze/prata/ouro em uma corrida/jogo em equipe/sobrevivência/qualquer fase tantas vezes, usando uma roupa X, etc) que quando cumpridos, darão kudos e Crown Shards.

    Skins: É esperado algo em torno de 150 itens, com 3 DLCs com 3 uniformes cada, 8 nas redes sociais, 4 de comidas, e a de Among Us nos níveis 21 e 26 do ranqueamento da temporada, Amazon Prime, velhas skins com novas cores, e mais.

    Níveis/Battle Pass: Falando no ranqueamento da temporada, depois de 3 temporadas com 40 níveis, agora teremos 50! Espero que um troféu esteja atrelado à isso!

    Fases: Aparentemente 7 novas fases, coisa que as temporadas anteriores só entregaram com as atualizações de meio de temporada! As que se tem conhecimento:

    1- Roll On - Depois de Roll Off e Roll out, agora os cilindros giratórios farão parte de uma corrida!

    2- Skyline Stumble - Corrida de obstáculos temática, com pontes de luz, botões que disparam cometas, portas de energia, bastões laser...

    3- Big Shots - Uma gangorra com todos os competidores em cima, evitando os corpos celestes disparados contra eles! Possível Final.

    4- Power Trip - Pegar baterias para colorir as pedras no chão. Basicamente o mesmo de agarrar o pinguim, mas agora a rota tomada também é importante!

    5- Button Basher - Pressione botões para marcar pontos e ganhar do seu adversário. Pode ser 1 contra 1, ou uma final.

    6- Slime Scrapper - Uma versão mais longa de Slime Climb, talvez uma final, talvez para comportar mais jogadores.

    7- King of the Hill - Tipo o de pegar a cauda, mas agora tendo que ficar dentro de uma área para marcar pontos.

    8- Hoverboard Heroes - Um bardo de neon vai da largada até a chegada, com obstáculos suspensos no meio do caminho, com os competidores tendo que acompanhar o barco para chegarem até o final.

    9- Basket-Fall - Expandindo os esportes, depois do futebol, agora pode ser pega uma das bolas em quadra, para encestar/enterrar em um das três cestas do seu lado!

    10- Short-Circuit - Um circuito curto (essa é a piada), com obstáculos, sendo necessário dar duas voltas para completá-lo. 

    Essas fases foram mostradas, outras tiradas de arquivos do jogo, podendo as de nº 5, 6 e 7 não estrearem agora.

    Customização: Não é ainda a possibilidade de montarmos nossas fases, mas escolher as fases para um show, podendo chamar os amigos. Acredito que possa ser somente por convite, facilitando a aquisição do troféu infalível (até parece).

    E por último, mas não menos importante:

    Patches: Várias correções chegando, inclusive tirando certos desequilíbrios. Não deverá ter respawns no mesmo lugar, o ragdoll foi diminuído, já que um sopro de outro jogador, e 5 longos segundos de rolagem aconteciam... 16/15 classificados, e a linha de largada no Fall Mountain agora é única. 

    Fall Guys: Ultimate Knockout

    Platform: Playstation 4
    102 Players
    36 Check-ins

    11
    • Micro picture
      kess · about 1 month ago · 1 ponto

      Feito o teste inicial, e o Squads Mode e as Crown Shards entraram em vigor. Mas não são 4, como uma imagem vazada havia divulgado, e sim SESSENTA para completar uma coroa. Ganha-se 20 numa final (já consegui) e mais algumas nos desafios.
      As gemas ainda não apareceram, talvez somente com os lançamentos no Xbox e no Switch, quem sabe?
      Como dito acima, os desafios estão em vigor, não são fáceis ou simples, mas são diários e em número de 3. (Os meus de hoje: 1- Terminar o Squad vestindo algo lendário; 2- Completar 10 fases de sobrevivência; e, 3- Ganhar o squad no 3º round)
      O Battle Pass realmente tem 50 níveis, e alguns voltaram a ter como premiação Kudos. Das novas fases, já joguei as de nº 1, 2, 3, 4, 8, 9 e 10. Bem as que eu disse que não estreiariam ainda não deram as caras.
      A customização não apareceu também, e talvez seja um dos modos de jogo, mas é muito sonho para entregarem tão cedo. E os patches, até agora notei que poder sair a qualquer momento do jogo já está ativo.
      E infelizmente, sem novos troféus.

  • jugemu 寿限無
    2017-03-01 21:11:29 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Esta é a Equipe Rocket.

    (Vi essa postagem num Tumblr, apesar de ser já antiga, achei muito interessante e divertida a "teoria da conspiração" que fizeram. É uma forma diferente de ver a franquia e até que faz um bom sentido. 

    Então, resolvi traduzir, adaptar e dividir com a turma pokemaniaca do Alvanista. Divirtam-se. ^^)

    ...

    Esta é a Equipe Rocket.

    São supostamente uma organização criminosa do mal fundada por esse cara chamado Giovanni.

    Mas quais são suas verdadeiras motivações? Roubar Pokémon, certo? Errado! Isso é o que esses caras fazem no anime.

    Nos jogos, eles não roubam Pokémon. Eles administram um casino respeitável. Seu chefe é um líder respeitado de ginásio. Mas eles roubam dois itens da Silph Corporation: O Silph Scope e a Master Ball. Por que eles precisam dessas coisas? Esse cara:

    Mewtwo, um experimento de laboratório que deu terrivelmente, do tipo psíquico, então não é resistente a fantasmas. Giovanni sabia que precisava do Silph Scope para poder ver Pokémon do tipo fantasma e capturar um para derrotar Mewtwo. E também precisava da Master Ball para pegar Mewtwo se isso falhasse. A gananciosa Silph Co. não se separava dessas coisas quando Giovanni pediu, então ele teve que roubá-las. No entanto, esse não é o fim da história. 

    ...

    Uma parte do lema da Equipe Rocket é:

    Para proteger o mundo da devastação!

    Para unir todas as pessoas de nossa nação!

    Para denunciar os males da verdade e do amor!

    Para estender o nosso poder às estrelas!

    ...

    Hmmm... soa familiar?

    Vamos olhar para as outras equipes de vilões do mundo Pokémon. Que tal esses caras:

    E esses aqui:

    Team Magma e/ ou Team Aqua, dependendo da sua versão, querem destruir o mundo usando dois lendários Pokémon para atender às suas necessidades. Magma quer cobrir o mundo com terra usando Groudon. Aqua quer cobrir o mundo com água usando Kyogre.

    Para proteger o mundo da devastação!

    ...

    E sobre a equipe da região distante de Kalos:

    Team Flare são um grupo de indivíduos elitistas que prezam pelo seu estilo. Seu líder, Lysandre, está obcecado com a beleza e vai destruir o mundo usando uma antiga arma aproveitando o poder de Xerneas ou Yveltal para preservar a sua beleza a todo o custo. Os membros da equipe Flare olham com desprezo para os outros que não são ricos ou elegante como eles são.

    Para unir todas as pessoas de nossa nação!

    ...

    Ainda não? Devemos dar uma olhada nesses caras:

    Team Plasma, que também se vestem como cavaleiros medievais, são um tipo de grupo PETA extremista fundado por Ghetsis e N que querem separar o vínculo entre humanos e Pokémon. Eles acreditam que Pokémon não devem ser propriedade de seres humanos e acabam atuando como vilões, através de meios abusivos para libertar Pokémon de seus treinadores, até mesmo usando Pokémon lendários como Zekrom, Reshiram ou Kyurem. 

    Para denunciar os males da verdade e do amor!

    ...

    E finalmente, vem esse time:

    A equipe galáctica é uma organização científica má que procura no espaço o Pokémon Palkia e/ou no tempo Pokémon Dialga, dependendo de sua versão, a fim recriar o universo por seus próprios meios.

    Para estender o nosso poder às estrelas!

    ...

    Então, Giovanni estava ciente dos planos dessas outras equipes. E ele fez disso o trabalho de sua vida para detê-los! Ele é o verdadeiro HERÓI da franquia Pokémon! Ele é o protetor do mundo Pokemon e tenta impedir o uso de Pokemon poderosos e lendários contra a humanidade.

    ...

    ...

    ...

    Bem, ele teria sido se você não tivesse derrotado ele. Isso explica por que as outras equipes ganham poder em seus territórios respectivos. Em vez disso, Giovanni é deixado sem dinheiro e despojado de seu título de líder de ginásio, que vai para o pomposo chato Blue/Gary Oak. 

    Bom trabalho, jogador! Através de suas ações, você quase causou o apocalipse cinco vezes diferentes!

    ...

    Marcando a sempre animada @lap e a heróica @racket_grunts

    25
    • Micro picture
      manoelnsn · about 4 years ago · 2 pontos

      Suspeitei desde o princípio que o Giovanni fazia parte de algo maior, ahuehauhea

      Sem contar que, se tu não tivesse derrotado ele, o rival de GSC não teria se tornado um trombadinha

      3 replies
    • Micro picture
      filp · about 4 years ago · 2 pontos

      Ou é isso que eles querem que vocês pensem. :v

      2 replies
    • Micro picture
      mjdias · about 4 years ago · 2 pontos

      Caraca abriu meus olhos kkkkk

      1 reply
  • 2020-11-13 19:52:49 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Bengalada da Velha #1 - Kimi no Na wa.

    E aqui tem início a primeira Bengalada da Velha! Para quem está mais perdido que FDP em dia dos pais, é um tipo de post, da persona no qual nossa idosa irá desferir cacetadas em alguns títulos de animação japonesa deveras questionáveis, com o intuito de alertar àqueles que ainda não viram do perigo, ou mesmo de, no final, indicar opções melhores (com a premissa parecida) para os que já assistiram, ou até gostaram, da obra em questão.

    Dito isso, vejamos um pouco do bengalado da vez: Kimi no Na wa, ou simplesmente "Your Name", um filme de animação feito pelo Makoto Shinkai em 2016. A obra fez um sucesso absurdo devido a sua animação estonteante usando computação gráfica de uma maneira tão absurda a ponto de ficar parecendo uma animação feita a mão, isso além de sua ambientação colorida e alguns plot devices que o público no geral tende a adorar. Porém, se ele tivesse feito bom uso disso, não estaria aqui, então qual é a desse filme?

    Basicamente a história gira em torno de 2 protagonistas: o garoto Taki e a garota Mitsuha. Até aí tudo bem, só um anime de escolinha, porém logo no começo da coisa toda eles estão nos corpos um do outro. Sim, ambos trocaram de corpos logo de cara, com direito àquelas piadinhas zoadas de "ahhh, eu tenho peitos, e vou me ver pelada" ou "ai, que nojo, como eu faço xixi?".

    Após isso os protagonistas inventam um monte de coisas sem noção para conseguirem se comunicar enquanto estão com os corpos trocados (já que isso sempre acontece em alguns momentos esporádicos), mas em nenhum momento um pensa em ligar pro outro, mandar email, procurar um psiquiatra ou a casa do caralho que for. 

    De todo modo, o anime teria se mantido como uma comédia medíocre (mas assistível) se tivesse ficado apenas nisso, mas não, eles tinham que inventar um monte de maluquices na segunda metade da história, envolvendo o já comentado plot device que todo mundo ama, mas que raramente alguém acerta fazer. E após isso a coisa fica totalmente sem sentido, as conveniências sobem a um nível estratosférico, com o filme sequer tentando explicar por que as coisas aconteceram daquela maneira, e acaba usando sua animação linda para DISFARÇAR toda a merda que ele está vomitando na cara do espectador! Sim, vomitando merda, e esse ainda é um eufemismo em frente ao rumo asqueroso que essa história tomou.

    É simplesmente terrível. Basicamente Kimi no Na Wa usa uma comédia leve na sua primeira metade para cativar o espectador, e depois mostra na tela o desenvolvimento mais barato possível, terminando tudo de uma maneira extremamente preguiçosa e conveniente. Mas, para que o filme pudesse ser elogiado aos 4 cantos da internet (ganhasse mangá, dublagem BR e ficasse entre os mais cotados nas listas por aí) usam sua animação estonteante (e cenários baseados em lugares reais) com CGs que não são feitas com a bunda para disfarçar tudo. Obviamente que o character design da coisa toda segue o padrão atual dos japas, com traços mais arredondados e feições infantilizadas, e isso também ajuda a tirar atenção de quem está vendo daquilo que realmente interessa... Ou que deveria interessar numa narrativa...

    Dito isso, fica aqui a bengalada nesse filme de animação horrível chamado Kimi No Na Wa, um dos animes recentes mais famosos e que mostra com exatidão o quão pútrida a animação japonesa se tornou nos últimos anos. E abaixo, seguem algumas indicações, seja para quem já viu o bengalado ou para quem não quer perder tempo com ele:

    Byousoku 5 Centimeter - Outro filme do Makoto Shinkai, que também usa CGs lindonas e cenários de cair o queixo, mas que não usa de conveniências nojentas pra contar sua história (além de ter um gostinho amargo de realidade que é bem legal).

    Kotonoha no Niwa - Outro filme do Shinkai, pra quem quer ver CGs bonitas que parecem animação, mas com uma história melhor.

    Hoshi no koe - Mais Makoto Shinkai, dessa vez um OVA curtinho. 

    Ramna 1/2 - Clássico que fala de um protagonista que vira mulher, mas sem essas piadinhas infames de "ah, vou apertar meus peitos!"

    Tetsuwan Birdy - Anime antigo que fala de um protagonista que morre e é transferido pro corpo de uma dona. Também não tem essas piadinhas sem graça.

    Body Transfer - Outra animação que fala de pessoas mudando de corpo. É um hentai, mas mesmo se não gostar de pornografia, será uma experiência mais agradável.

    Bem, é isso. Até a próxima bengalada!

    Link para uma planilha com todos as indicações do Arco aqui XD

    30
    • Micro picture
      mateusfv · 5 months ago · 2 pontos

      Ouvi falar desse ai na época do lançamento, porém não fazia ideia que era um se eu fosse você japonês kk

      4 replies
    • Micro picture
      kalini · 5 months ago · 2 pontos

      O plot device que todo mundo ama, mas não acerta em fazer seria a viagem no tempo,?

      1 reply
    • Micro picture
      kalini · 5 months ago · 2 pontos

      Sera que diamond is umbreakable levaria uma 7-page bengalada? Eu curto muito essa parte de JoJo, mas curtiria ver voce dando bengalada mesmo assim ( porque tambem o mateusfv pediu(

      3 replies
  • 2020-10-25 00:18:26 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Love Hina

    Ano - 2000

    Número de episódios - 24 (+3 OVAs e 3 Especiais)

    Disponível em Netflix - Não

    Disponível em Amazon Video - Não

    Disponível em Crunchyroll - Não

    Sinopse: Keitaro Urashima falhou em entrar na universidade de Tóquio pela segunda vez. Em sua terceira tentativa, o rapaz decide cuidar de uma pousada então gerenciada pela sua avó, porém ao chegar no local ele havia se tornado um dormitório exclusivamente feminino. Sendo isso a sorte grande ou um tremendo azar, apenas o tempo iria dizer, porém, ao estar cercado por várias garotas, a vida do jovem certamente estaria prestes a mudar...

    ___________________________________________________________________

    Se Yu Yu Hakusho é o battle shounen ideal e Sailor Moon o mahou shoujo ideal, Love Hina é certamente o harem ideal. Obviamente que não foi a primeira história japonesa a tratar de um rapaz rodeado por várias beldades, porém certamente foi o primeiro que explodiu em sucesso, a ponto de, no período de 2000 até quase o final da década, vários animes do tipo terem aparecido de tudo quanto e jeito e, como costuma acontecer, nenhum deles conseguiu peitar o original.

    A minha história com Love Hina é bem engraçada, já que foi o primeiro mangá que eu comprei (na época estava na 8ª série e peguei aquela versão da JBC pequena com folha de papel jornal) e fiquei maravilhado com o carisma dos personagens (e o fanservice, claro, afinal, tinha 15 anos, né?). Fiquei juntando moedinhas e comprando mais alguns volumes, mas depois acabei desanimando, e só fui ver o final da história quando comecei a trabalhar (sendo Love Hina o primeiro mangá que comprei assim que comecei a ganhar um salário), sendo questão de honra conseguir todos dessa vez, ahuahaua

    O mangá é sensacional e é cheio de piadas excelentes, mas infelizmente o anime (mesmo com os OVAs e tudo o mais) não aborda toda a história, tendo um final alternativo e alguns personagens e eventos que não existiam a priori. Mas ainda é uma boa animação, mostrando o Keitaro, um fracassado em passar na Toudai, a faculdade, virando o gerente de uma pousada cheia de donas bonitas, cada uma com uma personalidade bem distinta das demais.

    A trama em si é uma comédia romântica, com quase todas as donas ali gamando no cara, porém desde o começo ele mostrou seu apreço em especial por uma: Naru Narusegawa, que também é uma estudante de faculdade, e por isso ambos se deram muito bem. Porém a coisa entre ambos não se desenvolve de uma maneira normal, já que o Keitaro é um taradão e, mesmo quando não quer, vive caindo em cima das donas e tudo o mais (além da Naru ser meio tsundere). Não, ele não é mais um anime com esse tipo de coisa, ele é o anime com esse tipo de coisa, já que ele quem começou a popularizar esses protagonistas se sempre trombam em lugares estratégicos... E que vivem levando pauladas por causa disso, ahuahaua

    O cast, como já mencionado, é bem carismático e é bem fácil se apegar aos personagens. Cada uma das donas não é apenas mais um objeto para as taradices (mesmo as não intencionais) do protagonista, com cada uma tendo seu arco principal, e todas tendo motivos até plausíveis para se interessar por ele. A animação é boa, e apesar do mangá ser bem mais ousado em várias coisas (como em muitas piadas), ela cumpre bem o seu papel, pena que nos dias atuais (com o gênero harem mais batido que clara em neve) seja bem difícil de imaginar lançarem uma versão 100% fiel ao material original...

    No mais Love Hina é um anime bem legal, e mesmo sendo um harem consegue divertir bastante, além de cativar com seus personagens bem variados, com a Velha, que já foi colega de bingo com a avó do Keitaro, assinando embaixo!

    Link para uma planilha com todos os posts do Arco aqui XD

    Love Hina Gorgeous: Chiratto Happening!!

    Platform: Playstation 2
    5 Players

    28
    • Micro picture
      mrmamoxi · 6 months ago · 3 pontos

      amo amo amo amo, é aquele anime que de primeira você fica com repulsa por causa do visual de hentai, mas quando lê/vê se apaixona, inclusive quando criança cheguei a levar os mangás pra ler na escola e uma colega ficou assustada com as meninas nuas na capa, mas pediu pra ler e viciou kkk

      3 replies
    • Micro picture
      zefie · 6 months ago · 2 pontos

      Mais um que nunca vi, mas que li o mangá (e com certeza um dos melhores mangás que já tive o prazer de ler xD). Quais as diferenças que rolam com o anime?

      2 replies
    • Micro picture
      carlospenajr · 6 months ago · 2 pontos

      Love "Ninfa", quase certeza que foi a primeira série que eu comprei manga na vida, gostei muito. Não leria novamente pelo meu gosto ter mudado bastante de la pra cá, mas ri demais com ele e o Seta foi meu primeiro cosplay (um dos poucos XD)

      11 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...