maria_luiza

Put on your red shoes and dance the blues

You aren't following maria_luiza.

Follow her to keep track of her gaming activities.

Follow

  • jessie Jéssica Nicoletti
    2017-02-09 19:06:23 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    [ajuda eu plz plz]

    Alguém já trocou a carcaça de um GBA SP?

    Sabe se é muito difícil? Quais cuidados tomar?

    IPCA desse demake maravilhoso

    The Incredible Machine

    Platform: PC
    70 Players

    18
  • 2017-02-06 22:14:48 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    [Filmes] #3 - Almost Famous

    Primeiramente, gostaria de me desculpar por mais de uma semana sem nenhum post, as coisas ficaram um pouco atribuladas e eu não tinha nenhum rascunho na manga haha. Agora já está tudo acertado e estamos de volta aos trilhos. Vamos lá.

                                          --------------------------//--------------------------

    E o filme de hoje é o meu segundo filme favorito de todos os tempos: Quase Famosos.

    Almost Famous é um filme americano de drama e comédia lançado em 2000, escrito e dirigido por Cameron Crowe. O filme é "meio" autobiográfico, pois é inspirado nas experiências reais de Crowe ao viajar com bandas como Allman Brothers Band, Led Zeppelin, Eagles e Lynyrd Skynyrd.

    O filme ganhou um Oscar de melhor roteiro, dois Globos de Ouro, e dois prêmios BAFTA, de um total de quatorze indicações, além de uma nota 90 no Metacritic.

                                         --------------------------//--------------------------

    Sinopse

    O filme se passa em 1973 e é protagonizado por William Miller, um garoto prodígio de 15 anos que vive com sua mãe super protetora e que é apaixonado por música, por influência de sua irmã.

    Ele começa a escrever artigos para um famoso jornalista musical da época, Lester Bangs, que consegue para ele um emprego na revista Creem. Um dia, William recebe uma ligação da revista Rolling Stone, pedindo que ele acompanhe uma banda de sua escolha e faça uma matéria sobre. 

    Assim, ele decide acompanhar a banda (fictícia) Stillwater em sua turnê pelos EUA, conhecendo e presenciando os altos e baixos de se viver no mundo da música nos anos 70.

                                     --------------------------//--------------------------

    Personagens

    - William Miller: interpretado por Michael Angarano aos 11 anos e por Patrick Fugit aos 15;

    - Anita Miller: irmã de William, foge de casa aos 18 anos para ser aeromoça e deixa sua coleção de discos para o irmão. Interpretada por Zooey Deschanel.

    - Elaine Miller: mãe de William, professora universitária e superprotetora. Interpretada por Frances McDormand.

    Lester Bangs, um escritor e crítico musical não-fictício, um dos maiores da época, que ajuda William a publicar seus artigos, o aconselha e o alerta sobre como se relacionar com os músicos. Interpretado por Philip Seymour Hoffman.

    - Penny Lane: uma misteriosa "groupie aposentada" que ajuda William a se introduzir naquele mundo da fama. Interpretada por Kate Hudson.

    - Russell Hammond: guitarrista, estrela principal do Stillwater e "antigo conhecido" de Penny. Interpretado por Billy Crudup.

     - Há também vários outros personagens da banda, jornalistas e envolvidos, mas esses citados podem ser considerados os principais.

                                     -----------------------//------------------------

    Trilha Sonora

    Como vários outros filmes que retratam os anos 60 e 70, não tem como não falar da trilha sonora.

    As músicas propriamente feitas para o filme, incluindo as tocadas pela banda Stillwater, foram compostas por Nancy Wilson do Heart em parceria com Peter Frampton, tendo Mike McCready do Pearl Jam na guitarra.

    Além da trilha autoral, o filme está repleto de música de grandes nomes como: Led ZeppelinElton JohnAllman Brothers BandYesLynyrd SkynyrdSimon & GarfunkelThe WhoRod StewartStevie WonderCat StevensJoni MitchelNeil YoungJimi HendrixBlack SabbathBeach BoysDeep Purple, entre outros.

                                    -----------------------//-------------------

    Então é isso.

    Gosto muito de filmes que se relacionam à música e às décadas de 60, 70 e 80, vários deles ainda aparecerão por aqui.

    Se você já assistiu Almost Famous, eu recomendo dar uma conferida na versão extendida, que na verdade é a única versão que eu assisti e, mesmo com duas horas e quarenta minutos, já vi várias vezes haha.

    E uma dica final: não assistam o trailer, ele mostra bastante coisa, inclusive algumas cenas que quando assisti foram surpresas legais, e um texto escrito já é o suficiente para despertar interesse sobre o filme.

    Abraços.

    24
    • Micro picture
      onai_onai · about 3 years ago · 2 pontos

      Nunca vi. Vou só anotando aqui essas dicas pra quando quiser assistir algo já saber o que escolher.

      3 replies
    • Micro picture
      laumiramos · about 3 years ago · 2 pontos

      É muito legal o filme ^^

      2 replies
    • Micro picture
      cptguapo · about 3 years ago · 2 pontos

      Tá na minha lista de assistíveis há um bom tempo devido ao tema relacionado à musica e à diliça suprema da Kate Hudson, uma das bundinhas mais maravilhosas e subvalorizadas de Hollywood... *_*

      Aí tu me fala que ainda tem a ninfa da Zooey Deschanel.... Aí tu me mata! Preciso ver urgente!

      1 reply
  • 2017-01-30 20:05:09 -0200 Thumb picture

    Desafio Cara Limpa + Uhuul passei

    Já que o @desafio pediu, aqui está uma cara limpa atualizada. #sem make, #sem filtro, com o cabelo meio bagunçado e com a qualidade da imagem mais ou menos ainda, mas está valendo hahaha

    Lembro que participei da primeira "edição" desse desafio, a um bom tempo atrás, e as coisas mudaram um pouco desde lá.

    Com essa carinha nem parece que estou indo para a faculdade mês que vem XD

    Aliás, falando em faculdade, queria dividir a minha grande felicidade de hoje com vocês. Saiu o resultado do sisu e consegui entrar para a federal que eu tanto queria \o/ Yeeeeaaah

    Agora eu vou ter que sair da moleza XD Se isso vai prejudicar a frequência da persona, não se preocupem, já tenho planejado.

    68
  • 2017-01-29 18:28:20 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    [Álbuns] #3 - In Rock (Deep Purple)

    E para combinar com um domingo tranquilo, o disco de hoje é uma porrada, Deep Purple com In Rock.

    Deep Purple In Rock é o quarto álbum de estúdio lançado por essa banda britânica de hard rock, sendo o disco que marcou a estreia da segunda e mais bem sucedida formação da banda, conhecida como "Mark II".

                                                       ----------------\\---------------

    Ficha Técnica

    Lançamento: Junho de 1970

    Gravação: Agosto de 1969 - Maio de 1970

    Gênero: Hard Rock

    Duração: 41:46

    Gravadora: Harvest (UK), Warner Bros. Records (US)

    Produção: Deep Purple, Roger Glover

                                                      ----------------\\---------------

    História

    A banda foi formada em 1968 pelo guitarrista Ritchie Blackmore e pelo tecladista Jon Lord, que chamaram o baterista Ian Paice, o baixista Nick Simper e o vocalista Rod Evans, e que tinha uma sonoridade mais próxima ao R&B dos anos 60.

    Entretanto tudo muda quando eles conhecem o Led Zeppelin, onde Blackmore se identifica com a sonoridade mais pesada e decide fazer algo parecido. Mas para isso, ele iria precisar de um vocalista com uma maior potência vocal, despedindo assim o vocalista e também o baixista, e chamando Ian fucking Gillan para os vocais e Roger Glover para o baixo.

    Antes do In Rock, eles ainda gravam um disco com a Royal Philharmonic Orchestra chamado Concerto for Group & Orchestra, feito inédito na época. 

    Mas só no ano seguinte, com o lançamento desse álbum, que os cinco músicos mostraram todo o estrondoso potencial em seus instrumentos, criando um som novo, único e influente.

                                                       ----------------\\---------------

    Capa

    A capa é uma releitura da famosa escultura do Monte Rushmore, localizada próxima a Keystone, Dakota do Sul, nos Estados Unidos. Ao invés dos quatro antigos presidentes americanos George Washington, Thomas Jefferson, Theodore Roosevelt e Abraham Lincoln, há os cinco membros da banda.

                                                             --------------\\---------------

    Músicas

    O disco já começa com um soco no ouvido, Speed King, uma das minhas favoritas, já emendando com outra música excelente, Bloodsucker. O lado A ainda termina com um grande clássico da banda, Child In Time, onde Gillan mostra seu alto alcance vocal e Jon Lord mostra sua influência por música clássica, arrasando nos teclados.

    1. Speed King (5:53)

    2. Bloodsucker (4:13)

    3. Child In Time (10:13) (Que coisa linda)

    "Sweet child in time you'll see the line / The line that's drawn between the good and the bad"

    Apesar de um pouco mais fraco (na minha opinião) que o lado A, o lado B tem outras quatro músicas ótimas: Flight of the Rat; Into the Fire, que é  minha favorita; Living Wreck com vocais mais melódicos; e terminando com Hard Lovin' Man.

    4. Flight Of The Rat (7:55)

    5. Into The Fire (3:29) (Tenho a impressão que todo mundo nesse vídeo está meio chapado kkkk)

    6. Living Wreck (4:32)

    7. Hard Lovin' Man (7:11)

    O disco foi relançado em 1995 e, além de versões alternativas e outtakes, têm um famoso single que foi lançado na mesma época do lançamento original, Black Night.

                                                    ----------------\\---------------

    Então é isso.

    Fiquem com esse clássico do hard rock, meu disco favorito de uma das três principais bandas que influenciaram o surgimento do heavy metal.

    Uma obra prima feita por cinco caras lembrados como mestres no que faziam (alguns ainda fazem). Extremamente recomendado!! Essencial.

    Rest In Peace mestre Jon Lord, um dos caras que mais me influenciaram a tocar teclado.

    Abraços.

    21
    • Micro picture
      igor_park · about 3 years ago · 2 pontos

      Tá aí uma banda que merecia minha atenção, mas nunca parei para ouvir sério, eu até ouvi algumas músicas com David Coverdale e Gleen Hughes e viajei no som, eu amo melodias vocais, e curto demais bandas com mais de um vocalista e com melodias vocais fodas tipo Alice in Chains, essa fase do cantor original nunca ouvi nada ,só smoke on the water que você escuta até sem querer kkkk.

      3 replies
    • Micro picture
      onai_onai · about 3 years ago · 2 pontos

      Uma das minhas bandas favoritas, mas ainda não cheguei a ouvir a discografia completa.

      3 replies
  • joanan_van_dort Joanan Oliveira Batista
    2017-01-28 20:11:19 -0200 Thumb picture
    Thumb picture
    36
    • Micro picture
      jugemu · about 3 years ago · 4 pontos

      Eita pleura...
      Para ir de um lado pro outro a pé... o sujeito vai travar o direcional do controle, deixar o personagem andando e ir dormir. Hahaha....

    • Micro picture
      ogawara · about 3 years ago · 4 pontos

      Não quero ser chato, mas... tamanho de mapa não significa que seja algo melhor... =/

      2 replies
    • Micro picture
      batatadark · about 3 years ago · 3 pontos

      a informação procede ?

      1 reply
  • 2017-01-27 12:39:08 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    [Biografia Musical] #2 - Jimi Hendrix

    "O blues é fácil de tocar. Mas não é fácil de sentir."

    E aí pessoas, para o nosso segundo post biográfico decidi falar um pouco sobre a curta e extremamente influente carreira dele, que é considerado por muitos o maior guitarrista de todos os tempos, Mr. James Marshall "Jimi" Hendrix.

    Nascido em Seattle em 27 de novembro de 1942, viveu parte da infância com sua avó índia e ganhou sua primeira guitarra aos 12 anos do pai. Após tocar com algumas bandas locais, serviu o exército americano como paraquedista, tendo sido dispensado por uma torção no tornozelo (na verdade há outra história sobre isso, mas não vamos entrar em detalhes).

    Desde cedo possuía muito carisma no palco e inicialmente tocava em bandas de apoio de músicos de Blues e Soul, incluindo nomes famosos como Curtis KnightB.B. King e Little Richards.

    Logo formou sua própria banda e foi para Nova York, onde conheceu Frank Zappa que o apresentou ao recém-criado pedal de “wah-wah”, elemento que se tornou uma das principais características de sua música. Durante esse período conhece também Chas Chandler, baixista do The Animals, que o leva para a Inglaterra e o ajuda a formar sua nova banda, o The Jimi Hendrix Experience.

    Logo começa a ganhar fãs e ser visto por grandes personalidades como Pete Townshend, Eric Clapton e Jeff Beck, que se surpreendem com seu estilo performático e "distorcido".

    Começa a gravar singles que chegam rapidamente no Top 10 britânico, lançando logo em seguida seu primeiro disco "Are You Experienced?" em 1967, o ano auge do Rock Psicodélico. O álbum é considerado um dos melhores discos de estreia da história.

    Curiosidade: Esse disco possui diferentes versões na Europa e na América, a diferença se dá em algumas músicas exclusivas de cada uma, sendo "Red House" na primeira e "Purple Haze" na segunda.

    No mesmo ano, volta para os Estados Unidos e toca no Monterey Pop Festival, graças ao apoio de Paul McCartney, que se ofereceu como produtor do evento caso aceitassem Hendrix. Uma das cenas mais famosas desse show é a em que Jimi incendeia a própria guitarra (não pela primeira vez).

    Enquanto isso, na Inglaterra, sua imagem de “selvagem” e de cheio de recursos para chamar atenção (como tocar a guitarra com os dentes e com ela às costas) continuava a trazer-lhe notoriedade. Entretanto, Jimi se sentia frustado pela maior atenção dada pela mídia e pelo público à sua performance do que à sua música.

    Seu segundo álbum "Axis: Bold as Love" quase não é lançado, pois Hendrix esquece a fita com a gravação final do lado 1 do LP em um táxi, perdendo-a. Com a proximidade do prazo de lançamento, os produtores são forçados a fazer às pressas uma remixagem a partir das gravações multi-canais, versão esta lançada em dezembro de 1967, e que não agradou Hendrix por ser inferior à original.

    (Algumas músicas são difíceis de se encontrar no YouTube por questões de direitos autorais. Então essa próxima vai acabar sendo só um trecho do filme "Easy Rider" em que a música é tocada)

    -- Gostaria de recomendar também a música 'Bold as Love', que não encontrei no YouTube --

    A terceira gravação da banda, o álbum duplo "Electric Ladyland" de 1968, era mais eclético e experimental, incluindo uma longa seção de blues, elementos de jazz e um cover de “All Along the Watchtower” de Bob Dylan.

    A capa original desse disco foi censurada, pois era uma foto de 19 mulheres nuas, sendo substituída por essa imagem meio alaranjada de Hendrix. (Sim, eu censurei a imagem, por precaução)

    Frustrado pelas limitações da gravação comercial, Hendrix decide por voltar aos EUA e criar seu próprio estúdio em New York, no qual teria espaço ilimitado para desenvolver sua música. Mesmo com a gravação problemática, muitas das faixas do álbum mostram a visão de Hendrix se expandindo além da sonoridade original do trio, fato que acabou acompanhado pelo fim da banda em 1969.

    --- Desse álbum também acrescento a 'Gypsy Eyes', outra que não se encontra no YouTube ---

    Em agosto do mesmo ano Hendrix forma uma nova banda para tocar no Festival de Woodstock. Sua performance sofre atraso e só ocorre na segunda-feira de manhã, com menos da metade do público dos dias anteriores presente (boa parte só de corpo ainda, a alma estava longe rsrs). 

    Apesar de notoriamente sem ensaio e desigual,  a apresentação ficou marcada por uma extraordinária versão instrumental improvisada, distorcida e quase irreconhecível do hino nacional norte-americano, The Star Spangled Banner, acompanhada de sons de guerra, como metralhadoras e bombas, produzidos por Hendrix em sua guitarra. A criação desses efeitos na época foi inovadora, expandindo para além das técnicas tradicionais das guitarras elétricas.

    Em Agosto toca no Festival da Ilha de Wight e expressa desapontamento no palco em face do clamor de seus fãs por ouvir seus antigos sucessos em lugar de suas novas ideias.

    Em 18 de Setembro de 1970, Jimi Hendrix morre em Londres, em circunstâncias que nunca foram completamente explicadas.

    Segundo os primeiros depoimentos de sua namorada Monika (que em outras declarações teve detalhes alterados e se tornaram contraditórios), Hendrix teria tomado (sem que ela soubesse), na noite anterior, nove comprimidos de um remédio para dormir que ela utilizava.

    Entretanto o médico John Bannister, que o atendeu inicialmente, informou em uma entrevista ao The Times:

    "A quantidade de vinho que estava sobre ele era fora do comum. Seus cabelos e sua camisa estavam embebidos, também seus pulmões e estômago estavam completamente cheios de vinho. Eu nunca tinha visto tanto vinho".

    Além disso, declarações publicadas no um livro de um ex-roadie de Hendrix, afirmam que o empresário do guitarrista, Mike Jeffrey, teria confessado ter contratado um grupo que teria invadido o quarto de hotel e forçado Jimi a tomar vinho e soníferos. O empresário, que tinha uma apólice de seguro no nome de Hendrix no valor de US$ 2 milhões, morreu em 1973 em um acidente de avião.

    (Uma das últimas fotos tiradas de Hendrix, pouco antes de sua morte)

                                            -------------------//-----------------

    Então é isso.

    Esse foi um resumo da história de um dos mais importantes guitarristas da história.

    Algumas pessoas costumam usar a seguinte associação para definir a sua influência: "A guitarra já existia e era usada muito antes de Hendrix, mas foi ele que a ligou na tomada"

    Abraços.

    41
    • Micro picture
      joanan_van_dort · about 3 years ago · 3 pontos

      Pude ler com calma, agora. Excelente! Obrigado por essa biografia resumida mas muito cheia de conteúdo, ao mesmo tempo! =D

      1 reply
    • Micro picture
      jhonatasantos · about 3 years ago · 3 pontos

      Muito boa publicação. Obrigado por @sound_and_vision ter feito, e pelo @caramatur por ter compartilhado.

      2 replies
    • Micro picture
      riihpeter · about 3 years ago · 3 pontos

      Qualquer coisa relacionada à música é bem vinda! Recomendo uma publicação de Joy Division :DDD

      3 replies
  • 2017-01-26 21:35:49 -0200 Thumb picture
    maria_luiza checked-in to:
    Post by maria_luiza: <p>É....</p><p>@tetrisoldschool Acho que pode ignor
    Tetris DX

    Platform: Gameboy Color
    69 Players
    23 Check-ins

    É....

    @tetrisoldschool Acho que pode ignorar o record anterior e ficar com esse aqui...

    hehehe

    12
  • 2017-01-26 20:03:07 -0200 Thumb picture
    maria_luiza checked-in to:
    Post by maria_luiza: <p>E o jogo continua... @tetrisoldschool</p><p>#img
    Tetris DX

    Platform: Gameboy Color
    69 Players
    23 Check-ins

    E o jogo continua... @tetrisoldschool

    (Aquele momento que você está atrasada para um compromisso, sua mãe está te apressando para desligar o computador, mas você acabou de bater seu record e quer ver até aonde consegue ir XD )

    17
    • Micro picture
      ryuuzaki · about 3 years ago · 2 pontos

      Eita! Isso sim e superar o recorde O.O

      3 replies
    • Micro picture
      rks · about 3 years ago · 2 pontos

      Eu queria poder conseguir fazer metade da metade da metade dessa pontuação kk

      1 reply
  • 2017-01-25 19:14:01 -0200 Thumb picture
    Post by maria_luiza: <p>Bom, não é "video" mas não deixa de ser "game" h

    Bom, não é "video" mas não deixa de ser "game" hahaha. 

    Levei quatro dias para montar, gastando umas 2 a 3 horas por dia... Só hoje que gastei umas 4 horas.

    É de 1000 peças... 998 na verdade porque perdi duas... Mas enfim...

    Sempre fui fissurada por quebra-cabeças, o que eu acho que explica um pouco da fissura por tetris e outros puzzle games.

    34
  • 2017-01-24 14:04:14 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    [Séries] #2 - Broadchurch

    Enquanto no primeiro post eu falei de uma série super conhecida, dessa vez escolhi uma excelente série pouco conhecida.

    Hoje vim recomendar a série britânica de drama policial chamada Broadchurch, exibida desde 2013 pela ITV, criada por Chris Chibnall. Até o momento possui 2 temporadas de 8 episódios cada, com uma terceira temporada confirmada em 2015 mas ainda sem previsão de estreia.

    A série também ganhou uma versão americana chamada "Gracepoint", mas que não alcançou o mesmo nível da original.

                                       --------------------//--------------------

    Sinopse 

    A história se passa na pequena e pacata cidade costeira de Broadchurch, que tem sua tranquilidade abalada pelo assassinato de um garoto de 11 anos chamado Danny Latimer.

    Assim, cabe aos detetives Alec Hardy (David Tennant) e Ellie Miller (Olivia Colman) investigarem o caso. Ele, dono de um passado misterioso, havia acabado de ser transferido para a cidade; Ela, amiga próxima dos pais da vítima, tinha acabado de voltar de férias.

    Juntos eles suportam a pressão da mídia e dos familiares para encontrar o culpado, tendo que fazer de toda a cidade suspeita e descobrindo que ali, de uma maneira ou de outra, todos escondem algum segredo.

                                      ----------------------//---------------------

    O clima da série é bem cativante, fazendo você suspeitar de uma pessoa diferente a cada momento, querendo descobrir logo a solução desse mistério e como cada peça se encaixa na história.

    A trilha sonora composta por Ólafur Arnalds também é muito boa, te deixando imersivo no clima de tensão da série.

                                   ----------------------//---------------------

    A segunda temporada pode ser considerada, na minha opinião, ainda melhor que a primeira, te fazendo querer arrancar os cabelos a cada virada do jogo.

    Acho que eu nunca tinha ficado tão nervosa assistindo algo quanto fiquei na season 2. Cada episódio te deixa em um desespero e angústia, que não tem como não assistir o próximo logo em seguida.

                                        ----------------------//-------------------

    Então é isso.

    Essa foi uma recomendação bem mais curta que a primeira, até por se tratar de uma série menor com menos coisa para se falar. Além de que, por ser uma série policial com muitos twists, um pouco mais que eu falasse poderia estragar a experiência.

    Extremamente recomendada. Por favor assistam porque eu não conheço ninguém que tenha visto para poder dividir as angústias da série comigo rsrsrs.

    Abraços.

    19
    • Micro picture
      msvalle · about 3 years ago · 2 pontos

      Pela sinopse, lembra a série The Killing, conhece? Ela é baseada em uma série dinamarquesa, é muito boa também.

      2 replies
    • Micro picture
      onai_onai · about 3 years ago · 2 pontos

      Eita, tanta coisa pra assistir, ler, jogar! Visto que tu tá fazendo essas indicações interessantes eu ia te indicar um filme pouco conhecido mas que considero um dos melhores e mais loucos que já vi na vida. Chama-se Jesus Christ Superstar. Eu achei ele no YouTube, a qualidade não está lá essas coisas mas ao menos dá pra assistir e fazer uma análise. Essa versão é a de 1973, há uma mais nova que não cheguei a assistir, e duvido muito que seja melhor que essa, além de uma peça de teatro. Gostei tanto desse filme que tenho até a discografia dele. Enfim, dá uma olhada quando tiver tempo, depois se quiser tu pode até indicá-lo nessa persona. Eis o link: https://www.youtube.com/watch?v=Vz_6zSjNxMI

      1 reply
    • Micro picture
      bellaalves · about 3 years ago · 2 pontos

      Já assisti e é uma das minhas favoritas! Aguardando a terceira temporada ansiosamente :D

      2 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...