2016-12-12 18:03:33 -0200 2016-12-12 18:03:33 -0200
marcusmatheus Marcus Vinicius de Paula Matheus

PROJETO EVO - O futuro dos PCs ?

Single 3428476 featured image

A Microsoft e a Intel anunciaram esses dias o Projeto EVO. Basicamente eles avisaram que estão trabalhando na criação da próxima geração de computadores pessoais. O objetivo principal do projeto é avançar na Inteligência Artificial, Realidade Mista, Segurança Avançada e, obviamente, Jogos!

Alguns membros das duas empresas fizeram uma apresentação bem bacana na China, num evento chamado Windows Hardware etc... (o nome era muito complicado pra lembrar, kkkk). Os principais assuntos e as novidades mais interessantes que pude assistir eu venho resumir pra vocês:

A intenção desta união é ampliar e ultrapassar os limites da computação (de uma forma geral, não limitada ao computador de mesa) num futuro próximo. 

Entre algumas tecnologias que já estão em fase de desenvolvimento encontra-se o far-field speech e o wake-on-voice, ambas habilitadas diretamente pela cortana (pra quem ainda não sabe, a Cortana é uma assistente virtual inteligente do sistema operacional Windows 10. O seu nome vem de uma personagem de inteligência artificial da série Halo). 

Eles também estão desenvolvendo biometria e autenticação de voz para o Windows, áudio espacial (que é um tipo de som que “simula” você dentro do filme/cena – fazendo com que o som “venha” de todos os lados) e, por fim, apoio HDR para jogos (uma tecnologia que representa quase que o mesmo “boom” do HDTV, só que não com o mesmo impacto).

Pelo que pude notar na apresentação das tecnologias, esse tal Projeto EVO busca tornar o computador pessoal em um dispositivo mais sofisticado – e que poderá ser acessado e operado de formas nunca antes vistas.

Não é difícil – e nem mesmo fantasioso – imaginar que os usuários serão capazes de ligar um PC simplesmente por um comando de voz, ou mesmo acessar informações  diretamente através de um dispositivo físico diferente (desde que estas informações estejam na nuvem, claro!); afinal, para que mais serviriam dispositivos de reconhecimento de voz e digital ?! (Apenas para impedir que sua mãe encontre pornografias ou que seu irmão mais novo apague os seus saves de jogos?!).

Imagino que este tipo de tecnologia tenha um uso limitado no início, mas que venham a se tornar comuns nos próximos anos e tornem a experiência de usar um computador muito mais intuitiva do que é hoje. Logo não iremos precisar estar na frente do computador para ativar a Cortana.

Inicialmente arrisco dizer que a Microsoft visa criar um “inimigo competitivo” para fazer frente à Amazon Alexa e o Google Home. Mas quando a gente analisa a intenção da dona do Windows frente à intenção de seus rivais diretos, fica claro que isso logo irá se expandir para algo fundamentalmente maior. Digo isso pelo próprio poder de pesquisa, hardware e softwares disponíveis para trabalho (Microsoft e Intel não possuem um playground pequeno para desenvolvedores!). Enquanto isso a Amazon e o Google se limitam a trabalhar unicamente com seus centros de origem e armazenamento. "A Microsoft tem a tecnologia na nuvem, e não a casa", disse um técnico da Microsoft durante a apresentação, que eu interpretei como um provocação indireta aos seus concorrentes).

Outro ponto comentado é que o Projeto EVO irá fornecer segurança avançada para o pc, incluindo autenticação biométrica e eliminando a necessidade de memorizar várias senhas. Já pensou? Abrir e-mails, Windows, X-box Live e muitas outras contas, apenas colocando a mão sobre à tela ?!

Também foram apresentados projetos que buscam fornecer experiências de realidade mista à PCs, e que possam ser acessíveis ao consumidor médio, visando a utilização de dispositivos head-mounted que combinam o mundo físico e o virtual de forma nunca antes vista! (Se você não faz ideia do que estou falando, dê uma olhada aqui

Neste mercado a Microsoft está tomando a dianteira e já apresentou suas patenteadas HoloLens ao governo chinês para aprovação. A dona do Windows planeja criar dispositivos disponíveis para os desenvolvedores e clientes comerciais durante o primeiro semestre de 2017.

Juntamente com a Intel, a Microsoft também partilha especificações para computadores que podem apoiar headsets capazes de realidade mista. Novos dispositivos head-mounted da Acer, Asus, Dell, Lenovo e HMD são esperados em 2017. A 3Glasses, desenvolvedora líder de hardware HMD na China, fará seu headset Blubur S1 até o primeiro semestre de 2017, e garante que já estarão prontos para o Windows 10 (o que atinge mais de 5 milhões de clientes mensais ativos nesse mercado – apenas em seu lançamento!).

Kits HMD para desenvolvedores serão disponibilizados no próximo ano (garante a Microsoft).

Mas e os jogos ?!?

Well!

As duas desenvolvedoras também estão trabalhando em maneiras de tornar o PC mais capaz em termos de jogos. A 7º geração de processadores Intel Core já permitem experiências de jogos incríveis (como jogos em 4K, vídeo de alta gama dinâmica, a capacidade de transmitir eventos em tempo real, e conectando o controlador Xbox ao PC). Eles ainda observaram que a simples implementação da Realidade aumentada através do Headset e dos óculos virtuais, irá oferecer experiências muito diferentes para qualquer jogo já existente no momento (OBS: em parte até concordo, mas será que essas novas tecnologias serão retro compatíveis ?! Não coloco minha mão no fogo... ^_^).

Mas um carinha lá da Intel já mandou a “mensagem mágica”: Você vive o que você é capaz de pagar!

Frase mágica, frase fria e calculada... Mas infelizmente é verdade!

O que ele quis dizer é que, muito provavelmente, nada disso vai ser barato no início, e o consumidor ainda vai demorar pra colocar as mãos num quite completo de realidade aumentada à preços acessíveis.

Ainda assim, o evento transmitido pela internet serviu pra mostrar a direção que a tecnologia vai tomar. Primeiro percebemos isso fortemente nos games, e agora notamos que a corrida pela Realidade Aumentada é uma aposta "quase" certa para os próximos anos.

16
  • Micro picture
    andre_luiz · mais de 2 anos atrás · 2 pontos

    Espero que esses recursos também estejam presentes para os usuários de Linux e Mac no futuro

    1 resposta
Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...