l_perugia

Um viciado em rpg e qualquer coisa que se mova numa tela

You aren't following l_perugia.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2019-10-01 22:23:49 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in to:
    Post by l_perugia: <p>O último trecho do castelo é realmente um pé no
    Super Castlevania IV

    Platform: SNES
    2112 Players
    84 Check-ins

    O último trecho do castelo é realmente um pé no saco, com partes que oscilam do razoável ao frustrante, principalmente em trechos de plataforma que te arremessam contra os espinhos. Passado essa tentação chegamos a parte mais frustrante, sem sombra de dúvidas de todo o jogo.

    Os lacaios de Drácula;

    Slogra

    Demora um pouco pra decorar seu padrão de ataque, basicamente ele pula em cima de você, e volta e meia lança bolas de fogo com a lança. Perto de morrer ele perde a lança, porém continua pulando e volta e meia dá investidas com o bico que são um pouco mais difíceis de evitar. 

    Gaibon

    Essa gárgula é até mais tranquila que o chefe anterior, ela só voa e lança bolas de fogo, perto de morrer fica vermelha e solta múltiplas bolas de fogo.

    Death

    A morte com certeza é a mais complicada, pois voa freneticamente e arremessa várias rajadas de ar com sua foice, tem um ataque que lança uma mega rajada que circula a tela e caso você se aproxime dela será atraído como um ímã para ela, o que pode ser bem perigoso (ou não). Há alguns pontos bons no mapa para se acertar ela, e até você perceber muitas vidas podem ter sido ceifadas. 

    Por fim temos ele;

    Drácula

    É um chefe frustrante pois além de levar pouco dano, ele possui três formas de ataque conforme vai morrendo, e até aprender a lidar com cada uma com certeza você vai sofrer bastante. Ele se teletransporta o tempo todo pelo mapa e isso é irritante, e como tem de acertá-lo na cabeça você só vai conseguir dar um hit por vez. No primeiro padrão de ataque ele atira poderes em sua direção que ao ser chicoteado se dispersam e podem te atingir. Passado isso, ele começa a invocar chamas vivas que ficam te perseguindo pelo campo de batalha e são muito chatas, é provavelmente a forma mais chata dele. Quando está quase morrendo ele vira uma caveira que segue se teletransportando pelo mapa e atira rajadas de raio do teto, como sempre há pontos cegos essa provavelmente é a forma mais fácil dele. 

    Derrotado basta assistir o final.

    Sim eu usei save state nessa fase, nesses chefes, sabe como é, somos adultos, temos trabalho, temos rotinas, temos de descansar, temos outras coisas a fazer, eu não ia me dar o luxo de ficar sofrendo sofrendo e sofrendo a noite toda.

    Se eu tivesse todo o tempo do mundo a conversa talvez fosse outra. 

    Sobre o jogo, excelente, tanto graficamente quanto em jogabilidade. Peca um pouco por aumentar a dificuldade de forma um pouco injusta na reta final, e a trilha sonora não é lá muito inspirada, mas isso não desqualifica a obra.

    20
  • 2019-10-01 20:45:31 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in to:
    Post by l_perugia: <p><strong>O mal não tira folga, então por que tira
    Super Castlevania IV

    Platform: SNES
    2112 Players
    84 Check-ins

    O mal não tira folga, então por que tiraríamos?

    O stage nove começa numa parte alta do castelo aparentemente, muito sobe e desce de escadas e vários trechos de plataformas, os inimigos nesse primeiro estágio da fase são poucos, e esses fantasmas que ficam subindo das profundezas não infringem dano, mas aparentemente retardam os movimentos do personagem. O legal é que há várias pilhas dessas coisas douradas pelo chão que aparentemente são moedas, mas esse Drácula é rico mesmo no fim das contas hein.

    Na segunda parte da fase estamos um pouco mais fundos, visto o background frequente de rochas e tons amarronzados da fase. Aqui os inimigos estão um pouco mais frequentes e há alguns poucos trechos técnicos, mas de modo geral esse stage é bem mais tranquilo que o anterior. O chefe é esse morcego de pedra que fica cagando em cima da gente, quando ele está perto de morrer se divide em três morceguinhos que continuam cagando em cima da gente, um chefe bem  fácil por sinal (assim como todos até aqui). 

    O stage seguinte é chamado de A, não me pergunte o motivo. Ela se passa numa torre cheia de engrenagens que te jogam pra lá e pra cá, hastes para se pendurar, e claro, inimigos pra te derrubar. É o stage mais técnico até aqui, e exige bastante do jogador, confesso que suei o bigode. 

    Passado a ralação pegamos mais um trechinho de fase só com inimigos e logo chegamos no chefe; A múmia. 

    É o chefe mais difícil até aqui pois ela pode se teletransportar de um lado para o outro, quando ela está no nível mais baixo provavelmente nenhum dos seus ataques vai te acertar (ela alterna entre arremessar bandanas e bolas de fogo), aproveite para descer a pua. Quando ela se teletransporta para o lado de cima a coisa piora bastante, pois ela pode  e irá de acertar a maioria dos seus ataques. De modo geral se você aproveitou para causar muito dano no inicio da batalha, não terá grandes problemas.

    10
    • Micro picture
      seufi · 13 days ago · 1 ponto

      "Suei o bigode"...

  • 2019-09-26 21:20:48 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in to:
    Post by l_perugia: <p><strong>A jornada contra o mal continua</strong>
    Super Castlevania IV

    Platform: SNES
    2112 Players
    84 Check-ins

    A jornada contra o mal continua

    O stage sete se começa numa espécie de biblioteca, muitos cavaleiros de armadura, morcegos, um lance de escadas com inimigos complicados como livros voadores e esse bicho que pula aí.

    A fase continua e agora chegamos em uma área com um tom mais azulado e vários quadros esquisitos pendurados, uma parte de plataforma complicada, várias revoadas de morcegos, monstros do carpete e logo chegamos no chefe da fase, essa armadura com machado aí, basicamente ele arremessa o machado em você e uma pira de fogo no chão, utilizei minha estratégia de sempre, sentei a pua freneticamente e venci de primeira.

    O stage oito parece se passar no esgoto, mas pra mim foi o verdadeiro inferno. Olhos voadores, gostas de ácido que caem do teto, e muitos espinhos, muitos mesmo, qualquer toque era morte certa. Foram várias tentativas, muitas vidas perdidas e sempre avançando mais um pouco.

    Sério essa fase é um verdadeiro inferno, me tirou muitas vidas, mas eu estava indo bem, pegando as manhas, avançando com ferocidade a cada nova tentativa, até que no finalzinho da fase eu me deparo com isto;

    Um trecho considerável onde espinhos ficam subindo e descendo do teto, alguns seguem um padrão outros me pareceram aleatórios, e claro, acertou é hit kill. Eu juro que tentei passar na persistência, mas depois de uns cinco game over nessa parte e ter de recomeçar tudo de novo, resolvi apelar pro meu ponto fraco, save state.

    Foram pelo menos 20 tentativas até finalmente conseguir passar, porra Konami!

    O chefe da fase é o Frankstein, a única coisa que sei é que ele pode se multiplicar, do resto só tomou lapada.

    19
    • Micro picture
      vinicios_santana · 18 days ago · 2 pontos

      O ponto fraco de todos é o save state, mas ele nos salva muitas vezes kkkk

  • 2019-09-26 19:10:34 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in to:
    Post by l_perugia: <p>#img#[661775]</p><p>Finalizei há alguns dias aqu
    Shenmue 1 & 2

    Platform: Xbox One
    13 Players
    6 Check-ins

    Finalizei há alguns dias aquele que é tido por muitos o golpe de misericórdia da gloriosa SEGA (que já vinha fazendo cagada desde o final de 1994). 

    Cara analisando pra época, é um baita jogo. Um mundo semi aberto, interativo, com várias coisinhas para se matar o tempo enquanto segue em busca da vingança do seu pai, fliperamas, máquinas de brinde, corridas de empilhadeira, sinuca e alguns outros. Os gráficos estão ótimos para 1999, o dreamcast pra mim sempre foi um console mais refinado que o playstation 2 (seu rival direto).

    Os problemas ficam em boa parte na jogabilidade, já que é um jogo onde você basicamente passa o tempo andando pra lá e pra cá, reunindo pistas, resolvendo algum pequeno problema que apareça e volta e meia se depara com episódios de luta que podem ser da maneira tradicional ou em Quick Time Events. É um jogo curto, direto ao ponto, não mais do que 20 horas de gameplay, para os dias atuais está um pouco datado, mas é interessante pra quem planeja curtir o tão esperado episódio final que chega ainda esse ano.

    Quando eu animar começo o segundo.

    19
    • Micro picture
      fonsaca · 18 days ago · 2 pontos

      Não é semi mundo aberto, é o gênero "free" que inauguraram na época. Infelizmente deu ideia pro "mundo aberto GTA" que é o que todos jogos repetem até hoje, mas perceba que no Shenmue as possibilidades são bem maiores do que, até mesmo, em jogos de hoje em dia (dá pra telefonar pra uma galera, abrir quase tudo nos lugares que acessa e afins). Ok, muitas vezes isso não resulta em grandes coisas, mas existe a possibilidade.
      "Que é um jogo onde você basicamente passa o tempo andando pra lá e pra cá". Também não curto isso, tanto que tenho uma encrenca com todos jogos de mundo aberto e MMORPGS pq são todos assim num nível piorado (Shenmue vc levou 20h pra zerar e não 200). Todavia, justamente devido a ser mais curto e ter mais possibilidades de exploração, acho bem menos pior esse vai e volta no Shenmue do que em outros jogos.

  • 2019-09-25 20:57:40 -0300 Thumb picture

    Naruto (Off Topic)

    Finalmente terminei de ler Naruto, sim eu li aquela bagaça de cabo a rabo, e pra ser sincero ainda fico me perguntando, onde foi que o Kishimoto errou? O mangá começa bem, tem potencial, tem carisma, o enredo cativa, algumas partes comovem, as lutas dessa primeira fase (Naruto criança) são bem legais e você não fica perdido sem saber direito o que tá acontecendo. 

    Depois acontece o atrito que todo mundo conhece entre Sasuke e Naruto, um vira um emo revoltado com a vida e o outro um idiota que não sabe ao certo o que faz, mas de certa forma faz. O segundo arco começa até bem, mas as coisas começam a desandar com batalhas mais e mais confusas,  poderes que ninguém entende bem como funcionam (vide sharingam que começa como uma técnica de ilusão/manipulação e termina com o olhinho que queima, move objetos de dimensões, invoca armaduras sei lá de quê, e é capaz de até mesmo mudar o destino das pessoas, a porra faz de tudo, uma bagunça total) e um quase total mal aproveitamento do enredo.

    No fim temos Naruto e Sasuke fodões (sério, as porras tem tantas técnicas e tantas firulagens que são tipo deuses do mundo shinobi) enfrentando a porra de uma inimiga que quase não é citada no mangá (na verdade só foi ser citada mesmo já no finalzinho) e o desfecho foi tão mais ou menos que me recuso a comentar, uma pena, mas isso é o preço que se paga ao estender a obra demais, havia um potencial ali, mas no fim se transformou num shonen genérico.

    Naruto: Ninja Council

    Platform: Gameboy Advance
    458 Players
    7 Check-ins

    13
    • Micro picture
      roberto_monteiro · 19 days ago · 2 pontos

      Concordo contigo!
      Estou relendo Naruto e é realmente muito bom, mas perdeu a mão com o tempo. Não muda o fato de ser um ótimo manga, e MUITO superior ao anime haha

    • Micro picture
      lukenakama · 19 days ago · 2 pontos

      Eu to começando a pegar o anime pra ver lentamente, apesar de eu saber muita coisa e já ter visto muitos episódios(do clássico)
      Eu vi as cutscenes toda de Naruto Storm 4(Guerra Ninja) e e não curti muito não.
      O Sasuke mesmo estraga bastante, a porra do irmão dele fez o que fez pra salvar a vila da folha, e mesmo o Sasuke sabendo disso ele vai la e queria destruir a vila da folha, olha Sasuke, tu não merece Palmas, tu merece Tocantins inteiro.

    • Micro picture
      noyluiz · 19 days ago · 2 pontos

      O kishimoto quis tornar ele em um dragon ball (em questão de poder por algum motivo) ai ó importante virou grandes luta com explosões e tornar os protagonistas op

  • 2019-09-17 21:03:49 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in to:
    Post by l_perugia: <p><strong>Mais um noite no castelo de Drácula.</st
    Super Castlevania IV

    Platform: SNES
    2112 Players
    84 Check-ins

    Mais um noite no castelo de Drácula.

    O stage cinco começa nesse trecho meio que de jardim abandonado pelo jardineiro, muitas plantas e ervas daninhas pelo cenário, aqui umas espécies de pássaros ficam soltando aquelas pulguinhas infernais em você. Estranhei o fato do tempo para se passar a fase ser muito curto, e quando cheguei na segunda parte da fase já estava sem tempo por ter ficado enrolando e perdi uma vida. Estranho foi perceber que essa é a fase mais curta do jogo, sem chefe, não muito difícil, e dá pra ser em menos de 3 minutos como o tempo sugere.

    No stage 6 parece que realmente de fato, nós estamos dentro do castelo como mostra o mapa. Aqui novos inimigos são apresentados, zumbis, cachorros que correm de um lado pro outro, armaduras que arremessam machados, esqueletos vermelhos que não morrem, mesas de jantar que te atacam, espíritos que dançam, é a coisa está começando a ficar feia. Uma parte legal é a seção de pular pelos candelabros que balançam de um lado pro outro, um pouco difícil, mas é só pegar o jeito que vai.

    Seguimos pela fase, só aprendendo as manhas e os movimentos dos inimigos, nessa reta final é possível morrer a vontade pois você sempre poderá pegar uma vida escondida numa parede, então fica elas por elas e dá uma reduzida na dificuldade geral da fase (tá bom, essa nem é tão difícil assim). O chefe é esse casal de fantasmas dançantes, nem sei qual é a deles, eu ó desci a chibata e os matei, sei que eles dançam de um lado pro outro e podem invocar armas pra te atacar.

    Cara, pausa pros comentários técnicos agora.

    Que gráficos, que gráficos, a Konami não poupou esforços no primeiro Castlevania do Snes, mode 7 a rodo, muitos detalhes, muitas animações, todo um capricho com o jogo.

    O que não tenho gostado até agora é da trilha sonora, está muito aquém de um Castlevania e as músicas não te passam muito feeling, uma pena.

    23
    • Micro picture
      wiegraf_folles_ · 27 days ago · 1 ponto

      Esse é aquele da fanfare depois de chefe?

  • 2019-09-16 22:10:12 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in to:
    Post by l_perugia: <p><strong></strong></p><p><strong>Bora retornar pa
    Super Castlevania IV

    Platform: SNES
    2112 Players
    84 Check-ins

    Bora retornar para a nossa cruzada contra o mal, Drácula Awaits!

    O stage três começa numa espécie de caverna, morcegos, homens de barro, estalactites que caem na sua cabeça, gotas que pingam do teto, o pau quebrando e vamos em frente. A segunda parte da fase muda para uma espécie de esgoto (talvez) ou seria uma parte externa do castelo? Não sei, o que sei é que basicamente é uma fase com bicas de água caindo, e muitas plataforma de subida vertical, algumas partes para se pendurar com o chicote e tal, não é difícil.

    A terceira e última parte da fase me fez um pouco de raiva, pois começa com um trecho de plataforma horizontal em cima da água, com blocos que se quebram, e esses homens peixes que ficam atirando jatos d'água para te derrubar. Superado o estresse desse trecho, o a fase se transforma em uma subida vertical não muito difícil onde o maior cuidado provavelmente são os blocos que se quebram. O chefe da fase é essa serpente aquática de duas cabeças, bem tranquila pois não atacam muito, sendo que uma cabeça ataca com três bolas de fogo e a outra com um jato de gás, chicote nela!

    O  Stage quatro começa nesse aparente trecho de castelo em ruínas. As caveiras nas paredes ficam acompanhando o personagem com o olhar, sensacional! Esqueletos são os inimigos mais abundantes nessa parte da fase, eles jogam ossos, saltam de paredes, e alguns possuem até armaduras o que os deixa ligeiramente mais resistentes. Há um subchefe na fase, essa caveira com um verme na boca, ela não é difícil, ela apenas muda de lugar e derruba pedras constantes em cima da gente, desviar das pedras é difícil, o melhor mesmo é ir pra cima e alternar entre chicote e o nosso machado.

    A segunda parte do jogo é uma das mais legais até aqui. A gente se pendura com o chicote enquanto o castelo vai girando. O problema dessa parte é que perdi muitas vidas pois você deve ficar em cima daquela plataforma enquanto cabeças de medusa vem ao os montes para te derrubar. Superada essa parte a seguinte é ainda mais impressionante, vamos seguindo por plataformas que caem enquanto o fundo do castelo (que mais parece uma manilha) literalmente gira o tempo todo, quando cheguei aqui eu falei, Uau! O problema é que esse efeito de mode 7 dá muito slowdown, pelo menos é um trecho bem fácil. 

    A última parte da fase também me deu um pouco de trabalho, pois temos de ir pegando carona em várias plataformas que vão sempre subindo, e você tem de ficar alternando o tempo todo entre elas pra não ser esmagado. Perdi um pouco de vida aqui, mas o bom desse Castlevania é que ele não é punitivo, os continues são infinitos, então você sempre vai poder voltar do início da fase e continuar aprendendo e melhorando sua jogabilidade nela, além disso o jogo possui passwords, então sempre vai poder voltar de onde parou, valeu Konami.

    O chefe real da fase é esse golem de pedra, e na boa a única coisa que ele faz é ficar derrubando tijolos em cima de você, e demorei umas três vidas pra descobrir que existem pontos cegos onde as pedras caem, descoberto isso é só descer o chicote sem dó.

    Até o próximo check-in.

    12
    • Micro picture
      vinicios_santana · 28 days ago · 2 pontos

      Essa fase me dava muita tonteira, mas é muito bem feita mesmo.

  • 2019-09-13 20:50:23 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in to:
    Post by l_perugia: <p><em><strong>Bora derrotar Drácula?</strong></em>
    Super Castlevania IV

    Platform: SNES
    2112 Players
    84 Check-ins

    Bora derrotar Drácula?

    O stage 1 começa de forma típica, entrar no castelo, se acostumar com a jogabilidade, primeiros inimigos, primeiros upgrades, mamatinha. Começamos num jardim de dupla camada, onde podemos ir a frente ou atrás das grades, bacana. A música já começa épica como todo Castlevania deve ser.

    Logo entramos no castelo, o jardim esverdeado dá lugar aos tons de cinza e amarronzados dos tijolos. Novos inimigos vão aparecendo, descobrimos pedaços de frango em paredes (não pode faltar) e somos apresentados a uma mecânica inédita até então na franquia (eu acho), agora é possível se pendurar em argolas com o chicote. Seguimos em frente e logo estamos do lado de fora de novo.

    Um pouco a frente entramos numa espécie de celeiro, aqui as cabeças de medusa aparecem na parte alta para te derrubar e consequentemente lhe roubar uma vida. O chefe da fase é esse misto de cavaleiro/cavalo esquelético. O cavalo só cospe bolas de fogo, é só desviar e contra-atacar. Quando ele morre é a vez do esqueleto, que basicamente tenta pular em você, só desviar e revidar, bem fácil para um primeiro chefe como deve ser. 

    O stage 2 começa numa floresta com zumbis que agarram suas pernas. Porém logo ela dá lugar a uma caverna com diversos tatuzinhos rolando pra lá e pra cá. Saindo da caverna pegamos trechos de plataforma numa área pantanosa. 

    O chefe da fase nada mais é do que a medusa, eu achei que ela ia dar trabalho e cheguei sentando o sarrafo sem dó nem piedade, tomei apenas um ataque e a luta não demorou nem dez segundos. O engraçado é que a fase não termina aí, temos mais um pedaço considerável de fase num rio subterrâneo que vai te empurrando sempre pra frente enquanto inimigos e espinhos vão aparecendo um atrás do outro, não é difícil, e depois de um tempinho chegamos ao final da fase.

    25
    • Micro picture
      onai_onai · about 1 month ago · 3 pontos

      Acho que esse Castlevania nunca joguei...

      1 reply
    • Micro picture
      vinicios_santana · about 1 month ago · 2 pontos

      Esse é bom demais,e usar o chicote em 8 direções ajuda demais

    • Micro picture
      santz · 28 days ago · 1 ponto

      Eu não fui muito surpreendido com esse jogo. A música dessa segunda e da terceira fase é meio paia.

  • 2019-09-11 23:36:26 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in to:
    Post by l_perugia: <p><strong>Stage 10</strong></p><p>#img#[659010]</p
    Joe & Mac

    Platform: SNES
    601 Players
    10 Check-ins

    Stage 10

    Esse stage é um dos mais legais do jogo, se passa num cemitério de dinossauros e além de muitos ossos, tem também uma ossada de triceratops. Infelizmente aqui a coisa começa a ficar mais complicada, raios que te acertam, trechos de plataforma complicadas, inimigos que te derrubam, é foda.

    O chefe aparenta ser uma ossada de braquiossauro e toda vez que você o acerta ele se desmonta e ossos voam em você, é preciso achar um ponto cego e até você encontra-lo muitas vidas já se foram, mas desafio superado de forma justa.

    Stage 11

    Esse daqui se passa numa floresta destruída, a dificuldade se mantêm alta com trechos de plataforma ainda mais complicados e inimigos pra te derrubar de montão, uma fase pra te fazer desistir e impedir de bater o jogo.

    O chefe agora é um T-rex vermelho, a movimentação já é meio que conhecida com alguma exceções. O foda é que ele tem muito hp e demora a perde-lo, e de modo geral é mais apelão que os anteriores, confesso que usei save state umas duas vezes aqui. 

    Stage 12

    A fase final aparenta se passar dentro do estômago do T-rex derrotado, não é tão difícil, basta ter cuidado que itens de cura são oferecidos aos montes.

    O chefe é o próprio capeta, ou algum subordinado dele. Na primeira batalha ele tem um esquema de ataque bem padrão que não é difícil de aprender. Ao derrotá-lo o jogo dá um falso final.

    Falso porque ele volta mais forte, agora pintado de azul.

    O problema é que o padrão de ataque dele complica, fica invulnerável a maior parte do tempo, se teletransporta (muitas vezes em cima de você) e volta e meia solta um ataque imprevisível (que tira uma quantidade considerável de vida). 

    Cheguei nele sem mais continues, e tive que fazer uma dura escolha;

    1- Aceitava minha derrota, já que não importava o que fizesse o jogo não me daria mais vidas (por continues ou pelas fases), juntava minhas traças e ia chorar no canto.

    2- Ou tacava o foda-se e usava save state a torto e direito.

    Optei pela segunda opção, assumi minha vida bandida, taquei save state a torto e direito, e finalizei sem honra e sem glória, mas com a sensação de dever cumprido.

    Pra bater o jogo de forma justa teria de chegar nesse chefe com pelo menos 4 ou 5 vidas, não foi o que aconteceu, infelizmente.

    Mas é isso, a jogatina de hoje se encerra por aqui, adios!

    20
    • Micro picture
      vinicios_santana · about 1 month ago · 2 pontos

      O jogo é mais longo do que eu imaginava. É ruim quando o jogo da poucas vidas. VC fica limitado. Imagina terminar Super Mario World com apenas 9 vidas.
      A escolha moral do Savé state tbm me assola RS.

    • Micro picture
      xch_choram · about 1 month ago · 2 pontos

      save state sempre :D

    • Micro picture
      porlock · about 1 month ago · 2 pontos

      qdo tive um snes, ele veio com esse jogo e não com super mario world...

  • 2019-09-11 22:17:33 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in to:
    Post by l_perugia: <p><strong>Stage 7</strong></p><p>#img#[658999]</p>
    Joe & Mac

    Platform: SNES
    601 Players
    10 Check-ins

    Stage 7

    Outra fase bem curtinha, basicamente é só subir um trechinho de morro evitando as pedras rolantes e alguns inimigos. 

    O chefe é bem frustrante, basicamente é o mesmo pterodáctilo da fase 3 só que agora vermelho, por incrível que pareça ele consegue ser ainda mais fácil já que não faz basicamente nada a não ser ficar voando perto de você esperando para ser atacado. 

    Stage 8

    Aqui chegamos a uma espécie de vulcão, a fase contém bastante pedras rolantes, inimigos aleatórios e fogueiras, algumas plataformas que podem te matar, mas no geral é fácil. 

    O chefe é esse T-rex com pescoço de pedra, dá um certo trabalho pois demora a levar dano, o padrão de ataque não é difícil de aprender, mas ainda assim pode revelar algumas surpresas.

    Stage 9

    Basicamente é o mesmo stage, só que agora com mais plataformar, piras de fogo e bastante lava, mas de modo geral é fácil.

    O chefe é esse dinossauro tatu bola espinhosa que é bem previsível e não apresenta muita dificuldade, bola pra frente!

    6
    • Micro picture
      vinicios_santana · about 1 month ago · 3 pontos

      Esses pescoços bolas ficam bem estranhos ne, e eram bastante usados nos 8/16 bits

      2 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...