You aren't following kratos1998.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2020-06-28 11:40:05 -0300 Thumb picture
    kratos1998 checked-in to:
    Post by kratos1998: <p>Primeiras impressões:</p><p>Os gráficos são boni
    Days Gone

    Platform: Playstation 4
    425 Players
    200 Check-ins

    Primeiras impressões:

    Os gráficos são bonitos, eu esperava bem menos, n é um Horizon, mas é bonito, daria nota 8.

    Se no The last 2 tem inimigo repetido, aqui eu emfrentei 5 caras iguais kkkkkkk, eu quase printei pra mostrar aqui, mas isso antes de atualizar, depois n percebi tanto assim. (Os 3 caras q salvei em missões aleatórias do mapa tinham o mesmo rosto).

    A jogabilidade é funcional, mas o sistema de combate é um pouco esquisito as vezes. Os tiros geralmente são bons, as vezes vc dá um headshot e o jogo não reconhece, mas ok.

    Os efeitos sonoros são fodas, estou jogando de fone e o som da moto, chuva e lama estão muito bons, gostei mesmo. A trilha é boa, mas as vezes eles colocam ela como fundo de umas cenas q simplismente não combinam.

    O melhor até aqui são os personagens, meu momento preferido do jogo até agora é quando o Deacon conhece a namorada, eu realmente amei ver eles se conhecendo, por um momento eu me peguei sorrindo sozinho vendo eles conversando, a dublagem é essencial aqui!

    Bom, isso é equivalente a 5 horas de jogo, vamos ver mais o que tem a oferecer!

    16
    • Micro picture
      igor_park · about 2 months ago · 2 pontos

      O jogo começa a evoluir quando tu chega no acampamento 3 e depois dele tem uma evolução massa também, eu gostei paca desse jogo, foi meu favorito de 2019.

      2 replies
  • 2020-06-26 17:46:42 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Jak and Daxter Explained

    Medium 3809420 featured image

    Jak and Daxter, a série esquecida da Naughty Dog.

    Animação, aspectos técnicos, enredo, comparados às outras séries de plataforma da Sony no PS2 como Sly e Ratchet and Clank, a série Jak tem uma maior qualidade em geral, porém diferente dos seu co-irmãos ela ficou presa no PS2.

    Este post tem como função apresentar ao mundo do jogo, histórias, curiosidades da franquia produzida pela Naughty Dog.

    A série foi bem comercialmente, na opinião da crítica e também detém 7 recordes no guiness book.

    Identidade Maluca:

    Apesar de eu gostar muito da série, tenho que admitir a série Jak tem uma identidade maluca, seja no design e nas opções de gameplay.

    O primeiro se chamando Jak and Daxter The Precursor of Legacy, o segundo com o título de Jak II com o numeral romano e depois Jak 3 com o numeral comum ou seja toda hora eles mudam a ideia e estética do título.

    Jak como personagem é legal, mas em design ele é uma mistureba de influências, tendo dedo de influência mangá japonês e influência dos quadrinhos western sendo que um dos fundadores da Naughty dog na época falou que teria mudado isso e focado em uma só influência.

    Em gameplay o primeiro é um plataforma 3D Open World, o segundo é um jogo de ação open world shooter com influências de plataforma 3D e com influência de GTA e Tony Hawk e o terceiro é um Mad Max muito bem feito.

    Eu amo essa inovação maluca que cada jogo tem, são bem diferentes entre si, porém dá para entender a confusão do público.

    Personagens:

    Jak e Daxter

    Jak tem uma personalidade forte, ele e Daxter são uma dupla inseparável, sempre juntos enfrentando os desafios propostos do mundo, Jak com as sequências ganha um lado Dark e corrompido, porém ele ganha poderes para contornar isso.

    Jak no primeiro jogo é mudo.

    No segundo já fala é um pouco mais velho e tem um cabelo bem maior.

    No terceiro o jogo se passa bastante no deserto ele acaba por cortar o cabelo.

    Daxter: É o piadista da dupla, sempre com caras e bocas e ótimas reações ao acontecimentos, Daxter é o alívio cômico e grande carisma da série.

    Daxter tem momentos de gameplay no 2º e 3º jogo da série.

    Samos:

    É um dos sábios que podem controlar a energia Eco no primeiro jogo, é velho e rabugento, porém justo e um bom líder no Jak II, seus conselhos são essenciais para a dupla.

    Keira:

    Keira é um personagem coadjuvante proeminente da série Jak and Daxter, filha de Samos Hagai, e o principal interesse amoroso de Jak. Ela é talvez mais conhecida como uma talentosa mecânica, inventora e piloto, tendo finalmente inventado os zoomers, projetado e reconstruído uma réplica do piloto de rift, e também ser uma corredora no Kras City Grand Championship.

    Eco:

    Eco é uma substância poderosa na série Jak and Daxter. É capaz de aparecer fisicamente na forma de gotículas ou aglomerados de líquido ou como um gás em sua (s) forma (s) natural (is), minério, prisma ou cristal, e vem nas seis cores conhecidas diferentes de light eco, dark eco , green eco , blue eco, yellow eco e red eco , cada cor possuindo uma propriedade diferente e específica. Foi criado pelos precursores e é estudado e dominado por um grupo de seres humanos conhecido como sábios.

    Essa energia que emana do planeta do jogo, é usado em armas, como cura e em vários acessórios.

    Jogos:

    Jak and Daxter: The Precursor Legacy

    Lançado em 2001 para PS2, The Precursor Legacy, é um jogo 3D de plataforma, com um mapa totalmente interligado e sem loads, eu o chamo de o sucessor espiritual de Crash.

    A missão do jogo é parar o exército de Lukers comandado pelos sábios Gol e Maia, que querem usar o Dark Eco, uma fonte de energia obscura.

    O jogo começa com Jak e Daxter indo explorar uma ilha sem autorização de Samos o sábio que meio que toma conta dos garotos, lá Daxter cai numa poça de dark eco e virá um ottsell.

    Em gameplay os comandos são responsivos e fáceis de aprender, Jak é muito bem animado, com opções de rolar, soco, gancho, pulo duplo, girar, é muito fácil controlar Jak e suas animações com Daxter mostram um grande trabalho da Naughty Dog.

    O jogo não tem nenhuma tela de load e todo o mapa é interligado, podendo ir da primeira até a última fase (somente misty island que é uma ilha que o jogador vai de barco).

    O primeiro jogo de console a apresentar ao jogador um mundo 3D único e ininterrupto foi Jak and Daxter: The Precursor Legacy. Graças à avançada tecnologia de streaming do desenvolvedor Naughty Dog, o mundo do jogo pode ser explorado sem tempo de carregamento entre as áreas.

    Até Grand Theft Auto III, lançado dois meses antes de Jak e Daxter, apresentava tempos de carregamento entre as ilhas de Liberty City.

    Jak II

    Jak II assume um tom notavelmente mais sombrio com uma abordagem de contar histórias mais cinematográfica em comparação com seu antecessor. Ao começar de onde o The Precursor Legacy parou, Jak, Daxter, Keira e Samos são abruptamente empurrados para um portal que o levam para misteriosa Haven City. Jak é capturado pela Krimzon Guard e posteriormente submetido a tortuosos experimentos com Dark Eco. Com sua eventual fuga, auxiliado por Daxter, Jak agora é um fugitivo procurado, bombeado pelo dark eco e capaz de se transformar graças a esse novo poder. Cego pela vingança, Jak une forças com a resistência do Underground numa luta contra o Barão Praxis e a Krimzon Guard.

    Jak II ainda apresenta os Metal Heads que com o desenrolar do jogo se mostram os verdadeiros inimigos do mundo de Jak, Jak II tem missões excelentes, um mundo aberto para se explorar ,templo e vários segredos.

    Com uma jogabilidade mais shooter e ação.

    Jak II é um jogo marcado por ser muito difícil, mas muito mesmo há várias missões complicadas aqui, falta de checkpoints e npcs que vão levar o jogador a loucura, sendo o jogo mais difícil da série, Jak II é dark, brutal e hard.

    Além das influências de GTA, temos influências da série Tony Hawk com Jak ganhando também um hoverboard nessa sequência.

    Hoverboard fácil de controlar e ótimo para se mover dentro das missões.

    As armas fazem parte desse jogo, dando o ar mais Shooter, porém ele permanece forte com características de jogos de Plataforma.

    Dark Jak na imagem, o modo onde Jak usa o Dark eco e fica mais forte.

    Jak 3

    Jak 3 continua o tom e a configuração do seu antecessor. Um ano após a derrota de Kor e do Barão Praxis, a guerra eclodiu em Haven City, enquanto os metalheads sobreviventes e os recém-chegados KG Death Bots atacam incansavelmente a Freedom League, sucessora da Guarda Krimzon, agora sob o comando de Ashelin Praxis e Torn, governador e capitão, respectivamente. O povo culpa Jak pela guerra por causa de seus poderes sombrios e sua amizade com o falecido lorde do crime Krew (que permitiu que os metalheads acessassem a cidade). Jak é banido para a Wastland pelas mãos do corrupto Count Veger, apesar dos protestos de Ashelin. Acompanhado por Daxter e Pecker, e com um farol dado a ele por Ashelin, Jak procura no deserto antes de cair quase morto. Ele é finalmente salvo por Damas, o rei de Spargus nas proximidades. Em troca de deixá-lo ficar, Jak agora deve provar seu valor, ou ser jogado no deserto como se nunca fosse encontrado.

    Jak 3 adiciona o combate de veículos, uma nova cidade e uma gameplay bem mais equilibrado, além de Jak poder se transformar em Light Jak uma versão dele canalizada com Light Eco invés de Dark.

    O jogo conta sobre uma ameaça de uma grande estrela que está caindo no planeta e como Jak é o responsável por impedir.

    Jak 3 trouxe os pontos positivos do anterior e poliu bem na sequência.

    Também estabeleceu a parte de veículos que foi bem aproveitada no Jak X o jogo de corrida e combate de veículos da série.

    Light Jak na imagem.

    Diferente do Dark Jak, o Light tem poderes mais defensivos e de suporte, ele também vem com a missão de equilibrar o lado Dark do protagonista e não deixar que Dark Eco o consuma.

    Jak X

    Jak X: Combat Racing acontece depois de Jak 3, e se concentra no perigoso esporte de corrida de combate. Quando Jak, Daxter e seus aliados são convidados pela filha do falecido Krew, Rayn, para vir à cidade de Kras para ler seu último desejo, seu último desejo revela que todos foram envenenados(quem mada beber no testamento do antigo lorde do crime). Para obter o antídoto, todos devem correr e vencer o Grande Campeonato da Cidade de Kras contra Mizo, líder de um sindicato rival de Krew. Jak e Daxter, portanto, se juntam à equipe de Krew enquanto correm por suas vidas.

    O jogo se concentra nas corridas de arcade, um forte contraste com a jogabilidade de aventura em ação em terceira pessoa dos lançamentos anteriores de Jak e Daxter.

    Há vários modos de jogo e desafios, sendo que quase nunca você repete um evento seguidamente, exceto os grand prix.

    Coleção HD do PS3, Port do PS4 e do Vita:

    Sobre a versão HD do PS3 é a mais bonita e completa é um full remaster.

    A versão do PS4 é um port das de PS2 com leves problemas e bugs, porém é a única que tem Jak X.

    A de vita é horrível, pelos controles e estabilidade.

    Recomendo as de PS3 e a de PS4 é razoável , fuja do Vita.


    Trilha do Jak X:


    A trilha do Jak X é a melhor da série e foi produzida pelo guitarrista do Perfect Circle.

    Além de músicas licenciadas do Queens of Stone Age.

    Esse é um resumo da franquia com características de gameplay, mundo e personagens, com algumas curiosidades e detalhes, lógico que não está tão detalhado como todos os detalhes dos jogos porém tentei trazer o máximo de forma resumida, obrigado por ler.


    Metacritic:

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)


    Jak and Daxter Collection

    Platform: Playstation 3
    159 Players
    9 Check-ins

    49
    • Micro picture
      artigos · about 2 months ago · 3 pontos

      Parabéns! Seu artigo virou destaque!

      1 reply
    • Micro picture
      kratos1998 · about 2 months ago · 2 pontos

      Excelente texto. Deu até vontade de jogar. Eu só zerei o 3 e um outro q saiu em 2008 acho, que é zuadinho um pouco kkkk.
      Sobre as versões, vi comparações gráficas e realmente percebi q a de PS3 é melhor q a do PS4

      3 replies
    • Micro picture
      denis_lisboadosreis · about 2 months ago · 2 pontos

      Tenho essa coletânea do PS3 e estou procrastinando pra começar.

      1 reply
  • 2020-06-26 16:26:15 -0300 Thumb picture
    kratos1998 checked-in to:
    Post by kratos1998: <p>Platina 70!!!</p><p>Saga concluída, galera sabe
    The Last of Us Part II

    Platform: Playstation 4
    704 Players
    186 Check-ins

    Platina 70!!!

    Saga concluída, galera sabe q corri pra pegar esse no número 70 e de quebra ainda levei de brinde um "Sonysta nível prata" do Mypst kkkkk

    30 jogos exclusivos platinados!

    Nem preciso dizer nada sobre esse jogo, vcs já sabem! Só q a platina é easy da easy kkkk

    @platinadores

    34
  • kleber7777 Kleber Anderson
    2020-06-26 08:29:04 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Meu top 5 melhores jogos de 2020 (até aqui)

    Já estamos quase chegando na metade de 2020. Ano que parece que já dura uma década. :S

    Pelo menos na área do jogos, eu não posso reclamar de nada. Foram 26 títulos até aqui. Vários deles excelentes. Se no meio do ano já está dificil escolher só 5, imagina até chegar no fim do ano! :(

    Pra vc ter uma idéia, não sobrou espaço para esses 2 aqui: Devil May Cry 5Donkey Kong Tropical Freeze

    Sem mais enrolação, vamos minha lista dos 5 jogos que mais gostei nessa primeira metade do ano.

    5) Stardew Valley

    Esse é o jogo ideal para a essa época de isolamento social. Ótima fuga da realidade. Onde sua maior preocupação é gerenciar seu tempo no cuidado de sua fazenda.

    Jogo indie desenvolvido por uma única pessoa. É bem impressionante.

    4) Hollow Knight

    Melhor versão de Dark Souls feito em 2D. Outro título impressionante feito por um estúdio tão pequeno: ambientação perfeita, um mundo cheio de segredos a ser descoberto e ótimas batalhas.

    3) God of War

    Se vc me perguntar: "Kleber, pra vc, quais são o jogos que realmente justificam a compra de um PS4?". Pra mim, os únicos exclusivos obrigatórios eram: Bloodborne e Persona 5. Agora coloco mais 2 nessa lista. Um deles está no primeiro lugar.

    Esse God of War é incrível! Eu adorei as mudanças que fizeram nesse último jogo. Ele possui algumas das cenas de ação mais impressionantes que já vi em videogame.

    2) To the Moon

    Sim, esse coloco em segundo lugar pq eu NUNCA ia imaginar que um título de RPG Maker falaria tanto comigo. Coloco ele representando o Finding Paradise também.

    Novamente, um indie feito por uma única pessoa. Uma trilha sonora fantástica, um ótimo roteiro e uma história marcante e emocionante. Poucos jogos ficaram gravados tão firme na minha mente tendo jogado apenas uma vez.

    1) The Last of Us - parte 2

    Esse aqui eu terminei no domingo. Tive bastante tempo pra pensar, ler bastante sobre o que as pessoas não gostaram e refletir melhor sobre a experiência que foi essa jornada.

    A parte técnica é impecável: um jogo lindo visualmente, ótima trilha sonora e excelente gameplay. Mas o que realmente me marca está no roteiro. Decisões corajosas que são necessárias para fugir no clichê e entregar uma mistura de emoções impactantes ao jogador.

    Quando eu pegar a platina desse jogo, quero escrever com mais calma sobre ele.

    34
    • Micro picture
      kratos1998 · about 2 months ago · 3 pontos

      The last é fenomenal mesmo! Só não escrevi mais sobre esse game pra n entrar em spoiler. Mas acho o roteiro corajoso e põe o jogador em conflito, acho legal acompnahar histórias assim

      1 reply
    • Micro picture
      diogo_paixao · about 2 months ago · 2 pontos

      Tinha pensado em fazer um post similar, mas normalmente faço no fim do ano o Top 10 jogados do ano =P

      Essas coisas sempre é legal marcar o @desafio para compartilhar e estimular as pessoas a fazer =)

      Ja que você fez, vou fazer também e se me permitir irei lhe marcar hahaha (já que foi o incentivo).

      E teremos algo em comum em nossos tops =P

      Tlou 2 s2

      3 replies
    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 2 pontos

      To the Moon também está no top de um dos melhores jogos que joguei em anos. Acho que nenhum ainda superou. talvez Celeste, pela gameplay gostosa.

      1 reply
  • montanaro Paulo Roberto Montanaro
    2020-06-26 10:10:00 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Top 5 - Jogados por mim em 2020 - Até Agora

    Faz tempo que não faço essas listas aqui, então... @desafio aceito. Lá vai:

    5. Darksiders Genesis

    Um spinoff de respeito, traz um ponto de vista diferenciado para a franquia, mais ação e aquele quebra-pau contra anjos e demônios que já esperávamos.

    O jogo sumiu da mídia muito rápido depois do seu lançamento, mas vale muito a pena.

    .

    4. My Friend Pedro

    Uma ideia de mecânica que se tornou a base de um jogo extremamente viciante, fluido e bagunçado. Uma trama ao mesmo tempo clichê e nonsense e um visual muito descompromissado.

    Vale a pena jogar e rejogar a campanha curtinha e intensa do game.

    .

    3. Journey to the Savage Planet

    Talvez o menos conhecido dessa lista, e por isso mesmo o mais surpreendente. 

    Um jogo de exploração a um mundo hostil em primeira pessoa, colorido, com um level design muito bem articulado, puzzles desafiadores e um gameplay muito gostoso. 

    .

    2. Resident Evil 2 Remake

    Só consegui jogar o game um ano depois do lançamento, pegando em uma promoção, e valeu a espera.

    Jogo redondinho, visual incrível (tudo bem que faz meu PS4 fat tentar decolar desde quando inicio o game) gameplay refinado e uma releitura das mais incríveis em relação ao original, que já era espetacular.

    .

    1. The Last of Us Part II

    Não tem jeito, o jogo teria que ficar em primeiro na lista, e não sei se haverá outro esse ano que supere a experiência incrível que tive (e continuo tendo) com essa segunda parte da franquia.

    Cativante na narrativa, fluido na jogabilidade, e o melhor visual da geração (pelo menos, do que joguei) fazem desse meu jogo favorito não só desses 6 meses, mas da geração inteira (e talvez da vida). 

    .

    Menção honrosa:

    Não entra no TOP 5 por não ser um jogo em si, mas a DLC Aftermath de MK11 é uma adição incrível ao melhor game da franquia e (mesmo com o preço) merece reconhecimento.

    The Last of Us Part II

    Platform: Playstation 4
    704 Players
    186 Check-ins

    33
    • Micro picture
      kratos1998 · about 2 months ago · 2 pontos

      Excelente lista do semestre. Fiz tbm e o primeiro lugar fica com The last of us 2. Assim como vc , uma experiência q ficou comigo e acho difícil ser superada tão cedo!

      2 replies
    • Micro picture
      douggycandido · about 2 months ago · 2 pontos

      Eu to jogando Darksiders Genesis, estou curtindo bastante esse jogo

      2 replies
  • 2020-06-25 17:37:51 -0300 Thumb picture

    Uma review totalmente diferente!

    ESSE VÍDEO TEM SPOILERS!

    Eu amo esse canal, ele nunca concorda comigo kkk, mas sempre tem bons argumentos! E no principal, ele esclarece a loucura dos fãs! Ele não consegue compreender o hate contra certas decisões do jogo assim como eu! E apesar de ele dar um 6.5/10 (lembrando q essa nota nem é ruim, equivale a 3.2/5) ele entendeu o jogo pelo menos! Diferente de uns fãs raivosos por aí. Não tem problema não gostar, o problema é não gostar pelos motivos errados como ele diz kkkk.

    Compartilhando mesmo pra mostrar que n sou contra opinião diferente, sou contra alguns absurdos q tenho visto em comentários do Youtube!

    The Last of Us Part II

    Platform: Playstation 4
    704 Players
    186 Check-ins

    16
    • Micro picture
      noyluiz · about 2 months ago · 3 pontos

      e tbm acho bizarro as pessoas não aceitarem que outras não gostaram do jogo mesmo (sem birrinha ou coisa do tipo) ou só não gostaram do plot

      1 reply
    • Micro picture
      noyluiz · about 2 months ago · 2 pontos

      Nossa agora que eu vi o pessoal caiu matando no video ta com mais de 4 mil dislike

      3 replies
  • 2020-06-25 15:39:18 -0300 Thumb picture

    Top 5 Primeiro Semestre de 2020

    5° Lugar: Kingdom Hearts III

    O jogo é um deleite visual ao recriar os mundos da Disney Pixar, mas o que me emociona mesmo é rever personagens tão queridos e ver alguns outros finalmente livres do sofrimento. A batalha final faz qualquer grande fã da saga bater palmas ao ver toda a galera reunida. A jogabilidade é excelente, e a história confusa para quem não acompanhou os principais jogos da franquia(só me faltou o 3D), não é meu Kingdom Hearts preferido, mas vale o 5° lugar na lista.

    4° Lugar: Sekiro

    Uma jogabilidade simples e estilosa, ao nível samurai! Chefões icônicos e desafios épicos, com uma ambientação linda e personagens cativantes da cultura Oriental. Sofre de alguns problemas gráficos e de câmera. Uma história competente, mas não tão instigante quanto outros jogos da empresa. Merecido o prêmio de Goty, ainda que eu prefira a narrativa hoje tão atual de Death Standing.

    3° Lugar: Horizon Zero Dawn

    Um jogo bastante estiloso que sabe brincar com o imaginário que criou, com criaturas robóticas que emulam animais da vida real com um esmero gráfico impecável e jogabilidade fluida e de fácil aprendizagem. Uma história excelente, que se perde vez ou outra nas andanças da protagonista e por vezes manchada pela falta de habilidade da Guerrilha games de trabalhar a própria engine, trazendo péssimas expressões faciais e cutscenes focadas em ação com pouquíssima qualidade de animação! Minha experiência foi fantástica, mas não conseguiu apagar tais erros. Dito isto, ainda vale o 3° lugar da lista.

    2° Lugar: Spider-Man

    Uma primorosa adaptação do amigão da vizinhaça, demonstrando todos os traços do herói que amamos tanto. É delcioso ver o Peter correndo atrás de caminhão de lixo pra recuperar seus pertences, ter que pensar no preço do jantar que propõe a MJ e por aí vai. A jogabilidade é fenomenal, com vários gadgets que tornam os combates mais divertidos e missões secundárias bastante diversas(vide missões do Harry Osborn). Um enredo simples e bem planejado para uma aventura "pequenamente grandiosa". Suas qualidades superam para mim alguns problemas técnicos lhe garantindo a primeira nota máxima do ano e o segundo lugar nessa lista!

    1° Lugar: The Last Of Us Parte 2

    O meu segundo jogo nota 10 do ano é também o melhor até aqui. Com uma jogabilidade fiel ao primiero jogo com acréscimos na medida certa, ele já valeria pela diversão de gameplay. Mas a forma como resolveram contar essa história me fez chorar, sentir ódio, descrença, esperança e muito mais. Um turbilhão de emoções manipuladas por um roteiro que não vem agradando a todos, mas que brincou tanto comigo que não consigo deixar de descrevê-lo como genial, diria até que o "hate" ocorrido ao redor do roteiro foi planejado pela ND com um leve sorriso no canto do rosto. Ou você entende ou entra em negação, e em ambos os casos, você caiu na engenhosa "armadilha" do roteiro, resta saber se odiará ou amará! Eu amei, e contimuarei amando, nunca tinha sentido o que senti com este jogo. Obrigado Naughty Dog, sua desgraçada kkkkk.

    OBS: Todas as fotos são da internet, tirando a de The last 2, que é um screenshot meu.

    The Last of Us Part II

    Platform: Playstation 4
    704 Players
    186 Check-ins

    18
    • Micro picture
      hanzy · about 2 months ago · 2 pontos

      Ótimos jogos, dai eu só trocaria o o Kingdom Hearts pelo Sekiro que não curti tanto, prefiro os RPGs da FS.

      3 replies
    • Micro picture
      cacotives · about 2 months ago · 2 pontos

      Eu trocaria p Sekiro por tlou kkk

      4 replies
    • Micro picture
      montanaro · about 2 months ago · 2 pontos

      Cara, que lista espetacular... desses 5 do seu semestre, tem 3 que pra mim são top 10 da geração (TLoU2, Spiderman e Horizon). Os outros 2 ainda não joguei, então não posso opinar. Mas pra mim, eles se somam a The Witcher, Uncharted 4, Dragon Age Inquisition, God of War e outros poucos na primeira linha da geração.

      7 replies
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2020-06-25 10:49:36 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Último de Nós II 💪🏻💏

    Começou! Tô todo "arrupiado" 🤪

    Tentei resistir em jogar e não tirar fotos mas, não resisti. O jogo tá lindo graficamente falando...

    E esses detalhes na mão do personagem representando a idade chegando? 😘

    Meu Deus do Céu...aquele típico homem que você quer passar o resto da vida juntinho: gostoso, sexy, inteligente e atencioso.😎

    E essa coisinha linda de papai? Virou sapatão, foi? 

    A minha experiência no primeiro game foi extremamente positiva⭐⭐⭐⭐⭐. 

    Que lugar maravilhoso pra se isolar duma pandemia dessas.

    Mas nesse cantinho de Jackson os inimigos também estão à espreita...apesar do isolamento.

    Agora olha que bizarro o que anda acontecendo com THE LAST OF US II além da polêmica "das lésbicas"...

    Um grupo de jogadores mais descontente com as escolhas criativas da Naughty Dog em The Last of Us Part II decidiu iniciar uma petição no Change.org, exclamando para que a Naughty Dog altere alguns pontos narrativos da história. Criada por um utilizador que dá pelo nome de Joel Miller, em referência ao protagonista da série, a petição conta atualmente com pouco mais de 1500 assinaturas.

    Não posso julgar nada até zerar...mas será que está tão ruim assim? Vale lembrar que MASS EFFECT 3 recebeu petição semelhante de fãs para alterar o seu final (mas não momentos chave da história...).

    The Last of Us Part II

    Platform: Playstation 4
    704 Players
    186 Check-ins

    49
    • Micro picture
      kalini · about 2 months ago · 4 pontos

      Change.org tem mais bebê chorão que em creches e berçarios, haha!

      1 reply
    • Micro picture
      rafael_mingato · about 2 months ago · 4 pontos

      Ué como assim? Cadê a foto do jogo? hehe =P
      O game está muito lindo né. <3 *-*
      Ridícula essa petição, tomara quedê errado! -_-

      4 replies
    • Micro picture
      sweet_lorelei · about 2 months ago · 3 pontos

      sou meio que neutra quanto ao 2 , mas o 1 parece um jogo muito dahora,eu joguei the walking dead da telltale e aquela sensação do lee com a clementine foi muito linda meio pai e filha pelo que vi o 1 segue essa formula e o protagonista parece muito carismatico,esse gênero não me chama muito com exceção de left 4 dead , mas parece muito legal ^^ o protagonista me lembra o cara do red dead redemption 2

      1 reply
  • andrexdl23 Andre Luis Ribeiro
    2020-06-24 22:33:03 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Quem disse que jogos licenciados precisam ser ruins?

    No Hype pelo remake do SpongeBob BFBB, e também por não ter a possibilidade de comprar o mesmo devido a PUTA SACANAGEM DA SONY, onde em TODAS as plataformas o game custa entre 50 a 60 reais, enquanto a queridinha Sonia decidiu fazer o jogo custar 128 reais, decidi baixar o segundo game do Bob esponja pra Ps2/Game cube que é baseado no filme.

    Perfeição existe. 

    Que jogo incrível, maravilhoso, perfeito!!! Ele é definitivamente 10/10!!! Você percebe que o game foi feito com amor devido a todos os detalhes e esforço colocado pela equipe! Level design, cenário, jogabilidade, trilha sonora, tudo é super fluído e polido!

    Platform gasm :v

    Diferente do jogo anterior, battle for bikini bottom, esse segue uma premissa mais linear, """corredor""", porém com várias áreas abertas e com caminhos alternativos, cheios de segredos e desafios. Eu nunca vi um game de plataforma linear nessa pegada. As fases são MUITO bem feitas e variadas, plataforma pura (quem é fã do gênero, vai ter orgasmos).

    Fator replay:

    Como citado, o game possui diversos caminhos alternativos, mas nem todos é possível acessar com o estado atual do seu personagem, pois é preciso evoluir ele e também adquirir a habilidade necessária para a situação. Sem contar que o jogo oferece a possibilidade de jogar com vários personagens, e cada área/desafio as vezes são restritos a um em especifico. O game oferece a opção de transportar pras fases anteriores a hora que quiser. 

    Olha o capricho!

    Os gráficos são incríveis, muito acima do padrão dos consoles em que foi lançado, sem contar a animação maravilhosa dos personagens e inimigos. A forma com que o cenário se comporta, os detalhes, tudo é muito bem feito!! 

    Se puder baixar no emulador, sei lá, JOGUEM!!! É um game maravilhoso, extremamente divertido e com uma jogabilidade fantástica! Lembrando que a versão PC é um jogo completamente diferente, então se apeguem a versão do PS2/GC.

    The SpongeBob SquarePants Movie

    Platform: Gamecube
    10 Players
    1 Check-in

    25
    • Micro picture
      rax · about 2 months ago · 2 pontos

      Esse dai to precisando mesmo jogar.

      Sou fa do desenho deis de que me conheco por gente kkkkkkk >:D

      1 reply
    • Micro picture
      miguelpardal · about 2 months ago · 2 pontos

      entao esse novo e remeke desse ai ?

      2 replies
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 2 months ago · 2 pontos

      Não sou fã do desenho...mas tô curioso com o game.

      1 reply
  • 2020-06-24 17:07:48 -0300 Thumb picture

    Jogos zerados no primeiro semestre de 2020

    Semestre acabando e para o final do ano não ficar cheio de jogo, vou fazer a lista semestral de jogos zerados. Esses são o jogos que joguei e as notas atribuídas por mim com base nas minhas percepções de enredo, gráficos, trilha sonora, efeitos sonoros e jogabilidade. (Elas só valem pra mim, n se importem com elas kkkk)

    Um adendo: não é porque um jogo tem nota maior que outro, que eu tenha gostado mais, é que ele se sai melhor no que se propõe a fazer.

    Amanhã postarei o top 5 com comentários.

    Janeiro:

    Kingdom Hearts 3 (9.5)

    Guacamelee (9.0)

    Outlast 2 (8.0)

    The walking dead telltale 3 temporada (6.9)

    The Evil within (7.7)

    Goat simulator (4.0) (essa nota é zueira assim como o jogo kkk)

    Fevereiro:

    Metal Gear solid 4 (8.3)

    Lego Senhor dos anéis (9.0)

    Batman Arkham Knight (8.1)

    Março:

    Fatal frame 2 (7.2)

    Until Dawn (9.2)

    Injustice (8.6)

    Metal Gear solid V (9.3)

    Super Smash bros. Brawl (8.5)

    Metal gear (1987) (8.5)

    Horizon Zero dawn (9.9)

    Abril:

    Psichonauts (6.6)

    Naruto storm (7.2)

    A way out (9.4)

    Unravel 2 (9.2)

    Sekiro (9.6)

    Maio:

    Plants VS. Zombies Battle for the N. (7.8)

    Sombras de Mordor (7.2)

    Mad world (7.8)

    Unravel (9.5)

    Junho:

    Spider - Man (10)

    The last of us part 2 (10)

    26
    • Micro picture
      hanzy · about 2 months ago · 3 pontos

      Mds o cara zera mais de um jogo por mês, que diabo é isso, teu dia tem 48 horas ???
      Brincadeiras a parte show sua lista, queria ter como jogar MGS4 de novo, espero que a Kojima faça uma collection da serie que não daria trabalho nenhum e ela granaria grana do jeito que ela gosta.

      2 replies
    • Micro picture
      rafael_mingato · about 2 months ago · 2 pontos

      E os platinados? hehe XD

      4 replies
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 2 months ago · 2 pontos

      Cada um têm uma visão de experiência gamer mas...daria um "cadim mais" pra
      THE EVIL WITHIN (8.5/10)
      ARKHAM KNIGHT (9.5/10)
      FATAL FRAME 2 (8.5/10)

      Ao mesmo passo reduziria uma nota e, como dito acima, todos nós temos experiências diferentes de game:

      HORIZON ZERO DAWN: 7.9/10

      E que notas lindas pro SPIDER e THE LAST II ❤️😘👍🏻

      2 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...