You aren't following kleber7777.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • msvalle Marcos
    2020-01-03 23:46:02 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    The Valle Awards 2019

    Como já é tradição (desde o ano passado hehe), temos aqui os dez jogos que eu mais gostei de jogar em 2019:

    10. Vikings: Wolves of Midgard (2017)

    Um Diablo-like com temática viking? Achei a ideia interessante, e apesar do jogo ter uma bela história (com direito a reinterpretação da lenda do Rei Artur) e locações e inimigos bem variados, a jogabilidade é um pouco travada. Mas para quem gosta do genêro e/ou da temática é uma bela pedida.

    9. République (2016)

    Um jogo intrigante, com um ar de "Admirável Mundo Novo" e com uma discussão interessante sobre controle e liberdade. Possui  uma jogabilidade curiosa onde a visão do jogo é toda dada por câmeras de segurança. Pena que o final fica aquém da jornada, muito aberto a interpretações.

    8. Tacoma (2018)

    Um mistério em uma estação espacial é o tema do novo jogo da Fullbright, que com Gone Home tinha entrado no meu radar. Esse "walking simulator" tem um gameplay bem bolado, onde você tem que recuperar memórias dos habitantes da estação para descobrir o que aconteceu.

    7. 11-11: Memories Retold (2018)

    Um belo (literalmente) jogo, com uma arte de aquarela impressionante, conta a dramática história de dois personagens em lados opostos durante a Primeira Guerra Mundial com vários desfechos e muita informação espalhada durante um jogo. Para quem curte drama de guerra é um prato cheio.

    6. Assassin's Creed Odyssey (2018)

    Ah, Ubisoft! Quando a gente acha que ela aprendeu, ela erra de novo! Depois do sucesso do Origins, ela nos leva dessa vez a Grécia, com um mapa maior, milhares de quests, uma parte naval (que eu não gosto) ainda maior que AC Black Flag, e infelizmente se perdeu no quesito que considero mais importante: a história. Se afastando de vez da fidelidade histórica - prepare-se para ver cavalos flamejantes, espadas cintilantes, unicórnios, etc. Uma pena. Espero que no próximo contratem os redatores da CD Projekt Red para ajudar hehe

    5. Spec Ops: The Line (2012)

    Um TPS de guerra que conta um história bem peculiar e impactante passada em Dubai após uma tempestade de areia. Eu gostei tanto desse jogo que resolvi platiná-lo, jogando na dificuldade FUBAR (Fucked Up Beyond All Recognition), imaginem =P Não dá para contar muito sem estragar a experiência, pois a história é o principal aqui, sendo o gameplay básico de TPS.

    4. inFamous: Festival of Blood (2011)

    Essa expansão deveria ser um jogo completo, de tão boa que é. A adição dos poderes vampirescos ao Cole deixou o jogo ainda mais divertido, e a história que rola é muito bem amarrada com o local do segundo jogo.

    3. Muramasa Rebirth (2013)

    Mais uma pérola do estúdio Vanillaware, com gráficos absurdos - tanto de personagens quanto de cenários - temos  dois protagonistas cujas histórias se entrelaçam durante a busca de cada um a seu objetivo. Com finais diferentes, é uma pena que exija jogar tudo novamente no nível de hit-kill: cheguei a começar mas desanimei.

    2. The Witcher 3: Wild Hunt (2015)

    Estava bem atrasado em relação a esse aqui, mas um jogo dessa qualidade não deixa a desejar em relação aos jogos mais novos. O que dizer desse jogo fantástico (mas não sem defeitos) que ainda não foi dito? A variedade e qualidade das missões? A história principal que, apesar de alguns tropeços, nos leva a momentos emocionantes? O mapa enorme que, ao contrário da Ubisoft, tem cada local com sua história, seus habitantes com seus problemas particulares. Em que jogo você enfrentaria a burocracia de um banco (na expansão Blood and Wine), ou uma entrevista com um coletor de impostos em relação aos seus ganhos? Esse jogo merece todo o mérito que tem, e por muito pouco não ficou em primeiro lugar.

    1. Spider-Man (2018)

    Ah, esse foi o jogo do Aranha! Nova Iorque está incrível, a movimentação com as teias é fluida e divertida, a história, apesar de seus altos e baixos, não deixa de entregar um bom momento do herói, e as missões secundárias são bem espaçadas de forma a não enjoar. Minha maior crítica são as missões da chata da Screwball. Não me lembro de um jogo onde uma expansão tem consequências sérias para os personagens como esse aqui. Foi o jogo mais divertido que joguei em 2019.

    Spider-Man

    Platform: Playstation 4
    751 Players
    375 Check-ins

    57
    • Micro picture
      leopoldino · 23 days ago · 1 ponto

      Esse prêmio tem credibilidade.

      1 reply
    • Micro picture
      _gustavo · 23 days ago · 1 ponto

      Excelente lista @msvalle, esse Republique ta na minha mira pra comprar, agora na sale tava 10,00 mas peguei tanta coisa q acabei deixando ele pra um futuro kkk

      1 reply
    • Micro picture
      wild_dark_shadow · 23 days ago · 1 ponto

      Excelente lista! Joguei vários dessa lista e pretendo jogar os restantes, principalmente o 11-11 que estou à espera de receber em casa. Destaco claro o Witcher e Assassin's Creed, juntamente com o InFamous que também adorei e só tive pena ser um standalone

      1 reply
  • msvalle Marcos
    2020-01-02 23:22:03 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Retrospectiva 2019

    Mais um ano que terminou, e no quesito jogos foram bem menos que 2018 (de 42 para 22 - contando expansões), mas como tem alguns devoradores de tempo na lista, o resultado só poderia ser esse hehe
    E como não poderia faltar, teve mês com nenhum jogo concluído =(

    62
    • Micro picture
      miss_dani · 24 days ago · 3 pontos

      Se te serve de consolo, lá para março você já tinha jogado mais games que eu o ano todo, kkkkk ^-^'

      4 replies
    • Micro picture
      kleber7777 · 24 days ago · 2 pontos

      Eu sou do tipo que dou mais valor pra variedade e qualidade do que quantidade. Você pegou vários jogos muito bons! E com estilos bem diferentes.
      Boa lista de 2019!

      1 reply
    • Micro picture
      natnitro · 24 days ago · 1 ponto

      Só o Witcher 3 platinado ai e o Odyssey finalizado já devem ter enchido a agenda do ano inteiro... xD
      E que em 2020 os jogos rendam bem mais pra todos nós porque aqui também foram bem menos finalizados do que o esperado e em compensação, a lista da vergonha só fica maior a cada ano que passa... kkk

      1 reply
  • miss_dani Dani Patiné
    2019-12-31 10:52:38 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Retrospectiva 2019

    Mais um ano vem chegando ao fim. 

    E o que dizer de 2019?

    Para mim, esse ano foi um bocado complicado, marcado por conflitos internos, discussões, términos de amizades, mas também o ano em que retomei antigas paixões. E sem dúvida, foi o ano em que eu menos joguei, mas gostei de tudo o que foi jogado.

    Segue abaixo, um pouquinho do meu 2019 :) 

    Iniciei o ano explorando a bela e perigosa Andromeda, ao lado de Scott Ryder em Mass Effect Andromeda, game que foi muito criticado por seus diversos problemas com bugs e rostos com expressões bizarras. Por sorte, consegui jogar o game em um momento em que esses erros já haviam sido em grande parte corrigidos e consegui ter uma experiência muito agradável e até mesmo divertida. 

    Saí de Andromeda e decidi fazer parte de uma gangue. E que gangue, meus amigos!! Ao lado de Arthur Morgan e seus parceiros, tive muita ação, aventura, um pouco de canseira, confesso (rsrsrs) mas digo que em muitos e muitos momentos, me emocionei...

    Red Dead Redemption 2 é sem sombra de dúvidas um jogo especial para mim e se tornou um dos meus favoritos, ao lado do primeiro game, não apenas pelo game em si, que muitas vezes se mostrou um pouco cansativo em alguns aspectos, mas sim, pela história e pelo que ela tem a transmitir, de certo modo <3

    Esse ano também foi marcado por algumas brigas. Mas em meio a tanto desentendimento, algo de bom aconteceu. Retomei a minha paixão pela leitura. E consegui ler muita coisa bacana: aventura, investigação, terror, romance de época e até alguns infanto-juvenis, kkkk... espero que em 2020 esse hábito permaneça (o da leitura, é claro. O da briga, só por motivos que realmente possam valer a pena).

    Nesse ano também conheci Kara, Markus e Connor, além de outros personagens igualmente incríveis e me envolvi completamente nessa história e em suas complexas escolhas. Ao lado de Red Dead Redemption 2, Detroit: Become Human me conquistou completamente e eu simplesmente não conseguia desgrudar do game. Sempre que ele acabava, lá estava eu tentando novas possibilidades na história destes três.

    Em 2019 consegui uma grande proeza: fazer a minha irmã jogar um game sozinha (quer dizer, comigo olhando e dando um toque ou outro). E eis que o game escolhido foi o terror/suspense com adolescentes, Until Dawn. Eu já havia jogado o game anteriormente, mas vê-la jogando o título foi igualmente empolgante (e ela também gostou demais!). 

    Quem sabe em 2020 eu consiga convencê-la a jogar algum outro, hehe ^-^'

    Após muito relutar, por receio de não curtir muito o game, finalmente iniciei e finalizei o game de Aloy, Horizon: Zero Dawn. E confesso que me diverti muito com o game, principalmente nos combates com as diversas máquinas e com as armas de Aloy, que eram bem diferentes e interessantes de serem usadas. Minha única experiência amarga com esse game foi um troféu que bugou :( senão eu teria platinado o danado... Quem sabe eu ainda retorne ao game para refazer essa parte... Talvez sim... Talvez não... a verdade é... quem sabe, kkk...

    Também comecei a fazer alguns artesanatos em EVA para levantar uma graninha extra e isso, se não me dá uma boa grana, ao menos é um exercício muito gostoso de relaxamento. Poder ficar desenhando bichinhos, recortando, colando... é muito bom, hihihi...

    Abaixo tem mais um pouco das minhas coisinhas, pra quem quiser ver, rsrs: 

    https://www.facebook.com/hellocuteartesanatos/

    Neste ano que foi um bocado estranho, me reencontrei com Chloe em uma nova jornada pela vida e todos os seus dilemas, amores e confusões em Life is Strange: Before The Storm. Também me reencontrei com Max, em um episódio extra, que apesar de pequeno, entregou uma grande carga emocional para a história (e confesso que me fez chorar).

    E para finalizar...

    Me assustei e também me empolguei muito ao lado de Sebastian Castellanos, em The Evil Within, um gênero de game que não estou muito acostumada a jogar, mas que me conquistou bastante e me animou a jogar um pouco mais.

    Em 2019, confesso que desanimei um pouco de jogar em alguns momentos e também acabei quase abandonando a Alvanista, por um motivo bobo que me magoou bastante, mas após um tempo fora da rede, me dei conta de que nem sempre podemos agradar a todos e que aqui tem muita gente legal e que vale a pena continuar. E por isso, aqui estou eu novamente :)

    E 2020 se aproxima... mais um ano repleto de mistérios, rsrs... que possa ser um ano melhor que esse, com melhores resoluções, com muita saúde, com mais força, paz de espírito e realizações que este aqui... E claro, com vários joguinhos, check-in's e muita troca de informação bacana aqui na rede =)

    Um Feliz 2020 para todos nós!! <3

    47
    • Micro picture
      thiagoreis · 27 days ago · 2 pontos

      Feliz 2020 Dani !! 😊

      1 reply
    • Micro picture
      _gustavo · 27 days ago · 2 pontos

      Um excelente 2020 com muitos jogos pra vc tb Dani ^^

      1 reply
    • Micro picture
      hanzy · 27 days ago · 2 pontos

      Feliz ano novo!!
      Nossa até hoje quando eu lembro do Arthur Morgan eu sinto um puta vazio. Junto ao GoW são meus jogos favoritos dessa geração, e eu não costumo rejogar nada, depois que eu termino eu vou pro próximo, mas eu sinto bastante vontade de rejogar RDR2.
      E eu adoro o combate do Horizon Zero Dawn, eu to ansioso pro segundo só por causa dele kakakaka

      1 reply
  • anduzerandu Anderson Alves
    2019-12-31 11:20:52 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Feliz Ano Novo!! Meu Top 10 de 2019!

    Feliz Ano Novo à todos os amigos do Alvanista! Como de costume eu encerro o ano com uma postagem com algumas estatísticas sobre o meu ano nos jogos.

    2019 foi um ano de acontecimentos tristes para muitos e pra mim foi o ano mais rápido da minha vida! Quer dizer, eu lembro aqui das coisas que fiz no final do ano passado, onde passei o Natal e tal e, cara, não dá pra acreditar! Mas foi um ano mais feliz pra mim no geral do que 2018. Fiz coisas bacanas, zerei mais jogos (96, sendo que foram apenas 65 ano passado) e apesar de estar terminando meio sem graça e tal, eu estou bem otimista para 2020!

    Essa postagem é mais voltada pros 10 melhores experiências com jogos que terminei nesse ano, então não vá pensando que são apenas coisas lançadas nele! Pra quem quiser ver uma montagem com tudo o que fechei em 2019, segue um link (que talvez não funcione por mais do que algumas semanas):

    |

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10219911342721192&set=a.10214912833841594&type=3&theater&notif_t=feedback_reaction_generic&notif_id=1577730739479897

    |

    Ou

    |

    https://scontent.fgig4-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/s9...

    |

    Vamos então à lista, que não segue nenhum ordem específica:

    10 - Yakuza 2

    O sucessor de um dos jogos que mais curti no Playstation 2 mantém o legado da série de incrível qualidade. A estória se mantém cada vez mais interessante, o combate mais desafiador e estratégico e a exploração e imersão nas ruas do Japão tão interessantes.

    Foi muito bom relembrar porque gosto tanto de Yakuza e ainda me deixou coçando pra ir logo fechar a série completa. De todas as adições no jogo, eu adorei ter um grande rival à altura do Kiryu Kazuma!

    |

    09 - Wonderboy: Dragon's Trap

    Eu já tinha jogado os dois primeiros Wonder Boys no ano passado (e até um bocado do 3) e gostado bastante, mas só quando resolvi jogar Dragon's Trap, o remake pra geração atual, no meu Switch foi que eu realmente conheci o poder da série.

    É um jogo curto, simples e muito interessante. Eu sabia onde ir, mas sempre havia motivos para explorar e re-explorar lugares que eu já conhecia a cada transformação desbloqueada. Platinar o jogo não parecia um dever, mas um hobby muito gostoso e que ainda deixa um gostinho de quero mais.

    |

    08 - Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age

    Sou suspeito pra falar de Dragon Quest, mas esse 11 expandiu e muito as possibilidades. Você tem um grande mapa tridimensional, muitos personagens e lugares para explorar, inimigos pra derrotar, uma ótima trama principal e mais um bocado de missões secundárias.

    O jogo começou meio bobo pra mim, mas conseguiu me prender muito bem depois de umas horas, e valeu cada segundo gasto nele. Pra quem curte RPGs antigos e mecânicas mais estratégicas, é um dos poucos que ainda resistem nos grandes consoles.

    É um daqueles jogos que os desenvolvedores colocaram muito amor e trabalho e que com a portabilidade e modo 2D do Switch ainda deve render mais umas boas horas adicionais de jogo.

    |

    07 - Red Dead Redemption 2

    Esse é um jogo que eu não curti por um bocado de tempo e morri de tédio em diversas partes, mas por pura ignorância. Felizmente eu gosto de ir até o fim e de manter o foco no que está acontecendo o máximo possível e RDR2 foi se abrindo e depois de um ponto, eu soube que era um dos jogos mais marcantes da minha vida.

    A jogabilidade é meio travada e realista, mas você começa a apreciar isso e o enredo é de tirar o fôlego! De vez em quando ainda bate uma vontade de andar pelo mato lá e curtir um pouco a vida pacata e os personagens, mas infelizmente o jogo era emprestado.

    |

    06 - Shovel Knight: King of Cards

    A última aventura do pacote Shovel Knight levou um século pra ser lançada e meu hype já até tinha esfriado, mas bastou um minutinho de jogo e logo eu já estava curtindo demais.

    King of Cards é uma ótima experiência de plataforma pixelada e com uma jogabilidade e mecânicas super divertidas, além da estória legal e as partidas de Joustus, que aumentam um bocado o fator replay do título.

    Possivelmente o jogo mais completo do pack.

    |

    05 - Sayonara Wild Hearts

    Ouvi um bocado de gente falando desse jogo e quando ele foi lançado pro Switch, eu tive que ver o que era: um jogo musical bem psicodélico e estiloso. Achei bacana e esperei uma promoção, mas um amigo veio ao resgate e bastou uma horinha lá em casa pra eu fechar a aventura. Uma hora incrível, como se eu jogasse um álbum de música pop. Cada segundo conta numa música e mesmo morrendo, logo você está de volta a ação e com muita vontade de rejogar e fazer 100% em cada faixa.

    As músicas são chiclete e os coletáveis abundantes!

    |

    04 - Borderlands 3

    Disponibilizaram esse jogo por uns 4 dias num fim de semana aí e como ele estava na minha lista já, mesmo mal conhecendo a série, aproveitei pra economizar uns bons reais. Mal sabia eu que a maratona me mostraria um jogo que amei jogar, um jogo que traria tantas possibilidades em jogabilidade, mapas, equipamentos e estória, que se bem conduzida, pode se tornar um gigante do entretenimento daqui pra frente.

    Recomendo demais o jogo, que, assim como eu disse no meu texto, é um mix de Overwatch com Destiny muito bacana e que até espero rejogar, mas com amigos!

    |

    03 - Marvel's Spider-Man

    Eu amo os jogos do Batman da Rocksteady e esse Spider-Man pegou muito da fórmula e trouxe para a nova geração um jogo incrivelmente bonito e realista, com muita liberdade, humor bem escrito e dosado e uma jogabilidade divertida e com partes desafiadoras. Esse é um jogo muito completo, mesmo usando apenas elementos básicos, como os inimigos, do universo do Aranha, o que deixa muitas possibilidades incríveis para sequências.

    Sabe quando a gente imaginava as possibilidades dos jogos no futuro? Spider-Man é bem isso.

    |

    02 - The Messenger

    Eu me apaixonei por esse indie desde que ele foi revelado numa E3 da vida, mas acabei esquecendo um pouco com o tempo e sempre há aquele pé atrás com propagandas de jogos.

    The Messenger veio e trouxe o que prometeu e muito mais. É um jogo de várias horas e com muitas variáveis e uma jogabilidade incrivelmente sólida, precisa e divertida. Eu só quero sair correndo por aí cortando as coisas, usando minhas habilidades e tentando ficar o maior tempo possível sem tocar no chão! Uma homenagem às gerações do passado, mas pra agrado de qualquer jogador!

    |

    01 - Dark Souls - Remastered

    As pessoas amam essa série de uma forma que enche o saco. Eu tinha começado o desgosto por Dark Soul quando joguei no Xbox 360 e não conseguia passar do Taurus Demon e voltava pra bem longe cada vez que morria. Eras depois, peguei no Switch e tentei entender o jogo de verdade, e isso foi crucial não só para avançar na campanha como também para curtir a experiência.

    Esse não é só um jogo difícil como as pessoas costumam propagar, é um jogo imersivo, bonito e muito recompensador. Mesmo morrendo, eu aprendi a querer mais e mais e ficar mais forte, abrir caminhos e dominar seus mapas.

    No final das contas nem é tão difícil assim e me deixou louco pra ir atrás de tudo da From Software!

    ===================================================

    Menções honrosas: The Last Guardian, Fallout 4, Streets of Rage 1 e 2, Yoshi's Crafted World, Sonic Mania, Ori and the Blind Forest, Pokémon Let's Go Pikachu, Killer is Dead.

    Jogos ruins: Street Fighter, Super EDF, Brawl Brothers, 88 Heroes, Ninja Shodown, Beyond Eyes, Commander Keen Complete Pack, Gradius.

    Maiores decepções: Save Me Mr Tako, Horizon Zero Dawn, Crypt of the Necrodancer, Middle-Earth: Shadow of War, Human Fall Flat, Shakedown Hawaii, Nier: Automata, Starlink: Battle for Atlas, The Awesome Adventures of Captain Spirit, Untitled Goose Game, Borderlands 2.

    Jogos mais difíceis de terminar: Super One More Jump, Tricky Towers, Hexen, Gradius, Super EDF, Puzzles & Dragons: Super Mario Bros. Edition, No One Lives Forever, Downwell, Commander Keen, Ninja Shodown, Street Fighter: The Movie, Borderlands 2.

    ===================================================

    Agora partiu 2020, com mais dinheiro no bolso, pendências zeradinhas e muito Alvanista! E isso tudo na minha Brasília véia (não aguento mais o RJ, haha!).

    24
    • Micro picture
      herics · 27 days ago · 2 pontos

      Feliz 2020 ^·^ para todos nós

      2 replies
    • Micro picture
      kleber7777 · 27 days ago · 2 pontos

      Feliz ano novo!
      Que bom ver que vc conseguiu ver com novos olhos os jogos da From e DS ficou em seu primeiro lugar. É sempre bacana quando descobrimos uma pérola de um gênero que nós já temos uma imagem ruim. :)
      Sempre procuro testar titulos inusitados para ter essa sensação.

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 26 days ago · 2 pontos

      Bela lista.
      Feliz 2020.

  • kleber7777 Kleber Anderson
    2019-12-31 01:04:14 -0200 Thumb picture

    Meu top 5 de 2019

    É, não vai rolar terminar Superhot VR a tempo. Então vamos encerrar a lista por aqui mesmo. :)

    2019 foi um ótimo ano pra mim. Logo no começo do ano eu fui contratado em uma empresa bem bacana. Do tipo que dá prazer de ir trabalhar. Só isso influência muito na qualidade de vida pessoal.

    Já quanto a jogos, foi excelente também: 34 títulos finalizados (dois a mais que no ano passado). Dos gêneros mais diferentes possíveis. rs

    Dark Souls Remastered

    36 Fragments of Midnight

    Flow

    Lego Star Wars: The Force Awakens

    Evoland

    Realm Royale

    Sekiro

    Hatoful Boyfriend

    Need for Speed Payback

    Call of Duty: Modern Warfare Remastered

    The Vanishing of Ethan Carter

    Persona 3 FES

    Monument Valley

    Monument Valley 2

    Xcom 2

    Horizon Chase

    Apollo 11 VR Experience

    Minecraft

    Telling Lies

    Spider-man

    Darks souls: Daugherts of ash

    Little Misfortune

    Oxenfree

    Darksiders 3

    Celeste

    Outlast

    ‬- Untitled Goose Game

    Titanfall 2

    God of War 3

    Erica

    For Honor

    Watch Dogs 2

    Life is Strange 2

    Slime Rancher

    Mas chega de enrolar. Vamos aos 5 melhores jogos que terminei no ano.

    5) Untitled Goose Game

    Qual jogo eu colocaria nessa posição foi a decisão mais difícil. Poderia citar facilmente Watch Dogs 2, Outlast ou Xcom 2. Mas o jogo do ganso é perfeito na sua simplicidade. É rápido, inteligente e entretem na medida certa. Sem falar que estou adorando ver o personagem principal se tornar um meme no mundo dos games.

    4) God of War 3

    Primeira vez que termino um título dessa franquia. Fiquei bem surpreso. Não esperava que fosse tão bom. Continua sendo surpreendente. Envelheceu muito bem!

    3) Darks souls: Daugherts of ash

    O primeiro jogo que terminei no ano foi o belo remaster do meu jogo favorito para o PS4. Lindo port em 4K e 60 fps. É bacana, mas o que realmente me empolgou foi brincar com o mod Daugherts of ash no PC. Nova história, inimigos, caminhos diferentes e objetivos. Foi foda demais poder jogar Dark Souls 1 quase como se fosse pela primeira vez.

    2) Marvel's Spider-man

    Jogo extremamente divertido. Simples assim.

    1) Sekiro

    O jogo que provou para o mundo que a From não está acomodada em sua fórmula e consegue se reinventar. Bem desafiador, com uma exploração maravilhosa e batalhas épicas. Um GOTYzão de respeito!

    ------------------------------------------

    E é isso. Obrigado pela companhia de vocês em mais esse ano. Que 2020 seja ainda melhor para todos nós!

    Sekiro: Shadows Die Twice

    Platform: Playstation 4
    159 Players
    96 Check-ins

    10
  • kleber7777 Kleber Anderson
    2019-12-30 02:21:41 -0200 Thumb picture
    kleber7777 checked-in to:
    Post by kleber7777: <p>Estamos nos últimos dias do ano e estou pegando
    Persona 5: Dancing Star Night

    Platform: Playstation 4
    31 Players
    5 Check-ins

    Estamos nos últimos dias do ano e estou pegando jogos mais leves para relaxar. Esse aqui estava a um tempão na minha lista de desejo. Como adicionaram a versão completa (o dancing do 3, 4 e 5) em promoção na PSN por um preço aceitável, resolvi pegar. Comecei pelo 5.

    Como não tenho experiência nenhuma com jogos de ritmo (não sei se Thumper conta), imaginei que teria muita dificuldade. Mas não. Estou indo bem no normal. Já no difícil, não tenho nenhuma chance. rs

    Quanto a história, é uma desculpa qualquer. Bora dançar cambada!

    Fiquei curioso pra saber o que tinha de VR no jogo. Decepção. Basicamente é restrito apenas na galeria de personagens do jogo. Onde vc pode dar zoom e ver sua waifu favorita mais de perto. Ah Japão! :S

    Por falar na Ann... quando ela fica com vergonha, ela fica corada. Mas não na bochecha, mas próximo dos olhos. Fica parecendo que ela está bêbada. rs

    Provavelmente chamaram algum outro estúdio pra fazer esse jogo. É bacana rever os personagens, com seus dubladores originais. Mas as vezes dá pra perceber que quem escreve o texto não manja muito do original. Com horas de gameplay, o Ryuji não solto um único "for real!". :P

    Pontuação máxima! no easy

    Na maioria das músicas, eles fizeram animações CG certinhas dos personagens dançando. Já nessa música, mandaram os créditos do Persona 5 mesmo e foda-se! haha

    Por mais que adore a trilha sonora do Persona 5, ficaria feliz se não tivesse esse monte de música remix. Não é meu gosto.

    Enfim, estou curtindo. Bom jogo. Recomendado para fãs da franquia.

    9
  • kleber7777 Kleber Anderson
    2019-12-27 16:28:28 -0200 Thumb picture
    kleber7777 checked-in to:
    Post by kleber7777: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>Jogo bacana p
    Slime Rancher

    Platform: Playstation 4
    2 Players
    2 Check-ins

    Finalizado!

    Jogo bacana pra quem gosta de farming, exploração e experimentos. Slime Rancher te explica o básico e o resto deixa para o jogador entender por conta própria. Gosto desse tipo de conceito.

    Do ponto de vista de experiência de ser um fazendeiro/explorador, acho que o jogo atingiu bem seus objetivos. Só a história que achei meio simples demais. Ainda mais com aquele final.

    Fica a dica do vídeo que me vendeu o jogo.

    Obs 1: caramba, o cooler do PS4 Pro quase decola nesse jogo.

    Obs 2: acho que ainda dá tempo de terminar um jogo antes do fim do ano. Um jogo especial. Estou adiando minha lista pois acho que ele vai entrar no top 5. :)
    9
    • Micro picture
      lukenakama · about 1 month ago · 2 pontos

      Esse é o jogo mais saudável do mundo, não joguei mas acho muito gostoso ver o povo jogando.

      1 reply
  • kleber7777 Kleber Anderson
    2019-12-24 00:24:51 -0200 Thumb picture

    [off-topic] Hyperdrive

    Medium 677784 3309110367

    Eu já tinha recebido indicação desse reality show da Netflix antes mas só agora peguei pra ver. E estou adorando! Nunca pensei que um Olímpiadas do Faustão campeonato de corrida/drift seria tão bacana. Assisti 5 episódios seguidos e nem percebi o tempo passar. :D

    Por favor, sem spoilers que eu ainda não terminei de ver.

    Pior que agora estou MUITO pilhado pra comprar o NFS Heat. Acho que é o mais próximo que vou ter desse programa. Mas se tiverem indicação de outro jogo desse gênero, aceito sugestões. :)

    Need for Speed Heat

    Platform: Playstation 4
    12 Players
    3 Check-ins

    3
  • kleber7777 Kleber Anderson
    2019-12-19 01:12:59 -0200 Thumb picture
    kleber7777 checked-in to:
    Post by kleber7777: <p>#img#[677022]</p><p>Que bruxaria é a desse jogo?
    Slime Rancher

    Platform: Playstation 4
    2 Players
    2 Check-ins

    Que bruxaria é a desse jogo? Você senta pra jogar uns 20 minutos. Quando olha no relógio, se passaram 2 horas!

    Eu estou bem surpreso com Slime Rancher. Ele tem duas características que adoro em jogos: a explicação inicial foi muito simples (cabe a você explorar e testar possibilidades para descobrir as mecânicas do jogo) e farming de itens.

    Meu rancho já está bem extenso. É tanta tarefa pra fazer aqui nos arredores que poderia facilmente abandonar as excursões só pra dar conta de cuidar do rancho.

    Preciso urgentemente construir esse drone. Pelo jeito ele pode me ajudar muito!

    Aparentemente, todos os plorts foram destravados.

    Hoje eu cheguei em uma área que tinha cara que seria o fim do jogo. Mas na verdade destravou uma nova área de exploração. Então não sei. Sigo em frente.

    10
    • Micro picture
      sakuroikazuki · about 1 month ago · 1 ponto

      Seu PC esquenta absurdamente com esse jogo? Porque eu jogo coisas muito mais pesadas que ele e meu PC fica de boa mas quando eu jogo Slime Rancher eu consigo fritar um ovo no gabinete XD

      2 replies
  • sandrotoon Sandro
    2019-12-18 15:37:18 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Top 5 que eu joguei em 2019

    Minha listinha com os 5 melhores que eu joguei em 2019

    5 - Mario Tennis Aces

    Muito bom, o modo história é bem divertido mas o multiplayer não tem igual... é o melhor da série

    4 - Overcooked

    Muito louco esse jogo, não dava nada pra ele... Cada fase é uma experiência nova

    3 - Crash Bandicoot N-sane trilogy

    Que remake excelente, o primeiro foi o mais incrível na minha opinião...

    Joguei muito na infância mas nunca tinha terminado nenhum

    2 - Tokyo Mirage Sessions #FE

    Fazia muito tempo que não jogava um rpg longo, esse foi muito show...

    A luta final foi de arrepiar....

    1 - Guacameele

    Não tenho nem o que falar desse jogo, simplesmente perfeito... na medida...

    Melhor metroidvania que já joguei de longe

    Menções honrosas:

    Donkey kong 64 e Super Mario RPG

    @desafio

    27
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...