2019-05-07 00:25:18 -0300 2019-05-07 00:25:18 -0300
kleber7777 Kleber Anderson checked-in to:
Post by kleber7777: <p>#img#[635013]</p><p>Depois de ter adorado jogar
Shin Megami Tensei: Persona 3 FES

Platform: Playstation 3
39 Players
3 Check-ins

Depois de ter adorado jogar Persona 4 Golden (PS Vita) e Persona 5 (PS4), eu sempre fiquei curioso para conhecer a história e os personagens de Persona 3. Mas não necessariamente jogar. Por uma série de questões. Então, optei por assistir o gameplay pelo Youtube (ok, podem me julgar), consumindo assim pelo menos 1/3 do tempo que gastaria jogando. No final, fiquei feliz por pela experiência.

Agora eu entendo o porque de vários fãs terem um carinho especial por esse título. A essência da experiência Persona está forte ali. Por mais diferente que ela seja dos últimos títulos. Bem mais sério e pesado. Mas depois de tantas horas acompanhando as histórias de cada personagem, não tem como não criar um elo forte com alguns.

A minha sensação foi que o 4 pegou muito da base estabelecida aqui e evoluiu ela (assim como aconteceu com o 5). Não que ele seja ruim. Só um processo de amadurecimento natural. Um desses pontos está na história. Por exemplo, nos dois últimos você só é livre pra explorar o jogo com muitas horas de jogo. Não existe pressa em apresentar os alicerces da história. Assim como apresentar as mecânicas. Já aqui, tudo é resumido em pouquíssimos minutos.

Isso me gerou o medo que a mensagem geral pudesse ser fraca. Mas não. Existem vários social links interessantes: Akinari com seus questionamentos sobre a vida e a morte, o casal de velhinos Bunkichi e Mitsuko com seu aprendizado sobre legado e o questionamento de Mitsuru sobre sua obrigação diante do legado de sua familia. Até o desenvolvimento do Jumpei, que no início achei que iria odiá-lo, se tornou um dos meus personagens favoritos.

Quem foi o designer que colocou definiu esses lanços gigantes! :S

Em certo ponto da história da Maiko, eu só pensava: "por favor, alguém chama a polícia!". Já os momentos mais divertidos tive com o desfecho da história da Maya e os encontros com a Elizabeth. Dei muita risada com sua bolsa cheia de moedas. rs

Outro ponto que me chamou a atenção foi a na representação da torre Tartarus. Como seus sucessores melhoram bastante na variedade das dungeons. Mas achei bacana ver que a base visual das Personas está fiel desde lá. Até o combate já mantinha sua essência. Por algum comentário que li, achei que seria bem diferente.

A trilha sonora nem falo nada. Quem me segue sabe o quanto sou fã das músicas de Persona.

Ah, sei que muitos acham marcante essa parada de apontar uma arma pra cabeça para sumonar uma persona. Eu sempre achei estranho ver isso nos shows da franquia. No jogo, achei mais tosco ainda. :P

No geral, gostei bastante. Valeu a pena conhecer esses personagens. Agora quero mais deles nos Personas Q.

Aproveitando, alguém já assistiu os filmes de Persona 3? Sabe se vale a pena? Eles são bem difíceis de achar na internet.

8
  • Micro picture
    farusantos · 5 months ago · 2 pontos

    Eu assisti o primeiro filme e achei ok. Naturalmente é difícil desenvolver muita coisa em umas 2h, mas acho que mostra bem a atmosfera do jogo. Talvez seja difícil achar o filme com legendas em português, mas em inglês é fácil (verifiquei agora e tem no nyaa, por ex)

    1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...