You aren't following kleber7777.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • kleber7777 Kleber Anderson
    2020-01-18 02:39:37 -0200 Thumb picture
    kleber7777 checked-in to:
    Post by kleber7777: <p>#img#[682305]<br><strong>Platinado!</strong></p>
    Absolute Drift

    Platform: PC
    9 Players
    4 Check-ins


    Platinado!

    2019 foi um ano que desanimei bastante com essa questão de platinar jogos. Terminava o jogo, olhava na lista de troféus restante e desistia. Não estou com paciência com gridings arrastados, desafios online e ter que rejogar em níveis mais altos de dificuldade. Só fui atrás do que realmente considerava divertido. E Absolute Drift se encaixa perfeitamente nessa descrição.

    Controle simples e responsivo. Desafios bacanas. Trilha sonora ok. Design minimalista.

    Leva um tempinho pra se acostumar com a direção. Mas no final você está tão bom que faz manobras absurdas. R$ 30,00 na PSN muito bem gastos.

    Joguinho que dá prazer em ter na galeria de platinas.

    @platinadores

    15
  • kleber7777 Kleber Anderson
    2020-01-14 11:45:28 -0200 Thumb picture
    18
    • Micro picture
      topogigio999 · 7 days ago · 2 pontos

      Ia perguntar como faz, mas vi o link no início do POST =)

    • Micro picture
      msvalle · 7 days ago · 2 pontos

      Que massa! Vou fazer também.

    • Micro picture
      lanzitto · 7 days ago · 2 pontos

      Massa, fiz o meu e tbm deu Herói de Ação hehehe

  • kleber7777 Kleber Anderson
    2020-01-13 22:58:58 -0200 Thumb picture

    É pra isso que eu pago internet

    Um cara gasta um tempão criando um joycon para seu Switch baseado no controle do Game Cube. 100% jogável.


    A internet segundos depois...

    35
    • Micro picture
      lukenakama · 8 days ago · 1 ponto

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Micro picture
      herics · 8 days ago · 1 ponto

      Kkkkkkkkkkkkk

    • Micro picture
      raiden · 8 days ago · 1 ponto

      Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • kleber7777 Kleber Anderson
    2020-01-12 16:45:33 -0200 Thumb picture

    As melhores runs da AGDQ 2020

    Mais uma Awesome Games Done Quick chega ao fim. Com uma audiência altíssima no Twitch, eles arrecadaram mais de 3 milhões de dólares para uma instituição de tratamento de câncer. Neste ano, fiz questão de ajudar tb.

    Como sempre, eu gosto de fazer uma lista das runs que mais gostei do evento. Fica como uma dica pra quem não viu e quer ir direto para os vídeos mais interessantes.

    Menção honrosa: Mike Tyson's Punch-out (dois jogadores usando o mesmo controle e de olhos vendados) e The Legenda of Zelda: A link to the Past Randomizer (jogo modificado que usa interação do Twitch para facilitar/dificultar a vida do jogador. Run extremamente engraçada).

    Mas vamos lá. Esse são os 5 que mais gostei de assistir:

    5) Bioshock: 

    Link

    A run em si já estava bacana. Mas esse momento acima foi engraçado demais. Se por alguma razão vc ainda não viu, clique no link acima. Vale a pena.

    4) Amid Evil:

    Eu adoro as runs que eles chamam os desenvolvedores do jogo para participar. É muito bom ouvir comentários como: "durante os testes, achamos que esse chefe estava difícil demais e nerfamos ele. Agora estou arrependido" ou "uau! Nunca pensei nessa possibilidade".

    3) Sekiro

    Link

    Só conhecia alguns truques contra chefes aqui, um hack ali. Mas eu ainda não tinha visto uma run completa de Sekiro até agora. Foi bem bacana ver a evolução do speedrun.

    2) Tasbot Plays Pokemon Blue

    Link

    Uma run controlada por um bot. Com o objetivo de terminar o jogo em 20 minutos. O que gostei aqui foi a tranquilidade como tudo vai acontecendo. Vc acha que será impossível terminar a tempo. É engraçado ver o desfecho.

    1) Mushihime-sama Futari

    Link

    Se tem um gênero que eu nunca vou conseguir jogar é o de bullet hell. Sério, isso é surreal demais pra mim. A precisão dos controles é inacreditável. Os aplausos de pé da platéia fazem jus a esta run.

    BioShock

    Platform: PC
    4640 Players
    361 Check-ins

    15
    • Micro picture
      darlanfagundes · 9 days ago · 2 pontos

      Esse da Mushihime-sama Futari eu vi ao vivo tmbm...mano, é insano como esses caras gravam o padrão desses bullet hell... eu tentei jogar esse game...tem uma parte que cada vez q vc nasce morre na mesma hora, nem consigo raciocinar...kkkk

      1 reply
    • Micro picture
      kingsysiphos · 9 days ago · 1 ponto

      ward

    • Micro picture
      jcelove · 9 days ago · 1 ponto

      Show!
      Deu tela azul da morte no bioshock? XD

      2 replies
  • kleber7777 Kleber Anderson
    2020-01-12 15:31:06 -0200 Thumb picture
    kleber7777 checked-in to:
    Post by kleber7777: <p>#img#[681192]</p><p><strong>Finalizado!</strong>
    Absolute Drift

    Platform: PC
    9 Players
    4 Check-ins

    Finalizado!

    Está aí um joguinho bem bacana pra relaxar e brincar enquanto vc ouve um podcast.

    Chegar até o final do jogo é super tranquilo. Qualquer um chega lá. Já completar todas tarefas dos desafios precisa de muita paciência e treino.

    Essa seria uma platina que daria orgulho de ter. Nada de troféu chato. Quem sabe um dia.

    4
  • kleber7777 Kleber Anderson
    2020-01-08 09:49:34 -0200 Thumb picture
    kleber7777 checked-in to:
    Post by kleber7777: <p>#img#[680468]</p><p>Dias atrás eu comentei que t
    Absolute Drift

    Platform: PC
    9 Players
    4 Check-ins

    Dias atrás eu comentei que tinha gostado do reality show da Netflix: Hyperdrive. Estava empolgado de comprar o NFS Heat por causa disso. Mas o preço não ajudou. Então descobri esse outro jogo aqui que tem tudo pra suprir meu desejo por drift  :)

    O bacana do layout de Absolute Drift é que até os "menus" de tutorial e de acesso das fases acontecem em uma pista. Você dirige até as fases. Bem legal.

    Com só uma hora jogada, deu pra começar a pegar o jeito. O controle exige bastante treino pra mestrar. Até em desafios do tutorial.

    Estou curtindo. Vai demorar muito pra que eu fique bom (no estilo dos melhores pilotos de Hyperdrive) mas um dia chego lá!

    Jogando a versão do PS4.

    7
  • kleber7777 Kleber Anderson
    2020-01-04 16:42:03 -0200 Thumb picture
    kleber7777 checked-in to:
    Post by kleber7777: <p>#img#[679848]</p><p><strong>Platinado!</strong><
    Persona 5: Dancing Star Night

    Platform: Playstation 4
    31 Players
    5 Check-ins

    Platinado!

    Quem diria que em 2020 eu estaria terminando um jogo de ritmo. E gostando! rs

    O PRG Persona 5 tem uma das melhores trilhas sonoras que já vi em games. Shoji Meguro tem uma habilidade enorme pra criar músicas com os estilos mais distintos possíveis. E com a adição da cantora Lyn Inaizumi, eles conseguiram ir além nessa variedade. Ela canta muito!

    O roteiro por trás do spin-off de dança parece mais uma desculpa qualquer para o jogo existir. Mas, pelo menos para mim, isso não foi um problema. Foi bacana reencontrar os personagens que tanto gostei de conhecer na franquia principal. Ver eles conversando e expandindo ainda mais seus relacionamentos. Expondo suas incertezas e vendo o grupo trabalhando para se ajudarem.

    De quebra o jogo ainda colocou um mini game em que vc pode explorar os quartos dos protagonistas e procurarem por algumas cartas escondidas. Curti bastante essas missões.

    A única coisa que não curti muito foi a exigência de trocar as roupas e acessórios dos personagens para conquistar a platina. Meu Deus, que carnaval é isso aqui. rs

    Aliás, porra Japão! A Futabana tem 15 anos. O que são alguma daquelas roupas? Deu até medo de pensar o que fizeram com a Nanako no 4.

    Mas fora isso, é um jogo bacana. Foi interessante ver minha evolução e conseguir ficar cada vez melhor em acertar as notas.

    Vou dar um tempo e depois pego pra jogar o dancing do 3 e 4.

    @platinadores

    21
  • msvalle Marcos
    2020-01-03 23:46:02 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    The Valle Awards 2019

    Como já é tradição (desde o ano passado hehe), temos aqui os dez jogos que eu mais gostei de jogar em 2019:

    10. Vikings: Wolves of Midgard (2017)

    Um Diablo-like com temática viking? Achei a ideia interessante, e apesar do jogo ter uma bela história (com direito a reinterpretação da lenda do Rei Artur) e locações e inimigos bem variados, a jogabilidade é um pouco travada. Mas para quem gosta do genêro e/ou da temática é uma bela pedida.

    9. République (2016)

    Um jogo intrigante, com um ar de "Admirável Mundo Novo" e com uma discussão interessante sobre controle e liberdade. Possui  uma jogabilidade curiosa onde a visão do jogo é toda dada por câmeras de segurança. Pena que o final fica aquém da jornada, muito aberto a interpretações.

    8. Tacoma (2018)

    Um mistério em uma estação espacial é o tema do novo jogo da Fullbright, que com Gone Home tinha entrado no meu radar. Esse "walking simulator" tem um gameplay bem bolado, onde você tem que recuperar memórias dos habitantes da estação para descobrir o que aconteceu.

    7. 11-11: Memories Retold (2018)

    Um belo (literalmente) jogo, com uma arte de aquarela impressionante, conta a dramática história de dois personagens em lados opostos durante a Primeira Guerra Mundial com vários desfechos e muita informação espalhada durante um jogo. Para quem curte drama de guerra é um prato cheio.

    6. Assassin's Creed Odyssey (2018)

    Ah, Ubisoft! Quando a gente acha que ela aprendeu, ela erra de novo! Depois do sucesso do Origins, ela nos leva dessa vez a Grécia, com um mapa maior, milhares de quests, uma parte naval (que eu não gosto) ainda maior que AC Black Flag, e infelizmente se perdeu no quesito que considero mais importante: a história. Se afastando de vez da fidelidade histórica - prepare-se para ver cavalos flamejantes, espadas cintilantes, unicórnios, etc. Uma pena. Espero que no próximo contratem os redatores da CD Projekt Red para ajudar hehe

    5. Spec Ops: The Line (2012)

    Um TPS de guerra que conta um história bem peculiar e impactante passada em Dubai após uma tempestade de areia. Eu gostei tanto desse jogo que resolvi platiná-lo, jogando na dificuldade FUBAR (Fucked Up Beyond All Recognition), imaginem =P Não dá para contar muito sem estragar a experiência, pois a história é o principal aqui, sendo o gameplay básico de TPS.

    4. inFamous: Festival of Blood (2011)

    Essa expansão deveria ser um jogo completo, de tão boa que é. A adição dos poderes vampirescos ao Cole deixou o jogo ainda mais divertido, e a história que rola é muito bem amarrada com o local do segundo jogo.

    3. Muramasa Rebirth (2013)

    Mais uma pérola do estúdio Vanillaware, com gráficos absurdos - tanto de personagens quanto de cenários - temos  dois protagonistas cujas histórias se entrelaçam durante a busca de cada um a seu objetivo. Com finais diferentes, é uma pena que exija jogar tudo novamente no nível de hit-kill: cheguei a começar mas desanimei.

    2. The Witcher 3: Wild Hunt (2015)

    Estava bem atrasado em relação a esse aqui, mas um jogo dessa qualidade não deixa a desejar em relação aos jogos mais novos. O que dizer desse jogo fantástico (mas não sem defeitos) que ainda não foi dito? A variedade e qualidade das missões? A história principal que, apesar de alguns tropeços, nos leva a momentos emocionantes? O mapa enorme que, ao contrário da Ubisoft, tem cada local com sua história, seus habitantes com seus problemas particulares. Em que jogo você enfrentaria a burocracia de um banco (na expansão Blood and Wine), ou uma entrevista com um coletor de impostos em relação aos seus ganhos? Esse jogo merece todo o mérito que tem, e por muito pouco não ficou em primeiro lugar.

    1. Spider-Man (2018)

    Ah, esse foi o jogo do Aranha! Nova Iorque está incrível, a movimentação com as teias é fluida e divertida, a história, apesar de seus altos e baixos, não deixa de entregar um bom momento do herói, e as missões secundárias são bem espaçadas de forma a não enjoar. Minha maior crítica são as missões da chata da Screwball. Não me lembro de um jogo onde uma expansão tem consequências sérias para os personagens como esse aqui. Foi o jogo mais divertido que joguei em 2019.

    Spider-Man

    Platform: Playstation 4
    747 Players
    372 Check-ins

    57
    • Micro picture
      leopoldino · 18 days ago · 1 ponto

      Esse prêmio tem credibilidade.

      1 reply
    • Micro picture
      _gustavo · 18 days ago · 1 ponto

      Excelente lista @msvalle, esse Republique ta na minha mira pra comprar, agora na sale tava 10,00 mas peguei tanta coisa q acabei deixando ele pra um futuro kkk

      1 reply
    • Micro picture
      wild_dark_shadow · 18 days ago · 1 ponto

      Excelente lista! Joguei vários dessa lista e pretendo jogar os restantes, principalmente o 11-11 que estou à espera de receber em casa. Destaco claro o Witcher e Assassin's Creed, juntamente com o InFamous que também adorei e só tive pena ser um standalone

      1 reply
  • msvalle Marcos
    2020-01-02 23:22:03 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Retrospectiva 2019

    Mais um ano que terminou, e no quesito jogos foram bem menos que 2018 (de 42 para 22 - contando expansões), mas como tem alguns devoradores de tempo na lista, o resultado só poderia ser esse hehe
    E como não poderia faltar, teve mês com nenhum jogo concluído =(

    62
    • Micro picture
      miss_dani · 18 days ago · 3 pontos

      Se te serve de consolo, lá para março você já tinha jogado mais games que eu o ano todo, kkkkk ^-^'

      4 replies
    • Micro picture
      kleber7777 · 19 days ago · 2 pontos

      Eu sou do tipo que dou mais valor pra variedade e qualidade do que quantidade. Você pegou vários jogos muito bons! E com estilos bem diferentes.
      Boa lista de 2019!

      1 reply
    • Micro picture
      natnitro · 19 days ago · 1 ponto

      Só o Witcher 3 platinado ai e o Odyssey finalizado já devem ter enchido a agenda do ano inteiro... xD
      E que em 2020 os jogos rendam bem mais pra todos nós porque aqui também foram bem menos finalizados do que o esperado e em compensação, a lista da vergonha só fica maior a cada ano que passa... kkk

      1 reply
  • miss_dani Dani Patiné
    2019-12-31 10:52:38 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Retrospectiva 2019

    Mais um ano vem chegando ao fim. 

    E o que dizer de 2019?

    Para mim, esse ano foi um bocado complicado, marcado por conflitos internos, discussões, términos de amizades, mas também o ano em que retomei antigas paixões. E sem dúvida, foi o ano em que eu menos joguei, mas gostei de tudo o que foi jogado.

    Segue abaixo, um pouquinho do meu 2019 :) 

    Iniciei o ano explorando a bela e perigosa Andromeda, ao lado de Scott Ryder em Mass Effect Andromeda, game que foi muito criticado por seus diversos problemas com bugs e rostos com expressões bizarras. Por sorte, consegui jogar o game em um momento em que esses erros já haviam sido em grande parte corrigidos e consegui ter uma experiência muito agradável e até mesmo divertida. 

    Saí de Andromeda e decidi fazer parte de uma gangue. E que gangue, meus amigos!! Ao lado de Arthur Morgan e seus parceiros, tive muita ação, aventura, um pouco de canseira, confesso (rsrsrs) mas digo que em muitos e muitos momentos, me emocionei...

    Red Dead Redemption 2 é sem sombra de dúvidas um jogo especial para mim e se tornou um dos meus favoritos, ao lado do primeiro game, não apenas pelo game em si, que muitas vezes se mostrou um pouco cansativo em alguns aspectos, mas sim, pela história e pelo que ela tem a transmitir, de certo modo <3

    Esse ano também foi marcado por algumas brigas. Mas em meio a tanto desentendimento, algo de bom aconteceu. Retomei a minha paixão pela leitura. E consegui ler muita coisa bacana: aventura, investigação, terror, romance de época e até alguns infanto-juvenis, kkkk... espero que em 2020 esse hábito permaneça (o da leitura, é claro. O da briga, só por motivos que realmente possam valer a pena).

    Nesse ano também conheci Kara, Markus e Connor, além de outros personagens igualmente incríveis e me envolvi completamente nessa história e em suas complexas escolhas. Ao lado de Red Dead Redemption 2, Detroit: Become Human me conquistou completamente e eu simplesmente não conseguia desgrudar do game. Sempre que ele acabava, lá estava eu tentando novas possibilidades na história destes três.

    Em 2019 consegui uma grande proeza: fazer a minha irmã jogar um game sozinha (quer dizer, comigo olhando e dando um toque ou outro). E eis que o game escolhido foi o terror/suspense com adolescentes, Until Dawn. Eu já havia jogado o game anteriormente, mas vê-la jogando o título foi igualmente empolgante (e ela também gostou demais!). 

    Quem sabe em 2020 eu consiga convencê-la a jogar algum outro, hehe ^-^'

    Após muito relutar, por receio de não curtir muito o game, finalmente iniciei e finalizei o game de Aloy, Horizon: Zero Dawn. E confesso que me diverti muito com o game, principalmente nos combates com as diversas máquinas e com as armas de Aloy, que eram bem diferentes e interessantes de serem usadas. Minha única experiência amarga com esse game foi um troféu que bugou :( senão eu teria platinado o danado... Quem sabe eu ainda retorne ao game para refazer essa parte... Talvez sim... Talvez não... a verdade é... quem sabe, kkk...

    Também comecei a fazer alguns artesanatos em EVA para levantar uma graninha extra e isso, se não me dá uma boa grana, ao menos é um exercício muito gostoso de relaxamento. Poder ficar desenhando bichinhos, recortando, colando... é muito bom, hihihi...

    Abaixo tem mais um pouco das minhas coisinhas, pra quem quiser ver, rsrs: 

    https://www.facebook.com/hellocuteartesanatos/

    Neste ano que foi um bocado estranho, me reencontrei com Chloe em uma nova jornada pela vida e todos os seus dilemas, amores e confusões em Life is Strange: Before The Storm. Também me reencontrei com Max, em um episódio extra, que apesar de pequeno, entregou uma grande carga emocional para a história (e confesso que me fez chorar).

    E para finalizar...

    Me assustei e também me empolguei muito ao lado de Sebastian Castellanos, em The Evil Within, um gênero de game que não estou muito acostumada a jogar, mas que me conquistou bastante e me animou a jogar um pouco mais.

    Em 2019, confesso que desanimei um pouco de jogar em alguns momentos e também acabei quase abandonando a Alvanista, por um motivo bobo que me magoou bastante, mas após um tempo fora da rede, me dei conta de que nem sempre podemos agradar a todos e que aqui tem muita gente legal e que vale a pena continuar. E por isso, aqui estou eu novamente :)

    E 2020 se aproxima... mais um ano repleto de mistérios, rsrs... que possa ser um ano melhor que esse, com melhores resoluções, com muita saúde, com mais força, paz de espírito e realizações que este aqui... E claro, com vários joguinhos, check-in's e muita troca de informação bacana aqui na rede =)

    Um Feliz 2020 para todos nós!! <3

    47
    • Micro picture
      thiagoreis · 21 days ago · 2 pontos

      Feliz 2020 Dani !! 😊

      1 reply
    • Micro picture
      _gustavo · 21 days ago · 2 pontos

      Um excelente 2020 com muitos jogos pra vc tb Dani ^^

      1 reply
    • Micro picture
      hanzy · 21 days ago · 2 pontos

      Feliz ano novo!!
      Nossa até hoje quando eu lembro do Arthur Morgan eu sinto um puta vazio. Junto ao GoW são meus jogos favoritos dessa geração, e eu não costumo rejogar nada, depois que eu termino eu vou pro próximo, mas eu sinto bastante vontade de rejogar RDR2.
      E eu adoro o combate do Horizon Zero Dawn, eu to ansioso pro segundo só por causa dele kakakaka

      1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...