2018-06-21 09:37:41 -0300 2018-06-21 09:37:41 -0300
kawens ^__^

Check-in de acessório - PSVR (parte 2)

Vou compartilhar mais algumas impressões.

1) Primeiro, a pedido do vinicius_vignati vou compartilhar umas impressões sobre o modo cinemático, que testei um pouco mais. Esse modo tem 3 configurações de tamanho. Pequeno, médio e grande. De acordo com o próprio site da Sony:


Pra quem não sabe, o modo cinemático oferece assistir num "telão" conteúdo 2D.

Além de alguns vídeos do Youtube em 2D, testei o jogo Bioshock, mas não curti muito. Fiquei tão acostumado ao esquema de controle do RE7 que ficou muito confuso nos primeiros minutos *rs

Talvez para assistir filmes ou séries, se você quer ter a impressão de ter uma tela gigantesca, pode ser interessante. O modo "grande" até exige que você vire a cabeça pra enxergar tudo, acho que o médio é o ideal. E o pequeno é o mais confortável.

O problema, no meu caso, é que as lentes ficam a uma certa distância, então a "tela" projetada pros seus olhos fica um pouco próxima demais. 

Enfim, acho bacana ter essa opção, me pareceu muito interessante quando estava lendo sobre o PSVR uns meses atrás, mas na prática não me agradou muito. Ainda prefiro assistir as coisas na minha tv mesmo, e deixar o visor pra conteúdo 3D.

2) Outro aspecto que vou comentar é sobre o som. Lembro que vários anos atrás eu já havia comentado como um fone de ouvido com acesso ao som estéreo já causa um impacto, principalmente em jogos em primeira pessoa. Tanto Borderlands quanto Bioshock foram dois jogos que testei nessa época, e poder "ouvir" a posição de um inimigo, ou perceber daonde vem um som é algo fantástico. É muito imersivo. 

Agora, além de ouvir, também existe a noção de espaço. Por exemplo, no vídeo que gravei da batalha contra a Marguerite ontem, dava pra ouir a posição dela no mapa, além de ouvir os zumbidos dos insetos que ela criava pra me atacar.

O PSVR vem com um fone simples junto, então se você quiser usar aquele fone fodão que você comprou tá liberado. 

3) Fog of War: Também junto com a caixa (que é lindona!) vem um paninho pra limpar telas, estilo aquele de limpar óculos por exemplo. E você vai usar. Tem sessões de jogatina em que preciso tirar o visor umas duas ou três vezes até estabilizar. Mas isso é só no começo, depois não acontece mais. E olha que o visor tem um separador pro nariz hehe.

4) Acomodações: bem, se o jogo permite que você gire em qualquer direção pra olhar o que tem em volta, o que impede você de jogar em pé? Os cabos são compridos. (Mas também não dá pra brincar de diabo da tasmânia usando isso né?).

Bem, estou jogando sentado no sofá. Como o apartamento é pequeno, acho que nem rola de pegar a cadeira giratória do escritório pra usar. O que ajudaria na hora de virar hehe. No caso, o analógico direito ajuda a fazer as "curvas", e você vai usar complementando com seus movimentos de pescoço. 

5) Ergonomia: se tem uma coisa que a Sony caprichou foi no no design. O visor encaixa muito bem na cabeça e tem uma "cinta" que prende muito bem na cabeça, e quase não pesa, o que ajuda a criar uma ilusão de que não tem nada interferindo com seus sentidos. 

Bem, por enquanto é isso. Outra hora devo fazer mais um relato, assim que tiver terminado RE7 e começar a experimentar outros jogos e experiências RV. 

Resident Evil 7 biohazard

Platform: Playstation 4
615 Players
196 Check-ins

16
Keep reading → Collapse ←
Loading...