2020-01-20 21:54:30 -0200 2020-01-20 21:54:30 -0200

5 Jogos de RPG para SNES que talvez você NÃO conheça!

Single 3770539 featured image

Veremos nesse tópicos pérolas preciosas que não tiveram o devido reconhecimento por serem lançados no final da época do console ou então por não serem lançados aqui no ocidente. Confira:

Feda: The Emblem of Justice

É um jogo RPG no estilo Fire Emblem Gaiden, você pode controlar o personagem a vontade, mas quando chega em um confronto com o inimigo, a tela muda para um combate estratégico estilo xadrez.

Você controla Brian e Ain (uma espécie de lobisomem, cachorro, anúbis... Não sei) que saem pelo mundo em busca de libertação e fight. Pode recrutar personagens e talz, é quase semelhante ao Fire Emblem.

Rudra no Hihou (Treasure of Rudra)

Nós assumimos o controle dos mocinhos. Temos que salvar o mundo em 16 dias, ou então o mundo acabará. (meh) Você poderá escolher Sion, Surlent, Riza e Dune, eles serão os protagonistas de suas respectivas histórias. Os personagens que você joga poderão criar um vínculo na histórias com os outros personagens, é meio difícil de explicar, é só jogando que você vai entender.

Um dos diferenciais é que você pode usar "MANTRA", que seria praticamente uma magia dos RPG, porém você mesmo pode digitar/criar suas magias. Por exemplo, eu posso criar uma mantra chamada "EuSouIncrivel", o jogo pode analisar o nome e criar seu elemento com base nisso.

A história também é muito bem contada, como eu disse, vai entrelaçando o caminho dos personagens...

Dark Half

Dark Half é o jogo que você controla Rukyu e Falco, protagonista do mal e do bem respectivamente. O seu maior diferencial é a liberdade que você tem de escolher qual lado deseja lutar:

Você pode ser o vilão, onde LITERALMENTE é o demônio fodão que fica sentado no trono discutindo planos com seus servos, ou então quando sai de seu castelo você pode atacar vilarejos e matar pessoas (mano, isso soa bem para aqueles que cansaram de ficar jogando com os mocinhos, NÓS QUER SER É DO MAL MESMO) para roubar suas almas e ficar mais forte...

Ou então você pode assumir o controle dos mocinhos para combater Rukyu e salvar o mundo (meh)

Ele tem várias mecânicas acompanhada com sua história obscura... Se você não jogou, dê uma chance a ele, recomendo muito para os amantes de RPG.

Live A Live

Outro jogo que você pode escolher quais personagens irão controlar (até parece que eu só gosto de jogos com escolhas psst). O jogo oferece 8 personagens jogáveis com sua próprias histórias (apenas 7 jogáveis no inicio), você pode escolher entre ser um caubói, um robô, um mestre de kung fu, um ninja, um cavaleiro medieval, um homem das cavernas ou um jovem que pode ler mentes.

Esse jogo tem uma linguagem divertida, vários momentos de humor e batalhas incríveis. Não tem muito o que dizer sobre esse jogo, a única coisa que quero falar é: "Sad Oersted!"

Tales of Phantasia

O jogo gira em torno de Cless, um jovem garoto que carrega consigo um pedante que havia selado um antigo mal. Sua vida mudou completamente quando um desastre aconteceu...

É um jogo bonitinho estilo animes com batalhas em tempo real. Sua história é tão emocionante que me fez chegar a ponto de chorar... Não subestime essa velha preciosidade do SNES.

ATENÇÃO: Todos os jogos que citei aqui foram lançados exclusivamente no Japão, maaasss como temos maravilhosos fãs desocupados, podemos desfrutar dos jogos com patch de tradução.


Você jogou todos os jogos que eu citei? Coloque nos comentários o seu favorito e sua opinião.

57
  • Micro picture
    onai_onai · about 1 month ago · 6 pontos

    Na verdade Tales of Phantasia é bem conhecido...

  • Micro picture
    artigos · about 1 month ago · 2 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

  • Micro picture
    lukenakama · about 1 month ago · 2 pontos

    Só conhecia Tales of Phantasia.

  • Micro picture
    santz · 29 days ago · 2 pontos

    Rudra no Hihou é aquele tipo de jogo que tem uma ideia genial, mas daí, você coloca o nome dumas magias cabulosas e pronto, quebrou o jogo.

    2 replies
  • Micro picture
    darlanfagundes · about 1 month ago · 1 ponto

    A Alvanista tirou o nome de uma cidade no Tales of Phantasia...o restante são bem obsicuros mesmo.Gostei da premissa do Dark Half, único que eu não conhecia aí...vou dar uma olhada um dia. Vlw.

    1 reply
  • Micro picture
    gennosuke6 · about 1 month ago · 1 ponto

    Boas indicações! O Feda e o Dark Half eu não conhecia.

  • Micro picture
    thecriticgames · about 1 month ago · 1 ponto

    Tales of Phantasia (é a origem de nossa querida rede!) e ja conhecia Feda e Live a Live pela fama, os outros dois embora mal os conheça estão na minha lista anos depois que vi imagens deles, achei interessante e após pesquisas vi que tinham notas decentes.

  • Micro picture
    xch_choram · about 1 month ago · 1 ponto

    Tales of Phantasia é bem famoso, Live a Live ta ficando mais conhecido aos poucos, ja os outros 3 nunca ouvi falar, vlw pela indicação XD

  • Micro picture
    eduardo_wrzecionek · about 1 month ago · 1 ponto

    Parabens pela a sua materia indo baixar para jogar com um bom amante de rpg clássico.

  • Micro picture
    rafa_dono · 29 days ago · 1 ponto

    Já comecei Feda várias vezes, terminei alguns cenários de Live a Live, e fui beeem longe em Treasure of the Rudras. Maaas acabei largando todos, por um motivo ou outro. Nenhum por não ter gostado, na verdade adorei os três.
    Mystic Ark, por exemplo, eu peguei até o fim, e nem valeu muito a pena... Bom jogo, mas nada especial. Preciso otimizar minhas experiências. XD
    Tales of Phantasia eu joguei a versão melhorada do PS1 "uma vez e meia" (tentei em japonês, empaquei no meio, depois joguei em inglês) e nem assim gostei muito... Mas sou apaixonado pelo OVA, um dos meus animes favoritos. Aliás, não gostei nem do Destiny... E foi só o que joguei da série Tales of. Não me convencem, nem o anime do from the Abyss me convenceu.
    Dark Half eu só dei uma testadinha e não gostei muito, mas marquei pra tentar de novo qualquer hora.

    Falando em "desconhecidos", acho que muita gente ignora as origens de Persona e de todo o multiverso Megami Tensei. O SNES é a casa original dos Shin Megami Tensei I e II, acho que do If... também, e ainda tem o remake Kyuuyaku Megami Tensei (MegaTen I e II do NES).
    Os jogos da Atlus, suas mitologias e cenários me fascinam (menos os Personas de 3 pra frente...), mas não consigo jogar. São difíceis demais pra quem não tem paciência com grind! Meu sonho é poder jogar Digital Devil Saga 1 e 2 e ShinMegaTen III Nocturne, mas não vai rolar!

    E não sei se são "desconhecidos", e não são de SNES, mas...
    Dois jogos com os quais só tive contato recentemente, e que me surpreenderam muito além das expectativas (que eram baixas, mas mesmo assim) foram Vandal Hearts I e II. Nem sei dizer de qual gostei mais, mas arrisco que a complexidade elevada do II (em tudo, jogabilidade, história, personagens...) dá vantagem a ele.
    E Saiyuki Journey West é velho de casa, já joguei várias vezes, mas sempre me surpreendo de novo quando o revisito.
    São todos RPGs táticos fomo FF Tactics, e bem mais fáceis. Definitivamente nada nível Hoshigami (Atlus de novo)...

  • Micro picture
    anikabonny · 18 days ago · 1 ponto

    Lembro do Dark Half da época que o patch de tradução dele tava em 30% ainda.
    A trilha sonora dele é muito boa!

Keep reading → Collapse ←
Loading...