jonomaia

Formado em História na Universidade Federal de Uberlândia, falador de groselha profissional.

You aren't following jonomaia.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • miss_dani Dani Patiné
    2019-02-21 10:46:57 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    [Off] Pessoalzinho gente boa!

    Como muitos de vocês já sabem, há quase 4 anos estou doente e por esse motivo, venho travando uma grande luta para lidar com muitas coisas e dentre elas, conseguir voltar a trabalhar.  Pensando em fazer algum tipo de artesanato para vender e passar o tempo, decidi criar algumas coisinhas e ontem fiz essa sacolinha com o tema Mario Bros. O que vocês acharam? Está aprovado? Hihihi ^-^'

    Outro pedido super importante: quem puder me ajudar e curtir/compartilhar a página lá no Facebook (ou quiser encomendar alguma coisinha, hihihihi) eu ficaria muitíssimo feliz!! <3

    Minha pagina é: https://www.facebook.com/hellocuteartesanatos

    Desde já muito obrigada a todos vocês,

    Um abraço, Dani ^-^

    82
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 8 months ago · 2 pontos

      Q bunitim...perfeito pra festas de aniversário.
      Compartilhando e sim, APROVADO!😍

      1 reply
    • Micro picture
      leopoldino · 8 months ago · 2 pontos

      Não sabia que estava com dificuldades, eu praticamente não uso Facebook.

      Gostei da sacolinha, bom pra final de festa de criança, só acho que a "cabeça" do cogumelo devia ser mais arredondada pra ficar mais parecido com o do jogo, mas ficou ótimo assim, eu não faria melhor.

      1 reply
    • Micro picture
      msvalle · 8 months ago · 2 pontos

      Compartilhado, @miss_dani!
      A sacolinha ficou ótima, você é prendada hein rs
      Sucesso!

      1 reply
  • jonomaia João Gabriel Maia
    2019-02-20 23:45:48 -0300 Thumb picture

    RE2 Remake - PC "port report"

    Ultimamente venho jogando RE2 Remake para PC na versão da STEAM. 
    Como ainda não zerei, não vou comentar o jogo na íntegra, mas gostaria de fazer algumas observações a respeito da "qualidade e performance do port" para PC do jogo.

    PC Config: Windows 10, GTX970 OC, FX8370, 16GB ddr3, 120gb SSD

    Estabilidade e Performance: 

    Até o momento, não tive problemas consideráveis de quedas de frame ou coisas do tipo. Alternando entre alguns "highs, mediums e lows", o jogo mantem a quase todo momento acima da margem dos 60FPS e com um visual muito bonito. Alguns frame drops são ocasionais e já esperados em áreas muito vastas, com muitos efeitos de pós processamento ou numero de objetos/inimigos, mas os drops não ultrapassam a linha dos 45FPS, que impactam pouco o gameplay.

    Opções:

    É de se aplaudir (sim, sem ironia) o trabalho que fizeram no que diz respeito ao menu de opções. deste áudio, controle e vídeo, todos os menus são cheios de opções e muito bem explicadas. destaque ainda maior para as opções de vídeo, que além de uma explanação sobre do que se trata cada um, inseriram um quadro de exemplo visual (para termos uma idéia melhor de cada predefinição "low, medium, high, ultra e off" EM CADA OPÇÃO) e um gráfico linear mostrando em quais aspectos cada opção impacta em questão de performance e qualidade visual (Processing Load, image quality, model quality, lighting quality e graphical Effects Quality) e a quantidade de memória de vídeo exigida.

    Eu diria sem medo que é realmente o melhor menu de opções gráficas que já vi na minha vida hahahaahh

    Mouse & Keyboard:

    ainda que funcionais, essa é a parte que mais me incomodou. ambos teclado e mouse funcionam normalmente, são compatíveis com todos os menus e você realmente não precisa de um controle em nenhum momento para ter uma boa experiência.

    PORÉM, sendo um player de shooters majoritariamente, tendo gasto muitos dinheiros em um bom mouse e mousepad, me frustra muito quando a movimentação do mouse no jogo é prejudicada por deadzones, aceleração ou Input Lag. Mesmo com a opção de aceleração do mouse e V-sync totalmente desligados, é perceptível que há ainda um certo lag e desproporção no movimento do mouse que o torna inconstante e dificulta a produção de memória muscular e mastering da mira do personagem. Quando a retícula de mira se fecha totalmente, há uma notável "zona semi morta" que diminui o curso do mouse na tela com o movimento que na minha opinião é completamente desnecessária e que poderia ser desabilitável.

    Mesmo assim nada que torne o jogo nem de longe injogável. vamos ver se problemas surgirão no futuro. até lá, tão de parabéns!

    9
  • jonomaia João Gabriel Maia
    2019-02-20 21:51:22 -0300 Thumb picture

    Tru.cast 5 - "O Vírus Michael Cera": The Last of Us e Resident Evil

    TRU.CAST #5 O Vírus Michael Cera: The Last of Us e Resident Evil. 

    (Links Abaixo!)

    "Tá no Ar" o próximo episódio do tru.cast onde falamos de dois fortes nomes do Survival Horror e Aventura nos "vídeojuegos", brigamos ao vivo por causa da existência do Michael Cera e seu bigode e decidimos se um machado médio seria melhor que um Nissan Skyline GT-R R34 num apocalipse!

    Ouve nóis!

    https://open.spotify.com/episode/2AtTb8kEWIBVyjFOA...

    ou

    https://soundcloud.com/tru_cast/o-virus-michael-cera-the-last-of-us-e-resident-evil-5

    The Last of Us

    Platform: Playstation 3
    11557 Players
    1161 Check-ins

    6
  • renanmotta Renan M. Sampaio Motta
    2019-02-14 19:14:09 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    A Maldita Expectativa

    Medium 3703754 featured image

    De uns tempos para cá nós vivemos a publicidade do hype. Tanto acontece entre os consumidores quanto ao marketing das empresas. E na indústria dos games há um evento para justamente alimentar a expectativa: a E3. Onde teoricamente montam o melhor trailer e/ou gameplay para apresentar e causar o alvoroço entre os jogadores. E isso é o que hoje alimenta a indústria.

    A expectativa gerada pelo marketing eu considero o pior, pois é no momento da divulgação que a empresa demonstra qual a proposta do seu produto. E se o resultado não alcança o prometido, a percepção quanto à qualidade da obra pode decair - e eu diria: com razão. É como se fosse uma propaganda enganosa. É só imaginar o ocorrido com No Man’s Sky. O jogo tinha as suas falhas naturais, mas a promessa piorou ainda mais o resultado.

    E em muitos casos, o hype acontece pelo padrão de qualidade rotineiro de certa empresa, como a Rockstar e a Naughty Dog. Depois que vimos toda a franquia de GTA evoluir e o incrível mundo de Red Dead Redemption ser apresentado, assim como Uncharted e The Last of Us chegaram ao mercado, não conseguimos esperar por menos. O que é óbvio. E isso altera muito a nossa percepção. E diria que é um caso infeliz. A expectativa facilmente pode não ser atendida e então culpamos a obra anterior, que era boa demais para o momento. Isso realmente acontece. Ou como o anterior foi um marco e o atual não impactou, começam a espalhar a ideia de que é um jogo fraco; onde muitas vezes não procede. É apenas uma infeliz comparação.

    Só uma observação... Quando falamos de uma sequência, é óbvio que devemos analisar comparando com o anterior. Mas o que estou discutindo aqui é quando um jogo é muito rebaixado erroneamente.

    E claro, o hype muitas vezes não é de culpa da empresa. Dependendo do gosto pessoal, o público pode elevar a expectativa mesmo que sem motivos. Um exemplo simples: João adora jogos indies de plataforma e recentemente viu um simples trailer, sem mostrar nada de importante, de um novo game desse estilo. E como está há um tempo sem jogar algo novo, agora ele quer, mais do que nunca, colocar as mãos no novo produto anunciado.

    Não há nada demais no anúncio, mas basta pertencer ao principal gosto pessoal que a mágica do hype acontece.

    Independente da origem do hype, ele mais danifica do que ajuda a experiência da obra. Por isso muitos trabalham a sua expectativa para ser o mais baixo possível. Mas será que isso é positivo? Creio que esperar menos de um jogo também seja danoso. Nesse caso, podemos elevar uma obra que na verdade cometeu muitas falhas. Como já se espera algo de fraco para ruim, qualquer brilho que tenha na obra vai saltar aos olhos, trazendo uma avaliação equivocada do todo.

    Para o consumidor comum, isso não importa, mas como fica para os que trabalham com crítica e para aquele que gosta de participar da discussão? Basicamente, a expectativa sempre vai modificar o resultado. Em termos de números, um jogo que mereça 10 pode receber um 8 (culpa do hype), e um que mereça 7 pode receber até mesmo um 10 (expectativa baixa).

    Mas se for para trazer um vilão, eu elejo a baixa expectativa. É ruim para qualquer indústria quando uma obra recebe grandes louros quando ela não fez por merecer. Ajuda a deteriorar o senso crítico de quem consome e faz com que o mercado tenha um parâmetro baixo. Quando o público se torna menos crítico, menos exigente, os produtos passam a ter menos carinho em suas produções. Aí o consumidor comum, uma hora, vai ser afetado, pois vai ser um mar de mediocridade tão grande que até mesmo ele vai sentir a falta de substância.

    É uma verdade que controlar o hype é extremamente difícil. Acredito que com o estudo técnico é possível controlar melhor. É preciso entender o processo de criação da obra para saber misturar o gosto pessoal e o técnico. Mas nada será perfeito e não há uma real solução para isso. Talvez, apenas não esperar simplesmente nada seja o melhor a se fazer. Mas você consegue retirar essas emoções? Eu tento, mas aqui estou eu, tendo comichão para The Last of Us Part II sair logo.

    The Last of Us

    Platform: Playstation 3
    11557 Players
    1161 Check-ins

    29
    • Micro picture
      kess · 8 months ago · 3 pontos

      O bom é quando ficamos Hypados e o jogo entrega, como aconteceu com o Resident Evil 2 Remake, ainda que não seja perfeito, entregou muito do que a galera queria...

      1 reply
    • Micro picture
      gorilouco · 8 months ago · 3 pontos

      Depois de Watch Dogs, nunca mais criei hype pra jogo nenhum.
      Em relação a TLOU 2, acho que a galera que curte bastante o game, e coloca o primeiro jogo da franquia no topo da lista de melhores jogos de todos os tempos (que nem eu, hehe) deveria diminuir essa expectativa e tomar muito cuidado pra não se decepcionar, caso o jogo tenha uma queda de qualidade em relação ao primeiro.

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 8 months ago · 2 pontos

      Hype é uma merda.
      A paixão por algo também...
      Por exemplo, sem saber se seria bom ou ruim, comprei RE2 REMAKE.
      O mesmo fiz com TOEJAM & EARL a ser lançado agora primeiro de março...
      ...
      E quando a empresa nos engana? É tenso....kkkk
      ALIEN COLONIAL MARINES teve que pagar multas exorbitantes para todos que sentiram se lesados...
      ...

  • jonomaia João Gabriel Maia
    2019-02-15 20:40:20 -0200 Thumb picture

    Voltando a desenhar: "Reptile"

    Medium 617218 3309110367

    Seguindo a vibe dos reveals do MK11 e o amor pela velha franquia, comprei as canetas nanquim outra vez e to voltando aos poucos "brincar com o papel" hahaha

    @inksketch

    Mortal Kombat X

    Platform: PC
    400 Players
    121 Check-ins

    11
    • Micro picture
      fabiorsodre · 8 months ago · 2 pontos

      Caramba! Show demais! Te desafio a desenhar Dr. Octopus! Hehehe

      2 replies
  • 2019-02-12 09:28:32 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    S01EP11 - Você sabia? #9

    Que a Alvanista precisa da sua ajuda?

    A rede passou por uns mals bocados há algum tempo atrás e hoje respira com a ajuda de aparelhos. Há basicamente dois modos de ajudar financeiramente a rede a continuar de pé (e quem sabe receber correções e algumas melhorias?).
    A primeira (e mais conhecida atualmente) é o APOIA.se.

    A página da Alvanista no APOIA.se conta com a ajuda de 34 pessoas. São R$451,00 mensais arrecadados pela rede (até o momento de criação desse post).

    Uma outra alternativa é o  Wirecard.

    Essa é a alternativa menos conhecida e também a mais antiga (acredito eu) aqui na Alvanista. Talvez por não conseguirmos visualizar publicamente como anda a arrecadação da rede através dela, não caiu tanto no gosto dos usuários.

    Para doar via Wirecard, basta acessar o botão "DOAR" que encontra-se ao final do menu direito, na página inicial da rede (quando logado):

    Há ainda uma terceira forma de ajudar financeiramente a rede, contratando ou doando diretamente para serviços específicos oferecidos pela Alvanista, como a sincronização da PSN, por exemplo. Caso queira ajudar de alguma outra forma, vale tentar entrar em contato direto com o Administrador da rede, o @sikora.

    ===================

    Sugestão: Que todos aqui adoram e querem ver a Alvanista sempre online, acho que não temos dúvidas. O que fica no ar é que não sabemos ou não vemos tantos investimentos na rede por parte dos administradores.
    Aqui na Alvanista temos a facilidade de ter (mesmo que esporadicamente) o administrador entre nós e termos fácil acesso a ele. Apesar disso, creio não ser o meio correto para atualizações sobre a rede.
    Minha sugestão então seria voltar a atualizar o Blog da rede. Assim, os usuários que estão doando para a rede veriam algum progresso e continuariam doando (quem sabem até aumentariam a quantia doada), além de atrair novos doadores. O Facebook e o Instagram, por exemplo, mantém páginas com informações sempre atualizadas sobre sua rede. 

    O que desanima, no meu caso, é ir encontrando pequenos errinhos enquanto navego pela Alvanista e não ver esses errinhos sendo consertados ao longo dos anos.

    ===================

    Gostou dessa curiosidade? Sabe de alguma coisa interessante sobre a Alvanista? Compartilhe com a persona!

    48
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 8 months ago · 4 pontos

      Essa curiosidade todos devem adotar.
      Se esforçar para ajudar.
      Tô no APOIA SE e espero conseguir ajudar com mais muito GM breve.

    • Micro picture
      mardones · 8 months ago · 4 pontos

      Eu já faço parte dos apoiadores, e é aquela história: se cada um der um realzinho que seja, já ajuda muito. Amo essa rede desde que a descobri em 2012 e seria uma tristeza se ela acabar.

    • Micro picture
      jcelove · 8 months ago · 4 pontos

      Eu tbm to me esforçando pra manter as contribuições, mesmo ainda estando desempregado, se todos ajudarem com ao menos 1 real, ja dava pra triplicar no minimo esse valor do apoia-se

  • jonomaia João Gabriel Maia
    2019-02-12 03:20:45 -0200 Thumb picture

    Gentes! me ajudem, por favor!!

    AI MEU DEUS DO CELL SOCORRO.

    Pessoal, zoeiras a parte, gostaria realmente de pedir ajuda de vcs para uma coisa?

    tenho um projeto que penso em por em prática a já um ano e nunca levei adiante, mas precisaria saber a opinião de vocês, então se tiver com tempo, leia até o final!

    anos atrás, comecei aproveitar minhas experiências com videogame para estudá-lo de forma mais acadêmica. começou com pequenos artigos como os que eu escrevo aqui no alva e se desmembrou pra minha IC na faculdade e meu TCC.

    Nesse percurso de pesquisa me deparei com muita coisa foda que existe por aí sendo feito - especialmente na universidade - e dificilmente alcança o público de fora. Um dos exemplos é o mestre que participou da banca do meu trabalho, que havia estudado a revolução americana em assassins creed III no curso de história. outros exemplos já passaram até por aqui, como a Flávia que pesquisa saúde por deus ex e bioshock.

    vi que nas gringas, o número de canais no youtube de ensaístas e do pessoal que se aprofunda mais nesse tipo de discussão é muito maior que no brasil (pra falar a verdade praticamente não me recordo de nenhum) e, de certa forma é isso que eu gostaria de fazer:

    tinha planos de fazer um canal com entrevistas com toda essa gente (que quizer participar) que pesquisa o videogame das mais diferentes áreas de forma mais acadêmica e transformar esse espaço num tipo de lugar de divulgação científica (obviamente que de uma forma mais palatável pro entretenimento), pra eu e a galera poder conhecer esses trabalhos, discutir e principalmente se inspirar neles.

    A ideia são videos de cerca de meia hora no máximo, apresentando a trajetória da pessoa e do trabalho, os temas que ela investiga, os porquês e os comos, trazer um pouco das coisas que aparecem dentro da universidade e que dificilmente alcançam o público externo. ("um canal do pirula sobre pesquisas sobre o video game")

    O que vocês acham? CONHECEM GENTE QUE PESQUISA o videogame nas universidades? Indica pra mim! e nas escolas? já fez projetos jogos? e o principal: acha que seria bacana um material como esse? 

    Sejam sinceros sem pegar leve e muito obrigado!!!

    8
    • Micro picture
      fabiorsodre · 8 months ago · 1 ponto

      Só sei que se você não for em frente, alguém vai pensar na sua idéia e executar bem antes. Rsrs Achei muito interessante, de verdade. Agora vai depender só de você fazer algo bem trabalhado, pois a ideia é muito legal e com boas edições nos vídeos, vai chamar atenção da galera facilmente. Já imaginei a entrevista com o tema do deus Ex com aquelas próteses todas sendo estudadas e desenvolvidas...

    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 8 months ago · 1 ponto

      Material como esse certamente é bacana.
      ...
      Talvez aconselharia reduzir a quantidade do vídeo (não sei se é um fato mas me parece que quanto maior o vídeo, menor o interesse dos telespectadores).
      ...
      Infelizmente ninguém pra indicar.

  • jonomaia João Gabriel Maia
    2019-02-08 14:23:21 -0200 Thumb picture

    A Garantia da Logitech - causos

    Então. recentemente - alguns meses atrás - postei minhas primeiras experiências com o volante G29 da logitech e que vinha curtindo muito até esses dias. 

    Algo ainda inexplicável aconteceu e por algum motivo ele começou a parar de calibrar e o curso do volante não era detectado mais pelo PC. Depois de passar pelo de sempre - reinstalar driver, replugar em todos os USB, xingar, testar em outros PC - resolvi ver se conseguia a garantia da marca.

    Pra minha alegria eles disseram que o volante seria sim substituido, porém eu teria que DESTRUIR DE FORMA INUTILIZAVEL o aparelho - "cortar todos os cabos, quebrar todos os chips e placas" e etc que especificaram no email, pedindo também para enviar fotos com as provas.

    EU NUNCA DESTRUI UMA COISA COM TANTO MEDO NA MINHA VIDA. (foto do ocorrido acima)

    mas valeu a catarse e a aventura de ver como o bixinho funciona por dentro e realmente fiquei chocado com a qualidade da construção, desde os metais até os plásticos, que resistiam a dezenas de marteladas como se nada estivesse acontecendo hahahaha

    É também triste ver o tanto de lixo que fica pra trás por conta de um probleminha que talvez pudesse ter sido facilmente consertado. mas ok, pelo menos não perdi meu dindin

    A reposição veio lá dos STATES, passou por Memphis, Louisville, Miami, São Paulo, Campinas, Ribeirão preto e a minha cidade em 7 DIAS. e já to aqui fritando outra vez!  Contando o resto do tempo que fiquei esperando as respostas e coisas do tipo, foram umas quase duas semanas. mas antes tarde Duke Nukem.

    E tamo aqui driftando denovo!

    10
    • Micro picture
      fabiorsodre · 9 months ago · 2 pontos

      Meu Pai do céu! Que suporte louco! O meu tá guardadinho! Cuido dele como se fosse um carro! Espero não ter que passar por isso. Imagina um cara que tem ciúme desse volante... KKK sou eu! 😂

      2 replies
  • hukori Victor 細川
    2019-02-06 15:08:18 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Dica para estudar jogando!

    Medium 3702192 featured image

    Olá pessoal!

    Estava falando com alguns alunos e com alguns amigos meus e eles me soltam essa pergunta de vez em quando "quando você acha que é bom eu pegar para jogar algo em japonês?" e eu sempre respondo "quando você quiser." mas ainda assim sinto um pouco de resistência neles em tentar fazer isso e notei que isso é bem comum, como por aqui eu volta e meia vejo um pessoal interessado no idioma por causa de jogos que saem em sua maioria somente nesse idioma, vou explicar porque eu respondo dessa forma e dar uma ajudinha básica (bem por cima) para quem está meio perdido com relação a estudar o idioma de um ponto de vista de professor e também levando em conta coisas que eu fazia quando criança quando ia aprender um idioma novo. 

    Alfabeto:

    Diferente de mim, vocês tem a vantagem de já saberem um idioma ou dois então não precisa necessariamente aprender a falar antes de aprender a escrever, até porque o japonês é um idioma que usa alfabeto completamente diferente do romano (que é o que usamos no ocidente). Eu sempre recomendo aprender os "kana" primeiro de tudo, porque assim você pode ir treinando e se acostumando com as palavras de forma mais natural e treinar seus olhos e mente para tornar esse alfabeto algo mais simples é possível e tira aquele medo quando você se depara com um texto.

    Os "kana" são os alfabetos japoneses simples: "Hiragana" usado para palavras de origem japonesa e o "Katakana" usado para palavras de origem estrangeiras.

    IMPORTANTE: Sempre que escrever uma letra, fale qual letra é ela, dessa forma você grava melhor e um pouco mais rápido. Outra coisa importante é lembrar que regras gramaticais do Português não se aplicam aqui, então "Ka, ki, ku, ke, ko" tem som de "Ca, Qui, Cu, Que, Co", "Sa, Shi, Su, Se, So" tem som de "S" mesmo, som de "Z" é apenas para palavras que escrevem realmente com "Z" e essa mesma regra serve para o "R", "Ra, Ri, Ru, Re, Ro" não se fala como "RR" esse som vem do "H" e é usado em "Ha, Hi, Hu, He, Ho", e por ultimo "Chi" se fala "Ti".

    No inicio é meio complicado, mas quanto mais rápido você se acostumar com o alfabeto e parar de usar o alfabeto romano para japonês, essa parte vai ficando mais fácil.

    -O que estudar: Alfabeto básico (a imagem que passei), "Ten-Ten", "Maru" e "Ditongo"

    Vocabulário:

    Aprender um vocabulário novo é algo que você só se consegue com pratica, você pode devorar um livro de palavras, mas se não praticar, acaba esquecendo, assim como amigos meu que esqueceram japonês por que pararam de usar quando chegaram no Brasil.

    Uma forma de estudar isso é usando dicionario e o próprio google (ele é uma grande porcaria para frases, mas ajuda quando sua duvida é uma unica palavra) e se consegue palavras novas fazendo algo que você gosta, lendo algo ou jogando nesse caso. No inicio algumas frases não farão sentido, mas você provavelmente vai conseguir entender, vou dar dois exemplos básicos.

    1 - わたしはHukoriです。よろしくおねがいします。

    1 - "Eu sou Hukori. Conte comigo se desejar."

    Nesse primeiro exemplo as frase é traduzida e mesmo que estando na sua forma literal, não é preciso mudar para ser interpretada no Português.

    2 - ねえちゃんいっしょにたたかおうだ!

    2 - "Irmã mais velha junto lutarei!"

    Nesse caso a frase traduzida de forma literal não ajuda muito, mas podemos colocar ela assim em português:

    2 - "Lutarei junto com a minha irmã!"

    Agora vem a explicação do porque respondo "quando quiser".

    Basicamente ter estudado esses 2 pontos básicos, agora você consegue começar a caminhar com as próprias pernas e vontade, obviamente com um limitação, mas consegue.

    Vocês já devem ter se deparado ou ouvido falar de "Kanji" que é o alfabeto japonês mais complicado por ele vem do Chinês, mas não se preocupe com ele agora, você o derrota com tempo e pratica. Alguns produtos são feitos para um publico mais infantil e crianças japonesas não estudam Kanji logo no inicio da escola por isso existe o "Furigana" 

    que é a forma que se lê aquela determinada palavra ou Kanji.

    Com isso você consegue identificar a leitura e então pesquisar a palavra. Você pode demorar bem mais para ler um mangá ou passar a caixa de texto no inicio, mas seu aprendizado com o idioma vai evoluir muito mais rápido fazendo isso.

    Kikitori:

    Kikitori é o ato de treinar oque ouve e o que fala, esse caso não é muito interessante para aqueles que só buscam aprender o idioma apenas para ler uma série ou noticias mas, caso a pessoa queira também com o tempo aprender a falar e entender oque estão falando, essa parte se torna a mais importante.

    Algo que costumo fazer no inicio é colocar o jogo, filme ou serie no idioma que quero aprender e a legenda no idioma que tenho mais prática e vou analisando as palavras ditas e o que está na legenda (faço o oposto também para pegar pratica com a leitura dinâmica do outro idioma). Todos sabemos que legenda nenhuma é 100%, mas ela está lá para te dar o entendimento da frase e contexto e não sua tradução literal, por isso é importante lembrar que fazendo isso você aprende a interpretar uma frase e não a traduzir ela.

    Mas o ponto aqui é ouvir uma palavra ou frase que você conhece e se acostumar a ouvir ela e a falar ela. Com relação a japonês o melhor também é começar com coisas mais infantis por que a forma de falar é diferente.

    Note que mesmo a forma de falar tem diferença, por isso não sinta vergonha de treinar Kikitori com algo mais infantil antes de ir para filmes e novelas.

    Concluindo: Não tenha medo de tentar e demorar, não tenha vergonha nenhuma em demorar para ler um folheto que não é de seu idioma (isso pode ser perigoso também dependendo do aviso).

    A agilidade e pratica vem com o tempo, você também cansou de morrer em Dark Soul e em jogos antigos até mais difíceis e nem por isso sentiu vergonha de jogar vídeo game.

    Outra coisa, se tiver alguém que queira estudar esse idioma junto com você também ajuda bastante, praticar mesmo que com coisas inicialmente banais como só "ola, tudo bem?", depois você vai notando a evolução dos dois durante uma pequena conversa que vocês estavam treinando.

    84
    • Micro picture
      edknight · 9 months ago · 4 pontos

      Ótimas dicas maninho.
      Na época que eu estava mais dedicado a aprender o idioma, eu consegui decorar os Kanas, e isso já ajudou um bocado (tentei o kanji logo em seguida, e tirando meia dúzia deles, não aprendi nada e com o tempo acabei desanimando, mas pretendo voltar a estudar em algum momento). Sabendo o basiquinho do alfabeto já dá pra aprender um pouquinho de vocabulário e de gramática, e quando você joga ou assiste anime, dá pra reconhecer aqui e ali as palavras que já aprendeu.

      Outra coisa legal é que aprendendo bem os Kanas e sua pronúncia, dá pra descobrir o significado de frases que você ouviu. Eu costumo ir no Google tradutor, coloco o idioma japonês e ele substitui as letras digitadas pelos Kanas e já dá a tradução. Um exemplo que aconteceu comigo foi jogando o Dissidia Opera Omnia, o jogo tá traduzido pra inglês mas as vozes são jp, e ao usar um certo movimento da Selphie ela diz algo como "Minna o mamoru kabe". Eu fui digitando isso lá no tradutor (aí tem que ter um pouquinho de entendimento do idioma pra perceber o "N" duplicado, e saber que o "O" é na verdade o caracter "WO"), e no fim o tradutor me deu "みんなをまもるかべ", com a tradução "Eu vou proteger todo mundo", que faz bastante sentido no contexto do jogo. O tradutor até sugere kanji pra substituir algumas palavras, mas fazendo isso às vezes ele dá uma errada no sentido, mas já ajuda um pouquinho.

      3 replies
    • Micro picture
      artigos · 9 months ago · 3 pontos

      Parabéns pelo texto! O que acha de transformá-lo em um artigo?

      6 replies
    • Micro picture
      pedromelo · 9 months ago · 3 pontos

      Ótimo texto! Alguém tem alguma sugestão de mangá ou jogos para quem está aprendendo? Já fiz curso de japonês e sei hiragana e katakana mas meu vocabulário é bem limitado

      3 replies
  • jonomaia João Gabriel Maia
    2019-02-05 19:24:48 -0200 Thumb picture

    Duke Nukem theme cover - EU :)

    eai, q q vcs acham :) ?

    7
    • Micro picture
      ederreloaded · 9 months ago · 2 pontos

      Ficou show. Tenho essa versão da música no meu PC, e quando eu baixei falava que era o Megadeth fazendo cover, sempre acreditei nisso pq os timbres, a pegada e um trechinho da voz são idênticos aos do Dave Mustain. Nunca procurei saber hehehe procede essa informação?
      Queria ter paciência pra fazer covers pra Internet tbm, mas infelizmente meu instrumento principal é bateria, e eu moro em apto. Hahaha
      No mais, parabéns

      2 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...