jogadorpensante

Site destinado a análises e artigos sobre videogames em geral! Em nossos Twitter e Facebook você fic

Você não está seguindo jogadorpensante.

Siga-o para acompanhar suas atualizações.

Seguir

  • jogadorpensante Jogador Pensante
    2015-08-17 21:30:47 -0300 Thumb picture

    [Consciência Gamer] Cinco anos escrevendo sobre videogame.

    Em 31 de agosto o Jogador Pensante faz cinco anos de idade. Foi em um 31 de agosto de 2010 que iniciei este site, na época era só um blog WordPress, somente depois de alguns anos que viria a ser um site .com, com domínio próprio (apesar de ainda usarmos a plataforma WordPress).

    Foi neste dia que fiz uma análise de Heavy Rain. Relendo-a, eu hoje escreveria algo completamente diferente, e certamente teria visto com um olhar mais crítico o jogo. Apesar de, na época, me considerar um jogador crítico, escrever sobre games é algo que vai amadurecendo cada vez mais, especialmente se você escreve por paixão, sem receber nada por isso. Dei 9,5 de nota para o jogo, e na época eu o achava um dos melhores jogos de todos os tempos. Hoje tenho uma opinião bem diferente sobre o jogo, e ele possui uma fórmula da qual, sinceramente, não gosto mais.

    Mas eu jamais faria uma segunda versão daquela análise e a apagaria. Claro que há espaço para me retratar e dizer o que acho do jogo anos depois, mas, ao olhar aquela análise, me deparo com uma época diferente da minha vida. Uma época em que eu não era tão crítico ao jogar, e achava que era um avanço um jogo lotado de cenas, conversando cada vez mais com o cinema.

    Cinco anos depois, eu penso completamente diferente: acho que quanto mais os jogos se distanciarem de outras artes-irmã, como o cinema, mais estaremos caminhando para uma narrativa própria e, então, mais estaremos evoluindo. Falei sobre isso no artigo Videogames e arte: ser ou não ser, eis a questão!, um artigo do qual eu sinceramente gosto bastante, pois acredito que foi um trabalho muito positivo e de muita reflexão sobre videogames.

    E toda essa reflexão é muito positiva. Escrever é delicioso depois que se pega o gosto. Mas também há esse lado que não acho tão positivo: o aumento da criticidade em relação ao seu objeto de estudo que, no meu caso, são os videogames. Cinco anos atrás, adorava Heavy Rain. Hoje o considero um jogo medíocre e um atraso para a indústria, tanto é que nem joguei Beyond: Two Souls (mas confesso que tenho curiosidade) e detestei o abominável The Order: 1866. Se o Neto de 2010 gostaria destes jogos? Eu acredito que sim, e estaria arduamente defendendo estes jogos em um fórum da internet (na época era o defunto Orkut… hoje me contento com o Facebook e o Alvanista e, com menor frequência, o Fórum UOL Jogos).

    E na verdade esse é o gostoso de escrever, se conhecer melhor como jogador e ir cada vez mais fundo nos jogos. Talvez isso seja somente estar ficando mais velho, mas escrever é uma atitude diferente, te faz parar e rever tudo o que você quer por no papel e aí você tem que pesar muito bem as coisas, para não ser injusto, leviano, entrar em contradição e outras coisas que o público não perdoa.

    A moda hoje não é mais a escrita. Hoje estamos na era do Youtube. É fácil colocar uma câmera na frente e se filmar, ou gravar um gameplay no PC (ou nos consoles, especialmente agora com o Share no Playstation 4 e o DVR de jogos do Xbox One), mas é hercúleo o processo de fazer um vídeo realmente bom, com edição, e requer um investimento em equipamentos para fazer o seu canal crescer. Claro que há exceções, vídeos que se tornam virais sem a necessidade de nada disso, e que fazem o canal ficar famoso, mas normalmente esses virais são pejorativos, porque o cara falou muita abobrinha, e aí a chacota é feita. Como disse, a internet não perdoa.

    Eu sempre vou defender a escrita. Ela é difícil, não é fácil manter um leitor preso a um texto de mais de duzentos caracteres (mas também não é fácil manter um espectador preso por mais de dez segundos em um vídeo do Youtube), mas qualquer um também pode tentar. Só requer esmero e um pouquinho de revisão. Com o passar do tempo, a escrita melhora, a gramática vem mais facilmente, a ortografia também. E, em caso de dúvidas, o Google está a uma aba de distância do seu navegador.

    Nunca investimos dinheiro de verdade no site, promovemos umas três ou quatro matérias via Facebook, fizemos acho que dois sorteios e pagamos há uns três ou quatro anos o domínio jogadorpensante.com. E ele ainda permanece no underground do conteúdo de games do Brasil. Mas eu acredito na qualidade do nosso conteúdo, nas nossas análises e nos nossos artigos. Acredito em nossa equipe, que sofreu mutações com o passar dos anos, mas sempre com um pessoal disposto a contribuir.

    Nunca pensei em desativar o site, em parar de escrever. Já desisti de muita coisa na minha vida, o Jogador Pensante não foi uma delas. Foram cinco anos, e eu quero mais cinquenta, no mínimo. Sinceramente, me imagino jogando aos setenta e cinco anos de idade, se até lá ainda existirem videogames.

    (Nosso antigo logo. Eu ainda gosto dele)

    É claro que é um tanto desmotivador não ver inúmeros comentários em algo que escrevemos. Alguns artigos ficam com zero comentário. Mas isso não é suficiente para frear o nosso gosto pela produção sobre jogos de videogame. De repente surgem comentários, elogios, debates… e isso faz todos os artigos com nenhum comentário terem valido à pena.

    Mesmo sem muito tempo para escrever, todos nós do Jogador Pensante fazemos o possível para escrever sobre tudo o que vem à nossa mente sobre videogames. Só que escrever não é fácil, e na vida corrida fica difícil sentar e escrever, ficar uma, duas horas escrevendo, depois indexando imagens, formatando… E no entanto temos muito mais posts do que eu poderia imaginar para estes cinco anos, muitas análises e artigos, vários especiais! Começou com uma postagem, e hoje já passamos dos trezentos posts!

    Obrigado a você, fã antigo, fã novo, e até a você, que não é fã do nosso site, mas que acaba dando uma passadinha por aqui, por estes cinco anos.

    Confira o texto no nosso site também e, se curtiu, comente por lá!:

    http://jogadorpensante.com/2015/08/17/consciencia-gamer-cinco-anos-escrevendo-sobre-videogame/

    Heavy Rain

    Plataforma: Playstation 3
    6365 Jogadores
    174 Check-ins

    22
    • Micro picture
      fhelisson · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Passei pelo mesmo a alguns meses atrás. Revi alguns jogos que antigamente achava chatos e entediantes. Acho que a idade e a maturidade nos faz reconhecer os verdadeiros desafios!

    • Micro picture
      natnitro · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Parabéns pelos cinco anos e que eles se tornem vinte cinco, cinquenta, hehe... E isso que voce falou sobre mudança de pensamentos é uma das coisas mais naturais da nova evolução pessoal e como é legal voce ou ter um diario, blog, caderninho de notas, etc, e de tempos em tempos parar pra ler o que escrever a muito tempo atras só pra ver como voce mesmo mudou...
      E isso não nem sempre quer dizer que voce antes era menos critico ou mais alienado e talz, mas sim que naquela fase da vida voce simplesmente pensava diferente... E daqui a 10 anos com certeza voce também vai fazer mais um exame de consciência e pensar o mesmo sobre 2015... :-)

      1 resposta
    • Micro picture
      bakujirou · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Não tive o conhecimento de buscar ler sites que falassem de conteudo de jogos, ou procurar analises assim que comecei a participar de forma ativa na internet (meados de 2008). But, achei este texto de post muito bom, parabenizo as pessoas/ pessoa que trabalha tanto para dar vida ao site de conteudo de games como voces fazem.
      Eu sempre tenho um forte desejo de criar conteudo de jogos na internet, mas isso eu já o fiz, quando consegui um espaco num site br sobre a franquia de pokemon. :X

      1 resposta
  • netobtu João Paulo Bonome Neto
    2015-08-14 11:42:45 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Novo clip do Iron Maiden é lotado de referências a videogames

    Donkey Kong, Mortal Kombat, Contra, jogos de FPS... novo clip do Maiden é legal para qualquer gamer! E lotado de referências à própria banda!

    Finalmente o Iron Maiden com uma música excelente de single, diferente da bagunça que era El Dorado.

    Clima muito oitentista, meio puxado pra um hard rock, mas com a cara do Iron Maiden! Bruce Dickinson mandando muito bem nos vocais, pra variar. E o riff da música é excelente! Tem muita cara de hit!

    Quanto ao clip, eu não esperava nada acima do "horrível". Mas fui surpreendido e é o melhor clip que já vi da banda, cheio de referências a games (inspiração pro vídeo) e a discos da banda. Um dos clips mais divertidos que já vi (e não toscamente divertido, como Holy Smoke). 


    Enfim, espero com muito hype o cd novo!

    Donkey Kong

    Plataforma: Arcade
    188 Jogadores
    1 Check-in

    60
    • Micro picture
      darleysantos676 · mais de 3 anos atrás · 3 pontos

      Só o Iron Maiden pra gerar mais hype que lançamentos de videogame! Esse clipe é capaz de fisgar qualquer coração gamer hahah! Com uma cara oitentista, puxado pro hard rock, como dito no post, ele me lembrou um pouco, com suas viagens no tempo e espaço através daqueles túneis, o disco Somewhere in Time, de 1986! Aliás, até publiquei uma vez um post escroto fazendo a relação desse disco com a mitologia The Legend of Zelda, por causa do personagem do maratonista (Running Man) e uma afinidade com a faixa do supracitado disco "The Loneliness of the Long Distance Runner". kkk
      http://alvanista.com/darleysantos676/posts/3058771

    • Micro picture
      shucrute · mais de 3 anos atrás · 3 pontos

      Eu ia postar isso agora! Mas inda bem que a galera ta vendo, isso merece ser compartilhado!

    • Micro picture
      natnitro · mais de 3 anos atrás · 3 pontos

      Eddie wins!
      80's feeling total...

  • netobtu João Paulo Bonome Neto
    2015-08-12 00:30:50 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    netobtu fez um check-in em:
    <p><a target="_blank" href="https://scontent-gru1-1 - Alvanista
    BioShock Infinite

    Plataforma: PC
    3073 Jogadores
    352 Check-ins

    Absurdo de lindo.

    15
  • netobtu João Paulo Bonome Neto
    2015-08-10 15:44:43 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Hoje arrumei a bagunça

    E mesmo assim continua meio bagunçado, mas ok:

    Cantinho old: Game Cube Silver e Nintendo 64, com os jogos que tenho. Tenho as caixas do Ocarina of Time e do Majora's Mask, de colecionador, mas fiquei com preguiça de pegar elas.

    -

    Portáteis: Nintendo DS Lite, Nintendo 3DS XL, PSP e PS Vita.

    -

    Meu canto onde jogo as parada mais atuais. Wii U, Playstation 4, Wii e Xbox One.

    -

    Um jogo de Wii U, um de PS Vita, jogos de Playstation 3, Playstation 4, Xbox One e 3DS físicos.

    -

    Jogos de Xbox 360, Wii, Wii U e Game Cube. No pano está o meu Headset Sony Gold.

    -

    Jogos de Xbox (ficou escondido o de cima do Fable, que é o Matrix Path of Neo), trilogia do Cavaleiro das Trevas em Bluray e edições de colecionador (essa toda branca é de Final Fantasy XIII-2).

    The Legend of Zelda: Ocarina of Time

    Plataforma: N64
    14676 Jogadores
    321 Check-ins

    35
    • Micro picture
      realgex · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Bela coleção !

      3 respostas
    • Micro picture
      netobtu · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Ah, não estão na foto o Xbox 360 (guardado) e o PS3 (emprestado)!

    • Micro picture
      seufi · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Só não vi ali o tempo pra jogar essas maravilhas...^~^

      1 resposta
  • jogadorpensante Jogador Pensante
    2015-08-08 02:30:07 -0300 Thumb picture
  • jogadorpensante Jogador Pensante
    2015-08-04 22:31:43 -0300 Thumb picture
  • netobtu João Paulo Bonome Neto
    2015-07-20 08:26:09 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    <p>Semana passada o Faustão chamou a internet de "p - Alvanista

    Semana passada o Faustão chamou a internet de "penico do mundo". Ontem foi o Fantástico falando porcaria de videogames, juntamente com internet.

    A reportagem do Fantástico é ofensiva porque está na pauta de guerra contra a internet e os games, que tiram cada vez mais audiência da TV.

    Espero viver para ver o fim de todas as emissoras de televisão, essa guerra contra as redes sociais (Globo nem cita o nome de Facebook, já reparou?), contra a internet num geral (penico do mundo), contra os videogames (cujos utilizadores se usam de crime para manter seu vício - rapaz, vi mãe compartilhando a reportagem como aviso pro filho de que ele joga em um meio criminoso), está cada vez mais explícita. Antes fingiam que não existia, agora está a todo momento querendo rebaixar e criminalizar esse entretenimento. As emissoras não sabem lidar com a internet, ela não conhece esse público, justamente porque eles exigem um conteúdo instantâneo e de alta qualidade.

    Essa reportagem pode até parecer imparcial e que estava mostrando o "lado sombrio dos jogos", mas ela tem um motivo de estar ali, quando a novela das 8 perde cada vez mais pontos de audiência a cada nova edição! A audiência da Globo está morrendo (literalmente), e em seu lugar estão surgindo jovens que não querem saber de televisão. Ela tenta fazer a cabeça dos que não entendem 5% de tecnologia, que vão proibir seus filhos de jogar esse computador "do demônio", tirá-lo desse meio "criminoso" (pintou assim, mesmo não falando que são todos os que praticam isso, afinal, a audiência da rede Globo está forrada de "maus entendedores").

    Só que a guerra está perdida, as emissoras não conseguirão mais frear a força da internet e dos videogames. São entretenimentos que não vieram só para ficar, vieram para substituir a TV mesmo. Meu maior medo é que tenhamos um lobby ainda maior das emissoras contra a internet e o videogame, aliadas aos dinossauros que fazem política no Brasil, sancionando leis contra estes entretenimentos... mas acho que não dá mais tempo para fazer isso, esses meios já são mercadologicamente consolidados. Mas enfim, fica meu temor, que é o único também, afinal a audiência reduz a cada dia, enquanto os utilizadores de internet aumentam.

    101
    • Micro picture
      guilherme_gondin · mais de 3 anos atrás · 9 pontos

      Eu parei de ver TV a um bom tempo, esse tipo de reportagem mostra que eu fiz bem.

      1 resposta
    • Micro picture
      fonsaca · mais de 3 anos atrás · 7 pontos

      Faustão diz: "internet, penico de mundo".
      Gostaria que ele me esclarece onde está o nível de cultura erudita no programa dele.

    • Micro picture
      gradash · mais de 3 anos atrás · 4 pontos

      Quando você está perdendo, apela. Mas não tem o que fazer, Netflix vai matar as locadoras e TVs a cabo e a internet vai matar a TV como ela é, isto é impossível de mudar pois a geração que quer impedir isto em algum momento vai morrer e as novas gerações que querem a mudança vão assumir.

      3 respostas
  • jogadorpensante Jogador Pensante
    2015-07-12 21:17:05 -0300 Thumb picture

    Falece Satoru Iwata

    Satoru Iwata, um dos rostos mais conhecidos da Nintendo, faleceu dia 11 de julho, segundo um relatório publicado pela empresa japonesa (http://www.nintendo.co.jp/ir/pdf/2015/150713e.pdf).

    Iwata atualmente era CEO da Nintendo of America e era responsável pela maior parte dos Nintendo Directs.

    Fica aqui nosso pesar e homenagem para esta figura que sempre demonstrou sua paixão pelos videogames, sempre muito carismático em suas aparições.

    Our bodies were not ready.

    Wii Sports

    Plataforma: Nintendo Wii
    3393 Jogadores
    22 Check-ins

    22
    • Micro picture
      nickzim · mais de 3 anos atrás · 1 ponto

      Ahhh primeiro de abril. Não, pera....

    • Micro picture
      raccoon · mais de 3 anos atrás · 1 ponto

      Uma pena, morreu novo!

    • Micro picture
      artoriasblack · mais de 3 anos atrás · 1 ponto

      confirmei....é uma grande perda

  • netobtu João Paulo Bonome Neto
    2015-07-04 22:25:40 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Não sei o que pensar de Batman Arkham Knight

    Velho, tá complicada sair uma review. Terminei o jogo e joguei um bom tanto do pós-game e sinceramente... tenho sentimentos mistos demais, eu nao sei se amo o jogo, se só gosto, se acho um jogo médio (ruim não é, claro). 

    Pra sair a review eu vou ter que rejogar um bom tanto do Arkham City pra ver as evoluções propriamente ditas, não lembro tanto pra uma base comparativa e a minha review do City não ajuda muito a eu lembrar das especificidades que quero... foda.

    Comecei até a repensar sobre o batmóvel... eu detestava, e no fim tava até curtindo. Sei que a batalha dele é rasa e isso não consigo voltar atrás, mas agora, somando tudo, não sei se ele foi uma adição neutro-positiva ou neutro-negativa, pq nao foi algo só bom ou só ruim, disso eu tenho certeza.

    Difícil, nunca tive tanta dificuldade pra colocar meus sentimentos em relação a um jogo no lugar assim.

    @ezaonite

    Batman Arkham Knight

    Plataforma: PC
    490 Jogadores
    205 Check-ins

    17
    • Micro picture
      ezaonite · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Ainda não terminei de jogar. Mas um pensamento sobre o batmóvel. Ele é divertido (se abstrair os stuttering da versão PC), mas as partes stealth com os Tanque cobra é um saco, diversão zero pra mim. A história estou gostando até agora, "aquele" personagem que acompanha a gente o tempo todo, é simplesmente fantástico suas linhas de diálogos, vamos ver como vai ser o final.

      Sobre a jogabilidade em si, prefiro não opinar muito, pq minha mente está influenciada pela péssima performance do jogo pra PC.

      1 resposta
    • Micro picture
      sikora · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Comecei a jogar, estou gostando bastante... faz um tempo que joguei o city, então nem consigo comparar. Não consegui ver nenhum absurdo gráfico no jogo, nada que me fizesse pensar, caramba, eis o PS4

    • Micro picture
      vagfig · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Quando sai algo novo assim, é comum estranharmos, ainda mais quando é algo que já possui seu "identidade", porém levando para o lado mais fã, e pelo que eu vi, acho que após um tempo conferindo e jogando, é claro, conseguimos ver o que o jogo tem mesmo a mostrar, e não apenas limitarmos ao que já temos, por assim dizer.
      Estranhei muita coisa ali, mas como é de praxe, sempre mudam. E ainda bem, né? Pois ter mesmo a mesma "ideia" de um jogo... vamos dizer que não seria tão divertido assim. Isso é que os mundo dos jogos (mais abertos\internet) estão fazendo conosco hoje em dia, pondo-nos a diversas opiniões.

  • netobtu João Paulo Bonome Neto
    2015-06-30 11:25:49 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Um ranking das capas de Assassin's Creed

    Tava no tédio, avistei uma ideia marota. Vou fazer um ranking das capas dos jogos de AC, sem contar edições premium, gold, goty, complete e etc... somente as capas originais, e somente jogos da main series (não contarei Altair Chronicles, Discovery, Liberation, etc).

    -

    9ª: Assassin's Creed Unity

    Pra mim essa é a capa mais fraca da série. Até gosto bastante da guilhotina aparecer ao fundo, dá um toque histórico pra capa, mas o Arno andando com esses três caras aleatórios aí não me convence.

    -

    8ª: Assassin's Creed Brotherhood

    Essa capa é horrível. Um fundo de Animus e o Ezio com essa pose com os braços... apesar de achar legal o pessoal ao fundo representar o multiplayer (muito melhor definidos do que os random do cooperativo na capa do Unity). Enfim, capa fraca.

    -

    7º: Assassin's Creed IV: Black Flag

    Boa capa, mostra vários elementos do jogo: navio, espada, arma de fogo, a bandeira negra... mas sei lá, falta impacto nela. A arte é bela.

    -

    6º: Assassin's Creed Revelations

    Boa capa, mostrando os dois personagens jogáveis que já tínhamos tido contato até esse jogo, e mostrando que jogaríamos com ambos, que um estava ligado ao outro. E o fundo de animus não me agrada, mas traz à tona que o Desmond estaria preso nele.

    5º: Assassin's Creed Rogue

    Essa capa é excelente e me dá muita vontade de ir jogar. O Shay está com uma postura passivo-agressiva muito intensa, atrás temos o navio, elemento chave do jogo assim como Black Flag e à frente, no "fourth wall" da imagem temos dois inimigos que usam hidden blades, dando a dica de que o inimigo pode não ser templário (eu sei que templários também usam hidden blades, mas é uma arma símbolo dos assassinos).

    -

    4º: Assassin's Creed Syndicate

    O vindouro Assassin's Creed Syndicate traz uma capa interessante, com um clima de "Gangues de Nova York", só que no caso é gangues de Londres. O Big Ben ao fundo e a bandeira da Grã-Bretanha dão um charme a mais, e haver rostos diferentes em volta (e não rostos que parecem o mesmo, como em Unity). Gosto bastante da posição em que o Jacob está sentado na cadeira, segurando a bengala, arma principal mostrada nos trailers. Gostaria de um pouco mais de destaque para a Evie, no entanto.

    -

    3º: Assassin's Creed

    A primeira capa. A que começou tudo. Altair com a hidden blade à mostra em destaque ao centro dá um bom impacto, e o rosto escondido e sombreado pelo capuz dá um tom de mistério ao personagem. Em volta, a multidão azulada, indicando a interface do Animus, e sabemos a importância que a multidão tem em toda a série. Capa sensacional.

    -

    2º: Assassin's Creed II

    Uma capa bem semelhante à do primeiro jogo, porém ainda mais impactante. Um traje bem mais robusto, cheio de detalhes, com destaque para as duas hidden blades, uma das maiores incrementações nesse segundo jogo da série. Ao fundo, a multidão mais uma vez, só que agora, ao invés de azulada, avermelhada, tanto pelo upgrade do Animus para 2.0 quanto pelo tom de vingança ditado pelo jogo.

    -

    1º Assassin's Creed III

    Aaah, essa capa. Quanto impacto! Depois de três jogos com Ezio, um novo assassino, uma nova época, um novo lugar, um novo tom para a história! Gosto muito da mão do Connor pro ar com a machadinha, enquanto o soldado olha aterrorizado para ele. Ao fundo, a bandeira americana na mão dos combatentes durante a guerra de Independência. Capa cheia de ação e impacto!

    Assassin's Creed

    Plataforma: Playstation 3
    3153 Jogadores
    133 Check-ins

    15
    • Micro picture
      netobtu · mais de 3 anos atrás · 2 pontos
      2 respostas
    • Micro picture
      sulivan · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Legal! Nunca joguei Assassin's Creed, mas acho as capas dos jogos muito bonitas.

      7 respostas
    • Micro picture
      geber_mori · mais de 3 anos atrás · 2 pontos

      Curto muito listas! Principalmente quando se trata de uma das minhas séries de jogos favoritas! rs
      Na minha opinião a capa do Rogue é a mais badass. Pra mim ela é o primeiro lugar :D

      2 respostas
Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...