2019-04-21 11:36:55 -0300 2019-04-21 11:36:55 -0300
jhonyfera Jhonatan checked-in to:
Post by jhonyfera: <p><strong>Check-out</strong></p><p>Nunca pensei qu
The Surge

Platform: Playstation 4
131 Players
56 Check-ins

Check-out

Nunca pensei que fosse terminar, sequer platinar um jogo "Souls-Like", mas parece ter uma primeira vez para tudo não é mesmo?

Até agora não sei bem porque decidi a platina desse jogo, acho que me interessei pelo jogo em si, e vi que ele era bem mais fácil que seus parentes próximos de gênero. E de fato, acho que não posso dizer que tive grandes dificuldades com ele, obviamente que já comecei a jogar usando um guia pois queria gastar o mínimo de tempo e jogadas possível nele, não curto ter que ficar derrotando os mesmos inimigos nos mesmos lugares toda hora que morro ou volto pra safe area. No NG+ eu fiz um speedrun passando batido pelos cenários até chegar na P&D para pegar o troféu da Jo. Aqui vão algumas considerações:

-O jogo apresenta uma ambientação bem interessante, com bastante potencial, no entanto, esse potencial é mal aproveitado através de uma narração confusa e escassa. O pouco que conseguimos aprender sobre o que aconteceu está nos áudios que coletamos e nos encontros com Sally e outros NPC's, e ainda sim nenhum deles sabe de nada do que está acontecendo só sendo revelado mesmo ao final do jogo. O que é considerado a história do jogo eu consideraria o background do mundo para aí então ser criada uma história por cima.

-Não posso comparar com muita propriedade a jogabilidade deste com os outros citados, mas tive a impressão de que aqui a movimentação é um pouco mais rápida, posso estar enganado quanto a isso. Analisando individualmente, achei satisfatório o sistema de combate e desmembramento, este último sendo interessante até. A diferença entre velocidade e impacto dependentes do seu set de armadura e armas dá a sensação de que é possível ter diferentes estilos de jogo conforme o gosto pessoal, o que é algo bom. 

-Quanto aos inimigos, como já havia citado quase todos os Bosses possuem um exploit que torna a batalha extremamente fácil. Quanto aos inimigos comuns, alguns são bem desafiadores, mas uma vez que se aprende seus padrões de movimentos, fica realmente tranquilo de passar. Podem haver problemas quando se encontram em quantidade.

-A ambientação é bem imersiva, e considero não ser muita repetitiva entre os cenários, embora isso aconteça um pouco dentro de cada cenário. Os atalhos realmente se confundem muitas vezes fazendo você se perder nos muitos corredores e salas dos locais. Também sobre a trilha sonora, não há nada a destacar, achei razoável em cumprir o papel de imersão mas não surpreendeu.

Acredito que seja um jogo razoável, e quem curte o gênero e tem a oportunidade deveria dar uma chance. Peguei grátis na PLUS, mas se tivesse que pagar não iria considerar nada acima de R$30.

E ganhei uma badge com isso:

Mestre das Lâminas (Ouro) - Platine 30 jogos que o personagem use arma de lâmina

@platinadores estou de volta

18
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · 8 months ago · 2 pontos

    É "SOULS like". Bom saber, pois vou passar longe.

    2 replies
  • Micro picture
    kratos1998 · 8 months ago · 2 pontos

    Cara, só o fato de ele ter uma penca de troféus perdiveis, posso te garantir que tu Platinou um jogo difícil, pq Dark souls deve ser bem mais tranquilo, eu já Platinei e n acho que vou platinar esse, odeio troféus perdiveis kkkkk

    1 reply
  • Micro picture
    filipessoa · 8 months ago · 2 pontos

    Parabéns! Então você só jogaria o 2 se viesse de graça também?

    1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...