You aren't following jerfrey.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • jerfrey Jerfrey Figueira
    2020-07-09 19:40:27 -0300 Thumb picture
    jerfrey checked-in to:
    Post by jerfrey: <p><strong>FINALIZADO!</strong></p><p>Então, como d
    ICO

    Platform: Playstation 3
    1466 Players
    112 Check-ins

    FINALIZADO!

    Então, como disse ontem, estava próximo do seu final e concluí sua história hoje e foi emocionante. 

    De onde parei, em Waterfall, que só não conseguia ir adiante porquê, novamente, a própria mecânica do jogo FALHA muitas vezes, passando pelas incríveis montanhas e "construções" inacabadas do castelo e, finalmente, o Portão Oeste, cheguei ao seu clímax.

    Confesso que, ao longo de todo o jogo, me envolvi tanto com seus personagens ao ponto de me sentir na pele de Ico e me importar tanto com Yorda que, naquele instante, meu coração pesou e vê-la fraquejando enquanto FINALMENTE saíamos daquele lugar doeu. Inclusive, voltar para ela quando a ponte começa a se separar foi tão natural e instintivo que só depois me perguntei "e se eu só fosse embora?"

    Pensando que acabava ali, ainda tem uma boa parte para percorrer e o sentimento de DESOLAÇÃO fica muito mais forte até que, quando chego na sala onde tudo começou e encontro Yorda petrificada cercada pelas sombras, me emocionei.

    Difícil explicar o que sentia quando lutava com cada uma daquelas sombras, pois mesmo tendo "se ligado" que elas eram os meninos de chifre, como Ico, agora ficou mais descarado. E aquela musiquinha tocando... 

    Sua batalha final, contra aquela Rainha das Sombras, mesmo simples foi épica e esteticamente LINDA. Certamente será um dos momentos que vou guardar comigo por muito tempo e lembrarei com muita animação dele.

    Quanto ao epílogo, fiquei feliz. Depois de tanto pelo que passamos com aqueles personagens, eles mereciam um "final" tranquilo. Se bom, não tenho certeza, gosto de pensar que sim, mas tranquilo ele foi.

    P.S.: no dia que tiver a oportunidade de jogar no PS4, vou correr pra jogar The Last Guardian.

    5
  • jerfrey Jerfrey Figueira
    2020-07-08 19:45:23 -0300 Thumb picture
    jerfrey checked-in to:
    Post by jerfrey: <p>Continuando com <strong>Resident Evil 4</strong>
    Resident Evil 4

    Platform: Playstation 2
    18648 Players
    129 Check-ins

    Continuando com Resident Evil 4, avancei até o Capítulo 3-2.

    Fico impressionado com o quão imersivo ele é e também como que sua dificuldade vai progredindo de forma tão natural e fluída ao longo dos capítulos, porque não é nem muito fácil nem muito difícil. E, sim, mesmo estando no normal, sendo isso algo a se esperar, não é sempre que tenho essa noção tão clara quanto tive aqui.

    Consegui encontrar a Ashley e a primeira coisa que ela faz é apontar pra um carro que posso atirar e matar vários inimigos ao mesmo tempo. Pensei "nossa, obrigado Ashley, você vai ser de uma grande ajuda." Minutos depois ela prende um pé numa armadilha de urso e, no desespero pra salvá-la, a MATO. 

    I N C R Í V E L.

    Deixando minha noobice de lado, cheguei até a CABANA, que foi muitíssimo louco, escolhi o caminho da direita, que tem outro EL GIGANTE, e finalmente cheguei no CASTELO.

    Novos inimigos, muito mais ameaçadores e resistentes, com escudos, máscaras e cabeças de bode (?) e terminei enfrentando insetos invisíveis. 

    MEU DEUS, É MUITA COISA!

    E, aparentemente, eu ainda estou no INÍCIO do jogo. 

    7
    • Micro picture
      andre_hirosaki · 6 months ago · 2 pontos

      esse jogo tem uma mecânica chamada dificuldade ajustável. Dependendo do seu desempenho, a IA dos inimigos muda totalmente. Por exemplo, se vc morrer demais, os zumbis atacam menos e dropam mais ervas. Por outro lado, se jogar bem e não morrer, os zumbis desviam para os lados e atacam com mais frequência

      2 replies
  • jerfrey Jerfrey Figueira
    2020-07-08 19:33:38 -0300 Thumb picture
    jerfrey checked-in to:
    Post by jerfrey: <p>Antes de começar a jogar eu vi no <strong>How Lo
    ICO

    Platform: Playstation 3
    1466 Players
    112 Check-ins

    Antes de começar a jogar eu vi no How Long to Beat quanto tempo seria necessário, em média, para finalizar ICO e seria por volta de 6 horas de jogatina e eu achava que poderia terminar hoje.

    Não terminei.

    Avancei mais um pouco desde ontem e devo estar próximo do seu final, pois fiz todo o caminho até o Portão Leste e o acionei.  Aliás, eu fico realmente "feliz e puto" quando a solução é simples, porém demoro horrores pra resolver, como foi o caso em que se deveria apenas levar a menina até a luz solar e uma ponte se revelaria para chegar até o outro lado.

    (malditos)

    Tenho tido uma dificuldade semelhante a que tive quando joguei Shadow of The Colossus pela primeira vez, só que levemente diferente. É, literalmente, um QUEBRA CABEÇA de respeito e você não sabe NADA do que diabos tá rolando ali.

    No mais, continuo achando FANTÁSTICO a experiência de não só controlar o menino, mas SER ele e tenho admirado sua bravura ao longo de toda "nossa" jornada. Isso também acontece com vocês? Enfim, é o que tenho sentido no meio daquilo tudo.

    Empaquei na sala em que devemos, aparentemente, "fechar" a cachoeira, mas amanhã devo ir até seu final! 

    4
  • jerfrey Jerfrey Figueira
    2020-07-07 19:23:20 -0300 Thumb picture
    jerfrey checked-in to:
    Post by jerfrey: <p>Continuando a revisitar os jogos que mais me mar
    Resident Evil 4

    Platform: Playstation 2
    18648 Players
    129 Check-ins

    Continuando a revisitar os jogos que mais me marcaram na minha infância/adolescência, chegou a vez de Resident Evil 4.

    Faz muito tempo desde a última vez que joguei e, definitivamente, muito mais tempo que zerei e, por isso, ele acaba tendo uma característica de "primeira vez" pra mim. Claro que não é e eu vou lembrando das coisas aos poucos, mas só quando elas aparecem e  ainda assim com dificuldade. 

    Tem sido uma experiência muito gostosa.

    Para este registro, avancei até o Capítulo 2-2 e tem sido incrível pra mim, além de divertido eu também tô entendendo sua trama, porque está traduzido em PT-BR. Mas mesmo que não fosse por já tá "mais entendido dos ingrês" e das coisas (não muito), minha experiência como jogador tem estado muito mais proveitosa e gratificante. 

    P.S.: ainda acho muito engraçado o fato de os corvos e ninhos terem granadas e munições (?).

    5
  • jerfrey Jerfrey Figueira
    2020-07-07 19:14:09 -0300 Thumb picture
    jerfrey checked-in to:
    Post by jerfrey: <p>Depois de finalizar <strong>Shadow of The Coloss
    ICO

    Platform: Playstation 3
    1466 Players
    112 Check-ins

    Depois de finalizar Shadow of The Colossus quis tentar chegar ao fim de ICO, que já havia começando muito tempo atrás só pra saber "como que era mesmo".

    Tanto a estética quanto as mecânicas lembram bastante Shadow of The Colossus, porém um pouco mais "arcaicas". Mais do que isso, a atmosfera evoca uma sensação de desolação e companheirismo, só que dessa vez com uma menina ao invés de um cavalo. 

    Para este primeiro registro avancei até pouco depois do Moinho e tenho duas observações importantes a fazer: a primeira é a relação de empatia/paciência com a menina e com o próprio o mundo e a segunda diz respeito ao quão "ruim" é sua jogabilidade

    O que mais me chamou a atenção é como que criei empatia pela garota e, se antes ficava frustrado quando ela não "ajudava", comecei a me importar quando ela apontava as coisas pra mim quando sentia dificuldade e, com isso, comecei a criar um vínculo com ela que me preocupava verdadeiramente.

    E, sobre a jogabilidade, eu morri várias vezes com pulos estranhos que o protagonista dava e as lutas são sofríveis, no pior sentido mesmo.

    4
  • jerfrey Jerfrey Figueira
    2020-07-06 22:19:12 -0300 Thumb picture
    jerfrey checked-in to:
    Post by jerfrey: <p><strong>FINALIZADO!</strong></p><p>Derrotei os ú
    Shadow of the Colossus

    Platform: Playstation 3
    2917 Players
    208 Check-ins

    FINALIZADO!

    Derrotei os últimos quatro colossos e cheguei ao fim mais uma vez, depois de tantos anos, desse que é um dos meus jogos favoritos da vida!

    O 13ª colosso é um dos mais bonitos em um dos melhores campos de batalha e é muito épico o confronto com ele, principalmente porque aqui tem as duas coisas que mais vibro nas lutas: o uso do Agro e o colosso voar. 

    O 14ª colosso é um dos que mais me deu trabalho, quando adolescente e agora também, tanto para descobrir como derrotá-lo como a demora durante toda sua luta, mas confesso que foi um uso muito inteligente do cenário e certamente um dos mais complicados entre todos. Ainda assim, MALDITO! 

    O 15ª colosso é, sem dúvidas, o mais difícil de todos os colossos. Tudo aqui é um desafio enorme, desde o uso do cenário até seus pontos vitais. Não foi uma das batalhas mais épicas, mas com certeza foi a mais cansativa e, se não for lembrado pelo bem, obviamente será lembrado pelo mal.

    O 16ª colosso é o que mais tenho sentimentos envolvidos: ele é o último, para chegar até ele existiu um sacrífico e, não sendo suficiente, ele ainda é o MAIOR APOCALÍPTICO entre todas essas criaturas. 

    Enfim, depois de dez anos que joguei pela primeira este jogo, chego ao fim de mais uma jornada incrível, dessa vez com outros olhos e maturidade e devo dizer que é um jogo que só cresceu no meu coração, mas ainda assim tenho inveja dos que ainda não jogaram e nada sabem deste jogo. 

    Saudades dessas surpresas.

    4
  • jerfrey Jerfrey Figueira
    2020-07-05 21:01:27 -0300 Thumb picture
    jerfrey checked-in to:
    Post by jerfrey: <p><strong>Reta final, Caçador de Calangos e o Colo
    Shadow of the Colossus

    Platform: Playstation 3
    2917 Players
    208 Check-ins

    Reta final, Caçador de Calangos e o Colosso mais teimoso.

    Restam apenas quatro colossos para serem derrotados e devo dizer que tenho ficado cada vez mais impressionado com o quanto este jogo é incrível, mesmo revisitando-o depois de muitos anos.

    Engraçado que, assim como fiz há muitos anos atrás, só no meio da jogatina é que fui me dar conta dos "calangos" e frutas que nos dão stamina e vida, respectivamente. E, assim como antes, a alcunha de O Caçador de Calangos voltou a aparecer na minha memória afetiva.

    Dessa vez enfrentei os colossos de números nove ao doze. 

    O nono colosso, Basaran, foi um dos que mais tive trabalho quando adolescente e, obviamente por conta disso, um dos que mais me deu satisfação em derrotar. Curioso que, dessa vez, eu o achei muito sinistro e assustador entre todos os colossos.

    O décimo colosso, Dirge, foi um dos que mais demorei para encontrar sua localização e por isso foi um dos que mais "descobri" daquele lugar como um todo, acredito que por ele está distante dos demais até aqui. Um dos que usamos o Angro para derrotar e devo dizer que é muito mais emocionante por causa disso.

    O maldito decimo primeiro colosso, Celosia, que é, sem dúvidas, o que mais me deu trabalho quando era mais novo e agora também! Ele surpreende primeiramente por ser tão pequeno, mas aí essa surpresa se transforma em choque quando se dá conta do quão violento e complicado de derrotar ele é. Sem dúvidas, o "pior" de todos.

    O décimo segundo colosso, Pelagia, é um dos que achei mais simples e, esteticamente falando, um dos mais fracos. Obviamente que não tô dizendo que é ruim, mas comparado aos outros... Porém, o caminho até ele é um dos mais bonitos e compensa de certa forma o que achei do colosso em si.

    Então é isso, no próximo registro devo finalizar o jogo e, mesmo depois de tanto tempo sem postar aqui, espero que dessa vez consiga manter os registros e jogar bem mais!

    3
  • jerfrey Jerfrey Figueira
    2019-01-16 12:42:31 -0200 Thumb picture
    jerfrey checked-in to:
    Post by jerfrey: <p>Desde a última jogatina consegui passar pelas fa
    Indiana Jones' Greatest Adventure

    Platform: SNES
    963 Players
    10 Check-ins

    Desde a última jogatina consegui passar pelas fases da Ilha, Shangai, India e muito perto de passar por Pankot também.

    A Fase da Ilha foi tranquila e a última que compõe o primeiro filme, A Arca da Perdição, onde enfrentei o chefão da fase em uma luta relativamente fácil onde ele solta o MAL para me atacar da arca. 

    Depois disso teve a Fase de Shangai que começa de forma frenética e, mesmo que tenha sentido isso desde a primeira vez que surgiu, aquela música desesperada de urgência que toca em determinas fases me deixou doido  só agora. E piorou depois. Deve piorar MAIS ainda. 

    Uma outra coisa que fiz questão de fazer quando surgiu a oportunidade foi usar "papel e lápis" para anotar a sequência para sair do "labirinto" de estátuas na Índia. Sério, fazia muito tempo que não fazia uma coisa dessas e, quando percebi que se tratava de uma ordem certa para passar dessa fase, vi uma oportunidade de voltar no tempo e fazer uma das coisas que só existiu naquela época de senhas, códigos e dicas anotadas em uma folhinha toda amassada. 

    As fases em 3D começaram a aparecer também, a primeira sendo na neve em uma espécie de barco. Foi divertido, até. Até que na próxima fase, em Pankot, depois de passar por dois estágios chegou no meu nemesis desse jogo até agora. 

    ESSA MALDITA FASE!

    Por que será que as fases envolvendo trilhos e carrinhos são sempre tão traumáticas? Um abraço pra Donkey Kong, inclusive. 

    Depois de morrer várias e várias vezes, tendo que repetir a fase desde o início e passar muita raiva, eu finalmente consegui passar desse maldito carrinho e, enquanto eu comemorava feliz da vida o próximo estágio surge , quebro a mochilinha e pego o chicote  e volto a respirar aliviado por finalmente ter passado do carrinho e... MORRO!

    Eu não sabia, mas a ponte começa a cair quando você passa um determinado tempo em cima dela.

    Ou seja, só piora. 

    12
    • Micro picture
      santz · about 2 years ago · 2 pontos

      Essa fase da ponte é massa, apesar de curta. Mas ainda vai piorar bastante. Na questão de fases labirínticas, tem uma no aeroporto que tu vai ficar perdidinho. Pelo menos, eu fiquei.

      2 replies
  • jerfrey Jerfrey Figueira
    2019-01-13 21:12:09 -0200 Thumb picture
    jerfrey checked-in to:
    Post by jerfrey: <p>Descobri recentemente o <em><strong>Retro Achiev
    Indiana Jones' Greatest Adventure

    Platform: SNES
    963 Players
    10 Check-ins

    Descobri recentemente o Retro Achievements e achei uma coisa incrível, tanto que decidi conquistar as recompensas no Super Castlevania IV e ate consegui algumas mas passei muita, muita raiva e decidi procurar por outro jogo com menos conquistas para serem desbloqueadas e acabei encontrando Indiana Jones Greatest Adventure

    Foi interessante porque ele apresenta poucas recompensas, então dei até uma motivada pra começar e alimentar meu ego e me fazer acreditar ser possível platinar o Super Caslevania IV e é o que tem acontecido, felizmente. 

    Quando finalizar pretendo escrever minhas impressões que tive do jogo inteiro, por enquanto vou apenas expor meu progresso e fazer alguns comentários sobre alguns momentos, o primeiro deles sua dificuldade. 

    Não sei se é coisa minha, mas eu achei as coisas poucas "intuitivas": inimigos, peças do cenário que causam dano e a própria progressão das fases eu só fui capaz de perceber quando fui atingido e levei dano e a impressão que ficou foi que as fases todas ou são decoradas ou se passam na sorte, como por exemplo quando a rocha enorme nos persegue. 

    O primeiro chefão foi da mesma forma, com ele pulando de um lado pro outro e arremessando aquelas tochas que quicam. Mas, sendo justo, acredito que só não estava acostumado com sua jogabilidade, porque depois de alguns minutos já estava pegando os padrões todos mais facilmente e me acostumando de fato com o jogo. 

    Passei da fase do Cairo que tem aquela perseguição com uma carroça e um cara jogando mato na gente que achei muito legal, por mais que tenha me frustrado alguma vez por, mesmo ter conseguido matar o indivíduo, a carroça ficar veloz e furiosa e sair em disparada me deixando pra trás, mas faz parte. 

    Na próxima jogatina já começo na Fase da Ilha, então até lá.

    P.S.: achei muito legal que tenham colocado uma das cenas mais divertidas dos filmes do Indiana Jones e que tenha sido "resolvida" da mesma forma no jogo, que é justamente a de baixo. Parabéns, ficou muito boa! 

    12
    • Micro picture
      lukenakama · about 2 years ago · 2 pontos

      retro achievements é sensacional, achei seu perfil, já que é o mesmo nome do alvanista, ja mandei solicitação, mas ele não avisa quando manda, tu tem que adicionar também, então me adiciona la, lukenakama

      3 replies
    • Micro picture
      rax · about 2 years ago · 2 pontos

      Gosto muito do site mesmo com umas coisas que me incomodam dele.Mais ainda é moh dahora <3 s2

      2 replies
    • Micro picture
      santz · about 2 years ago · 2 pontos

      Cara, esse jogo eu joguei pra cacete no cartucho. Vai ter umas fases 3D que você vai ficar maluco.

      3 replies
  • jerfrey Jerfrey Figueira
    2019-01-11 18:49:28 -0200 Thumb picture
    jerfrey checked-in to:
    Post by jerfrey: <p>Comecei a jogar essa manhã e foram duas horas qu
    Super Castlevania IV

    Platform: SNES
    2211 Players
    91 Check-ins

    Comecei a jogar essa manhã e foram duas horas que passaram muito rapidamente, apesar de que em alguns momentos a frustração reinou por não conseguir passar de algumas partes ou então morrer de forma estupida para inimigos "pequenos" (malditos morcegos). 

    Cheguei até 6-1, que inclusive, tem umas coisas bem estranhas como por exemplo na parte antes dele pular naqueles candelabros gigantes ele anda sozinho e cai no precipício. Sério, o que foi aquilo? Enfim, depois de morrer algumas vezes pra essa besteira, pensando que fosse só inconsequência minha, ainda morri algumas vezes acertando o tempo do pulo nos candelabros. 

    Ainda assim, apesar de ter se frustrado algumas vezes ao longo da jogatina não achei o jogo tão difícil quanto acharia: o level design e até os chefes são bem tranquilos também. Acredito que isso aconteceu porque alguns dias atrás eu resolvi jogar o primeiro Castlevania para Nintendinho e, mesmo que não tenha finalizado, passei muita raiva por conta da dificuldade do jogo. Mas não é uma reclamação, pelo contrário. Talvez só não tenha me acostumado ainda a ser desafiado dessas formas pelos jogos.

    Ah, uma outra coisa que achei fantástica e imagino que tenha sido incrivelmente maravilhosa na época foi a fase 4-2, em que Simon fica pendurado pelo chicote enquanto a câmera rotaciona. Sério, aquilo foi muito legal, tanto que nem liguei para as famigeradas cabeças de medusa me empurrando de um lado para o outro. 

    Na próxima jogatina vou tentar finalizar, então espero que o próximo check-in seja comigo já zerado o jogo. 

    P.S.: as imagens não são minhas, peguei em longplays pela internet.

    P.S.2: o que são e para que servem os números romanos que se pega nesses Castlevanias? 

    11
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...