2018-04-14 14:50:14 -0300 2018-04-14 14:50:14 -0300
rks José Carlos checked-in to:
Post by rks: <p><strong><em>Final Fantasy III finalizado!</em></
Final Fantasy III

Platform: NES
508 Players
32 Check-ins

Final Fantasy III finalizado!

Diferente dos outros Final Fantasy, acabei não fazendo varios check-ins sobre esse, acabei estando mais entretido em jogar do que tudo, mesmo estando jogando outros jogos junto também. Alem que fazer trocentos check-ins longos meio que cansa às vezes :D

E mesmo meu notebook sendo fraquinho, eu comecei a fazer alguns testes para tentar fazer alguma live stream pelo Twitch e tals, de teste eu fiz a ultima dungeon do FFIII e até que rolou bem, mesmo não tendo uma qualidade tão alta, no máximo consigo só fazer em 480p de "qualidade", fiquei até surpreso em conseguir. Ai vem o plot twist, por algum motivo eu desmarquei a opção que permite armazenar a live stream em vídeo... ai eu queria postar o link... mas não tem link... nem vídeo porque se eu colasse pra gravar junto a stream o note pegava fogo :D

Prosseguindo...

Em Final Fantasy III o jogo deixa o sistema doido de status apresentado em FFII (que por sinal eu gosto muito dele) e volta ao sistema normal parecido com o do FFI. A grande novidade é o sistema de Jobs!

O sistema de Jobs é uma boa experiencia, mesmo que você acabe não utilizando todas as Jobs, muitas por simplesmente faltarem atrativos e precisarem de bons equipamentos para serem realmente uteis, já que o jogo tem a sua dificuldade e é importante ter um party bem solida, mas testar as Jobs também é um fato importante, porque afinal, só assim para saber o que é bom pra você.

Outra coisa nova é o uso de algumas magias fora das batalhas que são realmente necessárias para acessar novos lugares e alcançar objetivos, é algo legal, mas acaba também sendo algo chato (parte que me deu varias raivas grátis), por exemplo, ao usar Mini, os personagens da party serão encolhidos, sendo assim enfrentar inimigos é impossivel já que alem de diminuir o tamanho, seus status são jogados ao chão (1 de dano e 1 de defesa, UNO), magias ofensivas podem ser usadas, mas elas também são bem fracas no começo do jogo, somente em alguns momentos acabam sendo realmente uteis.

Terceira coisa bacana adicionada: Fat Chocobo!!! Nós jogos anteriores é bem facil sofrer devido os inventarios que são pequenos e guardar alguns itens se torna impossivel pela quantidade de espaço, aqui o espaço da party tem um tamanho bacana, mas a quantidade de itens também é alta, mas o Fat Chocobo funciona como um armazem, podendo guardar toda a tralha no estomago dele (nada melhor que pegar uma espada com suco gastrico de Chocobo pra matar o chefe final). Até onde vi, não tem limite, podendo guardar todos os itens do jogo nele (literalmente), alem que ele é um summon, ou seja, estando em um lugar apropriado, ele pode ser invocado.

Eu costumo comentar sobre meus feitos dentro do jogo, então por isso irá conter spoilers, caso você prefira assar um marshmallow em uma fogueira segurando ele com as mãos nuas do que ler ou escutar um spoiler, já deixei avisado.

A historia do jogo é bem simples, órfãos caem em um buraco em uma caverna e acabam sendo escolhidos por um cristal para serem os Warriors of Light e assim deter a grande escuridão que se aproxima do mundo. Para quem jogou o remake conhece os personagens como Luneth, Arc, Refia e Ingus, mas na versão original eles não tem nenhuma historia ou plano de fundo, alem de começarem como Onion Kids ao inves de Freelancer.

Eu realmente costumo fazer um resumo do jogo, tento né, porque meu “resumo” sai gigante, mas dessa vez só comentar alguns pontos mesmo... tentar :D

O começo do jogo é bem tranqüilo, mas não significa que você deve ir rushando loucamente pra próxima dungeon, comprar itens, upar alguns leveis e aumentar a Skill da Job (ter uma Skill alta numa Job aumenta bem os status ganhos) são coisas que sempre são recomendadas a se fazer, coisa rotineira em RPG. O que mais me irritou no jogo foram às partes onde usar Mini ou Toad eram essenciais, como expliquei acima, os status caem totalmente e você ainda tem que enfrentar inimigos que são bem fortes... a estratégia para essas partes é colocar geral na linha de trás, assim é mais fácil os inimigos errarem ataques físicos (mas magias funcionam normalmente) e então ficar tentando fugir loucamente, se tiver um Thief na sua party, as chances de escapar são bem maiores, mas nunca garantidas, lembre-se disso!

Em FFII as batalhas contra os chefes até que tinham seu balanceamento ou tinham um lado esmagando o outro bem rápido e com eficiência, mas em FFIII... a maioria dos chefes causam danos muito altos com facilidade, tanto com ataques físicos como com magias que ou deixam alguém da party ou ela inteira em estado critico ou simplesmente mortos. Garuda conseguiu ser o chefe mais babaca do jogo fácil fácil, mesmo você sabendo a estratégia (que o jogo te da dicas de como derrotar a criatura por meio de NPCs e equipamentos encontrados na cidade), ele vai usar Thunder e mais Thunder, sem parar, o problema é o dano que um causa, você tendo sorte consegue sobreviver dois turnos, mas o lance é usar Dragoons, geral de Dragoon usando Jump enquanto você ta rezando pra Garuda não atacar primeiro e mandar geral pra vala.

Eu sempre costumo ter uma party onde dois sejam voltados para dano físico, um para magia ofensiva e um para magia de suporte e cura, mas em FFIII as magias iniciais são bem fracas, alem que com a volta do sistema de MP a la FFI onde invés de cada magia precisa de tal quantidade de MP para ser usadas, voltou a ser um certo numero de usos para cada rank de magia. Isso é bom e ruim, no começo você mal tem MP e não existe mais o Ether, o único jeito de recuperar o MP em meio a dungeons é usando o Elixir, mas com certeza esse item é algo que você vai guardar para usar no final do jogo onde a parada ta muito doida. Na maior parte do jogo eu acabei optando por uma party onde 3 eram voltados para dano físico e um White Mage (que se pensar bem é um ponto vital para qualquer party e eu curto bastante os White Mages, principalmente personagens femininas, elas ficam sempre muito bonitinhas naquelas roupas :v). Conforme o jogo vai avançando você ganha a possibilidade de usar novas Jobs dadas por outros cristais, como estava achando uma porcaria as magias passei longe das classes mágicas e concentrando em ter uma party de dano físico esmagador, mas ai chega as ultimas duas Jobs, Ninja e Sage.

Ninja é uma Job que pode equipar qualquer tipo de arma e armadura (que seja voltada para Jobs físicas), alem que pode usar as Shurikens!!! Shurikens são como bombas atômicas aqui, causam danos extremamente altos com muita facilidade, derretendo chefes em 1 ou 2 turnos.

Sages é uma Job que pode usar qualquer tipo de magia do jogo e é aqui que você conhece o verdadeiro caminho da magia!! Há dois summons no jogo que são extremamente quebrados quase se igualando as Shurikens Atomicas, Leviathan e Bahamut (principalmente ele)! Summons sempre causam danos muito bons em todos os inimigos, mas Bahamut... alem de causar dano em todos os inimigos o dano é extremamente alto para uma magia em área, é extremamente útil contra chefes tirando de 3000 a 5000 (ou até mais) de dano facilmente, então ter dois Sages na sua party é algo maravilhoso, porque eles podem curam sua party com eficiência e alem disso podem causar danos cabulosos com Bahamut ou morte instantânea com Death (morte mais que garantidas para mobs normais, alguns merecem, tipos os Shinobis...). Nesse ponto do jogo, o Sage tem uma quantidade de MP muito alta, então facilmente pode usar e abusar do Bahamut e cia.

A ultima dungeon! A primeira vez que entrei lá estava por volta do level 43, entrei bem rápido pra testar e ver o que me esperava... negocio é tenso... os principais inimigos são os magos que usam magias que causam Instant KO... eles acabaram com meu jogo perfeito... por que? Porque até a ultima dungeon eu me desafiei a derrotar todos os chefes e terminar a qualquer batalha com a party totalmente viva (nunca morrer), o que é complicado já que como eu disse, aqui os chefes exageram... Garuda feelings, então repeti varias vezes, varias dungons para conseguir essa façanha. Mas aqui como era a ultima dungeon eu joguei esse desafio fora para poder terminar ela logo, mas antes disso é extremamente recomendado ir para a Forbbiden Land Eureka, é o lugar que você encontrará as Jobs Ninja e Sage e também armas muito fortes, as mais fortes do jogo alias. A quantidade de chefes no final do jogo é bem altinha, então se conseguiu pegar as Jobs e as armas você consegue indo com calma, mas porque ficar sofrendo se você pode grindar?

A caverna onde você enfrenta Bahamut tem inimigos que dão uma quantidade de experiência muito generosa, sendo assim fácil pegar alguns leveis, eu voltei lá e coloquei geral no level 55, mas acabei encarando a ultima dungeon com o level 57 porque voltei a Eureka pra comprar mais Shurikens Atomicas e fui enfrentar Dark Cloud no 59 porque a quantidade de inimigos que tive que enfrentar foi bem chata. Após subir toda a Sylx Tower você ainda tem que encarar mais uma dungeon, Dark World. Você pode ir direto e ir enfrentar Dark Cloud, mas morrerá fácil fácil pois é necessário libertar os 4 Warriors of Darkness que estão aprisionados nos Dark Crystals. Nessa de libertar 4 caras você enfrenta mais 4 chefes e ainda pode enfrentar clones de Zande (não falei nada dele até agora, mas é o cara que estava tramando tudo e tentando fazer o mundo cair em caos libertando o Dark Cloud... ou algo assim) que protegem Ribbons que estão dentro de baús. Mesmo com um grind e uns bons equipamentos, os chefes vão continuar causando danos bem altos (Arhiman usando Meteor), então cuidado é a chave do negocio, alem que você vai conseguir explodir geral facilmente, principalmente se tiver um estoque bem gordo de Shurikens Atomicas.

E ai vem a batalha final contra Dark Cloud (ou Cloud of Darkness que é o nome dele mesmo, mas chamar ele de Dark Cloud ou Dark Claudinho porque foi assim que ele foi chamado na tradução feita pelo pessoal), você pode acabar tendo um medo dele já que enfrenta ele antes de entrar em Dark World após derrotar Zande, mas lá ele estava usando os poderes dos Warriors of Darkness e basicamente era invencível . Libertando os Warriors of Darkness, eles se sacrificam enfraquecendo Dark Cloud, assim dando a oportunidade para você vencer ele! Ele basicamente encheu o saco usando Flare Wave toda hora, mas por estar enfraquecido o dano dele é relativamente menor que de todos os outros chefes se for pensar. Então deixar os Sages curando e em qualquer oportunidade usando Bahamuts lindos e cheirosos, mas e ai que os Ninjas brilham! Shurikens vão causar danos cabulosos no chefe, dano por volta de 5000 a 8000 de dano, Dark Cloud possui uns 45000 de HP, então isso acaba sendo nada. E com isso a batalha é terminada e o mundo é salvo!

A historia desse jogo é bem bacana, eu gostei bastante, alem que você conhece outros personagens que são importantes na historia e acompanham você durante alguma parte do jogo por algum tempo.

Mas bem é isso ai, ficou um negocio gigante de novo, mas está ai, partiu pro próximo jogo :D

10
  • Micro picture
    jclove · about 1 year ago · 2 pontos

    Caraca, vc realmente terminou o 3, logo apos terminar o 2 2x e o 1...sou seu fã.hehe

    O 3 é um dos que mal joguei. Preciso terminar um dia, mas nem ferrando nessa versão do Nes, hehe

    1 reply
  • Micro picture
    edknight · about 1 year ago · 1 ponto

    Eu joguei um pouquinho só do 3, na versão remake do DS. Esse esquema que você falou de usar magia fora da batalha em algumas partes é interessante, mas lembro que travei justamente na parte que tem que usar Mini, por algum motivo que agora não lembro não consegui passar dali.
    Aliás, tu vai fazer como fez no FF 2 e jogar a versão mais recente também?

    2 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...