2020-02-06 14:52:59 -0200 2020-02-06 14:52:59 -0200
jcelove José Carlos Featured

Revelando 4 influências secretas de Death Stranding

Single 3774080 featured image

Depois de anos de desenvolvimento e muita expectativa dos fãs, enfim Death Stranding, primeiro jogo feito pela equipe do renomado diretor Hideo Kojima após sua saída conturbada da Konami deu as caras.

O jogo teve uma boa recepção no geral mas indiscutivelmente dividiu opiniões devido a seu gameplay incomum e sua narrativa mirabolante cheia de simbollismos. Os fãs de Kojima viram o game como mais uma masterpiece que só iniciados podem compreender; os que não vão com a cara do trabalho de Kojima resumiram a um walking simulator bonito porem sem nada para se fazer além de ir de um ponto ao outro de forma cansativa (o que não é totalmente uma mentira, ao menos no começo) e quem estava neutro conseguiu na maior parte das vezes ver um bom game no meio dessa confusão toda, longe de ser uma masterpiece, mas sem dúvidas uma aposta ousada do diretor em trazer algo realmente autoral ao invés de simplesmente reaproveitar a fórmula que o consagrou na série Metal Gear Solid.

Death Stranding trouxe bases interessantes pros próximos trabalhos da Kojima Productions  com seu gameplay cooperativo indireto (você ajuda e é ajudado por outros jogadores sem interagir diretamente com eles nenhuma vez na jornada) e sua narrativa cinematográfica cheia de estrelas de Hollywood e com certeza abriu ainda mais portas para novas idéias do nosso querido Diretor de cinema frustrado.

Mas esse artigo não se trata de uma análise sobre Death Stranding, e sim do resultado de uma apurada pesquisa jornalística (jornalismo nível revista de games da década de 90 XD) afim de contestar as declarações delusionais de Kojima em afirmar que estava criando "um novo gênero", com seu ousado game e insinuações que tentavam convencer o público inocente de que realmente tinha algo original nas mãos, quando na verdade apenas juntou retalhos de várias experiências vindas de outros jogos.

Nossa investigação vem provar com FATOS e coroar os verdadeiros responsáveis pelas ideias bizarras de Kojima e sem dúvida influenciaram na concepção de seu simulador de Fedex/Rappi/Glovo/Uber Eats  pós apocaliptico. Como dizem, o segredo da criatividade é não contar de quem você copiou, então prepare-se para revelações chocantes que estavam na sua frente e você não percebeu nesses 4 CLÁSSICOS que já trabalhavam com transporte de carga ou passeios boring muito antes do Sam pensar em sair de The Walking Dead. Vamos lá:

Pickup Express (PC) 

Há, por essa você com certeza não esperava, afinal quem diria que o "grande" Hideo Kojima iria COPIAR o conceito de um clássico trazido a nós muitos anos trás pelas mãos de outro gênio do entretenimento, ninguém menos que o saudoso Gugu Liberato?!

Esse clássico advergame sueco marcou a adolescência de muitos gamers na década de 90 graças a distribuição da Gugu Games, uma empresa do SBT que seria dedicada a lançar games de baixo custo e cheios de propaganda mas que morreu pouco depois. O jogo era vendido em postos da Shell, restaurantes fast food e bancas de revista por meros R$ 5,90 e basicamente era uma versão de pobre de Crazy Taxi, com a diferença de que ao invés de passageiros apressados, temos uma corrida contra o tempo pra entregar o máximo de produtos (de lanches do Bobs a sabão Ariel e placas do beto Carrero World) pela cidade deserta que tinha banners de marcas famosas por todos os lados.

O meu comprei num posto desses XD

Apesar dos gráficos e jogabilidade duvidosos mesmo pra época o game fez bastante sucesso graças a promoção que o SBT e o Gugu fizeram e mesmo com o gameplay escorregadio e de ser bem tosco hoje em dia, devo confessar que me diverti bastante com ele na época.

O escopo menor, mas troque os carros quadrados pelo Sam e os produtos por caixas genéricas nas costas e temos ali a base de Death Stranding...que papelão Kojima!

Shadow of the Colossus (PS2/PS3/PS4)

Hideo Kojima é um grande diretor japonês, isso não se contesta, o que é contestável é sua falha de caráter em não dar o crédito a outro diretor japa icônico: Fumito Ueda pois o clima deprê e solitário de Death Stranding é claramente inspirado na jornada de Wander no clássico SotC do PS2! 

Aqui o protagonista não tem que carregar encomendas enquanto abusa de um bebê usando-o como radar mas de resto ta tudo lá: o clima desolador, o personagem caladão e depressivo porém obstinado e loooongas viagens por cenários enormes indo de um ponto a outro pra entregar a MORTE aos colossus, que tavam la de boas coitados. A única grande diferença é que em Sotc Wander tem a compania do(a) utilissimo(a) Agro, de longe melhor montaria gamistica evar. Mas o pior está por vir...

Euro Truck Simulator (PC)

Provavelmente você é um ser humano normal e nunca se interessou em jogar Euro Truck Simulator mas COM CERTEZA tem algum amigo no Steam que ja passou das 1000 horas nesse entorpecente virtual com DLCs infinitos que beiram ao preço de um caminhão de verdade se for comprar todas.

Pois bem, tire seu olhar preconceituoso sobre como alguém pagaria para simular viagens boring de caminhão seguindo as leis de trânsito, cruzando as europa e perceba que o principío é exatamente o mesmo que o do jogo de Kojima, só que o Sam no caso é motorista de caminhão e não tem um enredo maluco com fantasma e bebês bizarros. Com certeza o pessoal da Kojima productions deve ser viciado nesse troço e aproveitaram pra fazer uma versão própria para não precisar mais pagar 50 reais por cada DLC só pra ter um caminhão novo. Se vacilar metade do orçamento de DS deve ter sido desviado pra comprar DLC.

Sua cabeça explodiu agora não? Ainda tem mais, o melhor por ultimo...

Yoshis Island (Snes)

Essa talvez seja a maior e mais OBVEA influência de Kojima para Death Stranding. O diretor não esconde que Mario Bros do Nes foi um dos 3 jogos que influênciaram sua visão sobre as possibilidades que os games poderiam trazer, logo nada mais justo que outro jogo apadrinhado por Miyamoto tenha servido DE BASE pra sua obra mais recente. 

As referências em Yoshis island são tão gritantes que chegam a sair da esfera da homenagem e beiram ao plágio em alguns momentos. A "imortalidade" do Sam é claramente inspirada no grupo de Yoshis que se revezavam a cada fase, dando a impressão aos inimigos que o dinossauro tinha vida infinita pq sempre voltava com outra cor.

Os Yoshis assim como Sam precisam entregar sua carga que no caso claramente serviu de inspiração pro BB de DS, já que a carga é ninguém menos que o próprio Mario em versão bebê irritante e por mais que o jogador tenha o impulso de abandona-lo como Mario faria mais tarde nos pulos de SMW, o clima depressivo disfarçado no visual coloridão do jogo o oprime a aguentar o fardo e consolar o chororô irritante da criança.

Yoshis Island nada mais é que uma viagem gigantesca do primeiro ao oitavo mundo pra entregar uma encomenda que extraviou. Sinceramente não sei como a Nintendo ainda não processou a Kojima Productions!

O pessoal da NCH productions foram os primeiros a denunciar as referências descaradas com essevídeo de gameplay da versão alpha XD

Resta esperar que os fãs consertem esse grave erro adcionando o bebê Mario nos Mods da versão PC quando sair. É o mínimo que podemos fazer!

Esperamos que este texto tenha sido esclarecedor e que possa ao menos trazer um pouco de justiça aos verdadeiros responsáveis pelo sucesso do novo trabalho de Kojima...e que obviamente você tenha entendido a zoeira que permeou cada palavra.hehe

Voltaremos a qualquer momento com mais um furo jornalistico a la jornalismo de games da década de 90!

Death Stranding

Platform: Playstation 4
447 Players
131 Check-ins

42
  • Micro picture
    andre_hirosaki · about 2 months ago · 2 pontos

    mano como assim existe outra pessoa q jogou Pickup Express????? Anyway, comprei um desses cds tbm e admito q na época eu e meu irmão nos divertíamos muito, msm com a tosquice. Hj em dia realmente o gameplay n desce muito. Ainda tenho guardado e ainda funciona pelo incrivel q pareça

    2 replies
  • Micro picture
    lanzitto · about 2 months ago · 2 pontos

    Pra mim foi novidade saber que existiu uma Gugu Games e que podia comprar nos postos Shell hehehe
    No meio do jogo Sam diz que ele tem de ser o Super Mario para resgatar a mulher lá do game
    Adorei o artigo, espero que vire destaque logo.

    1 reply
  • Micro picture
    gusgeek · about 2 months ago · 2 pontos

    Pickup Express é uma Obra de Arte incompreendida XD

    4 replies
  • Micro picture
    reasel · about 2 months ago · 2 pontos

    perfeito

    1 reply
  • Micro picture
    lukenakama · about 2 months ago · 2 pontos

    Eu nem sabia desse Pickup Express que bizarro kkkkkkkkkkk
    E na moral, a piada de Death Stranding com Yoshi Island encaixa perfeitamente, logo logo o Kojima deve ser processado pela Nintendo kkkkkkk

    1 reply
  • Micro picture
    dan8d · 25 days ago · 2 pontos

    kkkkkk boa mano kkkkk
    Te falar, gostaria de usar sua matéria para uma revista que estou criando aqui para o alvanista mesmo
    Irei deixar o link da ultima revista para você ver se permite a publicação de sua matéria
    http://alvanista.com/dan8d/posts/3779286-revista-alvanista-004

    1 reply
  • Micro picture
    kess · 24 days ago · 2 pontos

    Eu tava precisando dar umas risadas, mesmo. Mas ainda acho que tá certo.

    1 reply
  • Micro picture
    speedhunter · 3 days ago · 2 pontos

    AUHEUEHAUEHAEUAEHEUHAEUEHAUEHU

    Cara você precisa escrever mais artigos assim! Eu entendi a zoeira e tbm as alfinetadas na galera hater do Kojima. Eu quase platinei o Death Stranding e juntamente com o Sekiro, são meus Gotys de 2019. Posso dizer que é uma das coisas mais diferentes e fantásticas que já experimentei.

  • Micro picture
    artigos · 25 days ago · 1 ponto

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

Keep reading → Collapse ←
Loading...