You aren't following isadoublex.

Follow her to keep track of her gaming activities.

Follow

  • isadoublex Isabela Silveira
    2018-06-25 21:57:18 -0300 Thumb picture

    Desafio dos 10 Jogos #2

    10 games que causaram impacto em mim. Uma imagem apenas, sem explicação. 1 game por dia.

    Todos eles, inclusive o 3 que já me impactou demais só com alguns trailers.

    Kingdom Hearts

    Platform: Playstation 2
    6788 Players
    170 Check-ins

    38
    • Micro picture
      matheusps92 · over 1 year ago · 2 pontos

      Kingdom Hearts é só amor <3 Tenho que pegar as coletâneas do PS4 pra jogar tudo de novo xD

      6 replies
    • Micro picture
      rax · over 1 year ago · 2 pontos

      Uma das minhas franquias favoritas do meu kokoro <3 s2

    • Micro picture
      ike_teshima · over 1 year ago · 2 pontos

      E rejogar mais uma vez, antes de chegar o 3 hahah
      Melhor jogo *o*

  • 2018-06-15 14:11:40 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Precisamos falar sobre Ellie

    por Guilherme Bova

    Eu sou gay, tenho 35 anos de idade e só tive A CONVERSA com meus pais há dois anos atrás, quando resolvi juntar as escovas de dente com meu namorado para morarmos juntos. Eu sempre fui daqueles gays brancos cisgênero privilegiados que acreditavam que levantar bandeira era bobagem e que a palavra gay não me definia, apenas me encurralava dentro de um estereótipo. Eu estava errado. Muito errado.

    Continue lendo no Gamerview

    The Last of Us Part II

    Platform: Playstation 4
    504 Players
    4 Check-ins

    20
    • Micro picture
      game_zone · over 1 year ago · 1 ponto

      realidade !! o pior não e isso, e sim os mimimi, e apenas uma previa do que podera ser lançado, como todos sabem podem mudar isso, pessoal so sabe reclamar, o mesmo aconteçe com o R2, estou dando apenas um exemplo !! belo testo !!

      1 reply
    • Micro picture
      volstag · over 1 year ago · 1 ponto

      Excelente texto, video game não é só um mundo de fantasia, o que o torna tão cativante é fazer o usuário experimentar novas realidades ou situações que existem no nosso mundo, fazendo ele sentir empatia por povos, etinias, religiões e até mesmo por opções sexuais diferentes da dele, sem que ele precise necessariamente sair da zona de conforto dele, é o mesmo que acontece ao assistir um filme ou ler um livro, enquanto as pessoas torcerem o nariz pra esse tipo de coisa, viverão tão isoladas em seus mundinhos, que qualquer coisa realmente será um choque, esse jogo é mais do que necessário, é atual na proposta e isso já o torna sensacional.

    • Micro picture
      isadoublex · over 1 year ago · 1 ponto

      Texto maravilhoso!

  • isadoublex Isabela Silveira
    2018-06-24 01:39:38 -0300 Thumb picture

    E então Ellie beijou uma menina

    Medium 3643734 featured image

    Oh my God.

    Eu tenho visto muitos comentários sobre essa cena (que, por sinal, achei linda) do novo trailer de The Last of Us 2, e quis vir dar minha opinião.

    Tenho visto dois tipos de comentários: aqueles que são contra o beijo e aqueles que acham que não é nada demais. O que eu acho é que ambos estão errados - nem preciso dizer que o primeiro tipo é mais errado, certo?

    Falando como mulher, LGBT e apaixonada por games, eu vejo essa cena como algo super importante e relevante, sim. Em um cenário de apocalipse zumbi, algo tão profundo quanto a orientação sexual dos personagens acaba não sendo muito falado, simplesmente porque ninguém pensa muito nisso enquanto tenta sobreviver. O foco do jogo em si não é esse. Mas quando você fala ah gente, é só um beijo, você ignora uma coisa: esse beijo é algo que faz parte da protagonista do jogo. Ellie já tinha beijado sua amiga em Left Behind quando mais nova, e agora, adulta, se permite explorar mais sua sexualidade, dando à ela um desenvolvimento ainda mais profundo e cativante, e isso, meus amigos, é lindo por demais - e não só para ela.

    Pare para pensar: quantos jogos com protagonista LGBT você já jogou? Quantos jogos você conhece que falam mesmo de representatividade, com a protagonista do jogo? Tem uma nova geração vindo aí, crianças que não vão demorar muito para conhecer esse jogo, pré-adolescentes que já estão conhecendo, e essa galera vai crescer com uma imagem muito legal de representatividade LGBT que muita gente aqui não teve a oportunidade de ter enquanto crescia.

    Não é só um beijo, gente. É a Ellie em seu todo. É The Last of Us dando abertura a um debate importantíssimo. Essa é a magia dos games: usar o entretenimento para nos levar à emoções e reflexões profundas sobre nós mesmos e mundo. Então, que tal ir mais fundo sobre isso também?

    The Last of Us Part II

    Platform: Playstation 4
    504 Players
    4 Check-ins

    42
    • Micro picture
      mattfenrir · over 1 year ago · 2 pontos

      Eu amei. Quando a Athena de Borderlands revelou estar namorando a Springs eu tive surto de fanboy.

    • Micro picture
      artigos · over 1 year ago · 2 pontos

      Parabéns! Seu artigo virou destaque!

    • Micro picture
      sophos · over 1 year ago · 2 pontos

      devo admitir que a primeira vez que vi um beijo homossexual na tv foi impactante, acho que foi numa serie. mas com o tempo acabou ficando normal. então acho que é positivo que se mostre isso na midia pra que as pessoas passem a encarar com naturalidadade

  • isadoublex Isabela Silveira
    2018-06-24 00:21:56 -0300 Thumb picture

    Desafio dos 10 Jogos #1

    10 games que causaram impacto em mim. Uma imagem apenas, sem explicação. 1 game por dia.

    Dia 01:

    Ainda bem que o desafio não pede explicação, porque só falar desse aqui já mexe com todo o meu emocional.

    @desafio

    Life is Strange

    Platform: PC
    1174 Players
    361 Check-ins

    6
  • isadoublex Isabela Silveira
    2018-06-23 23:45:31 -0300 Thumb picture

    O Fardo Não Falado do Herói do Tempo

    Medium 3643705 featured image

    Semana passada eu completei (de novo) um dos meus jogos favoritos de todos os tempos: The Legend of Zelda Ocarina of Time. Enquanto jogava, uma pergunta que sempre me faço toda vez que o jogo voltou à minha cabeça: e se o Link dissesse não à Zelda? Não estou aqui para criar nenhuma teoria, até porque só jogando já dá para ter uma ideia do que de fato aconteceria se o nosso herói se recusasse a ajudar a princesa; estou aqui para observar um ponto que finalmente enxerguei na franquia.

    Uma coisa que sempre me incomodou em todos os Zeldas que já joguei foi a inexpressividade de Link. Sem fala, sem voz, apenas com algumas reações e sons saindo de sua boca. Sempre quis um pouco mais de personalidade pro cara, e sempre fiquei pensando em como seriam os jogos se colocassem em evidência todos os possíveis sentimentos dele. Em Ocarina of Time, por exemplo: Link é ainda uma criança quando a Árvore Deku e Zelda colocam toda aquela responsabilidade em seu colo (claro que Zelda é uma criança também, mas não dela que quero falar agora), e então o menino passa por provações, luta contra monstros, arrisca sua vida para cumprir a missão de reunir as três Pedras Espirituais. Quando o faz, fica desacordado por sete anos, e quando desperta descobre que todo o reino de Hyrule está sob controle de Ganondorf, que ele não é um Kokiri de verdade, que o lugar onde cresceu está cheio de monstros e que Saria, que foi mostrada como sua grande amiga ali, simplesmente não está mais ali (aliás, vocês conhecem a teoria de que todos os Sábios estão mortos? Eu super concordo com ela).

    Durante o jogo inteiro, a parte que mais me emociona sempre é de quando você termina o Templo da Floresta. Voltando para a Lost Woods até onde Mido está, ele entende que Saria não vai voltar, e pede: se você encontrar ele, diga que sinto muito. Mido pode ter sido meio babaca no começo, mas ele realmente se importava com Saria a ponto de ficar ali na Lost Woods vigiando a entrada quando ela foi até o Templo da Floresta, e ficou a esperando durante todo aquele tempo. Aquilo que ele diz ao Link de sete anos depois acaba com meu emocional, e eu queria tanto ter uma opção de resposta, alguma força a mais de interagir com ele, e não poder reagir de nenhuma força àquilo me incomodou mais uma vez.

    Mas foi aí que me veio um clique: e se tiver uma beleza por trás disso? Como disse, Link passa por muita coisa ainda criança, e é tudo muito repentino pra ele - uma hora o menino está dormindo, e na outra já está saindo da floresta pela primeira vez, enquanto ainda pensa que é um Kokiri e que Kokiris não devem sair da floresta. Ele passa por tudo isso, e no final ainda perde a companhia de Navi. Entretanto, nenhuma reação a mais sobre tudo isso é expressada em nenhuma forma. Durante todos esses anos achei o Link um personagem sem humanização nenhuma, agindo apenas como uma marionete. Mas... E se a beleza por trás disso tudo for a humanização não do personagem, e sim do jogador? E se a beleza em Zelda for o quanto todo o background da história de cada jogo pode levar você a refletir - e se emocionar - sobre todo o perrengue que o protagonista passa, desde que sai de sua vida normal até o momento em que parte na jornada para cumprir seu destino, porque nasceu fazendo parte de toda essa lenda do Rei do Mal - Princesa - Herói? E se a inexpressividade do Link no jogo for apenas mais uma ferramenta pouco óbvio de nos colocar em seu lugar enquanto jogamos e perceber a grandiosidade do universo de Zelda?

    Novamente digo que não estou aqui para criar teorias, nem para falar sobre a produção e sistema do jogo, e sim para falar do lado profundamente emocional de Ocarina of Time e os outros tantos jogos da franquia. Afinal, essa é a parte mais linda do videogame: o quanto ele é capaz de mexer dentro de nós e de nos mudar de alguma forma.

    Repito a pergunta do começo: e se Link tivesse dito não para Zelda? Ele tinha todo o direito de fazer isso. Claro que, se você escolher isso no jogo, não vai acontecer nada e vai cair nesse diálogo de novo (é como em Link Between Worlds, onde, por mais que diga para Dampé que não deveria usar a espada, você vai usar a espada). Mas ele diz sim.  Ele parte para a missão que com certeza não queria ter, mas não pode fazer nada para mudar isso.

    Pela primeira vez vejo Link como um dos meus personagens favoritos de todos, pelo fardo implícito que o menino carrega e por como isso tudo me faz amar ainda mais a franquia toda. Se a ideia dos criadores foi realmente atiçar nosso emocional eu não sei, mas adorei isso.

    E eu não vou nem falar de Majoras Mask.

    (Acho importante salientar que não joguei todos os jogos de Zelda, e por isso não sei se em algum deles Link tem uma expressividade maior em relação às suas atitudes e reações. O ponto desse texto é a parte emocional do personagem de que não é falado, baseando em Ocarina of Time)

    The Legend of Zelda: Ocarina of Time 3D

    Platform: Nintendo 3DS
    6032 Players
    650 Check-ins

    48
    • Micro picture
      jonomaia · over 1 year ago · 6 pontos

      Acho muito legal a discussão. Vale lembrar também que o nome "Link" também serve de referência para o maior dos papeis do protagonista que é o de criar o Elo entre o Jogador e o mundo digital. O livro Hyrule Historia conta um pouco disso na introdução.
      Esse é um tópico que acaba realmente não alcançando grande parte de quem joga menos atento ou menos imerso. O especial, tanto dos Zeldas, Half-Life, Bioshock, Deus Ex e tantos outros em que o protagonista é literalmente mudo ou então tem pouquissimas linhas de diálogo ou expressão é justamente permitir ao jogador sentir a própria emoção e não "presenteá-lo com o que é correto sentir em determinado momento da narrativa".
      Sobre a pergunta que vc fez, o legal dela é que aborda a própria discussão. o "não aceitar do herói" é o "não jogar do player". A partir do momento que compramos o jogo e decidimos jogá-lo adiante, a nossa vontade se mescla com a jornada do Herói.

      2 replies
    • Micro picture
      volstag · over 1 year ago · 3 pontos

      Esse lance de não falar muito acho que é meio comum, tem vários jogos, como o Ryu de Breath of Fire, ou alguns personagens principais de Final Fantasy não são de muita conversa... (Menos o Tidus, aquele fala mais do que todo mundo junto hahaha).
      Eu sempre imaginei que isso fosse algo que os criadores de RPF resolveram fazer, pra que o jogador é que respondesse mentalmente as coisas, mas apesar disso ser meio bosta, não vejo outro motivo.

      3 replies
    • Micro picture
      roberto_monteiro · over 1 year ago · 3 pontos

      Muito legal o texto!
      Não sei se você já viu, mas está lançando agora o manga do Zelda TP.
      Apesar de todos os mangas trazerem uma "humanização" pra o Link nenhum deles fez como esse novo do TP. te recomendo a leitura!

      1 reply
  • isadoublex Isabela Silveira
    2018-06-23 22:38:05 -0300 Thumb picture

    E aí alvanistas

    O que tem rolado por aqui?

    20
    • Micro picture
      rax · over 1 year ago · 2 pontos

      Caracolis eu me lembro de você O_o.Bem vinda de volta (se é que vai voltar pre rede) auhsuahsuahs xD õ/

    • Micro picture
      matheusps92 · over 1 year ago · 1 ponto

      Desafios de jogos e músicas de jogos. Você chegou a pegar a época onde começaram os desafios?

    • Micro picture
      isadoublex · over 1 year ago · 1 ponto

      Acho que não hahahaa
      Mas vi algumas postagens disso quando entrei aqui agora

      1 reply
  • isadoublex Isabela Silveira
    2016-10-06 12:00:32 -0300 Thumb picture

    Minha party principal em Pokémon X (Plus: Mas será que ela voltou?!)

    HEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEYYYYYY ALVARIANOS!

    Olha quem tá aqui!

    Quanto tempo faz desde a última vez que eu escrevi algo aqui? Fiquei com saudades dos check-ins imensos e spoilizados em que passava longos minutos trabalhando.

    "Mas o que traz a isadoublex de volta?". Na verdade, eu nem sei se estou voltando. Venho aqui hoje porque recentemente adquiri o tão desejado Pokémon X, formei minha equipe principal e senti vontade de vir aqui.

    Vocês se lembram disso? Algum tempo atrás o @pedrothehylian teve essa ideia de fazer uma postagem falando sobre seus Pokémons e eu o acompanhei: fiz da minha equipe principal e da secundária de SoulSilver. E hoje trago os meus queridinhos de Kalos! E como extra, aproveitando que parei em Anistar City, as memórias deles :)

    Sem mais delongas porque eu tenho tempo contado:

    Nome: Knight (Chesnaught)

    Nature: Relaxed

    Adquirido em: 27/09, Aquacorde Town

    Level: 53

    Ability: Overgrow

    Likes to thrash about

    Knight entrou no Pokemon Center com Isa para comprar Potions. O Pokémon definitivamente se lembrar que sentiu muito.

    Knight sempre foi a primeira e única escolha de sua treinadora. Começou como um fofo Chespin, cresceu como um animado Quilladin e por final se tornou um poderoso Chesnaught. Knight é o líder do party independente das alterações que esta sofra. Tem a confiança de todos os seus colegas e principalmente de sua dona, que acredita que ele tenha capacidade o bastante para derrotar qualquer um. Dentro das batalhas Knight demonstra todo o seu poder, mas fora sabe bem como relaxar.

    Ao contrário do que a treinadora esperava, ele e Gus, o Blastoise, são muito amigos desde que o Chespin derrotou o Squirtle dentro do laboratório do professor Sycamore. Knight gosta de lembrar que foi nessa batalha que evoluiu para Quilladin, e respeita a força do aquático – apesar de no começo ter ficado com ciúmes de sua capacidade de Mega Evoluir.

    Nome: Kurt (Talonflame)

    Nature: Calm

    Capturado em: 27/09, Santalune Forest (jurava que tinha sido depois)

    Level: 49

    Ability: Flame Body

    A little quick tempered

    Kurt foi ao Pokémon Center comprar Dusk Balls com Isa. O Pokémon claramente se lembra de que sorriu.

    Como a treinadora sempre quis um Talonflame, fez questão de pegar o pequeno Fletchling que aparecera a sua frente, mesmo estando com pressa de chegar na próxima cidade. Kurt é um ótimo companheiro desde sempre. É ele quem leva a equipe para todos os lugares com seu Fly e passa pelas Sky Battles. Sua treinadora o tem como seu anjo da guarda flamejante, e por isso quase nunca sai da party – e quando sai, Kurt só aceita ceder o lugar para Quacklin’, o Farfetch’d.

    Kurt passa a maior parte do tempo treinando com Loki, o Simisear, tanto para velocidade quanto para ataques de fogo, ou brincando com o mesmo. Quando chega a hora do descanso, gosta de deitar no casco de Knight, que até gosta do calor, ou na barriga fofa de Chuck, o Pangoro. Todos os Pokémons da party gostam de Kurt por sua calma no dia a dia e determinação nas batalhas, e os demais alados reservas o admiram muito.

    Nome: Loki (Simisear)

    Nature: Mild

    Capturado em: 27/09, Santalune Forest

    Level: 51

    Ability: Gluttony

    Thoroughly cunning

    Loki estava Isa quando ela capturou Caterpie (Cate). O Pokémon afetuosamente se lembra de que ficou sonolento.

    Loki é do tipo que está sempre de bem com tudo e com todos. Desde pequeno sabe mostrar sua astúcia e força; muitas vezes já encerrou batalhas com um único movimento. É bem raro Loki sair da party, mas quando o faz, não reclama: gosta de ficar com os irmãos Cilan, o Simisage, e Rainer, o Simipour. Seu destaque entre os irmãos fez com que ele fosse o único a permanecer na party principal. Além disso, a treinadora o adora desde que o encontrou no começo da jornada, e sentiu muita dó em lhe dar a Fire Stone e fazer o pequeno macaco crescer. Porém sabia que era necessário para seu filhote crescer.

    Como já foi dito, Loki é o principal companheiro de treinos de Kurt. O macaco pode ser mais poderoso em relação aos golpes flamejantes, mas admira o voador por sua velocidade e calma – Loki pode ser muito agitado às vezes. É engraçado lembrar que, quando Pansage, Loki achava graça do tamanho do então Fletchling, e se considerava superior. Ele também gosta muito de Knight, e jura que, se batalhassem, o derrotaria no primeiro turno.

    Nome Chuck (Pangoro)

    Nature: Quirkly

    Capturado em: 28/09, Route 5

    Level: 42

    Ability: Mold Breaker

    Hates to lose

    Chuck estava com Isa quando ela capturou Sandile (Pluto). O Pokémon definitivamente se lembra de que teve alguma dificuldade.

    Pancham era outro Pokémon-alvo da treinadora desde o início de sua jornada. Quando Chuck apareceu, não perdeu tempo: tacou-lhe uma Premium Ball e se dispôs a treiná-lo. Chuck sempre foi muito determinado e não aceitava uma derrota. Era tão imprudente que pedia para batalhas contra Pokémon muito mais fortes que ele. Mas com o tempo foi crescendo, ficando mais forte e mais esperto, até o dia em que a treinadora colocou Khan, o então Houndour no time, e os dois evoluíram juntos depois de uma batalha. A treinadora quase chorou por ver seu bebê ficar tão grande e assustador, mas Chuck nunca mudou por dentro.

    Quando Pancham, Chuck era visto como o caçulinha da turma. Após sua evolução, porém, passou a ter a força comparada a de Knight e Gus, e respeitado até mesmo por Lucca, o Lucario. Ninguém nunca mais ousou zombar do agora Pangoro. Ele e Knight são os primeiros a adormecerem nos momentos de descanso, e Chuck é sempre o responsável por devorar maior parte da comida – mas quem vai reclamar com ele?

    Nome: Gus (Blastoise)

    Nature: Adamant

    Adquirido em: 28/09, Lumiose City

    Level: 47

    Ability: Torrent

    Loves to eat

    Gus viu Isa usando Escape Ropes. O Pokémon claramente se lembra de que ficou sobrecarregado de emoção.

    Entre os iniciais de Kanto, o Squirtle também era a primeira escolha da treinadora. Conquistou desde cedo um espaço no time principal, ficando no lugar de Rainer, o então Panpour, e cresceu bem rápido: logo já era um Wartotle e, esperando batalhar contra o Lucario de Korrina de igual para igual, batalhou duro para evoluir e usar a Blastoisinite. Seu poder é devastador com ou sem a Mega Evolução, e por isso é alvo de grande respeito até mesmo por Knight e adoração da treinadora.

    Nas horas livres, Gus é o palhaço da turma. Come quase tanto quanto Chuck e não resiste a nenhum pedacinho de água que encontre no caminho. Às vezes entra em seu casco e ficar girando para jogar água nos companheiros e se diverte com isso. O único que demorou a aceitar isso foi o Lucario, mas também não demorou a ver o amigável Blastoise como um amigo.

    Nome: Lucca (Lucario)

    Nature: Hasty

    Adquirido em: 30/09, Tower of Mastery

    Level: 41

    Ability: Steadfast

    Alert to sounds

    Lucca ficou impressionado com a velocidade do trem que pegou com Isa. O Pokémon definitivamente se lembra de que seus sentimentos foram indescritíveis.

    Lucca é o cavaleiro fiel da equipe. Foi muito ansiado por sua nova dona desde a primeira aparição, quando ainda pertencia à Korrina. Sua treinadora ficou muito feliz quando ele pediu para entrar na equipe e já chegou como um dos principais. Foi sempre muito útil em várias batalhas, com ou sem a Lucarionite. Sua treinadora quer treiná-lo o máximo possível para mostrar a Korrina o quanto seu Pokémon cresceu.

    Dentro da party, Lucca sempre teve mais respeito por Knight e uma secreta admiração por Chuck. Ele e o Pangoro treinam muito juntos, e foi o Lucario quem lhe ensinou o Power-Up Punch. Lucca gosta de observar como Chuck cresceu e acredita ele tenha até mesmo o superado. Porém o maior amigo do Lucario é Declan, o Sawk, que conheceu durante o curto período de tempo em que este ficou na party. 

    And... Cut!

    Pokemon X

    Platform: Nintendo 3DS
    3523 Players
    675 Check-ins

    11
    • Micro picture
      jokenpo · about 3 years ago · 2 pontos

      Isa!! sumiu guria bem vindo de volta.

      1 reply
    • Micro picture
      hilquias · about 3 years ago · 2 pontos

      eu gost bastante desses role plays, achei mneiro

    • Micro picture
      pedrothehylian · about 3 years ago · 2 pontos

      Ficou ótimo Isa ^^
      Acho que depois vou fazer um desses com a minha equipe do Alpha Saphire.
      E agora que você tem o X vamos jogar juntos um dia desses huehuehue

      1 reply
  • isadoublex Isabela Silveira
    2015-08-11 22:25:33 -0300 Thumb picture
    Post by isadoublex: <p>Aos que, por um acaso, me sumonarem num post: vo

    Aos que, por um acaso, me sumonarem num post: vou ler e responder, mas pode demorar. Me afastei do alva. Acho que deu pra perceber isso, né?

    Motivo:... Não tenho certeza. O alva de hoje não parece mais o mesmo alva que me cativou quando entrei. Não sei direito o que aconteceu. Simplesmente eu entrei aqui um dia e vi que não tinha mais nenhuma motivação para continuar fazendo isso.

    Abraços.

    PS: @rafaelgens, @quemmaisquiser, eu ainda quero falar contigo, então me chame no facebook, no e-mail, no skype, no MSN, whatever :3

    9
    • Micro picture
      zefie · about 4 years ago · 2 pontos

      Acho que em todo mundo, em algum momento, bate um desânimo da rede mesmo. Muitas pessoas que a gente gosta de conversar acabam parando de usar e isso vai minando o ânimo. Dá um tempo da rede mesmo pra recarregar :)

  • isadoublex Isabela Silveira
    2015-06-18 21:53:52 -0300 Thumb picture
    isadoublex checked-in to:
    Post by isadoublex: <p>(aquele momento em que a hype fala tão alto que
    Kingdom Hearts HD 2.5 ReMIX (Kingdom Hearts: Birth by Sleep)

    Platform: Playstation 3
    191 Players
    118 Check-ins

    (aquele momento em que a hype fala tão alto que você começa a perceber coisas que passaram despercebidas por tanto tempo, como a aparição da Kingdom Key e da Way to the Dawn no final da op de BBS, ou na primeira roupa do Riku ligado ao que o Xenmas falou da camisa do Sora no DDD... Gosh, eu tô muito centrada em KH)

    Derrotei o Braig (Sonic Shadow is the key! \o/) e avancei. Dei uma passada em Disney Town, completei o mini-game da corrida, dei uma volta e fui para Olympus Coliseum. Zack! Como senti sua falta :3 Sua forma de trevas foi sempre tão forte assim? kkk

    Enfim, novamente com Sonic Shadow e um pouquinho de apelação o derrotei. Esse mundo é sempre melhor com a Aqua, haha <3

    Completei Deep Space, passando outra vez um perrengue com o Experiment 221 (?) e me gamando no "Stich" de novo. Não posso deixar de achar esse alienígena adorável :3 

    Finalmente, Never Land. Depois das primeira ondas de Heartless, Terra é enganado, se alia a Gancho e é mandado para Skull Rock. Percorro todo esse caminho até chegar lá. Cena e luta contra o Peter Pan. Meu querido! Mas perdi por pura bobeira xD

    Depois, tomei café enquanto via algumas cenas de coded. Quase terminando Hallowen Bastion II. Tá muito massa *--* Também aproveitei para dar uma passadinha no II, recolher alguns Pieces, evoluir a Final Form e confeccionar a Save the Queen e Save the King. Só falta um Orichalum+ para Ultima Weapon \o/

    (aliás, eu passei no Lightering Will pra dar uma olhada. Que medo x.x)

    9
  • isadoublex Isabela Silveira
    2015-06-16 20:36:43 -0300 Thumb picture
    Post by isadoublex: <p>Vejamos aqui, um jeito de descrever o dia de hoj

    Vejamos aqui, um jeito de descrever o dia de hoje...

    (um cumprimento àqueles que leram com a voz)

    6
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...