hizaki

Membro dos Sentinelas Azuis, grupo dedicado no desenvolvimento de lores sobre Dark Souls

Você não está seguindo hizaki.

Siga-o para acompanhar suas atualizações.

Seguir

  • 2017-11-05 00:31:06 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    O Verdadeiro Pecado - Lost Sinner

    Medium 3560271 featured image

       Bem pessoal, irei falar sobre um dos Lord One mais enigmático e provavelmente um dos mais queridos de DS2, pelo menos de minha parte XD. Nos é explicado durante nossa jornada que a Pecadora, fora uma tola que tentou em um passado distante, acender a chama primordial, porém seus planos não deram frutos, a levando a pagar por tal "Pecado Hediondo" guardando a tal chama cobiçada pela eternidade.

       Como podem ver, sua máscara desfigura totalmente o seu rosto, os grilhões inutiliza suas mãos, prevenindo que a mesma perca o controle de suas piromancias (Sim, ela foi uma Piromante), enquanto suas vestes a lembram de sua vergonha.

       Levando em consideração as informações acima e a localização de sua área, posso com certeza afirmar que sua estadia em Bastilha Perdida foi auto-imposta.

       Lost Sinner possui fortes indícios em que sua origem remetem a Princesa de Venn, como já foi comprovado que o Old Iron King fora o Príncipe de Alken, dois amantes que compartilhavam uma relação proibida. Mas em que diabos de lugar fica esses dois reinos?

       Eu já tinha algumas suspeitas, mas em reparar em um dos diálogos das marionetes do pacto dos Guardiões do Sino, pude montar uma teoria em que Alken o reino natal de Iron King, hoje é conhecido como Lost Bastille e Venn onde se localiza o Iron Keep. Nas palavras da marionete que tirei print:

         “aha haha ! A princesa me criou para proteger o Sino de Alken!

                                   Em Alken! O sino! Da princesa!

                                     Em Venn! O sino! Do Príncipe!

       Agora as coisas ficam interessantes, o Príncipe de Alken havia entrado em guerra com seus vizinhos o país de Venn, uma região conhecida por ser extremamente rica em minérios de ferro, essa batalha insana desgastou todos os recursos de Alken, porém no final saiu como vencedores, tomando Venn para si e suas ricas reservas. O príncipe “provavelmente” mantinha a princesa da antiga Venn (nossa Lost Sinner) como uma refém política, um ato muito usado entre a nobreza e realeza em nossa antiguidade.

       Agora em seu novo domínio, Rei de Ferro encontrou um ítem especial, um cetro mágico que possui a capacidade de moldar o ferro com seu calor sobrenatural. Esse ítem é uma peça chave para prosseguirmos na DLC das Brumas, fazendo todos os mecanismos da torre entrar em total funcionamento….Na minha opinião esse ítem era um tesouro da família real de Venn, que só poderia ser manipulado por um piromântico dessa linhagem...O Rei de Ferro teve ajuda de Magus Eygil, um piromântico habilidoso que através de suas artes deram início a Iron Keep e seu exército autômato.

        Eygil possuía total confiança e apreço do rei, tanto que o mesmo foi agraciado com um ìdolo e uma fogueira em seu nome. Ueeeeeeeeeeeeeee, mas o que levaria o rei privilegiar tanto um único servo? Pelas minhas suspeitas, esse Eygil na verdade era uma mulher, mesma mulher que levou Mytha a Rainha Funesta cair em desgraça, vítima de seu ciúmes por seu marido(Old Iron King); Seu antigo castelo em Alken possui um Sino dedicado ao seu amor proibido, Princesa de Venn. Então a Princesa de Venn e Eygil seriam a mesma pessoa.

       Muitas glórias e poder fora conquistado pelo antigo rei, até sua ganância gerar sua própria destruição, primeiro Sir Alonne se afasta do reino pois não aguentava mais ver seu mestre e amigo cometer tantas atrocidades contra os undead. Levando Iron King a segunda situação, usar as habilidades de Eygil em manipular o cetro para criar a besta de fogo, conhecido por Demônio da Fornalha, provido de poderosas chamas e de vontade própria.

    Abaixo segue uma piromancia criada por Eygil, uma serpente de fogo viva.


       Já sabemos a sequência de acontecimentos no que levaram a queda de Iron Keep, mas para onde foi a Eygil, após destruição de seu rei? Creio que Izalith, inseto que infecta a cabeça de Lost Sinner antes da batalha na Bastilha, tenha manipulado a piromancer, a levando até Alken para acender a chama primordial, com intuito de reaver a grandiosa alma de seu amor. A partir daí, não sei dizer se impediram a mesma de reacender a chama ou ocorreu algo de errado, porém a Eygil, antiga princesa de Venn, por vergonha em ter criado uma arma viva que destruiu seu amor, hoje mantém como guardiã da chama, enquanto seu corpo sofre eternamente em agonia.

    fonte: darksouls2.wiki.fextralife.com

    Autor: @hizaki

    Dark Souls II

    Plataforma: Playstation 3
    899 Jogadores
    395 Check-ins

    9
  • 2017-11-29 13:37:54 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    “Origem de Shulva”

    Eaeeee pessoal, mais uma vez nós os Sentinelas Azuis, trazemos a vocês uma lore enigmática sobre o mundo de Dark Souls 2. A bola da vez é o misterioso Rei Afogado, um antigo sacerdote que pregava a adoração ao culto dos dragões, criaturas com poderes abissais que uma vez a muito e muito tempo, governaram o mundo.

    Ao que deu a entender sobre o povo de Shulva, eram uma população de “nômades”, viviam de lugar a outro espalhando sua crença sobre os alados, porém em uma dessas peregrinações encontraram uma imensa caverna ladeada por uma sublime queda d’água. Mesmo com tanta beleza, o que mais chamou atenção daquele grupo era um de seus ídolos de adoração imerso em um profundo sono. Sinh era seu nome.

                                                                 Acorda vagabundo…….

    O rei munido de toda a sua persuasão e de sua fé incontestável, levou seu povo a fundar a cidade santuário de Shulva, um local de arquitetura e tecnologia muito acima de seu tempo. O dever da cidadela era de zelar o sono do dragão adormecido, entoando diversos cânticos canônicos que o mantinham no estado de coma da criatura, pelo menos isso na “teoria”.

    Uma coisa que nos intrigou muito era o por quê do Dragão estar naquelas dependências subterrâneas, sem contar que seu sono profundo também era algo muito estranho, pois quem conhece sobre dragões sabe que os mesmos nunca dormem, sempre se mantém de guarda em seus domínios nas superfícies ou em grutas cavernosas recheadas dos mais diversificados objetos de ouro, pensa em um bixo mesquinha. Dragões sempre mantém um olho aberto e outro fechado, mas não era o caso de Sinh, a besta não sentiu a presença de uma nação inteira o rodeando. Após muita especulação de nossa parte, o que podemos divagar nessa lore, seria que seu sono era totalmente induzido, algo que faria seu corpo usar pouca energia.

    Mas sentinelas, por quê essa desgraça se daria o trabalho? Bem, em nosso levantamento, acreditamos que Sinh estava doente ou envenenado após a Guerra contra os Old Lord Souls, para ser mais exato, Nito o senhor da Morte infectou todos os dragões com seu miasma de morte, trazendo a peste para as criaturas aladas, Sinh deve ter se refugiado naquela área como uma proteção, já que seus semelhantes eram dizimados um por um. Enquanto se mantinha em coma, as ações das toxinas lançadas por Nito eram diminuídas em um grau imensurável, acabaria explicando muito coisa, mas não passa de pura especulação. 

                                                       Se é Bichão mesmo em….

    Como todo reino precisa de uma Rainha e quando falamos de Dark Souls 2, uma filha de Manus sempre está envolvida, estamos falando de Elana The Squalid Queen, seu disfarce para acesso a autarquia de Shulva fora de uma sacerdotisa, nada mais que conveniente para um Reino dominado pela fé e aos milagres. Elana se destacou na função do cântico para manter Sinh em seu sono profundo, com isso aproximou e seduziu o rei, já vimos isso em outro lugar.

    Bem através de outras lores bem explicativas que estão na internet, Elana fez uso de seu cântico para envenenar Sinh, provavelmente queria utilizá-lo como uma arma viva, tomando o reino para si, porém cremos que a reserva abissal de veneno que permeava a corpórea do dragão era proeminente do poder de Nito, a rainha somente ativou algo que já estava oculto. Porém seus planos foram frustrados por uma outra seita que adoravam dragões, na verdade adoravam o sangue das criaturas, pois acreditavam que poderiam acender a onisciência ao se banhar com o líquido carmesim, esse grupo de guerreiros mercenários se proclamavam DrakeBlood.

    Essa unidade de guerrilha era liderada por Sir Yorgh, um valente guerreiro que não media esforços pra cair de pau contra um dragão, bem parecido com Siegfried da mitologia nórdica, bárbaro que se banhou em sangue de dragão para alcançar a imortalidade (Sakei a referência). Yorgh munido de seu exército, adentrou nas fronteiras da cidadela, mesmo enfrentando adversidades por causa das muitas armadilhas espalhadas pela cidade/labirinto, os Drakeblood saquearam Shulva trazendo o ínicio do Caos para aquele povo, mas o pior ainda estava por vir.

    Enquantos os exércitos de Shulva e Drakeblood se enfrentavam, Yorgh usou toda a bagunça ao seu favor, acessando o Santuário do Dragão após vencer o Rei afogado em batalha. Ao vislumbrar Sihn em sono profundo, Yorgh enterra sua imensa lança contra a criatura a despertando de seus devaneios, porém junto com um ensurdecedor rugido de fúria e dor, o dragão expeliu uma densa nuvem de veneno por toda região, matando muitos de ambos os lados.

                                                                   “O destinos deles”

    Seguindo o ciclo, mais um reino decai, algo inevitável em Dark Souls, sabemos que somente Elana continua viva no que sobrou do Santuário, mantendo em prática a antiga cantoria para Sinh. Yorgh fora consumido pela a fúria do veneno expelido pelo dragão, diferente de muitas lore que rodam pela NET, que deixam em aberto o destino do tolo…..quer dizer corajoso capitão. Uma prova irrevogável é o corpo que encontramos na boss fight contra o dragão, o defunto contem como item o Anel de Yorgh.

    Já notaram a semelhança de Símbolo? Ahahah isso será comentado em outra lore.

    Somente lembrando, a partir desse ponto, são puras especulações, então a brisa será forte xD.

    Não sabemos qual foi o real fim do rei, uma teoria está sendo discutida pelo nosso clã, Suken King desprovido de sua Fé e de tudo o que conquistou, vagou sem rumo pelas regiões das Ravinas Negras e da Sarjeta por um tempo indeterminado, até encontrar os vestígios da alma de Nito. Com esse poder em mãos e os corpos daqueles que escaparam da cidade, mas a ação do veneno fora implacável levando a um possível óbito, The Rotten (O Apodrecido), surge como um Lord Soul, protegendo a entrada para Shulva.

    Em questão da população de Shulva e sobre os Drakeblood, uma parte conseguiu mesmo que por muito pouco, escapar da tragédia da cidade santuário, criando uma nova nação na superfície, uma nação rígida que bania atos de estudos e práticas com feitiços e sortilégios.

    Com a menção de alguns fragmentos dentro de Dark Souls 2, o país de Lindelt fora fundada pela seita do Archdrake, alegam ter matado um dragão venenoso que assolava toda uma antiga nação.

    Tudo nos leva a crer que esses guerreiros são de algum modo, descendentes dos sobreviventes mencionados acima, com o santo dever de guardar os segredos dos rituais de Shulva, o escudo que os Archdrakes encontrados no Santuário de Amana, faz uma referência direta ao extinto Sinh.

    Esperamos que tenham gostado dessa coletânea, sobre um reino que em sua outrora venerava um ser místico, mas pela ganância e uma cega fé, caiu em plena desgraça. Pedimos que aguardem as próximas lores, os Sentinelas agradecem o vosso apoio.

    Historiador: @armkng

    Caçador de fatos: @namelesspinto

    Redator: @hizaki

    Veja também: http://alvanista.com/sentinelas_azuis/posts/3560271-o-verdadeiro-pecado-lost-sinner

    Dark Souls II

    Plataforma: Playstation 3
    899 Jogadores
    395 Check-ins

    13
    • Micro picture
      marcusmatheus · 1 ano atrás · 3 pontos

      Dark Souls 2 possui simplesmente a melhor lore da série... ^_^
      Foda-se o Gwyn, kkkk.

      3 respostas
Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...