historia_dos_games

Revivendo a história dos games em ordem cronológica

You aren't following historia_dos_games.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2018-04-06 15:35:14 -0300 Thumb picture

    Combo#59 [Atari 2600] (1983): Bobby is Going Home & Frankenstein's...

    ...Monster

     Mais um dos poucos jogos de plataforma estilo Pitfall! para o Atari 2600. Bobby deve caminhar por 7 telas para poder chegar em casa, porém, há diversos obstáculos em seu caminho, como borboletas, patos, chafariz e poças d’água, pois é, Bobby é uma frágil criança. Uma música empolgante acompanha Bobby durante seu trajeto, sendo um dos poucos jogos da plataforma a trazer uma música de fundo. - Além de divertido, o jogo conta com gráficos muito bem produzidos, com diferentes elementos no cenário de fundo e alguns deles possuem movimento próprio. O controle de Bobby é muito bom, pois é possível alterar a trajetória de seu pulo no ar.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     O outro jogo de plataforma é inspirado nos livros e filme do monstro de Frankenstein. Controlamos um pequeno humano que deve construir uma barreira de tijolos antes que o monstro desperte. Começamos no terceiro andar do castelo, então descemos para o segundo, onde há aranhas e buracos, vamos para o primeiro, com um lago e aranhas descendo pelo teto, pegamos o tijolo e voltamos para o terceiro, onde temos que atravessar uma chuva de morcegos para alcançar a parede. - O jogo é curto e bem divertido. Os gráficos e o som dos raios conseguem te deixar bem tenso. Precisão é tudo neste jogo, pois seus inimigos agem de forma aleatória. O pulo é meio ruim, dado os desafios, mas dá para se virar.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Bobby is Going Home

    Platform: Atari 2600
    399 Players
    6 Check-ins

    35
    • Micro picture
      old_gamer · over 1 year ago · 4 pontos

      Joguei de mais o bobby, mas esse Frankenstein não conhecia, entrou para minha lista de futura aquisições, mas só devo encontrar na eBay.

      6 replies
    • Micro picture
      volstag · over 1 year ago · 4 pontos

      Esse maldito Bobby quando eu pegava pra jogar ficava horas, o jogo acredito não ter fim, porque já passei muitas horas jogando e nada, e não faria isso novamente, a musica entra na cabeça!
      Já esse do Frank eu não conhecia, mas achei interessante.
      PS: Marca eu!!

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · over 1 year ago · 3 pontos

      Mano...fala pra mim... não é engraçado dizer que eu acahava incrível os gráficos e a trilha de BOBBY IS GOING HOME? kkkkkk...se comparar com hoje em dia...
      ---
      Mas fala pra mim... é ou não uma delícia essa trilhazinha?
      Ok ok...tô exagerando mas... é a vibe nostalgia batendo...voltando à ser criança...
      ---
      https://www.youtube.com/watch?v=LvKojyyFOFo
      ---
      Até o pulo tem um barulinho gostoso... kkkkkkkkkkkkkk

      4 replies
  • 2018-04-05 09:02:10 -0300 Thumb picture

    #59 - Keystone Kapers [Atari 2600] 1983

     Garry Kitchen cria um jogo baseado no filme mudo Keystone Cops de 1912, onde o guarda Kelly Keystone deve perseguir o ladrão Harry Hooligan dentro de uma loja de departamentos. São 3 andares e mais o terraço, por onde Harry tentará fugir. Em cada andar, há uma escada rolante que leva Kelly para o andar superior, mas não é possível descer, apenas Harry consegue. Para dar uma nível a mais de estratégia, há um elevador no meio da loja que nos leva para os 3 andares, com o tempo certo, ele é a melhor opção para capturar Harry mais rapidamente. Há diversos objetos que temos que desviar durante o caminho e que vão aumentando de dificuldade conforme vamos progredindo no jogo.

     - Visualmente, o jogo é impressionante. O nível de detalhe dos objetos e personagens é facilmente identificável. A jogabilidade é precisa e super simples. Cada obstáculo age de uma forma diferente. A bola quica, o rádio fica parado, o carrinho de supermercado e o avião de brinquedo vem em nossa direção, onde temos que pular e abaixar, respectivamente. Podemos coletar malas e sacos de dinheiro deixado pelo ladrão para acumular pontos. Com 2 jogadores, um controla o ladrão e o outro a polícia, sendo que o guarda é muito mais rápido e tem um tempo para fazer a captura. Mesmo em tempos de crise, a Activision nos maravilha com esse jogo fantástico.

    Nota pessoal: ★★★★★

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Keystone Kapers

    Platform: Atari 2600
    840 Players
    22 Check-ins

    45
    • Micro picture
      porlock · over 1 year ago · 5 pontos

      eu tive esse jogo tb..
      chamava soh de policia e ladrão.. kkkkkkkkkkkk

      2 replies
    • Micro picture
      old_gamer · over 1 year ago · 3 pontos

      Esse jogo é uma pérola do Atari.

      4 replies
    • Micro picture
      lgd · over 1 year ago · 3 pontos

      Coisa linda, um dos melhores de sempre.

      1 reply
  • 2018-04-04 10:12:02 -0300 Thumb picture

    O Crash dos Videogames de 1983

    Medium 3616443 featured image

      Aos poucos, o mercado americano de jogos e videogames começam notar uma saturação de produtos e mergulha em uma crise que assolou o país. Diversos fatores foram responsáveis pelo desinteresse do público americano, dentre eles, estava a quantidade exagerada de consoles diferentes. Como uma possível mina de ouro, diversas empresas lançaram seus próprios videogames com pequenas alterações dos favoritos do público. Com preços variados e qualidade duvidosa, tornava muito difícil para uma pessoa leiga escolher a melhor plataforma. Muitos deles eram apenas clones, como o Coleco Gemini (Atari 2600), Tele-Games (Atari 2600 + Intellivision) e o TandyVision (Intellivision).

      Outro fator muito importante era competição dos consoles contra os computadores domésticos. O Commodore 64 e a linha Apple II foram os computadores mais vendidos durante a crise, afinal, eram máquinas ideais para se trabalhar, programar e automatizar diversas tarefas, mas também dava para jogar. As revistas começaram a ficar contra os videogames, que ofereciam experiências curtas e enjoativas, já nos computadores, a aventura era épica e gigantesca. Além de ser possível salvar o progresso nas unidades de armazenamento, também contava com uma série de jogos de ação. Videogames era assimilado como brinquedo para crianças, enquanto os computadores ofereciam trabalho sério e diversão para toda a família.

      A Activision foi a primeira Third Party da história, sendo uma empresa fazendo jogos para diversas plataformas. A Atari perdeu os direitos de exclusividade nos tribunais e a partir daí, várias empresas e programadores amadores começaram a sobrecarregar as lojas de games com os mais variados tipos de jogos. Com uma arte exagerada na capa que condiz vagamente com o jogo, falta de manuais e qualidade do material do cartucho bem inferior. Jogos pobres, clones de clássicos e nenhuma inovação inundava as prateleiras das lojas, principalmente para o Atari 2600, que era o videogame mais popular. Além disso, algumas empresas desenvolveram jogos fracos apenas para promover suas marcas.

      E como não poderia faltar, a própria Atari investiu muito mal no mercado. O jogo do E.T.: The Extra-Terrestrial custou milhões para ter os direitos de produzir jogos baseado no filme e a Atari esperava um sucesso gigantesco, mas o resultado foi catastrófico, com milhares de cartuchos encalhados, pois o jogo era confuso e estressante. O porte de Pac-Man também foi outro fiasco, que apesar de ter vendido 7 milhões de cópias, 5 milhões de cartuchos foram feitos em excesso. A gigante dos games estava perdendo o jeito de fazer jogos, apenas a Activision conseguia manter qualidade nos seus games, mas a credibilidade do público americano para o mercado em geral estava extremamente baixa. Os Arcades e os computadores cresciam cada vez mais.

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    65
    • Micro picture
      leandro · over 1 year ago · 9 pontos

      Uma sugestão a persona criar um artigo sobre os milhares de clones do Nes que foram produzidos ( principalmente no Brasil ). Se não me engano é o console mais clonado da historia

      1 reply
    • Micro picture
      darlanfagundes · over 1 year ago · 7 pontos

      Eu nasci nesse ano, provavelmente pra não deixar os videogames morrerem....rsrsrsrss!

      2 replies
    • Micro picture
      darth_gama · over 1 year ago · 6 pontos

      Interessante que no Brasil o crash praticamente não foi sentido, já que em 1983 o Atari, Odyssey, etc estavam a pleno vapor por aqui. Quando começaram a perder o fôlego,apareceu o Master e o Phantom (clone do NRES) e não deixou a indústria ficar parada.

      1 reply
  • 2018-04-03 11:17:48 -0300 Thumb picture

    Combo#58 [Arcade] (1983): Blaster & Major Havoc

    O ano é 2085, um ano após os eventos de Robotron: 2084, onde as máquinas dominam o mundo, a humanidade é praticamente extinguida e apenas você é o sobrevivente que deve chegar ao paraíso. O jogo é um shooter em primeira pessoa com gráficos bastante coloridos e abusa da técnica de upscale. Parece um jogo com gráficos vetoriais com preenchimento, mas não é bem isso. Podemos optar por 4 fases iniciais com diferentes situações e missões. - O jogo é bem rápido e com vários elementos na tela, tanto que chega a deixar ele lento. A ação é constante e devemos completar pequenos objetivos para ganhar mais pontos, como passar por portões e resgatar astronautas.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     Este outro jogo é da Atari e mistura diferentes modos de jogo. Inicialmente, temos um pequena versão de Breakout no canto da tela e a nave principal escolhendo o inimigo. Nesse minigame, é possível ganhar vidas extras e pular fases a frente. Na segunda etapa, um jogo de tiro tradicional usando efeitos de perspectiva, depois temos que pousar nossa nave sobe uma nave mãe inimiga. Dentro dela, o jogo adota uma perspectiva 2D de lado, onde devemos chegar a uma bomba, ativa-la e voltar a sua nave. - Este jogo é incrível. Os gráficos vetoriais coloridos são muito bem aplicados e a variedade de estilos de jogabilidade deixa tudo mais empolgante.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    The Adventures of Major Havoc

    Platform: Arcade
    1 Players

    27
  • 2018-04-02 09:26:31 -0300 Thumb picture

    #58 - Star Wars [Arcade] 1983

      Guerra nas Estrelas estava no auge, com seu terceiro filme nos cinemas, o Retorno de Jedi. A Atari havia lançado um jogo anteriormente baseado no segundo filme para o Atari 2600, o The Empire Strikes Back, mas para os Arcades, ela decidiu simular a batalha de Luke Skywalker contra a Estrela da Morte do primeiro filme, de 1977. O jogo é feito utilizando a técnica de gráficos vetoriais coloridos, que permitia diferenciar os objetos na tela mais facilmente. Na tela inicial, o jogo mostrava o letreiro clássico dos filmes e permitia ao jogador escolher qual dos 3 níveis desejava começar. O gabinete no jogo era espetacular, com desenhos bem chamativos e um formato que lembrava uma cabine de nave espacial.

      - Este é um dos jogos mais imersivos que existem no mercado. Os gráficos vetoriais coloridos são de alta qualidade e a trajetória da nave faz você se sentir o próprio Luke Skywalker. Além do visual, o jogo conta com vozes sintetizada e uma leve música de fundo. O jogo flui muito rapidamente e te coloca numa verdadeira aventura espacial. Devemos estar atento aos escudos, pois se perdermos todos, é game over. A mira é meio difícil de controlar e podemos mover nossa nave de forma limitada, para escapar dos objetos e tiros. O lance de escolher qual nível começar fez muito sentido, pois dessa forma, todos podemos nos divertir e viver na pele uma aventura épica pelo espaço independente do nível de habilidade.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Star Wars

    Platform: Arcade
    29 Players
    1 Check-in

    42
  • 2018-03-31 09:00:00 -0300 Thumb picture

    Combo#57 [ZX Spectrum] (1983): Jetpac & Atic Atac

    O primeiro jogo da Ultimate Play the Game foi lançada para o ZX Spectrum. Controlamos um astronauta que deve montar o seu foguete e coletar caixas de combustível para sair dos planetas infestados de alien bizarros. Nas outras fases, é necessário apenas pegar as caixas de combustível, além de outros objetos opcionais que valem pontos. O jogo foi um dos poucos a utilizar a Interface 2, que permitia carregamento quase instantâneo. - Esse jogo é bastante frenético. Os inimigos estão espalhados por todos os lados e podemos usar nosso jetpac para navegar melhor pela tela. O efeito do tiro é muito bonito, lembra o Defender, mas o jogo em si é mais ou menos.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

    O outro jogo, também da Ultimate Play the Game, é um game de ação e exploração com visão de cima. Podemos escolher entre um guerreiro, um mago ou um servo e explorar uma mansão cheio de criaturas maléficas que surgem do nada. Temos que estar sempre em busca de alimento e pegar as diferentes cores de chaves para abrir as portas específicas. O jogo termina quando se pega a chave dourada ACG. - Este também é um jogo com muita ação, onde vários inimigos surgem o tempo todo e não podemos ficar parado. As salas são conectas e o mapa é único, o que permite um excelente nível de exploração, mas o jogo é muito difícil e confuso, principalmente na questão da usabilidade dos itens.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    36
    • Micro picture
      filipessoa · over 1 year ago · 2 pontos

      Tinha um jogo no Click Jogos (acho que agora deve ter vários rsrs) que parece bastante com esse do astronauta e o foguete.

      1 reply
    • Micro picture
      johnny_bress · over 1 year ago · 2 pontos

      puts q legal

      1 reply
    • Micro picture
      porlock · over 1 year ago · 2 pontos

      O Atic Atac me interessou... rsrsrs

      1 reply
  • 2018-03-29 08:43:38 -0300 Thumb picture

    #57 - Manic Miner [ZX Spectrum] 1983

     Inspirado pelo Miner 2049er, a Bug Byte cria um jogo de aventura em plataforma para o colorido ZX Spectrum. Controlamos o minerador Willy e devemos pegar todos os objetos brilhantes da tela (chaves, quadradinhos aleatórios, etc) e sair pelo portão antes que o nosso oxigênio acabe, afinal, estamos debaixo da terra. O jogo é muito rico em detalhes, pois em uma única tela, os objetos estão muito bem espalhados e você dá de cara com diversos perigos. Criaturas bizarras, pinguim, avestruz, ervas venenosas, espinhos de gelo e até uma privada ambulante são os perigos que devemos evitar. O jogo conta com 20 telas bem diferentes e temos apenas 3 vidas para encarar todos esses desafios.

     - O jogo inicia com uma música mega bizarra tocada ao som de um teclado e uma outra música mais leve nos acompanha durante a jogatina. Podemos andar e pular, ao estilo Pitfall!, porém, bem mais lento e alto. O jogo te exige muita precisão e atenção aos detalhes, pois há esteiras, plataformas que desintegram, perigos no teto e passar por tudo sem encostar em nada e nem cair de uma altura muito grande. O jogo em si é muito viciante, pois você sempre fica curioso de como será a próxima tela e vai decorando as melhores estratégias para conseguir contornar os perigos e avançar.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Manic Miner

    Platform: PC
    1 Players

    31
  • 2018-03-28 09:30:30 -0300 Thumb picture

    Arcade Awards de 1983

    Medium 3614424 featured image

    Em janeiro de 1983, a revista da Electronic Games premia os melhores jogos dos anos 1981 e 1982, em categorias separadas para cada plataforma.

    -----------------------------Divisão de consoles-----------------------------------

    JOGO DO ANO - Demon Attack [Atari 2600]:

    O best seller da Imagic, trazendo inovador, viciante e divertido jogo estilo invasores, com excelente som e gráficos simples.

    FICÇÃO CIENTÍFICA - Defender [Atari 2600]:

    Um porte super fiel do clássico de Arcade, onde temos que destruir os inimigos no espaço com rolagem de tela horizontal.

    MAIS INOVADOR - Great Wall Street Fortune Hunt [Odyssey²]:

    O diferente jogo de simulação de mercado de ações, utilizando o teclado alfanumérico para investir nas melhores bolsas.

    PARA 1 JOGADOR - Donkey Kong [ColecoVision]:

    O porte mais perfeito e fiel ao Arcade do gorilão da Nintendo, onde devemos controlar Mario para subir as estruturas e salvar Pauline.

    PARA MULTIJOGADORES - The Incredible Wizard [Bally Astrocade]:

    A versão do clássico Wizard of Wor dos Arcades ganha nova cara e suporte a multi jogadores, que deixa tudo mais divertido.

    EFEITO AUDIO-VISUAL - Smurfs [ColecoVision]:

    As fofas criaturinhas Smurfs da série animada ganham vida em um dos jogos mais bonitos para o ColecoVision.

    PORTE DE ARCADE - Frogger [Atari 2600]:

    Um dos jogos mais simples e divertidos dos Arcades recebe fielmente sua versão para o limitado e popular Atari 2600.

    AÇÃO - Chopper Command [Atari 2600]:

    Um jogo de helicóptero no estilo de Defender, com bastante ação e inimigos te atacando da terra e do ar.

    AVENTURA - Pitfall! [Atari 2600]:

    Explorando uma floresta cheio de perigos, devemos pegar os 32 tesouros, pulando em jacarés e se agarrando em cipós.

    ESPORTE - Ice Hockey [Atari 2600]:

    Mais um jogo da Activision, trazendo uma jogabilidade genial e uma disputa acirrada onde devemos acertar o disco no gol.

    HOMENAGEM ARCADE - Megamania [Atari 2600]:

    Hambúrgueres, biscoitos e objetos nada comum caem do céu e devemos destruir tudo usando a mecânica do Arcade Astro Blaster.

    -----------------------------Divisão de computadores----------------------------

    JOGO DO ANO - David’s Midnight Magic [Apple II]:

    Pinball, como sempre, é um jogo super divertido e esse game conseguiu simular de forma genial e realista à mecânica do flipper.

    ADVENTURE - Deadline [Apple II]:

    Um jogo inovador para o gênero adventure, onde controlamos um detetive que deve desvendar um assassinato em 12 horas.

    FICÇÃO CIENTÍFICA - Star Warrior [Atari 8-bit]:

    Um jogo que mistura ação e aventura, onde podemos optar por duas missões distintas, deixando o jogo mais complexo.

    AÇÃO - K-razy Shoot-out [Atari 8-bit]:

    Um jogo inspirado pelo Berzerk, com labirintos mais elaborados e vários inimigos robóticos espalhados pela tela.

    PARA 1 JOGADOR - Snack Attack [Apple II]:

    Seguindo o sucesso do Arcade Pac-Man, devemos correr dos fantasmas e coletar todos os pontinhos da tela.

    ESPORTE - Cypher Bowl [Atari 8-bit]:

    A primeira simulação do futebol americano para a plataforma, com gráficos simples, coloridos e o sistema de regras completo.

    EFEITO AUDIO-VISUAL - Night Mission [Apple II]:

    Mais um jogo de pinball para o Apple II, mas trazendo um show de detalhes muito bem desenhado e sons muito bem encaixados.

    INOVADOR - Moonbase io [Atari 8-bit]:

    Um jogo de nave tradicional, porém, com um inovador sistema de voz que te convida para iniciar a partida.

    -----------------------------Divisão de Arcades-----------------------------------

    JOGO DO ANO - Tron [Midway]:

    O jogo do filme baseado no mundo dos jogos leva o prêmio máximo, com 4 jogos fazendo referência a cenas do filme.

    AÇÃO - Robotron: 2084 [Williams]:

    Um dos jogos a popularizar o controle com 2 joysticks e temos que destruir uma manada de robôs antes que eles destruam os humanos.

    FICÇÃO CIENTÍFICA - Bosconian [Midway]:

    Um jogo de nave que podemos navegar pelo espaço e se orientar pelo mapa para saber onde estão seus objetivos.

    INOVADOR - Tempest [Atari]:

    Jogo insano da Atari onde percorremos linhas vetoriais coloridas, onde destruímos diversas criaturas e desviamos das linhas vermelhas.

    EFEITO AUDIO-VISUAL - Turbo [Sega-Gremlin]:

    Um dos jogos de corrida mais bonito dos Arcades, com um jogo de corrida onde há diversas variações no clima e pista.

    -----------------------------Divisão Stand-Alone----------------------------------

    JOGO DO ANO - Galaxian [Coleco]:

    A continuação do clássico Galaxian rapidamente recebe sua versão em miniatura para 2 jogadores e cheio de ação.

    BOARDGAME - Electronic Stratego [Milton Bradley]:

    Um incrível jogo de guerra da M.B. par 2 jogadores, onde usamos as chaves no pequeno painel para escolhermos nossos soldados.

    MINI-ARCADE - Scramble [Vectrex]:

    O videogame com TV embutida capaz de gerar gráficos vetoriais porta de forma fenomenal o Scramble dos Arcades para sua pequena tela.

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    30
  • 2018-03-27 09:08:03 -0300 Thumb picture

    Combo#56 [Atari 2600] (1983): Robot Tank & Seaquest

    Um jogo que parece ser um porte do jogo Battlezone de 1980 para o Atari 2600, mas ele possui características bem mais avançada. Se trata de uma batalha de tanques onde nosso objetivo é destruir 12 tanques para passar para o próximo nível. O jogo possui passagens de dia e clima que alteram bastante o gameplay, como no Enduro. Além disso, partes de habilidade do nosso tanque podem ser destruídas separadamente, como o radar, a mira, a locomoção e o próprio canhão. - Mais um jogo muito bom da Activision. O combate aqui é muito tenso, pois não podemos perder partes do nosso tanque, pois dificulta muito a coisa, o efeito 3D neste jogo foi transmitida de forma primorosa.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     Outro jogo da Activision. Controlamos um submarino (que mais parece um cara nadando) que deve resgatar os humanos de um mar repleto de peixes assassinos e pequenos submarinos inimigos. Temos um limite de pessoas que podemos carregar e também um contador de oxigênio, então, sempre que possível, devemos ir para a superfície para recuperar o ar deixar alguns tripulantes são e salvos. - Joguinho simples e divertido, com mecânicas novas bem interessante e viciante. É um jogo bem tranquilo para se jogar, mesmo sendo de ação constante. O pôr do sol é espetacular, mas o resto dos gráficos são bem simples. A pouca variação que o jogo apresenta deixa ele um tanto monótono.

    Nota pessoal: ★★☆☆☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Seaquest

    Platform: Atari 2600
    658 Players
    14 Check-ins

    40
    • Micro picture
      msvalle · over 1 year ago · 2 pontos

      Não conheci Robot Tank, mas Seaquest joguei bastante hehe

      1 reply
    • Micro picture
      old_gamer · over 1 year ago · 2 pontos

      Seaquest é muito bom.

      1 reply
    • Micro picture
      porlock · over 1 year ago · 2 pontos

      joguei mto seaquest, mais conhecido apenas como submarino... kkkkkkkkkkkkkk
      mas viciado mesmo é o @felipemarx. ele fez uma live desse jogo e fez caralhocentos pontos.. kkkkkkkk

      2 replies
  • 2018-03-26 09:22:40 -0300 Thumb picture

    #56 - Enduro [Atari 2600] 1983

     Bem vindos a 1983, um ano de grandes jogos, principalmente nos Arcades. Mas vamos iniciar com um jogo para a renomada plataforma Atari 2600. Jogo de corrida com perspectiva 3D da Activision, um dos poucos exemplares nesse estilo para o videogame. Controlamos um possível carro de Fórmula 1 e nosso objetivo é ultrapassar 200 carros no primeiro dia e 300 nos dias seguintes dentro de um limite de tempo. Além dos gráficos, o grande diferencial do jogo é a sua progressão. O clima vai se alterando, mudando bruscamente o gameplay, como noite e neblina, que atrapalha a visibilidade, e neve, que dificulta as curvas. Mecânica similar a apresentada em Turbo de 1981.

     - Outro jogo viciante e genial da Activision. O controle é simples, onde pressionamos o botão para acelerar e o manche para virar e frear. Controlar a velocidade no jogo é o principal, pois quando batemos, vários carros nos ultrapassam. Os oponentes não se movem pela pista e só podem estar em 3 posições da rua, permitindo ao jogador acelerar e grandíssima velocidade. O jogo não exige apenas reflexo, pois quando temos a visibilidade prejudicada, devido a neblina ou à noite, temos que prestar bastante atenção nos faróis dos carros, pois o vermelho é sempre o do meio. Os efeitos sonoros são simples, mas é recompensado pela simplicidade da jogabilidade e a beleza de seus gráficos.

    Nota pessoal: ★★★★★

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Enduro

    Platform: Atari 2600
    2204 Players
    29 Check-ins

    51
    • Micro picture
      lgd · over 1 year ago · 4 pontos

      Mês passado consegui bater meu recorde pessoal de sobreviver até o 4º dia rsrs adoro este jogo, é um dos primeiros games que vi, mas jogo muito mal.

      2 replies
    • Micro picture
      old_gamer · over 1 year ago · 4 pontos

      Jogão até hoje !

      3 replies
    • Micro picture
      cleitongonzaga · over 1 year ago · 4 pontos

      Jogava muito esse na infância, mas só fui entender o objetivo há alguns quando peguei pra jogar novamente rs

      1 reply
Keep reading → Collapse ←
Loading...