historia_dos_games

Revivendo a história dos games em ordem cronológica

Você não está seguindo historia_dos_games.

Siga-o para acompanhar suas atualizações.

Seguir

  • 2017-10-02 09:14:10 -0300 Thumb picture

    #18 - Sky Raider [Arcade] 1978

      E a Atari mais uma vez nos surpreende com uma de suas máquinas de fliperama. Controlamos uma mira que percorre uma trilha seguida por um rio e devemos bombardear tudo que vemos pela frente, usinas de combustível, cidades, pontes, torres e aviões. Utilizando um chip da Motorola, o M6502, a máquina nos traz um efeito visual muito interessante, onde o cenário vem descendo para a parte inferior da tela, crescendo e esticando de tamanho para causar um efeito de profundidade. Foi o primeiro jogo a utilizar essa técnica trabalhando com gráficos riquíssimos em detalhes, algo realmente magnífico.

     - O jogo em si é muito bom de se jogar. A mira tende a ficar sempre no centro, então para alcançar a extremidades laterais é um pouco mais difícil que os jogos com mira livre. É possível também aumentar ou diminuir a velocidade, que deixa as coisas mais complicadas, pois os elementos podem demorar aparecer na tela ou passarem muito rápido. Uma coisa bacana que o jogo oferece é a possibilidade de deixar pressionado o botão de ação para tiros consecutivos, sem precisar ficar apertando. Pena que o jogo tem um limite de tempo, mas nesse período, a diversão é garantida, até que você fique zonzo de tanto ficar olhando para essa tela maluca.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @augusto_sander, @mardones, @porlock [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Sky Raider

    Plataforma: Arcade
    1 Jogadores

    29
    • Micro picture
      cleitongonzaga · mais de 1 ano atrás · 3 pontos

      É, realmente é bem impressionante pra época. Faz sentido a Atari ser tão grande naquele tempo.

      4 respostas
    • Micro picture
      porlock · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

      nossa... achei q jogo com essa complexidade grafica soh teria aparecido um cado de tempo depois disso.

      1 resposta
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

      Cara...que game maluco (o recurso gráfico empregado)...
      Muito foda!!!

      2 respostas
  • 2017-09-29 10:13:13 -0300 Thumb picture

    Combo#17 [Atari 2600] (1978): Slot Racers & Maze Craze

    No ano seguinte do console, o Atari VCS teve poucos títulos chamativos e bem fracos se comparado aos jogos que lançaram junto com o videogame. Slot Racers é um deles. Controlamos uma espécie de tanque que deve percorrer o labirinto e destruir seu oponente usando tiros, que estranhamente, fazem curva. O jogo conta com 4 variações de mapa e 4 variações de velocidade. - O jogo até diverte, mas a pouca oferta de mapas tornam ele um entretenimento bem curto e repetitivo. O design dos tanques é meio estranho e a forma que ele faz a curva é algo meio diferente do que estamos acostumado. Mas é engraçado quando a gente consegue acertar o tiro, pois o tanque do oponente sai voando rapidão pelo mapa.

    Nota pessoal: ★☆☆☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     O outro jogo, também de labirinto, lembra muito o The Amazing Maze para Arcades de 1976. 2 jogadores começam juntos no canto esquerdo do labirinto e devem disputar para ver quem chega primeiro a saída do lado direito. Apesar do jogo ser simples, o cartucho era riquíssimo em variações que davam uma dinâmica extra ao jogo. Dentre elas, havia várias de deixar o mapa parcialmente visível ou completamente invisível. - Devido às variações presentes no cartucho, o jogo é muito mais divertido. Há também como colocar inimigos no labirinto, ajudantes, lançar uma espécie de guia temporário e até mesmo a habilidade de criar paredes falsas, para confundir seu oponente.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @augusto_sander, @mardones, @porlock [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Slot Racers

    Plataforma: Atari 2600
    13 Jogadores

    24
  • 2017-09-28 10:01:08 -0300 Thumb picture

    #17 - Basketball [Atari 2600] 1978

      A Atari resolve arriscar em um cartucho mais simples, com um único jogo programado nele, sem variações. Allan Miller cria um jogo de basquete com apenas 2 jogadores em campo com visão lateral. O jogo inicia com a bola quicando no meio do campo e quem encostar na bola primeiro, começa a partida. Tradicionalmente, você deve arremessar a bola com o botão de ação do joystick e fazê-la entrar na cesta. O jogo tem um limite de tempo, depois que termina, o jogador com mais pontos vence. Simples. Para pegar a bola da mão adversário basta direcionar o jogador para perto dele e se a bola encostar na tua mão ao invés da dele, você a tem. Dá para jogar contra outro jogador ou contra a máquina.

     - O jogo é bem simples, rápido e muito fluido. Essas características deixam a partida eletrizante e extremamente divertida, coisa que não acontece no basquete do Video Olympics, que é só uma variante de Pong. A representação dos personagens em forma humana dá um toque especial ao jogo e a forma que eles andam é muito engraçada, pois uma das pernas permanece ereta. O problema do jogo é que quando há o lançamento, não uma forma simples de interceptar a bola, você fica dependendo da sorte do adversário errar a cesta. Outra falha também é que quando a bola bate no poste, ela sobe a faz a cesta, e não tem o que fazer. Mas o jogo é muito divertido, vale muito a pena, mesmo sem variantes.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @augusto_sander, @mardones, @porlock [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Basketball

    Plataforma: Atari 2600
    61 Jogadores

    36
    • Micro picture
      old_gamer · mais de 1 ano atrás · 9 pontos

      Jogo até hoje, e tenho na coleção.

      5 respostas
    • Micro picture
      porlock · mais de 1 ano atrás · 3 pontos

      vééééééééi, como eu joguei esse jogo..

      1 resposta
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · mais de 1 ano atrás · 3 pontos

      Só pela capa eu sei que tínhamos em casa...mas olha que curioso...desde pequeno nunca fui fã de basquete em geral (games ou vida real) assim como games de esporte em geral.

      2 respostas
  • 2017-09-27 09:37:06 -0300 Thumb picture

    Os principais jogos de Mainframe

    Medium 3544479 featured image

     Mainframes são os supercomputadores que deram início a era da informação na década de 50. Eram equipamentos que chegavam a ocupar andares de prédios inteiros, tudo isso para um simples propósito: fazer operações matemáticas. Com o tempo, essa tecnologia, usada inicialmente para propósitos militares, começa a ser usada em universidades e centros de pesquisa e, com isso, surgem os primeiros jogos eletrônicos. Já citamos alguns jogos aqui na persona, como OXO, Tennis for Two, Spacewar!, The Oregon Trail, Empire, Hunt the Wumpus e Colossal Cave Adventure, então, vamos nos focar aos outros jogos de mainframe desse período.

     Hamurabi foi um jogo criado em 1968 na linguagem FOCAL por Doug Dyment. Era um jogo de estratégia baseado em texto que permitia criação de cidades e racionamento de recursos. Outro jogo criado nessa mesma linguagem foi o Lunar Lander, em 1969, que também era em texto e simulava uma missão espacial de pouso lunar de um foguete. Ambos foram convertidos para a linguagem mais popular da época, o BASIC, para que rodassem no PDP-8. David H. Ahl incluiu os dois jogos e mais vários outros, como Civil War e Star Trek (baseado no filme), em um livro intitulado de 101 BASIC Computer Games e o publicou em 1973. Esse é um dos livros mais importantes para a história dos primeiros jogos.

     Alguns jogos ficaram de fora desse livro, dentre eles temos o Space Travel, de 1969, que simulava uma viagem espacial no Sistema Solar, sofrendo os efeitos da gravidade. Em 1971, em um PDP-10, surge o primitivo jogo Baseball, baseado em texto que simulava uma partida de baseball por meio de linhas de comando. Em 1974 temos um dos games mais revolucionário lançado naquele período, Maze War. Seria ele o primeiro jogo de tiro em primeira pessoa da história. O jogo trouxe uma série de inovações, como um editor de mapas e avatares. Ele também foi o precursor dos jogos online, pois permitia uma disputa entre 2 computadores ligados em rede. Em 1977, o jogo utilizou a tecnologia de internet cliente-servidor da ARPANET,se tornando o primeiro jogo com partidas online da história.

     Outro sistema que recebeu bastante destaque em meados dos anos 70 foi o PLATO, devido ao pioneirismo em jogos de RPGs com interface gráfica. Em 1975, Reginald Rutherford cria Dungeon, mais conhecido por pedit5, o primeiro grande jogo de RPG da história, com direito a sistema de atributos, evolução de personagens, monstros e batalhas via comando de texto. Naquele mesmo ano, Gary Whisenhunt e Ray Wood criam um outro jogo de RPG muito similar ao Dungeon, o chamado The Game of Dungeons, mais conhecido por dnd. Este jogo era muito mais completo e cheio de inovações. Com um sistema de atributos mais complexos, história e até um dragão no final do calabouço defendendo a orbe final. Em 1977, o sistema PLATO foi extinto.

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @augusto_sander, @mardones, @porlock [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    57
  • 2017-09-26 09:30:18 -0300 Thumb picture

    Combo#16 [Arcade] (1978): Avalanche & Clowns

     Nesse novo ano, os jogos de Arcade aos poucos vão ganhando cores. Avalanche é um game da Atari bem simples, onde controlamos 6 paletas em série que deve impedir que pedras coloridas atinjam o chão. São 6 linhas de pedras, quando termina uma linha você perde uma paleta e as outras diminuem de tamanho, tornando a tarefa mais difícil com o tempo. As pedras também ficam menores e mais rápidas e, junto a isso, o som vai ficando mais agudo. - O jogo tem uma proposta meio maluca, mas que funciona muito bem. Com 3 chances por fichas, temos a chance de alcançar a pontuação máxima, é um desafio bem diferente.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     Esse jogo é muito semelhante ao game Circus da Exidy de 1977, mas com leves melhorias. Desenvolvido pela Midway, controlamos palhaços de circo que pulam em uma espécie de balanço e ganham altura, com isso, podem estourar as bolas coloridas no topo da tela e ganhar pontos. A animação do jogo é o que deixa tudo mais engraçado, pois os personagens voam bem desengonçados e batendo em tudo quanto é lado. - O jogo lembra um pouco as mecânicas do Breakout, mas com a grande diferença de fazer o palhaço cair exatamente no lado vazio da balança e muitas vezes ele vai no meio da balança e perder. O jogo diverte e possui um controle fluido.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @augusto_sander, @mardones [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Avalanche

    Plataforma: Arcade
    2 Jogadores

    27
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

      Cara...que interessante e bizarro (no sentido que nunca ouvi falar deles...).
      Caramba...que massa!

      1 resposta
    • Micro picture
      joaoleonardo015 · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

      Acabei de terminar de assistir a 1ª parte com 8 horas da coletânea dos jogos arcades, tinha muito jogo da década de 70 e 80 iguais, e esse era um deles.

      5 respostas
  • 2017-09-25 08:57:16 -0300 Thumb picture

    #16 - Space Invaders [Arcade] 1978

     Chegamos a 1978 e logo de cara temos um dos jogos mais importantes para a indústria dos videogames. Tomohiro Nishikado da empresa japonesa Taito, inspirado nos filmes Star Wars e Guerra dos Mundos, cria um jogo simples, mas que revolucionou o mundo dos jogos. Controlamos um canhão que se move horizontalmente e deve destruir uma formação de alienígenas que vão se aproximando de você. Eles também atiram contra você, com o objetivo de destruir as 4 bases ou o seu canhão e conforme vai sobrando menos aliens, mais rápidos eles se aproximam e também a música do jogo aumenta de ritmo.

     - Essas mecânicas simplificam a ideia de combates espaciais apresentados com Space Wars e afins. Uma mecânica que torna este jogo viciante é que estamos limitados a 3 chances para cada ficha e o objetivo é conseguir o máximo de pontos possíveis. Os aliens de cima valem mais pontos que os de baixo e às vezes surge uma nave vermelha no topo da tela que valem pontos extras. O jogo fez um sucesso tão grande que o Japão passou por uma crise de moedas de 100 yen no final daquele ano. Foi o jogo responsável por mostrar o mundo do que os jogos eletrônicos são capazes.

    Nota Pessoal: ★★★★★

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @augusto_sander, @mardones, @porlock [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Space Invaders

    Plataforma: Arcade
    21 Jogadores

    36
  • 2017-09-22 09:35:57 -0300 Thumb picture

    Combo#15 [Arcade] (1977): Space Wars & Starship 1

     Quem aí se lembra do jogo Spacewar! de 1962? 15 anos depois, a empresa Cinematronics traz de volta esse grande clássico que marcou a história dos primeiros jogos eletrônicos. Essa nova versão do clássico é muito inovadora, pois se trata do primeiro jogo com gráficos vetoriais da história, onde tudo é composto por linhas brancas que dão uma velocidade maior na renderização dos elementos. - O jogo ficou bastante fiel ao da década passada, com direito ao buraco negro central e que exerce força gravitacional nas naves. Elas também estão super rápidas e mais ágeis de controlar, mas o tiro continua minúsculo, mal dá para ver.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     Ainda no espaço, a Atari lança um dos games mais avançados da época. Controlamos a visão de uma espaçonave e devemos combater os inimigos que aparecem na tela, dando tiros neles. Também temos que desviar de cometas que aparecem vindo em sua direção. O jogo é em primeira pessoa e utiliza a técnica de ir alterando o tamanho dos elementos passando a sensação de profundidade, porém, a Atari conseguiu fazer um jogo muito fluído e com vários elementos diferentes na tela simultaneamente. - Inicialmente o jogo pode parecer confuso, devido a visão incomum do jogo, mas é um game sensacional e muito fácil de aprender. Infelizmente somos limitados a combustível, mas dá para se divertir bastante. E assim concluímos o ano de 1977.

    Nota pessoal: ★★★★★

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @augusto_sander, @mardones [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Starship 1

    Plataforma: Arcade
    1 Jogadores

    38
  • 2017-09-21 08:34:33 -0300 Thumb picture

    #15 - Car Polo [Arcade] 1977

     A empresa Exidy era uma especialista em jogos de Arcade com carros, mas nenhum deles eram de corrida e isso a tornava bastante inovadora com seus jogos. A bola da vez era criar uma espécie de jogo de futebol usando veículos como jogadores. O jogo era limitado por tempo e a dupla que fizesse mais gol vencia a partida. Graficamente o jogo era muito bonito, com elementos realmente colorido e não apenas uma película por cima da tela, como muitos jogos daquela época. A máquina permitia até 4 jogadores em campo, sendo 2 para cada time, o que permitia também jogar em cooperativo contra a máquina. Todos os lados eram equipados com um volante e um pedal de acelerador.

     - A ideia do jogo é bastante inovadora, pois pensar em um jogo de futebol utilizando carros não se vê todos os dias por aí. A única regra presente do jogo é que a bola deve entrar no gol, no resto, é livre. Várias vezes a bola vai estar no canto e todos os carros vão agarrar na beirada do campo. Outras vezes também a bola vai passar por cima dos carros, o que é bom para não travar a bola em um lugar só. Não existe botão de chute, conforme a velocidade que você toma para dar uma porrada na bola, ela vai receber o impacto e ir na direção e velocidade conforme. O controle do carro é meio desajeitado, mas o jogo é super divertido, ainda mais com 4 jogadores.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @augusto_sander, @mardones [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Car Polo

    Plataforma: Arcade
    1 Jogadores

    20
  • 2017-09-20 09:08:17 -0300 Thumb picture

    Apple II: O primeiro computador pessoal de sucesso

    Medium 3541523 featured image

    Steve Wozniak, assim como muitos geeks da época, criou o seu próprio computador pessoal, extremamente primitivo, com um teclado preso em uma carcaça de madeira que escondia a placa e os circuitos integrados. Seu amigo, Steve Jobs, teve a brilhante ideia de vender o computador para pessoas normais. Com isso, em 1976, nasce um dos primeiros PCs da história, que recebeu o nome de Apple Computer. Foi vendido por US$666,66 em uma loja da região e chegou a produzir 200 unidades do computador. Seu diferencial era a proposta de ter uma única placa de circuitos impressos contendo cerca de 30 chips. Não vinha com monitor nem leitor de disquetes, deveriam ser adquiridos separadamente.

     Apesar do sucesso moderado, no ano seguinte, 1977, ambos começam um projeto ainda maior. Conseguiram financiamento para o próximo computador da empresa, o poderoso Apple II. O novo modelo contava com um uma carcaça de plástico branca, que melhorava muito a estética do computador e ajudava nas vendas. Ele contava com um processador MOS Technology 6502 de 1MHz e 4 KB de memória RAM. Ele rodava o interpretador BASIC e era capaz de renderizar linhas na tela, gerando uma espécie de gráfico para futuros jogos eletrônicos, que estavam em alta naquele ano. Foi durante o trabalho com o jogo Breakout de 1976 que Steve Jobs teve a ideia da interface para o novo computador.

     Diferente da primeira versão, o Apple II era vendido junto com o monitor e um par de leitores de disquetes, mas havia também formas de comprar separados. O preço variava de acordo com a memória RAM que vinha no computador, entre US$ 1.298 com 4 KB a US$ 2.638 com 48 KB. Os dados poderiam ser gravados em disquetes de 5.25” ou em fitas K7, com isso, programas, trabalhos e jogos poderiam ser apagados, editados e recriados, diferente dos cartuchos imutáveis dos videogames. O computador era repleto de portas seriais e paralelas para conexão de periféricos diversos. O computador foi um enorme sucesso no ano de lançamento e ditou tendências de como deveria ser um computador pessoal.

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @augusto_sander, @mardones [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    50
  • 2017-09-19 09:59:15 -0300 Thumb picture

    Combo#14 [Atari 2600] (1977): Surround & Video Olympics

    Outro jogo que veio diretamente dos Arcades, mas com o toque refinado do console da Atari. Se trata de mais um clone do jogo Blockade do ano anterior, seguindo a mesma regra de fazer o seu oponente encostar no seu rastro para que você ganhe a rodada. Dentre os modos de jogo disponíveis, tem os que aumentam a velocidade a cada 5 segundos, poder se movimentar na diagonal, jogar sem as paredes em volta e até um modo livre de desenho. - Essas novas variantes do jogo o tornam a melhor versão de Blockade até então. tem até modos que te permite disputar contra a máquina. As cores deixam tudo com um visual melhorado e não causa nenhuma confusão.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     E para concluir os títulos de lançamento do Atari VCS, não poderia faltar o grandioso Pong, porém, aqui temos uma coletânea de 50 jogos em um único cartucho, isso mesmo, 50. Todos eles são esportes com bola, alguns já vistos anteriormente, outros novos. Dentre os jogos, temos: Pong, Super Pong, Soccer, Foozpong, Hockey, Quadrapong, Handball, Volleyball e Basketball. - Em meio a tantas opções de jogos e suas variantes, esse cartucho é o que mais vai render horas de jogo. Conceitos novos nunca antes visto nos Arcades aparecem aqui e com variantes que deixam tudo muito mais interessante. É incrível pensar que tantos jogos cabem em um cartucho tão pequeno.

    Nota pessoal: ★★★★★

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @augusto_sander, @mardones [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Video Olympics

    Plataforma: Atari 2600
    10 Jogadores

    38
Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...