2020-06-24 09:06:29 -0300 2020-06-24 09:06:29 -0300

A criação da ESRB para classificação de jogos

Single 3808714 featured image

Jogos de videogames que exploram a violência datam desde sua criação, como Spacewar!, que simula um combate espacial e Gun Fight, que apresenta um duelo mortal entre pistoleiros do velho-oeste. Death Race foi o primeiro jogo a receber atenção da mídia por seu conteúdo violento, onde o jogador devia atropelar monstros em uma arena. Na segunda geração, a Mystique criou jogos adultos com conteúdo sexual para o Atari 2600, sendo o mais infame, Custer’s Revenge, que claramente representa um estupro. Com a chegada da Nintendo nos EUA com seu NES, ela adotou políticas rígidas de licenciamento para seus jogos, que muitas das vezes, censuravam jogos com conteúdo sexualmente sugestivo, violento ou com conotações religiosas.

 Nos anos 90, os videogames passaram a apresentar gráficos ainda mais realistas, com uso de atores digitalizados e cenas em FMV. Em 1992, senadores democratas dos EUA começaram a fazer audiências sobre a violência dos videogames e como isso poderia afetar a sociedade. Os jogos destacados foram Mortal Kombat com seus Fatalities aplicados em atores reais e Night Trap por seu extenso uso de conteúdo filmado com cenas sexualmente sugestivas. Na época, cada companhia utilizava padrões próprios para classificação, como o VRC da Sega, que possuía 3 categorias e o RSAC,que classificava os jogos de computadores e também era utilizado pela 3DO company. A Nintendo e outras desenvolvedoras votaram pela criação de um novo sistema de classificação.

 Em 1994, a Entertainment Software Rating Board (ESRB) é criada e começa a estabelecer um novo padrão de classificação indicativa para os videogames dos EUA. As embalagens dos jogos passaram a vir com um rótulo que representa sua avaliação, bem como um complemento com a descrição do que pode ser encontrado no jogo. As categorias são dividas em: CE (primeira infância), E (todas as pessoas), T (adolescentes), M (maiores de 17 anos) e AO (somente para adultos), sendo que este último era usado mais em jogos pornográficos do que violência extrema. A associação que regulamenta jogos de Arcade (AAMA) não adotou a ESRB, eles classificam seus jogos em 3 categorias representado por cores, verde, amarelo e vermelho.

 A criação da ESRB foi vista pela indústria como um passo importante para desenvolvimento dos jogos, oferecendo maior liberdade aos jogos violentos, sexuais ou religiosos frente às controvérsias que eles poderiam sofrer. Porém, muitos criticam a forma como os jogos são avaliados, principalmente por estabelecer um padrão americano de classificação e classificar jogos de extrema violência apenas como M a fim de evitar um prejuízo em vendas, visto que jogos voltado para adultos são ignorados pelos lojistas. Ainda sim, o padrão foi referência no mundo todo, especialmente pela agilidade do processo de classificação e por suas poucas intervenções na obra original.

@andre_andricopoulos, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @joanan_van_dort, @volstag, @manoelnsn, @shuichi, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @kb, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @rogerlopezx, @fredson, @mjdias, @hyuga, @wcleyton [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

39
  • Micro picture
    kalini · 9 days ago · 3 pontos

    Yankees e suas frescuras.

    1 reply
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · 9 days ago · 4 pontos

    Achei bem vindo a classificação, assim pais podem ficar atentos e controlar o que seus filhos podem ou não jogar...

    6 replies
  • Micro picture
    artigos · 9 days ago · 2 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

  • Micro picture
    pauloaquino · 5 days ago · 2 pontos

    E se eu, maior de idade, quiser jogar um game de estupro? Como é que eu faço? Vou na deep web?

    1 reply
Keep reading → Collapse ←
Loading...