2020-02-10 10:58:57 -0200 2020-02-10 10:58:57 -0200

A importância e o desenvolvimento de Mortal Kombat

Single 3774867 featured image

Para competir com Street Fighter II, a Midway encarregou Ed Boon e John Tobias a criarem um jogo de luta em menos 1 ano. A ideia inicial era criar um jogo usando atores digitalizados para interpretar os lutadores. Van Damme foi convidado a participar, mas ele estava ocupado com outros projetos e rejeitou. A dupla recorreu aos irmãos Daniel e Carlos Pesina e outros artistas marciais para fazerem as capturas de movimentos. Usando uma câmera de vídeo amadora, o jogo conseguiu reproduzir 9 personagens com cerca de 300 quadros de animação. O chefe Goro foi feito a partir de um boneco e capturas por Stop Motion. Mortal Kombat foi lançado para os Arcades em 1992 e rapidamente se tornou um dos jogos de luta mais populares dos EUA.

 O feiticeiro Shang Tsung e seu campeão Goro venceram o torneio Mortal Kombat a 500 anos e pretendem tomar o controle do reino da Terra, mas o deus do trovão, Raiden, reúne novos guerreiros para impedir o feiticeiro. Liu Kang é o monge que irá vencer o vilão, acompanhado de seu amigo Johnny Cage, um dublê narcisista parodiando Van Damme. Sonya Blade, das forças especiais, vai atrás do assassino Kano e acaba entrando no torneio. Scorpion e Sub-Zero, ninjas de clãs rivais, disputam uma batalha definitiva. O Arcade traz o primeiro personagem secreto em jogos de luta, Reptile, um ninja que combina os poderes de gelo e fogo e só pode ser encontrado cumprindo uma série de requisitos bem específicos.

 A jogabilidade era excelente, o jogo era rápido, os atores digitalizados de alta qualidade, os gráficos dos cenários eram incríveis, mas o que mais atraia o público era seu alto grau de violência. Apesar de cada golpes tirar litros de sangue do adversário, o que mais chocava no jogo eram os Fatalitys. Ao final do combate, o vencedor podia inserir comandos específicos e executar um golpe de finalização. Geralmente, era um golpe de violência extrema e exagerada, como arrancar a cabeça do perdedor com um soco ou até mesmo tirar o crânio do adversário junto da espinha. Esse nível de violência aplicada em atores reais era algo que nunca se tinha visto em um videogame. Cada lutador tinha um Fatality diferente, sempre cruel e sangrento.

 A Acclaim ficou responsável pelo porte do jogo para as plataformas domésticas. A campanha de marketing criou a Mortal Monday para lançar o jogo para 4 plataformas no mesmo dia. A versão de GameBoy é a mais fraca devido ao hardware do portátil, já a versão de Game Gear apresenta cores e gráficos mais caprichados. A versão de Super Nintendo vinha com gráficos e sons superiores, porém, a política da Nintendo substituiu o sangue por suor, além de deixar os Fatalitys mais cruéis de fora. A versão de Genesis também teve censura, porém, o código ABACABB liberava o sangue e toda a violência do jogo. O cartucho de Mega Drive acabou vendendo muito mais que os demais, além de ser mais um responsável pelo crescimento de vendas do aparelho.

@andre_andricopoulos, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @joanan_van_dort, @volstag, @manoelnsn, @shuichi, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @kb, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @rogerlopezx, @fredson, @mjdias [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

64
  • Micro picture
    hyuga · 15 days ago · 4 pontos

    uma curiosidade é que a Sonya entrou meio que as pressas, era para o jax estar em seu lugar, mas com a popularidade da Chun-li na época decidiram colocar uma mulher e como o tempo era curto ela herdou o enredo do Jax só trocando a aparência mesmo

    1 reply
  • Micro picture
    kalini · 15 days ago · 3 pontos

    Então o Goro era de massinha mesmo, eu sabia :D

    1 reply
  • Micro picture
    leandro · 15 days ago · 4 pontos

    Esse jogo foi um espanto, pra época, pela sua terrível violência. Os golpes fatais eram algo assustador e deixavam a galera boquiaberta. Eu tenho o primeiro MK como o melhor de todos ( desculpem minha nostalgia ). Mas entendo que é um game que não existe um riqueza de mecânicas variadas, entre os lutadores ( os golpes muitos deles, são iguais, diferenciando os fatais ). Mas não deixa de ser dos games mais queridos do gênero e um assombro pra sua época

    3 replies
  • Micro picture
    kalini · 15 days ago · 2 pontos

    A razão pela qual a ESRB existe :D

    1 reply
  • Micro picture
    fagnerale · 15 days ago · 2 pontos

    Tinha o truque pra lutar contra o Reptile e também o do Goro prateado que era legal, eu só não gostava que o principal lutador "Liu Kang" tinha o fatality mais bosta

    2 replies
  • Micro picture
    manoelnsn · 15 days ago · 2 pontos

    A época em que MK era duca

    1 reply
  • Micro picture
    darlanfagundes · 14 days ago · 2 pontos

    Uma lenda, até hj é um jogo simples, direto e impactante. Possivelmente a melhor reunião violência, terror e luta já feita!

    1 reply
  • Micro picture
    seufi · 14 days ago · 3 pontos

    O que eu acho mais legal dele é justamente a realidade do visual dos personagens... Estão entre os mais humanos que eu já vi...

    1 reply
  • Micro picture
    thecriticgames · 14 days ago · 3 pontos

    Independente do gameplay, ele é um desses games que mudaram a industria.

    3 replies
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · 13 days ago · 2 pontos

    Espetacular... divertido... revolucionário!

    1 reply
Keep reading → Collapse ←
Loading...