2019-02-08 10:07:36 -0200 2019-02-08 10:07:36 -0200

Mega Drive: O poderoso console de 16-bits da Sega

Single 3702529 featured image

O console de 8-bits da Sega, o Master System, embora tenha feito sucesso na Europa, não conseguiu superar as vendas do NES nos EUA e nem do Famicom no Japão. O CEO da Sega japonesa, Hayao Nakayama montou uma equipe para desenvolver um novo console doméstico para a nova geração. O lançamento do PC Engine da NEC deu ainda mais urgência ao desenvolvimento, que propunha adaptar a placa de Arcade System 16 em formato menor. O console foi anunciado com o nome de Mark V, porém, a administração da Sega propôs um nome mais forte. Em 29 de Outubro de 1988, o Sega Mega Drive é lançado no mercado japonês, porém, o aparelho foi ofuscado por um novo jogo da série Super Mario lançado 1 semana antes.

 A Sega, mais uma vez, acertou no design do aparelho. Ele vinha escrito “16-BIT” no topo em grande destaque, pois era o verdadeiro videogame de 16-bits da nova geração, uma vez que o PC Engine vinha com 2 processadores de 8-bits. A carcaça era preta com um grande círculo no topo acompanhado da entrada de cartuchos e os as funções do aparelho no canto. Ele vinha com 2 entradas para controles e uma curiosa entrada para fones de ouvido. Por dentro, ele vinha com uma CPU Motorola 68000 de 16-bits com 7,6 MHz como processador principal e um Zilog Z80 de 8-bits para o controle de som. 72 KB de RAM e 64 KB de RAM de vídeo, era capaz de produzir 61 cores simultâneas com resolução de até 320x240 pixels.

 O Control Pad do Mega Drive é um dos primeiros controles de videogame a apresentar um design ergonômico. Há pegadores em formato de bumerangue que se ajusta melhor nas mãos dos jogadores, fugindo do design quadrado dos controles das concorrências. O D-Pad circular permite acessar as 8 direções com mais facilidade. Há 3 botões de ação posicionada em fileira, de modo que o polegar consiga alcançar todos com grande precisão. Os botões foram chamados de A, B e C e possuem orientação da esquerda para a direita. Além disso, o botão de Start agora estava no controle, situado acima dos botões de ação. Os cartuchos eram pretos e vinham com uma belíssima arte do jogo, ocupando quase toda a frente do cartucho.

 Os títulos de lançamento do Mega Drive eram adaptações ou portes de Arcade. Altered Beast é o jogo principal e o que mais se assimilava a versão de Arcade, inclusive, era o único jogo com que permita 2 jogadores simultâneo. Osomatsu-kun: Hachamecha Gekijō era um jogo de plataforma que promovia o anime lançado no mesmo ano. Space Harrier II era muito semelhante a versão do primeiro jogo de Arcade, mas com opção de selecionar a fase que deseja se aventurar. Era incrível ver aqueles efeitos de Super Upscale 3D dos Arcades rodando em um console caseiro. E por fim, Super Thunder Blade, também similar a sua versão de Arcade.

@andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonildo, @joanan_van_dort, @zak_yagami, @volstag, @manoelnsn, @shuichi, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @fredson, @kb [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

76
  • Micro picture
    kb · 9 months ago · 5 pontos

    O Motorola 68000 era um processador bem poderoso no final da década de 80. O meu Mega Drive é esse original japonês da foto. Foi com o Mega Drive/Genesis que a Sega atingiu seu ápice e se tornou uma forte potência na indústria dos videogames. Enquanto o sucesso no Japão foi de certa forma modesto, nos EUA o console brilhou devido às estratégias acertadas do CEO da Sega for America, Tom Kalinske e o Genesis foi um adversário e tanto para o SNES da Nintendo. O modelo original com saída de fone de ouvido fazia um diferencial e tanto nos jogos, com acústica e sonoridade bem melhor do que o som exibido na TV.

    8 replies
  • Micro picture
    darlanfagundes · 9 months ago · 5 pontos

    O melhor da era 16 bits.... NADA supera Sonic! IJOSoijasoiasjioasjasoas!

    1 reply
  • Micro picture
    porlock · 9 months ago · 2 pontos

    eu adoro altered beast...

    2 replies
  • Micro picture
    leopoldino · 9 months ago · 2 pontos

    Esse Osomatsu-kun: Hachamecha Gekijō eu nunca tinha ouvido falar.

    Uma correção, a versão de Thunder Blade do MD possui sim as fases com visão superior (estilo Tiger-Heli).

    1 reply
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · 9 months ago · 2 pontos

    Passei do ATARI pro MSX pro MASTER SYSTEM...
    Apesar das maravilhas do óculos 3D e a pistola no Master (e também a boa evolução gráfica), foi no MEGA DRIVE que realmente senti uma grande evolução gráfica com SONIC e também onde comecei a ficar muito viciado.

    3 replies
  • Micro picture
    mastershadow · 9 months ago · 2 pontos

    Meu console Favorito!

    1 reply
  • Micro picture
    joanan_van_dort · 9 months ago · 2 pontos

    O Mega Drive, o original, japonês, é LINDO!

    2 replies
  • Micro picture
    leandro · 9 months ago · 2 pontos

    Ao meu ver esse é o modelo de Mega Drive mais lindo já feito. Esse 16 bit em cores douradas é estupendo

    1 reply
  • Micro picture
    speedhunter · 9 months ago · 2 pontos

    Vídeo game lindo e maravilhoso!

    1 reply
  • Micro picture
    darth_gama · 9 months ago · 2 pontos

    Confesso que joguei muito pouco os consoles da Sega. Joguei um pouquinho no Master quando minha filha ganhou um daqueles que vem com vários jogos na memória, umas duas ou três vezes no Mega (embora tenha visto muita jogatina boa na época das locadoras) e uma vez no Dream Cast. Nunca joguei no Saturn, Poucos jogos das plataformas da Sega me chamavam a atenção, não pela qualidade, mas por questão de gosto pessoal mesmo...

    1 reply
  • Micro picture
    riki_samejima · 9 months ago · 2 pontos

    "O lançamento do PC Engine da NEC deu ainda mais urgência ao desenvolvimento" - uma coisa chata do PC-engine é que muitos ports legais de Arcade saíram pra ele ao invés do Mega. De cabeça, três games muito bons da Namco que não saíram pra Mega, mas sim para PC-engine, foram Dragon Spirit, Dragon Saber e o 1º Splatterhouse. Esse último game foi um pecado não ter saído pro Mega. Por pouco não tivemos a trilogia completa nesse console :/
    O Gradius I & II teria ficado legal no Mega tbm. Tanto PC-engine, quanto NES, tiveram esses ports, mas o Mega não T__T

    1 reply
  • Micro picture
    artigos · 9 months ago · 2 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

Keep reading → Collapse ←
Loading...