2018-12-07 08:45:08 -0200 2018-12-07 08:45:08 -0200

Nintendo Power: A revista oficial da Nintendo

Single 3689615 featured image

Os jogos lançados no início do Famicom eram simples e com pouco a oferecer, mas em 1985, surge Super Mario Bros. e revoluciona tudo. Devido aos seus vários segredos, dicas e truques, a revista japonesa Famitsu surge em junho de 1986 para tirar dúvidas dos jogadores, além de fornecer dicas e macetes para os diversos jogos que estavam saindo. The Legend of Zelda era outro jogo que revolucionou a estilo RPG de aventura com diversos enigmas e segredos. A Famitsu englobava não apenas dicas, mas também as novidades do mundo dos jogos em geral e não apenas do Famicom. Acessórios, jogos novos e lançamento de novos aparelhos. A Famitsu era a principal revista japonesa sobre videogames.

 Howard Phillips, consultor de produtos da Nintendo para o mercado americano, criou o Nintendo Fan Club em dezembro de 1987. A participação era livre e os membros ganhavam gratuitamente um pequeno periódico com notícias, dicas e truques sobre alguns jogos do NES. No jogo Mike Tyson’s Punch-Out!!, uma pequena propaganda do fã clube aparecia durante os intervalos da luta. Foram lançadas, no total, 7 periódicos, sendo que na última, de julho de 1988, anunciavam uma grande propaganda para a revista definitiva da Nintendo sobre jogos de NES, a chamada Nintendo Power. Todos os membros do fã clube receberam uma cópia da primeira edição da revista gratuitamente.

 Em agosto de 1988, a primeira edição da Nintendo Power é lançada, trazendo, com exclusividade, uma matéria completa e cheia de dicas do mais novo jogo do mascote da Nintendo, o Super Mario Bros. 2 (não confundir com o Super Mario Bros. 2 japonês). Eram mais de 100 páginas com dicas, truques, jogos novos e propagandas dos produtos da Nintendo. Nester era o mascote da revista e possuía um pequeno quadrinho junto com Howard Phillips. A segunda edição da revista foi muito polêmica, pois a capa apresentava Simon Belmont de Castlevania II: Simon’s Quest, segurando a cabeça decapitada do Dracula. Apesar de se tratar de uma revista paga, seu sucesso foi tremendo graças aos seus reviews, posters e dicas dos jogos que a galera mais tinha dúvida.

@andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonildo, @joanan_van_dort, @zak_yagami, @volstag, @manoelnsn, @shuichi, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @fredson, @kb [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

42
Keep reading → Collapse ←
Loading...