2018-04-04 10:12:02 -0300 2018-04-04 10:12:02 -0300

O Crash dos Videogames de 1983

Single 3616443 featured image

  Aos poucos, o mercado americano de jogos e videogames começam notar uma saturação de produtos e mergulha em uma crise que assolou o país. Diversos fatores foram responsáveis pelo desinteresse do público americano, dentre eles, estava a quantidade exagerada de consoles diferentes. Como uma possível mina de ouro, diversas empresas lançaram seus próprios videogames com pequenas alterações dos favoritos do público. Com preços variados e qualidade duvidosa, tornava muito difícil para uma pessoa leiga escolher a melhor plataforma. Muitos deles eram apenas clones, como o Coleco Gemini (Atari 2600), Tele-Games (Atari 2600 + Intellivision) e o TandyVision (Intellivision).

  Outro fator muito importante era competição dos consoles contra os computadores domésticos. O Commodore 64 e a linha Apple II foram os computadores mais vendidos durante a crise, afinal, eram máquinas ideais para se trabalhar, programar e automatizar diversas tarefas, mas também dava para jogar. As revistas começaram a ficar contra os videogames, que ofereciam experiências curtas e enjoativas, já nos computadores, a aventura era épica e gigantesca. Além de ser possível salvar o progresso nas unidades de armazenamento, também contava com uma série de jogos de ação. Videogames era assimilado como brinquedo para crianças, enquanto os computadores ofereciam trabalho sério e diversão para toda a família.

  A Activision foi a primeira Third Party da história, sendo uma empresa fazendo jogos para diversas plataformas. A Atari perdeu os direitos de exclusividade nos tribunais e a partir daí, várias empresas e programadores amadores começaram a sobrecarregar as lojas de games com os mais variados tipos de jogos. Com uma arte exagerada na capa que condiz vagamente com o jogo, falta de manuais e qualidade do material do cartucho bem inferior. Jogos pobres, clones de clássicos e nenhuma inovação inundava as prateleiras das lojas, principalmente para o Atari 2600, que era o videogame mais popular. Além disso, algumas empresas desenvolveram jogos fracos apenas para promover suas marcas.

  E como não poderia faltar, a própria Atari investiu muito mal no mercado. O jogo do E.T.: The Extra-Terrestrial custou milhões para ter os direitos de produzir jogos baseado no filme e a Atari esperava um sucesso gigantesco, mas o resultado foi catastrófico, com milhares de cartuchos encalhados, pois o jogo era confuso e estressante. O porte de Pac-Man também foi outro fiasco, que apesar de ter vendido 7 milhões de cópias, 5 milhões de cartuchos foram feitos em excesso. A gigante dos games estava perdendo o jeito de fazer jogos, apenas a Activision conseguia manter qualidade nos seus games, mas a credibilidade do público americano para o mercado em geral estava extremamente baixa. Os Arcades e os computadores cresciam cada vez mais.

@andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonfm, @joanan_van_dort, @zak_yagami [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

66
  • Micro picture
    leandro · 8 meses atrás · 9 pontos

    Uma sugestão a persona criar um artigo sobre os milhares de clones do Nes que foram produzidos ( principalmente no Brasil ). Se não me engano é o console mais clonado da historia

    1 resposta
  • Micro picture
    darlanfagundes · 8 meses atrás · 7 pontos

    Eu nasci nesse ano, provavelmente pra não deixar os videogames morrerem....rsrsrsrss!

    2 respostas
  • Micro picture
    darth_gama · 8 meses atrás · 6 pontos

    Interessante que no Brasil o crash praticamente não foi sentido, já que em 1983 o Atari, Odyssey, etc estavam a pleno vapor por aqui. Quando começaram a perder o fôlego,apareceu o Master e o Phantom (clone do NRES) e não deixou a indústria ficar parada.

    1 resposta
  • Micro picture
    joanan_van_dort · 8 meses atrás · 5 pontos

    Bastante sucinto mas muito completo! Muito bom!

    3 respostas
  • Micro picture
    artigos · 8 meses atrás · 4 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

  • Micro picture
    andre_andricopoulos · 8 meses atrás · 4 pontos

    "menos é mais"... ter muitos jogos lançados não necessariamente significa qualidade...
    ---
    Ainda bem que NINTENDO trouxe os videogames de volta ao mercado...

    6 respostas
  • Micro picture
    kess · 8 meses atrás · 2 pontos

    O grande desastre que estão prevendo que possa acontecer de novo com os games... Mas duvido muito...

    1 resposta
  • Micro picture
    porlock · 8 meses atrás · 3 pontos

    falando em clones, eu mesmo tive um... o dactar... clone do atari,

    2 respostas
Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...