You aren't following gusgeek.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2020-10-19 17:19:52 -0200 Thumb picture
    gusgeek checked-in to:
    Post by gusgeek: <p>#img#[742115]</p><p><strong>Earthbound (Mother 2
    EarthBound

    Platform: SNES
    1517 Players
    237 Check-ins

    Earthbound (Mother 2) finalizado!!

    Um jogo querido por Muitos, com visual bem Simpático e Amigável, com aquela Vibe de Anos 90, com uma História de Amizade, Crescimento, Maturidade e Amor Maternal bem Bonita e que também tem Várias Bizarrices, Peculiaridades, Quebras de Quarta Parede, Bichos Falantes, Criatividade, Aliens, Monstros, Psicodelia, Beatles, Blues Brothers, Referências à Cultura Pop, Humor Nonsense à lá Monty Python, Entidades Cósmicas, Críticas Sociais, Traumas, Horror, Temas Adultos e que com tudo isso acaba sendo um RPG bem Cativante.

    Os Belos Gráficos, Cenários muito Bonitos e o visual Cartunesco só acrescentam mais Charme ao Jogo, assim como seus Protagonistas e NPC’s também conseguem ser bem Carismáticos, e seu Sistema de Batalha que é bem semelhante aos Dragon Quest’s clássicos, pode ser um pouco “Arcaico” pros padrões da época e até pros atuais, mas dominando ela dá pra se acostumar facilmente.

    Sem esquecer claro da sua Ótima trilha sonora!!

    ..

    Shigesato Itoi sem dúvida estava muito Cheirado Inspirado quando Escreveu o roteiro desse Jogo, pois ele vai de Bonitinho e Inocente à Sem Noção e mais pro Final vai pra Sério e Traumatizante!!

    (O Monstro do Console SNES)

    O_O

    Giygas é sem dúvida o Boss Final mais Sinistramente Perturbador que já enfrentei, e tem uma conclusão Genial, além dele ser baseado em um trauma de infância de Shigesato Itoi, seu design também lembra as Criaturas Cósmicas Inomináveis do HP Lovecraft, por ser algo Indescritível, e o próprio Jogo em si me lembra a história do Livro IT do Stephen King, que também conta com Crianças tendo que Derrotar uma Entidade Maligna.

    E mesmo achando a Teoria do Aborto interessante de certa maneira, quem conhece ela sabe que já foi Desmentida ¯\_(ツ)_/¯

    ..

    Agora Eu queira comentar os Problemas desse jogo, pois Muita gente sempre elogia ele e tal, mas Quase Ninguém fala sobre isso!!

    - Algumas lutas contra determinados inimigos podem ser muito desbalanceadas.

    - Ness quando senti falta de casa ele basicamente PARA de lutar, isso é até interessante de certa forma, por querer mostrar o lado Frágil de uma criança, então ele precisa ligar pra Mãe dele e daí ele volta ao Normal, MAS, mecanicamente falando pode se tornar meio chatinho.

    - Alguns Poderes são bem Inúteis, e só te fazem gastar Psychic Points.

    - O lance de ligar pro seu Pai pra Salvar o Game é até bem criativo, mas sem sentido mecanicamente falando também, pois então se essa é única maneira de salvar, o Ness devia ter um Celular (que nem aquele que o Ratinho te dá), e os Desenvolvedores podiam facilmente ter colocado a mecânica de Salvar o Jogo no Cel, ou sei lá, ter uma cabine telefônica antes de cada Dungeon e antes de cada Boss Battle pra facilitar sua Vida, pois muitas vezes o Save Point está quase sempre longe do Objetivo, claro no Emulador você usa Save State e contorna isso, mas pensando no Jogo Base é um Problema que Incomoda.

    - Porque o inventário é minúsculo?? WTF?? Sim, mais uma vez o lance de ligar pra sua irmã pra estocar seus itens é legal, mas se torna muito chato, principalmente porque nem sempre tem um Telefone por perto, e outra, é um RPG, seu inventário tem que ser Ilimitado, além de que você não pode comprar uma quantidade maior do mesmo item, tem que ser Um de Cada Vez, como assim?!

    - Em alguns momentos você é obrigado a racionar demais seus PP’s (Psychic Points), pois nas Lojinhas quase não tem itens que recuperam eles, ou você usa Heal ou usa algum Golpe Especial, as vezes não consegue usar nenhum se você for Desatencioso, principalmente em algumas Dungeons, é só mais pra frente do jogo que você consegue usar mais vezes seus Psychic Points te deixando um pouco mais aliviado.

    - Se seus Amigos morrerem, você tem que ir na Cidade, sacar dinheiro (se não tiver), ir no Hospital e reviver Eles e tal, mais uma vez esse lance de “Realismo” é legal, mas, você realmente NÃO vai querer Morrer nesse jogo, ou que seus Amigos morram, pois você quase não consegue itens de Reviver, tanto porque nem todas as lojas tem esse tipo de Item.

    Não me entenda mal, essa é só Minha Opinião, Não estou dizendo pra ninguém concordar comigo, Eu gosto muito desse Jogo, mas ele tem Sim problemas e quase me afastaram a primeira vez que fui jogar ele, tendo em vista que foi lançado pro Super Nintendo, mesma época de FF6, CT e entre outros RPG’s, que não tem esse tipo de coisa!!

    ..

    Por fim, é um Jogo com alguns deméritos chatinhos, mas que a Nostalgia acaba falando mais alto, por ter toda aquela pegada de Turminha de Crianças que vão Derrotar os Monstros e Salvar todo Mundo, com aquele feeling de Goonies, Conta Comigo, ET e Monster Squad, bem característico, é quase um Filme do Spielberg hehe, e isso é algo Sensacional, só que infelizmente também é um jogo completamente esquecido pela Nintendo, MAS, por sorte os Fãs sempre conseguem deixar a Chama dele Viva e Acessa, e que sem dúvida vai durar por Muitos Anos!! :)

    19
    • Micro picture
      rax · about 5 hours ago · 2 pontos

      Parabéns pela zerada.

      Esse ainda está entre meus RPGs favoritos apesar de não ser 10/10 (tem defeitos como você os citou),tem muito o que elogiar também como os temas que ele aborda,desenvolvi e os momentos loucos, e os detalhes inesquecíveis e criativos/diferenciados que não se teve a abundância nos RPGs de SNES (posso estar enganado,mas não foram muito RPGs que foram diferenciados em passar o game em um universo mais "realista",a princípio) até hoje o torna um clássico.

      Gosto muito do Mother 3 também mas ainda fico com Earthbound sem dúvidas.

      4 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · about 4 hours ago · 2 pontos

      Parabéns por terminar!

      Earthbound é um dos poucos RPGs de SNES que eu detestei jogar. Concordo que ele tenha gráficos lindos, um worldbuilding animal e um final boss memorável (já que parece que a tela ficou possuída e quer te matar), mas o combate arcaico, o protagonista ficando com saudade de casa até o lvl 70, as piadinhas que o jogo faz a custo do gameplay (tipo a bicicleta que só serve pra um personagem, a insolação e aquele STATUS COGUMELO QUE ME DÁ NOS NERVOS SÓ DE LEMBRAR), o gerenciamento de itens doente, o excesso de grinding num sistema de combate lento, entre várias outras coisas inconcebíveis de se existir num jogo de 1994, o mesmo ano que FFVI saiu.

      E, depois que eu joguei GOD e Mother 3, até esqueço que esse cara existe, ahauihauha

      6 replies
    • Micro picture
      kipocalia · about 2 hours ago · 1 ponto

      Eu acho inventário limitante até interessante, eu terminei esse jogo e achei de boas isso XD

  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2020-10-19 11:32:52 -0200 Thumb picture
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2020-10-18 12:29:07 -0200 Thumb picture
  • 2020-10-18 12:28:55 -0200 Thumb picture
    Thumb picture
  • 2020-10-17 18:26:54 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Desafio: Como se fosse a primeira vez

    Um @desafio que @gusgeek me marcou que consiste basicamente em...

    - Citar pelo menos 3 jogos em que a primeira experiência foi muito impactante, devido à descobertas ou emoções que despertaram e que se você fosse jogar de novo, não teria a mesma surpresa de antes (é aquele jogo que dá até vontade de esquecer só pra ter a primeira experiência de novo).

    - Marcar alguns amigos pra participar também

    Vamos lá:

    The last of us/ The last of us part 2

    Os dois jogos para mim são fenomenais e eu adoraria ter mais uma vez a primeira experiência com ambos, aquela experiência que deixa sufoco, felicidade e contemplação após a primeira jogatina. O começo de The last of us 1 é uma verdadeira aula de prólogo, mostrando que menos é mais, e seguindo a risca as regras de qualquer bom roteiro: seu personagem precisa ser gostado logo de início, ainda que ele não seja a melhor pessoa do mundo, e nada melhor do que fazer o espectador sofrer junto com ele, e como sofri kkkk(comentei isso pq estou desde Agosto estudando roteiro kkkk, a gente começa a perceber as coisas).

    Metal Gear Solid 3

    Que jogo maravilhoso! Lembro de comprar ele na feirinha, piratão, perto de casa, não funcionou kkkkk, aí fui lá trocar e tinha outro igual, dessa vez foi, e o resto é história! Eu amo as bosses battles desse jogo, os cenários e os dramas, mas o que mais me apaixonei foram as mecânicas de sobrevivência, algo totalmente novo para mim, queria poder experienciar isso tudo de novo, com aquela velha inocência, que me fazia querer ver a Eva despida kkkkkkkk.

    The Legend of Zelda: Ocarina of Time

    Esse não tem muito o que dizer, é óbvio demais, meu jogo preferido da vida, desvendar tudo de novo, pela primeira vez, seria mágico, cada pedacinho, cada segredo, e ouvir pela primeira vez, aquela velha Ocarina...

    Desafio todos a fazerem kkkkkk

    The Legend of Zelda: Ocarina of Time

    Platform: N64
    15221 Players
    342 Check-ins

    23
    • Micro picture
      gusgeek · 2 days ago · 2 pontos

      Ótima lista, TLOU <3 preciso muito jogar o 2
      MGS3 também preciso re-jogar!!
      Ocarina <3

      2 replies
    • Micro picture
      rax · 2 days ago · 2 pontos

      MGS3 é um que seria um sonho "esquecer" da experiência que tive com esse game para vivenciar o game.Curti tanto que platinei e chorei 2 vezes.Uma na zerada e na segunda na platina.Foi incrível.

      The Last of Us 1 até hoje não joguei,mas eu não sei se eu iria curtir sinceramente.

      E Ocarina vou ficar quieto aushaushuahsu-q

      3 replies
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 2 days ago · 2 pontos

      A sua primeira menção também será a minha...
      Épico ❤️
      Clássico duma incrível narrativa gamer

      2 replies
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2020-10-16 18:40:57 -0300 Thumb picture
    24
    • Micro picture
      gradash · 3 days ago · 2 pontos

      e trabalhoso

    • Micro picture
      jcelove · 3 days ago · 2 pontos

      Que massa, sk em todo indieverso.hehe

  • 2020-10-16 16:34:05 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
  • 2020-10-16 14:41:01 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    'Sandra Vivienne' Music Story

    Para quem gosta de música asiática, ligar o rádio em Sleeping Dogs tem uma gostinho extra! 

    Aqui conferimos a tradução completa de uma das trilhas, a música "Yellow Fever" de Vivienne Lu, do arco de Sandra Vivienne que é onde corresponde as cenas do clipe, que não é uma AMV mas ilustra até bem o "flerte" da melodia, rs.

    @clips @game_music

    Sleeping Dogs

    Platform: PC
    2359 Players
    68 Check-ins

    20
  • le Leandro Santos
    2020-10-15 12:54:36 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    The Making of Monkey Island

    Ainda não assisti, não, mas já vou deixar aqui pra quem se interessar.

    Aliás, o canal parece bem interessante também. Até me inscrevi. A voz do cara é igualzinha à do Nostalgia Nerd. Até achei que fosse ele narrando esse vídeo específico, antes de assistir a trechos de outros vídeos pra confirmar que era a voz do dono do canal mesmo.

    The Secret of Monkey Island

    Platform: PC
    227 Players
    15 Check-ins

    21
    • Micro picture
      msvalle · 4 days ago · 2 pontos

      Que bacana! Obrigado por compartilhar.

    • Micro picture
      rax · 4 days ago · 2 pontos

      Tenho interesse em ver.É um dos meus games favoritos.obrigado por compartilhar

  • 2020-10-15 13:43:17 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...