2019-04-29 21:20:37 -0300 2019-04-29 21:20:37 -0300
andre_andricopoulos Elton Gradash

"BAFÃO"!!!

Eu sempre previ isso... (obs: são apenas suposições e não afirmações 😉)

Numa era em que PC, consoles e dispositivos móveis coexistem com o mesmo propósito, muitos especulam como será o futuro num mundo em que serviços de streaming são dominantes. Somando esse cenário a outros fatores, vários jogadores podem abandonar o PC tal como conhecemos e migrar para os consoles, prevê o analista Jon Peddie em sua empresa de auditoria de mercado, a JPR.

Na verdade, de acordo com o especialista, cerca de "20 milhões de gamers" podem escolher o sofá e a TV em vez da cadeira e do PC até 2022, quando serviços como Apple TV e Google Stadia, que promovem a jogatina via nuvem, podem estar bem instalados na indústria – e, portanto, colocariam o hardware do PC em xeque. Mas essa não seria a única razão.

O mercado de PC continua a declinar por causa das inovações que apareceram no passado, oferecendo avanços e coisas novas, além dos momentos de introdução desses produtos se esticando por quatro anos. (...) Não é uma situação de pânico e o mercado de GPUs continua a gerar um volume incrível. No entanto, há forças em curso que prevemos pavimentar alguns dos negócios em displays de TV e serviços de gaming associados", avaliou o analista.

As tais "forças em curso" mencionadas por Peddie podem se traduzir em novos consoles, novos serviços e um ecossistema cada vez mais "integrado" à vida do consumidor, além, é claro, de títulos que são lançados exclusivamente aos sistemas da Microsoft, da Sony e da Nintendo, por exemplo. 

Mais a fundo, as melhorias em painéis de TV constituem um fator que, somado ao restante, pode convencer o consumidor a adotar esse lado (o dos consoles) no longo prazo.

O que você acha? Converse sobre o assunto aqui embaixo, no campo destinado aos comentários.

Super 8-Bit Collection: The 143 Best Videogames of ALL Time

Platform: NES
Players

27
  • Micro picture
    gradash · 9 months ago · 4 pontos

    TODA a mudança de geração vem a MESMA ladainha de um completo imbecil que não sabe nada do que está falando.

    Primeira coisa que é preciso entender que jogador de PC na REALIADADE está cagando para FPS e resolução ou gráficos absurdos, estes são uma minoria absoluta na comunidade e estes nunca migrariam já que normalmente eles compram PCs de 10k pra cima.

    Fora estes jogadores de PC curtem liberdade e escolha, coisa que não existe nos consoles. Nos consoles seus jogos não são seus, você não pode modificá-los, você não pode alterar suas configurações gráficas. Não pode mudar tudo do jogo. E isto a maior parte do público de PC vê como extrema importância.

    Depois temos outro caso, o jogador de PC normalmente não se importa tanto com jogos AAA, ele prefere indies e jogos antigos, eu mesmo constantemente estou jogando jogos de 10 anos atrás, as vezes de 20 a 30! E isto é algo que o console não te dá.

    Se esta de console vai matar o PC fosse uma realidade, o fast food teria matado a comida tradicional, pois consoles é uma ótima analogia com fast food, não precisa pensar, não precisa passar dificuldades, não tem opção de escolha fora o que o dono da rede de fast food deixa você escolher.

    E eu prefiro comida caseira.

    15 replies
  • Micro picture
    manoelnsn · 9 months ago · 4 pontos

    Tá ficando cada vez mais caro manter um PC. Não sei se o segmento de PCs masterrace vai sumir, mas creio que ele vá ficar cada vez mais limitado a um nicho específico, já que além de serem mais caros que consoles, são mais complicados de configurar e usar também.

    Eu queria um PS4 esse ano, mas acabei escolhendo o PC porque adoro a customização que a plataforma oferece, sem contar que uma limpeza aqui e ali, ou uma troca de peças eu mesmo posso fazer sem muitos problemas.

    14 replies
  • Micro picture
    gradash · 9 months ago · 4 pontos

    AH! E sobre o mercado de PC declinar, isto é uma falácia FUDIDA.
    Na real meia verdade. O mercado de PC gamer está em crescimento a nível absurdo. Coisa que nem tem como comparar com consoles, o próprio Steam SOZINHO tem uma base instalada maior que todos os consoles somados. O que está declinando no mercado de PC é dos PCs da XUXA, aqueles que vendam em loja de geladeira que mal conseguiam acessar internet, e as pessoas que estão abandonando eles não compram consoles, compram smartphone.

    Na real o mercado de consoles que está declinando, lentamente mas ele vem reduzindo em números absolutos ano a ano.

    3 replies
  • Micro picture
    le · 9 months ago · 3 pontos

    Ah, esses analistas. Devem ter sido os mesmos que previram que os celulares, a essa altura, já teriam matado o PC, os portáteis e os consoles.

    O problema dessa galera é que eles não são jogadores, não entendem o meio, não entendem o que o público procura.

    Geralmente, é gente de tecnologia em geral. Aí o cara acha que é a mesma coisa que a galera abandonando câmera e MP3 player porque tem tudo no celular.

    2 replies
  • Micro picture
    santz · 9 months ago · 3 pontos

    Fato que o PC Gamer cabuloso é mais caro que um videogame, mas o PC oferece muito mais liberdade que os videogames aos poucos vão implementando.

  • Micro picture
    rshadowss · 9 months ago · 2 pontos

    Se o futuro dos games são esses serviços de streaming da Google e Apple, vou parar na próxima geração, mas acho muito difícil "acabar" com os PC gamer, ainda mais por conta desses cof cof "consoles", até mesmo os consoles (os de verdade) eu achava difícil de acabar com os PCs, quem dirá esses de streaming.

    1 reply
  • Micro picture
    fabiorsodre · 9 months ago · 2 pontos

    Pc só uso pra trabalhar atualmente.

    1 reply
  • Micro picture
    realgex · 9 months ago · 2 pontos

    Eu tenho os dois mundos, um One (o Fat), fora uma panelada de videogames mais antigos, e um PC (notebook, que dá pra jogar algumas coisas relativamente novas, como Street V por exemplo). Os dois mundos são ótimos, um pela praticidade, outro pela magnitude alcançada. PC é um pouco complicado manter ele atualizado pra rodar tudo no máximo, mas eu já passei dessa fase de "...só jogo se tiver tudo no máximo". Então eu acho o seguinte: não tem dessa que uma plataforma ou hardware vai engolir o outro no futuro. Vão coexistir os 2 mundos na boa.

    1 reply
  • Micro picture
    natnitro · 9 months ago · 2 pontos

    E o mais louco é ver como as coisas as vezes fogem da expectativa, ainda mais que foi justo hoje que o tio Gabe anunciou que a Steam chegou a um bilhão de contas criadas, com uma média de 90 milhões de usuários ativos mensais, o que é muito mais do que MS, Sony e Nintendo juntas até agora... o_O
    Já o pc provavelmente não vai pra escanteio tão cedo por causa de uma coisinha que vai bem além de gráficos e fps, que é a liberdade de mercado, já que é a plataforma que tem mais lojas e mais ofertas de jogos a preços bem mais baixos do que os consoles, tanto que um xone hoje está ai nos R$1.5K mas em compensação esse preço mal vai pagar uns 8-10 jogos novos, enquanto quem se for gastar isso numa summer sale da steam ou da nuuvem e cia, vai ter jogos pra passar uns 5 anos sem repetir nenhum tranquilamente... xD

    2 replies
Keep reading → Collapse ←
Loading...