• salvianosilva Salviano Silva
    2019-02-08 13:16:44 -0200 Thumb picture
    59
  • scarthnite Roberto Paggi
    2019-02-07 20:47:53 -0200 Thumb picture
    scarthnite fez um check-in:
    <p>Primeiro jogo de 2019 zeradinho(sem contar jogos - Alvanista

    Primeiro jogo de 2019 zeradinho(sem contar jogos repetidos, como Crash Trilogy e Bastion)

    Meio tarde pra ainda ser o primeiro, mas andei tão ocupado antes que só agora dei uma respirada melhor

    22
    • Micro picture
      roberto_monteiro · 10 dias atrás · 2 pontos

      Zeldinhaaaa, e um dos mais top!

      2 respostas
    • Micro picture
      filipessoa · 10 dias atrás · 2 pontos

      Parabéns! Meio tarde? E eu que não zerei nenhum até agora ksksks mas vamos que vamos!

      1 resposta
    • Micro picture
      santz · 10 dias atrás · 2 pontos

      Meu Zelda favorito. Parabéns pela conquista. Pegou todos os itens ou todos os corações?

      1 resposta
  • alvaroluiz Alvaro Luiz
    2019-01-26 15:10:43 -0200 Thumb picture
    alvaroluiz fez um check-in:
    <p> Bom Pessoal lembram do Super Castlevania IV que - Alvanista

    Bom Pessoal lembram do Super Castlevania IV que estava jogando? Zerei a alguns dias ai! Achei o jogo muito foda! Com niveis legais e chefes memoráveis! No ultimo level tive que enfrentar quatro chefes um atras do outro kkkk, uma caveira bicuda com uma lança, um gargula voador vermelho, a morte e por ultimo o  Draculão!... Agora estou jogando o The Legend of Zelda a Link to the Past, acabei de pegar os três pendantes que estavam em três dungeons por  o mapa de Hyrule  e consegui a Master Sword! Consequentemente a nevoa escura saiu da floresta... Porém a princesa Zelda que estava escondida de boas no Santuário foi sequestrada... Tô adorando esse jogo! Meu primeiro Zelda.

    12
    • Micro picture
      manoelnsn · 22 dias atrás · 1 ponto

      A Link to the past é duca demais!

      3 respostas
    • Micro picture
      santz · 21 dias atrás · 1 ponto

      Fez uma ótima escolha para o primeiro Zelda. Também foi o meu :D

  • luis_carlosblj Luis Carlos Bernardes
    2019-01-16 18:13:54 -0200 Thumb picture
    <p>Fonte: <a href="https://bit.ly/2APIDv8?fbclid=Iw - Alvanista

    Medium 611022 3309110367

    Fonte: http://bit.ly/2APIDv8
    -

    43
    • Micro picture
      porlock · 1 mês atrás · 2 pontos

      eitaaaaaa

    • Micro picture
      marlonildo · 1 mês atrás · 2 pontos

      Nunca que eu ia descobrir isso jogando

    • Micro picture
      manoelnsn · 1 mês atrás · 2 pontos

      muito louco, hauhaua

  • danielretrolevel Daniel Lunas
    2019-01-11 15:42:18 -0200 Thumb picture
    <div>Venha conhecer o modo INVERTED de Zelda a Link - Alvanista

    Venha conhecer o modo INVERTED de Zelda a Link to the Past Randomizer, começando pelo Dark World.. um desafio muito maior que o habitual.

    https://streamcraft.com/user/2012101173

    4
  • danielretrolevel Daniel Lunas
    2019-01-08 17:44:42 -0200 Thumb picture
    <div>Opa a live começou mais cedo hoje!! Bora lá cu - Alvanista

    Opa a live começou mais cedo hoje!! Bora lá curtir o primeiro game do dia, que na sequência tem BOF!!! Só vamo.

    https://streamcraft.com/user/2012101173

    2
  • 2018-12-28 02:38:38 -0200 Thumb picture

    Top 10 2018

    Com o ano de 2018 acabando e revendo os jogos que fiz check-in no Alvanista, decidi fazer uma lista do meu top 10 desse ano. Claro que em 2018 zerei muito mais jogos, mas vou compilar nessa lista apenas os jogos os quais fiz check-in na rede, pra dar uma organizada e filtrar melhor a lista.

    10º lugar - Skullmonkeys (PS1)

    Aí está um jogo que me surpreendeu positivamente nesse ano. Fazendo uso daquele humor nojento, com referências a peidos, vômitos e etc., Skullmonkeys é um jogo de plataforma ousado, que se utilizou de um estilo de rolagem lateral 2D em uma época onde o 3D era a grande inovação e o futuro dos jogos.

    Competente no que se propõe (e MUITO difícil, principalmente nas últimas fases), Skullmonkeys apresenta uma obra maravilhosa, feita inteiramente de massinha e fazendo uso de stop motion. A jogabilidade pode parecer meio confusa a princípio, mas com pouco tempo acostuma. Uma pérola obscura do PS1 que vale a pena dar uma conferida. Destaque para a trilha sonora do jogo, que juntamente com a arte, são os pontos fortes desse grande título.

    9º lugar - Sunset Riders (Snes)

    Ah, esse jogo... a nostalgia bate forte toda vez que jogo Sunset Riders. Um clássico absoluto de faroeste, com direito a fases clássicas em cima de cavalos, trens e cidades típicas daquela época.

    Sunset Riders é o clássico jogo de Run and Gun, onde o jogador controla um dos quatro caubóis protagonistas do título e corre atrás das recompensas dos maiores bandidos do velho oeste. Relativamente curto, mas bem desafiador (se levar um hit aqui, morre. Sem essa de barra de energia e checkpoints), o jogo pode entreter por horas por ser muito gostoso de se jogar. Sem dúvida nenhuma, um clássico da era dos 16 bits. Quem nunca jogou esse aqui na locadora com um amigo ou em um fliperama?

    8º lugar - Ori and the Blind Forest (PC)

    Maravilhoso. É esse adjetivo que me vem à cabeça ao pensar em Ori. Esse jogo não é apenas um jogo, ele é uma experiência, um deleite visual e auditivo. Um dos poucos jogos em que eu joguei e realmente parava e soltava o controle para apreciar toda a beleza dos cenários e as melodias.

    Carregando um tom melancólico, o jogador assume o papel de Ori, uma pequena criatura de luz que deve salvar seu mundo da escuridão total. O jogo é um metroidvania clássico, onde se devem pegar power-ups específicos para ter progresso e deixar o personagem mais forte. Tudo no jogo salta aos olhos: os cenários são espetaculares e o jogo faz um uso excelente das luzes e sombras para criar uma experiência imersiva e única nos videogames. A experiência sonora também é rica: as melodias do jogo são lindas, algumas são cantadas, e os efeitos sonoros aprofundam ainda mais a imersão do jogador nesse jogo maravilhoso. Com certeza, Ori é um jogo obrigatório.

    7º lugar - Spyro the Dragon (PS1)

    Confesso que sempre carreguei um preconceito besta com os clássicos do PS1, não sei nem por que. E ao jogar Spyro, eu pensei "porque que eu nunca tinha jogado isso antes?".

    Zerei apenas o primeiro da trilogia até agora, mas já estou ansioso para jogar os outros. Pra quem gosta de coletar tranqueiras, Spyro é um prato cheio. As fases variam bastante em temáticas, com fases em florestas, castelos, no céu e fases com tempo também. A missão aqui é libertar os dragões que foram aprisionados em estátuas e derrotar o grande vilão do jogo, Gnasty Gnorc. Junto com as estátuas, o jogador deve coletar também joias e ovos, espalhados pelas fases. E se quiser completar o jogo de verdade, deve passar pelas fases chatas de voar...

    6º lugar - Iconoclasts (PC)

    Mais um "metroidvania" na lista, e um dos melhores, na minha opinião. Sempre ouvi falar bem de Iconoclasts, mas nunca tinha jogado de verdade. E depois de jogar, vi o quanto o jogo realmente é bom.

    Iconoclasts não é apenas um joguinho de plataforma e ação bobo, onde você deve apenas coletar power ups e avançar no jogo. Ele vai além disso. Assim como Ori, Iconoclasts imerge o jogador em uma história densa, cheia de nuances e com personagens profundos e bem trabalhados. Aqui, a história faz parte da experiência e frequentemente põe o jogador para experimentar diferentes sentimentos. Uma hora você adora um personagem, outra hora o odeia; aquele vilão que parecia 100% caótico e mal só por ser mal mesmo na verdade tem um propósito por trás de tudo, e por aí vai.

    A jogabilidade é ótima e muito bem trabalhada. O jogador conta com uma arma para atirar à distância e uma chave de fenda para abrir portas e atacar de perto. Sim, uma chave de fenda. Robin, a protagonista do jogo, é uma mecânica. Mas tem um detalhe: mecânicos são proibidos neste mundo, porém isso não a impede de lutar e ajudar seus amigos em situações de perigo. Sem dúvida, Iconoclasts me surpreendeu por sua profundidade e por ser um jogo muito divertido.

    5º lugar - Gunstar Heroes (Mega Drive)

    E aqui está ele: meu jogo preferido do Meguinha. Como eu queria ter jogado esse jogo naquela época áurea dos 16 bits... ainda bem que existem os emuladores pra dar uma força.

    Assim como Sunset Riders, Gunstar Heroes é um run and gun. A diferença aqui é que o personagem conta com uma barra de energia e pode levar mais hits antes de morrer. Mas a cereja do bolo que faz Gunstar ser uma pérola é a infinidade de combinações de armas que podem ser feitas no jogo. Isso faz com que GH seja um jogo muito bom de se jogar, pela alta customização de gameplay que pode ser feita. Mas não pense que o jogo é fácil. Apesar das diferenças, Gunstar Heroes ainda é um run and gun, então espere toneladas de inimigos na tela e chefes bem complicados.

    4º lugar - Cuphead (PC)

    O famoso "Dark Souls de tiro" que muita gente costuma falar. Apesar de difícil, Cuphead é um jogo o qual todos devem dar uma chance e jogar.

    Mais um run and gun nessa lista, Cuphead é um jogo de boss battles. Cada chefe exige uma estratégia diferente e alguns realmente são bem cascudos (aquele dragão quase fez eu jogar o controle na parede algumas vezes...). Porém, o jogador tem vidas infinitas e pode tentar quantas vezes quiser, e alguns chefes são tão previsíveis que fica fácil derrotá-los ao descobrir os padrões. A arte do jogo é magnífica, toda desenhada a mão e inspirada nos desenhos clássicos da década de 30. A trilha sonora também é espetacular, toda orquestrada e também inspirada naquela época. Cuphead é, atualmente, um dos meus jogos favoritos por ser uma obra fantástica nos videogames.

    3º lugar - Mega Man X3 (Snes)

    Ok, eu sei que na lista eu coloquei jogos bem mais robustos e bonitos do que Mega Man X3, mas esse aqui tem um lugar especial no meu coração por ser meu Mega Man X favorito.

    Na época, já havia jogado o primeiro título e me maravilhado com a experiência e a jogabilidade fluida e a ação frenética do robozinho azul. Mas ao pegar pra jogar o X3, que tinha mais coletáveis e além disso oferecia a possibilidade de jogar com o Zero, eu pirei. Controlar o Zero foi algo fantástico na época. Na minha percepção de criança, aquilo era algo sensacional, controlar o Zero! 

    Até concordo hoje em dia que o primeiro é um clássico absoluto e o preferido de muita gente, mas o terceiro me marcou de uma maneira profunda. Gosto de tudo no jogo: os chefes, as músicas, os coletáveis... Na minha opinião pessoal, o melhor da série. Mas a série X por inteiro (ou quase por inteiro, né X7?) é fantástica, e qualquer jogo que se pegue pra jogar vai trazer uma experiência ótima de jogo de plataforma (exceto o X7... passe longe dele).

    2º lugar - Another Metroid 2 Remake (PC)

    Um jogo de fã tão bom quanto os títulos oficiais. Ainda não joguei o remake oficial do Metroid 2 pro 3DS, mas esse aqui pra mim conta totalmente como o oficial, com relativa facilidade.

    O jogo começou como um projeto de uma pessoa só, e logo ganhou apoio de uma equipe. AM2R é a recriação perfeita do segundo título da série, usando os mesmos gráficos dos Metroids de GBA. A sensibilidade dos criadores com o projeto é algo maravilhoso e tudo foi trabalhado de forma espetacular, entregando uma adaptação digna de ser tratada como oficial para os fãs da série. Uma pena que a série Metroid seja da Nintendo, que tem fama de ser altamente sacana com quem faz obras fan-made com suas criações, e ameaçou os criadores com o famoso processinho se não tirassem o projeto do ar. Se os caras fizeram essa obra prima de forma amadora, eu nem imagino o que conseguiriam fazer com recursos apropriados e uma equipe maior. Sem dúvida, um jogo que supera de longe o original e pra mim um dos melhores de toda a série.

    1º lugar - The Legend of Zelda: A Link to the Past (Snes)

    Na minha humilde opinião, o melhor título dessa série fantástica. Um título icônico, jogado com frequência até hoje.

    O que falar de ALttP que já não foi falado exaustivamente em reviews, vídeos e etc? O jogo é um clássico absoluto do Snes e dos videogames no geral, sendo o terceiro título da série Zelda a ser lançado. A história é boa, os gráficos são cativantes e as músicas, marcantes. O jogo melhorou e consolidou a jogabilidade dos Zeldas com visão isomérica, além de trazer um novo frescor à série depois do segundo título.

    O jogo é basicamente um jogo de exploração, onde o jogador deve percorrer diferentes áreas de um mapa atrás de itens chave que servem para derrotar monstros em dungeons e avançar no progresso do jogo. O fator exploração aqui, inclusive, é algo extremamente prazeroso de se fazer. Cada nova área descoberta instiga o jogador a fuçar cada cantinho do mapa e das dungeons atrás de corações e itens. Dá pra passar horas e horas andando pelo mapa sem ficar entediado ou perder a vontade de jogar.

    Pra mim, como já dito, o melhor da série. Jogo até hoje, com todo prazer, como se fosse a primeira vez. E continuarei jogando essa obra prima do Snes durante anos e anos a fio.

    -----------------------------------------------------

    Menções honrosas:

    Banjo-Kazooie (N64)

    Final Fight (Snes)

    Streets of Rage (Mega Drive)

    Mega Man (Nes)

    Blaster Master (Nes)

    Super Mario World (Snes)

    Ristar (Mega)

    DuckTales (Nes)

    Pokémon Red Version (GB)

    Ninja Gaiden (Nes)

    13
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 2 meses atrás · 2 pontos

      Obras primas: SUNSET RIDERS, SPYRO, GUNSTAR HEROES e MEGAMAN X...

      1 resposta
    • Micro picture
      mastershadow · 2 meses atrás · 2 pontos

      Zerei Skullmonkeys esse ano tbm, pela primeira vez...que jogão né, a trilha sonora me surpreendeu demais mesmo, é ótima e original demais.

      1 resposta
  • luis_carlosblj Luis Carlos Bernardes
    2018-12-10 15:06:17 -0200 Thumb picture
    <p>Fonte:&nbsp;<a href="http://bit.ly/2SC1a4p">http - Alvanista

    Medium 602639 3309110367

    Fonte: http://bit.ly/2SC1a4p
    -

    30
    • Micro picture
      le · 2 meses atrás · 2 pontos

      Tem vários jogos japoneses que usam esse peixe-gato dos terremotos. Lufia II é outro.

      1 resposta
    • Micro picture
      onai_onai · 2 meses atrás · 2 pontos

      Interessante...

  • luis_carlosblj Luis Carlos Bernardes
    2018-11-30 13:32:18 -0200 Thumb picture
    <p>Fonte:&nbsp;<a href="http://bit.ly/2Qp2nyN">http - Alvanista

    Medium 600715 3309110367

    Fonte: http://bit.ly/2Qp2nyN
    -

    Finalmente um dia chuvoso aqui em Fortaleza <3
    Não existe dia melhor para dar uma jogadinha...

    Também tá chovendo onde o @onai_onai mora rsrs

    31
    • Micro picture
      zandryx · 3 meses atrás · 2 pontos

      Estou no trabalho mas a cabeça lá em ksa, na minha cama, doido p estar la jogando com o barulho da chuva no telhado, por sinal está um dia lindíssimo aqui em Fortal mesmo

    • Micro picture
      caramatur · 3 meses atrás · 2 pontos

      Aqui em SP choveu muuuuito hj

  • 2018-11-30 01:19:28 -0200 Thumb picture
    subzero_amarelo fez um check-in:
    <p>Finalizado <strong>#53</strong></p><p>#img#[6006 - Alvanista

    Finalizado #53

    4

Carregar mais postagens

Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...