This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • thejosephkorso Helton Carvalho
    2019-10-06 19:06:17 -0300 Thumb picture

    Inktober 2019 | Day 6

    Medium 663688 3309110367

    Ufa! Já ia desistir hoje mesmo.

    Quase o dia inteiro pra terminar o que bateu de ideia. Tentando fazer apenas o inking mesmo, nada de pintura. Ainda assim demorou pacas.

    Não reforcei o preto. Pegar segunda-feira uma caneta melhor. Não queria partir pro digital agora.

    @manoelnsn

    21
  • 2019-10-01 22:23:49 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in:
    Post by l_perugia: <p>O último trecho do castelo é realmente um pé no

    O último trecho do castelo é realmente um pé no saco, com partes que oscilam do razoável ao frustrante, principalmente em trechos de plataforma que te arremessam contra os espinhos. Passado essa tentação chegamos a parte mais frustrante, sem sombra de dúvidas de todo o jogo.

    Os lacaios de Drácula;

    Slogra

    Demora um pouco pra decorar seu padrão de ataque, basicamente ele pula em cima de você, e volta e meia lança bolas de fogo com a lança. Perto de morrer ele perde a lança, porém continua pulando e volta e meia dá investidas com o bico que são um pouco mais difíceis de evitar. 

    Gaibon

    Essa gárgula é até mais tranquila que o chefe anterior, ela só voa e lança bolas de fogo, perto de morrer fica vermelha e solta múltiplas bolas de fogo.

    Death

    A morte com certeza é a mais complicada, pois voa freneticamente e arremessa várias rajadas de ar com sua foice, tem um ataque que lança uma mega rajada que circula a tela e caso você se aproxime dela será atraído como um ímã para ela, o que pode ser bem perigoso (ou não). Há alguns pontos bons no mapa para se acertar ela, e até você perceber muitas vidas podem ter sido ceifadas. 

    Por fim temos ele;

    Drácula

    É um chefe frustrante pois além de levar pouco dano, ele possui três formas de ataque conforme vai morrendo, e até aprender a lidar com cada uma com certeza você vai sofrer bastante. Ele se teletransporta o tempo todo pelo mapa e isso é irritante, e como tem de acertá-lo na cabeça você só vai conseguir dar um hit por vez. No primeiro padrão de ataque ele atira poderes em sua direção que ao ser chicoteado se dispersam e podem te atingir. Passado isso, ele começa a invocar chamas vivas que ficam te perseguindo pelo campo de batalha e são muito chatas, é provavelmente a forma mais chata dele. Quando está quase morrendo ele vira uma caveira que segue se teletransportando pelo mapa e atira rajadas de raio do teto, como sempre há pontos cegos essa provavelmente é a forma mais fácil dele. 

    Derrotado basta assistir o final.

    Sim eu usei save state nessa fase, nesses chefes, sabe como é, somos adultos, temos trabalho, temos rotinas, temos de descansar, temos outras coisas a fazer, eu não ia me dar o luxo de ficar sofrendo sofrendo e sofrendo a noite toda.

    Se eu tivesse todo o tempo do mundo a conversa talvez fosse outra. 

    Sobre o jogo, excelente, tanto graficamente quanto em jogabilidade. Peca um pouco por aumentar a dificuldade de forma um pouco injusta na reta final, e a trilha sonora não é lá muito inspirada, mas isso não desqualifica a obra.

    20
  • 2019-10-01 20:45:31 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in:
    Post by l_perugia: <p><strong>O mal não tira folga, então por que tira

    O mal não tira folga, então por que tiraríamos?

    O stage nove começa numa parte alta do castelo aparentemente, muito sobe e desce de escadas e vários trechos de plataformas, os inimigos nesse primeiro estágio da fase são poucos, e esses fantasmas que ficam subindo das profundezas não infringem dano, mas aparentemente retardam os movimentos do personagem. O legal é que há várias pilhas dessas coisas douradas pelo chão que aparentemente são moedas, mas esse Drácula é rico mesmo no fim das contas hein.

    Na segunda parte da fase estamos um pouco mais fundos, visto o background frequente de rochas e tons amarronzados da fase. Aqui os inimigos estão um pouco mais frequentes e há alguns poucos trechos técnicos, mas de modo geral esse stage é bem mais tranquilo que o anterior. O chefe é esse morcego de pedra que fica cagando em cima da gente, quando ele está perto de morrer se divide em três morceguinhos que continuam cagando em cima da gente, um chefe bem  fácil por sinal (assim como todos até aqui). 

    O stage seguinte é chamado de A, não me pergunte o motivo. Ela se passa numa torre cheia de engrenagens que te jogam pra lá e pra cá, hastes para se pendurar, e claro, inimigos pra te derrubar. É o stage mais técnico até aqui, e exige bastante do jogador, confesso que suei o bigode. 

    Passado a ralação pegamos mais um trechinho de fase só com inimigos e logo chegamos no chefe; A múmia. 

    É o chefe mais difícil até aqui pois ela pode se teletransportar de um lado para o outro, quando ela está no nível mais baixo provavelmente nenhum dos seus ataques vai te acertar (ela alterna entre arremessar bandanas e bolas de fogo), aproveite para descer a pua. Quando ela se teletransporta para o lado de cima a coisa piora bastante, pois ela pode  e irá de acertar a maioria dos seus ataques. De modo geral se você aproveitou para causar muito dano no inicio da batalha, não terá grandes problemas.

    10
    • Micro picture
      seufi · about 2 months ago · 1 ponto

      "Suei o bigode"...

  • 2019-09-26 21:20:48 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in:
    Post by l_perugia: <p><strong>A jornada contra o mal continua</strong>

    A jornada contra o mal continua

    O stage sete se começa numa espécie de biblioteca, muitos cavaleiros de armadura, morcegos, um lance de escadas com inimigos complicados como livros voadores e esse bicho que pula aí.

    A fase continua e agora chegamos em uma área com um tom mais azulado e vários quadros esquisitos pendurados, uma parte de plataforma complicada, várias revoadas de morcegos, monstros do carpete e logo chegamos no chefe da fase, essa armadura com machado aí, basicamente ele arremessa o machado em você e uma pira de fogo no chão, utilizei minha estratégia de sempre, sentei a pua freneticamente e venci de primeira.

    O stage oito parece se passar no esgoto, mas pra mim foi o verdadeiro inferno. Olhos voadores, gostas de ácido que caem do teto, e muitos espinhos, muitos mesmo, qualquer toque era morte certa. Foram várias tentativas, muitas vidas perdidas e sempre avançando mais um pouco.

    Sério essa fase é um verdadeiro inferno, me tirou muitas vidas, mas eu estava indo bem, pegando as manhas, avançando com ferocidade a cada nova tentativa, até que no finalzinho da fase eu me deparo com isto;

    Um trecho considerável onde espinhos ficam subindo e descendo do teto, alguns seguem um padrão outros me pareceram aleatórios, e claro, acertou é hit kill. Eu juro que tentei passar na persistência, mas depois de uns cinco game over nessa parte e ter de recomeçar tudo de novo, resolvi apelar pro meu ponto fraco, save state.

    Foram pelo menos 20 tentativas até finalmente conseguir passar, porra Konami!

    O chefe da fase é o Frankstein, a única coisa que sei é que ele pode se multiplicar, do resto só tomou lapada.

    19
    • Micro picture
      vinicios_santana · about 2 months ago · 2 pontos

      O ponto fraco de todos é o save state, mas ele nos salva muitas vezes kkkk

  • 2019-09-17 21:03:49 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in:
    Post by l_perugia: <p><strong>Mais um noite no castelo de Drácula.</st

    Mais um noite no castelo de Drácula.

    O stage cinco começa nesse trecho meio que de jardim abandonado pelo jardineiro, muitas plantas e ervas daninhas pelo cenário, aqui umas espécies de pássaros ficam soltando aquelas pulguinhas infernais em você. Estranhei o fato do tempo para se passar a fase ser muito curto, e quando cheguei na segunda parte da fase já estava sem tempo por ter ficado enrolando e perdi uma vida. Estranho foi perceber que essa é a fase mais curta do jogo, sem chefe, não muito difícil, e dá pra ser em menos de 3 minutos como o tempo sugere.

    No stage 6 parece que realmente de fato, nós estamos dentro do castelo como mostra o mapa. Aqui novos inimigos são apresentados, zumbis, cachorros que correm de um lado pro outro, armaduras que arremessam machados, esqueletos vermelhos que não morrem, mesas de jantar que te atacam, espíritos que dançam, é a coisa está começando a ficar feia. Uma parte legal é a seção de pular pelos candelabros que balançam de um lado pro outro, um pouco difícil, mas é só pegar o jeito que vai.

    Seguimos pela fase, só aprendendo as manhas e os movimentos dos inimigos, nessa reta final é possível morrer a vontade pois você sempre poderá pegar uma vida escondida numa parede, então fica elas por elas e dá uma reduzida na dificuldade geral da fase (tá bom, essa nem é tão difícil assim). O chefe é esse casal de fantasmas dançantes, nem sei qual é a deles, eu ó desci a chibata e os matei, sei que eles dançam de um lado pro outro e podem invocar armas pra te atacar.

    Cara, pausa pros comentários técnicos agora.

    Que gráficos, que gráficos, a Konami não poupou esforços no primeiro Castlevania do Snes, mode 7 a rodo, muitos detalhes, muitas animações, todo um capricho com o jogo.

    O que não tenho gostado até agora é da trilha sonora, está muito aquém de um Castlevania e as músicas não te passam muito feeling, uma pena.

    23
    • Micro picture
      wiegraf_folles_ · 2 months ago · 1 ponto

      Esse é aquele da fanfare depois de chefe?

  • 2019-09-16 22:10:12 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in:
    Post by l_perugia: <p><strong></strong></p><p><strong>Bora retornar pa

    Bora retornar para a nossa cruzada contra o mal, Drácula Awaits!

    O stage três começa numa espécie de caverna, morcegos, homens de barro, estalactites que caem na sua cabeça, gotas que pingam do teto, o pau quebrando e vamos em frente. A segunda parte da fase muda para uma espécie de esgoto (talvez) ou seria uma parte externa do castelo? Não sei, o que sei é que basicamente é uma fase com bicas de água caindo, e muitas plataforma de subida vertical, algumas partes para se pendurar com o chicote e tal, não é difícil.

    A terceira e última parte da fase me fez um pouco de raiva, pois começa com um trecho de plataforma horizontal em cima da água, com blocos que se quebram, e esses homens peixes que ficam atirando jatos d'água para te derrubar. Superado o estresse desse trecho, o a fase se transforma em uma subida vertical não muito difícil onde o maior cuidado provavelmente são os blocos que se quebram. O chefe da fase é essa serpente aquática de duas cabeças, bem tranquila pois não atacam muito, sendo que uma cabeça ataca com três bolas de fogo e a outra com um jato de gás, chicote nela!

    O  Stage quatro começa nesse aparente trecho de castelo em ruínas. As caveiras nas paredes ficam acompanhando o personagem com o olhar, sensacional! Esqueletos são os inimigos mais abundantes nessa parte da fase, eles jogam ossos, saltam de paredes, e alguns possuem até armaduras o que os deixa ligeiramente mais resistentes. Há um subchefe na fase, essa caveira com um verme na boca, ela não é difícil, ela apenas muda de lugar e derruba pedras constantes em cima da gente, desviar das pedras é difícil, o melhor mesmo é ir pra cima e alternar entre chicote e o nosso machado.

    A segunda parte do jogo é uma das mais legais até aqui. A gente se pendura com o chicote enquanto o castelo vai girando. O problema dessa parte é que perdi muitas vidas pois você deve ficar em cima daquela plataforma enquanto cabeças de medusa vem ao os montes para te derrubar. Superada essa parte a seguinte é ainda mais impressionante, vamos seguindo por plataformas que caem enquanto o fundo do castelo (que mais parece uma manilha) literalmente gira o tempo todo, quando cheguei aqui eu falei, Uau! O problema é que esse efeito de mode 7 dá muito slowdown, pelo menos é um trecho bem fácil. 

    A última parte da fase também me deu um pouco de trabalho, pois temos de ir pegando carona em várias plataformas que vão sempre subindo, e você tem de ficar alternando o tempo todo entre elas pra não ser esmagado. Perdi um pouco de vida aqui, mas o bom desse Castlevania é que ele não é punitivo, os continues são infinitos, então você sempre vai poder voltar do início da fase e continuar aprendendo e melhorando sua jogabilidade nela, além disso o jogo possui passwords, então sempre vai poder voltar de onde parou, valeu Konami.

    O chefe real da fase é esse golem de pedra, e na boa a única coisa que ele faz é ficar derrubando tijolos em cima de você, e demorei umas três vidas pra descobrir que existem pontos cegos onde as pedras caem, descoberto isso é só descer o chicote sem dó.

    Até o próximo check-in.

    12
    • Micro picture
      vinicios_santana · 2 months ago · 2 pontos

      Essa fase me dava muita tonteira, mas é muito bem feita mesmo.

  • 2019-09-13 20:50:23 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in:
    Post by l_perugia: <p><em><strong>Bora derrotar Drácula?</strong></em>

    Bora derrotar Drácula?

    O stage 1 começa de forma típica, entrar no castelo, se acostumar com a jogabilidade, primeiros inimigos, primeiros upgrades, mamatinha. Começamos num jardim de dupla camada, onde podemos ir a frente ou atrás das grades, bacana. A música já começa épica como todo Castlevania deve ser.

    Logo entramos no castelo, o jardim esverdeado dá lugar aos tons de cinza e amarronzados dos tijolos. Novos inimigos vão aparecendo, descobrimos pedaços de frango em paredes (não pode faltar) e somos apresentados a uma mecânica inédita até então na franquia (eu acho), agora é possível se pendurar em argolas com o chicote. Seguimos em frente e logo estamos do lado de fora de novo.

    Um pouco a frente entramos numa espécie de celeiro, aqui as cabeças de medusa aparecem na parte alta para te derrubar e consequentemente lhe roubar uma vida. O chefe da fase é esse misto de cavaleiro/cavalo esquelético. O cavalo só cospe bolas de fogo, é só desviar e contra-atacar. Quando ele morre é a vez do esqueleto, que basicamente tenta pular em você, só desviar e revidar, bem fácil para um primeiro chefe como deve ser. 

    O stage 2 começa numa floresta com zumbis que agarram suas pernas. Porém logo ela dá lugar a uma caverna com diversos tatuzinhos rolando pra lá e pra cá. Saindo da caverna pegamos trechos de plataforma numa área pantanosa. 

    O chefe da fase nada mais é do que a medusa, eu achei que ela ia dar trabalho e cheguei sentando o sarrafo sem dó nem piedade, tomei apenas um ataque e a luta não demorou nem dez segundos. O engraçado é que a fase não termina aí, temos mais um pedaço considerável de fase num rio subterrâneo que vai te empurrando sempre pra frente enquanto inimigos e espinhos vão aparecendo um atrás do outro, não é difícil, e depois de um tempinho chegamos ao final da fase.

    25
    • Micro picture
      onai_onai · 2 months ago · 3 pontos

      Acho que esse Castlevania nunca joguei...

      1 reply
    • Micro picture
      vinicios_santana · 2 months ago · 2 pontos

      Esse é bom demais,e usar o chicote em 8 direções ajuda demais

    • Micro picture
      santz · 2 months ago · 1 ponto

      Eu não fui muito surpreendido com esse jogo. A música dessa segunda e da terceira fase é meio paia.

  • 2019-09-09 09:22:07 -0300 Thumb picture

    #181 - Super Castlevania IV [Super Nintendo] 1991

     Com a chegada do Super Nintendo, várias franquias clássicas migraram para os novos 16-bits. O quarto jogo da série traz Simon Belmont novamente no embate antológico contra o vampiro Dracula. O jogo é considerado um remake do primeiro Castlevania. Além dos gráficos caprichados e novos arranjos musicais, com algumas baseadas nas trilha anteriores, a grande melhoria do jogo está na sua jogabilidade. Simon pode alterar o curso do pulo e andar agachado. Ele também pode dar chicotada em 8 direções e ainda adormecer o chicote e fazê-lo girar. A progressão segue o estilo do primeiro jogo, com o mapa do Castelo mostrando a trajetória do herói em fases lineares. O jogo foi desenhado para ser uma experiência mais facilitada para os jogadores da nova geração.

     - O novo Castlevania da série veio com tudo na nova geração. Graças a jogabilidade aprimorada, o controle de Simon está muito mais fácil e isso diminui a frustração de mortes acidentais dos jogos anteriores. O jogo traz as já tradicionais armas secundárias e os níveis agora são lineares, diferentes de Castlevania III. O visual do jogo está espetacular. Os cenários são bem detalhados e os sprites dos inimigos estão assustadores. A trilha sonora, apesar de muito boa, não consegue alcançar a qualidade dos jogos anteriores. no geral, é um jogo de ação e plataforma muito bom e perfeito para iniciar novos jogadores a esse universo do terror.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    @andre_andricopoulos, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @joanan_van_dort, @volstag, @manoelnsn, @shuichi, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @kb, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @rogerlopezx [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    44
    • Micro picture
      leandro · 2 months ago · 3 pontos

      De todos os Castlevanias esse é o meu preferido de todos. E na boa esse OST merecia vir em separado de tão excepcional que é. Jogo 5 estrelas, pelo menos pra mim

      3 replies
    • Micro picture
      raphaelcarvalho · 2 months ago · 3 pontos

      Tenho uma história gostosa com esse jogo...
      Nunca havia jogado na "época" do meu SNES, não joguei depois em emuladores e "deixei pra lá" porque não gostava dos gráficos.
      Agora já adulto, passei a nutrir uma vontade de jogá-lo mas nunca o fazia.
      Então que surgiu a oportunidade de comprar o cartucho mas resolvi deixá-lo quieto para uma ocasião especial.
      Casei, comprei meu apto e, nele, consegui reservar um espaço para fazer minha sala de video game, um sonho realizado.
      A inauguração solene (e íntima, sozinho) da sala foi jogando Super Castlevania IV pela primeira vez na vida, em um SNES, com um cartucho do jogo. <3

      2 replies
    • Micro picture
      thecriticgames · 2 months ago · 2 pontos

      Um dos primeiros jogos do SNES e chegou muito bem na proposta de mostrar a que veio o console, já que foi um dos primeiros games (tirando SMW) que pegou uma franquia ja existente e conhecida no NES e evoluiu ela com as capacidades do SNES pra mostrar o que era evolução de vdd. Acho ele junto do Rondo of Blood e do Bloodlines a trindade dos Castlevanias old school se bem que dentre os 3 o IV é o menos favorito meu.

      1 reply
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2019-08-06 10:56:29 -0300 Thumb picture

    Desafio 1 semana de música!

    Continuando....

    Regras:

    1 - Postar uma musica por dia, durante uma semana, seguindo a seguinte lista:
    Dia 1: Música tema de uma franquia;
    Dia 2: Música tema de jogos específicos;
    Dia 3: Música tema de alguma área/momento aleatório de um jogo;
    Dia 4: Música tema para chefões;
    Dia 5: Música tema de final boss;
    Dia 6: Músicas de encerramentos
    Dia 7: RODADA BONUS: Música completamente a sua escolha, tema de personagem, tela inicial, save room, tela de pause: VOCÊ ESCOLHE!
    2 - Comente em cada um dos dias o por que de estar escolhendo essa música!
    3 - Marque uns três amiguinhos para eles fazerem também.
    4 - Marque o @desafio para que possamos compartilhar suas postagens!!

    ..

    Dia 3: Música tema de alguma área/momento aleatório de um jogo

    Super Castlevania IV tem uma trilha sonora Incrível, mas vou escolher a Bloody Tears por ser a mais Nostálgica!!

    A música do Map C já dá um gostinho do que está por vir..

    E daí começa!!

    ..

    Menção Honrosa para a música do Password que também é muito boa e pouco lembrada!!

    17
  • eduardo_wrzecionek Eduardo Wrzecionek
    2019-07-30 22:18:37 -0300 Thumb picture

    Finalizado

    Pqp meu cacete que batalha  final  mais difícil quase eu levo um game over no final do game. Numa boa o jogo ate que é bonzinho mas o final do game é uma bosta. Tem jogos do Nes que o final é melhor.

      

    8

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...