This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2020-08-16 14:34:24 -0300 Thumb picture

    Grindingcast Drops 009 - Dragon Quest: Your Story

    Nesse drops vamos falar da tão amanda e tão odiada adaptação de uma das series mais importantes do RPG Japonês, vamos falar de Dragon Quest: Your Story.

    Link do episódio:

    https://geekquest.org/2020/08/16/grindingcast-drops-009-dragon-quest-your-story/


    Gostou do podcast? Tem duvidas e Sugestões?

    Deixe sua opinião aqui nos comentários ou deixe seu feedback no link:

    https://geekquest.org/contato/

    10
    • Micro picture
      jcelove · about 1 month ago · 3 pontos

      Pensei q vcs fissem massacrar o filme ja q curtem o jogo e qse todo mundo aqui na Alva que vi fakando dele tetestou. Eu assisti sem saber muita coisa e achei bem rushado mas é meio o que acontece nesse tipo de animaçao e adorei o plot twist. Realmente tinha jeito de ser menos bobo, como mostrar o jogador tirando o cartucho, mas curti o lance do vr, me pegou de surpresa. No final valeu bastante a experiencia e foi um baita incentivo pra jogar o game.

    • Micro picture
      santz · about 1 month ago · 3 pontos

      Olha aí, um cast do filme, massa demais. Eu sou do time que nunca jogou o game, cai de paraquedas e achei o filme super corrido. Até a parte do casamento, estava legal, mas daí contar a história de monte de geração em filme não dá muito certo. Mais para o finalzinho, estava achando mega arrastado. Agora, aquele final, putz, que lixo. Eu pesquei a ideia, mas ficou muito paião. Como que o vírus conseguiu perder a batalha se ele controlava tudo do jogo? Coisas de herói, enfim.

    • Micro picture
      vinicios_santana · 17 days ago · 3 pontos

      Eu sou um terceiro tipo de pessoa não comentado no cast, o que não jogou nenhum Dragon Quest e adorou o filme.
      Ele começar com os sprites foi algo legal pra já me situar num ambiente de video game.
      Consegui me emocionar com a morte do Seu Madruga, mesmo com pouco tempo de tela dava pra ver o quanto ele era um pai carinhoso e o sacrifício dele foi bem feito graficamente.
      O desenrolar do filme foi algo bacana, entendi a passagem do tempo e apesar de não ter jogado nenhum Dragon Quest, já joguei outros RPGs e sei o quanto é complicado comprimir 100 horas de jogo em um filme de 1 hora e meia.
      Até o momento do resgate da mãe, o filme era 10;10 pra mim.
      Assim que o vírus apareceu, foi como um balde de água fria.
      Achei viajado demais.
      Antes o final fosse apenas uma tela de tv de tubo se deligando e a tela abrindo, revelando um Superfamicon com o jogo, enquanto a criança que jogava deita no tapete e faz algum comentário filosófico, que logo é interrompido pelo grito estridente de seu amigo o chamando para brincar.
      O filme me deu muita vontade de jogar esse Dragon Quest em específico e o podcast só ajudou.

  • 2020-08-02 19:25:35 -0300 Thumb picture
  • _gustavo Luis Gustavo Da Luz
    2020-07-12 10:08:28 -0300 Thumb picture

    Desafio dos Favoritos

    Fui desafiado pelo @manoelnsn e pelo @jcelove a fazer esse top, aqui estão as regras !

    Criar um TOP 5 jogos favoritos em 15 tópicos, ou dos seus 5 jogos em 15 motivos pré divididos assim:

    5 destes tópicos para o favorito, para o 1° lugar

    4 para o 2° lugar

    3 para o 3°

    2 para o 4° colocado

    e 1 para o 5°.

    Se ficar complicado basta seguir o exemplo de quem lhe desafiou.

    REGRAS:

    Copie e cole o texto até então, marque a persona @desafio e desafie mais 3 pessoas e não estenda demais o seu post pra não virar uma verborragia de elogios, dai a quantidade de tópicos já contada (é legal falarmos dos nossos favoritos eu sei :) ) mas po lota de imagens, já que só cabem 10 por posts mesmo).

    __________

    Pois bem, fazer um JRPG edition, a ordem dos 5 se mistura, coloquei na verdade de acordo achava mais fácil citar a quantidade de tópicos pra eles, tem um que joguei pouco até agora e outro que faz anos que não jogo. Bora lá

    -------------

    5 - Octopath Traveller 

    * Esse é o game que joguei pouco até agora mas que se já se mostrou excelente em poucas horas. E prova que a Square pode resgatar o estilo clássico de JRPG e ainda modernizar os games fazendo bem feito se ela quiser.

    4 - Dragon Quest V: Hand of the Heavenly Bride

    * Faz muito tempo que não toco em DQV mas o game tem personagens e um enredo tão bons que mesmo a décadas ainda lembro de vários detalhes dela.

    * Eu considero o ápice pra quem quer uma experiência definitiva dos DQ Clássicos. Sistema de combate  em primeira pessoa, grind e até um pouco de pokémon com o sistema de domar monstros pra lutarem com você

    3 - SMT Persona 4

    * Que voltou a ser o jrpg do momento. CSI escolar com Dungeon Crawler que deu muito certo.

    * O game acerta muito em encaixar o jogador dentro daquele mundo de Inaba fortalecendo as relações dos personagens com o jogador

    * Já elogiei várias vezes a trilha sonora que faz qualquer metaleiro headbanger ficar cantando Heartbreaker no chuveiro.

    2 - Ys Origin

    * Dificil de escolher apenas um Ys. Origin trouxe o sistema que foi usado no remake do terceiro melhorando algumas arestas.

    * Origin mostra que, apesar de ser o principal personagem, Ys também funciona sem o Adol.

    * Boss battles que tem um bom equilíbrio de dificuldade, indo do passeio no parque até o me internem num hospício.

    * A OST característica da Falcom marca presença forte do inicio ao fim com algumas das melhores tracks da série.

    1 - NieR Automata

    *Venha pela bunda, fique pelo resto.

    * Sistema de combate delicia da Platinum com bastante customização de skills e uma boa variedade de armas que não são entregues de mão beijada pro player.

    * Enredo que só o doido do Yoko Taro seria capaz de criar. Com vários finais diferentes.

    * Da boas opções para quem prefere se focar no gameplay ou no enredo 

    * Pra não dizer que não falei pontos negativos em nenhum. Ainda tem gente que reclama do desempenho da versão do PC

    __

    Desafio cumprido, acredito que grande parte já foi convocada, quem quiser fazer sinta-se a vontade /o/

    46
    • Micro picture
      igor_park · 3 months ago · 2 pontos

      Eu vim pelo gameplay mesmo kkkk

      1 reply
    • Micro picture
      rax · 3 months ago · 2 pontos

      "Venha pela bunda,fique pelo resto" 😆😆😂😂😂😂

      2 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · 3 months ago · 2 pontos

      Rapaz, foi uma lista cheia de RPG, hein? Octopath eu não esperava, nem sabia que tu tava jogando, ahuahua

      Persona 4 é o melhor desses personas de escolinha, DQV é legal (apesar do DQ3 e DQ8 ainda serem meus preferidos), Ys tenho que criar vergonha na cara e jogar e Nier Automata é um hack and slash legal... E tem uma bela bunda, ahuahua

      2 replies
  • 2020-04-14 21:08:18 -0300 Thumb picture

    Dragon quest Your story | Review

    Esse video é um review do filme Dragon quest your story disponivel na Netflix ლ(ಠ▃ಠლ)

    ⭐Se torne um apoiador do canal: https://apoia.se/madrugatina

    ⭐Compre na GOG: https://bit.ly/2icWL7n

    ⭐Fale com o Radnas (✌゚∀゚)★

    ⭐Facebook : http://on.fb.me/1bsuAp7 ☜═㋡

    ⭐Twitter: http://bit.ly/1b0Qvns ☜═㋡

    ⭐Alvanista: http://bit.ly/1i3LShz ☜═㋡

    ⭐Instagram: https://bit.ly/2qxixa4 ☜═㋡

    ⭐Grupo do canal no facebook: http://on.fb.me/1dabXMk ☜═㋡

    ⭐Discord: https://discord.gg/SBkSSyb ☜═㋡

    ⭐Steam: http://bit.ly/steamradnas ☜═㋡

    ★ =^.^= ★

    Obrigado por assistir manolos, são vocês que nos dão força para fazer os vídeos o/ Cliquem em gostei, se inscrevam no canal e adicionem os vídeos aos favoritos, isso nos ajuda demais *o* até a próxima o/

    5
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2020-02-18 19:53:29 -0300 Thumb picture

    Vi o filme também - DQ Your Story

    "Tá e daí seu mané?"
    Bem, sei lá, quis comentar também...

    O @manoelnsn costuma ser meu crítico (no sentido de criticar e não de elaborar uma análise) preferido na hora de descer o cacete em algo quando é com crítica (aqui no sentido construtivo da coisa), então podem ler o que ele postou abaixo (nas postagens mais antigas desse jogo) que compartilho de boa parte de sua opinião.
    Pra não me estender: até que achei bonita a animação, a Square sabe fazer cenas de batalha como ninguém e a trilha é bem da hora (basicamente a do jogo).
    Ah, filme tem esse problema de querer englobar uma história grande, o que fica corrido e esquisito como em muitas adaptações.

    gif

    Spoilers
    A supressão de um dos gêmeos achei bem palha.
    A famigerada "surpresa/homenagem" final criada por quem cheirou cocaína é bem tosca, mas até que gostei do texto da fala do vilão (se fosse uma outra narrativa): "acordem pra realidade!".

    Por fim e por um pouco de sorte, diferentemente de outras animações em CG como Cavaleiros do Zodíaco (o filme, não vi ou verei o seriado), aqui a cocaína (agora cheirada pelos personagens antes de "atuar") foi mais leve.
    Explico: as animações em CG dos japas não tem muita identidade própria hoje em dia e são muito parecidas com as estadunidenses; personagens super alegres, contando piadas (até em momentos sérios) e com trejeitos afetados e rápidos. Sabem, aqueles caguetes que fazem a criançada de 6 anos rirem no cinema quando assistem Como Treinar o Seu Dragão? Então...

    Bem, é isso.
    Vale só mencionar que joguei poucos Dragon Quests, mas achei esse V muito bom. Ah, tenho saudades do Fly também. Espero que no remake do anime tudo não seja "um sonho".

    20
    • Micro picture
      manoelnsn · 7 months ago · 2 pontos

      As dorgas foram pesadas com esse filme mesmo, ahuahuha

      E realmente, tem uma crítica interessante ao escapismo no final... Mas ela não foi desenvolvida direito, e tudo ficou muito vago e com um gosto ruim na boca, já que o espectador não foi preparado (o famoso foreshadowing) pra virada de mesa brusca que ocorreu, e tudo terminou como sendo um shock fator barato.

      Funcionou com algumas pessoas (no facebook mesmo vi alguns elogiando esse negócio), outras gostaram da homenagem, mas eu no fim das contas só dei risada de tudo que aconteceu mesmo, do tão ridículo que foi, hauhauhauahuaha

      5 replies
    • Micro picture
      emphighwind · 7 months ago · 2 pontos

      Acho que a Square não teve dedo na animação em si, , a mensagem do final não é ruim, mas o problema é como foi feito mesmo.

      E estou curioso pra saber como vai ser o jogo que anunciaram junto com o novo anime de Fly.

      3 replies
  • the_muriel Muriel Soares
    2020-02-14 18:35:39 -0200 Thumb picture

    Filme do Dragon Quest V

    Terminei o filme, e agora fica a questão, onde eu clico para desver?

    13
    • Micro picture
      manoelnsn · 8 months ago · 2 pontos

      Pergunta pro vírus necron que ele deve saber, HAUHAUHAUAHUA

    • Micro picture
      lukenakama · 8 months ago · 1 ponto

      kkkkkkkkkkkkkkkkk Carai, achou tão ruim?

      2 replies
    • Micro picture
      hiroasura · 7 months ago · 1 ponto

      o filme é tão ruim assim? Quero até ver agora...mesmo nunca tendo jogado qualquer um da franquia

      3 replies
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2020-02-14 16:37:10 -0200 Thumb picture

    Acabei de ver o filme Dragon Quest Your Story e...

    Foi uma droga.

    Primeiro, não vou dar aviso de spoilers. Farei um favor a você se ler e não quiser ver o filme depois. Basicamente ele resume a história de Dragon Quest V, rushando a primeira parte do jogo (com o protagonista criança), fazem algumas adaptações (afinal é um filme e isso é necessário) na segunda parte (como Flora conhecer o protagonista de forma que não pareça um casamento arranjado, como é no game) e mudam várias coisas na terceira, como retiram um dos filhos do protagonista, já que no jogo ele tem uma menina e um menino ao mesmo tempo com a esposa escolhida.

    No caso só o menino aparece, já que ele é o herói das lendas e não o pai, e nesse ponto o filme foi fiel até. Depois temos mais eventos do jogo (como a volta no tempo pra pegar o orb) e no final quando o filho joga a espada de Zenithian no portal pra selá-lo surge um bicho do nada, que não é o capetão que tu enfrenta no final do jogo e sim um vírus de computador que diz que aquele lugar é uma versão VR de DQ5 e que o protagonista é uma pessoa normal que está jogando o game por apenas algumas horas. 

    E ele diz ter sido criado por algum maluco random que não gosta de VR e diz que o protagonista tem que crescer... Daí vem a slime que acompanhava ele e se diz como a vacina que combate o vírus, o protagonista invoca a espada do Hero do Dragon Quest III, derrota o bicho e diz que aquilo não é uma ilusão, que tudo é real e que se trata de outra realidade...

    E depois de quase 2 horas de filme consigo entender PERFEITAMENTE por que o filme flopou no Japão e por que os fãs na sua maioria odiaram. Eles tentaram fazer uma homenagem ao jogador, fazendo com que o filme aconteça numa versão futurista do game em realidade virtual, mas só revelam isso no final e o resultado é ridículo, sendo praticamente um retcom que fazem na história que tava sendo contada até ali! Não dá pra dizer que a ideia em si seja ruim, mas para que fosse melhor explorada deviam ter deixado o fato daquilo se tratar de um mundo virtual desde o começo, assim interações e conflitos entre o protagonista e o mundo real/virtual, questões sobre escapismo e afins podiam ter resultado em algo realmente interessante, mesmo que diferente do jogo original. Mas resolveram usar essa revelação como um shock fator no final, o que acaba com o ritmo dos acontecimentos que estavam sendo contados até ali.

    Mas e se não tivesse esse final zoado, o filme teria alguma chance? Infelizmente não. Por mais que algumas adaptações tenham ficado interessantes, muitos eventos importantes da narrativa foram rushados, como a infância do protagonista (que faz com que a relação dele com a Bianca e mesmo seu pai sejam importantes no game), isso além da falta da menina dos gêmeos, já que ela é a maga que puxou a mãe e seria legal ver ela usar Bedragon no filme também.

    E além disso, tem outra coisa que me incomodou muito desde o começo: Dragonquest é uma franquia conhecida principalmente por ter a arte do Toriyama, e alémd e me fazerem um filme de CG, usam um CD que não TEM NADA A VER COM A FRANQUIA. Sério, eu tava vendo o filme aqui, minha irmã passou e perguntou por que eu tava assistindo filme da Disney... Se a Square está gastando toda a grana dela com aquele remake de FFVII e não quisessem chamar o próprio Akira pra fazer uma animação boladona, que usassem o mesmo estilo de CG que as cutscenes de Dragon Quest XI, que não ia causar toda essa estranheza estética. Mas enfim, se leu até aqui sabe que a parte artística é o menor dos problemas e no fim das contas é um filme bem bosta. Não aconselho pra quem não é fã da franquia, pra quem é fã da franquia e muito menos pra quem detesta a franquia. A menos que a pessoa goste desses bagulhos meta e não se importe com a maneira com que isso se encaixe na narrativa. 

    Se ainda tem netflix e quer ver filme de algum game, vai de Ni No Kuni. Não é Ghibli, mas não tentam inventar demais e sai algo legal até.

    E uma divagação minha: por que um filme de Dragon Quest V? O jogo mais popular no Japão é o III e no ocidente é o VIII... Bem, ao menos não ferraram os dois melhores jogos da franquia com essa adaptação maluca, huahua

    27
    • Micro picture
      luchta · 8 months ago · 3 pontos

      Mais uma bosta cagada pela Netflix, to comedo de cagarem com Castlevania agora...

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 8 months ago · 2 pontos

      Caramba. Qse ninguem curtiu.hehe
      Pra mim o final foi justamente o q salvou. A historia adaptada e rushada tava bem boba, so tava curtindo o vidual.
      Gostei como abordaram o lance do amor pelo jogador a seus games e como essas aventuras virtuais marcam e emocionam a gente por mais simples que sejam. Se mostrasse o twist no inicio nao teria o mesmo fator surpresa.

      5 replies
    • Micro picture
      brunocesar10 · 8 months ago · 2 pontos

      Muito obrigado, me economizou 2 horas da minha vida. :D

      3 replies
  • jcelove José Carlos
    2020-02-14 11:33:06 -0200 Thumb picture

    DQ Your Story

    saiu ontem na netflix. Apesar de nao ser grande fa de DQ gosto de ver coisas baseadas em games e fui conferir. Curti qdo reconheci q se tratava de uma adaptaçao do DQ V, que joguei no snes anos atras (mas deopei rapido) e a cgi é de tirar o chapéu, mas tava achando o enredo bem bobinho e deixei o resto pra depois.

    Ai o @darlanfagundes assistiu e disse q devia ver o final, resolvi confiar e cara, me pegou de surpresa. Curti o plot twist e a conversa sobre o relacionamento do jogador com seu jogo (ee finalmente o titulo fez sentido). Valeu a pena e queria maus coisas assim.

    27
    • Micro picture
      emphighwind · 8 months ago · 4 pontos

      Eu assisti e... bem ainda bem que eu já sabia de antemão do tal twist do filme, pois eu provavelmente iria odiar se fosse pego de surpresa.

      Afora isso e os é um RPG de 30h em menos de 2h, algumas partes não tem a mesma naturalidade por causa da correria e alguns cortes tiveram que ser feitos pra caber.

      Bem agora pegar pra ver o filme de Ni no Kuni que aparentemente também está no Netflix/torrents e parece que é terrível.

      2 replies
    • Micro picture
      lukenakama · 8 months ago · 3 pontos

      Pera, eu to vendo uma CG de anime boa?!
      CG boa em um anime?!
      Não acredito.

      4 replies
    • Micro picture
      wiegraf_folles_ · 8 months ago · 3 pontos

      Plot é uma desgraça, até onde eu seu Sword Artlizaram DQ5.

      1 reply
  • the_muriel Muriel Soares
    2020-01-21 16:09:38 -0200 Thumb picture
    the_muriel checked-in:
    Post by the_muriel: <p>Aproveitei a minha folga ontem e terminei Dragon

    Aproveitei a minha folga ontem e terminei Dragon Quest V, uma coisa que essa ultima parte do jogo me confirmou que eu já estava pensando, e que o jogo é fácil, os inimigos não são tão fortes assim e os bosses são muito fáceis, incluindo o final boss, oq faz parecer difícil é o manejo de recursos durante a dungeon devido a quantidade absurdos de random encounters dentro delas,  não reclamo do manejo de recursos, acho ótimo, mas os boss serem mamão com açúcar me deixou triste

    Gostei da narrativa, da forma que ela brinca com o conceito da aventura do herói de capa e espada que tem que matar o Rei Demônio,  o fato de vc não ser o herói e sim a sua jornada é achar ele e salvar sua mãe, se acompanha a vida do protagonista, de criancinha até a vida adulta, mesmo que isso foi trabalhado de forma bem simples, vale muito a pena

    O jogo tem muitos problemas de navegação no menu, que estão presentes apenas nessa versão do jogo , por isso não recomendo a do SNES, pq torna a jogatina bem cansativa.  No geral eu curti o jogo, antes do podcast quero jogar o IV e o VI, para ter uma noção de como avaliar melhor esse jogo.

    9
    • Micro picture
      emphighwind · 8 months ago · 2 pontos

      sim, a dificuldade é diluída no manejo de recursos e é balanceado em volta da rate de encontros, mas é DQ não tem fama de ser difícil afora o II e por conta de coisas como inimigos/midbosses com skill de team wipe na reta final.

    • Micro picture
      santz · 8 months ago · 2 pontos

      A navegação de menu da série demorou muitos anos para ficar apresentável.

  • the_muriel Muriel Soares
    2020-01-18 12:19:08 -0200 Thumb picture
    the_muriel checked-in:
    Post by the_muriel: <p>Depois demais uma sessão de grinding, sim pq a u

    Depois demais uma sessão de grinding, sim pq a ultima não foi o suficiente kkkkkkkkkkkkkk
    Consegui terminar a Emblem Cave e tbm a Sky Tower, agora estou me dirigindo para a  Cave of Zenithia, espero que consiga terminar o jogo até domingo que vem...

    10
    • Micro picture
      manoelnsn · 8 months ago · 1 ponto

      Quando a esposa ficar jogável novamente tu já vai estar acabando

      1 reply

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...