This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • vinicius_vignati Vinicius Vignati
    2019-05-20 18:12:04 -0300 Thumb picture
    vinicius_vignati checked-in:
    Post by vinicius_vignati: <p>#img#[637227]</p><p>Esse jogo é bem legalzinho,

    Esse jogo é bem legalzinho, mas eu achei muito estranho de eu ter chegado no nv máximo do personagem bem no começo do jogo, e como o jogo não tem drop de equipamentos para é meio inútil ficar enfrentando os inimigos kkk, eu passo correndo por todo mundo. Ah e tbm já sou rico no jogo, não tem mais onde gastar dinheiro.

    10
    • Micro picture
      ryou · 8 months ago · 2 pontos

      Ta falando do 1 ou 2? O level máximo do 1 é ridículo e tu alcança rápido mesmo. E apesar de tudo isso, vai levar uma surra no final.

      1 reply
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2019-03-25 23:27:53 -0300 Thumb picture
    luchta checked-in:
    Post by luchta: <p><a href="https://i.imgur.com/d8XxWPH.png" target

    Acho bem interessante o que fizeram nessa versão do jogo, diferente do seu remake posterior, nessa compilação do YS I & II, os dois jogos são realmente um! Com save compartilhado, podendo voltar ao YS I dentro do YS II pelo save, e a vida se mantem a mesma ao terminar o jogo. Você só perde seus equipamentos ao iniciar YS II. Aliás ao terminar o YS I pula direto para o YS II como se fosse tudo a mesma coisa mesmo. Não sei por que não mesclaram os jogos no remake de PC depois, como a NEC e Hudson Soft fizeram com esse jogo, ficou bem melhor que dois jogos separados. Lembrado que o remake sempre foi vendido como dois jogos em um. O jeito que eles adaptaram o Ys Book I & II para serem o mesmo jogo sem alterar muito os originais de 1986/87 foi genial. Lembrando que esse jogo é de 1989.

    15
    • Micro picture
      luchta · 10 months ago · 1 ponto

      Repeti a palavra "jogo" pra caramba na postagem.

    • Micro picture
      tassio · 10 months ago · 1 ponto

      É um jogo que eu tive a péssima impressão por ter visto a primeira vez pelo Master System sem chip FM (sonzinho irritante da abertura). E depois ter gostado bastante de jogar de verdade e pra valer no PC.

    • Micro picture
      tassio · 10 months ago · 1 ponto

      Vendo aqui a abertura desse jogo... de 1990... fico imaginando se eu tivesse visto isso nos anos 90 mesmo, em comparação com o do Master... kkkkkkkkkkk

      1 reply
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2019-03-13 16:23:07 -0300 Thumb picture
    luchta checked-in:
    Post by luchta: <p>Versão de<strong> </strong><strong>TurboGrafx-CD

    Versão de TurboGrafx-CD, mas como não tem esse console cadastrado aqui, vai essa versão mesmo

    Acabei de baixar o emulador multiplataforma Mednafen 1.21.3, que emula diversos consoles entre eles o PC Engine CD. Eu pesquisei e dizem que esse emulador é o mais preciso. Porém ele não tem front end nativa (ou seja, interface gráfica), então baixei os MedLaunch 0.5.25.3Mednaffe 0.8.8 para fazer essa função.

    Baixei o emulador para jogar Ys Book I & II que nada mais é que a compilação dos dois primeiros jogos, só que com melhorias de áudio e dublagem para o PC Engine CD. Sendo essa a primeira vez que Ys II teve uma versão americana.

    A tempos que não mexia em emuladores, mas dessa vez eu mexi por uma boa causa um trabalho de faculdade, sim um trabalho sobre jogos dos anos 80, em que eu tinha que escolher um, e obvio que foi Ys. E nada melhor que essa versão compilada dos primeiros jogos, e com qualidade de CD e ainda cutscenes.

    Agora é jogar, e ver se termino ainda essa madrugada essa compilação.

    16
    • Micro picture
      _gustavo · 11 months ago · 2 pontos

      Ys é uma ótima escolha sem dúvidas ^^

      1 reply
    • Micro picture
      luchta · 11 months ago · 1 ponto

      Um trabalho de faculdade sobre jogos dos anos 80, meu sonho. A galera Nutella da minha sala, os tais jovens dinâmicos, ainda reclamaram pedindo que fossem jogos mais recentes. FACE PALM

    • Micro picture
      tassio · 11 months ago · 1 ponto

      Vo testar esse Mednafen separado. Quando te indiquei o retroarch, era com esse mednafen mesmo, mas dentro do retroarch.

      Uma vez eu tentei baixar esse emulador assim separado também (pois o @le tinha indicado ele pra emular Sega Saturn), mas nunca encontrei assim com frontend.

      5 replies
  • rax
    2018-09-15 15:41:42 -0300 Thumb picture

    Ost Game do dia

    Engraçado que ontem me lembrei dessa ost mesmo sem me lembrar direito de qual game era.Acho incrível como me lembro de certas ost sem estar fazendo nada e me vem "do nada" na minha cabeça.

    isso me acontece muito as vezes kkkkkkk.

    Boa tarde a todos.

    23
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2018-07-03 20:26:36 -0300 Thumb picture

    Novo site oficial da franquia Ys é inaugurado pela XSeed!

    A XSeed divulgou o site da franquia Ys falando informações sobre os jogos da série. Por motivos óbvios o Ys: Lacrimosa of DANA não está listado, e muito menos o Ys V (que só foi lançado no Japão para o PS2), isso dos jogos cânones os outros é que não estão mesmo.

    Como da para ver o Ys: Memories of Celceta está listado como Ys IV, como já desconfiava ele é o remake do jogo de PS2, que já era um reboot do de Super Famicom, só que no titulo dele nunca foi dada uma numeração. E o mesmo vale para o Ys: The Oath in Felghana que sempre foi considerado o Ys III reboot, mas nunca foi listado numericamente nos títulos. Bem, se alguém tinha alguma duvida da ordem cronológica cânon da franquia agora sabe por que ordem jogar.

    P.S.: Eu espero que o próximo jogo seja um remake do Ys V para fechar de vez os títulos dessa franquia. O original do PS2 foi um dos primeiros semi 3D e está bem ultrapassado.

    Site: http://www.worldofys.com/index.php

    21
    • Micro picture
      wilford_fernandes · over 1 year ago · 2 pontos

      niceeee

    • Micro picture
      luchta · over 1 year ago · 1 ponto

      Agora que vi que na parte da timeline do site: http://www.worldofys.com/timeline.php, é falado sobre o Ys V, mas sem citar o nome do jogo, apenas relatando que o Adol teve aventuras na terra de Xandria (onde se passa o jogo), mas o site diz que não ha muitas informações que possam dar detalhes da aventura ainda. Se tem a seção para Ys V, isso pode significar um remake vindo!

      2 replies
  • rafaschiabel Rafael Augusto Schiabel
    2018-04-16 22:43:39 -0300 Thumb picture
    Post by rafaschiabel: <p>https://www.youtube.com/watch?v=xXyrM_Vn7mA</p>

    14
  • lendaryo Solivan Martins
    2017-08-14 17:43:05 -0300 Thumb picture
  • edknight Eduardo Botelho
    2017-07-17 20:21:57 -0300 Thumb picture
    edknight checked-in:
    Post by edknight: <p>Enfim, depois de passar pela vila da lava, chegu

    Enfim, depois de passar pela vila da lava, cheguei ao Solomon Temple. Mas antes, uma passadinha na vila para conhecer as pessoas e as histórias. Depois que os demônios tomaram o templo, eles começaram a sacrificar as moças da vila, e uma das moças foi sequestrada, e o jovem marido dela foi impulsivamente ao templo para resgatá-la. 

    Depois de pedir ajuda pra um velho, ele me deixou entrar no templo, mas ainda tinha que passar por esses guardas aqui:

    Cara, o templo é enorme, confuso, tem umas boss fights cansativas, e ter de voltar ao início pra se recuperar/reequipar é bem chato porque depois tem que navegar um monte de novo pra chegar de novo no ponto onde estava antes.

    Além disso, encontrei o homem da capa preta, que me transformou num Roo permanentemente.

    Precisei voltar à vila com um  item especial para ser curado e voltar a ser humano. Daí, mais algumas horas de exploração e acabei encontrando a Lilia, sabe deus por que, nos esgotos do templo. E aí o Dalles ataca de novo:

    Achei um parça inusitado pra me ajudar a enfrentar os monstros:

    Achei a moça que tinha sido sequestrada, corri contra o tempo para salvá-la, mas quando cheguei no topo da torre, de novo o maldito mago estava lá pra me dizer que eu falhei, e a moça sumiu do mapa.

    E enfim a batalha tão aguardada contra o Dalles (e essa luta foi estranha, porque foi a primeira onde minhas magias simplesmente não funcionavam, e tive que usar minha recém adquirida espada de prata)

    Depois do showdown, parti para o "coração" do templo, e acabei encontrando velhos amigos, entre eles uma galera do livro I:

    E, surpresa! acabei descobrindo a identidade das deusas de Ys:

    (obviamente a surpresa foi uma observação irônica)

    E o verdadeiro vilão por trás de todos os problemas de Ys, que inclusive passou pela minha mão:

    Por fim, cenas do final do jogo:

    Todo mundo que apareceu do nada no final tinha um motivo para estar lá:

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    A Lilia estava lá só pra ter um romancezinho mesmo:

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    Mas aí rolou aquele climão com a deusa:

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    Todo mundo de volta a vila:

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    E a Lilia não desiste:

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    E o Fin:

    http://i.imgur.com/ufmzf2v.png

    O próximo vai ser o Ark of Napishtim (o que deveria ser o próximo, o Oath in Felghana, já joguei), mas também estou com o Seven no PSP, então talvez eu teste os dois em breve.

    9
    • Micro picture
      jcelove · over 2 years ago · 1 ponto

      O AoN na verdade é o sexto jogo mas como não tem port do 4 e 5 mesmo não tem alternativa.hehe
      . Qdo puder jogue o origins, ele se passa inteiro na darn tower do primeiro jogo, aprofunda bastante coisas sobre as DEOSAS e sobre as origins do dark fact além de vc jogar com três Antecessores dos sábios de Ys.

      2 replies
    • Micro picture
      s7ephano · over 2 years ago · 1 ponto

      Tô jogando o Origins, parece que é antes da história do 1

      8 replies
  • edknight Eduardo Botelho
    2017-07-02 14:02:47 -0300 Thumb picture
    edknight checked-in:
    Post by edknight: <p>Comecei o Ys livro 2. E sei lá, não me faz muito

    Comecei o Ys livro 2. E sei lá, não me faz muito sentido eles serem dois jogos separados no original, sendo que ele começa exatamente onde parou o livro 1 (o Adol sobre uma torre enorme e ao derrotar seu inimigo ele é atirado aos céus).

    Bom, acontece que tem um continente no céu, e o Adol acaba caindo bem próximo de uma garota que estava passeando no campo, então ela socorre o herói e, bom, como aparentemente acontece em todo jogo, o Adol está "hospitalizado" no início. 

    Depois de se recuperar, ele sai novamente em uma jornada para ajudar as pessoas do continente. A Lilia é uma NPC que ajuda bastante nesse comecinho, tanto por oferecer umas maçãs que recuperam um tiquinho de vida (que nesse começo de jogo são salva-vidas), quanto umas flores na próxima cena, que ajudam a recuperar mana.

    Aliás, falando em mana, duas mudanças nesse início de jogo que me fizeram colocar o Ys II um milhão de vezes acima do I: a primeira é que o combate parece ter sido bem calibrado, não sei se é impressão minha mas é mais fácil bater nos inimigos aqui, mesmo sendo aquele esquema de sair atropelando os inimigos pra causar dano, dá pra bater na diagonal sem sofrer dano, e dá pra escapar dos inimigos porque agora eles tem uma animação de ataque, e meio que telegrafam os movimentos.

    O outro ponto é o uso de magia. Pros mobs eu raramente usava algum tipo de magia, como falei achei o combate bem melhor e a magia se tornou, de certa forma, perda de tempo. Mas ela tinha alguns usos interessantes, como uma magia que teleporta o Adol para uma cidade já visitada (não necessitando comprar aqueles Wings), ou a magia que transforma o Adol num Roo e aí você pode bater papo com os inimigos normais. Ah, dá pra jogar bola de fogo nos NPCs :v

    Mas apesar das melhoras no combate, da magia, e todo o resto, eu ainda achei que a melhor mudança desse jogo foi no que diz respeito aos chefes: São desafiadores, sem cair naquele ciclo do I, de intercalar um boss impossível com um ridiculamente fácil. E os combates viraram um tipo de bullet hell, tem que aprender os padrões e tentar esquivar, aqui a magia de combate (a bola de fogo) é essencial.

    Depois de passar pelo labirinto logo na saída da vila inicial, encontrando mensagens gravadas dos seis sábios de Ys, e algumas mensagens das próprias deusas, tive que voltar à vila para ajudar a Lilia que tinha uma doença terminal, e agora avancei pelas montanhas de gelo até a vila dentro do vulcão, depois de vencer dois bosses.

    Senti certa hostilidade das pessoas nessa vila. Desnecessário isso.

    Depois de uns rolê, acabei conseguindo fazer um cara confessar por que todo mundo é babaca com "o cara do cabelo vermelho"

    Achei uma vila de Roo's, é impossível falar com eles sem a transformação, já que eles falam rúnico se você tentar conversar na forma humana.

    E encontrei o garoto que tinha sido sequestrado, estava preso junto com um monstro que traiu o movimento dos monstros. Depois de salvar ele e escoltar de volta em segurança (pqp essas missões de escolta), me liberaram para continuar minha jornada, e as pessoas da vila começaram a me tratar com mais respeito.

    9
    • Micro picture
      luchta · over 2 years ago · 1 ponto

      Ótimo jogo, não sei se a versão de PSP tem diferenças da de PC, até porque a de PSP saiu depois, mas realmente é um jogo muito bom.

  • edknight Eduardo Botelho
    2017-05-22 19:31:03 -0300 Thumb picture
    edknight checked-in:
    Post by edknight: <p>Uma vez, há muito tempo atrás, tentei jogar o pr

    Uma vez, há muito tempo atrás, tentei jogar o primeiro Ys, do SNES, para conhecer essa série que falavam tão bem. Bom, joguei, achei horrível, dropei. Depois joguei o Oath in Felghana, no PSP, já com um pequeno preconceito, mas não é que gostei muito do jogo? Aquele sisteminha hack'n slash maroto e a trilha sonora me pegaram de jeito. Agora, resolvi tentar jogar de novo o primeiro Ys, mas dessa vez a versão Chronicles do PSP.

    A primeira coisa, pra tirar logo o elefante da sala: Ainda acho horroroso esse combate de ficar trombando nos inimigos. Pelo menos até o herói chegar ao nível 3 com um set completo de armaduras e uma espada, o jogo acaba sendo tedioso e qualquer inimigo bosta pode te matar se você trombar nele no ângulo errado e não parar na hora.

    Essa versão do PSP deixa escolher a versão Complete ou Chronicles, e pelo que vi o que muda é o portrait dos personagens. Não sei se muda mais alguma coisa na jogabilidade, gráficos ou som. Então deixei na versão Chronicles, que me agradou um pouco mais.

    O que mais me deixava empolgado de prosseguir no jogo, até mais que a história, era a música. PQP eu preciso achar a OST desse jogo, é muito boa, assim como o Felghana (que já tinha jogado) e o Celceta (que ainda não joguei, mas me recomendaram a OST há um tempo atrás e curti pacas).

    Basicamente o jogo é a história do Adol, que naufraga numa ilha atacada por monstros, e resolve sair peitando eles (literalmente) para salvar o mundo. Depois da primeira vila, nós chegamos a uma cidade murada, a maior da ilha, onde uma vidente, a Sara, fala de uma profecia de um guerreiro que vai salvar a ilha:

    Visitar a Jeba na vila de Zé Pica? Essa frase sozinha tem mais trocadilho que todos os nomes de Star Wars.

    ( ͡° ͜ʖ ͡°)

    Achei os chefes do jogo muito desequilibrados. Depois de grindar muita moeda, e comprar um bom set de arma/armadura, a ponto de conseguir passar pela maioria dos inimigos tranquilo, veio o primeiro boss e pqp a hitbox é zuada, ele tem uma dificuldade roubada, e o dano ignora minha defesa. Aí depois de conseguir, com muito esforço, passar, veio uma dungeon com inimigos difíceis, mas que serviram pra upar um pouco o lv, e aí cheguei no fim do santuário com 5hp e tinha uma outra boss battle. Entrei só pra ver como o chefe era, claro que ia morrer fácil, aí encontrei esse troço aí embaixo:

    Sério, matei o chefe sem ser tocado. Depois de um impossível, um completamente estúpido. E isso se repete, o Giant Bat foi um porre, aí veio um gafanhoto gigante que também venci de Perfect, um monte de pedras com um padrão ridículo de difícil que eu acabei vencendo num tipo de batalha de força de vontade (fui all-in para o ataque e quem morrer primeiro morreu), e duas cabeças gigantes que além de fáceis, ainda vão ficando mais fáceis durante a luta. Pra finalizar com um chefão final roubado.

    O bigode líder dos ladrões (que achei meio mal aproveitado, como uns 80% dos personagens do jogo) citou aí um personagem que eu conhecia, finalmente.

    E na última dungeon, ele aparece!

    Não curti o nome desse monstro, achei racista, favor remover:

    Por fim, o chefão final, que depois de muito tentar, descobri que a arma e armaduras mais fortes para enfrentar ele não eram exatamente as últimas que consegui, e sim as que me foram roubadas anteriormente. Aí a luta ficou razoavelmente aceitável.

    Apesar das críticas, eu gostei um bocado do jogo, e acabei rushando ele. E o final dele nem é um final, é um gancho pro Ys II, que provavelmente começo hoje à noite.

    16
    • Micro picture
      paulolol22 · over 2 years ago · 2 pontos

      Até hj só joguei o do Master sistem nem lembro direito

      5 replies
    • Micro picture
      joanan_van_dort · over 2 years ago · 2 pontos

      Eu gosto muito do ys iii wanderers from ys, do snes, que é ação lateral. Mas admito que ter que ficar grindando exaustivamente pra não morrer à toa realmente cansa. Esse padrão de chefe impossível seguido de um mais fácil tb aparece lá.
      Mas no geral é um ótimo RPG.

      6 replies
    • Micro picture
      s7ephano · over 2 years ago · 2 pontos

      Bom saber que tem mais gente que curte essa franquia... tô louco para botar as mãos na versão de PS4. *¬*

      3 replies

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...